Sei sulla pagina 1di 36

EVANGELISMO E MISSÕES

CENTRO BATISTA DE EDUCAÇÃO, SERVIÇO E PESQUISA


INTRODUÇÃO
“Disse-lhes Jesus: A minha comida consiste em fazer a
vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra.
Não dizeis vós que ainda há quatro meses até à ceifa?
Eu, porém, vos digo: erguei os vossos olhos e vede os
campos, pois já branquejam para a ceifa” (João 4.34-
35).

Você já meditou no que Jesus quis dizer com


esta declaração? O que a “comida” representa neste
texto? Veja bem: comida é a nossa necessidade mais
básica, aquilo que mais precisamos, pois sem ela nós
morremos. Jesus estava dizendo: “A minha
necessidade mais básica é suprida através da minha
obediência à vontade do Pai e em fazer a obra Dele”.
Qual tem sido a necessidade mais básica de nossas vidas? O que precisamos mais? Será que é construir
mais templos e seminários teológicos? Será que é nos envolvermos com política e entretenimentos? Será
que é gastar nosso dinheiro com caríssimas roupas da última moda? Ou irmos a Terra Santa todos os
anos? O que mais precisamos é:

 Fazer a vontade de Deus e

 Realizar a Sua obra.

Os discípulos de Jesus comentavam que ainda faltavam alguns meses para a colheita - “Não
dizeis...”. Mas eles precisavam saber que a colheita de vidas humanas, de homens e mulheres que
caminhavam para o inferno, já estava pronta para ser colhida. Nós também precisamos entender que
apenas falar sobre a necessidade das pessoas sem Cristo não é suficiente. Nós não podemos atrasar a
ceifa, senão os grãos se perderão. Enquanto ficamos discutindo questões teológicas irrelevantes, usos e
costumes, ou questionamos verdades bíblicas essenciais para cumprirmos a vontade Deus, o que é que
acontece? A colheita se perde! Precisamos deixar de apenas falar sobre a necessidade dos
perdidos e fazer alguma coisa!

Precisamos ter visão dos campos brancos que já estão prontos para ser colhidos. Nós já
contamos com cerca de 2000 mil anos de evangelização. Os campos do mundo já foram preparados para
receber o Evangelho do Reino. A situação global tem deixado as pessoas receptivas ao Evangelho. É
tempo de ceifar!

Cristo mandou-nos erguer os olhos e ver os campos brancos. Nós precisamos tirar nossos olhos do
chão e dirigir o nosso olhar ao mundo em redor. Nós precisamos tirar os nossos olhos dos edifícios,
organizações, tradições e costumes humanos. Nós precisamos desviar nossos olhos dos erros dos outros.

Nós precisamos ver a urgência para colher nos campos do mundo. Como podemos cumprir
a vontade de Deus? Como poderemos ganhar este mundo para o Senhor? A Bíblia diz que Deus não deseja
que nenhum se perca, mas como nós faremos para que todos ouçam o evangelho e tenham a
oportunidade de entrar num relacionamento pessoal com Cristo? Qual é o plano de Deus para a
evangelização do mundo?
Sim, Deus tem um plano para que o Evangelho do Reino se espalhe por todo o mundo e alcance todas as
pessoas. Deus já determinou como nós podemos alcançar o mundo para Ele. Na verdade, o coração de
Deus pulsa de amor por mais de 3 bilhões de pessoas que nunca foram evangelizadas. Como alcançá-las?
Como fazer a vontade de Deus e realizar a Sua obra? É precisamente isto que nós veremos nestes
estudos

Página 3 de 36
CAPÍTULO 1 - CONCEITOS: EVANGELHO, EVANGELIZAÇÃO E
EVANGELISMO

“evangelização” indica ação, significando “pregar o


evangelho”. Mas o que é evangelizar? Devo dizer
que não existe unanimidade quanto a este
conceito.

Existem dois conceitos básicos sobre o que


seria evangelizar:

1) Evangelizar é a comunicação do evangelho


à alguém de tal maneira que este pudesse tomar
uma decisão consciente de aceitação ou rejeição à
pessoa de Jesus Cristo como Senhor e Salvador.

2) Evangelizar é a comunicação do Evangelho


seguida da conversão do ouvinte.
Evangelho - evangelion) – significa literalmente
“boa notícia”. A palavra encontra-se no singular, Diante deste dilema, fica a pergunta: quando
mostrando assim, que há somente um evangelho, o podemos considerar alguém evangelizado? Quando
evangelho de Jesus Cristo. Na prática, nenhuma uma pessoa ouve o evangelho e encontra-se capaz
outra religião pode usar esta palavra para referir à de decidir se quer ou não seguir a Jesus? Ou
sua mensagem ou doutrina. Esta palavra pertence quando ouve o evangelho e toma a decisão de
exclusivamente ao Cristianismo. seguir a Cristo?

O Evangelho são boas novas de quê? De perdão O segundo conceito é equivocado. Porque este
para os pecados, de salvação para a alma e de define a evangelização em termos de um efeito
vida eterna em Cristo Jesus. Paulo definiu o produzido na vida dos outros. Os missionários que
evangelho como “...o poder de Deus para salvação lutam muito, às vezes sem ver nenhuma conversão,
de todo aquele que crê.” (Rm 1:16) poderíamos dizer que eles não estão
evangelizando? De maneira nenhuma.
O Evangelho teve seu início logo após o pecado,
quando Deus prometeu que viria o descendente da Sabemos pelas escrituras que o Evangelho deve ser
mulher e este pisaria a cabeça da serpente (Gn pregado por todos os cristãos, mas quem convence
3:15). A palavra evangelho é encontrada 72 vezes e opera o novo nascimento é o Espírito Santo (Jo
no Novo Testamento nos seguintes contextos: 3:7, 8; Ez 36:26 e 27). Sabemos ainda que Deus
deu ao homem capacidade volitiva para decidir se
- O Evangelho de Deus (Rm 1:10; 15:16; 2 Co 11:7)
quer ou não seguir a Cristo.
- O Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus (Mc
O evangelista lança a semente, mas o Senhor
1:1)
dá crescimento.O Evangelista lança redes mas o
- O Evangelho do Seu Filho (Rm 1:9) Senhor traz os peixes. E o ouvinte se entrega ou
rejeita a Cristo. O Dr. Peter Wagner e o Dr. John Stot
- O Evangelho do Nosso Senhor Jesus Cristo (2 Ts
definiram da seguinte forma o conceito da
1:8)
evangelização: “A natureza da evangelização é
- O Evangelho de Cristo (2 Co 10:14) a comunicação das boas novas. O propósito da
evangelização é dar aos indivíduos e grupos uma
- O Evangelho da graça de Deus (At 20:24)
oportunidade válida para aceitarem a Jesus Cristo.
- O Evangelho da glória de Cristo (2 Co 4:4)

- O Evangelho da glória de Deus Bem-aventurado (2


Tm 1:11)

- O Evangelho da vossa salvação (Ef 1:13)

- O Evangelho da paz (Ef 6:15)

- O Evangelho do Reino (Mt 4:23; 9:35; 24:14)

- O Evangelho do Reino de Deus (Mc 1:14)

-O Evangelho eterno (Ap 14:6)

Evangelização – É o ato de comunicar o


evangelho. É o ato de evangelizar. A palavra

Página 4 de 36
A meta da evangelização é persuadir homens e vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.” (Jo 14:6
mulheres para que cheguem a ser discípulos de “E em nenhum outro há salvação; porque também
Jesus Cristo e sirvam a Ele na comunhão de sua debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre
Igreja.” os homens, pelo qual devamos ser salvos.” (At 4:12
“Porque há um só Deus, e um só Mediador entre
Diante desta definição, queremos destacar
Deus e os homens, Jesus Cristo, homem...” (1 Tm
três aspectos que constituem a ação
2:5)
evangelizadora:
Por amor ao próximo
a) Proclamação – Seria a comunicação ao
pecador a respeito de sua condição de escravo do Tendo conhecimento das motivações anteriores,
pecado, da natureza e consequência dessa chegamos a conclusão que o ato de não
escravidão, do amor de Deus e Sua providência em evangelizar é um ato de profundo egoísmo. Sendo,
Jesus Cristo para salvação assim, um pecado. Devemos evangelizar porque
deste e da chamada divina para uma decisão por amamos o nosso próximo e não queremos vê-lo
Cristo Jesus perdido eternamente. Paulo, dominado por este
amor, estava disposto a sacrificar a própria vida na
b) Convencimento – O evangelista nesta ação, pregação do evangelho (At 20:19-24)
seria apenas um instrumento nas mãos do Espírito.
“...Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.” (Mt
Pois é o Espírito que convence e muda o coração do
22:39)
pecador.
“Livra os que estão destinados à morte, e os que
c) Integração – Depois da conversão do pecador,
são levados para a matança, se os puderes retirar.”
este deve ser levado a um compro-misso com o
(Pv 24:11)
corpo visível de Cristo (a Igreja), onde seria
discipulado e levado ao desenvolvimento e Gratidão a Deus
amadurecimento da sua fé em Cristo Jesus (Ef
Quando contemplamos o amor de Deus por nós,
4:12,13).
este nos coloca um sentimento de gratidão a Ele
Evangelismo – É a doutrina ou estudo sobre a por nossa salvação em Cristo. A melhor forma de
prática da evangelização. demonstrarmos gratidão a Deus é compartilharmos
com os outros o amor de Cristo e nossa fé nEle.
“Porque o amor de Cristo nos constrange...” (2 Co
Porque devemos evangelizar? Não queremos
5:14) “Nós amamos a Ele porque Ele nos amou
responder esta pergunta para simplesmente termos
primeiro.” (1 Jo 4:19)
um conhecimento teórico das razões bíblicas para
evangelizarmos. Mas para encontrarmos as Obediência a Cristo
motivações bíblicas para a evangelização, porque a
Jesus Cristo nos deixou bem claro que a sua
motivação brota do coração, e a obra de
vontade é que cada um de nós leve outras pessoas
evangelização deve ser feita por um coração
a Ele. “Portanto ide, fazei discípulos de todas as
dominado pelo amor a Deus e ao próximo.
nações...” (Mt 28:19) “...Ide por todo o mundo, e
Conhecimento do valor e da situação da alma pregai o evangelho a toda criatura.” (Mc 16:15)
humana “...assim como o Pai me enviou, também eu vos
envio a vós.” (Jo 20:21)
Sabemos que uma alma vale mais do que o mundo
inteiro e que Deus amou a humanidade de tal forma
que mandou o seu Filho para morrer por ela. Mas a
situação de todas as almas é de condenação e
perdição.

“Porque todos pecaram e destituídos estão da


glória de Deus...” (Rm 3:23)“...quem não crê, já
está condenado; porquanto não crê no nome do
unigênito Filho de Deus.” (Jo 3:18). “E aquele que
não foi achado escrito no livro da vida, foi lançado
no lago de fogo.” (Ap 20:15)

Conhecimento de que só Cristo salva

Sabemos que só há um meio para a salvação –


Jesus Cristo. E somente nós, os cristãos, temos este
pleno conhecimento.

Como poderíamos, então, deixar de falar de Cristo?


“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, a verdade, e a
Página 5 de 36
Responsabilidade diante de Deus ....................................................................................
A ideia da responsabilidade pessoal e a de prestar ....................................................................................
contas a Deus, o juiz soberano, era um estímulo ....................................................................................
importante à evangelização na igreja primitiva.
....................................................................................
Com certeza todos iremos comparecer diante de
Deus e prestaremos contas pela divulgação ou não ....................................................................................
do evangelho de Cristo. ....................................................................................
....................................................................................
“Pelo que desejamos também ser-lhe agradáveis,
quer presentes, quer ausentes. Porque todos ....................................................................................
devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para ....................................................................................
que cada um receba segundo o que tiver feito por ....................................................................................
meio do corpo, ou bem ou mal. Assim que, sabendo ....................................................................................
o temor que se deve ao Senhor, persuadimos os
homens à fé...” (2 Co 5:9-11)
....................................................................................
....................................................................................
“Se eu disser ao ímpio: O ímpio, certamente
....................................................................................
morrerás; e tu não falares para dissuadir o ímpio do
seu caminho, morrerá esse ímpio na sua iniquidade, ....................................................................................
mas o seu sangue eu o requererei da tua mão. ....................................................................................
Todavia se advertires o ímpio do seu caminho, para ....................................................................................
que ele se converta, e ele não se converter do seu ....................................................................................
caminho, morrerá ele na sua iniquidade; tu, porém,
....................................................................................
terás livrado a tua alma.” (Ez 33:8,9)
....................................................................................
....................................................................................
....................................................................................
....................................................................................
....................................................................................
....................................................................................
....................................................................................
Desejo pela volta de Cristo ....................................................................................
Gostamos de cantar e falar a palavra ....................................................................................
Maranata, que quer dizer “Ora, vem, Senhor Jesus!” ....................................................................................
Se queremos realmente que Cristo volte, devemos ....................................................................................
pregar o evangelho em todo o mundo.
....................................................................................
“E este evangelho do reino será pregado em todo o ....................................................................................
mundo, em testemunho a todas as gentes, e então
....................................................................................
virá o fim.” (Mt 24:14) .
....................................................................................
ANOTAÇÕES ....................................................................................
.................................................................................... ....................................................................................
.................................................................................... ....................................................................................
.................................................................................... ....................................................................................
.................................................................................... ....................................................................................
.................................................................................... ....................................................................................
.................................................................................... ....................................................................................
.................................................................................... ....................................................................................
.................................................................................... ....................................................................................
.................................................................................... ....................................................................................
.................................................................................... ....................................................................................
.................................................................................... ....................................................................................
.................................................................................... ....................................................................................
.................................................................................... ....................................................................................
.................................................................................... ....................................................................................
....................................................................................

Página 6 de 36
....................................................................................
................................................................

Página 7 de 36
CAPÍTULO 2 - OLHANDO PARA JESUS

Seu ministério. Se for verdade que a igreja é o


braço estendido de Jesus para alcançar o perdido,
este braço tem que realizar as mesmas obras que
Jesus realizou.

Mas, como podemos fazer as mesmas coisas que


Jesus fez? Leia João 5.19-20. Aqui está o segredo de
Jesus. Este segredo se resume em três coisas:

- Não fazer nada por si mesmo;

- Ver o que Pai está fazendo;

- Imitar o Pai, seguir a ação do Pai através do


Espírito.

Nós estamos viciados em fazer as coisas à nossa


maneira. Jesus, no entanto, não inventou nada. Ele
Em João 14.12, Jesus declarou que nós faríamos as
seguiu o modelo do Pai. Ele não fazia nada pela Sua
mesmas obras que Ele fez. Ele não somente
“própria cabeça”. Seu ministério era a expressão da
disse que Ele faria a vontade Deus, mas declarou
vontade do Pai. Ele era submisso ao plano de Deus.
que nós entraríamos em Seu serviço e faríamos as
Quantos de nós não estamos mais preocupados em
mesmas coisas que Ele fez.
seguir os nossos métodos e ideias ao invés de
Jesus não disse que esta promessa seria apenas dependermos da direção do Pai e que já está
para os especialistas e profissionais evangélicos, estabelecida em Sua Palavra?
para os grandes pastores e evangelistas. Ele disse
Jesus contemplava o coração do Pai e captava
“aquele que crê em mim fará...”. Você crê em Jesus
aquilo que satisfazia o coração Dele.
Cristo? Então, você pode ser usado por Deus para
fazer as mesmas obras que Ele fez! Jesus tinha comunhão com Deus para ver o
quê e como Deus queria realizar cada ação.
Mas, o que Jesus fez? Em Lucas 4.18-19; Mt 9.35
Quando Jesus curava uma pessoa, Ele não agia por
e Marcos 3.13-15, nós temos algumas coisas que
Si mesmo. Ele dependia da direção do Pai.
Jesus fez para cumprir a vontade do Pai e realizar a
Sua obra. Ele: Por que há tanta confusão, hoje, nas igrejas e
ministérios?
- Evangelizou os pobres;
Porque cada um quer fazer as coisas do seu
- Proclamou libertação aos cativos;
jeito e não como o Pai revela. Isto está errado e
- Curou os enfermos; trazendo muitos prejuízos para o Reino de Deus.

- Libertou os oprimidos; Seja em relação à cura, expulsão de demônios ou


no aconselhamento, o que conta é a vontade
- Ensinou e pregou o evangelho do Reino;
revelada do Pai.
- Fez discípulos, treinou-os e enviou-os ao mundo.
Há pastores e líderes que não creem mais no poder
Resumidamente, foi isto que Jesus fez. E nós de Deus para libertar os cativos.
fomos chamados para fazer as mesmas Há centenas de crentes racionalistas que não
coisas! acreditam na ação maligna presente neste mundo
Muitas pessoas acham que nós só podemos mal. Eles chamam as ações satânicas de “desvios
evangelizar e não devemos esperar nenhuma de personalidade” ou “esquizofrenia”.
cooperação miraculosa da parte de Deus.

Mas, se Jesus é o nosso modelo, e Ele de fato deve


ser, como poderemos ministrar como Ele ministrou
sem esperarmos que enfermos sejam curados,
cativos sejam libertos e sem treinarmos e
enviarmos discípulos para ceifar nos campos do
mundo?

Você pode dizer que Jesus era especial, mas Ele


também nos vê como pessoas especiais. E Ele
confiou que daríamos continuidade à Sua obra, ao

Página 8 de 36
Como podemos fazer as mesmas obras de Jesus se .................................................................................
nem ao menos cremos que há uma guerra .................................................................................
espiritual real contra os poderes das trevas? Como .................................................................................
podemos fazer a vontade de Deus se não tivermos .................................................................................
um coração voltado para os enfermos e cativos, .................................................................................
.................................................................................
para que sejam curados e libertos?
.................................................................................
Por que nós temos três evangelhos repetindo a .................................................................................
mesma história, com pequenas diferenças? Porque .................................................................................
Deus quis nos ensinar que Jesus, nosso Salvador e .................................................................................
Senhor, é também o nosso modelo de ministério. .................................................................................
.................................................................................
Nós somente teremos sucesso em ceifar nos .................................................................................
campos do mundo e cumprir o plano de Deus para .................................................................................
a evangelização mundial quando adotarmos os .................................................................................
métodos de Jesus, conforme vemos nas páginas do .................................................................................
Novo Testamento. O mundo hoje conta com mais de .................................................................................
3 bilhões de pessoas que nunca ouviram falar de .................................................................................
Jesus. Como nós pregaremos o evangelho a toda .................................................................................
criatura e faremos discípulos de todas as nações .................................................................................
(Mc 16.15; Mt 28.19), antes do retorno de Jesus, se .................................................................................
não conseguimos fazer isto em quase 2000 anos de .................................................................................
.................................................................................
história?
.................................................................................
O problema é que a Igreja, falando de um modo .................................................................................
geral, se desviou do método usado pela Igreja .................................................................................
Primitiva, o método de Jesus, o método de Deus. .................................................................................
Somente quando voltarmos a este método é que .................................................................................
veremos o mundo ser alcançado pelo Evangelho. .................................................................................
.................................................................................
ANOTAÇÕES. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .....................................................

Página 9 de 36
CAPÍTULO 3 - DEUS USA PESSOAS COMUNS

Esta ordem é para cada um e todos nós. Esta


não é a responsabilidade de uns poucos na igreja.
Deus chamou você e a mim para fazermos
discípulos! Como?

Jesus disse que nós faríamos discípulos –


como Ele mesmo fez – da seguinte maneira:

- Batizando-os e

- Ensinando-os a praticarem tudo o que Jesus


ordenou.

Ser batizado implica, obviamente, em ter cumprido


A Bíblia está repleta de exemplos de como
os pré-requisitos de arrependimento e fé (Marcos
Deus usou pessoas ordinárias para fazer o
1.14-15; 16.15-16; Atos 2.38-39).
extraordinário. Deus nunca tencionou usar uns
poucos eleitos, uns poucos pastores e teólogos A decisão de tornar-se um discípulo vem antes do
humanamente qualificados. Deus quer usar toda batismo. Porém, depois de assumir o compromisso
a Sua igreja para alcançar o mundo perdido. de seguir a Jesus, a pessoa deve ser conduzida ao
batismo, o mais rápido possível, pois o batismo é o
selo e confirmação do discipulado e da participação
Você faz parte da Igreja de Jesus? Então, Deus quer comprometida na igreja local.
usar você!
Após o batismo – a confirmação de ser um discípulo
Deus trabalha com pessoas comuns. Jesus chamou – a pessoa deve ser instruída a guardar os
pessoas comuns. Ele chamou:

- Pescadores

- Coletores de impostos

- Publicanos

E muitas outras pessoas comuns como você.

Se você pensa que o mundo será alcançado apenas


pelo esforço dos evangelistas e missionários de
tempo integral, você está redondamente enganado.
O mundo só poderá ser alcançado quando cada
um se engajar no cumprimento da Grande
Comissão.
ensinamentos de Jesus, o que significa colocar em
Jesus chamou e ordenou a cada crente para prática o que Jesus ordenou. O Senhor Jesus deu
realizar as obras do Pai. Jesus é o nosso modelo; cerca de 40 mandamentos diretos, que podem ser
assim como Ele fez, nós devemos fazer também. O resumidos em 7 ordens básicas que todos os novos
Pai enviou Jesus e Jesus enviou os Seus discípulos discípulos devem aprender:
para conquistar o mundo para Deus. Através de um
- Arrepender-se e crer no Evangelho
processo bíblico de fazer discípulos nós
poderemos alcançar este mundo para Deus. - Ser batizado
Todos nós, unidos na obra de Deus, podemos - Orar
cumprir o propósito de Deus. O tempo em que 20%
- Amar
dos membros da igreja faziam a obra dos outros
80% já passou. Hoje é o dia do corpo de Cristo. Hoje - Celebrar a Ceia/partir do pão
é o dia quando todo aquele que crê,
- Dar/Contribuir
independente de sexo, cor, raça, estado civil, grau
de instrução, história pessoal e etc., será usado por - Fazer Discípulos
Deus para evangelizar o mundo.
Estas sete categorias resumem tudo o que Jesus
Nós fomos chamados por Deus, todos nós e não ordenou e que depois foi re-enfatizado com
apenas uns poucos, para fazermos discípulos de amplitude pro Paulo e demais escritores do NT.
todas as nações (Mateus 28.19-20). Esta ordem não
é apenas para pastores e missionários.

Página 10 de 36
A grande questão é: estamos nós praticando e Ele não dependia
ensinando outros a praticar estes ensinamentos de de sua divindade
Jesus? para fazer as
obras que fez,
No aspecto mais prático relacionado ao sacerdócio
pois deste modo
de todos os crentes, convém lembrar que por
Ele não poderia
muitos anos a Igreja Institucional acreditou que o
ser nosso
privilégio e a responsabilidade de batizar e ensinar
exemplo; afinal,
era de apenas uns poucos. Mas se a ordem de
nós não somos
pregar o evangelho é para todos, e a ordem de
deuses. As obras que Ele realizou não foram feitas
fazer discípulos é para todos, batizar e ensinar
simplesmente porque Ele era Deus, mas porque,
também é responsabilidade e privilégio de todos.
como homem, Ele agia na unção do Espírito Santo.
A tradição evangélica diz que somente os pastores
Em Mateus 12.28, nós lemos que Jesus
é que podem batizar, mas onde é que encontramos
expulsou demônios pelo Espírito Santo. Ele
isto na Bíblia? Quem foi, por exemplo, que batizou
precisava do Espírito para fazer aquelas obras
Paulo? Foi um grande pastor? Não! Foi um certo
de poder que Ele realizou. E o que dizer de
discípulo chamado Ananias (Atos 9.10).Se
nós?
quisermos cumprir a vontade de Deus, o Seu plano
para a evangelização do mundo, teremos que Jesus não somente precisava do Espírito e
romper com as cadeias do tradicionalismo e dependeu do Espírito Santo, mas também insistiu
fazermos as coisas do jeito bíblico, do jeito de Deus. na necessidade dos Seus discípulos receberem o
mesmo poder para testemunhar Dele.
Marcos 16.16-18 revela-nos que os sinais seguirão
os que crêem. Estes sinais não acompanharão Ele até mesmo ordenou que a obra de expansão do
apenas os pastores e missionários, mas cada um Evangelho do Reino não fosse iniciada até que os
que crê. Deus quer usar cada um de seus filhos discípulos recebessem a “promessa do Pai”, o
para manifestar Suas obras. revestimento do Espírito (Lucas 24.49). Receber o
poder do Espírito não é uma questão de termos
Também convém lembrarmos aqui que os sinais
teológicos, é uma necessidade primordial – se
apontam para Cristo, não para os pregadores. Não
queremos cumprir a Grande Comissão do Senhor
há “estrelas” no reino de Deus. Jesus é a figura
Jesus para a Igreja. De acordo com Atos 1.8, é o
principal; tudo deve convergir para Ele (Efésios 1.9-
poder do
11).

Nunca é demais enfatizar esta verdade que


estamos expondo aqui. Nós, de fato, queremos que
você seja saturado com a verdade de que cada
crente deve ser usado por Deus para cumprir o
Seu plano de evangelização mundial. O mundo
somente será alcançado quando todos os
cristãos que nasceram de novo assumirem
seu papel em Deus e ceifarem os campos do
mundo. Agora, como faremos isto? Como é
possível que donas de casa, alfaiates,
comerciantes, feirantes, taxistas e todos os outros
profissionais, as demais pessoas comuns, todos os
cristãos, sejam usados por Deus para fazer as
mesmas obras de Jesus (evangelizar, discipular,
curar, libertar, etc.)?

A FONTE DE PODER: O ESPÍRITO SANTO

Há uma fonte de poder que nos capacitará a


realizar as obras de Deus. É a mesma que estava
em Jesus e que encontramos em Lucas 4.1,14,18.
Esta fonte é o Espírito Santo de Deus. Ele não é
uma “coisa”; é uma pessoa. Ele vem morar dentro
de nós quando cremos e somos cheios na medida
em que experimentamos mais Dele.

Preste atenção: Jesus era Deus e mesmo assim


precisou do Espírito Santo. Ele se esvaziou de sua
“forma” de Deus e caminhou na terra como um
homem comum.
Página 11 de 36
Espírito que nos torna testemunhas eficazes. A .................................................................................
palavra grega para “poder” aqui em Atos 1.8 é .................................................................................
“dunamis”, de onde vem nossas palavras “dínamo” .................................................................................
e “dinamite”. .................................................................................
.................................................................................
Ela se refere a um poder explosivo. O dicionário .................................................................................
Strong diz que é um “poder miraculoso”. .................................................................................
.................................................................................
A unção do Espírito, o revestimento do Espírito, nos
.................................................................................
tornará discípulos capacitados para realizar a obra .................................................................................
miraculosa de Deus de uma maneira também .................................................................................
miraculosa. .................................................................................
Quando recebemos este poder, nós nos tornamos .................................................................................
.................................................................................
“testemunhas”. Esta palavra, no grego, é martus,
.................................................................................
de onde vem nossa palavra “mártir”, ou seja,
.................................................................................
alguém que dá a sua vida pela causa que
.................................................................................
defende.
.................................................................................
Muitas pessoas falam de serem cheias do Espírito, .................................................................................
mas quantas delas são verdadeiras testemunhas? .................................................................................
.................................................................................
O propósito do enchimento do Espírito não é para .................................................................................
falarmos em línguas,, mas para nos encher de .................................................................................
poder miraculoso, não somente para exercermos .................................................................................
dons espirituais, mas também para exercermos .................................................................................
todo tipo de ação miraculosa no nome do Senhor .................................................................................
Jesus, ou seja, pregar, evangelizar, ensinar, .................................................................................
discipular, curar, libertar, aconselhar e etc. .................................................................................
.................................................................................
O Enchimento do Espírito faz com que nossas vidas .................................................................................
sejam marcadas pelo poder de Deus. .................................................................................
.................................................................................
Como já mencionamos anteriormente, o
.................................................................................
Espírito Santo é uma pessoa. Nós não usamos o
.................................................................................
Espírito. Ele é quem nos usa. Ele não é uma coisa.
.................................................................................
Ele é Deus, um ser real, pessoal. Portanto, para .................................................................................
usufruirmos o Seu poder, poder este que vem sobre .................................................................................
nós para realizarmos as obras de Deus, precisamos .................................................................................
ter um bom relacionamento com Ele. Precisamos .................................................................................
evitar: .................................................................................
.................................................................................
- Substituir a obra do Espírito pela ação da carne -
.................................................................................
Gálatas 3.3;
.................................................................................
- Entristecer o Espírito - Efésios 4.30; .................................................................................
.................................................................................
- Apagar o Espírito - 1 Tessalonicenses 5.19; .................................................................................
- Nos endurecermos para ouvir voz do Espírito - .................................................................................
Hebreus 3.7. .................................................................................
.................................................................................
Se, de fato, desejamos ser usados pelo Espírito e .................................................................................
nos tornarmos testemunhas de Cristo, nós .................................................................................
precisamos andar em comunhão com o Espírito .................................................................................
Santo, abandonando toda obra da carne, .................................................................................
desfrutando de Sua presença, dependendo de Sua .................................................................................
graça e ouvindo a Sua voz. .................................................................................
.................................................................................
ANOTAÇÕES .................................................................................
.................................................................................
...............................................

CAPÍTULO 4 - A MISSÃO DE DEUS PARA A IGREJA

Página 12 de 36
Agora que já conhecemos qual é a fonte do poder nos chamou para trabalharmos juntos, para
para realizarmos as mesmas obras que Jesus cuidarmos das Suas ovelhas – cuidarmos uns dos
realizou, nós precisamos entender melhor qual é outros.
esta obra, qual é a missão da Igreja.Os quatro
Você deve entender que Deus não fica satisfeito
Evangelhos relatam os eventos finais do ministério
somente quando um destes aspectos é enfatizado
do Senhor Jesus sobre a terra. Cada um contém o
ou cumprido. Deus quer que todos os quatro
relato da “Grande Comissão”, embora cada um
aspectos sejam realizados pela Igreja. Nossa missão
enfatize aspectos diferentes. Sim, cada livro
não é só evangelizar. Nossa missão é:
apresenta a mesma “Grande Comissão” com uma
ênfase específica. - Fazer discípulos

Há igrejas que usam só um destes aspectos e - Evangelizar com demonstração de poder


acham que estão cumprindo-a. No entanto, se não
- Testemunhar no poder do Espírito Santo
prestarmos atenção nos quatros aspectos
relacionados da Grande Comissão, de modo algum - Pastorear as ovelhas de Cristo
conseguiremos fazer a vontade de Deus e realizar a
Esta é a missão da Igreja toda e não somente de
Sua obra.
uns poucos especialistas.
Quais são os quatro aspectos da ordem de
A ESTRATÉGIA DE DEUS
Cristo?
Agora que entendemos que Deus quer usar cada
1.Fazer discípulos de todas as nações –
um, que podemos fazer coisas miraculosas e
Mateus 28.19-20. Aqui é explorado o aspecto do
sermos testemunhas eficazes de Jesus por meio do
discipulado, o treinamento nos caminhos do
Espírito, e que compreendemos que nossa missão
Senhor, a formação do caráter do seguidor de
não é apenas pregar, mas também discipular,
Cristo, o ensinamento dos princípios do reino de
ensinar, cuidar e etc., nós já podemos começar a
Deus transmitido pelo Senhor Jesus.
entender qual é a estratégia de Deus para cumprir
Aqui é a edificação dos irmãos que trazemos à o Seu propósito.
mente, o treinamento para que cada um seja
Vamos declarar, numa frase só, qual é a
participante do plano de Deus.
estratégia de Deus, o plano de Deus para
2.Proclamar o evangelho a toda criatura – evangelização do mundo:
Marcos 16.15-17. Aqui a ênfase recai na
“Cada crente um obreiro e cada igreja local
pregação com manifestações de poder.
um centro missionário”.
É impossível divorciamos o testemunho apostólico e
Decore esta frase. Viva esta frase. Ela expressa
a pregação evangelística dos sinais que
uma verdade simples, mas profunda. Quando cada
acompanham os que crêem. Jesus não disse que
crente for um obreiro, um ceifeiro na seara do
haveria alguma possibilidade de acontecerem
Mestre, e cada igreja local (não cada denominação)
certos milagres nas vidas dos discípulos, mas sim
tornar-se um centro missionário, o plano de Deus
que, com toda certeza, eles acompanhariam o
poderá ser realizado.Você deve cumprir a sua parte
testemunho da Igreja.
neste plano; e ela começa com o entendimento de
3. Testemunhar no poder do Espírito Santo – que esta é uma verdade fundamental da Bíblia. A
Lucas 24.48-49. Aqui em Lucas a ênfase está no Bíblia mostra claramente que Deus quer usar
testemunho sob o revestimento de poder, cada crente como um obreiro, um trabalhador
porque sem o poder do Espírito Santo nós faremos na Sua seara.Deus sempre usou indivíduos antes
tudo na nossa própria força, e o fracasso será certo. de usar grupos e para alcançar grupos. Por
Para cumprirmos a ordem de Jesus precisamos do exemplo:
poder do Espírito Santo. Lembramos também que o
- Adão e Eva – Gênesis 1.26-28 – Deus usou-os para
princípio de pregação exposto aqui é o testemunho,
povoar a terra;
ou seja, falar daquilo que vimos e ouvimos
pessoalmente, experiencialmente. Nem todos os - Abraão – Gênesis 12.1-3 – Deus usou-o para
crentes são “mestres” da Palavra, mas todos abençoar todos os povos com o evangelho;
podem contar seu testemunho pessoal sob o poder
- Jesus – João 12.24 – um só homem morreu para
do Espírito Santo de Deus.
dar muito fruto, ou seja, muitas almas para o reino
4.Pastorear as ovelhas de Cristo – João 21. Em de Deus.
Sua conversa com Pedro, Jesus chamou-o ao
A Bíblia compara a Igreja com um corpo. E,
compromisso de pastorear Suas ovelhas.
segundo esta mesma Bíblia, Deus age através de
Este chamado não se restringiu a Pedro. Todos nós cada membro do corpo (1 Co 12.27; Rm 12.4-6a; 1
somos responsáveis uns pelos outros. O tempo em Co 1.26).
que “cada um se virava sozinho” já passou! Jesus

Página 13 de 36
A ordem para fazer discípulos é para cada um aceitaremos que qualquer um vá por aí pregando
(Mateus 28.19-20). Ser testemunha é ou que um novato nos ensine como fazer a obra de
responsabilidade de cada um (Lc 24.47-48; Atos Deus. Nós não precisamos disto. Está muito bom do
1.8; 2.38). Pregar a Palavra é para todos (Atos 8.1- jeito como estamos indo ou fazendo”.
4; 11.19-22). A Bíblia também mostra que é
B – COMPETITIVIDADE
propósito de Deus que cada igreja local se torne um
instrumento para alcançar outras cidades e nações. Há pastores e igrejas que não sabem e não querem
aprender a trabalhar em “rede”. Jesus ensinou,
Cada igreja local é chamada de “corpo de
através de coisas naturais (como a pescaria, por
Cristo”, ou seja, cada igreja local deve ser uma
exemplo), que nós temos que trabalhar em parceira
cópia do corpo universal de Cristo (1 Co 12.27).
com outras igrejas e ministérios. Porém, muitos
Nós vemos em Atos dos Apóstolos que cada igreja pastores querem ser independentes. Eles não
era responsável pela sua própria expansão. Na querem dividir recursos e não buscam comunhão
verdade, cada igreja realmente se preocupava com com outros que podem ajudá-los.
seu próprio crescimento (Atos 4.31; 6.7; 9.31). Na
C – DENOMINACIONALISMO
medida em que as igrejas neotestamentárias
cresciam internamente, elas também se tornavam O denominacionalismo, o amor à estrutura
centros da obra missionária, ou seja, a partir de denominacional, é um dos mais fortes obstáculos
cada igreja local foram enviados obreiros ao plano de Deus. Os líderes denominacionais não
(plantadores de igrejas) para iniciar novas igrejas e querem mudar. Eles querem manter a velha
edificar as igrejas existentes. estrutura da igreja a qualquer custo. Devemos
lembrar que Jesus falou sobre o que acontece
Nós encontramos diversas igrejas-modelos no quando se coloca vinho novo (a ação do Espírito)
Novo Testamento, igrejas que se tornaram em odres velhos (a estrutura denominacional):
centros missionários e modelos para outras ambos se perdem. O denominacionalismo prefere
igrejas locais seguir: seguir

- Jerusalém – Atos 8.5-16, 25; 11.22; 9.28;

- Antioquia – Atos 13.1-4; 14.26-27; 18.22-23;

- Tessalônica – 1 Ts 1.6-8;

- Éfeso – Atos 19.1, 20; Ef 4.16.

Este plano de Deus é muito simples:

Cada crente é treinado para tornar-se um canal do


amor e do poder de Deus. Cada igreja local se
responsabiliza pela expansão do evangelho até os
confins da terra, começando por sua “Jerusalém”
(sua cidade). O mundo não será alcançado
enquanto apenas dependermos de juntas e
entidades missionárias. Enquanto o privilégio e a
responsabilidade forem apenas de alguns, o mundo
jamais será alcançado pelo Evangelho do Reino.
Mas, de acordo com Jesus, o evangelho do Reino
será pregado a todas as nações, antes do fim (Mt
24.14). Isto significa que, exatamente hoje,
Deus está despertando Seu povo para
entender e participar do Seu plano para
alcançar as nações do mundo.

OBSTÁCULOS

Apesar de vermos claramente na Palavra de Deus


que Ele deseja usar cada crente e cada igreja local,
nós precisamos saber que há diversos obstáculos
ao cumprimento desta visão de Deus:

A – ORGULHO

Muitos pastores e igrejas não querem aceitar o


plano de Deus por causa do orgulho. Eles dizem:
“sempre fizemos assim, por que vamos mudar
agora? Temos um nome para zelar. Não

Página 14 de 36
o estatuto da denominação ao invés da Palavra de Outro obstáculo difícil de ser vencido é o medo que
Deus. O denominacionalismo é egoísta – só apóia os líderes possuem de perder membros de suas
iniciativas da própria denominação. igrejas ou de “serem passados para trás” por outros
líderes que pegaram a visão da colheita final.
D – TRADICIONALISMO
Alguns têm medo que as igrejas novas não tenham
O tradicionalismo anda de mãos dadas com o sucesso e tudo não passe de uma grande perda de
denominacionalismo. É o espírito que invalida, tempo e dinheiro. Este medo existe por falta de
negligencia e rejeita a Palavra de Deus para seguir confiança no Senhorio de Cristo, na suficiência da
as suas próprias tradições. Igrejas tradicionais, não Palavra de Deus e na direção do Espírito Santo. A
importa se crêem nos dons espirituais ou não, são igreja de Tessalônica foi iniciada em apenas 1 mês,
aquelas que não querem mudar, que preferem e depois os irmãos ficaram sem um líder maduro,
fazer as coisas como sempre fizeram, sem contando apenas com a Presença do Senhor, com a
questionar se elas são bíblicas ou não, se ainda são Palavra e com o Espírito Santo. E o que aconteceu?
relevantes ou não. Ela se tornou um exemplo para toda a sua região!
E – GANÂNCIA J FALTA DE COMPREENSÃO BÍBLICA A
RESPEITO DA IGREJA
Enquanto os pastores e igrejas permanecerem
aprisionados em seus desejos gananciosos, o plano Outro grande obstáculo é que os líderes e igrejas
de Deus nunca se cumprirá. “Quanto nós não compreendem o que é e como a igreja deve ser
lucraremos com isto? A igreja vai ficar rica quando edificada. A maioria adotou doutrinas e práticas
muitos se converterem!”. Aqui nós temos o grande que jamais tiveram respaldo na Bíblia. Poucas
perigo de trocar a glória de Deus pela satisfação do igrejas e seus líderes compreendem a estrutura
homem. bíblica da igreja. Elas possuem uma eclesiologia
não bíblica, deficiente e ignorante em relação à
F – INCREDULIDADE
vontade de Deus. O plano de Deus jamais se
Incredulidade é fé ao contrário. Ela impede concretizará numa igreja cujos princípios
o avanço de Deus por meio de Sua igreja. Jesus não doutrinários e organizacionais não correspondem ao
pôde fazer muitas obras em Nazaré por causa da que Deus ensinou em Sua Palavra.
incredulidade do povo. Há pastores e igrejas que
Todos estes obstáculos precisam ser vencidos se
não crêem e nem esperam por milagres em seus
nós queremos cumprir o plano de Deus e ser parte
ministérios. Mas é impossível cumprir a Grande
do cumprimento do Seu propósito. Assim,
Comissão sem esperarmos a cooperação de Deus
precisamos ver quais são os obstáculos que temos
por meio de milagres.
em nós mesmos e em nossas igrejas, e então
G – FALTA DE VISÃO decidirmos resolutamente retirá-los do caminho,
para que o Reino e a vontade de Deus se
Às vezes, igrejas que crêem em milagres,
estabeleça na terra.
que lutam contra o tradicionalismo, ainda assim,
são igrejas sem visão. Elas não sabem qual é o .................................................................................
plano de Deus ou como Deus irá cumprir Seu .................................................................................
propósito. Elas não conhecem as estratégias de .................................................................................
Deus para cumprir Seu plano e acabam criando os .................................................................................
seus próprios programas humanísticos. Isto .................................................................................
.................................................................................
prejudica e atrasa a verdadeira obra de Deus.
.................................................................................
H – VISÃO ESTREITA .................................................................................
.................................................................................
Há igrejas que possuem uma visão estreita .................................................................................
do plano de Deus. Elas sabem o que devem fazer, .................................................................................
mas não sabem como fazer a obra. Ou então, elas .................................................................................
pensam em termos mui pequenos. Elas ficam .................................................................................
limitadas às suas paredes e não crescem conforme .................................................................................
a intenção do Senhor. .................................................................................
.................................................................................
I – RECEIO DA PARTE DOS LÍDERES
.................................................................................
...........................

Página 15 de 36
CAPÍTULO 5 -A VISÃO BÍBLICA DA
IGREJA

habilidade de falar bem divorciada de caráter (1 Tm


3.1-13).

- Os cinco dons ministeriais – apóstolos, profetas,


evangelistas, pastores e mestres – são
reconhecidos e têm participação regular (Ef 4.11-
15).
A Bíblia utiliza-se de muitas figuras e analogias para
expressar verdades e princípios importantes sobre - Há uma expansão evangelística (Mt 28.19-20).
a natureza, caráter e vida da igreja. Uma das - Há um senso de relevância que se opõe ao ritual
principais figuras usadas para ilustrar o que é e religioso (2 Tm 3.5).
como a igreja deve ser é a figura do CORPO.
- As vidas das pessoas são transformadas
A igreja é chamada na Bíblia de “O Corpo de Cristo” positivamente através de seu envolvimento na
(1 Coríntios 12.12-13; Efésios 1.22-23; Colossenses igreja (Rm 12.2).
1.18; 2.19).
FORMA E FUNÇÃO
Como um “corpo”, a igreja não é uma organização
humana, e sim, um organismo vivo composto de Quando falamos de ser uma igreja bíblica,
muitos seres humanos que renderam suas vidas a obviamente, nós estamos considerando a diferença
Jesus Cristo. Este corpo, a igreja, é composto de entre forma e função da igreja.
todos aqueles que são nascidos de novo por meio O que caracteriza uma igreja como sendo bíblica é
da água (a Palavra) e do Espírito (João 3.1-8). o seu compromisso com as funções bíblicas da
Por não se tratar de um estudo especificamente igreja, a despeito da forma como ela realiza estas
eclesiológico, nós queremos apenas pincelar funções – a menos, é claro, que a Bíblia seja
algumas características de uma igreja bíblica, uma explícita sobre uma dada forma de cumprir uma
igreja que cumpre o propósito de Deus na função.
evangelização do mundo. As funções de uma igreja devem ser bíblicas; a
Uma igreja do Novo Testamento, uma igreja bíblica, forma, por outro lado, quando não explicitamente
é um lugar aonde: ensinada as Escrituras, deve ser contextualizada à
realidade cultural de cada igreja local.
- Jesus Cristo é exaltado como o Filho de Deus que
ressuscitou dentre os mortos (Atos 2.22-24). Portanto, é de vital importância compreendermos
que a forma deve estar plenamente sujeita à
- A Bíblia é honrada e ensinada com autoridade, função e não o contrário.
como a revelada e inerrante vontade de Deus para
Sua criação (2 Tm 3.16). Por exemplo, uma igreja não é bíblica pela forma
como batiza, mas pela sua função de batizar.
- Há liberdade e vitalidade na adoração (Cl 3.16; Sl
A função de batizar é uma ordem de Jesus, um
150).
princípio inegociável da Palavra de Deus durante a
- Há genuíno amor que se expressa de maneira era da graça, mas não há qualquer ordem direta
prática uns pelos outros (João 13.34,35). quanto à forma de se administrar o batismo – se é
por aspersão, imersão, borrifamento, etc. A função
- As pessoas são edificadas e evangelizadas através do batismo, portanto, deve
de relacionamentos interpessoais que vão além dos
contatos nas reuniões ou cultos da igreja (At 2.42-
47; 5.42).

- Os líderes enfatizam cuidado pastoral que abraça


todas as legítimas necessidades das pessoas, e os
pastores exercitam autoridade bíblica (1 Pd 5.2; Hb
13.17).

- Há uma ênfase sobre compromisso, mais do que


em conveniência, na vida das pessoas (Atos 2.42-
47).

- A liderança exemplifica as virtudes cristãs


(integridade, lealdade, humildade) e não a

Página 16 de 36
ser enfatizada e praticada, mas da maneira ou os sacerdotes eram responsáveis pelo ministério da
forma como a liderança local entende que deva casa de Deus, hoje também o são os sacerdotes da
expressar os princípios bíblicos do batismo dentro Nova Aliança.
do seu contexto específico.
O ministério na igreja não está nas mãos dos
Qual é a igreja que irá cumprir a vontade de pastores e de uns poucos líderes, mas sim nas
Deus? mãos de todos os crentes.

Qual é a igreja que alcançará os mais de 3 Abra a sua Bíblia e entenda isto:
bilhões de pessoas que nunca ouviram falar
- Todos os crentes são responsáveis pela
de Jesus?
propagação do evangelho (Mt 28.19-20; Mc 16.15-
Nós respondemos afirmando que o tipo de igreja 18; Lucas 24.48-49; João 15.15-16; Atos 1.8; Fp
que irá cumprir a vontade de Deus é aquela que 1.5).
vive segundo a verdade revelada de Deus na Bíblia.
- Todos os crentes são divinamente capacitados
É aquela igreja que não está preocupada em ser e com dons ou habilidades espirituais (1 Co 12.7, 11).
fazer somente porque “todo mundo sempre fez
- Todos os crentes são ministros (2 Co 3.6; 5.20):
assim” ou “essa é a nossa doutrina”, mas sim
porque deseja fazer o que e o como do que está - Todos devem e podem evangelizar, Fazer
registrado na Bíblia. discípulos; Batizar; Celebrar a ceia do Senhor;
Interceder; Adorar; Contribuir; Aconselhar; Pregar;
A sua igreja está organizada biblicamente? Ele crê e
Ensinar; Curar Enfermos, Expulsar demônios. Etc.,
ensina exatamente como está escrito?
etc., etc.
O SACERDÓCIO DOS CRENTES
Por muitos anos os pastores e missionários tiveram
Se quisermos cumprir a Grande Comissão, se a exclusividade ao executarem grande parte destas
quisermos cumprir o propósito de nossa existência coisas. Mas não existe um versículo sequer na
neste mundo, como igreja, para fazermos a vontade Bíblia que conceda tal exclusividade.
de Deus e livrarmos os cativos do diabo que irão
Pense, por exemplo, quem foi que batizou Paulo?
para o inferno sem Jesus, nós precisamos restaurar
Não foi outro apóstolo, nem um pastor da igreja. Foi
o sacerdócio de todos os crentes em nossas igrejas.
apenas um “discípulo chamado Ananias”, e só
Aqui nós temos que entender duas coisas: aparece esta única vez na Bíblia (Atos 9).

1.Quando a Bíblia diz “todos”, ela quer dizer Filipe não era pastor, era apenas um diácono e, no
realmente “todos”. Todos os crentes, sem exceção, entanto, batizou os novos convertidos em Samaria
são sacerdotes do Novo Testamento. No Antigo (Atos 8).
Testamento somente os homens da tribo de Levi
Não foi Pedro quem batizou Cornélio e os seus; ele
podiam ser sacerdotes. Mas hoje, no Novo
mandou aqueles que estavam com eles, “os fiéis
Testamento, todos os crentes – homens, mulheres e
que era da circuncisão”, batizá-los em nome de
crianças – todos são sacerdotes.
Jesus (Atos 10).
2.O que é um sacerdote? Os sacerdotes da
Aonde você leu na Bíblia que servir a Ceia é
antiga aliança eram responsáveis pelos serviços
privilégio apenas dos pastores? Sejamos honestos...
prestados no Tabernáculo, ou seja: cuidar do local,
em lugar nenhum! Esta é mais uma tradição que
providenciar os sacrifícios, oferecer os sacrifícios,
nós herdamos, mas que agora o Senhor está nos
interceder pelos pecadores e etc. Os sacerdotes
mostrando que ela fere o princípio do sacerdócio de
eram responsáveis pelo ministério realizado no
todos os crentes. Então, vamos voltar à Palavra de
Tabernáculo, a “casa de Deus”.
Deus!.........................................................................
TODOS SÃO SACERDOTES ..................................................................................
..................................................................................
A Bíblia nos mostra que esta sempre foi a intenção
..................................................................................
de Deus: que todo o Seu povo fosse um reino de
..................................................................................
sacerdotes (Êx 19.5-6; Ap 1.5-6; 5.10; 1 Pd 2.1-10).
..................................................................................
A igreja, hoje, é o Seu povo sacerdotal.
...................................................
Quais são as implicações de todos os crentes serem
sacerdotes na Nova Aliança? Se na antiga aliança

CAPÍTULO 6 - INVESTINDO NO DISCIPULADO

Tendo mostrado que todos são sacerdotes e que


possuem o privilégio e a responsabilidade de servir

Página 17 de 36
ao Senhor na igreja, nós precisamos entender qual não é simplesmente estabelecer uma classe de
é o segredo que torna, na prática, todos os crentes estudos bíblicos na escola dominical. Discipulado é
úteis no reino de Deus. Porque você sabe que em compartilhar a vida. Portanto, precisamos estar
muitas igrejas os líderes só podem contar com um conectados, ligados, encaixados uns com os outros.
número resumido de irmãos comprometidos com a
Agora, logicamente nós não podemos ter uma
“obra”. Você sabe que há um número limitado de
comunhão íntima com todos os membros do
pessoas que evangeliza, discipula, prega e ensina
corpo... mas podemos ter com dois ou três, ou 10!
na igreja.
Na prática, fazer discípulos é colocar um irmão na
Como, então, nós podemos guiar a todos na responsabilidade de treinar dois ou três outros
igreja para servirem ao Senhor? irmãos, formando uma rede que procede desde o
pastor sênior da igreja até o mais novo dos novos
A resposta é: através do DISCIPULADO. Foi o que
convertidos.
Jesus fez...bem como o apóstolo Paulo e os demais
irmãos do Novo Testamento. Jesus nos mandou Veja a ilustração abaixo:
fazer discípulos (Mt 28.19-20), porque Ele mesmo
O Pastor Sênior
havia feito discípulos. Ele sabia que este é o
discipula os...
processo correto para levar a igreja a funcionar
como Deus quer, para fazer com que todos na
igreja sirvam ao Senhor.As igrejas que não
investem maciçamente no discipulado não Demais Pastores
conseguirão cumprir a vontade de Deus. Então, se e/ou Líderes, que por
sua vez discipulam...
estamos desejosos de fazer a vontade de Deus,
precisamos entender o que é e como funciona o
discipulado.

Primeiro você precisa entender que


discipulado não é um modismo ou um método
novo, mas simplesmente fazer o que Jesus fez
e que transformou pescadores e publicanos em ...outros ...outros ... outros
poderosos obreiros de Deus. Jesus fez discípulos. que que que
Nós também temos que fazer discípulos. discipulam... discipulam... discipulam...

Como nós definimos um discípulo? Falando ...OUTROS, SEMPRE NUM PROCESSO CONTÍNUO...
naturalmente, um discípulo é um aprendiz. É
... OUTROS
Você entendeu? Você pode ver que discipulado não
alguém que:
é simplesmente dar um curso de 12 QUE DISCIPULAM...
lições numa
- Ouve turma chamada “Classe de Discipulado”?
Discipulado envolve relacionamento, submissão,
- Aceita
responsabilidade, cumprimento de tarefas,
- Pratica prestação de contas. Você deve

- Transmite os ensinamentos de um mestre.

Um discípulo de Cristo, falando de maneira prática


e resumida, é alguém que gasta tempo ouvindo e
aprendendo os ensinamentos de Jesus, que aceita
ou crê nestes ensinamentos como sendo a exata
verdade e vontade de Deus, que vive estes
ensinamentos e não apenas fala sobre eles, e que é
responsável para transmitir estes exatos
ensinamentos que aprendeu para

outras pessoas. Qual é o objetivo final do


discipulado? Romanos 8.28-29 e Mateus 10.25
nos mostram que o alvo final é que sejamos como
Jesus. Este é o propósito eterno de Deus para
os salvos: que sejamos semelhantes a Jesus
em vida (caráter) e ministério (obras).

Como isto funciona? Precisamos entender a


articulação dos membros do corpo. A Bíblia diz que
o corpo cresce quando ele está bem ligado e unido
em suas partes (Efésios 4.16; Cl 2.19). Discipulado
Página 18 de 36
conviver com quem você discípula, seus discípulos, - Doutrinas Fundamentais – fé, arrependimento,
e ensiná-los tudo o que você tem aprendido com Deus Pai, a pessoa e obra de Cristo, Espírito Santo,
Jesus e com aquele que o discipulou. salvação e etc.

Se você não entendeu ainda, deixe-me - Práticas cristãs – oração, estudo bíblico,
explicar mais claramente. contribuição, comunhão, evangelismo e etc.

O Discipulado funciona assim: você escolhe dois ou - Maturidade – formação do caráter - fruto do
três irmãos e passa a se reunir frequentemente Espírito, discipulado e etc.
com eles. Estes irmãos se submetem a você neste
Você pode preparar o seu próprio material ou
período de treinamento.
poderá usar o material que dispomos em
Você ensina-lhes tudo o que ensinaram a você – “Fundamentos Espirituais” e/ou “Disciplinas
como orar, estudar a Bíblia, evangelizar, fazer Espirituais”.
discípulos, a visão da igreja, o plano de Deus para a
Nada do que ensinamos neste estudo poderá
evangelização mundial, etc. Depois de ensinar algo,
ocorrer e ser bem sucedido sem o devido
você mostra para eles como se faz.
discipulado. Portanto, invista pesado na formação
Daí, você pede para eles fazerem juntamente com de discípulos e discipuladores.
você. Então você pede para eles fazerem sozinhos,
ANOTAÇÕES
enquanto você observa. Depois, quando eles já
estão praticando bem, você libera-os para fazer ..................................................................................
com outros o mesmo que você fez com eles. Isto é ..................................................................................
fazer discípulos! ..................................................................................
..................................................................................
Um aspecto muito importante – na verdade,
..................................................................................
fundamental – é que os discípulos aprendam a
..................................................................................
“fazer” e não somente “como fazer”. Discipulado
..................................................................................
não é coisa de teoria, mas de prática. O
..................................................................................
ensinamento é dado para que haja a prática
..................................................................................
correspondente, e não para acumular ideias e
..................................................................................
informações.
..................................................................................
Em Mateus 29.19-20, Jesus ordenou: “...ensinando- ..................................................................................
os a guardar todas as coisas que vos tenho ..................................................................................
ordenado...”. “Guardar” é praticar e não ..................................................................................
simplesmente acumular conhecimentos. ..................................................................................
..................................................................................
Agora, tendo dito isto, nós não estamos anulando a
..................................................................................
necessidade de ensinamento teórico. O que
..................................................................................
queremos dizer é que após o ensinamento teórico
..................................................................................
ser dado, o discípulo deve ter a oportunidade de
..................................................................................
“ser cobrado” quanto a prática daquilo que ele
..................................................................................
aprendeu. É algo do tipo “me mostre o que você
..................................................................................
aprendeu”.
..................................................................................
Nós cremos que o discipulado não funcionará se ele ..................................................................................
não for organizado (ainda que seja com bastante ..................................................................................
informalidade). Então, nós entendemos que deve ..................................................................................
haver um currículo de treinamento para os ..................................................................................
discípulos. Eles devem crescer em sabedoria e ..................................................................................
graça, em conhecimento e prática. Eles não podem ..................................................................................
praticar algo que eles não conhecem. Mas, além de ..................................................................................
conhecer, eles devem colocar em prática. Assim, ..................................................................................
nós devemos organizar um currículo que ajude os ..................................................................................
discípulos a crescer no conhecimento e na prática ..................................................................................
da Palavra. ..................................................................................
..............................................
Nós sugerimos que você use um currículo básico,
como nós usamos, que inclua:

CAPÍTULO 7- A IGREJA COMO CENTRO MISSIONÁRIO

Página 19 de 36
Nós já estudamos amplamente o princípio O que precisamos para que cada uma de nossas
bíblico do sacerdócio de todos os crentes e como igrejas se torne um centro missionário como as
cada crente deve ser levado a servir a Deus na igrejas de Atos se tornaram?
igreja e no mundo por meio de ser treinado no
AMPLIAR A VISÃO
discipulado. Agora precisamos entender o segundo
aspecto da estratégia de Deus para ganhar o Primeiramente, precisamos ampliar nossa
mundo. O plano de Deus não é somente usar cada visão. Nós precisamos ter uma visão de pesca e de
crente, individualmente, mas tornar cada igreja colheita. Ter uma visão de pesca significa
local um centro missionário para espalhar o compreender as possibilidades e deveres do
evangelho. treinamento de pessoas comuns que se
transformarão em pescadores de homens (Mateus
4.18-20). Cada crente é um pescador e, conquanto

Página 20 de 36
ele seja devidamente treinado, ele produzirá os Quando você treina uma pessoa, como Paulo
resultados esperados por Deus. treinou Timóteo, e esta pessoa treina outras que
também treinarão outras, você forma uma
Nós sabemos que há duas categorias básicas de
“descendência” (que continuará de geração após
pescaria – pescaria com vara e com rede. A
geração) de crentes e líderes fortes, saudáveis e
pescaria com vara descreve o evangelismo
reprodutíveis.
pessoal, uma área de atuação aonde cada crente
é responsável por ganhar almas para o Senhor. A Os líderes devem ser treinados na própria
pescaria com rede descreve o trabalho de igreja local, porque este é o padrão bíblico.
ministérios ou grupos, dentro da igreja local,
unindo esforços para evangelizar os perdidos. Mais Aqueles que são candidatos à liderança deverão ser
adiante falaremos sobre ministérios e pequenos treinados em quatro parâmetros educacionais:
grupos. - Aprender a conhecer
Nós também precisamos de uma visão de colheita, - Aprender a fazer
pois foi esta a visão que Jesus deu aos seus
discípulos e a nós também (João 4.34-35). Há - Aprender a conviver com outros
diversos princípios envolvidos numa colheita, mas - Aprender a ser
queremos apenas enfatizar a sua urgência. Quando
os campos já estão brancos, prontos para serem Conhecimento, caráter, comunhão e parceria,
ceifados, se os trabalhadores não se apressarem, a bem como ministério em ação, são os
colheita se perderá. Hoje é o tempo favorável para objetivos do treinamento de líderes na igreja
colher vidas para o Senhor; se não nos apressarmos local.
perderemos a colheita que o Senhor determinou Cada um dos líderes deverá aprender a manejar
para nós. bem a Palavra da verdade (2 Tm 2.15), deverá
Na colheita, há os plantadores e há aqueles que manter um alto nível de caráter e doutrina (1 Tm
regam (1 Co 3.6-7). Uns lançam a semente por 4.16) e transbordar do Espírito Santo (2 Tm 1.6-7).
meio da pregação e evangelismo, enquanto que Em 1 Timóteo 3.1-13, nós encontramos diversos
outros dão continuidade ao trabalho por meio do requisitos que aqueles que desejam servir e liderar
discipulado, consolidação e treinamento. devem preencher. Estes requisitos ou qualificativos
Nós podemos praticar estes princípios na podem ser resumidos em 4 áreas:
plantação de igrejas. Plantar igrejas é o método - Qualificativos morais – ser irrepreensível, etc.
mais eficaz de evangelização e multiplicação de
igrejas. Nós podemos enviar equipes para uma - Qualificativos familiares – governar bem a casa,
cidade vizinha (nos finais de semana e durante todo etc.
um mês) com o objetivo de iniciar uma nova igreja. - Qualificativos interpessoais – ter bom testemunho
Depois, nos próximos 3 a 6 meses, outras equipes dos de fora, etc.
serão enviadas, também em finais de semana, para
consolidar e discipular os que se converteram - Qualificativos ministeriais – ser apto para ensinar,
através do evangelismo. Então, depois deste etc.
período, outra equipe poderia ir até a nova igreja A partir de nossa compreensão da Palavra de Deus,
para treinar líderes locais ou a igreja que enviou as nós passamos a definir uma metodologia flexível
equipes poderia mandar um obreiro para dar para treinar líderes na igreja local, não somente
continuidade à obra naquela cidade. para ministérios específicos, como também para
Ao agimos assim, ou de modo semelhante, nós exercerem ministérios fundamentais (Efésios 4.11).
estamos demonstrando que “pegamos” a visão de Veja a seguir:
Jesus, que entendemos nosso chamado como PROGRAMA DE TREINAMENTO BASEADO NA
pescadores e ceifeiros. IGREJA LOCAL
TREINAR LÍDERES
O programa começa com um pastor ou líder
Quando a igreja compreende que deve se tornar treinador que ensina aos seus estudantes no
um centro missionário, ela primeiramente investe ambiente da igreja local e através de seu próprio
pesado em treinamento de líderes. exemplo.

O treinamento de líderes é uma continuação do O treinador assume a responsabilidade pessoal


discipulado e utiliza os princípios do discipulado, para treinar e equipar seus alunos enquanto
porém vai mais além. trabalham juntos em prol do crescimento da igreja
local e do reino de Deus.
Paulo ensina-nos a treinar aqueles que
treinarão outros (2 Tm 2.2). Este princípio de O pastor ou líder treinador escolhe um número
reprodução espiritual é muito poderoso. específico de alunos (entre 2 e 12) que serão

Página 21 de 36
treinados para assumir funções de liderança e Estas tarefas práticas ajudam a avaliar se o aluno
ministério na igreja local e na plantação de outras está realmente disposto a praticar o que está
igrejas. aprendendo, pois este programa foi desenvolvido
para que os alunos se tornem praticantes da
O treinador encontra-se com seus alunos uma ou
Palavra e não meramente ouvintes, como a própria
duas vezes por semana para orar, avaliar os
Escritura ensina (Tiago 1.22-23).
trabalhos escritos e práticos, tirar dúvidas, ajudar
na formação do caráter dos alunos e crescerem no As tarefas práticas providas nos cursos estão
relacionamento com Deus e uns com os outros. relacionadas ao assunto estudado e também ao
processo de plantar uma igreja ou atividades que
O programa envolve 4 elementos-chave:
existem na igreja. Assim, o treinador está
Primeiro: o pastor-treinador ou líder- preparando líderes e obreiros enquanto planta
treinador. novas igrejas e/ou consolida a igreja já existente.

O treinador deve ter certeza do seu chamado por GERENCIANDO A EXPANSÃO


Deus e contar com o apoio de sua igreja. Ele
também deve ter alguma experiência em liderança Treinar líderes é a função básica dos ministérios
e/ou ministério pastoral, além de uma boa fundamentais (Efésios 4.11-12), mas eles não
habilidade de ensino. devem parar por aí. Eles precisam também
gerenciar a expansão, ou seja, supervisionar o
O nível bíblico-educacional do treinador dependerá crescimento da igreja e do reino de Deus em seus
muito dos alunos a serem treinados. Quanto mais limites. O trabalho da equipe pastoral não é fazer
alto for o nível educacional ou bíblico dos alunos, tudo, mas sim treinar os membros do corpo para
tanto mais o treinador deverá ser mais bem que eles façam o ministério.
qualificado.
Uma parte deste trabalho de ajudar os membros do
O treinador também deverá ter visão para a obra corpo a exercerem seus ministérios específicos
de evangelização e crescimento da igreja, estando envolve a supervisão do crescimento da igreja.
aberto para compartilhar algumas áreas de
liderança e ministério pastoral com seus alunos. O crescimento da obra é tanto local quanto
translocal, ou seja, ela cresce tanto dentro de uma
O treinador também deve estar comprometido em cidade quanto para outras cidades. Assim, os
envolver-se pessoalmente com a formação dos ministérios fundamentais precisam cuidar tanto da
alunos e não simplesmente “dar um curso” para igreja local aonde se congregam como também
eles. Um fator crucial para o sucesso deste precisam cuidar das igrejas de outras cidades.
programa é a formação pessoal dos alunos por
meio de um forte relacionamento de discipulado FUNÇÕES DA EQUIPE PASTORAL NA
prático com o treinador. LOCALIDADE

Segundo: reuniões regulares. O treinador Na localidade, a Equipe Pastoral se responsabilizará


deverá reunir-se regularmente (uma ou duas vezes com:
por semana, cerca de 2 a 3 horas) com seus alunos - Discipulado e Treinamento de Líderes – eles
para orar com os alunos, conversar sobre suas investirão no treinamento de líderes para os Grupos
dificuldades e necessidades pessoais, avaliar e de Crescimento, ministérios e etc.
corrigir os trabalhos escritos e práticos, traçar
planos e trabalhar as tarefas práticas, e testar o - Formação de Equipes de Ministérios – porque
aprendizado dos alunos. os membros do corpo de Cristo possuem dons
específicos, eles deverão procurar exercê-los em
Terceiro: estudo pessoal. Os alunos são supridos parceria com outros irmãos com dons e chamados
com apostilas contendo cursos autodidáticos que iguais ou parecidos. Diversas equipes de ministério
devem ser estudados em casa, todos os dias. Cada poderão ser formadas na igreja, tais como:
curso é acompanhado por tarefas escritas e ministério com jovens, crianças, casais, teatro, e
práticas. etc.
Este é um dos principais elementos do treinamento, É função da Equipe Pastoral treinar e ajudar na
porque se o aluno não se dedicar ao estudo pessoal formação destas equipes juntamente com os líderes
e realizar as tarefas escritas, com toda a certeza ele de ministérios.
não conseguirá acompanhar o treinamento.
FUNÇÕES TRANSLOCAIS EQUIPE PASTORAL
Quarto: tarefas práticas. Na medida em que a
turma estuda o material autodidático ela recebe No aspecto da supervisão translocal do crescimento
diversas tarefas práticas para realizar. Os cursos já da Igreja, a Equipe Pastoral deverá:
provê em estas tarefas, mas o treinador poderá
- Treinar e enviar Equipes de Expansão para
modifica-las ou substituí-las, conforme a
plantar igrejas em outras cidades.
necessidade.

Página 22 de 36
- Manter uma comunicação regular com líderes
de igrejas locais – esta supervisão se dará por meio
de visitas pessoais e também por meio de cartas,
telefonemas, e outros meios de comunicação.
- Promover Intercâmbio – numa base tri ou
quadrimestral, é importante que se realizem
encontros que reúnam as igrejas de uma mesma
região. Conferências, seminários, acampamentos e
outras atividades que reúnam as igrejas para
comunhão, ministério e encorajamento devem ser
promovidos.

Página 23 de 36
Cooperação financeira – igrejas novas dependem Seja como for, o importante é que a igreja cresça
de outras igrejas por certo tempo. Então, deve ser o por conversões, ou seja, que muitas pessoas sejam
alvo de uma igreja missional manter-se a si mesma salvas, e também que estes que estão sendo salvos
e ajudar na manutenção de outras igrejas. sejam devidamente edificados para cumprirem a
vontade de Deus. O Senhor não quer apenas salvar;
O envio de missionários, publicação de literaturas e
o Seu propósito também é aperfeiçoar.
gravações, retiros e outras coisas que ajudam a
edificar as igrejas, tudo isto exige dinheiro. Muitas igrejas se dividem entre crescimento
numérico e crescimento espiritual. Algumas igrejas
Então é importante que igrejas de uma mesma
têm seus templos lotados, mas as vidas dos crentes
região/comunhão compartilhem as necessidades
dentro deles não são dignas de seguidores de
financeiras e cooperem umas com as outras para o
Cristo.
crescimento mútuo.
Por outro lado, há igrejas cujos membros são
GRUPOS DE CRESCIMENTO
parecidos demais com Jesus em seu caráter, mas
Para cumprir o propósito de Deus, a igreja deve seus templos estão quase vazios. Se quisermos
primeiramente crescer na localidade, para então se cumprir o propósito de Deus teremos que crescer
estender para outras cidades e pelo mundo. O em número e em qualidade de vida cristã. Não
princípio de Atos 1.8 deve ser considerado podemos nos contentar apenas com uma destas
seriamente: coisas. Devemos primar por grandes números de
pessoas convertidas, alimentadas e conformadas à
- Primeiro Jerusalém semelhança de Jesus.
- Depois Judéia Romanos 8.29 nos mostra que o propósito de Deus
- Samaria é que sejamos “conformados à imagem de Jesus”
(qualidade), para que Ele seja o primogênito entre
- E até os confins da terra “muitos irmãos” (quantidade). Como podemos ter
Assim, precisamos saber qual é o plano de Deus uma igreja local grande, com muitas almas salvas e
para produzir crescimento interno, ou seja, dentro tantas outras se convertendo, e ao mesmo tempo
da igreja local que deverá tornar-se um centro estes discípulos estarem crescendo
missionário. A igreja local não pode tornar-se um espiritualmente?
centro missionário sem primeiro crescer A resposta é simples e desafiadora: voltando
internamente na sua própria cidade. Qual é, então, ao modelo da Igreja de Atos!
a estratégia de Deus para o crescimento interno da
igreja local? NO TEMPLO E DE CASA EM CASA
A igreja primitiva, num só dia, pulou de 120 para
Bem, o princípio do sacerdócio de todos os crentes
3000 pessoas. O que fazer com 3000 pessoas?
permanece como base fundamental, mas nós
Primeiro, elas foram batizadas para selar o
precisamos de uma estrutura adequada para compromisso com Jesus (Atos 2.41). Depois, elas
praticarmos tudo isto que já aprendemos, incluindo foram incluídas na vida cotidiana dos 120, e assim
o sacerdócio de todos os crentes. A seguir, nós “perseveravam na doutrina dos apóstolos (estudo
exploraremos a METODOLOGIA bíblica para o da Palavra), na comunhão, no partir do pão (ceia
crescimento da igreja local. do Senhor) e nas orações” (Atos 2.42).
A igreja dava liberdade para Deus realizar milagres
DOIS NÍVEIS DE CRESCIMENTO
e havia uma forte responsabilidade para ajudar os
Na Bíblia, nós descobrimos dois tipos de irmãos necessitados (Atos 3.43-45).
crescimento da igreja local:

- Crescimento Numérico - Crescimento em


Qualidade

Ou seja,

- Crescimento por Conversões e Crescimento por


Discipulado

Outras formas de expressar estes tipos de


crescimento são:

- Crescimento por Evangelização e Crescimento por


Edificação

- Ganhar os perdidos e Discipular os salvos

Página 24 de 36
Aonde eles faziam todas estas coisas? queremos ser o tipo de igreja que coopera com o
plano de Deus para a evangelização mundial, nós
A Bíblia revela que era no “templo e de casa em
temos que retornar ao modelo bíblico de se reunir
casa” (Atos 2.46). E o resultado deste padrão de
em pequenos grupos nos lares.
vida, qual foi? “Diariamente o Senhor acrescentava
os que iam sendo salvos” (Atos 2.47). Você pode estudar mais sobre este assunto na série
“Bem-vindo ao Lar”1.
Este padrão de “no templo e de casa em casa”
também incluía a pregação e o ensino (Atos 5.42). UM PLANO DE CRESCIMENTO
Se quisermos cumprir o plano de Deus para a
evangelização mundial teremos que crescer em Somente entender que a igreja precisa de
número e em qualidade, o que é impossível sem pequenos grupos para crescer não é suficiente.
este intercâmbio entre reuniões no templo e Nós precisamos também entender que deve haver
reuniões nas casas , ou seja, reuniões da igreja um plano de crescimento sistemático
toda e reuniões com pequenos grupos de estabelecido para acompanhar o crescimento
discípulos espalhados pela cidade. de cada crente e, consequentemente, da igreja
Nós, cristãos modernos, já estamos saturados com toda.
as reuniões ou cultos no templo. Agora precisamos
Existem muitos métodos ou estratégias utilizadas
entender e nos voltar também para as casas.
hoje em dia, mas nós queremos expor aquilo que
Muitas igrejas promovem “cultos nos lares”, mas
recebemos do Senhor.
eles repetem o mesmo padrão do templo.

Uma reunião numa casa, contudo, tem um caráter Nós entendemos, pela Palavra de Deus, que
e uma prática diferente daquela que deve há três princípios básicos acerca da Colheita,
acontecer no templo. conforme Marcos 4.26-29:

Na verdade, muito do que nós fazemos nos templos 1.A semente é lançada a terra – isto mostra a
hoje era realizado pela Igreja nas casas. De fato, as nossa responsabilidade de pregar a todos.
igrejas que cresceram nas cidades gentílicas não se 2.A terra por si mesmo frutifica – 1 Co 3.6-7 –
reuniam em templos, mas sim nas casas dos isto nos mostra que a responsabilidade de
irmãos. crescimento é pessoal.
As igrejas eram “igrejas caseiras”, ou seja, todas as 3.Há um processo de crescimento até a ceifa –
suas atividades normais eram realizadas nas casas é da responsabilidade de quem já passou por
e não num templo (Romanos 16.5,14,15; 1 Co este processo de crescimento ajudar os
16.19; Cl 4.15; Fm 2). outros a chegarem no mesmo estágio.
Se não, vejamos: Efésios 4.16 prevê que a Igreja crescerá de forma
- Atos 1.13, 14; 12.5,12 – orações. unida, bem ajustada e consolidada. Isto não
acontecerá ao acaso. Precisamos aprender e aplicar
- Atos 2.1-4; 10.22 com 44-46 – enchimento do os princípios bíblicos que nos farão crescer
Espírito Santo, manifestações sobrenaturais. espiritualmente, conforme a vontade do Senhor.
- Atos 2.46; 20.7-8; Judas 12 – partir do pão ou ceia Através de diversas referências bíblicas, nós
do Senhor – festas de fraternidade. chegamos a um entendimento de que,
- Atos 9.17-18; 10.22, 24-25, 47-48 – cura, batismo basicamente, o crente deve crescer espiritualmente
nas águas. através de 4 estágios, conforme vemos na
ilustração da colheita de Marcos 4.26-29.
- Atos 5.42 - pregação e ensino. Obviamente, tudo começa quando a semente é
Hoje, nós chamamos a estes grupos de crentes se lançada, o que certifica de que tudo começa com
reunindo nos lares, como os primeiros irmãos Evangelização (Mc 16.15; Atos 1.8; João 4.35).
faziam, de GRUPOS DE CRESCIMENTO. Os quatros estágios ou passos de crescimento
Outros nomes são: são:

- Grupos Familiares – Células - Pequenos Grupos - 1.A Erva – a semente germina, nasce. Isto nos fala
Igreja no Lar de Fundamentação, ou seja, de um passo
estratégico dado para firmar os novos convertidos
Seja qual for o nome, o importante é o fato bíblico na sua fé em Jesus Cristo (Atos 2.41,42; 11.23; Cl
de que a igreja só pode crescer como Deus deseja 2.6-7; 2 Pd 1.12).
se ela mantiver este padrão de reuniões no templo
e nas casas.

Na verdade, as reuniões nas casas são essenciais


1 Esta série é composta de duas apostilas que anteS
para a correta e sadia vida da igreja. De fato, se eram denominadas de “Bem-vindo ao Lar 1 e 2”.
Página 25 de 36
2.A Espiga – a erva cresce e assume uma forma - O coração de Deus deseja ver essas pessoas
mais definida, útil. Nós entendemos que este é o sendo salvas.
estágio quando o crente é Discipulado. Ele entra
- Jesus confiou no fato de que cada um dos Seus
no estágio de aprender e praticar os ensinamentos
discípulos faria as mesmas obras que Ele fez –
básicos de Jesus e a permanecer na Sua Palavra
pregar, discipular, curar, etc., com a finalidade de
(João 8.31-32; Mt 28.19-20).
alcançar o mundo com o Evangelho.
3.O Grão Cheio na Espiga – isto nos fala de
- O Espírito Santo é quem nos capacita para sermos
Ministério, quando começamos a fazer discípulos,
testemunhas e proclamarmos o amor de Deus ao
descobrir e usar os dons espirituais, participar de
mundo com demonstração de poder.
equipes ministeriais, etc. (Mt 28.19-20; 1 Co 12.5,
7, 11; 1 Pd 4.10, 11). - O Plano de Deus para a evangelização mundial é
usar cada crente como um obreiro e cada igreja
4.Fruto Maduro – Isto nos fala de reprodução,
local como um centro missionário.
multiplicação, Liderança. Este é o estágio
quando o crente começa a reproduzir nos outros - Para que a sua igreja cumpra este propósito, ela
aquilo que foi feito com ele. precisa se “organizar” de maneira bíblica.

Ele entra num estágio de liderança que não está - Para obter crescimento numérico e espiritual de
limitado e não é compreendido apenas como uma modo que se cumpra o plano de Deus, a igreja local
posição ou “cargo" a igreja (Fp 2.22; 3.17; 2 Tm deve adotar um “plano de crescimento”. Quando
2.2; Fp 4.9; 2 Tm 3.11,14). este plano é assimilado e praticado, a igreja
participa ativamente do cumprimento do plano de
Nós temos que compreender que sem um processo
evangelização mundial de Deus
de crescimento pelo qual todos na igreja possam
trafegar por ele, é impossível que ela cresça unida, ANOTAÇÕES
numa só direção, com todos falando a mesma .................................................................................
linguagem, com todos sendo supridos, não havendo .................................................................................
nenhum necessitado no meio dela e etc. .................................................................................
Então, seguir um plano de crescimento não é .................................................................................
modismo, é encarar com seriedade a .................................................................................
.................................................................................
responsabilidade de edificar vidas.
.................................................................................
O que apresentamos nestes estudos é a visão geral .................................................................................
ou essencial da coisa toda. Longe de estarmos .................................................................................
acompanhando um modismo qualquer ou de .................................................................................
simplesmente “vestir uma camisa maior” do que .................................................................................
nosso corpo, o nosso propósito é acompanhar a .................................................................................
dinâmica do Espírito Santo nestes dias, quando Ele .................................................................................
.................................................................................
enfatiza mais uma vez a necessidade de
.................................................................................
relacionamentos verdadeiros no corpo de Cristo,
.................................................................................
discipulado e a necessária centralidade de Cristo
.................................................................................
em tudo o que fizermos.
.................................................................................
Por fim, nós queremos re-enfatizar algumas .................................................................................
verdades preciosas que devem ser apreendidas e .................................................................................
praticadas para que haja multiplicação de .................................................................................
convertidos e igrejas: .................................................................................
........................................
- Existem mais de 3 bilhões de pessoas indo para o
inferno porque nunca foram evangelizadas.

Página 26 de 36
CAPÍTULO 8 - LIDANDO COM PESSOAS INDECISAS

Na vida diária do discipulador o trato com diversos Satanás esta a espreita para caçar-lhe se em
tipos de pessoas vai requerer dele alguns qualquer momento questionar a organização
conhecimentos bíblicos e teológicos, Entretanto, religiosa ou por alguma razão, a abandone, ...Ele e
não teremos espaço suficiente para delinear a sua família morreriam de forma horrível se
imensidão de assuntos que hão de surgir em seu afastarem.
dia a dia.
Controle de Conduta
Porém, vamos expor visando o leigo, o membro
É reforçado aos membros toda classe de regras
comum da igreja, aquele com pouco conhecimento
peculiares, normas sobre vestimentas e outras
sobre a vida cristã, mas que deseja ingressar no
coisas não especificadas na Palavra de Deus. Novos
discipulado e fazer novos discípulos.
modelos de comportamento são apresentados,
Em qualquer momento da abordagem para o início como as visitas de porta a porta, a assistência a
do discipulado, o discipulador poderá se ver diante varias reuniões semanais, novas atitudes para com
e uma pessoa reservada, ou se ver diante de um os dissidentes e na seqüência, o ensinam que ele é
ex-membro de uma seita. No último caso, o estado perseguido por suas crenças.
dessa pessoa é depressivo, necessitando de tato
Controle de Pensamento
por parte do discipulador.
Emprega-se uma linguagem carregada de termos
Como discipular ex-adeptos de seitas2
peculiares do grupo, tais como: novo sistema,
Desilusão, angustia, perda da confiança em si teocrático, organização de Deus, a verdade,
mesmo, medo de voltar ao estilo de vida anterior apostatas. Tudo é branco ou negro; a entidade é
ao do envolvimento com a seita, tensão, incerteza, boa e todas as demais são do Diabo.
crise de identidade, falta de rumo, etc.
Existem respostas para todas as tuas perguntas,
Estas são as companhias constantes de quem pois assim o membro não necessita pensar por sua
abandona uma seita herética. Muitos se descrevem própria conta.
como "arrasados, mutilados"; outros dez anos após
Controle de Informação
terem deixado o grupo ainda permanecem nesse
estado. Aos membros é proibido qualquer acesso a
informação critica sobre o movimento. O membro
Alguns partem para novas experiências religiosas
sempre esta ocupado lendo suas próprias
em busca da "única igreja verdadeira", vão de
literaturas e assistindo a reuniões.
igreja em igreja, decepção seguida de decepção.
Dentro da estrutura piramidal do movimento
Ainda há aqueles que tentam recuperar o tempo
existem diversos níveis de conhecimento. Também
perdido e passam a dispensar maior atenção as
são escondidas informações dos que estão fora, de
relações familiares, ao emprego, aos estudos,
maneira que eles tenham publicamente uma
enquanto deixam Deus de fora de suas vidas.
imagem benigna.
A Dra. Margaret Thater Singer, como resultado Muitos por desconhecerem estes aspecto das
de uma pesquisa intensa feita com 3000 mil ex- seitas acham que os ex-sectaristas sofrem
sectáristas observou entre eles: "casos significantes inteiramente de
de depressão, solidão, ansiedade, baixa auto-
estima, superdependência, confusão, inabilidade
para se concentrar, psicoses"

Isso tudo é consequência de se ter estado


associado a uma seita destrutiva que abusa
emocional e espiritualmente do indivíduo. Steve
Hassan, autor de "Combatendo o Controle Mental
das Seitas" , faz uma lista de quatro marcas básicas
do controle mental exercido pelas seitas:

Controle Emocional

A chave deste controle esta no temor e na culpa,


também chamado de "inculcação" de fobias . O
membro da seita desenvolve a paranóia de que

2 Texto comentado por Wagner S. Cunha

Página 27 de 36
problemas espirituais e nada mais. Pessoas que Estimule-o a falar sobre isso. O calor e a aceitação
fizeram parte de uma seita têm problemas e pessoal, por um lado e o espírito de oração no
necessidades especiais. Umas das dificuldades é intuito de triunfar no conflito espiritual, por outro
que encontram má compreensão e invariavelmente lado são os fatores chaves.
estigma, na comunidade evangélica. Os apologistas
São mais importante que a lógica e a
Ronald M. Enroth e J. Gordon Melton, lançaram um
argumentação. Entretanto , é necessário ter um
grande desafio em um de seus excelentes livros:
bom conhecimento dos ensinamentos do grupo, e
"Nós desafiamos os cristãos para estenderem
ser capaz de questioná-los polidamente, porém com
companheirismo e amizade para esta nova
firmeza, com base na Palavra de Deus.
minoria os ex-sectaristas" .
Pode ser importante insistir várias vezes sobre
A grande maioria daqueles que saem de uma seita
alguns pontos simples, quando ex-sectarista se
sofrem enormes privações. Isso implica no fato que
mostrar confuso.
temos o dever moral de ajudá-los, não somente
levando-os a Jesus Cristo, mas dando-lhes Cuidado para não manipular ou fazer ameaças!
assistência no que for necessário para que Enquanto oramos e alimentamos a esperança de
reestruturem suas vidas. que ele posso estar desenvolvendo a cada dia seu
relacionamento com Jesus Cristo, precisamos tomar
Nos últimos anos houve um crescente crescimento
cuidado para não tirarmos vantagem de seu estado
da apologética em nosso país, vários livros foram
de confusão mental. Nossa primeira
lançados expondo o erro religioso e defendendo
responsabilidade é encorajá-lo e ajudá-lo a
magistralmente a verdade, porém a igreja cristã
entender tudo que passou e a libertar-se dos
permanece apática na sua compreensão dos afeitos
traumas oriundos de sua anterior experiência
danosos que o envolvimento com grupos pseudos-
religiosa.
cristãos traz ao indivíduo e a sociedade como um
todo, sem contar naqueles que chegam feridos em Do contrário, estaremos sendo culpados de violar
nossas igrejas e permanecem com várias seqüelas sua personalidade, exatamente como fez o grupo
por causa de seu anterior envolvimento sectário. aliciante.

Eles carecem de um envolvimento intenso e A tarefa de assumir a "paternidade espiritual" (o


relacional com cristãos maduros que os oriente não cuidado) pode ser extremamente exigente. Requer
somente a abandonar falsos ensinos e aprender as tempo, paciência, recursos emocionais e energia
verdades bíblicas, e essencialmente o amor espiritual.
incondicional do Salvador.
É preciso lutar em oração! Incentive-o na leitura da
Em junho de 1980 cristão de vários países se Bíblia (Hebreus 4:12). Ponha-o em contato com
reuniram em Pattaya, Tailândia, sob o patrocínio da outros que tem o mesmo transtorno religioso e que
comissão de Lausanne para a Evangelização experimentaram a Graça irresistível de Deus em
Mundial a fim de tratar de questões pertinentes a suas vidas."
obra de evangelização mundial.
Pode-se levar meses ou até anos para a
Um dos temas pulsantes desse congresso foi recuperação total de um ex-sectarista. Porém, é
a "Mini Consulta para a Evangelização de Místicos e extremamente gratificante ver cada dia o progresso
Sectaristas". Na ocasião foram dadas preciosas deles na fé e a cada momento conhecendo mais da
instruções sobre o aconselhamento de pessoas que amabilidade, misericórdia e fidelidade de Deus em
fizeram parte de uma seita. suas vidas. (Êxodo 34:6), entendendo assim que a
Graça de Deus é suficiente para a cura de feridas e
Seguem abaixo algumas sugestões (com
traumas passados.
adaptações) apresentadas naquele encontro
que são vitais àqueles que desejam ajudar um No trabalho do discipulado, pessoas com um
ex-sectarista: espírito contrário a verdade das escrituras e,
sobretudo, céticas quanto ao evangelho hão de
"Acompanhamento: Frequentemente, os que cruzar o caminho do discipulador. Preparamos
abandonam uma seita religiosa são muito algumas questões que serão questionadas com
desconfiados e assustados. Eles precisam de muito absoluta certeza.
de segurança e de compreensão. Ele precisa ser
abordado com gentileza amor e respeito.

O anterior grupo e seus líderes não devem serem


escarnecidos ou atacados. Isso provocaria uma
atitude defensiva. É essencial descobrir por que ele
(ou ela) se uniram ao grupo. Pode haver muitas
razões.

Página 28 de 36
Tratando com os questionáveis que estavam ouvindo a mensagem... e eles foram
ouvidos falando em línguas e exaltando a Deus.
1. Eu não sou um pecador.
Então pedro respondeu: "Pode alguém recusar água
Você está dizendo que é perfeito? Se está, então é para serem batizados a estes que receberam o
primeira pessoa perfeita que eu encontro. Espírito Santo da mesma maneira que nós
recebemos?"
Você está dizendo que nunca quebrou uma das Leis
de Deus? Você nunca mentiu, foi desonesto ou Esta passagem mostra que o batismo
roubou alguma coisa? Se já fez, então você é um aconteceu depois da salvação. Como nós
pecador mesmo que pense que não é. (1 Jo 4:10) sabemos que eles foram salvos?

A Bíblia diz que todos são pecadores (Rm 5:12). Isto Eles estavam falando em outras línguas -- que é um
inclui você também. dom de Deus (1 Co 14) para os crentes e eles
estavam exaltando a Deus. Não crentes não
2. O que é pecado?
exaltam a Deus. Também, Pedro disse que eles
Pecado é tanto fazer o que é errado como não fazer haviam recebido o Espírito Santo. Isto é somente
o que é certo. Isto é, quebrar as Leis de Deus (1 Jo para cristãos e aconteceu antes do batismo. 1 Co
3:4; (Is 59:2). 1:17. 1 Co 15:1-4.

3. Eu sou pecador demais (um grande 7. Eu ainda não sou bom o suficiente.
pecador).
Quão bom você tem que ser para ir ao céu? A Bíblia
Ninguém é pecador demais. O amor de Deus e o diz isso: Rom. 3.10, portanto, somente por meio de
sacrifício de Jesus é capaz de limpar todos os Cristo que há salvação, Rom. 5.1-2
pecados. Até mesmo Hitler poderia ter se salvado
8. Eu estou fazendo o melhor que eu posso e
se ele tivesse se voltado para Cristo.
estou sendo sincero.
Você é um pecador da mesma maneira que
Apesar de você poder fazer ainda melhor do que
qualquer outro. Só que os seus pecados são seus.
está fazendo agora ainda asim não alcançará o
Eles não são tão grandes que Deus não possa
favor de Deus por ser bom por ser bom (Gl 2:21),
removê-los. Os pecados não têm poder sobre Deus,
mas por aceitar a Jesus (1 Jo 1:12). Jo 14:6?)
apenas sobre você. (At 13:22), (Rm 10:9-10).
9. Eu sou um cético.
4. O que é salvação?
Você é honesto nas suas respostas às perguntas?
Salvação é o perdão dos pecados. É conseguida
Se você permitir eu gostaria muito de continuar
apenas através da fé em Jesus como Salvador. Ele
conversando com você acerca de Jesus ou acerca
morreu na cruz pelos pecadores.
do que você quiser conversar.
Se você quer salvação, então você precisa confiar
Você é cético a respeito de quê? Ainda assim nós
que Jesus morreu na cruz por você. Uma vez que
podemos conversar acerca daquilo que você sente
você o faça então receberá vida eterna e estará
a repeito do conhecimento salvador de Jesus.
com Deus. Rm. 3.23; Rm. 5.12; Ef. 2.1-2
10. Eu tentei o Cristianismo uma vez.
5. O que devo fazer para ser salvo?
A Bíblia diz que uma vez que você foi salvo, então
Salvação é um dom de Deus (Rm 6:23). Jesus
nunca mais será o mesmo: você é uma nova
carregou os pecados no Seu corpo (1 Pe 2:24) e
criatura (2 Co 5:17). Se você voltou para os seus
pagou as penalidades por quebrarmos a Lei de
velhos caminhos então, muito provavelmente,
Deus, que é a morte espiritual (a eterna separação
nunca foi salvo. Se, porém, você foi salvo, então
de Deus).
Deus não permitirá que você permaneça em
Se você deseja ser salvo, você precisa admitir que rebelião por muito tempo. Ele tratará com vocÊ da
é pecador e que você quer que Jesus o perdoe dos maneira que for necessária para trazê-lo de volta
seus pecados. (1 Co 10:13). ao relacionamento com Ele. Você tornou-se um
cristão por ir à igreja ou por pedir à Jesus que
6. O batismo é necessário para a salvação?
perdoasse seus pecados? A segunda faz de você
Não. Fé em Jesus é suficiente para salvação. Você um cristão, a primeira, não.
não tem que fazer coisa alguma. Cristo já fez tudo
11. Eu conheci alguns cristãos uma vez e eles
que é necessário. No entanto, batismo é muito
não foram corretos comigo.
importante e todo o crente deveria ser batizado. Se
você recusar o batismo após convertido, eu Cristãos não são perfeitos. Eles podem cometer
colocaria em dúvida a sua conversão, Mar. 16.16 erros assim com quaisquer outros. Eu espero que
você encontre espaço no seu coração para perdoá-
Atos 10:44-47. Enquanto Pedro estava
los. Eu acho que é isso que eles fariam por você.
testemunhando, o Espírito Santo encheu aqueles

Página 29 de 36
Pode ser que eles não soubessem que não estavam libertar dele, então você não é mais tão jovem que
sendo corretos com você. Eles foram realmente não possa receber Jesus com seu Salvador. Ele
maus ou apenas cometeram um engano? Você foi salva qualquer um, jovens e velhos.
até eles e conversou à respeito disso? Pode ser, que
15. Eu não acredito que Deus mandaria as
se você os perdoar poderá começar a entender o
pessoas para o inferno.
perdão de Deus para você. Nós todos precisamos
de perdão, você não acha? O inferno foi originalmente criado para o diabo e
seus anjos. No futuro ele conterá aqueles que se
12. Eu ainda terei minhas chances.
juntaram a Satanás ao rejeitar a Deus. Se você
Até quando, eternamente? Eternidade é um tempo rejeitar a provisão de Deus para o perdão dos seus
longo demais para estar errado. Porque deveria pecados então se juntará ao Diabo, que rejeitou a
você se engambelar em um assunto tão importante Deus desde o princípio. É isto que você quer?
quanto o seu destino eterno. Leva somente um
Você acreditaria em um Deus que tornou-se
momento para confiar em Cristo para a sua
humano, sofreu nas mãos dos humanos e foi morto
salvação. Existe uma eternidade de de dor e
por eles. tudo para que a sua morte fosse um
condenação se você não o fizer.
pagamento pelos seus pecados? Isto é amor ao
Jesus disse que Ele é o único caminho para Deus. extremo. Deus está salvando pessoas que merecia
Ele perdoou pecados, andou sobre as águas, ir para o inferno -- e nós todos merecíamos isto.
acalmou um oceano com um comando, ressuscitou Lembre-se que o mesmo Deus que manda pessoas
pessoas da morte e ressuscitou a Ele mesmo da para o inferno também morreu por elas. Se elas
morte. rejeitam o que Deus providenciou para elas então o
que é que Deus fará? Ele terá de julgá-las. Você
Ninguém em toda a história fez o que Ele fez. Se
acreditar em alguma coisa ou não, não invalida o
Ele pôde fazer tudo isto, não acha que Ele poderia
fato da sua existência. Jesus falou frequentemente
ouvi-lo?
acerca do inferno (Mt 25:41-46; Mc 9:47-48; Lc
13. Eu não sou uma má pessoa. 16:19-31) e nos advertiu para que não
acabássemos indo para lá. Você
Quer você se sinta bem ou mal, o assunto real não
é este. A Bíblia diz que todos temos pecado (Rm
3:23). Se todos temos pecado, bons ou maus, todos
sofremos o julgamento de Deus. Deus não requer
de alguns que sejam "bonzinhos"; ,Ele requer que
não pequem. Mas Ele sabe que você não consegue.
Então Ele "deu Seu único Filho para que todo
aquele que nEle crer não pereça mas tenha a vida
eterna" (Jo 3:16).

A Bíblia diz que as nossas boas obras são como


trapos diante de Deus (Is 64:6). Não está dizendo
que nós não devemos tentar ser bons, está dizendo
que apesar de sermos bons isto não é suficiente.
Diz também que não ninguém que faça o que é
bom (Rm 3:12). O padrão de Deus é a perfeição.
Nós não podemos agradar a Deus por nossos
próprios esforços. É por isso que Jesus morreu no
lugar dos pecadores. Se você quiser ser bom o
suficiente então deve deixar que Deus o veja
através da retidão de Jesus Cristo. Esta é a única
retidão que conta para Deus.

14. Eu sou muito velho ou muito novo.

Você nunca será velho demais para confiar em


Jesus com seu Salvador. Não importa o quanto você
viva você pode pedir a Ele para perdoá-lo dos seus
pecados. Ele atenderá ao pedido do seu coração

(Pode ser alguns sejam novos demais para


entender a mensagem do evangelho, mas aqui nós
nos dirigimos àqueles que usam isto como uma
desculpa.) Juventude é uma benção de Deus. Não a
use como desculpa para fugir dEle. Se você já pode
entender o que é pecado e que você precisa se
Página 30 de 36
poderia dizer que Jesus não sabia o que estava 18. Cristianismo é chato.
dizendo quando Ele falou a respeito disso?
Então você ainda não o experimentou. Ninguém
Você está insinuando que é injusto Deus mandar que é cristão irá dizer ele é chato.
pessoas para o inferno? Se sim, então você está
Como você sabe? Você já experimentou? Existem
acusando Deus de injustiça. Pecado é erro e deve
milhões de cristãos que têm experimentado muita
ser punido. O que Deus deveria fazer com aqueles
alegria em serem cristãos. Nós só fazemos isto com
que se opuserem a Ele fizerem o mal? Você quer
menos pecado, e, portanto, com menos problemas.
que Ele meramente ignore aqueles que fizeram o
Pode ser que os seus problemas é que façam as
que é errado? Você quer que Ele vire a cabeça e
coisas parecerem chatas.
não seja santo e justo?
Você acha que tudo o que fazemos todos os dias é
16. Eu me preocuparei com isto na próxima
sentar em volta de uma fogueira e ler a Bíblia? Nós
vida.
jogamos futebol, nadamos, brincamos, praticamos
Então você o fará eternamente. Eternidade é um esportes, lemos, temos amigos e problemas como
tempo longo demais para estar errado, quaisquer outros. Cristianismo não é uma chatice, é
especialmente a respeito de Jesus. uma aventura.

Deus advertiu-nos na Bíblia que está reservado ao 19. Eu sou ateu. Eu não acredito em Deus.
homem morrer uma vez e depois disso ser julgado
Um ateu é alguém que diz que sabe que não existe
(Hb 9:27). Depois da morte você será julgado. Você
Deus. Mas você não pode saber isto com certeza,
gostaria de enfrentar a eternidade sem contar com
porque você teria de saber todas as coisas que
o sacrifício de Jesus a seu favor? Deus odeio o
existem para saber se Deus existe ou não.
pecado e você tem pecado. Deus punirá os
pecadores se eles rejeitarem a Jesus. Se você soubesse todas as coisas então você seria
Deus. Portanto, a única coisa que você poderia ser
No entanto, Ele te ama. Por isso Ele enviou Seu
é um agnóstico, não um ateu. Um agnóstico é
Filho para morrer pelos pecadores. Se você deseja a
alguém que diz que não sabe se existe ou não um
vida eterna então você precisa se preocupar acerca
Deus. (Normalmente, depois de dizer isto eu o
disso agora. Eternidade é um tempo longo demais
desafio a explicar as profecias do Antigo
para estar errado, especialmente a respeito de
Testamento que foram completamente cumpridas
Jesus.
no Novo. Eu mostro como a Bíblia é única e
Não existe uma próxima vida. Reencarnação não é que somente Deus poderia ter feito profecias
verdade. A Bíblia diz que depois da morte você será 100% exatas. Então eu peço a ele para me
julgado por Deus (Hb 9:27). explicar como isto poderia ser feito se não existe
Deus.) No que você acredita, evolução?
17. Eu não quero abandonar as coisas que
estou fazendo. Se sim, você acredita porque estudou-a ou acredita
em tudo que dizem na televisão. A evolução tem
Se você tornar-se cristão então está dizendo que
um monte de problemas. Para mim é necessário um
quer parar de fazer o que está fazendo agora. Isto
bocado de fé para acreditar que você veio de uma
significa que você sabe que isto é errado.
ameba do oceano por mero acaso.
Deixe-me perguntar uma coisa. Se você se tornasse
No entanto eu, como cristão, tenho a evidência da
cristão e Deus viesse morar no seu coração e você
ressurreição de Cristo de testemunhas oculares que
olhasse para trás, para a vida que leva agora, você
registraram isto nos evangelhos. Evolução ou não,
diria de si mesmo: "Eu fiz um monte de coisas que
Jesus ressurgiu da morte, disse que é Deus e
eu não deveria ter feito"? Provavelmente sim.
perdoa pecados. Eu colocarei a minha fé nEle em
A Bíblia fala de coisas assim. Romanos 6:21 diz: vez de na evolução.
"Que fruto colheram então das coisas das quais
agora se envergonham? O fim delas é a morte"
(NVI). O que você está dizendo é que Deus requer
que você deixe certas coisas que gosta de fazer.
Desde que Deus somente quer o que é bom e
certo, e que não quer deixar de fazer o que faz,
então está dizendo que o que quer é errado.

Você permitirá que os seus prazeres interfiram na


sua salvação? A sua vida de pecados vale uma
eternidade de dor e condenação? Jesus disse: "Do
que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro mas
perder a sua alma?" (Mc 8:36).

Página 31 de 36
Se Deus não existe como você diz, então no fim eu deixará de atendê-lo. Estou vendo. Qual igreja você
não perderei nada. Mas, se Deus existe assim como frequenta?
eu estou dizendo, então no fim, você perderá tudo.
22. Eu não preciso de Deus.
Por que você não acredita em Deus? Existe uma
Se você está dizendo que não precisa dEle, então
razão inteligente para rejeitar a Sua existência? Ou,
você acredita que Ele existe. Se acredita por que
você simplesmente deseja não acreditar nEle?
acha que não precisa dEle? Não é Ele que
A Bíblia não tenta provar que Deus existe. Ela determina o seu destino? Não é Ele quem tem o
simplesmente fala dEle. Pode ser que eu não possa poder e a autoridade para enviar você para o céu
provar a você que existe um Deus, mas eu posso ou para o inferno? É bobagem dizer que não precisa
demonstrá-lo a você por meio do Seu Filho Jesus dAquele que é o seu Criador, que ama você e que
Cristo e você poderá julgar se as palavras de Cristo provê o meio para perdoar os seus pecados. Você
na Bíblia o convencem da Sua existência. precisa de Deus porque Ele é o único que pode
perdoar os seus pecados.
(Nota: Nós existimos. Como chegamos até aqui?
Um ateu dirá que foi pela evolução. Se você Do que você precisa? Você está realmente vivendo
estudar a evolução lendo livros cristãos que bem sem Deus? Você está feliz com as coisas estão
revelam e documentam seus muitos sérios indo em sua vida? Se não está, então precisa de
problemas, então estará apto a questionar a crença Jesus. E mesmo se você estiver feliz, você ainda
do ateu nela. A lógica é simples: se a evolução e a assim precisa dEle, por que você não poderá levar
criação são as únicas opções, remover uma é com você o que o faz feliz quando morrer.
acreditar na outra. Assim, aprenda o que você
23. Há coisas que eu preciso fazer antes de
puder a respeito da evolução. Seu testemunho será
me tornar cristão.
grandemente reforçado.)
Como o quê? Por que você precisa fazer estas
20. Eu estou tentando ser um cristão.
coisas antes de vir a Deus? São coisas boas ou
Você se torna um cristão simplesmente colocando a más? Se são más então você não deveria fazê-las.
sua fé em Jesus e no Seu sacrifício por você na Se são boas então por que você não se torna um
cruz. Não existe nenhuma tentativa envolvida. Se cristão para depois fazê-las?
você confia em Jesus, se você pediu a Ele para
Nada que você precise fazer é mais importante que
perdoar os seus pecados e ser o seu Salvador,
o seu relacionamento com Deus. O resto é
então você é um cristão.
bobagem.
Se você acha que para tornar-se cristão é
O que aconteceria se antes disso você morresse?
necessário ser bom, ou você está enganado ou não
Então você passaria a eternidade sem esperança.
tem um entendimento adequado da salvação. Um
cristão é um cristão por dom de Deus (Rm 6:23), A sua afirmação implica que você crê que seguir a
não por obras de homens (Ef 2:8-9). Não existe vontade de Deus significa que você não poderá
nada que você possa fazer para ganhar ou manter fazer as coisas que você quer fazer.
a salvação. Isto é uma coisa que deus dá
Se isto é verdade então implica que as coisas que
gratuitamente a você. Se você a quer confesse os
você intenta fazer desagradam a Deus? Você está
seus pecados, arrependa-se, volte-se para Deus e
dizendo que prefere fazer algumas coisas que Deus
confie em Jesus como seu único Salvador. Então, e
não gostaria que você fizesse? Se é isso então você
somente então, você se tornará um cristão.
está premeditadamente pecando contra Deus e se
21. Eu já sou religioso. colocando em uma situação perigosa. Tudo isso é
indicação de como você precisa do Seu perdão.
Quem disse que Deus quer que você seja religioso?
Ele quer ter um relacionamento com você. Religião
é a tentativa do homem de alcançar a Deus.
Cristianismo é Deus alcançando o homem. 1 Co 1:9
diz que Deus quer que você tenha comunhão com
Jesus. Ele está falando acerca de um
relacionamento, alguém com quem você possa
conversar. Ele não que sobrecarregá-lo com uma
lista de Faças e Não-faças. Ele quer estender a Sua
mão de amor a você e ajudá-lo a viver uma vida
limpa e que vale a pena. Mas Ele não pode fazê-lo
até que o problema real que há em você seja
resolvido, que é o pecado. Pecado nos separa de
Deus (Is 59:2). Se você quer salvação em vez de
"religião", então venha a Jesus. Busque-o. Ele nunca

Página 32 de 36
24. Eu prefiro manter a mente aberta. mesmo, pois todos nós somos hipócritas de uma
forma ou de outra. O fato de você reconhecer isto
Mente aberta significa uma busca de alguma coisa
me diz que você sabe que isto é errado. Não é
honestamente. Você tem esta abertura também
hipocrisia apontar o dedo para a igreja cheia de
com o cristianismo? Você gostaria de ver o que
pecadores quando você mesmo é um deles?
Jesus disse e ensinou acerca do que Ele pode lhe
oferecer? Você está se escondendo atrás da hipocrisia dos
outros para manter-se afastado da igreja? Você
Se você diz que quer manter a mente aberta mas
deve ficar ciente de que responderá pelos seus
não aceita o cristianismo, então, na realidade, você
próprios atos a Deus no dia do julgamento e que Ele
tem uma mente muito fechada. Pode ser que o
não perguntará a seu respeito para outras pessoas.
cristianismo seja verdade. E a sua mente aberta
Ele virá até você e pedirá contas da sua vida. Os
deveria ser capaz de descobrir isto.
hipócritas da igreja também estarão diante de
25. Eu já acredito em Deus. Deus, com ou sem você lá.

Você está vivendo a sua vida como se isto fosse As pessoas não enganam para sempre. Por que
verdade? Você crê que Deus afeta a sua maneira de você acha que eles são hipócritas? Porque o
viver ou continua vivendo inteiramente de acordo cristianismo é valioso!
com a sua própria vontade.
28. Porque nós estamos aqui? Ou, por que
Se você diz que acredita em Deus, então como Deus nos criou?
você sabe o que Ele quer de você? Como você
Deus nos criou para que nós o glorifiquemos e
entra em contato com Ele? Você tem certeza que o
tenhamos comunhão com Ele (1 Jo 1:1-3). Ele criou
que você sente é verdadeiro?
Adão e Eva, colocou-os em um jardim e vinha ter
A Bíblia diz que até os demônios crêem e Deus (Tg comunhão com eles. Ele deu a eles as melhores
2:19) e ele estão perdidos. Se tudo o que você faz é coisas que poderiam ter, Seu amor e Sua presença.
acreditar que Ele existe não está sendo melhor que Depois que eles pecaram, Deus disse "Adão, onde
eles. Não é o conhecimento intelectual da está você?" Deus procurou Adão. Em Ex 25:8 Deus
existência de Deus que Deus quer, mas que você disse a Moisés, enquanto Israel estava no deserto,
aceite que é o sacrifício que Jesus fez no lugar dos "Construa um santuário para Mim para que Eu
pecadores que agrada a Deus. Simplesmente creia possa habitar no meio deles." No Novo Testamento
que isto é suficiente. Você deve escolher segui-lo. em Jo 1:14 ele diz: "E o Verbo se fez carne e
habitou (tabernáculo) entre nós..." Deus procurou a
Não é no que você crê; mas em quem você coloca
nossa presença. Ele quer ter comunhão conosco.
a sua fé. Quem é este Deus em quem você crê? É o
Ele nos fez par dar-nos o Seu amor e a alegria da
Deus cristão? É Alá? É de outro planeta? Ele é
Sua presença. Mas o homem pecou e se afastou de
qualquer um que você ache correto? Acreditar em
Deus. Por isso, Cristo morreu pelos pecadores, para
Deus é certo, a menos que seja um deus falso. O
que a nossa comunhão com Deus pudesse ser
que é importante é que você deve acreditar em um
restaurada
Deus verdadeiro, não em um falso. E o único
verdadeiro é encontrado na Bíblia. 29. O que acontecerá com aqueles que nunca
ouviram o evangelho?
26. Eu escolherei Deus depois.
Esta é uma boa questão. A Bíblia diz que Deus é um
Se você não quer escolhê-lo agora, o que o faz
Deus justo. Nós sabemos que, o que quer que Ele
pensar que O desejará depois? Quanto mais longe
faça está certo. Quando Ele julgar aqueles que
você for sem Deus, mais difícil será voltar para Ele.
nunca ouviram acerca do Evangelho Ele fará o que
Quanto mais você pecar mais endurecido seu
é certo, seja o que for. Mas, e quanto a você? Você
coração se tornará e para mais longe de Deus você
esteve ouvindo o evangelho e Deus o julgará de
se afastará (Heb 3:13). Esperar é convidar a
acordo com o que você responder. Ele o está
condenação. Deus o chama para se arrepender dos
chamando ao arrependimento, para deixar os seus
seus pecados hoje, não mais tarde. O que você
pecados e seguir após Ele.
escolherá Se você diz que vai escolher a Deus
depois, então está admitindo que precisa dEle, Em Rom 2:12-16 ele fala acerca daqueles que
certo? Ora, se é assim, então porque esperar. Você nunca ouviram falar da Lei de Deus e que eles
pode morrer cedo e então, será muito tarde. serão julgados de acordo com a lei que estiver
escrita em seus corações. A lei escrita em seus
27. Existem muitos hipócritas na igreja.
corações é o conhecimento do certo e do errado.
A igreja é um bom lugar para os hipócritas, Tudo o que eu sei é que Deus fará o que é certo e a
assim como para os mentirosos e ladrões. Se eles única maneira de ter os pecados perdoados é
estiverem lá, então serão expostos à Palavra de através de Jesus.
Deus e aprenderam que hipocrisia é errada. Julgar
aqueles que estão na igreja é condenar a você
Página 33 de 36
30. Jesus é somente um dos grandes homens adiante e evitar que ele pensasse coisas erradas,
da história. certo?

Concordo, Jesus foi um grande homem da história. O mal está no mundo parcialmente porque nós
Isto é um fato. Mas Ele é diferente de todos os demos lugar a ele, mas certamente porque Deus na
outros grandes homens da história. Quantos Sua soberania o permite e o mantém sob Seu
grandes homens da história ressuscitaram da controle.
morte, acalmaram o mar, andaram sobre as águas,
Então você pode perguntar: "Poderia Ele fazer-nos
ressuscitaram outros da morte, curaram doentes e
perfeitos e ainda assim sermos pecadores?" Ele já
perdoaram pecados? Não existe qualquer outro
fez isso. Ele fez um anjo perfeito, Satanás, mas ele
homem que eu saiba. Você conhece algum? Estas
pecou. Ele fez um homem perfeito, Adão, mas ele
coisas fazem dEle algo mais que um grande homem
pecou. Ele fez uma mulher perfeita, Eva, mas ela
da história. Elas fazem dEle alguém especial e
pecou. Deus sabe o que Ele está fazendo. Ele nos
único.
fez desta maneira com um propósito. Nós podemos
Você está certo, Jesus foi um grande homem. Então, não compreender perfeitamente este propósito,
deixe me perguntar-lhe uma coisa. Se Ele era mas Ele tem.
grande, Ele mentiria? Certamente não. Se Ele era
Deus é soberano; Ele tem o direito de fazer como
grande, seria também insano? Não. Veja você, Jesus
Ele deseja. Ele tem o direito de permitir o mal a fim
disse que era Deus (Jo 8:58 com Ex 3:14; Jo 5:18; Jo
de realizar a Sua vontade. Como Ele poderia fazer
10:30-33). Se Ele estava mentindo, então nós não
isso? Simples, veja a cruz. Foi por meio do mal que
deveríamos ouvi-lo nem dizer que Ele era grande.
os homens prenderam e crucificaram a Jesus. Ainda
Se Ele era um insano então não deveríamos ouvi-lo
assim, Deus na Sua infinita sabedoria, tornou este
e, de novo, não deveríamos considerá-lo grande. Se
mal em bem. Foi na cruz que Jesus levou os nossos
Ele é grande, então deve estar dizendo a verdade,
pecados no Seu corpo (1 Pe 2:24) e é por causa da
certo? João 1:1 diz: "No princípio era o Verbo, e o
cruz que nós podemos ter o perdão dos pecados.
Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus." Verso
Considere o exemplo bíblico de José, no Antigo
14 diz: "e o Verbo se tornou carne..." O Verbo era
Testamento. Ele foi vendido como escravo pelos
Jesus.
seus irmãos. Embora eles quisessem fazer isto para
31. Por que existe o mal e o sofrimento no mal, Deus tornou isso em bem (Ge 50:20). Deus é
mundo? tão grande que nada acontece sem a Sua
permissão, e nesta permissão Ele descortina o seu
A questão implica em que se existe um Deus bom,
plano perfeito. No Seu plano Ele usa para o bem
então o mal não deveria existir, já que Deus, sendo
aquilo que foi intencionado como mal.Deus está no
todo-poderoso, poderia eliminá-lo. Nós precisamos
controle.
responder duas questões. Primeiro, o que é o mal?
É tudo que é contra Deus. Isto é, qualquer coisa
moralmente ruim ou errada. O que é injurioso,
depravado, mau.

Suponha que alguém está a ponto de cometer um


assassinato. Deus teria que pará-lo, talvez
sussurrando aos seus ouvidos, ou se isso não
funcionasse fazer algo um pouco mais drástico
como fazer algo cair em cima dele, ou parar o
coração dele, ou fazer as mãos dele de repente
parassem de funcionar. De qualquer maneira, Deus
teria de fazer alguma coisa.

O que faria se alguém quisesse roubar? Deus teria


de impedi-lo também, certo? Indubitavelmente, a
imaginação de Deus criaria métodos mais práticos
dos que eu estou sugerindo, mas o resultado seria o
mesmo.

E se alguém fosse mentir? Se alguém fosse dizer


uma mentira, então para ser consistente você
gostaria que Deus impedisse aquela pessoa de
mentir? Depois de tudo, Ele não poderia deixar
nenhum mal acontecer, poderia?

Deixe-me ir um passo mais adiante. Suponha que


alguém esteja planejando alguma coisa ruim.
Então, certamente, Deus teria de ir um passo
Página 34 de 36
32. O que faz de Jesus alguém tão especial? vai acontecer. Na Bíblia nós temos uma marca de
Deus: profecias plenamente cumpridas.
Porque Ele disse que era. Ele disse que era Deus.
Em Jo 8:58, Jesus disse: "Em verdade, em verdade Sabedoria. A Bíblia está cheia de grandes verdades
vos digo: antes que Abraão existisse, Eu sou". acerca do homem e Deus, pecado e salvação. O
Quanto Ele disse "EU SOU", Ele estava citando uma Sermão do Monte (Mt 5) é lindo em sua sabedoria,
passagem do Antigo Testamento: Ex 3:14. Que é humildade e amor. O salmos são poesias incríveis
onde Moisés estava falando com Deus e de grande profundidade e beleza. As cartas do
perguntando Seu nome. Deus respondeu dizendo: Novo Testamento são grandes descrições de amor,
"EU SOU". Quando Jesus disse "EU SOU" Ele estava perdão, paciência, generosidade, etc. Mesmo que
atribuindo o nome de Deus a si mesmo e, portanto, você não queira se tornar um cristão, estudar as
dizendo que era Deus. verdades de Deus como reveladas na Bíblia será de
grande ajuda para sua vida. -- O objetivo não é
O que Jesus fez. Jesus perdoou pecados (Lc 5:20).
meramente levar a pessoa a usar a Bíblia com um
Ele ressuscitou da morte (Lc 24), ressuscitou outros
guia de vida, mas encorajá-la a ler. Desta maneira
da morte (Jo 11:43-44), e Ele andou sobre as águas
ela estará lendo a Palavra de Deus e pode ser que
(Jo 6:19). Ninguém mais na terra fez as coisas que
chegue a se converter, porque a Palavra de Deus
Jesus fez. Não há como escapar disso. Jesus é
assegura que é isso que Ele quer (Is 55:11).
especial, e sobre isso não há dúvidas.
35. O Novo Testamento foi escrito só para
33. Por que Jesus teve de morrer para que eu
mostrar que Jesus cumpriu as profecias.
possa ir para o céu?
Então você está dizendo que os escritores do N.T.
Porque o salário do pecado é a morte (Rm 6:23).
mentiram a respeito de Jesus. Ele, na verdade, não
Apesar de Jesus nunca ter pecado (1 Pe 2:22), Ele
ressuscitou da morte e todos aqueles milagres
levou os nossos pecados no Seu corpo na cruz (1 Pe
atribuídos a Ele são falsos. Certo?Eu posso
2:24) e morreu. Ele morreu no nosso lugar. Em vez
entender o seu ponto de vista, mas existe um
de DEus fazer com que nós pagássemos pelos
problema. Como você vê a questão dos escritores
nossos pecados Ele mesmo fez isso tornando-se um
do N.T. ensinarem verdade, amor, honestidade,
de nós.
bondade, etc, tudo baseado em mentiras? Por que
Duas coisas acontecem quando nós pecamos: uma eles passariam sofrimentos como açoites, fome,
a Deus e outra a nós mesmos. Quando nós naufrágio, encarceramentos, e finalmente execução
pecamos Deus é ofendido. Por quê? Porque estamos para nada mais que mentiras? O que você está
quebrando a Sua lei. Também, quando nós pecamos dizendo não faz sentido e levanta mais questões
nós morremos. Nós não morremos ali, naquele que respostas.
mesmo lugar, nós enfrentaremos uma morte que é
A única explicação lógica é que as profecias se
mais severa. O Pecado nos mata (Rm 9:12) por nos
cumpriram realmente e que Jesus ressuscitou da
separar eternamente de Deus (Is 59:2). Deus odeia
morte. Ele realizou milagres e perdoou pecados. Se
o pecado (Hc 1:13) e o pecado deve ser punido.
Ele perdoou pecados naquela época e pode fazê-lo
Desde que nós não conseguimos agradar a Deus
agora. Meus pecados foram perdoados e os seus?
porque somos todos pecadores, Ele fez uma oferta
que o satisfez. Esta oferta foi o sacrifício de Jesus 36. A Bíblia é cheia de contradições.
na cruz. Não existe outro caminho. Se existisse, Realmente. Você conhece alguma? Poderia me
Deus o teria utilizado. citar uma ou duas? No caso de alguém citar algo
34. O que faz você pensar que a Bíblia é a que ele acredite ser uma contradição, você deve
Palavra de Deus? estar apto a dar-lhe uma

Profecia. O Antigo Testamento doi escrito antes de


Jesus ter nascido. O Novo Testamento foi escrito por
homens que conheceram Jesus, que andaram com
Ele, comeram com Ele e aprenderam dEle. No
Antigo Testamento existem profecias concernentes
ao Seu nascimento (Mq 5:1-2), que Ele nasceria de
uma virgem (Is 7:14), que Ele seria rejeitado pelo
Seu próprio povo (Is 53:3), que ELe seria traído por
um amigo chegado (Is 41:9), que Ele morreria
tendo as suas mãos e pés perfurados (Sl 22:16-18),
e que Ele ressuscitaria da morte (Sl 16:10, 49:15).

Somente Deus sabe o futuro, tem poder sobre ele e


pode olhar para ele e dizer-nos exatamente o que

Página 35 de 36
resposta competente (1 Pe 3:15). Se você não não precisaria ser escrita. Mas, ela foi escrita e
puder, não se preocupe. Simplesmente diga-lhe que revela que Deus é a única fonte da verdade, e não
pesquisará o assunto e que voltará para esclarecer- os nossos sentimentos.
lhe. E tenha certeza de fazê-lo.
Eu nunca tive conhecimento de uma verdade que
Existem áreas da Escritura que são de difícil se contradiz. O que acontece se alguém pensa que
entendimento. Isto não torna a Bíblia não confiável. uma coisa está certa e outra pensa que está
Você pode procurar um livro que o ajude a errada? Ambas estariam certas? Se esta afirmação
esclarecer os pontos difíceis da Bíblia. é verdadeira, então como pode existir uma
contradição como esta se os sentimentos
37. Como eu sei qual a religião correta?
determinam o que é a verdade?
(Esta é uma pergunta difícil de responder porque
39. Todas as religiões são caminhos
envolve alguns princípios que a pessoa para quem
diferentes para o mesmo lugar.
você está testemunhando pode ou não concordar.
Por exemplo, ele ou ela concordam com você que é Se todas as religiões são diferentes caminhos para
possível conhecer a verdade, que Deus tentaria se o mesmo lugar, então porque alguns caminhos
comunicar com as pessoas, ou que só uma religião contradizem outros?
pode ser certa? Normalmente, eu começo
Pode a verdade contradizer a si mesma? Deixe-me
reconhecendo a dificuldade de se encontrar uma
mostrar rapidamente o ensino de três religiões:
resposta fácil. Porém, eu lhes falo que eu tenho
uma resposta; e que eu tenho certeza que está O Budismo é panteísta e diz que não existe um
certa porque é uma resposta baseada em Deus pessoal e cada um pode alcançar a divindade
evidência.. Que tipo de evidência? Profecia e seu por seus próprios meios. O Islamismo diz que Jesus
completo cumprimento (veja a questão #35), Jesus foi só um profeta e não o único caminho para Deus.
e Seus milagres, a ressurreição de Cristo, etc. Então
O Cristianismo diz que existe um Deus pessoal e
eu pergunto à pessoa se ela tem conhecimento
que o único caminho que existe para Ele é Jesus
destas coisas terem acontecido em outras religiões.
Cristo (Jo 14:6). Se estas três religiões, como você
A resposta é invariável: "Não." Então eu menciono
disse, são diferentes caminhos para o mesmo
que estas coisas só aconteceram no cristianismo.
lugar, então por que elas contradizem uma a outra?
Se alguma religião é verdadeira, o cristianismo
Pode a verdade contradizer a si mesma?
preenche os requisitos.
Aprendendo a rejeitar as desculpas:
38. Religião é aquilo que você sente que é
certo. Estas são algumas das desculpas mais comuns que
as pessoas apresentam para não aceitarem a Jesus
Como você sabe que o que você sente é certo? Não
e tomarem uma decisão. A Bíblia oferece resposta a
têm os seus sentimentos possibilidade de estarem
todas elas.
errados? Está dizendo que o que você sente
determina a verdade? Se for, então você está se “Não sou pecador” - Rm 3:23 / Rm 5:12
colocando no lugar de Deus e vendo tudo o que
“Sou muito pecador para ser perdoado” - Lc 19:10 /
sente como certo.
I Tm 1:15
Se religião é aquilo que você sente ser certo então
“Tenho medo de não perseverar” - Jd 24 / II Tm 1:12
isto nos levará para o caos. O que acontece se
/ Jo 5:24
algumas pessoas tiverem uma religião onde eles
sentem que roubar é aceitável? E sobre mentir e Vejo muitos crentes hipócritas” - Rm 14:4-10 / Tg 4:
enganar? Você confiaria em alguém que acredita 17
em uma religião que sente que é certo roubar,
“Tenho buscado mais não tenho conseguido” - Jr
mentir e fraudar?
29:13
Hitler sentia que matar judeus era certo. Ele estava
“Não posso deixar minha vida de pecados” - Mc
errado. A Bíblia diz que o nosso coração é enganoso
8:34-38 / Tg 4:4 / Mt 6:24 / Rm 6:23
e desesperadamente corrupto (Jr 17:9). Se você
pudesse chegar à verdade por aquilo que você “Se virar crente terei que trocar de profissão” - Mc
sente, então a Bíblia, que é a revelação de Deus, 10:29-30 / Mt 6:33 / I Tm 6:9

“Não sei se conseguirei mudar de vida” - Mt 9:12- “É tarde demais para mim” - Rm 10:13 / II Pe 3:13 /
13 / Rm 5:6-8 / Lc 23:39-43 II Co 6:2

“Não preciso de salvação. Sou bom, honrado e não “Sou jovem, vou esperar mais” - Ec 12:12 / Hb
desejo mal a ninguém.” - Rm 3:20 / Lc 16:15 / Pv 3:13 / II Co 6:2 / Is 55:6
16:2 / Hb 11:6
“A Bíblia está cheia de erros” - II Pe 2:12 / I Ts 2:13..

ANOTAÇÕES
Página 36 de 36
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
............................................................... ................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .................................................................................
................................................................................. .............
.................................................................................

Página 37 de 36
Bibliografia
BOFF, Leonardo – América Latina: Da Conquista À Nova Evangelização – Editora Ática; 1ª Edição; 1992 – São
Paulo; SP
CAIRNS, Earle E. - O Cristianismo Através dos Séculos – 2ª edição revisada – 2001 - Editora Vida Nova – São
Paulo SP
NEILL, Stephen – História das Missões – 2ª edição 1997 – Editora Vida Nova - São Paulo – SP.
FERREIRA, Dam. Evangelismo total Rio, Juerp, 1990.
HESSELGRAVE, David J. Plantando igrejas. 5. Paulo, Vida Nova, s.d.
LINTHICUM, Roberto. A transformação da cidade. Belo Horizonte, Missão Editora, 1990.
Missiologia Global para o Séc. XXI
América Latina : Da conquista a nova Evangelização – Leonardo Bof