Sei sulla pagina 1di 8

JornalCorporativo

@jcorporativo /jcorporativo Pá- Página 2
@jcorporativo
/jcorporativo
Pá- Página 2
@jcorporativo /jcorporativo Pá- Página 2 Informação que gera negócios Brasil Segunda-feira, 17 de

Informação que gera negócios

Pá- Página 2 Informação que gera negócios Brasil Segunda-feira, 17 de Junho de 2019 TOSSE CUMPRIDA
Brasil Segunda-feira, 17 de Junho de 2019 TOSSE CUMPRIDA Página 8
Brasil
Segunda-feira, 17 de Junho de 2019
TOSSE
CUMPRIDA
Página 8

Ano IX

17 de Junho de 2019 TOSSE CUMPRIDA Página 8 Ano IX N° 3127 R$ 2,00 jornalcorporativo.com

N° 3127

de Junho de 2019 TOSSE CUMPRIDA Página 8 Ano IX N° 3127 R$ 2,00 jornalcorporativo.com Edição

R$ 2,00

jornalcorporativo.com

Edição fechada às 21hs

PAULO VIEIRA

Edição fechada às 21hs P AULO V IEIRA Master Coach CARREIRA Procura por cargos no Exército

Master Coach

CARREIRA

Procura por cargos no Exército cresce 60,63% em 2019

Página 7

Acabe com as crenças limitantes e conquiste o emprego dos sonhos

DEPUTADOS FATIAM REFORMA, RETIRAM PONTOS CRUCIAIS E ADIAM RETOMADA DO CRESCIMENTO

Reprodução da Internet

“ Considero a atitude dos parlamentares contrária à estruturação de uma Reforma
Considero a
atitude dos
parlamentares
contrária à
estruturação de
uma Reforma
Página 3 INOVAÇÃO UBER TESTA ENTREGA DE COMIDA POR DRONES
Página 3
INOVAÇÃO
UBER TESTA ENTREGA DE
COMIDA POR DRONES

Página 4

MÊS DO ORGULHO LGBT É COMEMORADO PELA CARTOON NETWORK

MÊS DO ORGULHO LGBT É COMEMORADO PELA CARTOON NETWORK Página 6

Página 6

THOR BATISTA, SÓCIO EM 40 EMPRESAS, ACUMULA PATRIMÔNIO DE R$ 1BI PÁGINA 7

THOR BATISTA, SÓCIO EM 40 EMPRESAS, ACUMULA PATRIMÔNIO DE R$ 1BI

PÁGINA 7

BIZARRO

HOMEM DOA DEDO AMPUTADO PARA RECEITA DE DRINQUE

Página 6

CRÉDITO

CAMPANHA PARA DIVULGAÇÃO DE CADASTRO POSITIVO ENTRA EM VIGOR

Página 4

ATENÇÃO

FIM DA OBRIGAÇÃO DO SIMULADOR PARA TIRAR CNH

4 ATENÇÃO FIM DA OBRIGAÇÃO DO SIMULADOR PARA TIRAR CNH Página 6 ACERTO MORO DIZ TER

Página 6

FIM DA OBRIGAÇÃO DO SIMULADOR PARA TIRAR CNH Página 6 ACERTO MORO DIZ TER SIDO DESCUIDADO

ACERTO

MORO DIZ TER SIDO DESCUIDADO EM MENSAGENS

Página 3

JEAN WYLLYS PODE SER INVESTIGADO POR VENDA DE MANDATO PARA COMPARSA DO PSOL

PÁGINA 5

JEAN WYLLYS PODE SER INVESTIGADO POR VENDA DE MANDATO PARA COMPARSA DO PSOL PÁGINA 5
POR VENDA DE MANDATO PARA COMPARSA DO PSOL PÁGINA 5 Justiça determina manter contingen- ciamento de

Justiça determina manter contingen- ciamento de verba das universidades

Página 7

CIÊNCIA PELO

MUND

de verba das universidades Página 7 CIÊNCIA PELO MUND Russos conseguem fazer computador quântico “voltar no

Russos conseguem fazer computador quântico “voltar no tempo”

Página 6

C

D

C

Inseto em bebida gera dano moral mesmo sem ser ingerido

Página 4

JUSTIÇA

gera dano moral mesmo sem ser ingerido Página 4 JUSTIÇA EM FOCO FGTS pode ser penhorado

EM FOCO

FGTS pode ser penhorado para pagar pensão

Página 5

2 ARTIGO

SEGUNDA- FEIRA

2 A R T I G O SEGUNDA- FEIRA 17 DE JUNHO DE 2019 Jornal Corporativo

17 DE JUNHO DE 2019

JornalCorporativo

arti�o
arti�o

redacao@jornalcorporativo.com ou Rua Alcindo Guanabara, 25 – 6º andar – Centro – Rio de Janeiro – RJ CEP: 20031-130

As mensagens enviadas para o CARTAS DO LEITOR devem conter nome e cidade. Em razão de espaço e clareza, o JORNAL CORPORATIVO reserva-se o direito de editar as cartas e e-mails recebidos.

o direito de editar as cartas e e-mails recebidos. P A L A V R A

PALAVRA

DO ESPECILALISTA

COMO GARANTIR O EMPREGO DOS SONHOS

�a�t�r�oa��

pa�lovi�ira

O EMPREGO DOS SONHOS �a�t�r�oa�� pa�lovi�ira A longa espera por uma recontratação que pa- rece cada

A longa espera por uma recontratação que pa- rece cada vez mais difícil pode ter razões que, se identificadas e trabalhadas pelo candidato, podem fazer com que o caminho para a volta ao mercado fique mais curto. Quem garante é o especialista em gestão de pessoas e palestrante Paulo Vieira, autor de obras como “O Poder da Ação” e “Poder e Alta Perfor- mance”. Vieira considera que sempre haverá desem- prego não só no Brasil, mas em todo o mundo. A questão que deve ser analisada é a causa de a pessoa estar desempregada.

Ele aconselha o candidato a se questionar so- bre as razões, que em sua visão são três:

A pessoa não tem o currículo adequado nem os conhecimentos necessários para a vaga A pessoa tem o currículo adequado e os conhe- cimentos necessários, mas não sabe mostrar isso no processo de seleção A pessoa não tem inteligência emocional nem as crenças adequadas sobre ela mesma

“A partir daí, onde essa pessoa precisa traba- lhar urgentemente? No currículo? Nos cursos necessários que tragam empregabilidade? Ou o problema está nas suas emoções? Seja qual for o caminho, tem solução”, explica. Para os candidatos que estão desanimados com tantas negativas na busca do emprego, Viei- ra diz que a única explicação é que há concor- rentes melhores conseguindo a vaga. E, segundo

ele, o mercado é uma competição como um jogo, uma corrida, não vão chegar todos, e sempre fal- tará vaga para todo mundo – ainda que, com a economia em crise, faltem vagas para muito mais candidatos.

Paulo Viera cita ainda casos de pessoas que têm problemas com suas crenças de capacidade. “São pessoas tecnicamente corretas, adequadas, produtivas, mas a crença delas de capacidade é muito baixa. E por isso elas sempre se sentem in- seguras. Elas tremem na hora do desafio profis- sional ou da entrevista de emprego porque não acreditam nelas mesmas. É outra crença disfun- cional que gera um problema emocional”, explica.

Vieira defende que é possível que essas pesso- as busquem a cura emocional fazendo a reprogra- mação das conexões neurais, das programações profundas, e a partir daí mudar comportamentos e atitudes para terem capacidade de tomar deci- sões e se sentirem mais confiantes, restaurando as crenças positivas. “Quando se fala de crenças neurais, de sinapses neurais, ocorrem mudanças muito profundas”, diz.

O que mais prejudica o candidato na hora de procurar emprego Emoções vindas da falta de inteligência emo- cional Desânimo, arrogância, apatia, vaidade são exemplos de falta de inteligência emocional, que é o maior inimigo do candidato na hora da entre-

vista e da dinâmica

O que mais beneficia o candidato na hora de procurar emprego Currículo adequado à função e que traga a so- lução que a empresa precisa para aquela vaga Emoções adequadas no processo de seleção como autoconfiança, transparência, humildade e superação – componentes da inteligência emo- cional importantes para quem participa de um processo de seleção

“Se eu não consigo me colocar fazendo tudo certo é porque tem pessoas melhores que eu, então eu tenho que melhorar minha emprega- bilidade, minhas habilidades, a minha estrutura emocional, o meu saber”, comenta.

Questionado sobre a importância do marketing pessoal, Vieira diz que há as pessoas que sabem se vender, mas se não tiverem o conteúdo que anunciam não se manterão no emprego. “A em- balagem é boa, mas o conteúdo tem que ser bom, tanto em termos técnicos como emocio- nais, então muitas pessoas até entram, mas não ficam muito tempo no trabalho”, afirma.

Outra questão são as crenças que limitam o desenvolvimento das pessoas. De acordo com Vieira, muitas vezes o candidato tem um nível de empregabilidade e um currículo bom, mas tem uma crença de não merecimento da vaga. As- sim, ele passa a se autossabotar nos processos seletivos.

#R��a��o fb.com/jcorporativo
#R��a��o
fb.com/jcorporativo

Campanha da Viva Rio recebe doações de agasalhos e cobertores

O frio previsto para a próxima estação do ano, que começa no dia 21, pode ser amenizado por agasalhos, calçados ou cobertores, e essa é a in- tenção da campanha In- verno Quente Viva Rio, organizada pelo Núcleo de Desenvolvimento So- cial da empresa social Viva Rio, que desenvol- ve projetos nas áreas de educação, saúde, meio ambiente e segurança.

As doações podem ser

feitas até o dia 28 em postos de coleta espa- lhados pela região me- tropolitana do Rio e nas zonas oeste, sul e norte, além do centro da cida- de. A socióloga Marília Rocha, responsável pelo Núcleo de Desenvolvi- mento Social da Viva Rio, informou que este ano cresceu o número de postos localizados em shoppings, em ou- tros estabelecimentos comerciais e na sede da empresa.

ano cresceu o número de postos localizados em shoppings, em ou- tros estabelecimentos comerciais e na

 D��ta���

D��ta���

 D��ta���
 

Reprodução da Internet/Marcos Correa/PR

  Reprodução da Internet/Marcos Correa/PR BANDIDOS E HACKERS MONTAM ESQUEMA DE FURTO DE PATINETES

BANDIDOS E HACKERS MONTAM ESQUEMA DE FURTO DE PATINETES ELÉTRICOS

A Polícia Civil investiga uma nova modalidade de crime no Rio: o furto dos patinetes elétricos que começaram a circular na cidade em dezembro passado. Segundo informações da 21ª DP (Bonsucesso), grupos criminosos descobriram uma maneira de desbloquear o sinal de GPS dos equipamentos, impedindo o monitoramento por parte da empresa responsável. Com isso, os patinetes estão sendo descaracterizados e vendidos pelo preço de R$ 250 cada. A PM também confirma o crime, e informa que ‘a modalidade criminosa está surgindo agora’. De acordo com o delegado Flávio Almeida, titular da 21ª DP, os grupos criminosos atuam ao lado de hackers. ”Há um comércio ilegal em desenvolvimento. O hacker paga R$ 150 ao ladrão, desbloqueia o aplicativo dos patinetes e vende por R$ 250. A prática é recente”, explica o delegado Flávio Almeida, acrescentando que, só nesta semana, houve o registro na delegacia de Bonsucesso de 12 patinetes elétricos apreendidos.

Publicado por Jornal Corporativo S.A. Presidente Ricardo Lyra Ribeiro Vice Presidente Emílio Alarcón Diretor
Publicado por Jornal Corporativo S.A. Presidente Ricardo Lyra Ribeiro Vice Presidente Emílio Alarcón Diretor

Publicado por Jornal Corporativo S.A.

Presidente

Ricardo Lyra Ribeiro

Vice Presidente

Emílio Alarcón

Diretor Administrativo

Emílio Teixeira

Diretor TI

Robson Augusto

Diretor Comercial Brasília

Diogo Alves de Abreu

diretoria@jornalcorporativo.com

Diogo Alves de Abreu diretoria@jornalcorporativo.com comercial@jornalcorporativo.com São Paulo Jorge Queiroz -
Diogo Alves de Abreu diretoria@jornalcorporativo.com comercial@jornalcorporativo.com São Paulo Jorge Queiroz -
Diogo Alves de Abreu diretoria@jornalcorporativo.com comercial@jornalcorporativo.com São Paulo Jorge Queiroz -

comercial@jornalcorporativo.com

São Paulo Jorge Queiroz - (11) 97319-3708 jorgequeiroz@tribalmidia.com.br

psantosgc2@uol.com.br

Brasília/Goiás Paulo Santos - (61) 8127-5839/9982-6731

DEUS SEJA LOUVADO

Paulo Santos - (61) 8127-5839/9982-6731 DEUS SEJA LOUVADO Distribuição Atendimento ao Assinante

Distribuição

- (61) 8127-5839/9982-6731 DEUS SEJA LOUVADO Distribuição Atendimento ao Assinante assinatura@jornalcorporativo.com
- (61) 8127-5839/9982-6731 DEUS SEJA LOUVADO Distribuição Atendimento ao Assinante assinatura@jornalcorporativo.com
- (61) 8127-5839/9982-6731 DEUS SEJA LOUVADO Distribuição Atendimento ao Assinante assinatura@jornalcorporativo.com
- (61) 8127-5839/9982-6731 DEUS SEJA LOUVADO Distribuição Atendimento ao Assinante assinatura@jornalcorporativo.com
- (61) 8127-5839/9982-6731 DEUS SEJA LOUVADO Distribuição Atendimento ao Assinante assinatura@jornalcorporativo.com

Atendimento ao Assinante assinatura@jornalcorporativo.com

 

MENSAL

TRIMESTRAL

SEMESTRAL

PREÇO DA

R$ 44,00

R$ 132,00

R$ 264,00

ASSINATURA

 

ANUAL

 

R$ 528,00

O Jornal Corporativo não se responsabiliza pelas opiniões expostas em artigos assinados.

ANUAL   R$ 528,00 O Jornal Corporativo não se responsabiliza pelas opiniões expostas em artigos assinados.

Redação redacao@jornalcorporativo.com

Estagiários

Publicidade

redacao@jornalcorporativo.com Estagiários Publicidade RIO DE JANEIRO Distribuidora Dirigida – Tel.: (21)
redacao@jornalcorporativo.com Estagiários Publicidade RIO DE JANEIRO Distribuidora Dirigida – Tel.: (21)

RIO DE JANEIRO Distribuidora Dirigida – Tel.: (21) 3233-6237/40 SÃO PAULO Global Press Distribuidora de Jornais – Tel.: (11) 2796-4674 CENTRO-OESTE – BRASÍLIA / GOIÁS Mídia Distribuidora de Jornais – Tel.: (61) 3204-0888

Tiragem 20.000 exemplares impresso diariamente pela Gráfica MEC Ltda

Serviço Noticioso Agência Brasil – Agência Câmara – Agência Senado Contas Abertas – Congresso em Foco – Agência CNI - O Dia Online - Revista Galileu - Só Noticia Boa

Repórteres Alexandra Gomes – redacao@jornalcorporativo.com

Beatriz Souza– redacao@jornalcorporativo.com Pamella Fernandes - redacao@jornalcorporativo.com

Arte e Diagramação • producao@jornalcorporativo. com

Rio de Janeiro Alexandra Gomes - (21) 7894-1586

Parque Gráfico Estrada Passa Três, 4.095 Cabo Verde - 27175-000- Piraí - RJ

RIO DE JANEIRO

Tel.: (21) 2217-9750

SÃO PAULO

SÃO PAULO

SÃO PAULO
BRASÍLIA

BRASÍLIA

BRASÍLIA

Rua Voluntários da Pátria, 1816 – sala 04 - Santana São Paulo - SP CEP: 02.010-500 (11) 3804-3540 / 3715-3540

SIBS Q. 3 - Conjunto C - Lote 15 Núcleo Bandeirante - Brasília - DF CEP.: 71736-303 (61) 3322-7615/3344-0577

Redação e Administração Rua Alcindo Guanabara, 25 - 6° andar Centro - 20031-130 - Rio de Janeiro - RJ

JornalCorporativo

SEGUNDA - FEIRA

Jornal Corporativo SEGUNDA - FEIRA 17 DE JUNHO DE 2019 cApA 3 INIMIGOS DO BRASIL DEPUTADOS

17 DE JUNHO DE 2019

cApA

3

INIMIGOS DO BRASIL

DEPUTADOS FATIAM REFORMA, RETIRAM PONTOS CRUCIAIS E ADIAM RETOMADA DO CRESCIMENTO

Paulo Guedes prevê nova Reforma nos próximos seis anos

COMANDO MILITAR DO LESTE

MINISTÉRIO DA

COMANDO MILITAR DO LESTE M I N I S T É R I O D A
COMANDO MILITAR DO LESTE M I N I S T É R I O D A

DEFESA

AVISO DE LICITAÇÃO

Pregão Eletrônico nº 07/2019

Objeto: Eventual contratação de serviços de conexão dedicada e de alta disponibilidade à internet em velocidades e locais para atender as Organizações Militares (OM) do Exército Brasileiro (EB) localizadas no Estado do Rio de Janeiro. Total de itens 14. Edital: 17/06/2019 disponível de segunda a quinta-feira das 09:30 às 11:30h e 13:30 às 15:30h e as sextas-feiras das 09:30h às 11:30h. Endereço: Praça Duque de Caxias n° 025 – 8° Andar, Centro - Rio de Janeiro - RJ. Entrega das propostas: a partir de 17/06/2019 às 08:00h no site:www.comprasgovernamentais.gov.br. Abertura das propostas: a partir de 01/07/2019 às 10:00h site:www.comprasgovernamentais.gov.br. Informações gerais: O edital encontra-se a disposição dos interessados no Setor de Compras e Licitações do Comando do Comando Militar do Leste, de segunda a quinta-feira, das 09:30 às 11:30h e 13:30 às 15:30h e as sextas-feiras das 09:30h às 11:30h ou no site:www.comprasgovernamentais.gov.br. Ten Cel ANDRÉ MARTINS VASCONCELLOS Ordenador de Despesas do CML

E a velha política mostra que suas garras continuam

entranhadas contra o cres- cimento e desenvolvimento do país. Prova disso são todas as modificações ocorridas na urgente e necessária Refor- ma da Previdência que é, sem dúvida, o ponto zero para um novo momento eco- nômico do Brasil -. Lamentando a oposição irracional da maioria dos deputados, o ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou na sexta-feira (14) as mudanças propostas pelo relator do projeto de refor- ma da Previdência na Câma- ra dos Deputados e atribuiu as modificações à “pressões corporativas” e ao “lobby de servidores do Legislativo”. “Eu acho que houve um re- cuo que pode abortar a nova Previdência. O recuo é que pelo menos pressões corpo- rativas e de servidores do Legislativo forçaram o rela- tor a abrir de R$ 30 bi para os servidores do Legislativo que já são favorecidos no sis- tema normal, então recua-

ram na regra de transição. E

como isso ia ficar feio, recuar

só nos servidores, estende-

ram também para o regime geral”, disse o ministro.

Relator retira pontos cruciais Em briga de comadres a atitude seria tida como uma implicância sem sentido. Mas como se trata de poli-

ticagem, assistir ao relator

da proposta na Câmara, Sa-

muel Moreira (PSDB-SP) apresentar seu parecer à Co- missão Especial da casa com

economia menor que a pre- vista pelo governo, retirando alguns dos principais pontos do texto entregue pelo go- verno como mudanças na aposentadoria rural e no Be- nefício de Prestação Conti- nuada (BPC) é, ter a certeza de que os sanguessugas da nação fazem pouco caso de um estudo bem elaborado, formalizado por especialis- tas apenas para seu próprio contentamento. Além disso, ficaram de fora do relatório

o regime de capitalização

proposto pelo governo, além dos estados e os municípios.

Reprodução da Internet

Considero a atitude dos parlamentares contrária à estruturação de uma reforma “
Considero a
atitude dos
parlamentares
contrária à
estruturação de
uma reforma

“Eu esperava que cortas- sem o BPC e o Rural, daí fica- va R$ 1 trilhão [de economia

no orçamento em dez anos]. Porque com R$ 1 trilhão, eu alertei varias vezes, nós con-

seguimos lançar a nova Previ- dência, que é o compromisso com as futuras gerações. Mas aí, na verdade, cortaram R$ 350 bilhões [da proposta ori- ginal]”, enfatizou o ministro.

Guedes não comentou to- das as alterações feitas na proposta, mas destacou que “preferimos que estados e municípios fossem incluí- dos, isso é importante por-

que eles estão fragilizados financeiramente”. Destacou, no entanto, que considera a atitude dos parlamentares contrária à estruturação de uma reforma.

CONSERVAS RIBEIRO S.A. CNPJ: 30.055.453/0001-86 - NIRE-33300158375 Ata da Assembléia Geral Extraordinária - 1. Data e Local: No dia 11/06/2018, às 10h00, na Ilha do Cajú s/n - Ponta da Areia - Niterói - RJ. 2. Mesa Diretora: Presidente: Mariléa da Silva Faustino; Secretária: Tatiana Faustino Ferreira Verticchio. 3. Presença: De conformidade com os estatu- tos e na forma do art. 125 da Lei 6.404/76, a secretaria verificou a presença de representantes da totalidade dos acionistas com direito a voto. 4. Ordem do Dia e Deliberações: a) Fica consignado nesta ata que as ações de propriedade de Espólio de José Dias da Silva passam para a propriedade da Srª Conceição Boquimpani Dias da Silva, face ao término do Processo de Inventário do Srº José Dias da Silva com sua homologação datada de 21/05/2018. b) Apresentação dos balancetes do primeiro trimestre de 2018; c) Deliberar sobre a antecipação dos dividendos provenientes da venda de imóveis da companhia, no exercício de 2018, conforme demonstrado na planilha em anexo I. Sendo distribuídos de acordo com a proporcionalida- de da participação da sociedade da seguinte forma: Sócios - Percentual de participação societária - Valor a receber: Frigoríficos - Industriais de Alimentos S.A - 36,79000 - R$ 145.809,04; Conceição Boquimpani Dias da Silva - 21,07000 - R$ 83.506,29; Investporto ltda - 21,07000 - R$ 83.506,29; Maria Olinda da Silva Mendes Vinagre - 10,53500 - R$ 41.753,15; Oswal- do da Silva Mendes Vinagre - 3,51166 - R$ 13.917,69; Marcello da Silva Mendes Vinagre - 3,51166 - R$ 13.917,69; Ricardo da Silva Mendes Vina- gre - 3,51166 - R$ 13.917,69; Total - 100 - R$ 396.327,83. Os dividendos serão recebidos pelos sócios nas contas por eles indicadas abaixo: Sócia:

Conceição Boquimpani Dias da Silva - Banco Bradesco - AG:7041 - C/C:

34534-2; Sócio: Frigoríficos - Industriais de Alimentos S.A - Banco Bradesco - AG:7041 - C/C: 13632-8; Sócio: lnvestporto Ltda. - Banco Bradesco - AG:

0309 - C/C: 0002899-1; Sócia: Maria Olinda da Silva Mendes Vinagre - Ban- co Bradesco - AG: 7041-6 - C/C: 47219-0; Sócio: Oswaldo da Silva Mendes Vinagre - Banco Santander - AG: 4216 - C/C: 01000169-6; Sócio: Marcello da Silva Mendes Vinagre - Banco Santander - AG: 4216 - C/C: 01000671-8; Sócio: Ricardo da Silva Mendes Vinagre - Banco Santander - AG: 4216 - C/C: 01000418-7. d) Decidiu a assembleia re-ratificar todos os atos pratica- dos até a presente data. e) Fica registrado que os imóveis foram vendidos de fato de acordo com as promessas particulares, tendo sido o valor de uma destas venda a origem dos dividendos apresentados. Porém, é necessário registrar que a documentação para efetivar a escritura definitiva ainda está em tramite, sendo necessário mais tempo para tal. Fica desde já delibera- do que a Srª Tatiana Faustino Ferreira Verticchio ficará responsável pela finalização do trâmite documental das vendas e formalização das escrituras definitivas. Encerramento: Nada mais havendo a tratar, foram encerrados os trabalhos, sendo a ata lida, aprovada e assinada pelos presentes, para devidos fins e efeitos. A presente é cópia fiel da lavrada no livro próprio. Mariléa da Silva Faustino - Presidente/Diretora; Tatiana Faustino Ferreira Verticchio - Secretária. JUCERJA: Sob o nº 00003650101 em 13/06/2019. Bernardo F. S. Berwanger - Secretário Geral.

Só trabalhador que não respeita emprego acompanhou os vândalos arruaceiros travestidos de manifestantes

Uma coisa precisa ficar muito clara; não houve protesto sext-feira (14), o que aconteceu foi o o uso de uma minúscula minoria (des)organizada pela es- querdalha para atazanar a vida do povo. Centrais sindicais fali- das, após perderem a ma- mata de um imposto com- pulsório que enchia seus cofres convocaram outras centrais que pouco se im- portam com o rumo do Bra- sil - a não ser que na rota es- teja, obrigatoriamente, seu próprio enriquecimento para gritar, atear fogo em patrimônios públicos e pri- vados, prejudicar empresas com a falta de colaborado- res e usurpar o direito de ir e vir do cidadão de bem. Por trás dessa movimen- tação estão além das cen- trais sindicais, partidos po-

líticos, entidades estudan- tis e opositores ao governo de Jair Bolsonaro (PSL). Quem está por trás da greve? Ora, os vagabundos de sempre! Os motivos? Os mesmos de décadas: fer- rar o Brasil, boicotar re- formas necessárias, atacar gente séria para defender bandidos. Os métodos? Aqueles que conhecemos bem: terrorismo, violên-

cia, fechar vias em dia útil, quebrar coisas, atear fogo. Mais uma vez os que quebraram o país se colo- cam contra os que traba- lham para reerguê-lo. Com arruaça ou não; a Reforma da Previdência é urgente e indispensável. Bolsonaro foi eleito de- mocraticamente. O Brasil vai sobreviver.

Lula está pre-

so!

E, claro

NOV FLEXIBLES EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS LTDA. CNPJ/MF nº 13.812.133/0001-04 - NIRE 33.2.0895675-9 Ata da Reunião das Sócias Realizada em 13/06/2019. A Reunião das Sócias da Nov Flexibles Equipamentos e Serviços Ltda. (“Sociedade”), instalada com a presença de sócias representando a totalidade do capi- tal social, independentemente de convocação, presidida pelo Sr. Mateus Xavier Alves Paiva Monteiro e secretariada pela Sra. Roberta Coelho de Souza Batalha, realizou-se às 10 horas do dia 13/06/2019, na sede social, na cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro, na Avenida República do Chile, nº 500, sala 2405, parte, Centro, CEP 20.031-170. Na conformidade da Ordem do Dia, as seguintes deliberações foram tomadas, por unanimidade de votos: (A) Aprovar a redução do capital social, o qual se encontra totalmente integralizado, por ser excessivo às necessidades operacionais da Sociedade, nos termos do artigo 1.082, II, da Lei 10.406, de 10/01/2002, atualmente de R$ 1.014.403.913,00 (um bilhão, quator- ze milhões, quatrocentos e três mil, novecentos e treze reais) para R$ 821.083.913,00 (oitocentos e vinte e um milhões, oitenta e três mil, nove- centos e treze reais), uma redução, portanto, de R$ 193.320.000,00 (cento

e noventa e três milhões, trezentos e vinte mil reais), mediante a extinção de

193.320.000 (cento e noventa e três milhões, trezentas e vinte mil) quotas, no valor nominal de R$ 1,00 (um real) cada uma, de forma proporcional à participação de cada uma das sócias no capital social, que ocorrerá da se- guinte forma: (a.1) extinção de 193.126.680 (cento e noventa e três milhões,

cento e vinte e seis mil, seiscentas e oitenta) quotas detidas pela sócia Nov Flexibles Holding Aps, no valor nominal total de R$ 193.126.680,00 (cento

e noventa e três milhões, cento e vinte e seis mil, seiscentos e oitenta reais), restituindo-se à Nov Flexibles Holding Aps os valores correspondentes, em moeda corrente nacional; e (a.2) extinção de 193.320 (cento e noventa

e três mil, trezentas e vinte) quotas, detidas pela sócia Subseaflex Holding Aps, no valor nominal total de R$ 193.320,00 (cento e noventa e três mil, trezentos e vinte reais), restituindo-se à Subseaflex Holding Aps os valo- res correspondentes, em moeda corrente nacional; e (B) Consignar que

a redução de capital só será efetivada após decorrido o prazo legal de 90

(noventa) dias para a manifestação dos credores, contado das publicações exigidas por lei, em observância ao disposto no parágrafo segundo do artigo 1.084 da Lei 10.406, de 10/01/2002, sendo que a Alteração Contratual perti- nente será arquivada, concomitantemente com a presente ata, pelos meios próprios, na Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro. Os termos desta ata foram aprovados pelas sócias presentes, que a subscrevem. Rio de Janeiro, 13/06/2019. Mateus Xavier Alves Paiva Monteiro, Presidente da Mesa; Roberta Coelho de Souza Batalha, Secretária da Mesa. p.p. Nov Flexibles Holding Aps - Mateus Xavier Alves Paiva Monteiro; p.p. Subsea-

flex Holding Aps - Mateus Xavier Alves Paiva Monteiro.

POUCAS E BOAS

Cuba Gooding Jr. se entrega à Polícia

O ator Cuba Gooding Jr. se entre- gou à unidade de crimes sexuais da polícia de Nova York, após ser acusado de assédio sexual. Ele alegou ser inocente e foi libera- do após seis horas sob custódia policial, devendo retornar para outro depoimento em duas semanas.

Uma mulher de 29 anos acu- sou o ator de apalpá-la em um bar na noite de domingo, 9. De acordo com informações da AP, um vídeo obtido pelo site TMZ pode ser usado como evidência do crime.

pelo site TMZ pode ser usado como evidência do crime. Cuba Gooding Jr negou a acusa-

Cuba Gooding Jr negou a acusa- ção em declaração. “Confio no sistema”, declarou.

ção em declaração. “Confio no sistema”, declarou. VACINA 80% O ecerramento da campa- nha de vacinação

VACINA

80%

O ecerramento da campa-

nha de vacinação contra

a gripe registrou cerca de

80% da população protegida

contra a doença

MORO ALEGA ‘DESCUIDO’ EM TROCA COM DALLAGNOL

O ministro da Justiça e Seguran- ça Pública, Sergio Moro, afir- mou nesta sexta-feira que pode ter cometido um “descuido” ao repassar uma informação para procuradores da Lava Jato por meio de um aplicativo de ce- lular enquanto era juiz da ope- ração em Curitiba. Ele repetiu, porém, como fez em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, que não fez nada ilegal na con- dução dos processos e que os responsáveis pela invasão de

celulares serão punidos.

O ministro alegou, cprretamen-

de celulares serão punidos. O ministro alegou, cprretamen- te, que a troca de informações entre as

te, que a troca de informações entre as partes é uma rotina comum de juízes, promotores

e advogados. “Eu recebi aque-

la informação, e aí sim, vamos dizer, foi até um descuido meu, apenas passei pelo aplicativo. Mas não tem nenhuma anor- malidade nisso. Não havia uma ação penal sequer em curso. O

que havia é: é possível que te- nha um crime de lavagem e eu passei ao Ministério Público”, disse Moro após cerimônia na Polícia Rodoviária Federal, em Brasília.

O ministro cometeu um descui-

do formal e nenhuma ilicitude nemc omo juiz à época e muito menos como ministro.

4 ecOnOmIA

SEGUNDA- FEIRA

4 e c O n O m I A SEGUNDA- FEIRA 17 DE JUNHO DE 2019

17 DE JUNHO DE 2019

JornalCorporativo

RECUPERANDO

seTOR de seRVIçOs ApResenTA mÊs de mAIO cOm ÍndIce de cRescImenTO

Resultado é comemorado após três meses de quedas consecutivas

M uito mais devagar

do que os brasilei-

ros esperam e que

os desempregados necessi- tam, o Brasil está avançando. Lentamente e com oscila- ções negativas, mas mostran- do que as movimentações do governo Bolsonaro estão indo de encontro a maior necessi- dade dos brasileiros que é a questão empregatícia. Prova disso é que mesmo com níveis na casa dos mi- lhões, o volume do setor de serviços cresceu 0,3% na pas- sagem de março para abril deste ano, segundo dados di- vulgados hoje (13) pelo Insti- tuto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A alta não

recupera, no entanto, a perda acumulada de 1,8% nos três primeiros meses do ano. Na comparação com abril do ano passado, houve uma que- da de 0,7% no setor. No acu- mulado do houve alta de 0,6% e, no acumulado de 12 meses,

Destaque para ser- viços de informa- ção e comunicação

um crescimento de 0,4%. Na passagem de março

para abril, três das cinco ati- vidades pesquisadas tiveram alta no volume, com destaque para serviços de informação

e comunicação (0,7%). Tam-

bém houve crescimentos nos serviços profissionais, admi- nistrativos e complementares

(0,2%) e nos serviços presta- dos às famílias (0,1%). Por outro lado, tiveram re- cuo os transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (-0,6%) e os outros serviços (-0,7%).

A receita nominal do setor

de serviços teve crescimentos de 0,8% na comparação com março deste ano, de 3,4% na comparação com abril do ano

passado, de 4% no acumula- do do ano e 3,4% no acumu- lado de 12 meses.

Setor industrial tam- bém reage

A produção industrial bra-

sileira alcançou em 2017 o va- lor bruto de R$ 2,7 trilhões. O faturamento bruto atingiu

R$ 3,9 trilhões. Desse valor, 82,5% são relativos à receita bruta da venda de produtos

e serviços industriais. Os nú-

meros fazem parte da Pes- quisa Industrial Anual Em- presa 2017 (PIA Empresa), feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e divulgada ontem.

Reprodução da internet

(IBGE) e divulgada ontem. Reprodução da internet produtos típicos de festas juninas sobem 9,15% Os preços

produtos típicos de festas juninas sobem 9,15%

Os preços dos produtos utilizados no preparo dos pratos típicos de festas juninas mostraram alta de 9,15% nos 12 meses compreendidos entre ju- nho de 2018 e maio deste ano, superando a infla- ção acumulada no perío- do pelo Índice de Preços ao Consumidor-10 (IPC- 10), da Fundação Getulio Vargas (FGV), que ficou em 5,06%.

Entre os produtos pro- curados pelos consumi- dores, destaque para a batata-inglesa, que subiu 98,13%, couve (24,43%), farinha de trigo (21,75%), leite de coco (17,80%). O economista do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre-FGV) e co- ordenador do IPC, André Braz, analisou que produ- tos como a batata-inglesa apresentam essas “taxas extremas” em alguns mo- mentos do ano.

Essas taxas dependem de condições de safra que, nos últimos meses, não foram muito favorá- veis, o que acabou possi- bilitando essa variação em 12 meses. “Não quer dizer que seja uma situ- ação permanente por- que, como são lavouras curtas, a oferta se resta- belece rapidamente e os preços tendem a devolver toda essa gordura, todo esse aumento acumula- do nos últimos meses. O ponto principal é que es- ses aumentos não são du- radouros”, afirmou.

que es- ses aumentos não são du- radouros”, afirmou. INOVAÇÃO Uber testa entrega de comida com

INOVAÇÃO

Uber testa entrega de comida com drones

A Uber informou que vai começar a testar um siste- ma de entrega de comida com drones e apresentou um protótipo de veículo autônomo. Na conferência Uber Elevate Summit, em Washington DC, a empre- sa anunciou que tem sinal verde para começar a testar seu sistema de entrega de comida com drones em San Diego, Califórnia.

de entrega de comida com drones em San Diego, Califórnia. CRESCIMENTO Venda de motos chega a
CRESCIMENTO

CRESCIMENTO

Venda de motos chega a 100 mil e setor comemora

Nos primeiros cinco meses de 2019, a venda de motos somou 450.219 unidades, crescimento de 17,59% em comparação ao mesmo período do ano passado, se- gundo dados divulgados pela Fenabrave. Em maio, foram emplacadas 98.018 motos, crescimento de 20,62% em relação ao mesmo mês em 2018 e o melhor resultado

Em maio, foram emplacadas 98.018 motos, crescimento de 20,62% em relação ao mesmo mês em 2018

para o período desde 2015.

CAMPANHA PARA DIVULGAÇÃO DE CADASTRO POSITIVO ENTRA EM VIGOR

Começou a campanha nacional para divulgação do ca- dastro positivo. Os comerciais institucionais serão vei- culados por um mês em TVs e rádio para esclarecer a população sobre o funcionamento do sistema. A cam- panha será promovida pela Associação Nacional dos Bureaus de Crédito.

A lei que institui o novo cadastro foi sancionada em

abril. O banco de dados que apresenta uma avaliação de risco de pessoas físicas e empresas para contrair em-

préstimos existe desde 2011. No entanto, com a nova le- gislação, a adesão passa ser automática, enquan-

to até o momento era vo-

luntária. O sistema será operado por instituições autorizadas pelo Banco Central.

A estimativa é que, com

a mudança, o serviço passe de 6 milhões de ca- dastros para até 130 mi- lhões. Cada consumidor terá uma nota elaborada

a partir do histórico de

pagamentos de contas e dívidas. Com isso, pes-

soas e empresas bem avaliadas poderão ter acesso faci- litado a crédito e, eventualmente, com taxas menores.

A campanha informativa ficará no ar até o dia 9 de ju- lho. Depois dessa data, todos os consumidores serão incluídos automaticamente no sistema, porém, será possível fazer um pedido de exclusão em qualquer mo- mento. As informações sobre o histórico de pagamen- to de pessoas físicas e empresas só poderão ser usadas para a avaliação para concessão de crédito.

Na composição da nota atribuída aos consumi- dores não serão incluídos elementos relacionados à origem social, etnia, saú- de, informações genéti- cas, sexo, e convicções políticas, religiosas e filo- sóficas.

De acordo com o Ban- co Mundial, a nova lei pode reduzir em até 45% a inadimplência no país, que atualmente atinge mais de 60 milhões de pessoas.

a nova lei pode reduzir em até 45% a inadimplência no país, que atualmente atinge mais

! DIREITOS DO CONSUMIDOR

INSETO EM BEBIDA GERA DANO MORAL MESMO SEM SER INGERIDO

Expor o consumidor a algum risco de saú- de gera uma indenização de danos morais. Assim aconteceu com um cliente que ad- quiriu garrafas de refrigerante e viu que, em uma delas, havia um corpo estranho, como se fosse um inseto.

Esse foi o entendimento da 3° Turma do

Superior Tribunal de Justiça, que condenou

a empresa a pagar R$10 mil de indenização.

Até porque o consumidor já havia ingerido dois litros do refrigerante de outra garrafa, comprada junta.

Porém, de primeira instância o juiz havia entendido que o fabricante deveria ressar- cir apenas o dinheiro gasto, ou seja, R$3,99. Além de rejeitar o pedido de indenização por danos morais. O magistrado acredita que o corpo estranho era facilmente perceptível pelo consumidor.

A sentença foi reformulada pelo Tribunal

de Justiça de Minas Gerais, que fixou danos morais de R$10 mil. A Corte considerou que

a situação não pode ser considerada mero aborrecimento.

O fabricante alega que um corpo estranho

no líquido não poderia causar sensação tão grave para agravar dano moral.

Porém, a ministra do STJ, Nancy Andri-

ghi, considerou que há dano moral quando

o caso tem envolvimento alimentício. Ainda mais quando o cliente ingere, mesmo que parcialmente.

O cliente é protegido pelo Código de Defe-

sa do Consumidor. É de responsabilidade do

fornecedor, reparar o dano causado ao con- sumidor por defeitos em seus produtos.

Fonte:Dra. Cecília Macedo - OAB/RJ 223.161 Site. www.msda.com.br

JornalCorporativo

SEGUNDA - FEIRA

Jornal Corporativo SEGUNDA - FEIRA 17 DE JUNHO DE 2019 bRAsIl 5 PARA CALAR OS CONSERVADORES

17 DE JUNHO DE 2019

bRAsIl

5

PARA CALAR OS CONSERVADORES

ApÓs GOlpe dO sTF Que cRImInAlIZOu A HOmOFObIA, cAbe AO cOnGRessO ApROVAR pROJeTO de leI Que AsseGuRe A lIbeRdAde RelIGIOsA

Entidades religiosas e pessoas comuns poderão ser cassadas por apenas expressar sua fé

D epois da decisão do

STF que equipara

a homofobia como

crime de racismo ameaçando

a liberdade de expressão de

entidades religiosas e pessoas comuns, caberá ao Congres-

so aprovar um Projeto de Lei

que assegure a liberdade reli- giosa das igrejas e das pesso-

as comuns.

No país pacato como o

Brasil, infelizmente a socie- dade de bem, assiste inerte

o Supremo desrespeitar as

suas competências previstas em lei. É de competência da UNIÃO (art. 22, I da Cons- tituição Federal de 1988) a criação de tipos penais – mas este é apenas um dos trans- tornos que a decisão da úl- tima sexta-feira (14) pode implicar na rotina dos brasi- leiros.

A declaração do ministro

Celso de Mello quanto a res- salvar a liberdade religiosa é insuficiente. A ação deixa

a Igreja vulnerável ao desa-

grado de grupos militantes LGBT’s, que mesmo com o ordenamento jurídico vigente (ao qual eles alegam não ser

efetivo), já tentam encontrar meios para suprimir a liber- dade religiosa, a de expressão

e até a liberdade acadêmica.

Quem difere manifesta- ção do discurso de ódio? Quem propriamente dirá quando uma manifestação configura ou não discurso de ódio? Quem determinará o

que é hate speech? Será o su- posto ofendido?

A criminalização da opinião é típica

dos regimes de exceção

Ainda, não menos impor- tante, este julgado ataca di- retamente à liberdade de opi- nião, especialmente quando ninguém pode precisar o que é ou não um discurso/opi- nião de ódio. Nunca é demais lembrar: A Criminalização da opinião é típica dos regimes de exceção.

A conclusão do STF atro- pela a soberania das esferas e põe em risco direitos e garan- tias fundamentais de milhões de brasileiros: protestantes, católicos romanos, pesquisa- dores, questionadores, e até os que reverberam singelas discordâncias com as práticas homossexuais e transexuais.

Importante, sempre des- tacar, que todos devem ser objeto de respeito, pouco im- porta sua opção sexual. To- dos somos dignos e devemos ter nossas liberdades preser- vadas, pois sem liberdade ou com liberdade restrita, a der- rota será sempre da dignida- de da pessoa humana.

Reprodução da Internet

da dignida- de da pessoa humana. Reprodução da Internet STF atropela a soberania das esferas e

STF atropela a soberania das esferas e põe em risco direitos e garantias fundamentais de milhões de brasileiros

direitos e garantias fundamentais de milhões de brasileiros ESTUDO Aéreas de baixo custo podem cobrar por

ESTUDO

Aéreas de baixo custo podem cobrar por bagagem

O presidente Jair Bolso- naro disse que estuda uma alternativa para manter a gratuidade de bagagem em

voos domésticos, mas abrin-

do uma exceção de cobrança

apenas para as companhias aéreas de baixo custo, as cha- madas low cost. O presidente não soube detalhar como essa distinção entre compa- nhias aéreas de baixo custo e convencionais será feita.

nhias aéreas de baixo custo e convencionais será feita. DESPERDÍCIO História macabra de Richthofen vai virar
nhias aéreas de baixo custo e convencionais será feita. DESPERDÍCIO História macabra de Richthofen vai virar

DESPERDÍCIO

História macabra de Richthofen vai virar filme

Carla Diaz interpretará Suzane von Richthofen no filme “A Menina que Matou os Pais”. O filme contará a

história real da jovem que, com a ajuda do namorado

e

do irmão dele, planejou

o

assassinato dos pais. O

roteiro é assinado pela criminóloga e escritora Ilana Casoy e pelo escritor Raphael Montes. A previ-

Ilana Casoy e pelo escritor Raphael Montes. A previ- são de estreia é para 2020. AGILIDADE

são de estreia é para 2020.

Raphael Montes. A previ- são de estreia é para 2020. AGILIDADE Fim da obrigatoriedade do simulador

AGILIDADE

Fim da obrigatoriedade do simulador para tirar CNH

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, disse que o governo decidiu retirar a obrigatoriedade do uso de simuladores para a expedi- ção da CNH. A medida já foi aprovada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Con- tran). Além disso, o Contran também diminuiu de 25 para 20 horas o número de aulas práticas para os aspirantes a

20 horas o número de aulas práticas para os aspirantes a habilitação da categoria B. JEAN

habilitação da categoria B.

JEAN WYLLYS PODE SER INVESTIGADO POR POSSÍVEL VENDA DE MANDATO

WYLLYS PODE SER INVESTIGADO POR POSSÍVEL VENDA DE MANDATO Nem todos os políticos acreditaram na história

Nem todos os políticos acreditaram na história de perseguição e ameaça contra sua vida apresentada por Jean Willys antes de passar o mandato e deixar o país. Levantando a questão, o deputado José Medeiros (PODE-MT) suspeita que o ex-deputado pode ter vendido o mandato para seu suplente David Mi- randa (PSOL-RJ). Deixando nas mãos da Polícia Fede- ral as investigações, Medeiros proto- colou um ofício para a Procuradoria- -Geral da República (PGR) e para a própria PF reforçando o pedido de investigação.

Estratégia para marido de Gleen Greenwald agir contra Bolsonaro José Medeiros pede que os sigilos fiscais de Wyllys e do jornalista Glenn Greenwald sejam quebrados. O jornalista é o companheiro de David, e responsável por vazar ile- galmente conversas entre o ex-juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol. Editor-chefe do site The Intercept, Glenn Greenwald é próximo de Wylys e não esconde seu desafeto pelo pre- sidente Jair Bolsonaro, que também é

alvo de críticas do ex-deputado.

O norte-americano já usou o Twit-

ter para afirmar que seria preciso uma “estratégia eficaz para bater Bol- sonaro”.

“Tem que parar de ser ingênuo. Há um claro objetivo político de de- sestabilizar tudo, parar a Lava Jato e impedir a reforma da Previdência. Estamos em guerra contra uma qua- drilha”, disse José Medeiros ao O An- tagonista. Para o deputado, Glenn também pode ter financiado os ataques contra as autoridades, pagando hackers para invadir os celulares dos procurado- res e posteriormente alegando que a fonte da matéria é anônima. Para ele, trata-se de uma “invasão cibernética promovida e patrocinada por estran- geiros”.

A esquerda pode interpretar e mais

uma vez se vitimizar tendo essa ação como ‘teoria da conspiração’, mas para os que estão atentos as movi- mentações políticas, sindicalistas e de bastidores entende, perfeitamente, que há fundamento no pedido do de- putado conservador.

JUSTIÇA EM FOCO FGTS PODE SER PENHORADO PARA QUITAR DÉBITOS DE PENSÃO ALIMENTÍCIA O entendimento

JUSTIÇA

EM FOCO

FGTS PODE SER PENHORADO PARA QUITAR DÉBITOS DE PENSÃO ALIMENTÍCIA

O entendimento do Superior Tribunal de Justiça (STJ) é de que o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) pode ser penhorado para quitar parcelas de pensões ali- mentícias atrasadas. Os valores depositados a título de FGTS visam propor- cionar ao trabalhador um patrimônio mínimo de acordo com o princípio da dignidade humana. O FGTS só pode ser sacado em situações excepcionais, como em casos de aposentadoria e demissão sem justa causa. Porém, apesar de a Lei 8.036/90 não prever a possi- bilidade de sacar o FGTS para pagamento de pensão alimentícia, o fundo pode ser penhorado para esse fim em situações especiais, como nos casos em que os bens do devedor não forem suficientes para quitar a dívida ou quando o devedor estiver em um local desconhecido. Além disso, o FGTS visa a proteção dos dependentes do trabalhador, os quais também tem direito a uma vida digna. Em caso de dívida de natureza alimentar, deve prevalecer o interesse da criança, e não a impenhorabi- lidade do FGTS. Vale alertar, por fim, que o pedido de execução de ali- mentos deve ser baseado na penhorabilidade do FGTS apenas em último caso.

JornalCorporativo
JornalCorporativo

Publicidade Legal e Financeira

com resultado institucional no Mercado de Capitais

(21) 98199-3619 / 2217-9750 - diretoria@jornalcorporativo.com

6 InTeRnAcIOnAl

SEGUNDA- FEIRA

6 I n T e R n A c I O n A l SEGUNDA- FEIRA

17 DE JUNHO DE 2019

JornalCorporativo

FIM DOS CANAIS EDUCATIVOS

mÊs dO ORGulHO lGbT É cOmemORAdO pelA emIssORA InFAnTIl cARTOOn neTWORK

Reprodução da Interne/

emIssORA InFAnTIl cARTOOn neTWORK Reprodução da Interne/ Emissora, que é acompanhada por milhões de pes- soas

Emissora, que é acompanhada por milhões de pes- soas do público infanto juvenil, usou suas redes sociais e também

a loja física para pedir que crianças tenham orgulho da

homossexualida-

de todos os dias

O mês de junho, se- gundo a comunidade LGBT foi designado

como ‘mês do orgulho’ para a celebração de estilos de vida sexual alternativos e pela di- versidade ou ausência de gê- nero. A Cartoon Network, popular canal televisivo exclusivo para o público infantil, assistido por

milhões de crianças em todo

o mundo, está promovendo

ações através de seus desenhos para que os fãs sintam-se ‘or- gulhosos’ da homossexualida- de. O apoio foi registrado atra- vés da conta do Twitter do canal que expressou sua soli- dariedade ao movimento, en- quanto milhares participam de

eventos em todas as partes dos

Estados Unidos. “Queremos desejar a todos um ‘Feliz mês do orgulho gay’

e encorajar todos os nossos

fãs LGBTQ+ a se orgulharem

o ano todo!” A rede, que per-

tence a Warner Bros., tuitou junto com emojis representan- do uma bandeira do arco-íris, coração e um unicórnio.

O tuíte também incluiu uma imagem de personagens do popular desenho de reinício “Powerpuff Girls.” O tuíte in-

cluiu as hashtags “#powerpu- ffyourself”, “#pridemonth” e

“#powerfuffgirls”. Muito além das redes sociais o Twitter não é o único lugar em que Cartoon Network está

HOMEM DOA DEDO DO PÉ PARA BAR USAR EM TRADICIONAL COQUETEL

Reprodução da Interne/

BAR USAR EM TRADICIONAL COQUETEL Reprodução da Interne/ Um ex-comandante militar bri- tânico fez uma doação

Um ex-comandante militar bri- tânico fez uma doação muito especial a um longínquo hotel canadense - seu dedo do pé. Nick Griffiths, que perdeu o dedo congelado ao competir em uma maratona de inverno em Yukon, território no noroeste canadense, enviou seu dedão do pé pelo correio para o Downto- wn Hotel, em Dawson City. Ele prometeu doá-lo na esperan- ça de voltar à região de Yukon, onde está localizado o hotel, para tomar o coquetel Sourtoe com seu próprio dedo. Receita existe há 40 anos Por mais de quatro décadas, tu- ristas e moradores vão até o bar

do hotel para tomar o coquetel alcoólico de sua preferência ser- vido com um dedo humano dis- secado dentro do copo. Tradicionalmente servido com uísque Yukon Gold, o dedão deve tocar os lábios de quem está consumindo a bebida, a fim de ganhar um certificado do bar. Mais de 86 mil coquetéis Sour- toe foram servidos desde 1973, quando o capitão Dick Steven- son teria encontrado um de- dão preservado em uma cabine abandonada e teria tido a ideia de criar o drinque. “Eles são muito difíceis de en- contrar hoje em dia e essa ge- nerosa ‘doação de dedão’ vai

ajudar a garantir que a tradição continue.”

E Terry Lee, que trabalha no

bar, vai levar cerca de seis sema- nas para mumificar o membro com sal grosso antes de poder ser adicionado à bebida. Gerle contou à BBC que o bar conta com cerca de quatro ou cinco dedos do pé disponíveis para servir com o coquetel, mas que “nada é mais gritante” do que um dedão.

O hotel fez apelos públicos pe-

dindo que as pessoas doem de- dos do pé amputados, mas a do- ação de Griffiths é “a primeira que é utilizável”.

méxico vende avião presidencial para financiar plano para conter imigração

Iniciativa é cumprimento de acordo fechado com Washington

O presidente do México, Andrés Manuel López Obra-

dor, disse ontem que a venda

do antigo avião presidencial e

de outras aeronaves do últi- mo governo ajudarão a finan- ciar os esforços para conter

a imigração, conforme um

acordo fechado na semana

passada com Washington.

O acordo firmado evitou uma elevação de 5% nas ta- rifas de importação de bens

mexicanos que o presiden-

te dos Estados Unidos, Do- nald Trump, ameaçou impor

a menos que o México faça

mais para conter a imigração ao território norte-americano vinda da América Central.

Em troca, o México con- cordou em endurecer seus controles imigratórios, o que inclui a mobilização da força de segurança da Guarda Na- cional na fronteira sul com a

Reprodução da Interne/

Na- cional na fronteira sul com a Reprodução da Interne/ Guatemala. Assim que tomou posse, em

Guatemala. Assim que tomou posse, em dezembro, o líder anunciou

planos de vender o avião, cujo interior espaçoso inclui um quarto e tem selos oficiais do governo gravados nas pare- des e monitores de tela plana.

O jato foi adquirido no final de 2012 por US$ 218 milhões

e está sendo vendido junto

com 60 aeronaves do governo e 70 helicópteros.

López Obrador se recusa a usufruir dos privilégios mui- tas vezes luxuosos das elites ricas do México, preferindo voar em aviões comerciais.

Ele também adotou uma sé- rie de programas sociais para os pobres e idosos, reduziu os sa- lários de servidores civis de alto

escalão e diz estar economizan- do dinheiro público através da eliminação da corrupção.

promovendo o orgulho LGBT. A emissora está realizando o apoio a comunidade gay tam- bém através de sua loja online e de alguns dos seus próprios personagens de desenhos ani- mados.

Casamento gay nos desenhos Acredita-se que o desenho da Cartoon Network, “Ste- ven Universe,” se tornou o primeiro programa infantil a apresentar uma proposta de casamento entre pessoas do mesmo sexo. A proposta foi entre personagens femininas chamadas Sapphire e Ruby. Além disso, a série Adventu- re Time de Cartoon Network exibiu uma cena em seu final de série no ano passado que mostrou duas personagens fe- mininas se beijando nos lábios. A cena confirmou anos de es- peculação de que as duas eram lésbicas. Em seu site, o canal está ce- lebrando a semana do orgulho homossexual promovendo sua coleção “feita de amor” do Ste- ven Universe. A coleção inclui roupas e lembrancinhas com tema LGBT. Embora a loja virtual da Car- toon Network só venda para pais ou adultos, as crianças estão a apenas um clique de ver listas de broches do orgu- lho LGBT de Steven Universe, uma tira com tema arco-íris “Steven Universe” e até mes- mo uma sacola de “beijos” do “Steven Universe.” O site também vende um travesseiro e camiseta do mes-

mo personagem -que é um dos queridinhos do público alvo do canal- A sacola, camiseta e tra- vesseiro apresentam o mesmo adesivo transparente das duas personagens femininas se bei- jando. “O amor está no ar! Este travesseiro multicolorido ce- lebra a Rupy e a Sapphire no dia do casamento,” diz o anúncio. “Frente e verso, este travesseiro apresenta o ca- sal feliz no altar em ambos os lados.”

Não é apenas a Cartoon Mas a Cartoon não é a única rede infantil que usa seu dese- nho para mostrar relaciona- mentos LGBT. Em 2016, a Nickelodeon in- corporou um casal birracial de mesmo sexo em um de seus desenhos chamado “The Loud House.” Aqui no Brasil a emissora Globo de televisão, inclui, or- gulhosamente, personagens em quase todos os programas da grade da emissora. Desde programas infantil, a novelas juvenis e temáticas adultas. O intuito da comunidade LGBT e os ideólogos do gêne- ro é adistorção do ser humano em sua essência através das crianças. Salas de aulas que oferecem doutrinas esquerdis- tas, desenhos que promovem a homossexualidade, jogos ele- trônicos que incitam a sexuali- dade e programas de televisão que normatizam relações ho- mossexuais são as armas lan- çadas para aliciar as crianças e jovens no mundo.

CIÊNCIA PELO

MUND

CIÊNCIA PELO MUND RUSSOS CONSEGUEM FAZER COMPUTADOR QUÂNTICO “VOLTAR NO TEMPO” Um experimento conduzido por

RUSSOS CONSEGUEM FAZER COMPUTADOR QUÂNTICO “VOLTAR NO TEMPO”

Um experimento conduzido por cientistas russos conseguiu restaurar o computador quântico públi- co da International Business Machines (IBM) para um estado anterior em que se encontrava. Ou seja, eles conseguiram fazer com que o sistema “voltasse no tempo”. Uma pesquisa sobre o assunto foi publi- cada na revista Nature Scientific Reports.

De acordo com o portal Futurism, é improvável que a solução da pesquisa possa ser aplicada a uma “máquina do tempo” para pessoas. Ainda assim, o resultado pode mudar o futuro da computação fí- sica quântica e da compreensão que temos sobre o tempo em si.

“Criamos artificialmente um estado que evolui em uma direção oposta à da flecha termodinâmica do tempo”, disse Gordey Lesovik, físico quântico do Instituto de Física e Tecnologia de Moscou, líder do projeto de pesquisa, em uma nota.

Conduzido pela equipe de pesquisadores de Le- sovik e cientistas do Laboratório Nacional Argon- ne, nos Estados Unidos, o experimento tinha como objetivo reverter o tempo em um único elétron.

“Esse é um trabalho de uma série de estudos so- bre a possibilidade de violar a segunda lei da ter- modinâmica. A lei se relaciona à noção da flecha de tempo, que supõe uma direção temporal: do pas- sado ao futuro”, escreveram os cientistas no arti- go. “Aqui mostramos que, enquanto na natureza a conjugação complexa necessária para a reversão do tempo pode parecer exponencialmente impro- vável, pode-se projetar um algoritmo quântico que inclui conjugação complexa e, assim, inverter um dado estado quântico”

Após inúmeros testes, os cientistas conseguiram restaurar em 85% o estado anterior do computa- dor quântico. Os pesquisadores realizaram o ex- perimento em sistemas de dois e três qubits; mas apenas foi possível realizá-lo no primeiro modelo.

A partir dos resultados, os cientistas esperam que seu trabalho ajude outros cientistas quânticos da computação a voltar no tempo e deixar um sof- tware exatamente como era antes.

JornalCorporativo

SEGUNDA - FEIRA

Jornal Corporativo SEGUNDA - FEIRA 17 DE JUNHO DE 2019 educAçãO 7 JusTIçA deTeRmInA mAnTeR cOnTInGencIAmenTO

17 DE JUNHO DE 2019

educAçãO

7

Corporativo SEGUNDA - FEIRA 17 DE JUNHO DE 2019 educAçãO 7 JusTIçA deTeRmInA mAnTeR cOnTInGencIAmenTO de

JusTIçA deTeRmInA mAnTeR cOnTInGencIAmenTO de VeRbA dAs unIVeRsIdAdes FedeRAIs

O Tribunal Regional

Federal da 1ª Re-

gião (TRF1) acei-

tou recurso da Advocacia- -Geral da União (AGU) e derrubou a decisão da Jus- tiça Federal da Bahia que suspendeu, na semana pas- sada, o contingenciamento de verbas de universidades federais e de outras institui- ções públicas de ensino.

Na decisão, o desembar- gador Carlos Moreira Alves, presidente do tribunal, en- tendeu que não há ilegalida- des no bloqueio temporário de recursos, que também ocorreu nos demais órgãos do Poder Executivo, não somente no Ministério da Educação, segundo o ma- gistrado.

“A programação orçamen- tária e financeira não afetou apenas a área da Educação, mas a de todos os demais mi- nistérios do Poder Executi- vo, deixando ver a impessoa- lidade da medida necessária para a busca do equilíbrio fiscal e do aprimoramento da gestão dos recursos pú- blicos, indispensável para o

alcance da estabilidade eco- nômica do país”, decidiu o desembargador.

Na sexta-feira (7), a juíza Renata Almeida de Moura, da 7ª Vara Federal de Sal- vador, atendeu a pedido fei- to em oito ações populares contra o contingenciamento de verbas, que foi anuncia- do pelo governo federal no fim de abril. Em todos os casos, há questionamento acerca do volume de blo- queios, bem como em rela-

Vale lembrar que na era petista onde o corte foi bilionário para abastecer reitores, sinsicatos, mídias e comparsas políticos corruptos não houve protestos

ção aos critérios adotados pelo MEC na distribuição dos limites orçamentários.

AGU No pedido de derrubada

da liminar, a AGU citou que

o Relatório de Avaliação de

Receitas e Despesas Primá- rias do 1º Bimestre de 2019 indicou a necessidade de contingenciar R$ 29,6 bi- lhões no âmbito do Poder Executivo Federal. “Desta forma, foi editado o Decreto nº 9.741/19, que afetou não somente a Educação, mas todos os ministérios – o da Defesa, por exemplo, teve 52,3% dos recursos para despesas discricionárias bloqueados”, divulgou, em

nota, o órgão.

A AGU argumenta que o bloqueio foi feito em estrito cumprimento da Lei de Res- ponsabilidade Fiscal, que de- termina que o Poder Público deve limitar a movimenta- ção financeira sempre que a arrecadação não for compa- tível com as metas de resul- tado primário ou nominal e avalia que este seria o caso de aplicação da lei.

Reprodução da Internet

seria o caso de aplicação da lei. Reprodução da Internet SUSPEITO Sócio em 40 empresas, Thor
seria o caso de aplicação da lei. Reprodução da Internet SUSPEITO Sócio em 40 empresas, Thor

SUSPEITO

Sócio em 40 empresas, Thor tem patrimônio de R$ 1bi

Aos 27 anos, Thor Batista já faz parte do seleto grupo de bilionários. O filho mais ve- lho do empresário Eike tem sociedade em 40 empresas e capital de mais de R$ 1 bi- lhão. Entre os ramos das em- presas espalhadas pelo país, estão engenharia, telecomu- nicações, adubos, holdings, hotelaria, transporte rodovi- ário de carga e pesquisa. Os dados são públicos.

rodovi- ário de carga e pesquisa. Os dados são públicos. INJUSTO Sob liminar, Waguinho reassume prefeitura
rodovi- ário de carga e pesquisa. Os dados são públicos. INJUSTO Sob liminar, Waguinho reassume prefeitura

INJUSTO

Sob liminar, Waguinho reassume prefeitura

O presidente do Superior

Tribunal Federal (STF), o

ministro Dias Toffoli, aceitou pedido de liminar para que

o prefeito de Belford Roxo,

Wagner dos Santos Carneiro,

o Waguinho (MDB), volte ao

cargo. Ele estava afastado de suas funções no município da Baixada Fluminense desde o último dia 30 de abril, quando foi alvo de uma operação da

Polícia Civil e do MPRJ.

foi alvo de uma operação da Polícia Civil e do MPRJ. INACREDITÁVEL Pedido de revisão de
foi alvo de uma operação da Polícia Civil e do MPRJ. INACREDITÁVEL Pedido de revisão de

INACREDITÁVEL

Pedido de revisão de paternidade é negado a Bruno

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul negou pedido do ex-goleiro Bruno Fernan- des das Dores de Souza, con- denado a 20 anos de prisão pela morte de Eliza Samudio, para revisar o processo sobre a paternidade do menino Bruno Samúdio de Souza. No recurso, Bruno argumenta que reconheceu a paternidade de forma voluntária e não

que reconheceu a paternidade de forma voluntária e não houve exame de DNA. BRASIL TEM BAIXA

houve exame de DNA.

BRASIL TEM BAIXA TAXA DE ESCOLARIZAÇÃO SUPERIOR

BRASIL TEM BAIXA TAXA DE ESCOLARIZAÇÃO SUPERIOR O Mapa do Ensino Superior no Bra- sil, lançado

O Mapa do Ensino Superior no Bra-

sil, lançado hoje (13) pelo Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabeleci- mentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo (Semesp), mostrou uma baixa taxa de escolarização líquida, que estima o percentual de jovens de 18 a 24 anos matriculados no ensino superior em relação ao total da população nessa mesma faixa etária. Em 2017, a taxa ficou em torno de 17,8%. No ano anterior, a taxa era de

18,5%.

O Maranhão teve a menor taxa de es-

colarização líquida do país, com 10,6% dos jovens entre 18 e 24 anos matricu- lados no ensino superior. O Semesp ressalta que, apesar dessa baixa taxa, o número de matrículas no ensino su- perior cresceu em 2017 em relação a 2016, passando de 8,05 milhões para 8,29 milhões, aumento de 3% nas ma- trículas. Esses valores somam matrícula de alu- nos das redes privada e pública e das mo- dalidades presencial e ensino à distância (EAD). A entidade avalia que esse crescimento foi puxado, principalmente, pelo aumen- to do número de matrículas na modali- dade EAD, já que a modalidade presen- cial teve pequena queda de 0,4%.

Ensino a distância Nas matrículas dos cursos a distância,

de 2016 para 2017, o crescimento chegou

a 17,7%, seguindo a tendência de aumen- to registrada nos anos anteriores.

A taxa de evasão dos cursos presen-

ciais chegou a 25,9% em 2017, menor do que a de 2016 (27,2%). Nos cursos a

distância, ela também caiu, passando de 36,1% para 34,3%.

A mobilidade dos alunos para outros

cursos na mesma modalidade ou moda- lidade diferente, que é mensurada pela taxa de migração, teve queda em 2017 em relação ao ano anterior no caso dos cursos presenciais (de 24,7% em 2016 passou para 24,4%). Já nos cursos à dis- tância, essa taxa aumentou de 28,9% em 2016 para 32,1% em 2017.

FIES

Em 2017, 5,7% dos ingressantes do en- sino superior em IES privadas tinham este programa do governo como finan- ciamento estudantil. Esse número caiu 15,6% em relação a 2016, seguindo uma tendência de queda, segundo o sindicato, que vem sendo registrada desde 2015.=

Pessoas com deficiência Pela primeira vez, o Mapa do Ensino Superior trouxe informações sobre a re- presentatividade de pessoas com defici- ência nas matriculas do ensino superior, totalizando quase 40 mil matrículas em 2017: 25,2 mil nas IES privadas (63,2% do total) e 14,7 mil nas públicas (36,8%).

PROCURA POR CARGOS NO EXÉRCITO CRESCE 60,63% EM 2019 De acordo com um exclusivo levantamento

PROCURA POR CARGOS NO EXÉRCITO CRESCE 60,63% EM 2019

De acordo com um exclusivo levantamento feito pelo Gran Cursos Online, empresa especializada na capaci- tação de candidatos para concursos públicos em todo o Brasil, a procura por cargos para servir ao Exército teve em um aumento de 60,63% nos três primeiros me- ses de 2019. Entre os principais motivos para este crescimento no interesse dos brasileiros pela carreira militar, desta- cam-se as inscrições abertas no primeiro trimestre do ano para preencher as vagas abertas para formação de Sargento, Militares Temporários e oportunidades desti- nadas a profissionais da Saúde e Capelania. Além disso, vale lembrar que a carreira nas Forças Armadas atrai, também, pela possibilidade de servir à segurança do País, bem como as altas remunerações e benefícios tais as áreas garantem. Dentro desse crescimento, o levantamento revelou que o Rio de Janeiro é, disparado, o Estado que mais demons- tra interesse na carreira militar com um total de 175.337 interessados. Na sequência, aparecem São Paulo (91.395 interessados) e Minas Gerais (88.415 interessados). Confi- ra, agora, o ranking Top 5 dos Estados mais interessados nas oportunidades das Forças Armadas:

8 sAúde

SEGUNDA- FEIRA

8 s A ú d e SEGUNDA- FEIRA 17 DE JUNHO DE 2019 Jornal Corporativo TOsse

17 DE JUNHO DE 2019

JornalCorporativo

TOsse cOmpRIdA nãO É

ResFRIAdO

V ocê sabia que a tosse comprida possui maior evidência entre

da doença age mais em temperaturas altas. A Coqueluche,

Remédios

naturais

dezembro e março? Isso acontece porque a bactéria causadora

contra

a coqueluche

acontece porque a bactéria causadora contra a coqueluche É importante lembrar que a coqueluche é uma
É importante lembrar que a coqueluche é uma enfermidade séria, que pode resultar em pneumonias
É importante lembrar que a coqueluche é
uma enfermidade séria, que pode resultar em
pneumonias ou em outros problemas da mesma
gravidade. O remédio caseiro, embora seja um
grande parceiro no alívio dos sintomas da doen-
ça ou até mesmo para proteger o organismo de
outras patologias, nunca deve ser usado como
tratamento principal
– serve apenas se usado de
maneira complementar.
– serve apenas se usado de maneira complementar. Xarope com nabo Feito de forma bem simples
– serve apenas se usado de maneira complementar. Xarope com nabo Feito de forma bem simples
Xarope com nabo Feito de forma bem simples e, além da coqueluche, serve também para
Xarope com nabo
Feito de forma bem simples
e, além da coqueluche, serve
também para a bronquite crô-
nica. Corte o nabo em rodelas,
cubra com mel e deixe ao
sereno, durante toda a noite.
Pela manhã, escorra o xarope
e tome duas colheres (sopa),
cinco vezes ao dia.
Chá de jatobá É feito com uma colher de sopa das cascas de jatobá e
Chá de jatobá
É feito com uma colher de
sopa das cascas de jatobá e
meio litro de água. Deixe a água
ferver com as cascas por 15 mi-
nutos. Depois de morno, coe o
chá e beba três xícaras por dia.
A planta medicinal é antibac-
teriana, anti-inflamatória, des-
congestionante, expectorante e
fortificante.
Suco de agrião e mel As folhas e talo de agrião e mel na mesma
Suco de agrião e mel
As folhas e talo de agrião e
mel na mesma quantidade de-
vem ser levado s ao fogo e dei-
xados ferver até que comece a
ganhar uma textura cremosa.
Desligue o fogo e deixe esfriar.
Tome três colheres (sopa)
quatro vezes ao dia.

popularmente conhecida como tosse comprida, é uma doença infecciosa aguda que atinge o sistema respiratório em geral e é altamente contagiosa. É geralmente marcada por uma tosse severa e seca, seguida por uma ingestão aguda de ar que soa como “grito”. Embora sejam muito raros os casos atuais de coqueluche, graças à cobertura vacinal ampla, a doença vem aumentando sua incidência no mundo. Na América Latina, os casos da doença praticamente triplicaram em cinco anos. Mortes associadas à coqueluche são raras, mas podem acontecer principalmente em bebês e crianças. Por isso é muito importante que grávidas e outras pessoas que entrarão em contato com uma criança que está por nascer sejam vacinadas.

Fatores de risco Os principais fatores de risco são o fim da imunidade produzida pela vacina, com o passar dos anos, e o fato de que as crianças não sejam totalmente imunes até que tenham recebido as três doses da vacina.

Sintomas Os sintomas de coqueluche acontecem em três estágios, especialmente em crianças mais novas. Adultos e crianças mais velhas podem não seguir esse padrão de sintomas. No estágio 1, os sintomas são mais parecidos com um resfriado:

Espirros e corrimento nasal, tosse e olhos lacrimejando. Em alguns casos, febre baixa. Esses sintomas podem durar entre vários dias até duas semanas. É nessa fase também que a pessoa está mais suscetível a transmitir a doença. No estágio 2, os sintomas de resfriado tendem a desaparecer, mas a tosse fica pior. Passa de leve e seca para severa e descontrolada. A pessoa pode tossir tanto e tão intensamente a ponto de não conseguir respirar e quando finalmente consegue puxar o ar, soa como um grito agudo. Após uma crise de tosse, você pode vomitar ou se sentir muito cansado. Os sintomas são mais severos no estágio 3 e a pessoa ainda apresenta alguns sintomas, mas se sentirá melhor e recuperado:

A tosse pode ficar mais ruidosas e crises de tosse podem acontecer em epi- sódios isolados durante algumas semanas. Se pega um resfriado ou gripe, os sintomas ficam mais intensos e os episódios de tosses mais frequentes.

Tratamento Crianças geralmente são hospitalizadas durante o tratamento, uma vez que a coqueluche é perigosa
Tratamento
Crianças geralmente são hospitalizadas durante o tratamento, uma vez
que a coqueluche é perigosa nessa idade. Se a criança não consegue
comer ou beber, pode ser neces-
intravenosos, e também pode
tena para prevenir que a
o tratamento para adoles-
ser feito em casa.
Relaxe e mantenha re-
Beba muito líquido
naturais e sopas;
Faça refeições peque-
vômito;
Use um umidificador
quarto para aju-
diluir as se-
ções
sária a administração de fluídos
ser mantido em quaren-
infecção se espalhe. Já
centes e adultos pode
pouso;
como água, sucos
nas para evitar o
de ar no
dar a
cre-
pul-
mo-
na-
res.
Beterraba Corte em rodelas finas, colo- que numa tigela e cubra com açúcar mascavo. Depois
Beterraba
Corte em rodelas finas, colo-
que numa tigela e cubra com
açúcar mascavo. Depois de 12
horas, a mistura vai resultar
em um xarope, que deve ser
tomado três colheres, quatro
vezes ao dia.
Frutas Abacate, maçã e manga po- dem auxiliar na diminuição dos sintomas da enfermidade.
Frutas
Abacate, maçã e manga po-
dem auxiliar na diminuição
dos sintomas da enfermidade.

* Nenhuma das informações desta editoria substituem acompanhamento médico. Faça exames regulares e mantenha uma alimentação balanceada

Complicações possíveis A maioria das pessoas se recupera da coqueluche sem complicações. No en- tanto, elas podem ocorrer principalmente quando a tosse apresenta formas mais graves. Entre as princi- pais complicações estão:

Costelas machucadas ou rachadas; Hérnias abdominais; Vasos sanguíneos da pele ou olhos estourados.