Sei sulla pagina 1di 3

Fatores de textualidade

Texto é um conjunto organizado de palavras onde podemos achar uma relação entre suas partes
dando um significado a ele. Para que este texto faça sentido temos sete fatores:
1 – Coerência:
Coerência é um elemento fundamental de textualidade, responsável pelo sentido do texto, depende
não apenas da lógica interna do texto, como também da compatibilidade entre a rede conceitual
(mundo textual) e o conhecimento de mundo de quem processa o discurso; É a harmonia de sentido
entre os enunciados que constituem o texto.
A coerência ou conectividade conceitual é a relação que se estabelece entre as partes de um
texto, criando uma unidade de sentido.

Coerência Narrativa
Tem uma lógica entre ações e personagens. Cada ação obedece a um tempo que permite conhecer
a ordem dos acontecimentos sem contradições.

Coerência Argumentativa
São dados argumentos ao texto como exemplos, opiniões e dados para validar a conclusão.
Também é preciso obedecer a uma sequência lógica de acontecimentos para sustentar a
argumentação e possibilitar a compreensão da conclusão.
Saiba mais sobre COERÊNCIA

2 – Coesão:
Coesão é a unidade formal do texto, que se dá por mecanismos gramaticais e lexicais. É a ligação
harmônica entre duas partes, utilizada na gramática como forma de obter um texto claro e
compreensível. É importante para a construção da argumentação, sendo realizada com a conexão
entre as partes de um texto, como os pronomes, advérbios, conjunções, etc.
A coesão, ou conectividade sequencial, é a ligação, o nexo que se estabelece entre as partes de
um texto, mesmo que não seja aparente.

Coesão referencial
Cria uma relação ente palavras e expressões dentro de um texto identificando os termos que se
referem.

1
Coesão sequencial
Criar as condições para a progressão textual usando flexões de tempo de modo dos verbos e as
conjunções. Ajuda a coesão sequencial nos textos. Com isto o autor garante a articulação entre as
ideias dando também coerência ao texto.
Pode ser: Adição/inclusão – Além disso; também.
Oposição – Embora; mas; no entanto;
Afirmação/igualdade – Felizmente; infelizmente;
Exclusão – Somente; exceto;
Enumeração – Em primeiro lugar; a princípio…
Explicação – Como se nota; portanto; aliás…
Conclusão – Em suma; por fim; concluindo;
Continuação – Em seguida; por sua vez;
Saiba mais sobre COESÃO

aprenda praticando: Fatores de textualidade Questões de concursos

3 – Intencionalidade:
Empenho do autor em construir um texto coerente, coeso, e que atinja o objetivo que ele tem em
mente. A intencionalidade é a principal ideia a ser passada pelo autor, a principal ideia que o autor
quer transmitir, mais para que isso ocorra, ele tem que ter todo o conhecimento específico sobre o
assunto a ser tratado.

4 – Informatividade:
Todo texto tem um nível de informatividade, mas isso depende de quem lê. A informatividade está
relacionada ao grau de previsibilidade do texto. Quanto mais previsível, menos informativo. Um
leitor que conhece o assunto terá um nível baixo de informatividade, mas para aquela pessoa que
não tem nenhum conhecimento do assunto terá um nível alto de informatividade. Tanto a falta
quanto o excesso de previsibilidade, são prejudiciais à aceitação do texto por parte do leitor. Um
bom índice de informatividade atende à suficiência de dados.
PORTUGUÊS PARA CONCURSOS 2019

5 – Intertextualidade:
Intertextualidade refere-se às diversas maneiras pelas quais a produção e a recepção de um texto
dependem do conhecimento do outros textos anteriormente produzidos. Nesse sentido pode-se
falar em : alusão, epígrafe, paródia, paráfrase, citação, metalinguagem e polifonia;
Saiba mais sobre INTERTEXTUALIDADE

2
6 – Aceitabilidade:
Na aceitabilidade, o leitor necessita um conhecimento prévio para avaliar o texto corretamente,
dessa forma, ficando ao seu critério aceitar ou não a intenção real do autor. Pois
consequentemente, é através de sua interpretação e interação que se pode dar o sentido a leitura,
reconhecendo o que há de implícito ou explícito que contenham no texto. A aceitabilidade é uma
contraparte da intencionalidade, pois ele nos deixa claro que para que se haja a aceitação é
necessário que o autor, o texto e o leitor, estejam em constante interação.

7 – Situacionalidade:
Diz respeito à pertinência e à relevância do texto no contexto. Reúne fatores que tornam o texto
adequado a uma situação atual ou passada. É o conhecimento da situação comunicativa (prova de
vestibular) e às suas regras (domínio da norma culta).
Fontes: Linguagem interação, pedagogia unibr e significados