Sei sulla pagina 1di 10

O que são polímeros?

Material orgânico
A matéria-prima dos plásticos geralmente é o petróleo. Este é formado por uma complexa mistura de compostos. Pelo fato de estes
compostos possuírem diferentes temperaturas de ebulição, é possível separá-los através de um processo conhecido como destilação
ou craqueamento. A classificação dos plasticos podem ser divididas em:
termoplásticos, termofixos, elastômeros
Uma das principais características dos polímeros são:
Mecânicas
Os materiais de construção possuem características próprias no que se refere ao seu comportamento frente aos esforços solicitantes
nas estruturas. Sabe-se que os vergalhões de aço e o concreto são utilizados nos projetos das estruturas em concreto armado para
combaterem principalmente:
Os esforços de tração e compressão, respectivamente
Material artificial que pode ser utilizado em componentes de uma edificação residencial e que possui boas características de
isolamento térmico e acústico:
Polimeros –EPS
Material artificial empregado nas estruturas de diversos tipos de edificações e que possui boas características de resistência tanto à
tração como à compressão:
Aço
Os materiais artificiais e naturais podem ser classificados como:
naturais, artificiais e combinados
O aço apresenta uma alta condutibilidade térmica, o que provoca significativa:
Movimentação da estrutura se comparada à de concreto armado
Em relação à madeira na construção civil, considere as afirmativas abaixo:
I – O teor de umidade tem fator preponderante na resistência da madeira e facilita a impregnação de preservativos.
II – A madeira quando destruída como resíduos de madeira cortada ou serrada, pode ser reconstituída com resinas e colas especais,
sob pressão são chamadas de aglomerados.
III – A madeira é um material heterogêneo e anisótropo. Os processos de transformação da madeira procuram alterar estas
características tornando o material mais homogêneo.
I, II e III
Os polímeros termoplásticos são aplicados em:
Cd’s, garrafas, recipientes para filtros, coberturas translúcidas, divisórias, vitrines

1. As rochas vulcânicas são de textura afanítica, o que significa que possuem cristais de dimensão microscópica, por isso,
indistinguíveis a olho nu (podem existir exceções denominadas fenocristais). A pequena dimensão dos seus cristais deve-se
ao arrefecimento abrupto, que não permite o pleno desenvolvimento cristalino.

Este arrefecimento abrupto ocorre devido à enorme diferença de temperaturas entre o ambiente superficial e o ambiente da intrusão
magmática.
Basalto, andesito, dacito, riolito, traquito e fonolito são exemplos de rochas vulcânicas.Observe a imagem a seguir:
O tipo de rocha que se constitui a partir do processo acima visualizado é:
Ígnea
Tirinha de Calvin e Haroldo sobre as rochas
Fonte: MOREIRA, João Carlos; SENE, Eustáquio de. Geografia para o ensino médio: Geografia Geral e do Brasil. São Paulo:
Scipione, 2002. p. 467.
Sobre as rochas, pode-se afirmar que:

1. ( ) as rochas ígneas ou magmáticas formam-se pelo resfriamento e solidificação do magma.


2. ( ) o arenito, utilizado na correção de acidez do solo, é uma rocha dita metamórfica, pois sua formação está ligada à
ação da temperatura e da pressão em rochas preexistentes.
3. ( ) as rochas sedimentares são formadas pelo acúmulo de sedimentos de outras rochas.
4. ( ) o basalto, utilizado na construção civil, é um exemplo de rocha ígnea extrusiva, formada com o magma das erupções
vulcânicas.

Assinale a alternativa correta:


V,F,V,V
A litosfera, a camada superficial e sólida da Terra, é composta por rochas, que, por sua vez, são formadas pela união natural entre os
diferentes minerais. Assim, em razão do caráter dinâmico da superfície, através de processos como o tectonismo, o intemperismo, a
erosão e muitos outros, existe uma infinidade de tipos de rochas.
Dessa forma, foram elaborados vários tipos de classificação das rochas. A forma mais conhecida concebe-as a partir de sua origem,
isto é, a partir do processo que resultou na formação dos seus diferentes tipos. Nessa divisão, existem três tipos principais: as rochas
ígneas ou magmáticas, as rochas metamórficas e as rochas sedimentares. É correto afirmar que uma rocha vulcânica se solidifica à
superfície é:
Rochas ígneas extrusivas ou vulcânicas: são aquelas que surgem a partir do resfriamento do magma expelido
em forma de lava por vulcões, formando a rocha na superfície e em áreas oceânicas. Como nesse processo a
formação da rocha é rápida, ela apresenta características diferentes das rochas intrusivas. Um exemplo é o
basalto.
Agregados de Construção Civil são materiais com forma e volume aleatórios detentores de dimensões e os quais as propriedades
físicas devem ser analisadas (dureza entre 4,8 a 6,5 da escala Mohs e densidades 2,5 a 3 g/cm 3) e serem adequadas para a
elaboração de concreto e argamassa na construção civil. Têm um custo relativamente reduzido, sendo este um dos motivos para a
sua utilização Considerando a fabricação de agregados para construção civil a partir das rochas abaixo, qual será a mais eficiente?
Basalto
A crosta terrestre é formada por rochas e minerais. Estas últimas podem ser definidas como agrupamentos de minerais que, por sua
vez, são compostos de elementos químicos. Analise as proposições sobre as rochas, assinalando F para Falsa e V para Verdadeira.

( ) As rochas ígneas ou magmáticas formaram-se a partir do resfriamento e solidificação do magma, material em estado de
fusão de que é constituído o manto.
( ) As rochas ígneas foram, originalmente, rochas magmáticas, sedimentares ou metamórficas que, pela ação do calor ou
pela pressão existente no interior da Terra, adquiriram outra estrutura.
( ) As rochas sedimentares derivam de rochas que sofreram a ação de processos erosivos, como atividades realizadas
pela água, pelo vento, por reações químicas e físicas e pela ação dos seres vivos.
( ) A areia, o calcário e o arenito são exemplos de rochas metamórficas.
( ) Originalmente, as rochas metamórficas foram magmáticas, sedimentares ou metamórficas, mas pela ação do calor ou
pela pressão existente no interior da Terra, adquiriram outra estrutura.

Assinale a alternativa CORRETA.


V, F, V, F, V

As rochas, assim como outros componentes do meio natural, são classificadas por meio de critérios específicos,
permitindo agrupá-las segundo características semelhantes. Uma das principais classificações é a genética, em que as
rochas são agrupadas de acordo com o seu modo de formação na natureza. Sob este aspecto, as rochas se dividem em
três grandes grupos:
Ígneas, sedimentares e metamórficas.
O gabro e o granito são exemplos de rochas:
Magmáticas plutônicas.
Quando o agregado é submetido à compressão os grãos podem se fraturar alterando a distribuição granulométrica, este
fenômeno trata-se de:
Resistência ao esmagamento
De acordo com a definição de granulometria, da NBR 7217, pode-se afirmar que:
A composição granulométrica de um agregado é a proporção relativa (em %) dos diferentes tamanhos dos
grãos
Um muro de contenção, também chamado de muro de arrimo, é do tipo gravidade, ou seja, sua estabilidade é proporciona
da pelo peso próprio, e foi construído com concreto massa, que é o tipo de concreto adequado para esta estrutura. Os agr
egados graúdos que compõem um concreto massa são :
Brita 1, brita 2 , brita 3 e brita 4
O concreto pesado é um dos tipos de concreto com a finalidade de impedir vazamento de radioatividade e é utilizado em e
struturas de vasos nucleares e também em salas de Raio X de hospitais, sendo seu peso específico na faixa de 30 a 40 k
N/m3. Para atingir pesos específicos tão elevados utiliza-se a seguinte técnica:
Uso de hematita e barita como agregado
Você deverá elaborar o traço de concreto para execução de uma obra em Curitiba, mas nunca adquiriu pedra britada e
areia anteriormente no local. Com base em informações, você procurou um fornecedor de agregados na região e o mesmo
se prontificou a fornecer os agregados para você produzir o concreto. Face ao exposto qual a principal providência que
você deverá tomar antes de iniciar o cálculo do traço?
Fazer a caracterização dos agregados
A dimensão máxima e módulo de finura de um agregado, cuja composição granulométrica registra 20% de grãos retidos
na # 50mm; 30% na # 25mm e 50% na # 9,5mm, corresponde respectivamente à:
MF=7,7 e DM=64mm
Para a realização do ensaio que determina o índice de forma do agregado graúdo, o equipamento indispensável é o:
paquímetro.
Ao ensaiar-se um agregado miúdo, a divisão por cem do somatório das porcentagens retidas acumuladas nas peneiras da
série normal, constitui importante parâmetro para a utilização do agregado.
o módulo de finura.
Cimento Portland, foi o nome dado em 1824 pelo químico britânico Joseph Aspdin ao descobrir o tipo de pó de cimento, em
homenagem à ilha britânica de Portland. Joseph Aspdin queimou conjuntamente pedras calcárias e argila, transformando-as num pó
fino. Percebeu que obtinha uma mistura que, após secar, tornava-se tão dura quanto as pedras empregadas nas construções. A
mistura não se dissolvia em água e foi patenteada pelo construtor no mesmo ano, com o nome de cimento Portland, que recebeu esse
nome por apresentar cor e propriedades de durabilidade e solidez semelhantes às rochas da ilha britânica de Portland. O cimento
pode ser definido como um pó fino, com propriedades aglomerantes, aglutinantes ou ligantes, que endurece sob a ação de água. Com
a adição de água, se torna uma pasta homogênea, capaz de endurecer e conservar sua estrutura, mesmo em contato novamente com
a água. Na forma de concreto, torna-se uma pedra artificial, que pode ganhar formas e volumes, de acordo com as necessidades de
cada obra. Graças a essas características, o concreto é o segundo material mais consumido pela humanidade, superado apenas pela
água. :
Analise as afirmações sobre o cimento Portland.
Analise as afirmações sobre o cimento Portland.
I.Os cimentos Portland normalizados são designados pela sigla e pela classe de resistência. A sigla corresponde ao prefixo CP
acrescido do algarismo romano, sendo as classes de resistências indicadas pelos números 25, 32 e 40.

II As classes de resistência apontam os valores mínimos de resistência à compressão, expressos em megapascal [MPa] garantidos
pelos fabricantes, após 28 dias de cura.

III. Os cimentos Portland resistentes aos sulfatos são aqueles que têm a propriedade de oferecer resistência aos meios agressivos,
tais como os encontrados nas redes de esgotos de águas servidas ou industriais, na água do mar e em alguns tipos de solos.

IV. O CP V - ARI tem a peculiaridade de atingir altas resistências aos 28 dias da aplicação.

V.CP III - cimento Portland de alto-forno recebe, em sua composição, alta percentagem de materiais pozolânicos.
Está correto o que consta SOMENTE em:
I, II e III
O aglomerante hidráulico obtido pela moagem de clínquer Portland ao qual se adiciona, durante a operação, a quantidade
necessária de uma ou mais formas de sulfato de cálcio e durante a moagem é permitido adicionar a esta mistura materiais
pozolânicos, escórias granuladas de alto-forno e/ou materiais carbonáticos, nos teores especificados na
normaABNTNBR11578: 1991, é denominado:
cimento Portland composto.

O Brasil ocupa a sexta posição na produção mundial de cimento, ficando atrás da China(33,49%), Estados Unidos(5,62%), Índia
(5,60%), Japão (5,13%) e Coréia do Sul(3,54%). A região Sudeste concentra 54% da produção, seguida pelas regiões Nordeste
(19%), Sul (15%), Centro-Oeste (9%) e Norte (3%). Dispõe de um parque industrial de última geração e alto grau de desenvolvimento,
comparável aos principais produtores mundiais.
Na fabricação do cimento Portland, os materiais, antes de serem calcinados, sofrem uma preparação, com a finalidade de facilitar a
homogeneização e de aumentar a superfície específica. O processo a ser empregado pode ser por via seca ou por via úmida. O
processo por via seca, antes da entrada do material no forno, caracteriza-se, nessa ordem, pelas seguintes fases:
secagem, dosagem, moagem e homogeneização.
É muito importante salientar que a finalidade de se adicionar água no cimento, sozinho ou com outros materiais, não é apenas para
facilitar a preparação da mistura (concreto, argamassa, pasta, etc). Sem a presença da água, nada acontece quando se misturam os
materiais. Porém, quando ela é adicionada observa-se que o cimento parece comportar-se como se fosse uma cola. Isto ocorre devido
às substâncias minerais presentes no cimento, que se formaram durante o cozimento do calcário com a argila. Estas substâncias
(silicatos e aluminatos de cálcio) têm a propriedade de se combinar quimicamente com a água, ou seja, reagem com a água. Como
consequência desta reação química (cimento + água) é que o cimento desenvolve suas propriedades, entre elas o fato de endurecer
de tal forma que em poucos dias fica tão duro quanto uma rocha, com a vantagem de ter a forma que se deseja e conserva essas
propriedades mesmo submersas.
Dentre os óxidos que compõe o cimento Portland, o maior responsável pela resistência nas primeiras idades é o:
Silicato tricálcio;.
Exsudação, em engenharia de construção de estruturas de concreto ou similares, de acordo com o Eng. Civil Renato Rodrigues
Avelino, é o termo usado para designar o fenômeno migratório das águas existentes na composição do material aplicado, em seu
processo de cura. Exemplo: a cura do concreto se dá pela lenta (preferencialmente) saída da água existente em sua composição. A
esse processo de saída da água do concreto durante a cura dá-se o nome de exsudação. É o processo inverso da hidratação.

A migração de parte da agua de amassamento para a superfície do concreto é definida como:


Exsudação..
O cimento (derivada do latim cæmentu) é um material cerâmico que, em contato com a água, produz
reação exotérmica de cristalização de produtos hidratados, ganhando assim resistência mecânica. É o principal material de
construção usado como aglomerante. É uma das principais commodities mundiais, servindo até mesmo como indicador
econômico. O cimento Portland combinado com água forma:
Pasta;
O cimento Portland de alto-forno contém adição de escória no teor de 35% a 70% em massa, que lhe confere propriedades como;
baixo calor de hidratação, maior impermeabilidade e durabilidade, sendo recomendado tanto para obras de grande porte e
agressividade (barragens, fundações de máquinas, obras em ambientes agressivos, tubos e canaletas para condução de líquidos
agressivos, esgotos e efluentes industriais, concretos com agregados reativos, obras submersas, pavimentação de estradas, pistas de
aeroportos, etc) como também para aplicação geral em argamassas de assentamento e revestimento, estruturas de concreto simples,
armado ou protendido, etc. A norma brasileira que trata deste tipo de cimento é a NBR 5735.
Em uma obra, estão estocados sacos de cimento com identificação CPIII. Por tal identificação, verifica-se que se trata de cimento
Portland:
escória de alto forno;
O cimento necessita de água para formar um processo cristalino que conduz a sua solidificação, principal característica reológica.
Usa-se o termo “hidratação’ para designar as reações deste processo. Porém, os compostos que formam o cimento (aluminatos e
silicatos na maioria) não reagem com a mesma velocidade, ou melhor, não se hidratam ao mesmo tempo. O tempo de pega se
relaciona diretamente com o tempo necessário para que os cristais de gipsita estejam presentes em número suficiente, capazes de
suportar tensões. O tempo de início de pega, determinado segundo a norma brasileira NBR 12128, é o tempo decorrido a partir do
momento que o gesso tomou contato com a água até o instante em que a agulha do aparelho de VICAT não mais penetra até o fundo,
estacionando a 4,0 mm do fundo. O tempo de fim de pega é o tempo decorrido a partir do momento que o gesso entra em contato
com a água até o instante que a agulha do aparelho de VICAT não mais deixa impressão na superfície.
A sonda Tetmajer e a agulha Vicat servem para determinar respectivamente:
Consistência e fim de pega;
Barras de aço são:
são os produtos de Bitola 5 ou superior, obtidos por laminação a quente.
Uma viga de um edifício apresenta armadura longitudinal composta por barras retas de 8600mm de comprimento cada e
Bitola 10mm, sendo 9 barras no total. O peso da armadura de tração, sabendo-se que o peso metro linear é de 0,63Kgf/m,
corresponde à:
48,76 kgf
Uma barra de aço com diâmetro equivalente de 25mm utilizada como armadura em concreto armado foi submetida a um ensaio de
tração para determinar sua tensão mínima de escoamento. Sabendo-se que a barra começou a escoar com uma carga de 14,18 tf.
Assim sendo o aço deve ser enquadrado na Categoria:
CA-25
Uma carreta tem capacidade para transportar até 50 tf e você vai utilizá-la para o transporte de barras de aço corrugado com 12m de
comprimento cada barra. Sabe-se que o diâmetro de cada barra é 25mm com 4kgf/m. Portanto o peso de cada barra é:
48 Kgf
Uma barra de aço com 8m de comprimento sofreu uma variação de temperatura (aquecimento) de 32ºC para 80°C. O acréscimo de
comprimento da barra é:
4,61mm
No ensaio de tração de uma barra de aço de construção civil observou-se um trecho linear do diagrama tensão x deformação
específica, seguindo a Lei de Hooke e, posteriormente, um patamar elasto-plástico seguido de um aumento da tensão. Pode-se
afirmar que o aço ensaiado é:
Laminado a quente
Um aço de construção civil do tipo CA-50 apresenta tensão de tração de início de escoamento de 52 Kgf/mm 2. Sendo o módulo de
eslasticidade do aço E = 2.100.000 Kgf/cm2 pode-se afirmar que o alongamento ou deformação específica foi de:
2,48 x 10 -3
Uma barra de aço com 10m de comprimento apresentou tensão de início de escoamento de 2620 Kgf/cm 2. Sendo o módulo de
elasticidade do aço E = 2.050.000 Kgf/cm2 pode-se afirmar que o acréscimo de comprimento da barra no início do escoamento foi de:
12,8 mm
No ensaio de classificação de uma barra de aço verificou-se que a tensão de início de escoamento foi f y = 2600 Kgf/cm2. Para que o
aço seja classificado como CA-25 é necessário que a tensão máxima atingida no ensaio fstseja de, no mínimo:
3120 Kgf/cm 2
Uma barra de aço com área da seção transversal de 5 cm2 apresenta diâmetro equivalente de:
2,52 cm

Eucalípitos e pinheiros, podem ser utizados enquanto estrutura das construções leves e semi pesadas,principalmente quando
beneficiadas por métodos de tratamento. O melhor e mais utilizado método, seria :
beneficiamento por meio de autoclaves de tratamento.

Em relação à madeira na construção civil, considere as afirmativas abaixo:


I – O teor de umidade tem fator preponderante na resistência da madeira e facilita a impregnação de preservativos.
II – A madeira quando destruída como resíduos de madeira cortada ou serrada, pode ser reconstituída com resinas e colas especais,
sob pressão são chamadas de aglomerados.
III – A madeira é um material heterogêneo e anisótropo. Os processos de transformação da madeira procuram alterar estas
características tornando o material mais homogêneo.
É correto o que se afirma em:
I, II e III.

Um telhado é composto por praticamente três itens: estrutura, cobertura e calha. A estrutura é o conjunto de elementos que irá
suportar a cobertura que, por sua vez, compõe o sistema de captação de águas. A estrutura poderá ser construída por:
Madeiras tratadas em autoclave, madeiras coladas laminadas estruturais, madeiras certificadas.

Com relação a madeiras utilizadas na construção civil, identifique as afirmativas a seguir como verdadeiras (V) ou falsas (F):
( ) CCA, CCB e pentaclorofenol são exemplos de produtos utilizados no tratamento de madeiras.
( ) O processo de tratamento de madeiras mais eficiente é por imersão.
( ) As madeiras em geral apresentam resistência à tração maior que a de concretos.
( ) A umidade de equilíbrio das madeiras é próxima de 1/5 da umidade relativa do ar do ambiente.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo.
V – F – V – V.

São vantagens de madeiras como materiais de construção:


Alta resistência mecânica (tração e compressão), Baixa massa específica, Baixa condutibilidade térmica

Qual parte da árvore é tida como morta portanto não apresenta interesse como material de construção, com exceção de alguns casos
onde é aproveitada como material de acabamento e termo acústica?
Casca;

Peças de madeira serrada na forma de vigas, caibros, pranchas e tábuas utilizadas em estruturas de cobertura, onde tradicionalmente
era empregada a madeira de peroba-rosa (Aspidosperma polyneuron),são classificadas como:
Construção civil pesada interna;

Peças de madeira serrada na forma de tábuas e pontaletes empregados em usos temporários (andaimes, escoramento e fôrmas para
concreto) e as ripas e caibros utilizadas em partes secundárias de estruturas de cobertura, na qual a madeira de pinho-do-paraná
(Araucária) foi a mais utilizada, durante décadas, neste grupo. Essas informações se refere a que grupo:
Construção civil leve externa e leve interna estrutural.
 A perda de volume provocada pela redução da umidade da madeira.
 É variável conforme o sentido das fibras.
 Para amenizar os efeitos negativos, recomenda-se: secagem adequada, impermeabilização superficial e pintura ou
envernizamento

Estamos falando de que propriedade fisica da madeira?


Retratilidade;

Esforço de compressão no sentido normal às fibras, após a fase das deformações elásticas, a madeira pode sofrer esmagamento,
ocorre coesão:
coesão transversal;
Chapas confeccionadas com fibras lignocelulósicas ligadas por adesivos sob determinadas condições de pressão e temperatura;
•Satisfatório desempenho à flexão, homogeneidade, estabilidade dimensional, trabalhabilidade;
•Aceita todo o tipo de acabamento;
Utilizado como integrante de divisórias, forros e outros componentes da edificação.
Estamos falando de que tipo de madeira?
MDF (Média Densidade de Fibras);
A cerâmica é uma pedra artificial obtida pela moldagem de massas a base de argila, secagem lenta (retirada de grande parte da água)
e cozedura (em temperaturas elevadas). São produzidos diversos materiais de construção de cerâmica: tijolo maciço de barro cozido
(tijolo comum ou tijolinho); bloco cerâmico (tijolo baiano); telha cerâmica; telhas e tijolos aparentes; tijoleiras e ladrilhos; materiais de
grés cerâmico; materiais de louça branca. Qual alternativa apresenta as características do bloco cerâmico (tijolo baiano):
Componente de alvenaria que possui furos prismáticos e/ou cilíndricos perpendiculares às faces que os contém. É
fabricado basicamente com argila, conformado por extrusão e queimado a uma temperatura que permita ao produto final
atender às condições determinadas na NBR 7171.
As telhas cerâmicas tem fabricação semelhante aos dos tijolos comuns. O barro deve ser mais fino e homogêneo, nem muito gordo
nem muito magro, a fim de ser impermeável sem grande deformação no cozimento e a secagem deve ser mais lenta. As telhas se
subdividem em dois tipos: as de encaixe (francesa, romana e termoplan) e as de capa e canal (colonial, paulista e plan). Qual
alternativa apresenta a inclinação e a declividade corretas das telhas:
Francesa: 18° ≤ i ≤ 22°; 32% ≤ d ≤ 40%.
Os materiais de grês cerâmico são compostos de argila e outras matérias-primas inorgânicas, geralmente utilizadas para revestir pisos
e paredes, sendo conformadas por extrusão ou por prensagem, podendo também ser conformadas por outros processos. As placas
são então secadas e queimadas à temperatura de sinterização. Podem ser esmaltadas ou não. Dentre suas características, são
classificados quanto ao desgaste por abrasão, nas classes: PEI-0, PEI-1, PEI-2, PEI-3, PEI-4, PEI-5. Das alternativas abaixo, qual uso
corresponde ao desgaste por abrasão classe PEI-4:
Áreas internas de uso comercial;
Obtido da sílica, cal, soda e outros óxidos, o vidro, dentre algumas características como propriedades físicas e térmicas, esforços
solicitantes, é classificado quanto ao tipo, quanto à transparência, quanto ao acabamento das superfícies e quanto à colocação. Qual
alternativa apresenta as características do vidro quanto ao acabamento das superfícies:
Chapa de vidro liso, chapa de vidro float , chapa de vidro impresso, chapa de vidro fosco, chapa de vidro espelhado,
chapa de vidro gravado e chapa de vidro esmaltado.
Os quatro tipos de blocos industrialmente produzidos mais utilizados na execução de alvenarias são:
blocos de concreto, cerâmicos, de concreto celular e sílico calcáreos.
O que significa o número da Classe do bloco cerâmico?
É a classificação da resistência a compressão.
Combine a coluna de matéria-prima (A) com a coluna de produtos (B):
Coluna A Coluna B
a) ( ) Argilas refratárias, caulim. 1. Louça doméstica
b) ( ) Nitreto cúbico de boro. 2. Ferramentas de corte.
c) ( ) Quartzito. 3. Tijolos ou peças refratárias de uso geral.
d) ( ) Argila, caulim, quartzo e feldspato. 4. Cerâmica artística.
e) ( ) Argila. . 5. Vasos.
6. Sanitários.
Responda qual alternatica está correta respectivamente?
a) 3 b) 2 c) 6 d) 1 e) 4.
São blocos de argila comum, moldados, extrudados ou prensados com arestas vivas e retilíneas e queimados em temperaturas em
torno de:
2000 0C
Sobre tijolos maciços cerâmicos, sua resistência à compressão deve ser testada segundo encaminhamento prescrito pela NBR 6460 “
Tijolo maciço cerâmico para alvenaria – Verificação da resistência à compressão”, a categoria C deve atender resistência mínima de
compressão de:
4,0 MPa.
Tipologia As dimensões nominais são recomendadas pela NBR 8042 “Bloco Cerâmico Vazado para Alvenaria – Formas e Dimensões”.
Blocos tipo comum 10cm de lagura, 20cm de altura e 20cm de comprimento é preciso de:

25 blocos por m 2.

A telha comercialmente conhecida como francesa é classificada como:


Plana de encaixe.
O PVC contém, em peso, 57% de cloro (devido ao cloreto de sódio – sal de cozinha) e 43% de eteno (derivado do petróleo). Essa
composição faz do PVC:
Único material plástico que não é 100% originário do petróleo
A maioria dos produtos de PVC (perfis de janelas, tubos de distribuição de água e de saneamento, revestimento de cabos, entre
outros) tem uma vida útil muito longa. Na construção civil é cerca de:
Superior a 50 anos
Uma das principais características dos polímeros são:
Mecânicas.
São também chamados de plásticos, e são os mais encontrados no mercado. Pode ser fundido diversas vezes, alguns podem até
dissolver-se em vários solventes. Logo, sua reciclagem é possível, característica bastante desejável. Estamos nos referindo aos:
Termoplásticos.
Os polímeros termoplásticos são aplicados em:
Cd’s, garrafas, recipientes para filtros, coberturas translúcidas, divisórias, vitrines.
As aplicações do Poliuretano são:
Esquadrias, chapas, revestimentos, molduras, filmes, isolamento térmico, polias e correias.
O processo de obtenção das resinas de PVC é o responsável por suas características únicas de processo. Enquanto que a maioria
dos polímeros são obtidos por processos diversos de polimerização e fornecidos ao mercado consumidor na forma de grânulos
regulares prontos para o processamento (geralmente aditivadas em alguma etapa de seu processo de produção), as resinas de PVC
são comercializadas usualmente na forma de um pó branco e fino, ao qual deverão ser adicionados aditivos que tornam o PVC
processável, além de conferir-lhe características especificas. Dessa forma podemos dizer sobre as características do PVC:
Leve, resistente a ação de fungos, bactérias, isolante térmico, impermeáveis a gases e líquidos
O processo de fabricação dos plasticos consiste na sequencia de:
extração da matéria-prima (básico), transformação matéria-prima (intermediária), transformação em monomeros e
copolímeros.
Os plásticos são correntemente divididos em tres tipos principais:
1. Termoplásticos: são aqueles que amolecem quando aquecidos, sendo então moldados e posteriormente
resfriados.
2. Termofixos: nestes, o processo de moldagem resulta da reação química irreversível entre as moléculas do
material, tornando-se duro e quebradiço, não podendo ser moldado outra vez.
3. Elastômeros: são um grupo à parte, assim chamados por apresentarem grande elasticidade, sendo, também,
denominados borracha sintética.

As principais vantagens dos plásticos são:


1. Pequeno peso especifico
2. Isolantes elétricos
3. Possibilidade de coloração como parte integrante do material
4. Baixo custo
5. Imunes a corrosão

Os polímeros são materiais compostos de origem natural ou sintética de grande massa molecular, formados pela repetição de um
grande número de unidades estruturais básicas.
São classificados em termoplásticos, termofixos e elastômeros. Das apresentações a seguir, qual(is) descreve(m) corretamente os
polímeros:
I - Termoplásticos: amolecem quando aquecidos, sendo então moldados e posteriormente resfriados, não perdendo suas propriedades
neste processo (podem ser novamente amolecidos e moldados).
II - Termofixos: resultantes de reações químicas irreversíveis no processo de moldagem, tornam-se duros e quebradiços não podendo
ser moldados novamente.
III - Elastômeros: apresentam baixa elasticidade (também denominados borracha sintética).
I e II.
Pau-a-pique, também conhecida como taipa de mão, taipa de sopapo ou taipa de sebe, é uma técnica construtiva antiga que consiste
na utilização de quais materiais:
Madeiras, bambus, cipós, barro.
As construções que se utilizam da terra como material principal são:
Adobe, taipa de pilão, taipa armada.
Dado a construção de um muro de divisa entre lotes, executada por meio da técnica da taipa apiloada. A composição dos materiais a
serem especificados, deve ser:
11 partes de argila arenosa + 1 parte de cimento + 50% água no fator água/cimento.
O solo-cimento é uma mistura íntima e bem proporcionada de solo com aglomerante hidráulico artificial denominado cimento Portland,
de tal modo que haja uma estabilização daquele por este, melhorando as propriedades da mistura. Vários fatores podem influir nas
características do produto final, e entre eles podemos citar:
Dosagem do cimento, natureza do solo, teor de umidade e compactação ou prensagem.
Dos resíduos industriais e agrícolas usados na construção civil, podemos classificá-los em: resíduos e subprodutos de mineração;
resíduos e subprodutos metalúrgicos/ siderúrgicos; resíduos e subprodutos de outros setores industriais; resíduos e subprodutos
agrícolas e florestais; resíduos municipais e urbanos. Qual alternativa apresenta os resíduos e subprodutos metalúrgicos/
siderúrgicos:
Escórias ferrosas e escórias de não ferrosos.
Dos materiais reciclados usados na construção civil, podemos classificá-los em: produtos reciclados provenientes da fração cerâmica
dos resíduos de construção civil; produtos reciclados provenientes de resíduos poliméricos; produtos reciclados provenientes de
resíduos de pneus; produtos reciclados provenientes de resíduos de madeira. Qual alternativa apresenta os produtos reciclados
provenientes da fração cerâmica dos resíduos de construção civil :
Agregados reciclados; blocos de concreto para vedação; argamassa para assentamento e revestimento de alvenaria.
O principal material empregado para a construção é o mármore branco trazido em carros puxados por bois, búfalos, elefantes e
camelos desde as pedreiras de Makrana, no Rajastão, situadas a mais de 300 km de distância.
O segundo material mais utilizado é a pedra arenisca rochosa, empregada na construção da maioria dos palácios e fortes
muçulmanos anteriores à era de Shah Jahan. Este material foi utilizado em combinação com o mármore negro, nas muralhas, no
acesso principal, na mesquita e no jawab.
O edificio possui ainda outros materiais trazidos de toda a Ásia. Mais 1.000 elefantes transportaram materiais de construção dos
confins do continente. O jaspe foi importado do Punjab, e o cristal e o jade, da China.
Do Tibete trouxeram-se turquesas e do Afeganistão o lápis-lazúli, enquanto as safiras provinham de Ceilão e os quartzos da Península
arábica. No total utilizaram-se 28 tipos de gemas e pedras semipreciosas para fazer as incrustações no mármore.
O edificio acima trata-se:
Taj Mahal
Material artificial empregado nas estruturas de diversos tipos de edificações e que possui boas características de resistência tanto à
tração como à compressão:
Aço.
Material que tem como vantagens:
 Baixo consumo de energia na produção comparado a outros materiais como aço e concreto, resultando em baixo custo de pr
odução.
 Ciclo de crescimento curto, com ganho de produtividade.
 Peso específico baixo e, consequentemente, redução no manuseio e transporte.
 Forma tubular acabada, estruturalmente estável para várias aplicações.
 Possui boa resistência mecânica quando submetido a estruturas adequadamente dimensionadas.
 Ótimo aproveitamento, gerando poucos resíduos (biodegradáveis).
 Possibilidade de se curvar o caule.
 Superfície lisa e coloração atrativa.
 Dentro das expectativas normais de durabilidade de materiais convencionais e de acordo com as condições ambientais onde
é utilizado

Refere-se a qual material nao convencional na construção civil:


Bambu.
Não é uma tecnologias de construção com terra crua.
Reforço interno de painéis revestidos com argamassa leve a base de cimento, cal e resíduos.