Sei sulla pagina 1di 5

Diodo Zener – Prof.

Leandro Baran

O zener é um diodo especial que tem como principal aplicação o trabalho como
regulador de tensão na carga, mantendo-a constante. O diodo zener é projetado para
trabalhar na região de ruptura, sendo também chamado de diodo de ruptura. Isso é
possível porque no seu processo de fabricação ele é dopado com uma grande carga
de portadores minoritários.

A figura 1 apresenta a simbologia e polaridade dos terminais em um zener.

Anodo(+)

Catodo (-)

Figura 1: Símbolo do diodo zener

Na figura 2, é apresentado o gráfico que relaciona a corrente e a tensão para o diodo


zener, ou seja, o funcionamento do diodo zener.

Figura 2: Curva de funcionamento do diodo zener

O diodo zener quando polarizado diretamente funciona como um diodo comum, porém
quando polarizado reversamente difere do diodo convencional, suportando a condução
de corrente em tensões reversas próximas à tensão de ruptura, estabilizando uma
tensão estável (tensão de ruptura), independente da corrente que o atravessa. No
circuito ele está em série com um resistor limitador de corrente e sua polarização
normalmente é reversa.

Na polarização reversa o zener inicia a condução de corrente a partir do valor de


tensão zener, que é especificado de acordo com o tipo do diodo. Pela figura 2,
é possível observar que a corrente sobre ele aumenta rapidamente, enquanto a
tensão permanece aproximadamente constante e igual à tensão zener.
IZmin é a corrente mínima que deve passar pelo diodo para se obter o efeito zener. IZmax
é a máxima corrente suportada por ele. Acima desta corrente o componente é
destruído. VZ é tensão de zener. Estes diodos podem ser produzidos com tensão
zener (VZ) de 2V até centenas de volts.

Potência Zener

A potência do diodo zener é definida por:

PZ = VZ x IZ;

Os fabricantes espeficicam uma potência máxima permitida (P Zmáx), a qual não deve
ser ultrapassada para não danificar o coomponente. Através dessa potência é possível
estabelecer a corrente máxima (IZmáx) permitida durante a operação.

Reguladores de Tensão (Vi e RL Fixos)

A análise de circuitos empregando diodos zener é semelhante à aplicada aos diodos


semicondutores, tendo início pela determinação do estado do diodo, em seguida a
substituição pelo modelo apropriado (2ª aproximação) e a determinação das variáveis
restantes do circuito.

Um circuito típico com aplicação do diodo zener é apresentado na figura 3:

Figura 3 Figura 4

1º passo: remover zener do circuito e calcular a tensão através do circuito aberto


resultante figura 4.

V = VL = (RL*Vi)/(RL+R)

Assim se V > VZ Zener estará ligado. Se V < VZ Zener estará desligado.

2º passo: substituir o circuito equivalente apropriado e resolver variáveis desejadas.

Para a figura 5 consideramos que o diodo está ligado.

Corrente IR = IZ + IL

Potência Zener PZ = VZ * IZ

Figura 5
Reguladores de Tensão (Vi Fixo, RL Variável)

A figura 6 apresenta outro tipo de circuito, no qual RL poderá assumir valores dentro de
uma faixa a qual permite o estado ligado do zener em função da Tensão Zener (VZ).

RL mínimo RLmin = (R*VZ)/(Vi- VZ)

IL máxima ILmax = VZ / RLmin

IL mínimo ILmin = IR – Izmax

RL máximo RLmax = VZ/ ILmin


Figura 6

Reguladores de Tensão (Vi Váriavel, RL Fixo)

A figura 7 apresenta outro tipo de circuito, no qual Vi devrá ser suficientemente grande
para ligar o diodo zener, porém sem danificá-lo.

Vi mínimo Vimin = (RL + R)*VZ/RL

IR máxima IRmax = IZM + IL

Vi máximo Vimax = (IRmax * R) + VZ

Figura 7

Exercícios:

1) Para o circuito abaixo, calcular VL, VR, IZ e PZ.

2) Repetir cálculos com RL(3kΩ).


3) Para o circuito abaixo, determinar faixa de valores de RL e IL que manterá VRL
em 10V. Determinar potência nominal máxima do diodo.

4) Determine a faixa de valores de Vi que manterão o diodo zener ligado no


circuito abaixo:

5) a) determine VL, IZ, IL, e IR para circuito abaixo se RL (180Ω).


b) repetir letra (a) para RL (470Ω).
c) determinar as condições de RL para estabelecer a máxima potência do
zener.
d) determinar o valor mínimo de RL para que o diodo esteja ligado.
6) Determinar RS e VZ do circuito abaixo para manter VL em 12V para uma
variação de carga (IL) de 0 a 200mA. Determinar potência máxima do zener.

7) No circuito abaixo determinar faixa de Vi que manterá VL em 8V e não


excederá a potência nominal do zener.

8) Projetar um regulador de tensão para uma saída de 20V, utilizando uma carga
de 1kΩ, com uma entrada (Vi) de 30 a 50V. Ou seja, determinar R S e corrente
máxima IZM.

Referências

Robert Boylestad; Louis Nashelky. Dispositivos Eletrônicos e Teoria de Circuitos.


Terceira edição Prentice/Hall do Brasil.

Albert Paul Malvino. Eletrônica. Vol. 1; 1986; MAKRON Books do Brasil