Sei sulla pagina 1di 3

www.google.com.br/search?

q=Transtorno+de+ansiedade

Transtorno de ansiedade
Também chamada de: Perturbação de ansiedade

Distúrbio de saúde mental caracterizado por sentimentos de


preocupação, ansiedade ou medo que são fortes o bastante para
interferir nas atividades diárias

Muito comum
Mais de 2 milhões casos por ano (Brasil)

O tratamento é feito com auxílio médico

Geralmente diagnosticável pela própria pessoa

Não requer exames laboratoriais ou de imagem

Exemplos de transtornos de ansiedade incluem ataques de pânico,


transtorno obsessivo-compulsivo e transtorno de estresse pós-traumático.
Os sintomas incluem estresse desproporcional ao impacto do evento,
incapacidade de superar uma preocupação e inquietação.
O tratamento inclui terapia ou medicamentos, incluindo antidepressivos.

Idades afetadas
0-2
6-13
14-18
19-40
41-60
60+

Sintomas

Geralmente diagnosticável pela própria pessoa


Os sintomas incluem estresse desproporcional ao impacto do evento,
incapacidade de superar uma preocupação e inquietação.

As pessoas podem ter:


No corpo: fadiga, inquietação ou suor
No sono: insônia ou pesadelos
No comportamento: hipervigilância ou irritabilidade
Na cognição: pensamento acelerado ou pensamentos indesejados
No humor: ansiedade ou ataque de pânico
No sistema respiratório: falta de ar ou respiração rápida
Também é comum: preocupação excessiva, boca seca, falta de
concentração, medo, náusea, palpitações, sentimento de tragédia
iminente ou tremedeira

11 de setembro de 2017 Página 3 de 3


www.google.com.br/search?q=Transtorno+de+ansiedade

Tratamentos

O tratamento é feito por meio de terapia


O tratamento inclui terapia ou medicamentos, incluindo antidepressivos.

Como você pode se cuidar


Evitar o consumo de álcool: Pode ser prejudicial e agravar determinadas
condições.
Reduzir o consumo de cafeína: Reduz o risco de agravar determinadas
condições.
Exercício físico: Fazer uma atividade aeróbica por 20-30 minutos, cinco dias por
semana, melhora a condição cardiovascular. Em caso de lesão, praticar uma
atividade que evite usar o grupo muscular ou articulação lesionados pode ajudar a
manter a disposição física durante a recuperação.
Gerenciamento de estresse: Buscar uma atividade agradável ou verbalizar uma
frustração para reduzir o estresse e melhorar a saúde mental.
Cessação tabágica: Parar de fumar tabaco.
Técnicas de relaxamento: Respiração profunda, meditação, ioga, exercícios
aeróbicos e outras atividades que reduzem os sintomas de estresse.
Alimentação saudável: Uma dieta que fornece os nutrientes essenciais e as
quantidades adequadas de calorias, evitando o excesso de açúcar, carboidratos e
alimentos gordurosos.

Tratamentos
Grupo de apoio: Um fórum para terapia e troca de experiências entre pessoas
com uma condição ou objetivo similar, como depressão ou perda de peso.
Terapia cognitivo-comportamental: Psicoterapia que tem como foco a
modificação de comportamentos, respostas emocionais e pensamentos negativos
associados a um distúrbio psicológico.
Meditação: Melhora a saúde mental e ajuda a relaxar.
Psicoterapia: Tratamento de distúrbios mentais ou comportamentais por meio de
psicoterapia.
Dessensibilização sistemática: Tratamento psicológico que ajuda as pessoas a
superarem medos, expondo-as gradualmente a eles.

Medicamentos
Inibidor seletivo de recaptação de serotonina (ISRS): Alivia sintomas de
depressão e ansiedade.
Ansiolítico: Alivia a ansiedade e a tensão. Pode causar sono.
Antidepressivo: Previne ou alivia a depressão e regula o humor.
Sedativo: Provoca sonolência, calma e sentidos entorpecidos. Alguns tipos
podem viciar.
Tratamento para dor neuropática: Bloqueia a dor causada por nervos
danificados.

Especialistas
Psicólogo clínico: Trata transtornos mentais, principalmente com psicoterapia.
Psiquiatra: Trata transtornos mentais, principalmente com medicamentos.
Clínico geral: Previne, diagnostica e trata doenças.

Consulte um médico para receber orientação

Observação: as informações exibidas descrevem o que geralmente acontece com uma


condição clínica, mas não se aplicam a todas as pessoas. Essas informações não são uma

11 de setembro de 2017 Página 3 de 3


www.google.com.br/search?q=Transtorno+de+ansiedade

consulta médica. Portanto, entre em contato com um profissional da área de saúde se você
apresentar um problema médico. Se você acredita ter uma emergência médica, ligue para
seu médico ou para um número de emergência imediatamente.
Fontes: Hospital Israelita A. Einstein e outros. Saiba mais

11 de setembro de 2017 Página 3 de 3