Sei sulla pagina 1di 7

0

DOENÇAS HIPOCINÉTICAS

HELFAS SAMUEL-Licenciado em ensino basico com habilitacoes em supervisao e


inpecao escolar-Universidade Pedagogica-Gaza (Contactos: 842849771/863498270)
email: helfas16cumbane@gmail.com, facebbock: Helfas Samuel.

/Educação Física/

Índice

0.INTRODUÇÃO ....................................................................................................................... 1

0.1.Objectivos ......................................................................................................................... 1

0.1.1.Objectivo geral .............................................................................................................. 1

0.1.2.Objectivos específicos ............................................................................................... 1

0.2.Metodologia ...................................................................................................................... 1

1.DESENVOLVIMENTO.......................................................................................................... 2

1.1.Surgimento das doenças hipocinéticas ............................................................................. 2

1.2.O QUE SÃO DOENÇAS DOENÇAS HIPOCINÉTICAS ............................................. 2

1.2.1.Principais doenças hipocinéticas ............................................................................... 2

1.3.CAUSA DE DOENÇAS HIPOCINÉTICAS ................................................................... 3

1.4.Sintomas de doenças hipocinéticas .................................................................................. 3

1.5.Tratamento das doenças hipocinéticas ............................................................................. 4

1.6.Prevenção das actividades hipocinéticas .......................................................................... 4

2.CONCLUSÃO ......................................................................................................................... 6
1

3 REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS .................................................................................... 6

0.INTRODUÇÃO

O presente trabalho tem como tema “Doenças Hipocinéticas” neste tema vamos procurar se
informar sobre o que são, quais são essas, como surgira, quais os seus sintomas, causas,
tratamentos dessas doenças hipocinéticas.

O trabalho está organizado em quatro partes, nomeadamente a introdução, onde de forma


objectiva apresentaremos o que pretendemos abordar, a parte de apresentação, a conclusão,
onde de forma mais sintética traremos o inessencial para este processo e referências
bibliográficas, para alistamento das obras usadas na produção do trabalho.

0.1.Objectivos

0.1.1.Objectivo geral

 Compreender doenças hipocinéticas

0.1.2.Objectivos específicos

 Definir doenças hipocinéticas;

 Identificar doenças hipocinéticas;

 Caracterizar em todos aspectos doenças hipocinéticas

0.2.Metodologia

Para a elaboração do presente trabalho para além dos conhecimentos práticos que possuímos, a
uma busca na internet, em alguns sites, discutimos e fizemos o resumo deste trabalho.
2

1.DESENVOLVIMENTO

1.1.Surgimento das doenças hipocinéticas

As doenças denominadas hipocinéticas ou doenças do homem actual surgem por insuficiência


ou ausência de actividades físicas (quando o homem não faz nenhuma actividade física, nenhum
exercício físico, não corre, não joga, esta sempre no quarto na televisão). Estas doenças
hipocinéticas nos amostram a realidade dos tempos modernos (a realidade daquilo que esta
acontecendo na nossa geração), onde as actividades físicas foram afastadas a um segundo plano
ou mesmo ao esquecimento,

As actividades físicas para a nossa geração não são valorizadas, porque:

 É fácil alguém deixar de ir fazer educação física, jogar, correr, carregar ferros so porque
quer ver novela, quer ir no mercado beber, quer ir namorar, porque ela não pode sujar;

 Ainda estas pessoas dizem nos não andamos muitos, mesmo uma distancia de 1KM a pessoa
quer subir chapa;

1.2.O QUE SÃO DOENÇAS DOENÇAS HIPOCINÉTICAS

As doenças hipocinéticas são doenças ocasionadas pela ausência ou insuficiência, falta de


exercícios físicos, ou pela má alimentação e pelo uso de bebidas ou cigarro.

1.2.1.Principais doenças hipocinéticas

 Obesidade;

 Diabetes;

 Colesterol;
3

 Depressão;

 Hipertensão;

 Doenças cardíacas;

 Stress;

 Síndrome do pânico.

1.3.CAUSA DE DOENÇAS HIPOCINÉTICAS

Aqui percebemos que:

 Se alguém se alimentar-se mal, não variar correctamente os alimentos corre risco;

 Se alguém abusar bebidas alcoólicas e cigarros também corre risco

 Se alguém estar sempre sentado, ser preguiçosa ao andar, se movimentar corre risco

 Se alguém desprezar educação física, faltar, não querer jogar, não aceitar correr corre risco;

 A seguir algumas doenças hipocinéticas muito famosas.

1.4.Sintomas de doenças hipocinéticas

Algumas dessas doenças são assintomáticas, ou seja, não apresentam sintomas imediatos e
podem permanecer anos a fio destruindo o organismo sem que a pessoa se dê conta do que está
ocorrendo. Existem doenças que somente são diagnosticadas quando já estão em um estado
bastante avançado.

A diabetes mellitus tipo 2 e a hipertensão são exemplos típicos de que a ausência de sintomas
faz com que a pessoa conviva anos com a doença, sem se dar conta da gravidade da situação.
Os sintomas mais comuns e perceptíveis são os seguintes: cansaço físico e mental, fraqueza
muscular, irritabilidade, obesidade e o estresse.
4

1.5.Tratamento das doenças hipocinéticas

Tendo como causa principal a falta de exercícios físicos, o tratamento consiste em, ter em mente
que o movimento é sinónimo de vida saudável. A partir de então, basta iniciar uma rotina de
exercícios leves e contínuos, adquirir o hábito de praticar actividades físicas, pode se tornar
algo prazeroso e que certamente irá trazer vários benefícios para à saúde física e mental. Além
da prática esportiva, é recomendada uma dieta balanceada com a ingestão de todos os nutrientes
e vitaminas necessárias para o revigoramento do corpo.

O contacto directo com a natureza e o relaxamento físico e mental também são factores
importantes no processo de reequilíbrio orgânico. Aprender a respeitar os próprios limites
desenvolvendo hábitos saudáveis como, por exemplo, dormir pelo menos de 6 a 8 horas por
dia, alimentar-se regularmente com intervalos de 3 em 3 horas, todos esses procedimentos
visam à prevenção de doenças hipocinéticas. A prática regular de exercícios é recomendada à
pessoas de todas as idades e podem ter início em qualquer fase da vida.

Resumindo, para que você não seja incomodado por elas basta você se movimentar mais,
controlar a alimentação, não fumar e beber moderadamente.

1.6.Prevenção das actividades hipocinéticas

A principal prevenção é praticar actividades físicas como:

 Caminhadas ao ar livre;
5

 Corridas;

 Andar de bicicleta;

 Nadar;

 Jogar futebol;

Em jeito de resumo, praticar qualquer esporte onde será exigido um certo esforço de sua
musculatura é a maior forma de se prevenir.
6

2.CONCLUSÃO

Quando se tem consciência do que se pode fazer de exercícios eles são bastante proveitosos
para realizar um abrandamento dos sintomas. O grande problema de se desenvolver uma doença
hipocinética leva a outro. Os riscos quando se tem uma dessas doenças é ser levado a
desenvolver outras formas de risco e até mesmo a morte. Por isso tenha cuidado quando ficar
muito tempo sem realizar muito exercício.

Fique atento aos seus exercícios físicos e tenha cuidado para não começar a desenvolver um
problema desses

3 REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS

 https://www.blogadao.com/doencas-hipocineticas-causas-tratamento/

 http://www.o-que-e.com/o-que-sao-doencas-hipocineticas/