Sei sulla pagina 1di 12

www.kol-shofar.

org

Vítor Quinta
Novembro 2014

Infelizmente, ainda hoje, o erro permanece nos ensinamentos de algumas


congregações e movimentos religiosos que se dizem cristãos que ensinam que, os que
se convertem, individualmente, poderão ser salvos através do sacrifício de Yeshua
HaMashiach, e com isso concordamos em absoluto, mas que a nação de Israel (as 12
tribos de Jacob), como nação, foi rejeitada pelo Altíssimo.

Este tipo de erro deriva, certamente, da falsa “doutrina da substituição” inventada pelos
falsos ensinadores católico-romanos que argumentam que a nação de Israel foi
substituída pela “igreja” no que respeita às promessas do Eterno, sendo que a igreja a
que se referem é a católico-romana. Porém, também muitas das suas filhas
evangélicas (as mesmas que agora estão a voltar para o seio da “mãe” (Roma) através
do movimento ecuménico) persistem no mesmo erro. Puro disparate, pois podemos
perguntar: onde é que isso está escrito na Bíblia?

Bem pelo contrário, pois a Bíblia afirma em múltiplas passagens, tanto no erradamente
chamado Antigo Testamento (o Tanach) como no erradamente chamado Novo
Testamento (a Brit Hadashah), reproduzindo as palavras do Altíssimo, que YHWH
nunca abandonou o Seu povo. É claro que no meio deste povo há muitos que são
ímpios e rebeldes e, por isso mesmo, não herdarão as promessas feitas pelo Eterno
aos pais, pois não é por serem parte da descendência genética de Abraão que os torna
aptos a herdarem a promessa, como Paulo ensina em Romanos 9:6.

Mas, como nação, YHWH nunca invalidou o concerto que fez com Israel – leia-se as
duas casas de Jacob: Efraim/Israel (o antigo reino do Norte) e Judá (o reino do Sul). As
promessas feitas aos pais mantêm-se até aos dias de hoje, e manter-se-ão até que
tudo esteja cumprido. Isto sim, é ensinamento bíblico.
www.kol-shofar.org

Afirmamos que muitos ainda andam em erro, pois alguns dos seguidores da falsa
doutrina que se espalhou até às grandes congregações evangélicas também,
continuam ainda hoje a produzir afirmações do tipo: “O que ELE fez foi rejeitá-los
como a nação especial e escolhida” [1].

Pois bem, este estudo procurará evidenciar a verdade bíblica e nada mais do que isso.
Para tal, iremos reproduzir muitas passagens bíblicas que afirmam o contrário do que
estes homens ensinam.

Talvez a maior evidência do milagre que YHWH operou nos nossos dias, e que traduz
o compromisso que Ele mesmo assumiu com este povo há milénios, foi o
restabelecimento da nação de Israel em parte do território que Ele prometeu aos pais,
de onde não serão arrancados. De igual modo, podemos dizê-lo, foi o reavivamento de
uma língua que esteve “morta” durante quase 2.000 anos e que só era usada por
alguns poucos para estudo da Lei/Torá. Contra tudo e contra todos, a nação de Israel
foi reconstituída em 14 de Maio de 1948 e, a partir de então sofreu numerosos
ataques/guerras movidos por vários exércitos árabes inimigos, e mesmo atacando em
simultâneo, numa desproporção nunca vista, Israel saiu vencedor de todas essas
guerras. E porque razão saiu vencedor? Porque YHWH, O Todo-Poderoso esteve
sempre ao lado deste povo. Ali o colocou para dali não serem mais arrancados:

Amós 9:14-15 – “E trarei do cativeiro meu povo Israel, e eles reedificarão as


cidades assoladas, e nelas habitarão, e plantarão vinhas, e beberão o seu
vinho, e farão pomares, e lhes comerão o fruto [apontando também para o
período milenar do reino de Yeshua]. E plantá-los-ei na sua terra, e não
serão mais arrancados da sua terra que lhes dei, diz YHWH teu Deus”.

É O Todo-Poderoso que pronuncia estas palavras. Se fosse um homem a pronunciá-


las poderíamos ter dúvidas se tão promessa se viria a concretizar. Mas foi O Todo-
Poderoso Elohim que pronunciou estas palavras.

Isto não sucedeu sem que antes de 1948 a nação, e o povo de Judá em particular, não
tenham sofrido inúmeras purgas (castigos) ao longo da História. Bastará lembrarmos o
que os seus inimigos lhes fizeram durante séculos de perseguição, desprezo, roubo e
morte, às mãos dos esbirros/sicários da tal “igreja” católico-romana, quer durante o
período da Inquisição, ou nos pogroms desencadeados contra populações indefesas
por vários povos eslavos ou às mãos dos nacional-socialistas nazis que exterminaram
cerca de 6 milhões de almas de Judá, incluindo famílias inteiras…e tudo isto debaixo
do “silêncio” cúmplice das autoridades hipócritas do Vaticano. Na realidade, só em 28
de Dezembro de 1993 é que a falsamente chamada “santa sé” reconheceu oficialmente
o Estado de Israel, i.e. 45,5 anos após o seu restabelecimento. Atitudes anti-semitas
estiveram sempre patentes ao longo da História e em muitos povos e lugares...como
ainda hoje se manifestam em vários lugares.

1
[ ] Esta frase foi retirada de uma resposta que nos foi enviada por uma crente da Igreja Adventista do
Sétimo Dia do Brasil. Infelizmente muitos mais pensam como eles e ensinam o que é contrário à Palavra.
Estes fazem parte dos evangélicos que ainda hoje não conhecem as Solenidades anuais de YHWH
(Levítico 23), preferindo continuar a celebrar festas pagãs como, por exemplo, o “Natal”, ensinando as
suas crianças nessas mentiras.

YHWH NUNCA REJEITOU ISRAEL 2


www.kol-shofar.org

Mas em vão procuram destruir esta nação e o povo que YHWH chamou para habitar
aquela terra:

Salmo 94:14 – “Pois YHWH não rejeitará o seu povo, nem desamparará a
sua herança”.

Ainda que este povo tenha sido castigado inúmeras vezes devido à sua rebeldia e
desobediência, O Eterno nunca abandonou nem abandonará o povo de Judá e de
Efraim/Israel, a descendência de Abraão, Isaac e Jacob, porque Ele não é homem para
que volte atrás com a Sua palavra, pois essa foi a promessa dada aos pais, o concerto
que permanece, assim como a Sua benignidade para com este povo/nação – as 12
tribos de Jacob/Israel.

Paulo afirma categoricamente em:

Romanos 11:1-2a – “Porventura rejeitou Deus o seu povo [as 12 tribos de


Israel]? De modo nenhum; porque também eu sou israelita, da
descendência de Abraão, da tribo de Benjamim. Deus não rejeitou o seu
povo, que antes conheceu”.

Não nos deixemos pois enganar pelos falsos ensinadores, vistam eles a roupagem que
vestirem (ainda que sejam guardadores do Sábado santo), nem que seja a
denominação mais “credível” devido ao número dos seus aderentes. Esta é a verdade
incontornável que os homens indoutos e inconstantes persistem em ignorar, para
prejuízo deles e do rebanho que lhes foi confiado.

Continuemos pois a análise bíblica para que a verdade sobressaia da Palavra do


Altíssimo e anule os falsos ensinamentos.

Uma das maiores profecias que ainda não se cumpriu, e que só se materializará no
reino milenar de Yeshua é a que nos é relatada pelo profeta. Vejamos alguns extratos
do capítulo 37 do livro de Ezequiel que nos fala das união permanente das duas
“varas”, as duas casas de Jacob (Efraim/Israel e Judá). Sim, estas duas “varas” tornar-
se-ão numa só “vara” (nação) na Mão do Rei vindouro Yeshua HaMashiach:

Ezequiel 37:15-22 – “E outra vez veio a mim a palavra de YHWH, dizendo:


Tu, pois, ó filho do homem, toma um pedaço de madeira, e escreve nele:
Por Judá e pelos filhos de Israel, seus companheiros. E toma outro pedaço
de madeira, e escreve nele: Por José, vara de Efraim, e por toda a casa de
Israel, seus companheiros [as 10 tribos do Reino do Norte]. E ajunta um ao
outro, para que se unam, e se tornem uma só vara na tua mão. E quando te
falarem os filhos do teu povo, dizendo: Porventura não nos declararás o
que significam estas coisas? Tu lhes dirás: Assim diz o Senhor ELOHIM:
Eis que eu tomarei a vara de José que esteve na mão de Efraim, e a das
tribos de Israel, suas companheiras, e as ajuntarei à vara de Judá, e farei
delas uma só vara, e elas se farão uma só na minha mão. E as varas, sobre
que houveres escrito, estarão na tua mão, perante os olhos deles.

YHWH NUNCA REJEITOU ISRAEL 3


www.kol-shofar.org

Dize-lhes pois: Assim diz o Senhor ELOHIM: Eis que eu tomarei os filhos
de Israel dentre os gentios, para onde eles foram, e os congregarei de
todas as partes, e os levarei à sua terra. E deles farei uma [só] nação na
terra, nos montes de Israel, e um rei será rei de todos eles, e nunca mais
serão duas nações; nunca mais para o futuro se dividirão em dois reinos”.

Dúvidas? Não nos é dito o mesmo com maior detalhe em Isaías 60:1-22?

Bastariam estas profecias para que o engano que persiste nos falsos ensinamentos
das “igrejas” ditas cristãs fosse erradicado. Mas estarão os seus responsáveis
dispostos a voltar para a verdade do Altíssimo e a reconhecer o seu erro? Terão eles a
dignidade e capacidade intelectual de voltar para a Verdade, reconhecendo que têm
caminhado no erro, e que têm ensinado os seus rebanhos de forma errada? Só muito
poucos o fazem, sobretudo se estiverem “institucionalizados” em grandes
congregações e financeiramente dependentes dessas mesmas grandes congregações!
O Altíssimo os julgará.

Podem eles anular as palavras do Altíssimo expressas através de Ezequiel? Não, não
podem! Compete pois a cada crente aceitar antes a Verdade do Eterno e afastar-se da
mentira dos homens. O conselho do Todo-Poderoso é este: “Sai dela, povo Meu”. Sim,
YHWH ordena ao Seu povo (os que se hão-de salvar) que saiam desta Babilónia
espiritual em que o mundo das congregações/igrejas se tornou.

Ezequiel 37:23-28 – “E nunca mais se contaminarão com os seus ídolos,


nem com as suas abominações, nem com as suas transgressões, e os
livrarei de todas as suas habitações, em que pecaram, e os purificarei.
Assim eles serão o meu povo, e eu serei o seu Deus. E meu servo David
será rei sobre eles, e todos eles terão um só pastor; e andarão nos meus
juízos e guardarão os meus estatutos [a Minha Lei/Torá], e os observarão
[Jeremias 31:31-34; Hebreus 8:10; 10:16]. E habitarão na terra que dei a
meu servo Jacob, em que habitaram vossos pais; e habitarão nela, eles e
seus filhos, e os filhos de seus filhos, para sempre, e David, meu servo,
será seu príncipe eternamente. E farei com eles uma aliança de paz; e será
uma aliança perpétua. E os estabelecerei, e os multiplicarei, e porei o meu
santuário no meio deles para sempre. E o meu tabernáculo estará com
eles, e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. E os gentios saberão
que eu sou YHWH que santifico a Israel, quando estiver o meu santuário no
meio deles para sempre”.

Quem ainda pode ter dúvidas que YHWH nunca rejeitou o Seu povo? Só quem tiver o
seu coração/mente cauterizado pela mentira e seja incapaz de reconhecer que a
Palava do Altíssimo não pode ser anulada.

Ainda em:

Ezequiel 36:24 – “E vos tomarei dentre os gentios, e vos congregarei de


todas as terras, e vos trarei para a vossa terra”.

YHWH NUNCA REJEITOU ISRAEL 4


www.kol-shofar.org

Porventura são estas palavras de Alguém que possa ter rejeitado o Seu povo?

Mas continuemos a analisar ainda outras passagens, pois a Palavra não se pode
contradizer. Paulo ensina:

Romanos 9:1-8 – “Em Cristo digo a verdade, não minto (dando-me


testemunho a minha consciência no Espírito Santo): Que tenho grande
tristeza e contínua dor no meu coração. Porque eu mesmo poderia desejar
ser anátema de Cristo, por amor de meus irmãos, que são meus parentes
segundo a carne; que são israelitas, dos quais é a adopção de filhos, e a
glória, e as alianças, e a lei, e o culto, e as promessas; dos quais são os
pais, e dos quais é Cristo segundo a carne, o qual é sobre todos, Deus
bendito eternamente. Amém. Não que a palavra de Deus haja faltado,
porque nem todos os que são de Israel são israelitas; nem por serem
descendência de Abraão são todos filhos [p.ex., os descendentes de
Ismael, sendo também da descendência de Abraão, não são contados
como filhos da promessa reiterada a Isaac e a Jacob]; mas: Em Isaque será
chamada a tua descendência. Isto é, não são os filhos da carne que são
filhos de Deus, mas os filhos da promessa são contados como
descendência”.

Porventura foram anuladas as promessas que O Altíssimo fez a Isaac? De maneira


nenhuma, como também Paulo usa dizer. A boa semente foi contada a partir de Isaac.
E mesmo parte desta descendência se for descrente e infiel aos preceitos do Altíssimo
também será cortada como nos é ensinado por Paulo em Romanos 11.

Continuemos a demonstrar que YHWH nunca rejeitou o Seu povo, enquanto nação.

Isaías 45:17, 25 – “Porém Israel é salvo por YHWH, com uma eterna
salvação; por isso não sereis envergonhados nem confundidos em toda a
eternidade… Mas em YHWH será justificada, e se gloriará toda a
descendência de Israel”.

As promessas feitas ao povo santo, separado por Ele e para Ele, são eternas!!! Dentro
deste povo separará O Altíssimo os bodes das ovelhas? Claro que sim. A mesma
Palavra nos confirma que Ele o fará. Sim, O Eterno conhece os que são seus.

Profetizando a respeito da glória que há-de levantar-se e firmar-se sobre a terra de


Israel e sobre as 12 tribos de Jacob, e mais particularmente sobre a santa cidade de
Jerusalém/Sião, local do trono do Eterno que virá para juntar o Seu povo de Israel
(Ezequiel 39:27) e reinar sobre todas as nações da Terra, diz a Sua Palavra acerca dos
dias vindouros e da Sua santa cidade - Jerusalém:

Isaías 60:1-22 – “Levanta-te, resplandece, porque vem a tua luz [Yeshua, O


Rei vindouro], e a glória de YHWH vai nascendo sobre ti; porque eis que as
trevas cobriram a terra, e a escuridão os povos; mas sobre ti YHWH virá
surgindo, e a sua glória se verá sobre ti. E os gentios caminharão à tua luz,
e os reis ao resplendor que te nasceu.

YHWH NUNCA REJEITOU ISRAEL 5


www.kol-shofar.org

Levanta em redor os teus olhos, e vê; todos estes já se ajuntaram, e vêm a


ti; teus filhos virão de longe, e tuas filhas serão criadas ao teu lado. Então
o verás, e serás iluminado, e o teu coração estremecerá e se alargará;
porque a abundância do mar se tornará a ti, e as riquezas dos gentios virão
a ti. A multidão de camelos te cobrirá, os dromedários de Midiã e Efá;
todos virão de Sabá; ouro e incenso trarão, e publicarão os louvores de
YHWH. Todas as ovelhas de Quedar se congregarão a ti; os carneiros de
Nebaiote te servirão; com agrado subirão ao meu altar, e eu glorificarei a
casa [Templo] da minha glória. Quem são estes que vêm voando como
nuvens, e como pombas às suas janelas? Certamente as ilhas me
aguardarão, e primeiro os navios de Társis, para trazer teus filhos de
longe, e com eles a sua prata e o seu ouro, para o nome de YHWH teu
Deus, e para o Santo de Israel, porquanto ele te glorificou. E os filhos dos
estrangeiros edificarão os teus muros, e os seus reis te servirão; porque
no meu furor te feri [os castigos do passado], mas na minha benignidade
tive misericórdia de ti [a glória dos dias vindouros]. E as tuas portas
estarão abertas de contínuo, nem de dia nem de noite se fecharão; para
que tragam a ti as riquezas dos gentios, e, conduzidos com elas, os seus
reis. Porque a nação e o reino que não te servirem perecerão; sim, essas
nações serão de todo assoladas. A glória do Líbano virá a ti; a faia, o
pinheiro, e o álamo conjuntamente, para ornarem o lugar do meu santuário,
e glorificarei o lugar dos meus pés. Também virão a ti, inclinando-se, os
filhos dos que te oprimiram; e prostrar-se-ão às plantas dos teus pés todos
os que te desprezaram; e chamar-te-ão a cidade de YHWH, a Sião do Santo
de Israel. Em lugar de seres deixada, e odiada, de modo que ninguém
passava por ti, far-te-ei uma excelência perpétua, um gozo de geração em
geração. E mamarás o leite dos gentios, e alimentar-te-ás ao peito dos reis;
e saberás que eu sou YHWH, o teu Salvador, e o teu Redentor, o Poderoso
de Jacob. Por cobre trarei ouro, e por ferro trarei prata, e por madeira,
bronze, e por pedras, ferro; e farei pacíficos os teus oficiais e justos os
teus exactores. Nunca mais se ouvirá de violência na tua terra, desolação
nem destruição nos teus termos; mas aos teus muros chamarás Salvação,
e às tuas portas Louvor. Nunca mais te servirá o sol para luz do dia nem
com o seu resplendor a lua te iluminará; mas YHWH será a tua luz
perpétua, e o teu Deus a tua glória. Nunca mais se porá o teu sol, nem a tua
lua minguará; porque YHWH será a tua luz perpétua, e os dias do teu luto
findarão. E todos os do teu povo serão justos [porque terão a Lei/Torá
gravada nas suas mentes – Jeremias 31:31-34; Hebreus 8:10; 10:16, porque
ser justo é viver pela Lei/Torá de YHWH, cf. a Lucas 1:5-6], para sempre
herdarão a terra; serão renovos por mim plantados, obra das minhas mãos,
para que eu seja glorificado. O menor virá a ser mil, e o mínimo uma nação
forte; eu, YHWH, ao seu tempo o farei prontamente”.

Depois de lermos estas promessas do Todo-Poderoso Elohim YHWH através do Seu


profeta como ousará alguém dizer e ensinar que YHWH rejeitou a nação, o povo que
Ele mesmo separou para Si por concerto perpétuo? Na abertura deste trabalho
apresentamos uma imagem do que foi a “Arca da Aliança” ou “Arca do Concerto”, a
qual voltará a ser vista nos céus como nos é ensinado em Apocalipse 11:19.

YHWH NUNCA REJEITOU ISRAEL 6


www.kol-shofar.org

Ora esta Arca simboliza um concerto perpétuo feito entre O Altíssimo e o povo/nação
de Israel, porque ela contém os testemunhos da aliança feita entre YHWH e o Seu
povo. Porventura foi este concerto celebrado com algum outro povo ou com alguma
“igreja”? Claro que não. A atestar a perpetuidade deste concerto, note que até a santa
cidade de Jerusalém, a cidade celestial que descerá dos céus, pura e imaculada, será
formada por um alto muro, no qual estarão abertas 12 portas, e sobre cada porta, a
inscrição do nome de cada uma das 12 tribos de Israel:

Apocalipse 21:12 – “E tinha um grande e alto muro com doze portas, e nas
portas doze anjos, e nomes escritos sobre elas, que são os nomes das
doze tribos dos filhos de Israel”.

Como podem então os ignorantes ou insensatos ensinar que YHWH rejeitou o Seu
povo como nação, quando toda a Sua Palavra nos ensina o contrário? Como podem
ignorar ou errar ao não ensinarem que todos os que são de Yeshua HaMashiach se
tornam filhos da promessa feita a Abraão e co-herdeiros com Yeshua? Ver Gálatas
3:27-29.

Ora, se somos de Yeshua, então estamos enxertados no povo adquirido, a nação


santa, a Israel de YHWH, conforme nos é ensinado em Romanos 11.

Eles ensinam o erro porque fogem de ensinar a santa e eterna Lei/Torá de YHWH. E
fazem tudo para a colocar de lado na vida dos crentes...ainda que guardem o Sábado
santo. Mas continuemos. Notemos agora o que o profeta Jeremias tem para nos
ensinar acerca dos dias vindouros, mais propriamente os dias do reino milenar de
Yeshua:

Jeremias 3:14-19 – “Convertei-vos, ó filhos rebeldes, diz YHWH; pois eu vos


desposei; e vos tomarei, a um de uma cidade, e a dois de uma família; e
vos levarei a Sião. E dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, os quais
vos apascentarão com ciência [com a Lei/Torá – Salmo 119:66] e com
inteligência. E sucederá que, quando vos multiplicardes e frutificardes na
terra, naqueles dias, diz YHWH, nunca mais se dirá: A arca da aliança de
YHWH, nem lhes virá ao coração; nem dela se lembrarão, nem a visitarão;
nem se fará outra. Naquele tempo chamarão a Jerusalém o trono de YHWH,
e todas as nações se ajuntarão a ela, em nome de YHWH, em Jerusalém; e
nunca mais andarão segundo o propósito do seu coração maligno.
Naqueles dias andará a casa de Judá com a casa de Israel; e virão juntas
da terra do norte, para a terra que dei em herança a vossos pais. Mas eu
dizia: Como te porei entre os filhos, e te darei a terra desejável, a excelente
herança dos exércitos das nações? Mas eu disse: Tu me chamarás meu
pai, e de mim não te desviarás”.

Quão agradáveis são estas promessas! Está perto o tempo em que elas se cumprirão.

YHWH NUNCA REJEITOU ISRAEL 7


www.kol-shofar.org

Jeremias 23:7-8 – “Portanto, eis que vêm dias, diz YHWH, em que nunca
mais dirão: Vive YHWH, que fez subir os filhos de Israel da terra do Egipto;
mas: Vive YHWH, que fez subir, e que trouxe a geração da casa de Israel da
terra do norte, e de todas as terras para onde os tinha arrojado; e habitarão
na sua terra”…como um só povo, uma só nação, Um Só Rei!!!

Jeremias 24:6-7 – “Porei os meus olhos sobre eles, para o seu bem, e os
farei voltar a esta terra, e edificá-los-ei, e não os destruirei; e plantá-los-ei,
e não os arrancarei [Amos 9:15]. E dar-lhes-ei coração para que me
conheçam, porque eu sou YHWH; e ser-me-ão por povo, e eu lhes serei por
Deus; porque se converterão a mim de todo o seu coração”.

Dúvidas?

Jeremias 31:7-9 – “Porque assim diz YHWH: Cantai sobre Jacob com
alegria, e exultai por causa do chefe das nações; proclamai, cantai
louvores, e dizei: Salva, YHWH, ao teu povo, o restante de Israel [as 10
tribos do Norte que ainda hoje andam espalhadas entre os povos]. Eis que
os trarei da terra do norte, e os congregarei das extremidades da terra;
entre os quais haverá cegos e aleijados, grávidas e as de parto juntamente;
em grande congregação voltarão para aqui. Virão com choro, e com
súplicas os levarei; guiá-los-ei aos ribeiros de águas, por caminho direito,
no qual não tropeçarão, porque sou um pai para Israel, e Efraim é o meu
primogénito”.

Quem se atreve a duvidar destas promessas feitas pelo Alto e Sublime Elohim? Só os
indoutos que torcem as Escrituras para sua própria perdição!

Jeremias 32:37-42 – “Eis que eu os congregarei de todas as terras, para


onde os tenho lançado na minha ira, e no meu furor, e na minha grande
indignação; e os tornarei a trazer a este lugar, e farei que habitem nele
seguramente [na terra que prometeu aos patriarcas]. E eles serão o meu
povo, e eu lhes serei o seu Deus; e lhes darei um mesmo coração, e um só
caminho, para que me temam todos os dias, para seu bem, e o bem de
seus filhos, depois deles. E farei com eles uma aliança eterna de não me
desviar de fazer-lhes o bem; e porei o meu temor nos seus corações
[Jeremias 31:31-34], para que nunca se apartem de mim. E alegrar-me-ei
deles, fazendo-lhes bem; e plantá-los-ei nesta terra firmemente, com todo o
meu coração e com toda a minha alma. Porque assim diz YHWH: Como eu
trouxe sobre este povo todo este grande mal, assim eu trarei sobre ele
todo o bem que lhes tenho declarado”.

Assim como no passado O Altíssimo trouxe grandes castigos a Jacob (às 12 tribos)
devido às suas infidelidades (transgressões da santa Lei/Torá), também com
inexcedível misericórdia os recolherá e abençoará grandemente à vista de todos os
povos da Terra. A Sua benignidade é para sempre como nos é dito numerosas vezes
no livro de Salmos. Veja-se, por exemplo, Salmo 107:3; Lucas 13:29. Esse tempo está
próximo.

YHWH NUNCA REJEITOU ISRAEL 8


www.kol-shofar.org

Isaías 11:11-13, 16 – “E há-de ser que naquele dia o Senhor tornará a pôr a
sua mão para adquirir outra vez o remanescente do seu povo, que for
deixado, da Assíria, e do Egito, e de Patros, e da Etiópia, e de Elã, e de
Sinar, e de Hamate, e das ilhas do mar. E levantará um estandarte entre as
nações, e ajuntará os desterrados de Israel, e os dispersos de Judá
congregará desde os quatro confins da terra. E afastar-se-á a inveja de
Efraim, e os adversários de Judá serão desarraigados; Efraim não invejará
a Judá, e Judá não oprimirá a Efraim… E haverá caminho plano para o
remanescente do seu povo, que for deixado da Assíria, como sucedeu a
Israel no dia em que subiu da terra do Egipto”.

Perante estas promessas ainda haverá quem entenda que YHWH rejeitou o Seu povo
de Israel?

Isaías 43:5-6 – “Não temas, pois, porque estou contigo; trarei a tua
descendência desde o oriente, e te ajuntarei desde o ocidente. Direi ao
norte: Dá; e ao sul: Não retenhas; trazei meus filhos de longe e minhas
filhas das extremidades da terra”.

Quando os discípulos de Yeshua perguntaram ao Mestre: "Senhor, restaurarás tu neste


tempo o reino a Israel?" - Actos 1:6, que lhes respondeu Yeshua? “E disse-lhes: Não
vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio
poder”. Sim, os tempos e as estações que O Eterno estabeleceu estão a chegar ao fim
e as Suas promessas prestes a cumprir-se. Assim o atestam os sinais que se
produzem em cada dia à nossa volta. Assim os saibamos reconhecer à luz dos
ensinamentos que nos foram transmitidos.

Jeremias ainda nos relata as palavras do Altíssimo a respeito da recolha do Seu povo:

Jeremias 31:10 – “Ouvi a palavra de YHWH, ó nações, e anunciai-a nas ilhas


longínquas, e dizei: Aquele que espalhou a Israel o congregará e o
guardará, como o pastor ao seu rebanho”.

São múltiplas as passagens bíblicas que atestam a fidelidade do Eterno e do


compromisso que assumiu perante os patriarcas acerca da descendência destes. Estas
múltiplas passagens (algumas já aqui transcritas) atestam essa fidelidade e a
promessa da restauração da nação de Israel, centrada nas 12 tribos de Jacob.

Zacarias 8:3-8 – “Assim diz YHWH: Voltarei para Sião, e habitarei no meio
de Jerusalém; e Jerusalém chamar-se-á a cidade da verdade, e o monte de
YHWH dos Exércitos, o monte santo. Assim diz YHWH dos Exércitos:
Ainda nas praças de Jerusalém habitarão velhos e velhas; levando cada
um, na mão, o seu bordão, por causa da sua muita idade. E as ruas da
cidade se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão. Assim diz
YHWH dos Exércitos: Se isto for maravilhoso aos olhos do restante deste
povo naqueles dias, será também maravilhoso aos meus olhos? diz YHWH
dos Exércitos.

YHWH NUNCA REJEITOU ISRAEL 9


www.kol-shofar.org

Assim diz YHWH dos Exércitos: Eis que salvarei o meu povo da terra do
oriente e da terra do ocidente; e trá-los-ei, e habitarão no meio de
Jerusalém; e eles serão o meu povo, e eu lhes serei o seu Deus em
verdade e em justiça”.

Quem tem a ousadia de contradizer estas santas promessas? Só alguém que é


inspirado pelo espírito satânico para enganar os incautos. Poderíamos continuar a
enunciar outras passagens bíblicas que nos falam da restauração da nação de Israel
sob o governo milenar de Yeshua HaMashiach, promessa que em breve se cumprirá.

Se ficassemos somente pela leitura e análise das passagens que aqui transcrevemos
já seria o suficiente para tirarmos uma só conclusão: mesmo nos momentos em que a
nação de Israel foi castigada pelo Altíssimo, mesmo nesses momentos, YHWH nunca
rejeitou o Seu povo de Israel. A prova bíblica está feita!

Mas, entendemos que devemos aprofundar ainda mais. Para isso teremos de entender
em que medida e porque razão foi o povo de Israel espalhado pelas nações. Antes de
mais pela sua desobediência aos conselhos/instruções de YHWH (a Sua Lei/Torá), dos
quais se desviaram para grande prejuízo seu. Mas o prejuízo deles foi a bênção para
muitos outros, os que antes eram gentios e não conheciam a Vontade do Eterno.

Vejamos. Ao fazer um pacto com Abraão, YHWH disse-lhe que nele seriam benditas
(em hebraico: enxertadas) todas as nações/famílias da Terra. Para que tal sucedesse
era necessário que as famílias de Israel fossem espalhadas pelo mundo e se
miscigenassem com as famílias de outras nações. De onde é que podemos tirar esta
conclusão?

Génesis 12:3 – “E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que


te amaldiçoarem; e em ti serão benditas [ou enxertadas] todas as famílias
da terra”.

O mesmo é repetido em Génesis 18:18; 22:18; 26:4; 28:14; Actos 3:25; Gálatas 3:8.
Este é pois um dado adquirido: O Eterno prometeu a Abraão espalhar a sua semente
por todas as famílias/nações da Terra. Para que tal fosse possível, a descendência de
Abraão (mais propriamente a de Jacob) tinha de ser espalhada, o que veio a suceder
em várias fases e períodos da História.

A atestar que o plano de YHWH incluia a dispersão dos descendentes de Abraão,


Isaac e Jacob, temos de considerar o aviso que foi feito ao povo de Israel, mal este
povo tinha sido libertado do Egipto e quando estavam quase a entrar na “terra
prometida”. Ainda a nação de Israel não tinha entrado na “terra prometida” aos pais, e
já O Altíssimo lhes anunciava que eles seriam espalhados entre as outras naçõees.
Naquele momento YHWH anunciou que o povo seria espalhado entre as nações da
Terra para que também essas nações pudessem chegar-se ao Elohim de Abraão,
Isaac e Jacob. Eis as palavras que O Altíssimo lhes dirigiu:

YHWH NUNCA REJEITOU ISRAEL 10


www.kol-shofar.org

Deuteronómio 30:1-6 – “E será que, sobrevindo-te todas estas coisas, a


bênção ou a maldição, que tenho posto diante de ti, e te recordares delas
entre todas as nações, para onde te lançar YHWH teu Deus, e te
converteres a YHWH teu Deus, e deres ouvidos à sua voz, conforme a tudo
o que eu te ordeno hoje, tu e teus filhos, com todo o teu coração, e com
toda a tua alma, então YHWH teu Deus te fará voltar do teu cativeiro, e se
compadecerá de ti, e tornará a ajuntar-te dentre todas as nações entre as
quais te espalhou YHWH teu Deus. Ainda que os teus desterrados estejam
na extremidade do céu, desde ali te ajuntará YHWH teu Deus, e te tomará
dali; e YHWH teu Deus te trará à terra que teus pais possuíram, e a
possuirás; e te fará bem, e te multiplicará mais do que a teus pais. E YHWH
teu Deus circuncidará o teu coração, e o coração de tua descendência,
para amares a YHWH teu Deus com todo o coração, e com toda a tua alma,
para que vivas”.

Nestas palavras está subjacente uma condição: a do povo se converter a YHWH seu
Elohim…e voltar para os Seus caminhos, a Sua Lei/Torá. Então, se isso acontecer,
YHWH os fará voltar e os recolherá de entre todas as nações para onde Ele as envia.
Esta passagem revela-nos todo o plano temporal de YHWH em relação ao Seu povo:

Primeiro, ainda Israel não tinha entrado na “terra prometida” já O seu Elohim
lhes anunciava que aquele não seria o fim da jornada, mas que iriam ainda sair
daquela terra e que haveriam de ser espalhados entre as nações.

Segundo, que YHWH não Se esqueceria deles mas que voltaria a recolhê-los,
mesmo dos confins da Terra, se eles se convertessem ao seu Elohim. Então os
faria/fará voltar do seu cativeiro.

Terceiro, que finalmente lhes daria a terra que havia prometido a seus pais, e
que os multiplicaria ainda mais do que o fizera a seus pais, havendo um tempo
futuro em que O Eterno circuncidaria o coração/mente deles todos quando os
fizesse voltar à “terra prometida” – o que acontecerá no reino milenar de Yeshua
– lembremos Ezequiel 37:15-28 e Jeremais 31:31-34; Hebreus 8:10; 10:16.
Então e só então celebrará com eles um concerto perpétuo…um “novo
concerto”.

Com as palavras de YHWH em Deuteronómio 30:1-6 fica comprovado que O Eterno


iria espalhar a nação de Israel, o que acabou fazendo cerca do ano 722 a.C. quando o
Reino do Norte, Efraim/Israel, foi espalhado entre as nações pela mão dos Assírios (e
assim permanece disperso até aos dias de hoje), enquanto Judá – o Reino do Sul,
sofreu numerosas dispersões: primeiro pela mão dos Caldeus tendo sido levado cativo
durante 70 anos para Babilónia cerca de 130 a 135 anos após a queda do Reino do
Norte e, mais tarde, pela mão dos exércitos romanos, quando cairam ao fio da espada
e foram também exilados no ano 70 d.C. – data da queda do Templo em Jerusalém, e
também cerca do ano 130 d.C. após a revolta de Bar Kochba. Judá só voltou à sua
terra (em parte) e a readquirir o estatuto de nação independente a partir de 14 de Maio
de 1948.

YHWH NUNCA REJEITOU ISRAEL 11


www.kol-shofar.org

Sim, os do reino do Norte (Efraim/Israel) foram servir ao “pau e à pedra” (Deuteronómio


28:36, 64; Jeremias 2:27), i.e. aos falsos deuses dos povos pagãos para onde foram
levados, tendo perdido a sua identidade israelita, ao passo que os do reino do Sul
(Judá) conservaram-se sempre fiéis à Lei/Torá, e quase não se misturaram com os
povos locais para onde foram levados. Por isso mesmo, devido às diferenças dos seus
costumes, acabaram por serem marginalizados, perseguidos, roubados e mortos, ao
longo da História e em vários lugares, cumprindo-se assim as maldições que YHWH
lhes havia anunciado em Deuteronómio 28:15-68.

Nada acontece por acaso. Tudo obedece ao plano que O Altíssimo traçou.

Que O Altíssimo nos esclareça a todos e abra as nossas mentes à influência da Sua
Palavra, pois só a Sua Palavra/Verdade nos pode libertar dos erros que estão no
mundo religioso.

AlleluYAH

Vem ó Espírito de YHWH, vem já hoje abrir o nosso entendimento à força da Tua
Palavra/Verdade.

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-

YHWH NUNCA REJEITOU ISRAEL 12