Sei sulla pagina 1di 5

31/01/2019

TERMINOLOGIA
Alterações Físicas  Pré-natal - período anterior ao nascimento
 Gesta - nº de gestações que a mulher teve
e Emocionais na  Para - nº de partos que a mulher teve (PN)
 Primigesta - mulher grávida pela 1ª vez
Gravidez  Multigesta - mulher grávida mais de duas vezes
 Nuligesta - mulher que nunca esteve grávida
 Nulípara - mulher que nunca teve um parto
 Viabilidade - capacidade do feto viver fora do útero.
Idade da viabilidade = 20 semanas ou pesando 500
gramas

Diagnóstico de Gestação HORMÔNIOS


Sinais e sintomas
Gonadotrofina Coriônica Humana 
Marcador para teste de gravidez. Age no ovário.
Presunção - amenorréia, náusea, vômitos,
Estimula a produção de progesterona. (Manutenção da
polaciúria, fadiga, ganho de peso, mudanças de
humor, aumento da sensibilidade da mama gravidez);

Probabilidade - sinais presunção + de aumento Produção:  No sangue 6 dias após a concepção;


uterino, aumento das mamas, contrações de
Braxton Hicks (contrações espontâneas, Na urina 26 dias após a concepção;
irregulares e indolores)

Certeza – BCF, movimentos fetais verificados, ultra-


sonografia ou RX com presença do feto, ßHCG –
Lactogênio Placentário Humano 
gonadotropina coriônica humana (marcador Desenvolve as mamas. Altera metabolismo dos
bioquímico mais precoce da gravidez) compatível carbohidratos e gorduras assegurando nutrientes para
com gestação.
o feto.

DURAÇÃO DA GESTAÇÃO
Gestação = 40 semanas ou 280 dias
Data provável do parto (DPP)

•Cálculo do primeiro dia da última


menstruação – DUM
 Regra de Nagele ou gestograma – (disco
obstétrico):
Dia do mês + 7 dias e Mês do ano +
9 meses
Exemplo 1
DUM = 15/04/2012
DPP = 22/01/2013

1
31/01/2019

ALTERAÇÕES NO CORPO DA MULHER


Sinais de Gravidez
Alterações fisiológicas – distúrbios e desconfortos

•Presença fetal  BCF e movimentação ativa


SISTEMA ENDÓCRINO
ou ultra-som (7-8 sem.);

• Gonadotrofina coriônica humana (ßHCG) – estimula


•Percepção e palpação dos movimentos produção de estrógeno e progesterona
ativos fetais  (18 sem.); • Lactogênio placentário Humano – afeta metabolismo de
glicose e proteína
•Ausculta fetal  Pinard ou Sonar-Doppler • Hormônio melanócito estimulante - Alterações de pele –
(20sem.). • Estrógeno - Aumento uterino e de mamas (estrias)
• Progesterona – mantém a gestação e prepara as mamas,
aumenta sensibilidade do centro respiratório, reduz tônus dos
músculos lisos, reduz a mobilidade gástrica

Alterações do Sistema Reprodutivo


SISTEMA REPRODUTOR

ÚTERO – estrogênio estimula o crescimento uterino •Colo fica amolecido (hipervascularizado)  Sinal de
crescimento de 60 g > +ou-1000g Hegar (Sinal de certeza de gravidez);
aumenta em torno de 20 vezes
2 colheres de sopa para 3,8 litros •O apagamento e dilatação do canal cervical 
3 meses – 12 semanas – na sínfise
Forma o canal de parto;
5 meses (20 semanas) – na cicatriz umbilical
9 meses (38 semanas) no apêndice xifóide
contrações no início da gestação - Braxton •O Canal de parto é obliterado por uma secreção
Hicks mucosa espessa  tampão mucoso (proteção do
cervix: aumenta a vascularização (vasocongestão),
a maciez (SINAL GOODELL), tornando-se arroxeada
ovo).
(SINAL DE CHADWIK).

SISTEMA REPRODUTOR
SISTEMA REPRODUTOR

VAGINA MAMAS – aumento do tamanho (REDE DE HALLER) e


sensibilidade
hipertrofia da vagina, tornando-a arroxeada
mamilos aumentam e escurecem, tornando-se
secreções vaginais tornam-se mais ácidas, eretos
brancas, crescem rapidamente nas primeiras 8 semanas
esbranquiçadas (normal), exceto quando aumento progressivo ao longo da gestação
acompanhado de prurido e irritação Glândulas de Montgomery mais proeminentes na
(cândida) região da aréola;
colostro nas mamas desde a 10ª semana.

2
31/01/2019

SISTEMA TEGUMENTAR SISTEMA MUSCULO ESQUELÉTICO

A pele da gestante sofre hiperpigmentação em função dos


níveis de estrogênio, progesterona e hormônio estimulante
de melanócitos.
As principais alterações são:
• Relaxamento das articulações (relaxina)
OBSERVA-SE – mamilos, aréolas, umbigo, períneo e axilas.
•Alteração na postura (crescimento do útero e
FACE – “máscara de gravidez” ou melasma facial. ação dos hormônios)

ABDOME – LINEA NIGRA e aparecimento de estrias.


•Andar em balancete (marcha anserina, m.
claudicante) - lordose
ARANHAS VASCULARES – pequenos vasos sanguíneos
aracneiformes.

Alterações Musculoesqueléticas SISTEMA CARDIOVASCULAR

• Profundas modificações essenciais para o fornecimento de


Fisiologia Desconforto Orientações e oxigênio e nutrientes para o feto
cuidados

•Hipertrofia do miocárdio – devido ao aumento do débito


Embebição das Dor lombosacra Massagens nas
articulações sacro- e fadiga. costas cardíaco
ilíacas Calor ou gelo no
Postura – Marcha local
• Capacidade cardíaca , volume de sangue injetado 30-50%
anserina Analgésico com
Lordose e orientação
espasmos médica. •Vasos sanguíneos mais porosos permitindo o
musculares
extravasamento do plasma para o espaço intersticial
ocasionando a embebeção gravídica, presente, especialmente
nas pernas, pés, mãos e face.

Desconfortos do Sistema
SISTEMA CARDIOVASCULAR Cardiovascular
Fisiologia Desconforto Orientações e
• Os valores sanguíneos limítrofes na gravidez são: cuidados
• Eritrócitos – 3.7 milhões/mm3
•Síndrome da  Sinais de choque:  Descompressão
•Não-gravídico: 4.5 milhões/mm3
hipotensão Lipotimia, tonteira, dos grandes vasos.
• Hemoglobina – 11g/dl e Hematócrito 37% supina palidez, sudorese,
abaixo deste valores a gestante é considerada anêmica. Pressão da veia náuseas e vômitos.  Repouso em
cava e aorta. decúbito lateral
•Não-gravídico: Hg: 12 a 16g/dl e Ht 37 a 47%
(mulher supina).  esquerdo.
• Leucócitos aumentam para 15.000/mm3 batimentos
•Não-gravídico: 5.000 a 10.000/mm 3 cardiofetais (BCFs  Controle dos
• Pressão Arterial - 135/85 mmHg ). S.Vitais e BCFs.
•Frequência Cardíaca: a partir do 3º trimestre, aumenta
em 15 bpm

3
31/01/2019

Alterações e Desconfortos do Sistema Alterações e Desconfortos do Sistema


Digestivo Digestivo
Fisiologia Desconforto Orientações e
cuidados
Fisiologia Desconforto Orientações e
cuidados
Náuseas e vômitos Causas Pequenas e
matutinos desconhecidas talvez freqüentes refeições
hormonal (HCG ou (6 vezes ao dia).  Pirose ou asia Atonia da Refeições ligeiras
estrôgeno).  Ingesta líquida de 1
4ª, 5ª até 12ª sem.
(sensação de musculatura do e freqüentes (leite
a 1,5 l por dia.
 Emocionais ardência). esfictergastro da alívio
 Carboidratos secos
ao acordar. esofagiano. temporário).
 Evitar alimentos Pressão do útero  Dormir com a
fritos, gordurosos e sobre o estômago. cabeceira da cama
com odor forte. elevada.
TTO: Vitamina B6 ou Tratamento com
metoclopramida.
antiácidos.

Alterações e Desconfortos do Sistema


SISTEMA RENAL/URINÁRIO
Digestivo
Fisiologia Desconforto Orientações e
cuidados

•Aumenta a taxa de filtração glomerular em até


 Constipação. Diminuição da  Diminuição da 50% em função do aumento do débito cardíaco – o
motilidade intestinal. ingesta líquida.
Deslocamento do  Dieta com fibras,
que aumenta o fluxo e do volume da urina.
intestino pelo útero legumes e vegetais
cheio. folhosos, ameixa e
mamão. •Aumentam o tônus e diminui a motilidade da
 Exercícios musculatura lisa
moderados.
 Tratamento:
laxativos moderados,
óleos minerais e
supositório de
glicerina.

Alterações e Desconfortos do Sistema Alterações e Desconfortos do Sistema


Urinário Urinário
Desconforto Fisiologia Orientações e Desconforto Fisiologia Orientações e
cuidados cuidados

 Aumento da  Pressão do útero  Diminuir ingesta


urgência e sobre a bexiga. líquida à noite.
 Edema generalizado  Retenção  Se acompanhado
freqüência urinária (1º tri.)  Esvaziar de sódio de proteinúria e
Contato com a regularmente a Mãos, face e parte (leve hipertensão e não
parte fetal. (3º bexiga. superior do corpo. exagero no melhorar com DLE
tri.)  Observar dor e Aumento súbito de sistema  Toxemia
ardência. peso (25 a 30 %). Renina Gravídica.
Angiotensina
).

4
31/01/2019

Alterações e Desconfortos do Sistema ALTERAÇÕES EMOCIONAIS NA


Urinário GRAVIDEZ
Fisiologia Desconforto Orientações e
cuidados Ambivalência afetiva – desejo e medo da gravidez

 Edema  Pressão nos  Aumento da


gravitacional capilares dos ingesta líquida. Oscilações do humor – aumento da irritabilidade (olfato)
(tornozelos). membros  Meias elásticas.
inferiores.  Repouso
periódicos com Introversão e passividade – diminuição do ritmo físico
membros
inferiores
elevados. Impacto - solidificação da gravidez pelos movimentos fetais
Exercícios
moderados.

Medo – Fantasias relacionadas ao bebê, parto e maternidade

Queixas Frequentes Queixas Frequentes


Orientações Orientações
Náuseas, vômito e tontura - orientar a alimentação, medicação sob Hemorróidas – alimentos ricos em fibras, banhos de acento
prescrição colocar para dentro as varizes.
Pirose (azia) – Alimentação fracionada. Queixas urinárias – Explicar a razão do aumento da
Evitar frituras, café, chá, álcool e fumo. frequência
Desmaios – Evitar mudanças bruscas de posição. Solicitar exame de urina.
Baixar a cabeça, respirar profundo.
Falta de ar e dificuldade para respirar –
Constipação intestinal – orientar alimentação Repouso em decúbito lateral esquerdo
aumento de ingestão de água Ouvir a gestante
caminhadas
Conversar sobre as angústias
Varizes – Não permanecer muito tempo em pé ou sentada Estar atento a sintomas associados.
Repouso de 20 minutos vária vezes ao dia, uso meia elástica
Dor Lombar – Correção da postura, sapatos confortáveis.