Sei sulla pagina 1di 11

11/8/2010

Aula 2

COMPETÊNCIA 2:

Elaborar textos atendendo às situações de


produção propostas quanto ao interlocutor,
gênero, suporte, finalidade.

Professora Liziane

Aula 2

TEXTO
Palavras citadas para demonstrar ou documentar alguma
coisa, conforme dicionário Aurélio;

Manifestação lingüística das idéias de um autor;

É um todo organizado de sentido, isto é, um conjunto formado


por partes solidárias, que o sentido de uma depende do sentido
de outras.

1
11/8/2010

Aula 2

TEXTO
Para não ser um amontoado de frases desorganizadas, o texto
deve ser:
Coerente: harmonia de sentido de modo que não haja nada
ilógico, desconexo, contraditório, que nenhuma parte não se
solidarize com as demais.

Ex: Maria está doente. A eleição será em outubro.

TEXTO INCOERENTE!

Aula 2

TEXTO
Conciso: ligação de frases, utilização de certos elementos
que recuperam passagens já ditas ou garantem a parte lógica
de idéias entre as partes.

Ex: Não chove há vários meses. Os pastos não poderiam,


portanto, estar verdes.
Verifica-se que o termo portanto, estabelece uma relação
lógica no texto.

*** lista.

2
11/8/2010

Aula 2

Exemplo
“Que frio! Que vento! Que calor! Que caro! Que absurdo!
Que bacana! Que tristeza! Que tarde! Que amor! Que
besteira! Que esperança! Que modos! Que noite! Que
graça! Que horror! Que doçura! Que novidade! Que susto!
Que pão! Que vexame! Que mentira! Que confusão! Que
vida! Que talento! Que alívio! Que nada...

Assim, em plena floresta de exclamações, vai-se tocando


pra frente.”
(Carlos Drummond de Andrade)

Aula 2

TEXTO VERBAL E
VISUAL

VISUAL

VERBAL

3
11/8/2010

Aula 2

TEXTO
Temos um branco antes: expectativa.
Temos um branco depois: análise e conclusão.
O texto ....
Produzido por um Sujeito: grupo social
Determinado Espaço: determinada momento
Determinado Tempo: forma de ver a realidade numa época
específica.

Exemplos: Amazônia/, cerveja

Aula 2

TEXTO

Portanto Texto, é um todo organizado de sentido,


delimitado por dois brancos, produzido por um
sujeito, num dado espaço e num dado tempo.

4
11/8/2010

Aula 2

QUALIDADE DE UM TEXTO

Coerência;
Coesão;
Correção (regras gramaticais);
Clareza (ser simples);
Elegância (leitura agradável, esteticamente correto).

Aula 2

DEFEITOS DE UM TEXTO

Ambigüidade (apresenta mais de um sentido);


Obscuridade (frases longas e sem acentuação);
Pleonasmo (redundância);
Cacofonia (som desagradável, ex: da vez passada, já hoje);
Eco (repetição palavras terminadas com mesmo som);
Prolixidade (utilizar palavras mais que o necessário);
Incoerência (contradizer-se).

5
11/8/2010

Aula 2

ESCREVER

Exige ter informação, refletir sobre o que vai escrever, fazer


rascunho, rever o que foi escrito.
Pressupõe comunicação com outras pessoas.
Se beneficia com um professor incentivador que leve o aluno
assumir o desafio, a inventar, a adaptar estratégias de criação
textual.

Aula 2

Regras da Escrita
Diferentes modos escrever:
Texto “literário”, como poema, conto, etc. São textos que
exigem boa criatividade do autor;
Texto expositivo, como notícia, defesa de uma idéia, bilhete
etc. São textos que exigem mais explanação, argumentação;
A propaganda seria um texto intermediário, pois exige muita
criatividade e argumentação.
Escrever exige esforço, disciplina e clareza de que trata-se de
atividade complexa mesmo para escritores bem sucedidos.

6
11/8/2010

Aula 2

Regras da Escrita
O texto não é um objeto que sai pronto e acabado
num jato de inspiração.
É resultado de várias operações
É preciso:
Ter um plano;
Ordenar as idéias;
Organizar o texto;
Reler para corrigir;

Aula 2

1ª Regra: Ter um plano


 Planejar o texto é fundamental antes de iniciar a escrita;
 Mas o planejamento pode ser mental ou escrito, em
função do perfil do escritor:
 Escritor com boa capacidade de memória pode
compor mentalmente as “partes” ou a seqüências das
idéias de seu texto;
 Escritor pode preferir um plano escrito;
 Escritor pode ter necessidade de começar a escrever
(aquecimento) para, conseguir planejar seu texto.

7
11/8/2010

Aula 2

2ª Regra: Ordenar idéias


 Primeiro haverá a produção das idéias ou momento
de pré-escritura:
 Seleção da informações, organização das idéias,
feita de um roteiro.

Aula 2

3ª Regra: Organizar o texto


 O escritor começa a escrever o texto;
 Podem surgir novas idéias e os apontamentos ou o
próprio roteiro pode sofrer alterações durante o
processo.

8
11/8/2010

Aula 2

4ª Regra: Reler para corrigir


 A revisão é fundamental na produção de um texto.
 Normalmente, a primeira versão de um texto corresponde à
gênese das idéias do autor.

 Na revisão o autor verifica se as idéias foram


expressas de modo organizado, claro e coerente.
 Ele verifica se atendem seu objetivo e se o texto se coloca
de forma cooperativa em relação ao leitor.

Aula 2

A difícil tarefa de revisão


A redação tradicional, sem objetivo explícito dificulta
muito a revisão;
Deve-se pensar em estratégias de produção textual
que instiguem os alunos a aceitar a revisão como parte
do processo de produção;
 Funciona bem criar um intervalo entre ao término da
escrita e a revisão ou colocar texto para dormir;

Na retomada o autor vira leitor.

9
11/8/2010

Aula 2

ATIVIDADE 1
COMPETÊNCIA 1 E 2

1) Utilizando as técnicas de leitura (grifo e


apontamento), leia o texto abaixo.
2) Desenvolva um resumo, resenha, síntese, ou
seja, conhecendo os citados, mostre o
diferencial.
3) Data da entrega: Até o dia 18/08/10 - Quarta-feira.

Aula 2

PARA RIR...
Em uma touca para ducha.
“VÁLIDO PARA UMA CABEÇA.”

Em um secador de cabelos:
“NÃO USE QUANDO ESTIVER DORMINDO”

Em alguns pacotes de refeições congeladas:


“SUGESTÃO DE APRESENTAÇÃO: DESCONGELAR
PRIMEIRO”

10
11/8/2010

Aula 2

PARA RIR...
Nas pastilhas para dormir da Nytol:
“ADVERTÊNCIA: PODE PRODUZIR SONOLÊNCIA”

Saquinho de batata-frita, em referência a uma promoção:


“VOCÊ PODE SER O VENCEDOR, NÃO É NECESSÁRIO
COMPRAR, DETALHES DENTRO”
Em uma serra elétrica da Husqvarna:
“NÃO DETER A SERRA COM AS MÃOS OU OS GENITAIS”

Aula 2

BOA NOITE!

“Não é amontoando os ingredientes que se prepara uma receita; assim


também não é superpondo frases que se constrói um texto.”
Platão & Fiorin

Professora Liziane Hobmeir


E-mail: lizianehobmeir@gmail.com
Celular: (41) 9924-5007

11