Sei sulla pagina 1di 20

 A vitó ria da

d a f é 
em meio ao caocaos s 

C B® 
 Todos os direitos
direit os reservados.
reserv ados. Copyr
Co pyright
ight © 2005
2 005 para
pa ra a língua
líng ua port
p ortug
ugue
uesa
sa da Casa Public
Pu blicado
adora
ra das
 Assem
 As sembléia
bléiass de Deus. Apro
A provad
vadoo pelo
p elo Conselh
Con selhoo de Doutrina
Dou trina..

Preparação dos originais: Gleyce Duque


Revisão: Ciro Sanches Zibordi
Capa e projeto gráfico:
gráfico: Eduardo
Edu ardo Souza
Editoração: Wagner de Almeida

CDD: 220.7 - Comentários


ISBN: 85-263-0759-2

 As citações
citaç ões bíblicas
bíblic as foram extraíd
extr aídas
as da versã
v ersãoo Alme
A lmeida
ida Revista
Rev ista e Corrig
C orrigida
ida,, edição
ediçã o de
d e 1995,
1995 , da
Sociedade Bíblica
B íblica do Brasil, salvo indicação em contrário
contrário..

Para maiores informações


inform ações sobre livros, revistas,
revistas, periódicos e os últimos lançamentos da CPAD,
CPAD, visite
visite
nosso site: http://www.cpad.com.br

SAC — Serviço de Atendimento ao Cliente: 0800-701-7373

Casa Publicadora das Assembléias de Deus


Caixa Postal 331
331
20001-970,
20001 -970, Rio de janeiro,
janeiro , RJ, Brasil

2a impressão 2010
 Aos meus pais, o pastor Josué D aniel e Ediva, que ensinaram -m e 
desde cedo as Sagradas Letras; a m eus irmãos, Jo su é e Paulo, com quem 
semp re com partilhei as m inhas prim eiras descobertas acerca 
do Livro Santo; e à m inha amada esposa, Lília, presente de Deus 
 para m in ha vida. Você é m elh or que o m elhor dos meus sonhos! 
 Eu a am o de todo coração.
Sumário

Primeira parte: O diário do profeta-filósofo


CAPÍTU LO 1 - Quem era Habacuque?...................................................... 16
CAPÍTULO 2 - 0 profeta-filósofo, sua época e seu diário......................24

Segunda parte: O prim eiro enigma (1.1-11)


CAPÍTULO 3 - 0 enigma da oração não respondida (1.1- 4) ................. 36
CAPÍTULO 4 - A resposta de Deus ( 1 .5 -1 1) ............................................ 46

Terceira pa rte: O segundo enigm a (1.12-2.20)


CAPÍTULO 5 - 0 enigma do instrumento ( 1.12 -1 7 )..............................58
CAPÍTULO 6 - Esperando a resposta (2 .1 ).............................................. 70
CAPÍTULO 7 - Decifrando o enigma (2 .2-4)........................................... 78
CAPÍTULO 8 —0 justo viverá pela sua fé (2.4) - 1 parte .................. 86
CAPÍTULO 9 - 0 justo viverá pela sua fé (2.4) - 2 parte...................98
CAPÍT UL O 10 - Os cinco “Ais” (2.5-20) - 1* parte..............................106
CAPÍT UL O 11 - Os cinco “Ais” (2.5-2 0) - 2a parte..............................11 4

 Quarta parte: Fé e adoração apesar do caos (3.1-19)


CAPÍTULO 1 2 - 0 profeta-intercessor (3.1)..........................................124
CAPÍTULO 13 - Orando por avivamento (3.2) - 1 parte.................13 2
CAPÍTULO 14 - Orando por avivamento (3.2) - 2 parte.................146
CAPÍTULO 15 - ATeofania - 1* parte (3.3-15).................................... 156
CAPÍTULO 1 6 - A T e o fa n ia - 2 aparte (3.3 -15 ).................................... 168
CAPÍTULO 17 - “Todavia, eu me alegrarei” - Da queixa ao louvor (3.16-
1 8 )................................................................................................................... 178
CAPÍT ULO 18 - Pés como os da corça (3 .19)....................................... 190
 Apresentação

Sinto-me ufanoso em apresentar esta obra, a qual vem enrique


cer a nossa bibliografia evangélica. Parodiando o Senhor Jesus, que
disse que “o homem bom tira boas coisas do seu bom tesouro” (Mt
12.35), o irmão Silas Daniel faz o mesmo para a posteridade, com
sua obra H abacuque —a vitória da f é em m eio ao caos. Por sua nímia
lhaneza, o preclaro autor desta meritória obra quis que emitisse meu
modesto parecer sobre ela.
O excelente comentário que o leitor tem em mãos, sobre o “pro
feta da fé”, vem a lume em um tempo assaz oportuno, posto que há
poucas obras circulando no vernáculo sobre o principal assunto do
livro: a imprescindível fé em Deus (Hc 2.4). Fé na santidade de Deus
e na sua justiça (1.12). E também fé perseverante, demonstrada e
galardoada (2.1-3).
É possível que o profeta Habacuque, um dos doze profetas chama
dos Menores devido ao reduzido volume de seus livros, tenha sido co
etâneo de Jeremias durante o reinado de Joaquim, rei de Judá, conclu
são essa derivada da natureza dos pecados arrolados em seu livro - isso
pouco tempo antes do desterro do povo de Judá pelos babilônios (1.6).
Habacuque possivelmente conheceu os profetas Daniel e Ezequiel.
Em seu livro, o profeta deixa ver que era um levita e cantor sacro
no Templo de Deus em Jerusalém, na época que precedeu o exílio
babilónico do povo de Israel. Os profetas, pela singularidade de seu