Sei sulla pagina 1di 45

Livro Eletrônico

Aula 10

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos


Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

1 - Considerações Iniciais ................................................................................................... 2


2 - Lei n. 8.902/2003 .......................................................................................................... 2
2.1. Da Organização dos Serviços Técnicos ....................................................................................... 2
3 - Lei n. 8.971/2004 .......................................................................................................... 8
3.1. Das Disposições Preliminares ..................................................................................................... 8
3.2. Do Quadro de Pessoal ................................................................................................................ 9
3.3. Dos Cargos de Provimento Permanente .................................................................................. 11
3.4. Das Funções Comissionadas e Gratificadas ............................................................................. 11
3.5. Do Ingresso ............................................................................................................................... 13
3.6. Da Promoção ............................................................................................................................
921479
14
3.7. Do Vencimento e da Remuneração .......................................................................................... 14
3.8. Das Disposições Gerais e Transitórias ...................................................................................... 18
4 - Resumo da Aula .......................................................................................................... 19
5 - Questões..................................................................................................................... 22
5.1 - Questões Comentadas ............................................................................................................ 22
5.2 - Lista de Questões .................................................................................................................... 36
5.3 - Gabarito .................................................................................................................................. 43
6 - Considerações Finais ................................................................................................... 44

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 1
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

1 - CONSIDERAÇÕES INICIAIS
Olá, caro amigo!
Nossa missão na aula de hoje é estudar duas leis bastante específicas: a Lei n. 8.902/2003 e a Lei n.
8.971/20014.
Vamos lá!? Bons estudos!

2 - LEI N. 8.902/2003

2.1. DA ORGANIZAÇÃO DOS SERVIÇOS TÉCNICOS

Esta lei trata da organização técnico-administrativa da Assembleia Legislativa. Aqui temos o


estabelecimento de um organograma, e também a distribuição de competência de cada um desses
componentes organizacionais.
Recomendo que você leia com atenção o art. 2º, e em seguida tratei um quadro esquemático com
as informações gerais sobre cada um desses órgãos. É uma quantidade grande de informações, mas
por favor tente compreender o papel de cada órgão. Isso será muito mais útil do que simplesmente
memorizar, ok!?

Art. 2º - São órgãos técnico-administrativos da Assembleia Legislativa:


I - Gabinetes, assim compreendidos: o da Presidência, dos membros da Mesa Diretora, das
Lideranças e das Representações Partidárias e dos Parlamentares;
II - Procuradoria Geral;
III - Assessoria de Comunicação Social;
IV - Assessoria de Planejamento;
V - Auditoria;
VI - Superintendência de Administração e Finanças;
VII - Superintendência de Recursos Humanos;
VIII - Superintendência de Assuntos Parlamentares.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 2
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

Gabinete da Presidência

Gabinetes dos membros da


Mesa Diretora

Gabinetes Gabinetes das Lideranças

Gabinetes das
Procuradoria Geral Representações Partidárias

Assessoria de Gabinetes dos Parlamentares


Comunicação Social

Assessoria de
Planejamento
Órgãos técnico-administrativos
da Assembleia Legislativa
Auditoria

Superintendência de
Administração e Finanças

Superintendência de
Recursos Humanos

Superintendência de
Assuntos Parlamentares

COMPETÊNCIA DOS ÓRGÃOS TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS


- Compete ao Gabinete da Presidência:
I - Assistir ao Presidente no exercício de suas funções, proporcionando-lhe
o apoio necessário ao desenvolvimento de suas atividades internas e
externas:
Gabinete da Presidência a) Organizar e manter atualizado o cadastro de informações relativas a
fatos e eventos do interesse da Presidência, bem como de autoridades e
pessoas outras que se relacionem com a Chefia do Poder;
b) Organizar a agenda presidencial segundo as prioridades definidas por
seu Titular;

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 3
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

c) Coordenar o atendimento de autoridades e demais pessoas que, por


algum modo, venham a se relacionar com a Presidência.
II - Proporcionar o apoio administrativo necessário ao seu bom
desempenho, efetuando o suprimento dos meios materiais reclamados
para o desenvolvimento das atividades;
III - Coordenar a representação presidencial, observando as normas de
segurança, protocolo e cerimonial;
IV - Elaborar relatórios, correspondências, inclusive ofícios da Presidência
e quaisquer outros documentos solicitados pelo Titular.
- O Gabinete da Presidência engloba a Chefia do Gabinete, a Assistência
Civil, A Assistência Militar e o Cerimonial.
- Compete à Assistência Civil:
I Assistir diretamente ao Presidente no desempenho de suas atribuições
no relacionamento com a sociedade;
II Assistir ao Presidente em assuntos relacionados com os demais
Poderes;
III Acompanhar o Presidente em solenidades civis, quando solicitado.
- Compete à Assistência Militar:
I Assistir ao Presidente em assuntos de segurança, bem como servir de
ligação com organismos militares;
II Planejar, organizar, dirigir e executar, no âmbito de sua competência,
os serviços de segurança interna e externa da sede do Poder Legislativo e
da residência do Presidente da Casa;
III Planejar, organizar, dirigir e executar os serviços de segurança pessoal
do Presidente do Poder;
IV Acompanhar o Presidente e cerimônias militares;
V Assistir ao cerimonial na execução de recepções e das honras militares
às autoridades em visita à sede do Poder Legislativo;
VI Exercer outas atividades correlatas.
- Compete ao Cerimonial:
I Prestar assistência ao Presidente na recepção a autoridades e
convidados do Poder Legislativo;
II Acompanhar o Presidente em solenidades civis e eclesiásticas;
III - Organizar as sessões solenes em estrita articulação com a Diretoria
Parlamentar;
IV - Organizar e manter o museu de imagem e som, destinado à pesquisa
e à preservação da memória documental da Assembleia Legislativa,
utilizando os meios audiovisuais;
V - Organizar o acervo fotográfico documental;

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 4
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

VI - Promover exposição de objetos, fotos e documentos que marcaram ou


contribuíram para a formação histórica do Poder Legislativo.

- Compete à Procuradoria Geral, órgão de consultoria e assessoramento


jurídico e representação judicial, vinculada a Presidência:
I - Representar a Assembleia Legislativa em juízo ou fora dele;
II - Prestar assessoramento jurídico à Mesa Diretora, Comissões e Órgãos
Administrativos;
III - Elaborar minutas de contratos, convênios e outros instrumentos
jurídicos de que a Assembleia seja parte;
IV - Emitir pareceres quanto a interpretação de questões constitucionais
legais ou regimentais, relativas ao funcionamento do Poder e em assuntos
de interesse da Administração;
Procuradoria Geral V - Representar ao Presidente sobre providências reclamadas e pela
aplicação das Leis vigentes;
VI - Elaborar informações em mandados de segurança e representações
por inconstitucionalidade, submetendo-as à apreciação da Presidência;
VII - Desempenhar outras atividades de caráter jurídico que lhe forem
expressamente cometidas pela Presidência.
- Nas hipóteses dos itens IV e VI, a Procuradoria Geral se pronunciará
por iniciativa da Presidência ou de Parlamentar através desta.
- A Lei Orgânica da Procuradoria Geral, de iniciativa da Mesa Diretora,
será promulgada dentro de 90 dias da vigência desta Lei, mantida a atual
estrutura até o cumprimento dessas obrigações.

- Compete à Assessoria de Comunicação Social, vinculada à Presidência:


I - Coordenar a divulgação do Poder Legislativo tendo em vista a sua
promoção e valorização;
II - Efetuar a divulgação do noticiário jornalístico no Diário do Legislativo;
Assessoria de Comunicação
Social III - Realizar as atividades de editoração dos documentos oficiais;
IV - Organizar entrevistas individuais e coletivas;
V - Promover o acompanhamento dos programas políticos, televisionados
e radiofônicos, registrando através das gravações, aqueles que forem de
interesse do Legislativo.

- Compete à Assessoria de Planejamento, vinculada à Presidência:


I - Desempenhar as funções de planejamento, programação,
acompanhamento e modernização no âmbito da Assembleia Legislativa,
Assessoria de Planejamento desenvolvendo projetos globais e setoriais e acompanhando a sua
implementação;
II - Coordenar a elaboração da Proposta Orçamentária, acompanhar a sua
execução, sugerindo o remanejamento e suplementações, quando

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 5
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

necessárias, fixando, segundo as diretrizes estabelecidas pela Presidência,


as respectivas prioridades;
III - Elaborar a programação financeira e acompanhar o seu
desenvolvimento, mantendo sempre a Presidência informada através da
expedição de boletins periódicos do resumo da execução orçamentária;
IV - Analisar, desenvolver e recomendar a implantação de sistemas
organizacionais capazes de aperfeiçoar o processo administrativo,
colhendo subsídios junto às entidades setoriais;
V - Desenvolver estudos, análises de programas e projetos de
investimento.

- Compete à Auditoria, vinculada à Presidência:


I - Promover meios para tornar eficaz o controle da fiscalização financeira
e orçamentária do Estado exercida pela Assembleia;
II - Realizar tarefas de orientação, acompanhamento e fiscalização
interna, obedecendo a planos e programas de trabalho preestabelecidos,
ou atendendo solicitações especiais;
III - Subsidiar o trabalho das Comissões, notadamente as de Inquéritos e a
Auditoria de Fiscalização e Controle;
IV - Adotar modelos e formulários a serem preenchidos pelos órgãos
internos com a finalidade de facilitar o controle da eficiência dos serviços
desenvolvidos na Casa, encaminhando suas conclusões e análises à
Assessoria de Planejamento;
V - Acompanhar a ação do Tribunal de Contas do Estado no que tange à
fiscalização financeira da Assembleia, fornecendo-lhe os dados e
elaborando as informações necessárias.

- À Superintendência de Administração e Finanças, vinculada à


Presidência, compete planejar, coordenar e supervisionar as atividades
Superintendência de
das Diretorias Administrativa, de Economia e Finanças, de Tecnologia da
Administração e Finanças Informação, da Comissão Permanente de Licitação e participar do
planejamento da Administração Geral.

- À Diretoria Administrativa, vinculada à Superintendência de


Administração e Finanças, compete planejar, coordenar, executar e
Diretoria Administrativa
controlar as atividades relativas a Serviços Administrativos,
Suprimentos, Engenharia e Manutenção.

- À Diretoria de Economia e Finanças, vinculada a Superintendência de


Diretoria de Economia e Administração e Finanças, compete planejar, coordenar, executar e
Finanças controlar as atividades relativas à Execução e Controle Orçamentário,
Finanças, Contabilidade e Tributos.

Diretoria de Tecnologia da - À Diretoria de Tecnologia da Informação, vinculada à


Informação Superintendência de Administração e Finanças, compete planejar,

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 6
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

coordenar, executar e controlar as atividades relativas à política e


desenvolvimento de recursos de tecnologia da informação.

- São atribuições da Comissão Permanente de Licitação, vinculada


Comissão Permanente de diretamente à Diretoria de Administração:
Licitação I - Elaboração de minutas, editais, contratos e convênios;
II - Julgamento de eventuais recursos administrativos.

- À Superintendência de Recursos Humanos, vinculada à Presidência,


compete planejar, coordenar, executar e controlar as atividades
relativas à Administração de Recursos Humanos, Desenvolvimento de
Recursos Humanos, Gestão de Saúde e Benefícios e Comunicação
Interna.
Superintendência de - Por solicitação da Superintendência de Administração e Finanças
Recursos Humanos caberá à Superintendência de Recursos Humanos franquear-lhe o
acesso aos elementos financeiros, inclusive a folha de pagamento dos
servidores sob sua gestão.
- Esse acesso não importa em interferência em qualquer ato da
Superintendência de Recursos Humanos a quem cabe com exclusividade
a gestão de sua área.

- À Superintendência de Assuntos Parlamentares, vinculada à


Superintendência de Presidência, compete coordenar e supervisionar as atividades das
Assuntos Parlamentares Diretorias Legislativa e Parlamentar, da Secretaria Geral da Mesa e da
Secretaria Geral das Comissões.

- À Diretoria Legislativa, vinculada à Superintendência de Assuntos


Diretoria Legislativa Parlamentares, compete, planejar, coordenar, executar e controlar as
atividades relativas ao apoio do processo legislativo.

- À Diretoria Parlamentar, vinculada à Superintendência de Assuntos


Parlamentares, compete planejar, coordenar, executar e controlar as
Diretoria Parlamentar atividades relativas a prestação de serviço aos parlamentares,
fornecendo-lhes meios e informações necessários aos trabalhos nos
gabinetes, comissões técnicas e plenário.

- São atribuições da Secretaria Geral da Mesa, vinculada diretamente à


Superintendência de Assuntos Parlamentares:
I - Assistir à Mesa Diretora e ao Presidente;
II - Elaborar as folhas de presença, de votação nominal e de verificação de
Secretaria Geral da Mesa votação;
III - Elaborar levantamentos estatísticos das atividades do Plenário;
IV - Registrar a ocorrência das sessões e matérias aprovadas em Plenário;
V - Controlar o registro de oradores;

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 7
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

VI - Organizar a distribuição do tempo dos oradores entre as lideranças e


representações partidárias;
VII - Elaborar as atas das sessões plenárias;
VIII - Exercer outras atividades correlatas.

- São atribuições da Secretaria Geral das Comissões vinculada


diretamente à Superintendência de Assuntos Parlamentares:
I - Coordenar as atividades de apoio às comissões;
Secretaria Geral das II - Secretariar as reuniões, elaborando as respectivas atas;
Comissões III - Efetuar o controle de tramitação de proposições no âmbito das
Comissões;
IV - Manter sistema de informação permanente, relativamente às
atividade das Comissões aos interessados.

3 - LEI N. 8.971/2004

3.1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Esta Lei instituiu o Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos Básicos da Assembleia Legislativa do
Estado da Bahia, estabelecendo as políticas e diretrizes para a administração de pessoal.
Logo no início, a lei traz uma série de definições básicas, que serão importantes para o
desenvolvimento do nosso estudo ao longo da aula de hoje.

DEFINIÇÕES BÁSICAS

Servidor público É a pessoa legalmente investida em cargo público.

É o conjunto de atribuições e responsabilidades designadas a um


servidor com as características essenciais de criação por lei,
Cargo público denominação e vencimento básico próprios e pagamento pelos
cofres públicos, para provimento em caráter permanente ou
temporário.

É o conjunto de cargos de provimento permanente e de provimento


Quadro de pessoal
temporário que integram este Poder.

É o conjunto de cargos identificados pela similaridade de área de


Grupo Ocupacional conhecimento ou de atuação, assim como pela natureza dos
respectivos trabalhos.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 8
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

É o agrupamento de cargos classificados segundo o grau de


Categoria Funcional
conhecimentos ou habilidades exigidos.

É a evolução em cargo na mesma categoria funcional, de acordo com


Carreira
o merecimento e antiguidade do servidor.

É o conjunto de cargos ordenados segundo os diversos grupos


Estrutura de Cargos
ocupacionais e categorias funcionais correspondentes.

É a posição hierarquizada de cargos da mesma denominação dentro


Classe
da categoria funcional.

É a posição estabelecida para o ocupante do cargo dentro da


Nível respectiva classe de acordo com os critérios de ingresso,
enquadramento e promoção.

É a retribuição pecuniária pelo exercício de cargo público com valor


Vencimento Básico
fixado em lei.

É o vencimento básico do cargo acrescido das vantagens pecuniárias,


Remuneração
permanentes ou temporárias estabelecidas em lei.

É a remuneração do servidor aposentado conforme fixada no ato


Proventos
aposentador.

3.2. DO QUADRO DE PESSOAL

Art. 3º - O quadro de pessoal, representado no Anexo I, compreende os cargos de provimento


permanente e as funções de provimento temporário, que consistem em Função Comissionada - FC
e Função Gratificada - FG, regidos por esta Lei e outras que lhe sejam pertinentes.

O quadro de pessoal previsto no anexo da lei traz o número de cargos da Assembleia e sua
distribuição. Por favor dê uma olhada na tabela, mas não tente memorizar, ok!?
CARGOS FC
FUNÇÕES GRATIFICADAS FG QTDE CARGOS EM EXTINÇÃO QTDE
FUNÇÕES COMISSIONADAS FGR
Auxiliar Administrativo - 73 Atendente 1
Técnico de Nível Médio - 187 Auxiliar de Artes Gráficas 1
Técnico de Nível Superior - 142 Auxiliar de Op de Ar condicionado 1
Procurador - 8 Carpinteiro 2
Assistente de Gabinete FC01 8 Eletricista 2
Auxiliar de Gabinete FC01 26 Encanador 1

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 9
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

Oficial de Gabinete FC02 16 Garçon 2


Assessor de Comunicação Social II FC03 4 Impressor 1
Assistente Técnico FC03 27 Mecânico 1
Técnico de Segurança do Trabalho FC03 2 Pedreiro/Pintor 1
Secretário da Presidência FC04 5 Polidor de Móveis 1
Assistente Cerimonial FC05 1 Taquígrafo Auxiliar 1
Assistente da Mesa Diretora FC05 1 Técnico em Refrigeração 2
Assessor de Comunicação Social I FC05 4 TOTAL 17
Engenheiro de Segurança do Trabalho FC05 1
Assessor de Imprensa FC05 1
Assessor Técnico FC05 45
Assessor da Presidência FC06 3
Assessor Especial FC06 12
Chefe de Gabinete FC06 7
Assistente Jurídico FC06 6
Assistente Civil FC07 2
Chefe do Cerimonial FC07 1
Assistente Militar FC07 1
Chefe da Assessoria FC07 2
Auditor Adjunto FC07 1
Chefe de Gabinete Presidência FC07 1
Subprocurador Geral FC07 1
Secretário Geral FC07 2
Diretor FC07 5
Auditor Chefe FC08 1
Superintendente FC08 3
Procurador Geral FC08 1
Coordenador de Unidade / Chefe de Seção FGR01 36
Gerente de Departamento / Chefe Divisão FGR02 22
Auxiliar Administrativo FG01 32
Agente Administrativo FG02 10
Assistente Administrativo FG03 94
TOTAL 794

O quadro de pessoal de provimento permanente se divide da seguinte forma:


a) Quadro de Pessoal Efetivo Ordinário, constituído dos servidores enquadráveis no Plano de
Carreira, Cargos e Vencimentos Básicos que estamos estudando aqui;
b) Quadro de Pessoal Efetivo Extraordinário, constituído dos servidores não enquadráveis no
Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos Básicos.

Art. 4º - Os cargos de provimento permanente e de provimento temporário (FCs e FGs) definem


o exercício de atividades técnicas, administrativas e auxiliares, as funções de confiança, os cargos
de direção, chefia, assessoramento e assistência.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 10
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

Os cargos de provimento permanente exercerão suas atribuições na Administração da Assembleia


Legislativa, inclusive Mesa Diretora e Comissões Técnicas, representações e lideranças partidárias,
sendo vedada a sua lotação nos gabinetes parlamentares.

3.3. DOS CARGOS DE PROVIMENTO PERMANENTE

Aqui temos a classificação dos cargos de provimento permanente da Assembleia Legislativa, que
consta no quadro a seguir.

CARGOS DE PROVIMENTO PERMANENTE

Cargos a que sejam inerentes às atividades técnico-administrativas que


Grupo de Atividades de
exijam escolaridade ou formação profissionalizante de 2º grau completo. É
Nível Médio - ANM composto pelos cargos de Auxiliar Administrativo e Técnico de Nível Médio

Cargos a que sejam inerentes as atividades técnicas que exijam formação


Grupo de Atividades de
universitária completa. É composto pelos cargos de Técnico de Nível
Nível Superior - ANS Superior, Procurador Jurídico e Auditor.

Cargos que não mais se adequam à estrutura administrativa da Assembleia


Legislativa, cujos servidores aí alocados permanecerão até a vacância do
cargo. É composto pelos cargos de: Atendente, Auxiliar de Artes Gráficas,
Quadro Especial
Auxiliar de Operador de Ar Condicionado, Carpinteiro, Eletricista,
Encanador, Garçom, Impressor, Mecânico, Pedreiro/Pintor, Polidor de
Móveis, Taquígrafo Auxiliar e Técnico de Refrigeração.

O Anexo II da lei trata das atribuições de cada um desses cargos. Como se trata um documento com
uma grande quantidade de informações, deixei para reproduzir tudo ao final da nossa aula, ok? Acho
interesse dar uma boa lida, mas NÃO GASTE SEU TEMPO TENTANDO MEMORIZAR ISTO!

3.4. DAS FUNÇÕES COMISSIONADAS E GRATIFICADAS

Art. 6º - A designação para as funções deste título far-se-á por ato do Presidente.

Apenas o Presidente da Assembleia Legislativa pode designar servidores para exercer funções
comissionadas e gratificadas.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 11
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

Dessas, as funções gratificadas são aquelas exercidas pelos integrantes do quadro permanente do
serviço público. Para exercer essas funções a lei exige que o servidor tenha pelo menos 36 meses de
serviço público.

Art. 7º - Fica instituída a Função Gratificada de Responsabilidade - FGR, exclusiva para os


ocupantes de funções de chefias de Departamento e Coordenação, nos níveis 02 e 01,
respectivamente.

A Função Gratificada de Responsabilidade (FGR) se refere às chefias de Departamento e


Coordenação. Para o provimento dessas funções a lei exige escolaridade de ensino médio completo.
Além disso, a designação dos ocupantes dessas chefias de será feita entre servidores efetivos
integrantes da Assembleia Legislativa que possuam as habilidades e competências definidas pela
administração.

Art. 8º - As funções comissionadas e gratificadas serão remuneradas com base nos valores
estabelecidos no Anexo III desta Lei.

O servidor efetivo da Assembleia Legislativa que for designado para cargo de provimento
temporário (comissionado) terá direito a optar, mediante termo de opção, pela percepção de
gratificação equivalente a 30% do valor integral.
Por outro lado, o servidor efetivo que exercer função gratificada perceberá, além do vencimento
básico, o valor integral do respectivo símbolo. Isso faz bastante sentido, já que as gratificações
somente podem ser concedidas a servidores efetivos, não é mesmo?
Por fim, as funções comissionadas e gratificadas serão reajustadas toda vez que houver reajuste
salarial de qualquer natureza para os cargos de provimento permanente, e no mesmo índice
aplicado para estes.

Art. 10 - Os titulares das funções de confiança serão substituídos, nos seus impedimentos legais,
da seguinte forma:
I - Os Diretores e Superintendentes, por livre indicação do Presidente;
II - Os Gerentes de Departamento, por um dos seus Coordenadores ou por um dos servidores da
respectiva unidade;
III - Os Coordenadores, por um dos servidores da respectiva unidade.

O art. 10 traz as regras acerca da substituição dos servidores que exercem funções de confiança.
Além disso, o Presidente poderá autorizar excepcionalmente a substituição dos titulares dos cargos
referidos nos incisos II e III por servidores do mesmo nível hierárquico.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 12
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

O substituto do ocupante de função de confiança ou função gratificada por responsabilidade fará jus
ao valor da gratificação da função, em decorrência do afastamento legal do seu titular, por período
superior a 10 dias e enquanto perdurar a substituição.

3.5. DO INGRESSO

Art. 12 - O ingresso nos cargos de provimento permanente no quadro de pessoal da Assembleia


Legislativa far-se-á mediante concurso público de provas ou de provas e títulos, sempre no primeiro
nível da classe inicial dos respectivos cargos.

==e0f87==

O ingresso de servidores efetivos na Assembleia Legislativa obviamente deve dar-se por meio de
concurso público. Uma vez aprovado no concurso, o candidato poderá ingressar no primeiro nível
da classe inicial do respectivo cargo.
Ao entrar em exercício, o servidor nomeado para o cargo de provimento permanente ficará sujeito
a estágio probatório por um período de 36 meses, durante o qual sua aptidão e capacidade serão
objeto de avaliação para o desempenho do cargo, observados os seguintes fatores:
a) Assiduidade;
b) Disciplina;
c) Capacidade de iniciativa;
d) Produtividade; e
e) Responsabilidade.
A lei obriga, 4 meses antes do fim do período do estágio probatório, a submissão da avaliação de
desempenho do servidor para homologação da autoridade competente. Essa avaliação será
concluída com o fim do estágio probatório.

Art. 14 - A jornada de trabalho na Assembleia Legislativa será de 40 (quarenta) horas semanais,


ressalvados os casos estabelecidos em legislação específica ou por determinação da Mesa Diretora.

A carga horária do servidor da Assembleia Legislativa, com regra geral, é de 40 horas semanais. Se
houver carga horária inferior, a remuneração do servidor deverá ser proporcional às horas
trabalhadas.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 13
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

3.6. DA PROMOÇÃO

Art. 15 - Promoção é a passagem do servidor do nível/classe em que se encontra para outro


superior no mesmo cargo, cumprido o interstício mínimo, no mesmo nível, de 24 (vinte e quatro)
meses de efetivo exercício, contados a partir do enquadramento de que trata esta Lei ou da última
promoção.

A promoção nada mais é do que a passagem do servidor de um nível na sua carreira par outro
superior. Para que seja promovido, o servidor da Assembleia Legislativa deverá cumprir o interstício
mínimo de 24 meses de efetivo exercício.
Além disso, a lei proíbe a promoção de servidor que esteja em estágio probatório ou que não esteja
em efetivo exercício em órgão ou entidade da administração Estadual.

A lei proíbe a promoção de servidor que esteja em estágio probatório ou


que não esteja em efetivo exercício em órgão ou entidade da
administração Estadual.

Os critérios aplicados na decisão dos servidores que serão promovidos são o mérito e a antiguidade,
alternadamente. O mérito será aferido através de avaliação de desempenho funcional. Nestes casos
o interstício mínimo será de 2 ou 3 anos, respectivamente.

3.7. DO VENCIMENTO E DA REMUNERAÇÃO

Art. 20 - O vencimento básico dos servidores abrangidos pelo Plano de Carreira, Cargos e
Vencimentos Básicos, instituído por esta Lei, será fixado de acordo com os valores constantes do
Anexo III que é parte desta Lei.

O Anexo III da lei é o que trata do vencimento básico dos servidores da Assembleia. Além dessa
parcela básica da remuneração, os servidores também farão jus às seguintes vantagens pecuniárias:
a) Gratificação pelo exercício de cargo de provimento temporário - FG e FC;
b) Gratificação pelo exercício de função de responsabilidade - FGR;
c) Gratificação natalina;
d) Gratificação de adicional por tempo de serviço;
e) Gratificação pelo exercício de atividades insalubres, perigosas ou penosas;
f) Gratificação de incentivo funcional;
g) Gratificação por tempo de serviço - GTS;

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 14
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

h) Auxílio educação;
i) Auxílio férias; e
j) Estabilidade econômica.
Além dessas vantagens, a lei mantém ainda todas as vantagens pecuniárias e benefícios previstos no
Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado da Bahia, bem como os resultantes de acordos e
resoluções específicas do Poder Legislativo.

Art. 23 - O servidor com mais de 05 (cinco) anos de comprovado exercício de efetivo trabalho no
serviço público estadual terá direito por anuênio, contínuo ou não, à percepção de adicional
calculado à razão de 1% (um por cento) por ano sobre o valor do vencimento básico do cargo que
ocupa, obedecendo aos critérios estabelecidos no Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado
da Bahia.

O servidor que tiver 5 anos no serviço público estadual terá direito ao adicional de 1% por ano sobre
o valor do vencimento básico, a partir do mês em que o servidor completar o anuênio. No cálculo
dessa gratificação não serão computadas outras vantagens pecuniárias, ainda que incorporadas aos
vencimentos, para todos os efeitos legais.

Art. 24 - O Adicional por Desempenho de Atividades Especiais será concedido a servidores


ocupantes de cargos de provimento temporário com o fim de:
I - Compensar o trabalho extraordinário não eventual prestado antes ou depois do horário normal;
II - Remunerar o exercício de atribuições que exijam habilitação específica ou criteriosos estudos
e/ou trabalhos técnicos.

O Adicional por Desempenho de Atividades Especiais serve para remunerar a hora extra, e também
para remunerar atribuições que exijam habilitação específica ou criteriosos estudos e/ou trabalhos
técnicos.
Esse adicional poderá ser concedido cumulativamente quando ocorrer apenas uma ou ambas as
hipóteses previstas, mas é incompatível com o Adicional por Serviços Extraordinários.
O adicional será concedido no limite máximo de 125% sobre o vencimento básico do cargo ou função
ocupada pelo servidor, não podendo ser considerado na base para cálculo de quaisquer outras
vantagens, a não ser as relativas à remuneração de férias e abono pecuniário resultante da
conversão de parte das férias e gratificação natalina.
A competência para a concessão do Adicional por Desempenho de Atividades Especiais é privativa
do Presidente da Assembleia, mediante pedido formulado pelo Superintendente da unidade em que
o servidor estiver lotado. O ato de concessão deverá ser fundamentado, indicando a data de início
do pagamento.
Por fim, o Adicional por Desempenho de Atividades Especiais deixará de ser pago assim que
desaparecerem as circunstâncias que motivaram a sua concessão.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 15
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

Art. 32 - Ao servidor ocupante de cargo de provimento permanente será concedida a cada 5 (cinco)
anos de exercício efetivo e ininterrupto, licença prêmio de 3 (três) meses, assegurada a percepção
da respectiva remuneração, observados os mesmos requisitos e procedimentos previstos no
Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado da Bahia e legislação complementar.

A licença prêmio poderá ser concedida ao servidor da Assembleia, a cada 5 anos de exercício. Essa
licença terá a duração de 3 meses e será remunerada.

Art. 33 - O servidor ocupante de cargo de provimento permanente poderá obter licença sem
remuneração, para tratar de interesse particular, pelo prazo de 03 (três) anos, observada a
conveniência da Assembleia Legislativa, podendo ser prorrogado por igual período, observados os
mesmos requisitos e procedimentos previstos no Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado
da Bahia e legislação complementar.

A licença para tratar de interesse particular pode ser concedida ao servidor efetivo, pelo prazo de
3 anos, prorrogável por igual período. Esta licença não é remunerada, ok!?

Art. 34 - Fica assegurada ao servidor a faculdade de converter 1/3 (um terço) do período de férias
a que tiver direito em abono pecuniário.

Este dispositivo trata da possibilidade de o servidor vender uma parte das suas férias. Aqui a
possibilidade se restringe a um terço do período.

Art. 35 - Será concedido a todos os servidores auxílio à título de prêmio férias, na base de um mês
de remuneração, a ser pago no mês imediatamente anterior ao gozo das férias.

Esta vantagem nada mais é do que um salário a mais, pago ao servidor no mês anterior às suas férias.
Perderá o direito a essa vantagem o servidor que, durante o período aquisitivo das férias:
a) Tiver sofrido pena disciplinar superior à de advertência;
b) Tiver, no ano, mais de 12 faltas ao serviço, sem causa justificada;
c) Estiver afastado do efetivo exercício do seu cargo, excetuadas as seguintes hipóteses:
i. Licença para tratamento da própria saúde;
ii. Licença prêmio;
iii. Licença decorrente de acidente em serviço ou doença profissional;
iv. Licença gestante e adotante;
v. Férias;
vi. Casamento, até 8 dias;
vii. Luto por falecimento de cônjuge, companheiro, filhos, pais, menor sob guarda ou
tutela e irmãos, até 8 dias;
viii. Júri, regularização de situação eleitoral e outras obrigações impostas por lei;

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 16
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

ix. Exercício de outro cargo de provimento em comissão ou de função gratificada no


serviço público estadual.

Art. 36 - Será concedida a gratificação natalina para os servidores ativos e inativos da Assembléia
Legislativa e o seu pagamento deverá ser efetuado até o dia 20 (vinte) do mês de dezembro de
cada ano.

A gratificação natalina aqui mencionada nada mais é do que o famoso décimo terceiro salário,
correspondendo a 1/12 (um doze avos) da remuneração do servidor no mês de exercício e no
respectivo ano, considerando-se como mês integral a fração igual ou superior a 15 dias. No caso do
servidor inativo, será paga igual gratificação em valor equivalente aos seus proventos.

Art. 37 - Será concedida a Gratificação de Incentivo Funcional, calculada sobre o vencimento


básico, ao servidor efetivo ocupante de cargo do Grupo de Atividades de Nível Superior (ANS) ou
Grupo de Atividades de Nível Médio (ANM) que for portador de diploma ou certificado de conclusão
de curso superior correlato com as suas atribuições, de acordo com os seguintes critérios:
I - Grupo de Atividades de Nível Superior (ANS):
a) Curso de Especialização com carga horária mínima de 360 (trezentos e sessenta) horas - 5%
(cinco por cento);
b) Curso de Mestrado - 10% (dez por cento);
c) Curso de Doutorado - 20% (vinte por cento).

A Gratificação de Incentivo Funcional serve para aumentar a remuneração do servidor que adquire
um novo patamar de especialização. É importante lembrar os percentuais aplicáveis, ok!?

Curso de Especialização  5%
GRATIFICAÇÃO DE
Curso de Mestrado  10%
INCENTIVO FUNCIONAL
Curso de Doutorado  20%

O incentivo funcional será concedido cumulativamente, mas não pode exceder a 25%, não
conflitando com qualquer outro adicional, gratificação ou vantagem.

Art. 38 - Fica instituído o Auxílio Educação para os servidores ativos de cargo de provimento
permanente da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia cujos filhos ou dependentes,
judicialmente reconhecidos, encontrem-se matriculados em estabelecimento particular de ensino,
com idade entre 04 (quatro) e 18 (dezoito) anos, limitado a 02 (dois) dependentes por servidor.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 17
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

O Auxílio Educação é concedido ao servidor que tenha filhos ou dependentes que estejam
estudando em escola particular, com idade entre 4 e 18 anos.
O Auxílio Educação de que trata este artigo corresponderá a 18,43% do nível inicial da Tabela de
Vencimentos Básicos de Nível Médio, e não será incorporado aos vencimentos dos servidores para
quaisquer efeitos. Além disso, a concessão desse auxílio é limitada a 2 dependentes por servidor.

3.8. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E TRANSITÓRIAS

Art. 51 - A revisão dos vencimentos básicos dos servidores da Assembleia Legislativa ocorrerá
anualmente no mês de janeiro, desde que haja dotação orçamentária.

Todos os anos, no mês de janeiro, deverá haver a revisão dos vencimentos básicos dos servidores
da Assembleia. Essa revisão, porém, está limitada à disponibilidade orçamentária.
Além disso, a Assembleia Legislativa, a seu critério, e considerando a sua disponibilidade financeira
e o índice inflacionário, poderá antecipar correções salariais por conta de Acordos que venham a ser
celebrados posteriormente. Esse percentual recairá sobre todas as tabelas de vencimentos,
aumentando no mesmo percentual o valor de todos os níveis salariais, com exceção dos cargos
exclusivos dos gabinetes parlamentares, comissões técnicas, representações e lideranças
partidárias.

Art. 53 - Nenhuma remuneração de servidor, seja a que título for, poderá exceder ao valor do
subsídio do Deputado Estadual, operando-se automaticamente a redução a esse limite de qualquer
excesso.

O teto remuneratório do Poder Legislativo é o subsídio do Deputado Estadual. Se algum servidor


tiver remuneração nominal maior que esse teto, deverá ser feito o devido abatimento.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 18
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

4 - RESUMO DA AULA
Para finalizar o estudo da matéria, trazemos um resumo dos principais aspectos
estudados ao longo da aula. Nossa sugestão é a de que esse resumo seja estudado

Além disso, segundo a organização de estudos de vocês, a cada ciclo de estudos é


fundamental retomar esses resumos.

Gabinete da Presidência

Gabinetes dos membros da


Mesa Diretora

Gabinetes Gabinetes das Lideranças

Gabinetes das
Procuradoria Geral Representações Partidárias

Assessoria de Gabinetes dos Parlamentares


Comunicação Social

Assessoria de
Planejamento
Órgãos técnico-administrativos
da Assembleia Legislativa
Auditoria

Superintendência de
Administração e Finanças

Superintendência de
Recursos Humanos

Superintendência de
Assuntos Parlamentares

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 19
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

DEFINIÇÕES BÁSICAS

Servidor público É a pessoa legalmente investida em cargo público.

É o conjunto de atribuições e responsabilidades designadas a um


servidor com as características essenciais de criação por lei,
Cargo público denominação e vencimento básico próprios e pagamento pelos
cofres públicos, para provimento em caráter permanente ou
temporário.

É o conjunto de cargos de provimento permanente e de provimento


Quadro de pessoal
temporário que integram este Poder.

É o conjunto de cargos identificados pela similaridade de área de


Grupo Ocupacional conhecimento ou de atuação, assim como pela natureza dos
respectivos trabalhos.

É o agrupamento de cargos classificados segundo o grau de


Categoria Funcional
conhecimentos ou habilidades exigidos.

É a evolução em cargo na mesma categoria funcional, de acordo com


Carreira
o merecimento e antiguidade do servidor.

É o conjunto de cargos ordenados segundo os diversos grupos


Estrutura de Cargos
ocupacionais e categorias funcionais correspondentes.

É a posição hierarquizada de cargos da mesma denominação dentro


Classe
da categoria funcional.

É a posição estabelecida para o ocupante do cargo dentro da


Nível respectiva classe de acordo com os critérios de ingresso,
enquadramento e promoção.

É a retribuição pecuniária pelo exercício de cargo público com valor


Vencimento Básico
fixado em lei.

É o vencimento básico do cargo acrescido das vantagens pecuniárias,


Remuneração
permanentes ou temporárias estabelecidas em lei.

É a remuneração do servidor aposentado conforme fixada no ato


Proventos
aposentador.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 20
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

CARGOS DE PROVIMENTO PERMANENTE

Cargos a que sejam inerentes às atividades técnico-administrativas que


Grupo de Atividades de
exijam escolaridade ou formação profissionalizante de 2º grau completo. É
Nível Médio - ANM composto pelos cargos de Auxiliar Administrativo e Técnico de Nível Médio

Cargos a que sejam inerentes as atividades técnicas que exijam formação


Grupo de Atividades de
universitária completa. É composto pelos cargos de Técnico de Nível
Nível Superior - ANS Superior, Procurador Jurídico e Auditor.

Cargos que não mais se adequam à estrutura administrativa da Assembleia


Legislativa, cujos servidores aí alocados permanecerão até a vacância do
cargo. É composto pelos cargos de: Atendente, Auxiliar de Artes Gráficas,
Quadro Especial
Auxiliar de Operador de Ar Condicionado, Carpinteiro, Eletricista,
Encanador, Garçom, Impressor, Mecânico, Pedreiro/Pintor, Polidor de
Móveis, Taquígrafo Auxiliar e Técnico de Refrigeração.

A lei proíbe a promoção de servidor que esteja em estágio probatório ou que não esteja
em efetivo exercício em órgão ou entidade da administração Estadual.

Curso de Especialização  5%
GRATIFICAÇÃO DE
Curso de Mestrado  10%
INCENTIVO FUNCIONAL
Curso de Doutorado  20%

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 21
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

5 - QUESTÕES

5.1 - QUESTÕES COMENTADAS

1. [INÉDITA LEI 8.902/2003 AL-BA 2018]


A Lei nº 8902 de 18 de dezembro de 2003 dispõe sobre organização técnico-administrativa da
Assembléia Legislativa.
De acordo com a Lei nº 8902/2003, marque a alternativa errada.
(A) Os Gabinetes da Presidência, dos membros da Mesa Diretora, das Lideranças e das
Representações Partidárias e dos Parlamentares são órgãos técnico-administrativos da
Assembléia Legislativa do Estado da Bahia.
(B) Coordenar e supervisionar as atividades das Diretorias Legislativa e Parlamentar, da
Secretaria Geral da Mesa e da Secretaria Geral das Comissões compete à Secretaria Geral das
Comissões.
(C) Elaborar a programação financeira e acompanhar o seu desenvolvimento compete à
Assessoria de Planejamento.
(D) A Procuradoria Geral é órgão de consultoria e assessoramento jurídico e representação
judicial, vinculada à Presidência.
(E) Planejar, coordenar, executar e controlar as atividades relativas à Execução e Controle
Orçamentário, Finanças, Contabilidade e Tributos é atribuição da Diretoria de Economia e
Finanças.
Comentário:
A Certo. Os Gabinetes, assim compreendidos: o da Presidência, dos membros da Mesa Diretora,
das Lideranças e das Representações Partidárias e dos Parlamentares são órgãos técnico-
administrativos da Assembléia Legislativa (Art. 2º).
B Errado. À Superintendência de Assuntos Parlamentares, vinculada à Presidência, compete
coordenar e supervisionar as atividades das Diretorias Legislativa e Parlamentar, da Secretaria Geral
da Mesa e da Secretaria Geral das Comissões (Art. 15).
C Certo. Compete à Assessoria de Planejamento, vinculada à Presidência elaborar a programação
financeira e acompanhar o seu desenvolvimento, mantendo sempre a Presidência informada através
da expedição de boletins periódicos do resumo da execução orçamentária (Art. 7º, III).
D Certo. A Procuradoria Geral é órgão de consultoria e assessoramento jurídico e representação
judicial, vinculada à Presidência (Art. 5º).
E Certo. À Diretoria de Economia e Finanças, vinculada a Superintendência de Administração e
Finanças, compete planejar, coordenar, executar e controlar as atividades relativas à Execução e
Controle Orçamentário, Finanças, Contabilidade e Tributos (Art. 11).

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 22
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

Gabarito: B

2. [INÉDITA LEI 8.902/2003 AL-BA 2018]


De acordo com a Lei nº 8902/2003, marque a assertiva certa.
(A) Assistir diretamente ao Presidente no desempenho de suas atribuições no relacionamento
com a sociedade compete ao Cerimonial.
(B) Coordenar a divulgação do Poder Legislativo tendo em vista a sua promoção e valorização
Compete à Assessoria de Planejamento.
(C) É atribuição da Assessoria de Comunicação Social analisar, desenvolver e recomendar a
implantação de sistemas organizacionais capazes de aperfeiçoar o processo administrativo,
colhendo subsídios junto às entidades setoriais.
(D) Elaborar informações em mandados de segurança e representações por
inconstitucionalidade, submetendo-as à apreciação da Presidência é atribuição da
Procuradoria Geral.
(E) É atribuição da Superintendência de Administração e Finanças adotar modelos e
formulários a serem preenchidos pelos órgãos internos com a finalidade de facilitar o controle
da eficiência dos serviços desenvolvidos na Casa.
Comentário:
A Errado. Compete à Assistência Civil assistir diretamente ao Presidente no desempenho de suas
atribuições no relacionamento com a sociedade Art. (4º, § 1º, I).
B Errado. Compete à Assessoria de Comunicação Social, vinculada à Presidência, coordenar a
divulgação do Poder Legislativo tendo em vista a sua promoção e valorização (Art. 6º).
C Errado. Compete à Assessoria de Planejamento, vinculada à Presidência Analisar, desenvolver e
recomendar a implantação de sistemas organizacionais capazes de aperfeiçoar o processo
administrativo, colhendo subsídios junto às entidades setoriais (Art. 7º, IV).
D Certo. Compete à Procuradoria Geral elaborar informações em mandados de segurança e
representações por inconstitucionalidade, submetendo-as à apreciação da Presidência (Art. 5º).
E Errado. Compete à Auditoria adotar modelos e formulários a serem preenchidos pelos órgãos
internos com a finalidade de facilitar o controle da eficiência dos serviços desenvolvidos na Casa,
encaminhando suas conclusões e análises à Assessoria de Planejamento (Art. 8º).
Gabarito: D

3. [INÉDITA LEI 8.902/2003 AL-BA 2018]


Com relação às competências previstas na Lei nº 8902/2003, marque a assertiva correta.
(A) Efetuar o controle de tramitação de proposições no âmbito das Comissões compete a
Diretoria Legislativa.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 23
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

(B) Por solicitação do gabinete caberá à Superintendência de Recursos Humanos franquear-lhe


o acesso aos elementos financeiros, inclusive a folha de pagamento dos servidores sob sua
gestão.
(C) À Diretoria Parlamentar, vinculada à Superintendência de Assuntos Parlamentares,
compete planejar, coordenar, executar e controlar as atividades relativas a prestação de
serviço aos parlamentares, fornecendo-lhes meios e informações necessários aos trabalhos
nos gabinetes, comissões técnicas e plenário.
(D) É atribuição da Auditoria planejar, coordenar e supervisionar as atividades das Diretorias
Administrativa, de Economia e Finanças, de Tecnologia da Informação, da Comissão
Permanente de Licitação e participar do planejamento da Administração Geral.
(E) É atribuição da Assistência Civil planejar, organizar, dirigir e executar, no âmbito de sua
competência, os serviços de segurança interna e externa da sede do Poder Legislativo e da
residência do Presidente da Casa.
Comentário:
A Errado. É atribuições da Secretaria Geral das Comissões vinculada diretamente à
Superintendência de Assuntos Parlamentares efetuar o controle de tramitação de proposições no
âmbito das Comissões (Art. 19).
B Errado. Por solicitação da Superintendência de Administração e Finanças caberá à
Superintendência de Recursos Humanos franquear-lhe o acesso aos elementos financeiros, inclusive
a folha de pagamento dos servidores sob sua gestão (Art. 14, § 1º).
C Certo. Coordenar, executar e controlar as atividades relativas a prestação de serviço aos
parlamentares, fornecendo-lhes meios e informações necessários aos trabalhos nos gabinetes,
comissões técnicas e plenário é atribuição da Diretoria Parlamentar (Art. 17).
D Errado. Planejar, coordenar e supervisionar as atividades das Diretorias Administrativa, de
Economia e Finanças, de Tecnologia da Informação, da Comissão Permanente de Licitação e
participar do planejamento da Administração Geral cabe à Superintendência de Administração e
Finanças (Art. 9º).
E Errado. Compete à Assistência Militar planejar, organizar, dirigir e executar, no âmbito de sua
competência, os serviços de segurança interna e externa da sede do Poder Legislativo e da residência
do Presidente da Casa (Art. 4º - § 2º).
Gabarito: C

4. [INÉDITA LEI 8.902/2003 AL-BA 2018]


De acordo com a Lei nº 8902/2003, marque a errada.
(A) compete à Superintendência de Administração e Finanças acompanhar a ação do Tribunal
de Contas do Estado no que tange à fiscalização financeira da Assembléia, fornecendo-lhe os
dados e elaborando as informações necessárias.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 24
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

(B) São atribuições da Secretaria Geral da Mesa: elaborar levantamentos estatísticos das
atividades do Plenário e elaborar as folhas de presença, de votação nominal e de verificação
de votação.
(C) Compete ao Gabinete da Presidência coordenar a representação presidencial, observando
as normas de segurança, protocolo e cerimonial.
(D) A elaboração de relatórios, correspondências, inclusive ofícios da Presidência e quaisquer
outros documentos solicitados pelo Titular compete ao Gabinete da Presidência.
(E) Cabe à Diretoria Administrativa planejar, coordenar, executar e controlar as atividades
relativas a Serviços Administrativos, Suprimentos, Engenharia e Manutenção.
Comentário:
A Errado. Acompanhar a ação do Tribunal de Contas do Estado no que tange à fiscalização
financeira da Assembléia, fornecendo-lhe os dados e elaborando as informações necessárias é
competência da Auditoria (Art. 8º).
B Certo. São atribuições da Secretaria Geral da Mesa, vinculada diretamente à Superintendência
de Assuntos Parlamentares: II) Elaborar as folhas de presença, de votação nominal e de verificação
de votação; III) Elaborar levantamentos estatísticos das atividades do Plenário (Art. 18, I e II).
C Certo. Compete ao Gabinete da Presidência: Coordenar a representação presidencial,
observando as normas de segurança, protocolo e cerimonial (Art. 3º, III).
D Certo. compete ao Gabinete da Presidência elaborar relatórios, correspondências, inclusive
ofícios da Presidência e quaisquer outros documentos solicitados pelo Titular (Art. 3º, IV).
E Certo. Compete à Diretoria Administrativa planejar, coordenar, executar e controlar as atividades
relativas a Serviços Administrativos, Suprimentos, Engenharia e Manutenção (Art. 10).
Gabarito: A

5. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]


Segundo o Art. 1º da Lei nº 8.971 de janeiro de 2004, a referida Norma institui o Plano de
Carreira, Cargos e Vencimentos Básicos da Assembléia Legislativa do Estado da Bahia,
estabelecendo as políticas e diretrizes para a administração de pessoal.
Desta forma, de acordo com o que prevê a Lei 8.971/2004, marque a assertiva que está em
desacordo com as suas previsões.
(A) O conjunto de cargos identificados pela natureza dos respectivos trabalhos, pela
similaridade de área de conhecimento ou de atuação é denominado de Grupo Operacional.
(B) Por ato do Presidente, são realizadas as designações para as funções comissionadas e
gratificadas.
(C) A escolha do nome dos substitutos de Diretores e Superintendentes, titulares das funções
de confiança, é feita por livre indicação do Presidente.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 25
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

(D) É de vinte e quatro meses o período de Estágio probatório para cargos de provimento
permanente.
(E) A Função Comissionada e a Função Gratificada, estão inseridas no quadro de pessoal como
cargos de provimento permanente funções de provimento temporário.
Comentário:
A Certo. Grupo Ocupacional: é o conjunto de cargos identificados pela similaridade de área de
conhecimento ou de atuação, assim como pela natureza dos respectivos trabalhos (Art. 2º, IV).
B Certo. A designação para as funções comissionadas e gratificadas far-se-á por ato do Presidente
(Art. 6º).
C Certo. Os titulares das funções de confiança serão substituídos, nos seus impedimentos legais,
da seguinte forma: Os Diretores e Superintendentes, por livre indicação do Presidente (Art. 10, I).
D Errada. Ao entrar em Exercício, o servidor nomeado para o cargo de provimento permanente
ficará sujeito a estágio probatório por um período de 36 (trinta e seis) meses, durante o qual sua
aptidão e capacidade serão objeto de avaliação para o desempenho do cargo (Art. 13).
E Certo. O quadro de pessoal compreende os cargos de provimento permanente e as funções de
provimento temporário, que se consistem em - FC e Função Gratificada - FG (Art. 3º).
Gabarito: D

6. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]


Marque a alternativa errada, com relação à Lei nº 8.971/2004.
(A) É exigência para que os ocupantes das chefias de Coordenação para que percebam, além
do vencimento básico estabelecido para o seu cargo de provimento permanente, o valor da
Função Gratificada de Responsabilidade, no mínimo, segundo grau incompleto.
(B) O Presidente poderá autorizar a substituição dos titulares dos cargos Gerentes de
Departamento e Coordenadores por servidores do mesmo nível hierárquico,
excepcionalmente.
(C) Os quadros de provimento permanente classificam-se em: i) Grupo de Atividades de Nível
Médio- ANM, ii) Grupo de Atividades de Nível Superior- ANS e iii) Quadro Especial.
(D) Capacidade, aptidão, capacidade de iniciativa, disciplina, produtividade, assiduidade e a
responsabilidade são objetos de avaliação durante o estágio probatório para o desempenho
do cargo de provimento permanente.
(E) As funções gratificadas serão exercidas pelos integrantes do quadro permanente do serviço
público.
Comentário:
A Errado. Os ocupantes das chefias de Departamentos e Coordenações perceberão além do
vencimento básico estabelecido para o seu cargo de provimento permanente, o valor da gratificação
o valor da Função Gratificada de Responsabilidade (Art. 7º, § 4º).

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 26
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

Todavia, § 1º do mesmo dispositivo legal, exige escolaridade mínima de 2º (segundo) grau


COMPLETO para o provimento das Chefias de Departamento e de Coordenação.
B Certo. Em caráter excepcional poderá o Presidente autorizar a substituição dos titulares dos
cargos de Gerentes de Departamento e Coordenadores por servidores do mesmo nível hierárquico
(Art. 10, parágrafo único).
C Certo. De acordo com o Art. 5º e seus incisos, os cargos de provimento permanente estão
classificados na forma seguinte: I) Grupo de Atividades de Nível Médio (ANM), II) Grupo de
Atividades de Nível Superior (ANS) e III) Quadro Especial.
D Certo. Além de capacidade e aptidão; a capacidade de iniciativa, a disciplina, produtividade,
assiduidade e a responsabilidade também serão objetos de avaliação durante o estágio probatório
para o desempenho do cargo de provimento permanente (Art. 13, I, II, III, IV e V).
E Certo. As funções gratificadas serão exercidas pelos integrantes do quadro permanente do
serviço público (Art. 6º, § 1º).
Gabarito: A

7. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]


Julgue os itens a seguir conforme dispõe a Lei nº 8.971/2004.
I O quadro de pessoal de provimento permanente é dividido em:
a) Efetivo Ordinário: composto por servidor que se enquadram no Plano de Carreira, Cargos e
Vencimentos Básicos dos servidores da Assembléia Legislativa do Estado da Bahia, previsto na
Lei 8.971/2004; e
b) Efetivo Extraordinário: composto por cargos previstos em instituto normativo próprio e
aplicação subsidiária da Lei 8.971/2004.
II O agrupamento de cargos classificados segundo o grau de conhecimentos ou habilidades
exigidas é denominado de Classe.
III É exigido período superior a quinze dias em exercício da para que o substituto faça jus ao
valor da gratificação do titular ocupante de função de confiança ou função gratificada por
responsabilidade afastado nos termos de Lei, pelo tempo em que durar a substituição.
Marque a alternativa certa.
(A) As alternativas I, II e III estão corretas.
(B) As alternativas II e III estão corretas.
(C) Apenas a alternativa II está correta.
(D) Apenas a alternativa III está certa.
(E) Todas as alternativas estão erradas.
Comentário:
I Errado. O quadro de pessoal de provimento permanente está dividido em (Art. 3º, I e II):

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 27
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

i) Efetivo Ordinário: constituído dos servidores enquadráveis no Plano de Carreira, Cargos e


Vencimentos Básicos da Lei 8.971/2004.
ii) Efetivo Extraordinário: constituído dos servidores NÃO enquadráveis no Plano de Carreira, Cargos
e Vencimentos Básicos Lei 8.971/2004.
II Errado. Na assertiva, os conceitos de Classe e Categoria Funcional estão invertidos de acordo
com o que se pode observar com a transcrição dos incisos VIII e V do Art. 2º da Lei 8.971/2004 a
seguir:
i) Classe: é a posição hierarquizada de cargos da mesma denominação dentro da categoria funcional
(Art. 2º, VIII).
ii) Categoria Funcional: agrupamento de cargos classificados segundo o grau de habilidades ou
conhecimentos exigidos (Art. 2º, V).
III Errado. O substituto do ocupante de função de confiança ou função gratificada por
responsabilidade fará jus ao valor da gratificação da função, em decorrência do afastamento legal
do seu titular, por período superior a 10 (dez) dias e enquanto perdurar a substituição (Art. 11).
Gabarito: E

8. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]


Marque a alternativa errada, com relação à Lei nº 8.971/2004.
(A) Promoção é a passagem do servidor do cargo em que se encontra para outro superior,
cumprido o interstício mínimo, no mesmo nível, de vinte e quatro meses de efetivo exercício.
(B) Para fins de enquadramento dos servidores no Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos
Básicos, no caso de servidor já percebe remuneração superior ao máximo da faixa salarial do
seu cargo, este será alocado em quadro extraordinário até que se enquadre na faixa de seu
grupo ocupacional.
(C) A gratificação natalina corresponderá, para os servidores ativos, a um doze avos da
remuneração a que o servidor fizer jus no mês de exercício e no respectivo ano, considerando-
se como mês integral a fração igual ou superior a quinze dias.
(D) É de quarenta horas semanais a jornada de trabalho na Assembléia Legislativa.
(E) Gratificação de incentivo funcional, Gratificação pelo exercício de cargo de provimento
temporário e Auxílio férias são vantagens que poderão ser concedidas aos servidores da
Assembleia Legislativa do Estado da Bahia além de seus vencimentos básicos.
Comentário:
A Errado. Promoção é a passagem do servidor do nível/classe em que se encontra para outro
superior no MESMO CARGO, cumprido o interstício mínimo, no mesmo nível, de 24 (vinte e quatro)
meses de efetivo exercício (Art. 15).
B Certo. O enquadramento dos servidores no Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos Básicos
levará em conta o cargo atual, o nível de escolaridade e a remuneração percebida, respeitados
alguns critérios, e, dentro deles, há o seguinte seguintes: Se a remuneração do servidor, como

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 28
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

definido no inciso anterior inciso III do Art. 18, já for superior ao máximo da faixa salarial do seu
cargo, ele será alocado em quadro extraordinário até que se enquadre na faixa de seu grupo
ocupacional (Art. 18, IV).
C Certo. A gratificação natalina corresponderá, para os servidores ativos, a 1/12 (um doze avos) da
remuneração a que o servidor fizer jus no mês de exercício e no respectivo ano, considerando-se
como mês integral a fração igual ou superior a 15 (quinze) dias (Art. 36, § 1º).
D Certo. A jornada de trabalho na Assembléia Legislativa será de 40 (quarenta) horas semanais
(Art. 14).
E Certo. Além do vencimento básico, poderão ser concedidas, na forma da Lei, aos servidores deste
Poder as vantagens de: Gratificação pelo exercício de cargo de provimento temporário - FG e FC VI,
Gratificação de incentivo funcional e Auxílio férias (Art. 21, I, VI e IX).
Gabarito: A

9. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]


De acordo com a Lei nº 8.971/2004, marque a assertiva correta.
(A) Remuneração é a retribuição pecuniária pelo exercício de cargo público com valor fixado
em lei.
(B) Os cargos de provimento permanente exercerão suas atribuições nos Gabinetes
Parlamentares, Administração da Assembléia Legislativa, inclusive Mesa Diretora e Comissões
Técnicas, representações e lideranças partidárias.
(C) Sempre que houver reajuste salarial de qualquer natureza para os cargos de provimento
permanente as funções comissionadas e gratificadas também serão reajustadas em igual
índice.
(D) Os Gerentes de Departamento, titulares das funções de confiança, sempre serão
substituídos, nos seus impedimentos legais, por um dos servidores da respectiva unidade.
(E) A avaliação de desempenho do servidor, quatro meses antes de acabar o estágio
probatório, será, facultativamente, submetida à homologação da autoridade competente e,
obrigatoriamente, trinta dias antes de acabar.
Comentário:
A Errado. Conforme o Art. 2º X e XI: i) Vencimento Básico: é a retribuição pecuniária pelo exercício
de cargo público com valor fixado em lei; ii) Remuneração: é o vencimento básico do cargo
acrescido das vantagens pecuniárias, permanentes ou temporárias estabelecidas em lei.
B Errado. Os cargos de provimento permanente exercerão suas atribuições na Administração da
Assembléia Legislativa, inclusive Mesa Diretora e Comissões Técnicas, representações e lideranças
partidárias, vedada a sua lotação nos gabinetes parlamentares (Art. 4º, parágrafo único).
C Certo. As funções comissionadas e gratificadas serão reajustadas toda vez que houver reajuste
salarial de qualquer natureza para os cargos de provimento permanente e no mesmo índice aplicado
para estes (Art. 8º, § 3º).

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 29
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

D Errado. Os II - Os Gerentes de Departamento, titulares das funções de confiança, em seus


impedimentos legais, nem sempre serão substituídos por um dos servidores da respectiva unidade,
eles também poderão ser substituídos por um dos seus Coordenadores (Art. 10, II).
E Errado. Obrigatoriamente 4 (quatro) meses antes de findo o período do estágio probatório,
será submetida à homologação da autoridade competente a avaliação do desempenho do servidor,
que será completada ao término do estágio (Art. 13, parágrafo único).
Gabarito: C

10. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]


Com base na Lei nº 8.971/2004, marque a alternativa errada.
(A) À critério do Servidor, poderá ser convertido em abono pecuniário um terço das férias a
que tem direito.
(B) O servidor que comprovar mais de cinco anos de efetivo exercício em serviço público
estadual terá direito por anuênio, contínuo ou não, a adicional calculado à razão de um por
cento por ano sobre o valor do vencimento básico do cargo que ocupa.
(C) Comissão de Servidores instituída para elaborar proposta de enquadramento salarial na
segunda fase será composta por total de cinco membros: três indicados pelo Presidente da
Assembléia Legislativa, um indicado pelo Sindicato dos Servidores e mais um indicado pela
Associação de Servidores.
(D) Será concedido a servidores ocupantes de cargos de provimento temporário Adicional por
Desempenho de Atividades Especiais em, no mínimo setenta e cinco por cento sobre o seu
vencimento básico.
(E) O Presidente da Assembléia Legislativa indicará o presidente da Comissão de Servidores
dentre os três membros escolhidos por ele.
Comentário:
A Certo. Fica assegurada ao servidor a faculdade de converter 1/3 (um terço) do período de férias
a que tiver direito em abono pecuniário (Art. 34).
B Certo. O servidor com mais de 05 (cinco) anos de comprovado exercício de efetivo trabalho no
serviço público estadual terá direito por anuênio, contínuo ou não, à percepção de adicional
calculado à razão de 1% (um por cento) por ano sobre o valor do vencimento básico do cargo que
ocupa, obedecendo aos critérios estabelecidos no Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado
da Bahia (Art. 23).
C Certo. Será instituída Comissão de Servidores A Comissão para elaborar Art. 19 - contará com
05 (cinco) membros, sendo 03 (três) indicados pelo Presidente da Assembléia Legislativa, a quem
cabe indicar o seu presidente, 01 (um) indicado pelo Sindicato dos Servidores e outro indicado pela
Associação de Servidores (Art. 19, § 1º).
D Errado. O Adicional por Desempenho de Atividades Especiais para servidores ocupantes de
cargos de provimento temporário será de concedido no limite máximo de 125% (cento e vinte cinco

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 30
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

por cento) incidente sobre o vencimento básico do cargo ou função ocupada pelo servidor (Art. 24,
§ 2º).
E Certo. Indicar o presidente da Comissão de Servidores para elaborar proposta de enquadramento
salarial compete aos Presidente da Assembléia Legislativa (Art. 19).
Gabarito: D

11. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]


De acordo com a Lei nº 8.971/2004, marque a alternativa certa com relação aos adicionais.
(A) O Adicional por Desempenho de Atividades Especiais tem a finalidade exclusiva de
remunerar o exercício de atribuições que exijam habilitação específica ou criteriosos estudos
e/ou trabalhos técnicos.
(B) O Adicional por Desempenho de Atividades Especiais incidirá sobre o vencimento básico do
cargo ocupado pelo beneficiário e servirá de base para cálculo de quaisquer outras vantagens,
inclusive as relativas à remuneração de férias e abono pecuniário resultante da conversão de
parte das férias e gratificação natalina.
(C) Em caso de programa de treinamento instituído pela Assembléia Legislativa que requer
afastamento de servidor apenas terá assegurada a continuidade de pagamento de adicional se
o programa tiver duração de, no máximo, seis meses.
(D) Nas ocorrências de faltas ou penalidades que impliquem em desconto na remuneração do
servidor, esse desconto não alcançará a parcela correspondente ao Adicional por Desempenho
de Atividades Especiais.
(E) O Adicional por Desempenho de Atividades Especiais e o Adicional por Serviços
Extraordinários, por serem compatíveis, poderão ser concedidos cumulativamente.
Comentário:
A Errado. O Adicional por Desempenho de Atividades Especiais será concedido a servidores
ocupantes de cargos de provimento temporário com o fim de: i) Compensar o trabalho
extraordinário não eventual prestado antes ou depois do horário normal; ii) Remunerar o exercício
de atribuições que exijam habilitação específica ou criteriosos estudos e/ou trabalhos técnicos (Art.
24, I e II).
B Errado. O Adicional por Desempenho de Atividades Especiais incidirá sobre o vencimento básico
do cargo ocupado pelo beneficiário e não servirá de base para cálculo de quaisquer outras
vantagens, salvo as relativas à remuneração de férias e abono pecuniário resultante da conversão
de parte das férias e gratificação natalina (Art. 27).
C Certo. Se o afastamento do servidor decorrer da participação em programa de treinamento
instituído pela Assembléia Legislativa a continuidade do pagamento de adicional somente será
assegurada se o programa estiver previsto para período igual ou inferior a 06 (seis) meses (Art. 26,
§ 1º, III).

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 31
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

D Errado. Nas ocorrências de faltas ou penalidades que impliquem em desconto na remuneração


do servidor, esse desconto alcançará igualmente a parcela correspondente ao Adicional por
Desempenho de Atividades Especiais (Art. 27, § 2º).
E Errado. O Adicional estabelecido no artigo 24 (Adicional por Desempenho de Atividades
Especiais) é incompatível com o Adicional por Serviços Extraordinários (Art. 25).
Gabarito: C

12. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]


Julgue os itens a seguir de acordo com o que dispõe a Lei nº 8.971/2004.
I Os cargos de provimento permanente do Grupo de Atividades de Nível Superior (ANS): é
composto pelos cargos de Técnico de Nível Superior, Procurador Jurídico e Auditor.
II Cargo público é o conjunto de atribuições e responsabilidades designadas a um servidor
com as características essenciais de criação por lei, denominação e vencimento básico próprios
e pagamento pelos cofres públicos, para provimento em caráter permanente ou temporário.
III Os Coordenadores titulares das funções de confiança serão substituídos, nos seus
impedimentos legais, por um dos servidores da respectiva unidade.
Marque a alternativa correta.
(A) Apenas a alternativa II está errada.
(B) Apenas a alternativa III está errada.
(C) Apenas a alternativa I está correta.
(D) Apenas as alternativas I e III estão corretas.
(E) Todas as alternativas estão corretas.
Comentário:
I Certo. Os cargos de provimento permanente estão classificados na forma seguinte: Grupo de
Atividades de Nível Superior - ANS, compreendendo os cargos a que sejam inerentes as atividades
técnicas que exijam formação universitária completa. É composto pelos cargos de Técnico de Nível
Superior, Procurador Jurídico e Auditor (Art. 5º, II).
II Certo. Cargo público: é o conjunto de atribuições e responsabilidades designadas a um servidor
com as características essenciais de criação por lei, denominação e vencimento básico próprios e
pagamento pelos cofres públicos, para provimento em caráter permanente ou temporário (Art. 2º,
II).
III Certo. Os Coordenadores titulares das funções de confiança serão substituídos por um dos
servidores da respectiva unidade nos seus impedimentos legais (Art. 10, III).
Gabarito: E

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 32
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

13. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]


Com base na Lei nº 8.971/2004, marque a alternativa errada.
(A) Os cargos de provimento permanente do Grupo de Atividades de Nível Médio (ANM)
composto pelos cargos de Auxiliar Administrativo e Técnico de Nível Médio.
(B) Compete ao Pleno da Assembléia Legislativa a concessão do Adicional por Desempenho de
Atividades Especiais.
(C) Proventos é a remuneração do servidor aposentado.
(D) Não haverá promoção de servidor que esteja em estágio probatório.
(E) A Função Gratificada de Responsabilidade (FGR) é exclusiva para os ocupantes de funções
de chefias de Departamento e Coordenação.
Comentário:
A Certo. Os cargos de provimento permanente estão classificados na forma seguinte: I - Grupo de
Atividades de Nível Médio ANM, é composto pelos cargos de Auxiliar Administrativo e Técnico de
Nível Médio (Art. 5º).
B Errado. A competência para a concessão do Adicional por Desempenho de Atividades Especiais é
privativa do Presidente da Assembléia Legislativa (Art. 30).
C Certo. Proventos é a remuneração do servidor aposentado (Art. 2º, XII).
D Certo. Não haverá promoção de servidor que esteja em estágio probatório ou que não esteja em
efetivo exercício em órgão ou entidade da administração Estadual (Art. 15, parágrafo único).
E Certo. a Função Gratificada de Responsabilidade - FGR, exclusiva para os ocupantes de funções
de chefias de Departamento e Coordenação (Art. 7º).
Gabarito: B

14. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]


De acordo com a Lei nº 8.971/2004, marque a alternativa certa.
(A) A cada cinco anos ininterruptos de efetivo exercício será concedida a licença prêmio de três
meses, contudo, durante esse período, a remuneração ficará suspensa até o servidor retorne
às suas atividades.
(B) Perderá o direito ao auxílio prêmio férias o servidor que durante o período aquisitivo de
férias estiver afastado do exercício do cargo pelos seguintes motivo: i) Exercício de outro cargo
de provimento em comissão ou de função gratificada no serviço público estadual; e ii) Licença
prêmio.
(C) O Auxílio Educação é trata-se de um benefício disponível para os servidores ativos de cargo
de provimento permanente e inativos com filhos ou dependentes, judicialmente reconhecidos,
matriculados em estabelecimento particular de ensino, com idade entre quatro e 18 dezoito
anos, limitado a dois dependentes por servidor.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 33
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

(D) Gratificação por Tempo de Serviço (GTS), garantido razão de exoneração de servidor
ocupante de função comissionada, não integrante do quadro de carreira da Assembleia
Legislativa ou do serviço público, dá direito à percepção de um vencimento básico por ano de
trabalho, e a um doze avos por mês subsequente. Contudo, caso o servidor venha a ser
investido novamente em cargo ou função comissionada no Poder Legislativo dentro de vinte
quatro meses da exoneração, a gratificação (GTS) deverá ser restituída atualizada e corrigida
pelo servidor.
(E) Caberá ao Superintendente da unidade em que o servidor temporário estiver lotado,
formular pedido à Mesa Diretora da Assembléia Legislativa, através da Superintendência de
Recursos Humanos, para concessão do Adicional por Desempenho de Atividades Especiais.
Comentário:
A Errado. Ao servidor ocupante de cargo de provimento permanente será concedida a cada 5
(cinco) anos de exercício efetivo e ininterrupto, licença prêmio de 3 (três) meses, assegurada a
percepção da respectiva remuneração (Art. 32).
B Errado. Estar afastado do exercício do cargo é sim um dos motivos da perda do direito ao auxílio
denominado licença férias, todavia, o afastamento em razão de licença prêmio e por exercício de
outro cargo de provimento em comissão ou de função gratificada no serviço público estadual, são
exceções, portanto, NÃO geram a perda do direito da referida vantagem, conforme se pode
observar no Art. 35, § 1º, III,
C Errado. Fica instituído o Auxílio Educação para os servidores ATIVOS de cargo de provimento
permanente da Assembléia Legislativa do Estado da Bahia cujos filhos ou dependentes,
judicialmente reconhecidos, encontrem-se matriculados em estabelecimento particular de ensino,
com idade entre 04 (quatro) e 18 (dezoito) anos, limitado a 02 (dois) dependentes por servidor (Art.
38). O auxílio Educação é benefício garantido apenas para servidores ATIVOS.
D Certo. É assegurado ao servidor ocupante de função comissionada, não integrante do quadro de
carreira da Assembleia Legislativa ou do serviço público, em caso de exoneração, o direito à
percepção de 01 (um) vencimento básico por ano de trabalho, e a 1/12 (um doze avos) por mês
subsequente, a título de Gratificação por Tempo de Serviço GTS.
A GTS será restituída atualizada com correção monetária pelo servidor que vier a ser novamente
investido em cargo ou função comissionada, neste Poder, dentro de 24 (vinte quatro) meses da
exoneração (Art. 46, § 1º).
E Errada. Caberá ao Superintendente da unidade em que o servidor temporário estiver lotado,
formular pedido ao Presidente da Assembléia Legislativa, através da Superintendência de Recursos
Humanos, para concessão do Adicional por Desempenho de Atividades Especiais (Art. 29).
Gabarito: D

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 34
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

15. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]


Com base na Lei nº 8.971/2004, marque a alternativa errada.
(A) O prêmio férias, concedido a todos os servidores na base de um mês de remuneração, será
pago no mês imediatamente anterior ao gozo das férias.
(B) Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos Básicos dos Servidores da Assembléia Legislativa
do Estado da Bahia será revisto de três em três anos, contudo, o Plano poderá ser emendado
em casos de extrema urgência em razão de déficit ou excesso pessoal, para criação e/ou
extinção de cargos.
(C) Um dos requisitos para que o servidor ocupante de cargo de provimento temporário
afastado continuar recebendo o Adicional por Desempenho de Atividades Especiais no caso
participação em programa de treinamento instituído pela Assembléia Legislativa é que a sua
participação seja obrigatória, por determinação do órgão ou entidade, com vistas à melhoria
da qualidade do serviço ou à implantação de novas técnicas para sua execução.
(D) O servidor ocupante de cargo de provimento permanente poderá obter licença sem
remuneração, para tratar de interesse particular, pelo prazo de três anos, observada a
conveniência da Assembléia Legislativa, podendo ser prorrogado por igual período.
(E) Perderá o direito à percepção prêmio férias o servidor que durante o período aquisitivo de
férias: i) Tiver sofrido pena disciplinar superior à de advertência; ii) Tiver, no ano, mais de 12
(doze) faltas ao serviço, sem causa justificada; iii) Estiver afastado do efetivo exercício do seu
cargo, salvo algumas exceções previstas no Plano de Carreira, Cargos, Vencimentos Básicos dos
Servidores da Assembléia Legislativa do Estado da Bahia.
Comentário:
A Certo. Será concedido a todos os servidores auxílio à título de prêmio férias, na base de um mês
de remuneração, a ser pago no mês imediatamente anterior ao gozo das férias (Art. 35).
B Errado. Plano de Carreira, Cargos, Vencimentos Básicos e o Quadro de Pessoal dos Servidores da
Assembléia Legislativa do Estado da Bahia será revisto de 03 (três) em 03 (três) anos (Art. 39).
A criação e/ou extinção de cargos somente poderá ocorrer na época prevista para a revisão do
Plano de Cargos e Vencimentos Básicos (Art. 40).
C Certo. Se o afastamento do servidor decorrer da participação em programa de treinamento
instituído pela Assembléia Legislativa, a continuidade do pagamento do Adicional por Desempenho
de Atividades Especiais somente será assegurada se ficar comprovada a ocorrência de todas as
circunstâncias exigidas no Art. 26, § 1º, dentre elas: For obrigatória, por determinação do órgão ou
entidade, a participação do servidor, com vistas à melhoria da qualidade do serviço ou à implantação
de novas técnicas para sua execução (Art. 24 c/c Art. 26 caput e § 1º, I).
D Certo. O servidor ocupante de cargo de provimento permanente poderá obter licença sem
remuneração, para tratar de interesse particular, pelo prazo de 03 (três) anos, observada a
conveniência da Assembléia Legislativa, podendo ser prorrogado por igual período (Art. 33).

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 35
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

E Certo. De acordo com o Art. 35 , § 1º incisos I, II e III, perderá o direito à percepção prêmio férias
o servidor que durante o período aquisitivo de férias: i) Tiver sofrido pena disciplinar superior à de
advertência; ii) Tiver, no ano, mais de 12 (doze) faltas ao serviço, sem causa justificada; iii) Estiver
afastado do efetivo exercício do seu cargo, excetuadas as seguintes hipóteses:
a) Licença para tratamento da própria saúde;
b) Licença prêmio;
c) Licença decorrente de acidente em serviço ou doença profissional;
d) Licença gestante e adotante;
e) Férias;
f) Casamento, até 8 (oito) dias;
g) Luto por falecimento de cônjuge, companheiro, filhos, pais, menor sob guarda ou tutela e irmãos,
até 8 (oito) dias;
h) Júri, regularização de situação eleitoral e outras obrigações impostas por lei;
i) Exercício de outro cargo de provimento em comissão ou de função gratificada no serviço público
estadual.
Gabarito: B

5.2 - LISTA DE QUESTÕES

1. [INÉDITA LEI 8.902/2003 AL-BA 2018]


A Lei nº 8902 de 18 de dezembro de 2003 dispõe sobre organização técnico-administrativa da
Assembléia Legislativa.
De acordo com a Lei nº 8902/2003, marque a alternativa errada.
(A) Os Gabinetes da Presidência, dos membros da Mesa Diretora, das Lideranças e das
Representações Partidárias e dos Parlamentares são órgãos técnico-administrativos da
Assembléia Legislativa do Estado da Bahia.
(B) Coordenar e supervisionar as atividades das Diretorias Legislativa e Parlamentar, da
Secretaria Geral da Mesa e da Secretaria Geral das Comissões compete à Secretaria Geral das
Comissões.
(C) Elaborar a programação financeira e acompanhar o seu desenvolvimento compete à
Assessoria de Planejamento.
(D) A Procuradoria Geral é órgão de consultoria e assessoramento jurídico e representação
judicial, vinculada à Presidência.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 36
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

(E) Planejar, coordenar, executar e controlar as atividades relativas à Execução e Controle


Orçamentário, Finanças, Contabilidade e Tributos é atribuição da Diretoria de Economia e
Finanças.
2. [INÉDITA LEI 8.902/2003 AL-BA 2018]
De acordo com a Lei nº 8902/2003, marque a assertiva certa.
(A) Assistir diretamente ao Presidente no desempenho de suas atribuições no relacionamento
com a sociedade compete ao Cerimonial.
(B) Coordenar a divulgação do Poder Legislativo tendo em vista a sua promoção e valorização
Compete à Assessoria de Planejamento.
(C) É atribuição da Assessoria de Comunicação Social analisar, desenvolver e recomendar a
implantação de sistemas organizacionais capazes de aperfeiçoar o processo administrativo,
colhendo subsídios junto às entidades setoriais.
(D) Elaborar informações em mandados de segurança e representações por
inconstitucionalidade, submetendo-as à apreciação da Presidência é atribuição da
Procuradoria Geral.
(E) É atribuição da Superintendência de Administração e Finanças adotar modelos e
formulários a serem preenchidos pelos órgãos internos com a finalidade de facilitar o controle
da eficiência dos serviços desenvolvidos na Casa.
3. [INÉDITA LEI 8.902/2003 AL-BA 2018]
Com relação às competências previstas na Lei nº 8902/2003, marque a assertiva correta.
(A) Efetuar o controle de tramitação de proposições no âmbito das Comissões compete a
Diretoria Legislativa.
(B) Por solicitação do gabinete caberá à Superintendência de Recursos Humanos franquear-lhe
o acesso aos elementos financeiros, inclusive a folha de pagamento dos servidores sob sua
gestão.
(C) À Diretoria Parlamentar, vinculada à Superintendência de Assuntos Parlamentares,
compete planejar, coordenar, executar e controlar as atividades relativas a prestação de
serviço aos parlamentares, fornecendo-lhes meios e informações necessários aos trabalhos
nos gabinetes, comissões técnicas e plenário.
(D) É atribuição da Auditoria planejar, coordenar e supervisionar as atividades das Diretorias
Administrativa, de Economia e Finanças, de Tecnologia da Informação, da Comissão
Permanente de Licitação e participar do planejamento da Administração Geral.
(E) É atribuição da Assistência Civil planejar, organizar, dirigir e executar, no âmbito de sua
competência, os serviços de segurança interna e externa da sede do Poder Legislativo e da
residência do Presidente da Casa.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 37
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

4. [INÉDITA LEI 8.902/2003 AL-BA 2018]


De acordo com a Lei nº 8902/2003, marque a errada.
(A) compete à Superintendência de Administração e Finanças acompanhar a ação do Tribunal
de Contas do Estado no que tange à fiscalização financeira da Assembléia, fornecendo-lhe os
dados e elaborando as informações necessárias.
(B) São atribuições da Secretaria Geral da Mesa: elaborar levantamentos estatísticos das
atividades do Plenário e elaborar as folhas de presença, de votação nominal e de verificação
de votação.
(C) Compete ao Gabinete da Presidência coordenar a representação presidencial, observando
as normas de segurança, protocolo e cerimonial.
(D) A elaboração de relatórios, correspondências, inclusive ofícios da Presidência e quaisquer
outros documentos solicitados pelo Titular compete ao Gabinete da Presidência.
(E) Cabe à Diretoria Administrativa planejar, coordenar, executar e controlar as atividades
relativas a Serviços Administrativos, Suprimentos, Engenharia e Manutenção.
5. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]
Segundo o Art. 1º da Lei nº 8.971 de janeiro de 2004, a referida Norma institui o Plano de
Carreira, Cargos e Vencimentos Básicos da Assembléia Legislativa do Estado da Bahia,
estabelecendo as políticas e diretrizes para a administração de pessoal.
Desta forma, de acordo com o que prevê a Lei 8.971/2004, marque a assertiva que está em
desacordo com as suas previsões.
(A) O conjunto de cargos identificados pela natureza dos respectivos trabalhos, pela
similaridade de área de conhecimento ou de atuação é denominado de Grupo Operacional.
(B) Por ato do Presidente, são realizadas as designações para as funções comissionadas e
gratificadas.
(C) A escolha do nome dos substitutos de Diretores e Superintendentes, titulares das funções
de confiança, é feita por livre indicação do Presidente.
(D) É de vinte e quatro meses o período de Estágio probatório para cargos de provimento
permanente.
(E) A Função Comissionada e a Função Gratificada, estão inseridas no quadro de pessoal como
cargos de provimento permanente funções de provimento temporário.
6. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]
Marque a alternativa errada, com relação à Lei nº 8.971/2004.
(A) É exigência para que os ocupantes das chefias de Coordenação para que percebam, além
do vencimento básico estabelecido para o seu cargo de provimento permanente, o valor da
Função Gratificada de Responsabilidade, no mínimo, segundo grau incompleto.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 38
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

(B) O Presidente poderá autorizar a substituição dos titulares dos cargos Gerentes de
Departamento e Coordenadores por servidores do mesmo nível hierárquico,
excepcionalmente.
(C) Os quadros de provimento permanente classificam-se em: i) Grupo de Atividades de Nível
Médio- ANM, ii) Grupo de Atividades de Nível Superior- ANS e iii) Quadro Especial.
(D) Capacidade, aptidão, capacidade de iniciativa, disciplina, produtividade, assiduidade e a
responsabilidade são objetos de avaliação durante o estágio probatório para o desempenho
do cargo de provimento permanente.
(E) As funções gratificadas serão exercidas pelos integrantes do quadro permanente do serviço
público.
7. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]
Julgue os itens a seguir conforme dispõe a Lei nº 8.971/2004.
I O quadro de pessoal de provimento permanente é dividido em:
a) Efetivo Ordinário: composto por servidor que se enquadram no Plano de Carreira, Cargos e
Vencimentos Básicos dos servidores da Assembléia Legislativa do Estado da Bahia, previsto na
Lei 8.971/2004; e
b) Efetivo Extraordinário: composto por cargos previstos em instituto normativo próprio e
aplicação subsidiária da Lei 8.971/2004.
II O agrupamento de cargos classificados segundo o grau de conhecimentos ou habilidades
exigidos é denominado de Classe.
III É exigido período superior a quinze dias em exercício da para que o substituto faça jus ao
valor da gratificação do titular ocupante de função de confiança ou função gratificada por
responsabilidade afastado nos termos de Lei, pelo tempo em que durar a substituição.
Marque a alternativa certa.
(A) As alternativas I, II e III estão corretas.
(B) As alternativas II e III estão corretas.
(C) Apenas a alternativa II está correta.
(D) Apenas a alternativa III está certa.
(E) Todas as alternativas estão erradas.
8. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]
Marque a alternativa errada, com relação à Lei nº 8.971/2004.
(A) Promoção é a passagem do servidor do cargo em que se encontra para outro superior,
cumprido o interstício mínimo, no mesmo nível, de vinte e quatro meses de efetivo exercício.
(B) Para fins de enquadramento dos servidores no Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos
Básicos, no caso de servidor já percebe remuneração superior ao máximo da faixa salarial do

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 39
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

seu cargo, este será alocado em quadro extraordinário até que se enquadre na faixa de seu
grupo ocupacional.
(C) A gratificação natalina corresponderá, para os servidores ativos, a um doze avos da
remuneração a que o servidor fizer jus no mês de exercício e no respectivo ano, considerando-
se como mês integral a fração igual ou superior a quinze dias.
(D) É de quarenta horas semanais a jornada de trabalho na Assembléia Legislativa.
(E) Gratificação de incentivo funcional, Gratificação pelo exercício de cargo de provimento
temporário e Auxílio férias são vantagens que poderão ser concedidas aos servidores da
Assembleia Legislativa do Estado da Bahia além de seus vencimentos básicos.
9. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]
De acordo com a Lei nº 8.971/2004, marque a assertiva correta.
(A) Remuneração é a retribuição pecuniária pelo exercício de cargo público com valor fixado
em lei.
(B) Os cargos de provimento permanente exercerão suas atribuições nos Gabinetes
Parlamentares, Administração da Assembléia Legislativa, inclusive Mesa Diretora e Comissões
Técnicas, representações e lideranças partidárias.
(C) Sempre que houver reajuste salarial de qualquer natureza para os cargos de provimento
permanente as funções comissionadas e gratificadas também serão reajustadas em igual
índice.
(D) Os Gerentes de Departamento, titulares das funções de confiança, sempre serão
substituídos, nos seus impedimentos legais, por um dos servidores da respectiva unidade.
(E) A avaliação de desempenho do servidor, quatro meses antes de acabar o estágio
probatório, será, facultativamente, submetida à homologação da autoridade competente e,
obrigatoriamente, trinta dias antes de acabar.
10. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]
Com base na Lei nº 8.971/2004, marque a alternativa errada.
(A) À critério do Servidor, poderá ser convertido em abono pecuniário um terço das férias a
que tem direito.
(B) O servidor que comprovar mais de cinco anos de efetivo exercício em serviço público
estadual terá direito por anuênio, contínuo ou não, a adicional calculado à razão de um por
cento por ano sobre o valor do vencimento básico do cargo que ocupa.
(C) Comissão de Servidores instituída para elaborar proposta de enquadramento salarial na
segunda fase será composta por total de cinco membros: três indicados pelo Presidente da
Assembléia Legislativa, um indicado pelo Sindicato dos Servidores e mais um indicado pela
Associação de Servidores.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 40
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

(D) Será concedido a servidores ocupantes de cargos de provimento temporário Adicional por
Desempenho de Atividades Especiais em, no mínimo setenta e cinco por cento sobre o seu
vencimento básico.
(E) O Presidente da Assembléia Legislativa indicará o presidente da Comissão de Servidores
dentre os três membros escolhidos por ele.
11. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]
De acordo com a Lei nº 8.971/2004, marque a alternativa certa com relação aos adicionais.
(A) O Adicional por Desempenho de Atividades Especiais tem a finalidade exclusiva de
remunerar o exercício de atribuições que exijam habilitação específica ou criteriosos estudos
e/ou trabalhos técnicos.
(B) O Adicional por Desempenho de Atividades Especiais incidirá sobre o vencimento básico do
cargo ocupado pelo beneficiário e servirá de base para cálculo de quaisquer outras vantagens,
inclusive as relativas à remuneração de férias e abono pecuniário resultante da conversão de
parte das férias e gratificação natalina.
(C) Em caso de programa de treinamento instituído pela Assembléia Legislativa que requer
afastamento de servidor apenas terá assegurada a continuidade de pagamento de adicional se
o programa tiver duração de, no máximo, seis meses.
(D) Nas ocorrências de faltas ou penalidades que impliquem em desconto na remuneração do
servidor, esse desconto não alcançará a parcela correspondente ao Adicional por Desempenho
de Atividades Especiais.
12. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]
Julgue os itens a seguir de acordo com o que dispõe a Lei nº 8.971/2004.
I Os cargos de provimento permanente do Grupo de Atividades de Nível Superior (ANS): é
composto pelos cargos de Técnico de Nível Superior, Procurador Jurídico e Auditor.
II Cargo público é o conjunto de atribuições e responsabilidades designadas a um servidor
com as características essenciais de criação por lei, denominação e vencimento básico próprios
e pagamento pelos cofres públicos, para provimento em caráter permanente ou temporário.
III Os Coordenadores titulares das funções de confiança serão substituídos, nos seus
impedimentos legais, por um dos servidores da respectiva unidade.
Marque a alternativa correta.
(A) Apenas a alternativa II está errada.
(B) Apenas a alternativa III está errada.
(C) Apenas a alternativa I está correta.
(D) Apenas as alternativas I e III estão corretas.
(E) Todas as alternativas estão corretas.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 41
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

13. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]


Com base na Lei nº 8.971/2004, marque a alternativa errada.
(A) Os cargos de provimento permanente do Grupo de Atividades de Nível Médio (ANM)
composto pelos cargos de Auxiliar Administrativo e Técnico de Nível Médio.
(B) Compete ao Pleno da Assembléia Legislativa a concessão do Adicional por Desempenho de
Atividades Especiais.
(C) Proventos é a remuneração do servidor aposentado.
(D) Não haverá promoção de servidor que esteja em estágio probatório.
(E) A Função Gratificada de Responsabilidade (FGR) é exclusiva para os ocupantes de funções
de chefias de Departamento e Coordenação.
14. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]
De acordo com a Lei nº 8.971/2004, marque a alternativa certa.
(A) A cada cinco anos ininterruptos de efetivo exercício será concedida a licença prêmio de três
meses, contudo, durante esse período, a remuneração ficará suspensa até o servidor retorne
às suas atividades.
(B) Perderá o direito ao auxílio prêmio férias o servidor que durante o período aquisitivo de
férias estiver afastado do exercício do cargo pelos seguintes motivo: i) Exercício de outro cargo
de provimento em comissão ou de função gratificada no serviço público estadual; e ii) Licença
prêmio.
(C) O Auxílio Educação é trata-se de um benefício disponível para os servidores ativos de cargo
de provimento permanente e inativos com filhos ou dependentes, judicialmente reconhecidos,
matriculados em estabelecimento particular de ensino, com idade entre quatro e 18 dezoito
anos, limitado a dois dependentes por servidor.
(D) Gratificação por Tempo de Serviço (GTS), garantido razão de exoneração de servidor
ocupante de função comissionada, não integrante do quadro de carreira da Assembleia
Legislativa ou do serviço público, dá direito à percepção de um vencimento básico por ano de
trabalho, e a um doze avos por mês subsequente. Contudo, caso o servidor venha a ser
investido novamente em cargo ou função comissionada no Poder Legislativo dentro de vinte
quatro meses da exoneração, a gratificação (GTS) deverá ser restituída atualizada e corrigida
pelo servidor.
(E) Caberá ao Superintendente da unidade em que o servidor temporário estiver lotado,
formular pedido à Mesa Diretora da Assembléia Legislativa, através da Superintendência de
Recursos Humanos, para concessão do Adicional por Desempenho de Atividades Especiais.
15. [INÉDITA LEI Nº 8.971/2004 AL-BA 2018]
Com base na Lei nº 8.971/2004, marque a alternativa errada.
(A) O prêmio férias, concedido a todos os servidores na base de um mês de remuneração, será
pago no mês imediatamente anterior ao gozo das férias.

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 42
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

(B) Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos Básicos dos Servidores da Assembléia Legislativa
do Estado da Bahia será revisto de três em três anos, contudo, o Plano poderá ser emendado
em casos de extrema urgência em razão de déficit ou excesso pessoal, para criação e/ou
extinção de cargos.
(C) Um dos requisitos para que o servidor ocupante de cargo de provimento temporário
afastado continuar recebendo o Adicional por Desempenho de Atividades Especiais no caso
participação em programa de treinamento instituído pela Assembléia Legislativa é que a sua
participação seja obrigatória, por determinação do órgão ou entidade, com vistas à melhoria
da qualidade do serviço ou à implantação de novas técnicas para sua execução.
(D) O servidor ocupante de cargo de provimento permanente poderá obter licença sem
remuneração, para tratar de interesse particular, pelo prazo de três anos, observada a
conveniência da Assembléia Legislativa, podendo ser prorrogado por igual período.
(E) Perderá o direito à percepção prêmio férias o servidor que durante o período aquisitivo de
férias: i) Tiver sofrido pena disciplinar superior à de advertência; ii) Tiver, no ano, mais de 12
(doze) faltas ao serviço, sem causa justificada; iii) Estiver afastado do efetivo exercício do seu
cargo, salvo algumas exceções previstas no Plano de Carreira, Cargos, Vencimentos Básicos dos
Servidores da Assembléia Legislativa do Estado da Bahia.

5.3 - GABARITO

1 2 3 4 5
B D C A D
6 7 8 9 10
A E A C D
11 12 13 14 15
C E B D B

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 43
www.estrategiaconcursos.com.br 44
Paulo Guimarães, Marcus Santos
Aula 10

6 - CONSIDERAÇÕES FINAIS
Concluímos aqui a nossa aula de hoje! Se tiver dúvidas, utilize nosso fórum. Estou sempre à
disposição também no e-mail e nas redes sociais.

Grande abraço!

Paulo Guimarães

professorpauloguimaraes@gmail.com

Não deixe de me seguir nas redes sociais!

www.facebook.com/profpauloguimaraes

@profpauloguimaraes

Professor Paulo Guimarães

(61) 99607-4477

Estatuto dos Servidores e Regimento Interno p/ AL-BA (Diversos Cargos) Com Videoaulas - Pós-Edital 44
www.estrategiaconcursos.com.br 44