Sei sulla pagina 1di 5

Lista para estudo pré-recuperação

1) (UFPel)

“Aristóteles afirmava que o lugar natural do corpo é o repouso, ou seja, quando


um corpo adquire velocidade, sua tendência natural é voltar ao repouso (daí a
explicação dos antigos filósofos de que os corpos celestes deveriam ser empurrados por
anjos...).
Em oposição ao que afirmava Aristóteles, Galileu elaborou a hipótese de que não
há necessidade de forças para manter um corpo com velocidade constante, pois uma
aceleração nula está necessariamente associada a uma força resultante nula.”
Paraná, Djalma Nunes, Física, Vol 1.

Com base no texto e em seus conhecimentos, considere as afirmativas abaixo.

I. Quando, sobre uma partícula, estão aplicadas diversas forças cuja resultante é zero,
ela está necessariamente em repouso (v = 0). Falso, pois pode estar em MRU.
II. Quando, sobre uma partícula, estão aplicadas diversas forças cuja resultante é zero,
ela necessariamente está em movimento retilíneo e uniforme (v = 0). Falso, pois pode
estar em repouso.
III. Quando é alterado o estado de movimento de uma partícula, a resultante das forças
exercidas sobre ela é necessariamente diferente de zero. Verdadeiro.

A(s) afirmativa(s) que se aplica(m) a qualquer sistema de referência inercial é (são)

a) apenas a I.
b) apenas a III. x
c) apenas a I e a II.
d) apenas a II e a III.
e) I, II e III.

2) (UPE) A figura a seguir representa um ventilador fixado em um pequeno barco, em


águas calmas de um certo lago. A vela se encontra em uma posição fixa e todo vento
soprado pelo ventilador atinge a vela.

Nesse contexto e com base nas Leis de Newton, é CORRETO afirmar que o
funcionamento do ventilador

a) aumenta a velocidade do barco.


b) diminui a velocidade do barco.
c) provoca a parada do barco.
d) não altera o movimento do barco. x
e) produz um movimento circular do barco.

3) (CEFET-MG; adaptado) Dentre as afirmativas abaixo, qual está correta?

a) Sempre que atuam forças sobre um corpo, esse corpo encontra-se acelerado.
b) Dados dois corpos, o de maior massa sempre possui menor inércia.
c) A força exercida sobre uma gaveta, para abri-la, é maior do que a reação da mesma;
caso contrário, ela nunca seria aberta.
d) Uma pessoa sustenta um livro com uma das mãos. Pode-se dizer que o livro exerce
uma reação sobre a mão, de mesma intensidade, direção idêntica, contudo, sentido
oposto. x
e) Conseguimos caminhar somente por sobre superfícies perfeitamente lisas.

4) (UEPA; adaptado) Na parte final de seu livro, Discursos e demonstrações


concernentes a duas novas ciências, publicado em 1638, Galileu Galilei trata do
movimento de um projétil da seguinte maneira: “Suponhamos um corpo qualquer,
lançado ao longo de um plano horizontal, sem atrito; sabemos... que esse corpo se
moverá indefinidamente ao longo desse mesmo plano, com um movimento uniforme e
perpétuo, se tal plano for ilimitado”.

O princípio físico com o qual se pode relacionar o trecho destacado acima é:

a) o Princípio da Inércia ou 1ª. Lei de Newton. x


b) o Princípio Fundamental da Dinâmica ou 2 ª. Lei de Newton.
c) o Princípio da Ação e Reação ou 3 ª. Lei de Newton.
d) a Lei da Gravitação Universal.
e) o Princípio da Independência dos Movimentos Simultâneos.

5) O bloco da figura abaixo, apoiado sobre uma superfície horizontal, está submetido a
duas forças, cujos módulos valem, respectivamente, F1 = 4 N e F2 = 2 N.

Assim, determine o módulo (a intensidade), a direção e o sentido da força resultante que


atua no bloco em questão. Determine, também, a aceleração resultante do bloco em
análise. Considere sua massa igual a 2 kg.

Módulo/Intensidade: FR = F1 - F2 = 4 - 2 = 2 N
Direção: Horizontal
Sentido: Para a direita
Aceleração: FR = m . a  a = FR/m = 2/2 = 1 m/s2.

6) (UFRGS) Um objeto sólido é colocado em um recipiente que contém um líquido. O


objeto fica parcialmente submerso, em repouso. A seguir, são feitas três afirmações
sobre o módulo da força de empuxo sobre o objeto.

I. É proporcional à densidade do líquido. Verdadeiro.


II. É proporcional ao volume total do objeto. Falso. É proporcional ao volume do fluido
deslocado.
III. É proporcional à densidade do objeto. Falso. É proporcional à densidade do fluido
deslocado.

Quais estão corretas?

a) Apenas I. x d) Apenas I e III.


b) Apenas II. e) I, II e III.
c) Apenas III.

7) (ENEM) Um navio petroleiro é capaz de transportar milhares de toneladas de carga.


Neste caso, uma grande quantidade de massa consegue flutuar.

Nesta situação, o empuxo é

a) maior que a força peso do petroleiro.


b) igual à força peso do petroleiro. x
c) maior que a força peso da água deslocada.
d) igual à força peso do volume submerso do navio.
e) igual à massa da água deslocada.

8) (PUC-PR) O empuxo é um fenômeno bastante familiar. Um exemplo é a facilidade


relativa com que você pode se levantar de dentro de uma piscina em comparação com
tentar se levantar de fora da água, ou seja, no ar. De acordo com o princípio de
Arquimedes, que define empuxo, marque a proposição correta:

a) Quando um corpo flutua na água, o empuxo recebido pelo corpo é menor que o peso
do corpo.
b) O princípio de Arquimedes somente é válido para corpos mergulhados em líquidos e
não pode ser aplicado para gases.
c) Um corpo total ou parcialmente imerso em um fluido sofre uma força vertical para
cima e igual em módulo ao peso do fluido deslocado. x
d) Se um corpo afunda na água com velocidade constante, o empuxo sobre ele é nulo.
e) Dois objetos de mesmo volume, quando imersos em líquidos de densidades
diferentes, sofrem empuxos iguais.

9) (UFTM) Após a cobrança de uma falta,


num jogo de futebol, a bola chutada acerta
violentamente o rosto de um zagueiro. A
foto mostra o instante em que a bola
encontra-se muito deformada devido às
forças trocadas entre ela e o rosto do
jogador. A respeito dessa situação são feitas
as seguintes afirmações:

I. A força aplicada pela bola no rosto e a


força aplicada pelo rosto na bola têm
direções iguais, sentidos opostos e
intensidades iguais, porém, não se anulam.
Verdadeiro.
II. A força aplicada pelo rosto na bola é mais intensa do que a aplicada pela bola no
rosto, uma vez que a bola está mais deformada do que o rosto. Falso. Tem mesma
intensidade.
III. A força aplicada pelo rosto na bola atua durante mais tempo do que a aplicada pela
bola no rosto, o que explica a inversão do sentido do movimento da bola. Falso. Atua
durante um mesmo intervalo de tempo.
IV. A força de reação aplicada pela bola no rosto, é a força aplicada pela cabeça no
pescoço do jogador, que surge como consequência do impacto. Falso. A bola não
interage diretamente com o pescoço.

É correto o contido apenas em:

a) I. x b) I e III. c) I e IV. d) II e IV. e) II, III e IV.

10) Para estudar experimentalmente o empuxo sofrido por um sólido mergulhado em


um líquido, um aluno do 9º. ano do Ensino Fundamental pega um bloco de madeira
impermeável, de massa igual a 150 g, e o insere muito lentamente na água de um balde,
até a condição de equilíbrio estático (repouso). Feito isso, tal aluno percebeu que um
terço do volume do bloco permaneceu submerso na água do balde utilizado. Suponha
que, inicialmente, o balde estivesse completamente preenchido com água. Suponha,
também, que, após inserir o bloco de madeira na água do balde, o aluno tenha coletado
completamente a água naturalmente transbordada, em decorrência do aumento do nível
do líquido presente no interior do balde. Com o auxílio de uma balança, o estudante
verificou que a massa da quantidade de água transbordada equivale a “M”. A figura
abaixo ilustra as situações inicial e final; em ambos os casos, o balde encontra-se
preenchido de água até sua capacidade máxima.

Inicial Final

Determine a relação entre as massas do bloco de madeira (150 g) e da quantidade de


água transbordada (M).

Lembre-se que, por definição (de acordo com o Teorema de Arquimedes), o empuxo (E)
é igual ao peso do fluido deslocado (Pfluido deslocado)  E = Pfluido deslocado

Calculamos “peso” através de um produto: massa vezes a aceleração da gravidade.


Então  Pfluido deslocado = mfluido deslocado . g

Se “E = Pfluido deslocado” e “Pfluido deslocado = mfluido deslocado . g”, logo  E = mfluido deslocado . g

Da análise das forças que atuam no bloco, temos que o empuxo “E” (líquido agindo no
bloco) é igual ao peso do bloco “P” (Terra agindo no bloco). Esta é a condição para que
o bloco flutue (FR = 0). Veja:

E=P

Assim: mfluido deslocado . g = mbloco . g

Por fim, conclui-se que: mfluido deslocado = mbloco

Resposta: Nessa questão, note que mfluido deslocado = M. Por conseguinte  M = 150 g