Sei sulla pagina 1di 29

PSICOLOGIA

PSICOLOGIA Prof.ª: ElizângelaVilanova de Sousa Especialista em Avaliação Psicológica Especialista em MBA em Gestão

Prof.ª: ElizângelaVilanova de Sousa Especialista em Avaliação Psicológica Especialista em MBA em Gestão de Pessoas.

TERMO DA PSICOLOGIA

Psicologia Psiqué (mente) + logia (estudo) = estudo da mente e dos processos mentais, comportamentos, desejos, percepção, motivação. Estes estudos eram feitos por filósofos, que tentavam entender a mente humana através da observação do comportamento.

Considera-se como fundador da psicologia modernaWilhelmWundt, por ter criado, em 1879, o primeiro laboratório de psicologia na universidade de Leipzig,Alemanha.A psicologia só se tornou uma ciência independente da filosofia graças aWundt, nos finais do século XIX

psicologia só se tornou uma ciência independente da filosofia graças aWundt, nos finais do século XIX

O QUE É PSICOLOGIA?

que constrói

conhecimentos sobre o ser humano, suas subjetividade,

emoções, comportamentos, e outros.

perceber

A

psicologia

é

ciência

uma

Ao

estudar

Psicologia,

passamos

a

nos

melhor.

Ninguém pode “tratar-se” por ter conhecimentos psicológicos.

Ao estudar Psicologia, passamos a nos melhor. ▪ Ninguém pode “tratar - se” por ter conhecimentos

PSICOLOGIA COMO PROFISSÃO

PSICOLOGIA COMO PROFISSÃO
PSICOLOGIA COMO PROFISSÃO

O Psicólogo é o profissional que faz o curso de graduação em Psicologia e pode se especializar em qualquer das variadas

áreas da Psicologia;

O Psiquiatra é o médico que se especializa em doenças ou

distúrbios metais.

Obs.: O psicólogo clínico também trata destes problemas, trabalha em clínicas e hospitais, mas tratamentos
Obs.: O psicólogo clínico também trata destes problemas,
trabalha em clínicas e hospitais, mas tratamentos que
envolvem a prescrição de drogas, terapias de eletrochoques
e outros são prerrogativas dos psiquiatras.

QUE PROFISSÃO É ESSA?

A psicologia, no Brasil é uma profissão reconhecida por lei Lei 4.119, de 1962.

São psicólogos habilitados ao exercício profissional, aqueles que completam o curso de graduação em Psicologia e se registram no órgão profissional competente (CRP);

E O PSICANALISTA?

O Psicanalista é o termo que designa o profissional que em cursos especializados se torna habilitado a usar a psicanálise.

é o termo que designa o profissional que em cursos especializados se torna habilitado a usar

O TRABALHO DO PSICÓLOGO

A finalidade do trabalho de um psicólogo é interferir, a partir dos conhecimentos da psicologia, em aspectos das dimensão subjetiva da realidade para potencializar os sujeitos na direção

de maior autonomia e autoria de sua história de vida.

Os psicólogos trabalham em diversas e diferentes situações e locais, com pessoas de diferentes idades, gêneros e

necessidades.

Os psicólogos trabalham então para promover saúde, isto é,

trabalham para que as pessoas desenvolvam uma

compreensão cada vez maior e melhor da inserção de cada

um nas relações sociais e de sua contribuição histórica e

social como ser humano.

A finalidade do trabalho do psicólogo é importante, pois nos

permite defender que esses profissionais não atuam de forma

estreita, pois mesmo atendendo a pessoa no consultório, esse

trabalho tem relação com a vida coletiva da sociedade na qual

o próprio trabalho do psicólogo se insere.

esse trabalho tem relação com a vida coletiva da sociedade na qual o próprio trabalho do

ÁREAS DE ATUAÇÃO DO PSICÓLOGO

Psicólogo Clínico

Psicólogo Escolar

Psicólogo

Jurídico

Psicólogo

Organizacional

Psicólogo do Esporte

Psicólogo

Hospitalar

Psicólogo do Trânsito

Psicólogo Social

Professor de

Psicologia

Psicólogo do Esporte Psicólogo Hospitalar Psicólogo do Trânsito Psicólogo Social Professor de Psicologia
PRINCIPAIS POSIÇÕES ATUAIS EM PSICOLOGIA  BEHAVIORISMO – comportamento estritamente observado (afirmava que a

PRINCIPAIS POSIÇÕES ATUAIS EM PSICOLOGIA

BEHAVIORISMO comportamento estritamente observado (afirmava que a única fonte de dados sobre o homem era o seu comportamento, o que as pessoas faziam, o que diziam). Esta concepção valorizou os experimentos com animais.

basicamente

O

behaviorismo

propõe

Psicologia

uma

experimental.

EXEMPLO DE ESTUDO DO COMPORTAMENTO -

PAVLOV

EXEMPLO DE ESTUDO DO COMPORTAMENTO - PAVLOV

OUTRO EXEMPLO DE ESTUDO DO COMPORTAMENTO

OUTRO EXEMPLO DE ESTUDO DO COMPORTAMENTO

PRINCIPAIS POSIÇÕES ATUAIS EM PSICOLOGIA

GESTALT - abordagem fenomenológico-existencial, ou seja, uma psicoterapia vivencial que ressalta a consciência do aqui-

e-agora, através do foco de como o fenômeno nos é

apresentado, muito mais do que no por quê;

Promove novas formas de olhar para a vida;

escolhas novas a serem feitas.

muito mais do que no por quê;  Promove novas formas de olhar para a vida;

PRINCIPAIS POSIÇÕES ATUAIS EM PSICOLOGIA

PSICANÁLISE - auxilia o paciente a levantar questões sobre

si mesmo e refletir sobre o próprio funcionamento psíquico

(inconsciente).

Permite compreender as situações vivenciadas.

Proporciona ao paciente o auto-conhecimento, o que leva a

dissolução de seus conflitos internos e a elaboração de novos sentidos para estes e para a vida.

o que leva a dissolução de seus conflitos internos e a elaboração de novos sentidos para

PRINCIPAIS POSIÇÕES ATUAIS EM PSICOLOGIA

HUMANISMO Abordagem Centrada na Pessoa.

Centrada no desenvolvimento da personalidade do indivíduo

em seus processos de construção e organização pessoal da realidade.

no desenvolvimento da personalidade do indivíduo em seus processos de construção e organização pessoal da realidade.
PSICOLOGIA APLICADA À ENFERMAGEM

PSICOLOGIA APLICADA À ENFERMAGEM

PSICOLOGIA APLICADA À ENFERMAGEM

PORQUE OTÉCNICO EM ENFERMAGEM

PRECISA SABER O QUE É PSICOLOGIA?

POR QUE ESTUDAR PSICOLOGIA?

PORQUE OTÉCNICO EM ENFERMAGEM PRECISA SABER O QUE É PSICOLOGIA? POR QUE ESTUDAR PSICOLOGIA?

O CUIDAR NA ENFERMAGEM:

ASPECTOS PSICOLÓGICOS

Assistência e Humanização dos cuidados de enfermagem:

- Não é mais apenas o corpo que merece a atenção no

cuidado do enfermeiro, mas a pessoa que adoece, o que acarreta uma atuação, não apenas assistencial, mas também educativa e humanizada.

- Urgência em desenvolver programas de promoção à saúde dirigidos aos idosos, assim como oferecer aos

pacientes terminais uma atenção especializada: cuidados

paliativos.

A IMPORTÂNCIA DA FORMAÇÃO DO PROFISSIONAL NA COMPREENSÃO DOS ASPECTOS PSICOLÓGICOS DO CUIDAR

Reações emocionais dos clientes e seus familiares e a interação enfermeiro-paciente;

A sobrecarga de trabalho fazem o profissional agir de forma mecânica, o que ocasiona indícios de insatisfação nos pacientes com relação aos cuidados recebidos. O enfermeiro deve utilizar meios que

promovam a interligação tecnologico- humanização (calor humano).

recebidos. O enfermeiro deve utilizar meios que promovam a interligação tecnologico- humanização (calor humano).

A FORMAÇÃO DO ENFERMEIRO NO CUIDAR EMOCIONAL DO PACIENTE E DE FAMILIARES

Momento em que pessoas se deparam com uma situação desconhecida e uma ameaça ao seu equilíbrio emocional.

O adoecer tem diferentes significados para cada individuo. Para algumas pessoas a doença desencadeia um forte sentimento de impotência.

O enfermeiro deve estabelecer uma relação de confiança com o paciente, atuando na assistência física como na

emocional.

enfermeiro deve estabelecer uma relação de confiança com o paciente, atuando na assistência física como na

OBJETIVOS PRINCIPAIS DESSA FORMAÇÃO

Introduzir os principais conceitos de psicologia e a sua aplicação na

atuação profissional do enfermeiro;

Oferecer subsídio para que o futuro profissional para identificar os

fatores psicológicos e sociais do desenvolvimento humano nas diferentes etapas do ciclo vital;

Discutir parâmetros de comunicação e relacionamento enfermeiro-

paciente, adequados às diferentes fases de desenvolvimento e ao

momento do adoecer;

e relacionamento enfermeiro- paciente, adequados às diferentes fases de desenvolvimento e ao momento do adoecer;

Analisar o papel profissional do enfermeiro e a sua relação com o paciente, a instituição e a equipe de enfermagem.

A IMPORTÂNCIA DA PSICOLOGIA PARA O PROFISSIONAL DE SAÚDE

Quando se opta por trabalhar na área de saúde, o profissional deve saber os motivos que o levaram a fazer tal escolha, bem

como ter conhecimento d alguns requisitos fundamentais para

o exercício de sua profissão.

O profissional deve focar todo seu cuidar na existência

humana, que carrega em si a dimensão física e emocional,

portanto, deverá estar preparado para dar o cuidado essencial

ao cliente (UGA, 2005).

si a dimensão física e emocional, portanto, deverá estar preparado para dar o cuidado essencial ao

A instituição hospitalar é um espaço no qual o profissional de saúde encontrará inúmeras situações adversas que lhe propiciarão uma contínua revisão de seus valores, crenças e concepções, trazendo-lhe uma concepção dialética de

mundo, onde sua atuação não será isolada, mais imbuída de uma visão de equipe multiprofissional, onde deverá atuar como um grupo junto aos clientes e familiares.

“ Na formação do enfermeiro, além do aprendizado das bases cientificas do cuidado ao paciente,
“ Na formação do enfermeiro,
além do aprendizado das bases
cientificas do cuidado ao paciente,
é fundamental uma formação
humanista, que lhe trará os
instrumentos necessários para a
compreensão do ser humano nos
seus aspectos psicológicos e
sociais”.

REFERÊNCIAS

FARAH, Olga Guilhermina Dias; SÁ,Ana Cristina.

Psicologia aplicada à enfermagem. Barueri, SP

Manole, 2008.

STEFANELLI, Maguida Costa; CARVALHO, Emilia Campos.

A comunicação nos diferentes contextos da

enfermagem. 2. Ed.Ver. E ampl. Barueri, SP: Manole,

2012.

BRAGHIROLLI, Maria Elaine; BISI, Paulo Guy; RIZZON, Antônio Luiz; NICOLETTO, Ugo. Psicologia Geral.

Petrópolis-RJ. EditoraVozes, 2008.

Elaine; BISI, Paulo Guy; RIZZON, Antônio Luiz; NICOLETTO, Ugo. Psicologia Geral. Petrópolis-RJ. EditoraVozes, 2008.