Sei sulla pagina 1di 2

CONCLUSÃO 2017 – 9º ANO

DISCURSO - Prof.ª Luzinete

Boa noite Corpo Docente, Discente, Amigos, Parentes e Formandos!!


Neste momento tão significativo, seria bom refletirmos sobre nossas vidas: o que
buscamos? Para que estudarmos? Por que fazemos trabalhos escolares estafantes ou avaliações,
às vezes, questionáveis? Enfim, por que devemos percorrer os caminhos da aprendizagem?
Reflitamos: conseguiríamos viver sem essa, digamos, torturante, vida escolar? (...) seus
sorrisos lhes traem. Devo crer impossível! O ser humano nasceu para aprimorar-se. Não bastam
apenas os ensinamentos ditados pela família, queremos mais... E se queremos mais, meus caros,
é porque temos uma vida interior muito rica e que precisa da água redentora da educação. É um
somatório de forças. Essa água é a que move as pás do moinho de seus pensamentos, sensações,
certezas e esperanças.
Uma das grandes, senão a maior característica da juventude é a curiosidade intelectual
que impulsiona vocês a descobrirem-se e ao mundo a sua volta. Nesta etapa da vida estudantil,
devem-se observar as profissões mais promissoras, mas, para que sua escolha seja definitiva, a
orientação de todos nós, os chatos... pais, mestres e direção é preponderante, embora todos
devamos ter a compreensão necessária e a paciência madura de também ouvi-los em seus
anseios e sonhos...
Se há uma coisa legal da idade de vocês é o sonhar.
Se há uma coisa que gosto em mim é sempre me perguntar ‘o que vou ser quando
crescer? Eu me pergunto isso ainda. Acho que quando eu parar de perguntar, minha vida se vai.
Nunca deixem de fazer isso, de pensar no futuro, de sonhar.
Com essa turma, eu e meus colegas aqui presentes, passamos juntos um bom período
de trabalho. Foram anos seguidos, ou seja, quase um terço da vida de vocês, bastante tempo.
Quero aproveitar e dizer, então, que assim como o marceneiro pisa em cima de
serragens e o vidraceiro trabalha com pedaços de vidro, o educador mexe com as almas. É assim
que eu e todos os outros professores dessa escola sempre enxergamos vocês. Nunca como um
número ou como um dado estatístico, mas sim como uma alma a quem se deve tratar com
respeito, mostrando um caminho para que vocês possam fazer as escolhas certas, pois viver
corretamente implica em ter atitudes conseqüentes no que se refere ao individual, ao familiar, ao
comunitário e ao universal.
Quatro anos juntos me permitem dizer hoje que conheço um pouco de cada um de
vocês; alguns com mais propriedade. Lembrarei de vocês como um grupo extremamente unido e
criativo. Há entre vocês alguns menos curiosos pelo conhecimento, ainda. Outros, muitos
curiosos por novos e constantes desafios diante dos quais nos esforçamos sempre para colocá-
los em todas as áreas do conhecimento. Levo comigo muitas lembranças de trabalho, de contos,
de piadas, de alguns momentos alegres e algumas broncas, but not many (pero no muchas).
Tenho certeza que todos deixam no Ensino Fundamental uma marca. Alguns, verdadeiras
pegadas, porém, todos uma lembrança. Acima de tudo, tenho a certeza que a chama do amor e
amizade tocou cada alma aqui presente. Alguns de vocês ainda não perceberam isso ao certo,
mas sei que um dia perceberão que ela arde dentro de seus corações.
Queridos alunos, vocês acabaram uma importante etapa da vida escolar e novos
caminhos virão pela frente. Mas lembrem-se do seguinte: vocês deverão zelar pelo bom nome
de cada um de vocês e ter a coragem de assumir novos desafios. Trilhem por seus próprios
caminhos, almejem o topo e arrisquem, acreditem e invistam nos seus sonhos e nunca deixem
de ser felizes. Desejo que seus caminhos sejam iluminados e repletos de belas melodias.
“Sonhos não foram feitos apenas para serem sonhados, mas para serem vividos e
também realizados.”Marcella Nicolini Furtado
“Se lutarmos todos os dias para realizar nossos sonhos, não sobrará tempo para pensar
em derrota.”Paola Rhoden
Sonhamos e desejamos a cada um de vocês o maior sucesso no Ensino Médio, mas, em
especial, na Vida. Que sejam mulheres e homens valorosos e bondosos para que seus pais, aqui
presentes, e todos a sua volta, possam ficar sempre orgulhosos pela contribuição que cada um de
vocês fará, com certeza, para este país e também para este mundo em transformação. Muito
obrigado e, novamente, o maior sucesso para vocês!”
DISCURSO PARANINFAL - Profº Jakson

Prezado diretor Goodsom. Prezados docentes, discentes, familiares,


amigos, e meus amados e inesquecíveis afilhados, bom dia.

Foi um motivo de grande alegria ter recebido um convite da coordenadora


Nilva, onde ela dizia que eu fui escolhido como paraninfo da turma de 9º Ano de
2017. E por ser o professor de matemática desta turma, vocês já tornaram estes
dias inesquecíveis para mim.

E a surpresa foi maior porque a afinidade com esta turma não surgiu nos
primeiros dias, pelo contrário, existia uma certa apatia e até deboche por parte de
alguns alunos, o que gerava uma antipatia de minha parte. Lembro-me das
piadinhas de mau gosto no início do ano, alunos conversando enquanto eu
tentava explicar, até cantar músicas nas minhas aulas, cantaram. No entanto, eu
tinha duas opções: afirmar que o fracasso da turma era o resultado da falta de
interesse ou tentar conquistar o carinho, o respeito e a atenção de vocês. E eu
escolhi a segunda opção. E com a mudança da minha postura eu pude vislumbrar
a diferença do comportamento de vocês. Não existia mais deboche, vocês
estavam preocupados em aprender. Não existia mais piadinhas de mau gosto,
mas eram brincadeiras onde ríamos juntos. Não existia mais antipatia, mas eu
deixava até de almoçar, fazia um lanche, pra não chegar tão atrasado, depois que
roubaram o meu carro. Fiz questão de vir na festa de 15 anos da aluna Karina
com a minha esposa e vi o semblante de surpresa e ao mesmo tempo de
admiração de vocês.

Agradeço a Deus pelo privilégio de ter sido seu professor. E espero que a
lição que aprendi com vocês, seja levada para as próximas etapas de suas vidas.
Não desistam diante do primeiro obstáculo, ainda que uma situação não se inicie
da maneira desejada, vocês são responsáveis por fazê-la mudar. Nem sempre
vocês conseguirão, mas se vocês não tentarem, nunca sentirão o gosto da vitória.
Que vocês não considerem que terminaram o Ensino Fundamental. Mas
iniciaram o Ensino Médio. E assim, por diante. Porque uma carreira de sucesso é
feita de sucessivos recomeços. Vocês não estão terminando, vocês estão
recomeçando.

“Conta-se que um fazendeiro, que lutava com muita dificuldades, possuía alguns
cavalos em sua fazenda.
Um dia, o capataz lhe trouxe a notícia de que um de seus cavalos havia caído em um
poço muito fundo e seria difícil tirar o animal de lá. Avaliando a situação o fazendeiro chamou
o capataz e ordenou que sacrificasse o animal soterrando-o ali mesmo. O capataz e seus
auxiliares começaram a jogar terra, no entanto, a medida que a terra caía sobre seu dorso, o
cavalo se sacudia e a derrubava no chão e pisava sobre ela. Logo, os homens perceberam que
o animal não se deixava soterrar, mas, ao contrário, estava subindo à medida que a terra caía,
até que, finalmente conseguiu sair..”

Meus queridos afilhados, não desistam diante das dificuldades.

Parabéns! Que esse seja o início de uma jornada vitoriosa. Muito obrigado.