Sei sulla pagina 1di 32

!

"#2
DEZEMBRO DE 2011

O LIVRO
´
QUE NINGUEM
CONSEGUIU
DESTRUIR
!"#2 ´
TIRAGEM MEDIA 39.913.000
PUBLICADA EM 83 IDIOMAS

O LIVRO ´
QUE NINGUEM
CONSEGUIU
DESTRUIR
3 Um livro como nenhum outro
´
4 A Bıblia sob ataque

6 Eles tentaram ocultar do povo


a Palavra de Deus

´
10 O Conceito da Bıblia
Deus se importa com
os animais?
´ ˜
12 A origem pre-crista
´
da arvore de natal
´
14 Historias de sobreviventes
˜
do tsunami no Japao
21 Um homem lembrado
por sua curiosidade
´ ˜
22 A historia da Versao Rei Jaime
25 Os Jovens Perguntam
˜
O que torna uma reuniao social
realmente divertida?
28 Observando o Mundo
´
29 Indice de assuntos de
Despertai! de 2011 1513 AEC
–c. 98 EC 100 405
´ ´ ´
30 Para Considerar em Famılia A Bıblia e escrita O formato em Traduzida
´
em hebraico, codice facilita para o latim
32 “Palavras profundas e simples” ˆ
aramaico e grego seu manuseio por Jeronimo
UM LIVRO
COMO NENHUM OUTRO
˜
“Nenhum livro despertou tanta oposiçao como esse; mas sobreviveu a todos
os ataques, por mais intensos, engenhosos e persuasivos que tenham sido.”
´ ˜
OR QUE a Bıblia merece sua atençao? Um coisa que tenha resistido a repetidos ataques.
P ´
motivo e que ela afirma conter a mensa-
gem de Deus para a humanidade. (2 Timoteo
´
´
“Mas nenhum exercito jamais sobreviveu a tan-
´
tas batalhas como a Bıblia”, continuou Barnes,
´ ˜ ˆ ´
3:16) Se isso e verdade, entao deixar de le-la “nenhuma fortaleza antiga resistiu a tantos sı-
com certeza seria uma grande perda. ´
tios e ficou de pe diante dos estragos causados
´ ´ ´ por guerras e pela passagem do tempo; e ne-
Outro motivo e que a Bıblia e um dos livros
mais antigos que ainda existem e de longe ´ o nhuma rocha foi assolada por tantas correntes
´ ´ ´
mais traduzido e distribuıdo do mundo. E tam- de agua e ainda assim permaneceu imovel”.
´ ´
bem o livro mais vendido de todos os tempos e Muitos escritos antigos foram destruıdos,
aparece no topo da lista dos best-sellers todo perdidos ou simplesmente esquecidos, mas,
ano. ´
apesar dos ataques violentos, a Bıblia sempre
˜ ´ sobreviveu. Enquanto algumas pessoas lutaram
A idade e circulaçao da Bıblia, bem como ´ ´ ´
˜ ˜ arriscando a propria vida para torna-la acessı-
sua afirmaçao de ser a Palavra de Deus, sao `
ainda mais impressionantes levando em conta vel as massas, outras arrancaram esse livro das
´ ˜
as muitas tentativas feitas durante toda a Histo- maos de leitores sedentos e o queimaram em
´
ria para suprimi-la. “Nenhum livro despertou publico junto com seus donos.
˜ ´ ˜
tanta oposiçao como esse; mas sobreviveu a to- Por que a Bıblia foi um livro tao amado e ao
dos os ataques, por mais intensos, engenhosos ˜
mesmo tempo tao odiado? A que batalhas so-
e persuasivos que tenham sido”, declarou Al- ´
´ ´ breviveu? Quem tentou destruı-la? Mais impor-
bert Barnes, teologo do seculo 19. tante, como conseguiu sobreviver? E por que
´ ´ ˆ ´
Esse mesmo escritor observou que e natu- sua mensagem e vital para voce? As paginas a
˜
ral que as pessoas se interessem por qualquer seguir responderao a essas perguntas.

´ ˜ ´
MARCOS HISTORICOS NA IMPRESSAO DA BIBLIA

1380 1455 1525 1938 2011


´
Traduzida do Gutenberg produz Traduzida Impressa em Disponıvel em mais
´ ˆ
latim para o a primeira Bıblia para o ingles mais de mil de 2.500 idiomas
ˆ
ingles por impressa por Tyndale idiomas
Wycliffe

3
´
A BIBLIA
SOB ATAQUE
˜
COLEÇ´AO de escritos que conhecemos
A como Bıblia, ou Escrituras Sagradas, le-
vou mais de 1.600 anos para ser ˜ completa-
da. A primeira
´ ´ parte dessa coleçao´ foi escrita
por Moises; a ultima, por um apostolo, cerca
de cem anos depois do nascimento de Jesus
Cristo.
Esforços para impedir que as Escrituras fos-
sem lidas pelo povo começaram bem antes
de nossa ´ Era Comum, continuaram
´ durante a ˜
Idade Media e chegaram ate os tempos moder- Entao, Deus deu a seguinte ordem a Jere-
nos. Um dos primeiros esforços aconteceu nos mias: “Toma para ti novamente um rolo, um
dias de Jeremias, profeta de Deus que viveu outro, e escreve nele todas as primeiras pa-
mais de 600 anos antes do nascimento de Je- lavras que mostraram estar no primeiro ´ rolo,
sus Cristo. queimado por Jeoiaquim, rei de Juda.” (Je-
remias 36:28) Uns 17 anos mais tarde, exata-
Uma mensagem impopular sob ataque
˜ mente conforme Deus´ havia predito ´ por meio
O profeta Jeremias, sob orientaçao divina, de Jeremias, Jerusalem foi destruıda, muitos
escreveu num rolo uma mensagem condenan- ´ de seus governantes foram assassinados e seus
do os habitantes pecadores da Juda antiga. ´
´ habitantes
ˆ foram levados para o ex ılio em Ba-
Essa mensagem tamb ´ em os alertava ´ de que bilonia. A mensagem contida naqueleˆ rolo
sua capital, Jerusalem, seria destruıda, a me- — bem´ como um registro das circunstancias
nos
´ que mudassem de atitude. Baruque, secre- por tras do ´ ataque desferido contra ela
´
tario de Jeremias, leu ´ a mensagem em publico ´ — so-
breviveu ate os nossos dias no livro bıblico de
no templo de Jerusalem. Ele ´ a leu pela segun-
´ Jeremias.
da vez na presença dos prıncipes de Jud` a, que ´
levaram o rolo para o Rei Jeoiaquim. A medi- Outra tentativa de queimar a Bıblia
˜ ´
da que ouvia aquelas palavras
´ de Deus, o rei Jeoiaquim nao foi o unico
´ a tentar
´ queimar
˜
foi ficando furioso. Daı, cortou o rolo em pe- a Palavra de Deus em epocas pre-crist ´ as. Al-
daços e os queimou. — Jeremias 36:1-23. gum tempo depois da ruptura do Imperio Gre-

!"#2 6 ˜ ˜ ´
Esta publica
´ çao nao e vendida. Ela faz parte de uma obra
´ educativa bıblica, mundial,
˜ mantida por´ donativos. A menos
˜
ESTA REVISTA E PUBLICADA visando o esclarecimento de toda a que haja˜ outra indicaçao, os textos bıblicos citados sao da
´
famılia. Mostra-nos como enfrentar os problemas atuais. Veicula as Traduçˆ ao do Novo Mundo das Escrituras Sagradas com
´ ˜ Referencias.
notıcias, fala sobre pessoas de muitas terras, examina a religiao e a
ˆ ´ ´
ciencia. Mas faz mais do que isso. Ela sonda abaixo da superfıcie e Despertai! e publicada e impressa mensalmente pela´
´ ˜ ´
aponta o verdadeiro significado por tras dos eventos correntes; todavia, Associaçao Torre de Vigia de Bıblias
´ e Tratados. Sede e gra-
˜ fica: Rodovia SP-141, km 43, Cesario Lange, SP, 18285-901.
permanece sempre politicamente neutra e nao exalta raça alguma como ´
´ ´ Diretor responsavel: Augusto´ dos Santos Machado Filho.
superior a outra. Importantıssimo e que esta revista gera confiança na
´
promessa do Criador de estabelecer um novo mundo pacıfico e seguro, Revista registrada sob o numero de ordem 511. 5 2011
´ Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania. Todos
prestes a substituir o atual mundo perverso e anarquico. os direitos reservados. Impressa no Brasil.
4 Despertai! dezembro de 2011 Vol. 92, No. 12 Monthly PORTUGUESE (Brazilian Edition)
go, Israel ficou sob o controle da dinastia se- escreveu: “Diocleciano presumiu que todas as
ˆ ˆ ´ ˆ ˜ ˜
leucida. O rei seleucida Antıoco Epifanio, que comunidades cristas, nao importava onde es-
˜
governou de 175 a 164 AEC, queria difundir a tivessem, tinham uma coleçao de livros e sa-
´ `
cultura grega, ou helenıstica, em todo seu im- bia que esses livros eram essenciais a sobrevi-
´ ˆ ˜ ´
perio. Para isso, ele tentou impor a cultura e vencia dos cristaos.” O historiador eclesiastico
˜ ´
religiao gregas aos judeus. Eusebio de Cesareia, Palestina, que viveu nes-
´ ´ ´
Por volta de 168 AEC, Antıoco saqueou o se perıodo, escreveu: “Com nossos proprios
´ ´ ´
templo de Jeova em Jerusalem. Sobre o altar, olhos vimos os oratorios inteiramente arrasa-
´
ele construiu outro em honra ao deus grego dos, desde o telhado ate os fundamentos, e
´ ´ as divinas e sagradas Escrituras entregues ao
Zeus. Antıoco tambem proibiu os judeus de ´
´ fogo nas praças publicas.”
observar o sabado e de circuncidar seus filhos.
ˆ ˆ
A desobediencia era punida com a morte. Acredita-se que tres meses depois do decre-
´ to de Diocleciano, o prefeito da cidade norte-
Um dos meios usados por Antıoco para ex-
˜ africana de Cirta, conhecida hoje como Cons-
terminar a religiao judaica foi tentar destruir ˜
todos os rolos da Lei. Embora sua campanha tantine, ordenou que os cristaos entregassem
´ ˜ ´
se estendesse por todo o Israel, Antıoco nao todos os seus “escritos da lei” e “copias das es-
´ ´
conseguiu destruir´ todas as copias das Escri- crituras”. Relatos do mesmo perıodo contam
´ ˜
turas Hebraicas. E provavel que alguns rolos que havia cristaos que preferiam ser tortura-
´ ´
tenham sido bem escondidos em Israel para dos e mortos a entregar as copias da Bıblia
´
escapar das chamas, e tem-se conhecimento para serem destruıdas.
´
de que copias das Escrituras Sagradas foram O objetivo dos ataques
ˆ
preservadas em colonias de judeus fora de Is- ´
Jeoiaquim, Antıoco e Diocleciano tinham o
rael.
mesmo objetivo: eliminar a Palavra de Deus.
´
O decreto de Diocleciano Contudo, a Bıblia sobreviveu a todas as tenta-
´
Outro governante proeminente que tentou tivas de destruı-la. Depois de Diocleciano, ou-
destruir as Escrituras foi o imperador roma- tros governantes de Roma começaram a alegar
˜ ´
no Diocleciano. Em 303 EC, ele promulgou ser cristaos. Mesmo assim, a Bıblia continuou
´ ´ ˆ
uma serie de decretos cada vez mais rıgidos sendo alvo de ataques. Por que?
˜ ´ ´
contra os cristaos. Isso resultou no que alguns Mais tarde governantes e ate mesmo lıderes
´ ˜
historiadores chamam de “A Grande Persegui- da Igreja diziam que queimar a Bıblia nao era
˜ ´
çao”. De acordo com seu primeiro decreto, as uma tentativa de destruı-la. Esses homens esta-
´ ˆ
copias das Escrituras deviam ser queimadas e vam simplesmente tentando mante-la fora do
˜ ˜
os locais de reuniao dos cristaos deviam ser alcance das pessoas comuns. Mas por que eles
´
demolidos. Harry Y. Gamble, professor de es- queriam isso? E ate que ponto a Igreja agiu
´ ´
tudos religiosos na Universidade da Virgınia, para impedir a leitura da Bıblia? Vejamos.

ˆ ˆ ˜ ´ ´ ˆ ˜ ´
Idiomas: africaner, albanes, alemao,67 amarico, arabe, armenio, Gostaria de ter `
mais informaçoes ´
ou um curso bıblico domiciliar
´ ˆ ˆ gratuito? Escreva as Testemunhas de Jeova, usando o endereço apropriado. Para uma lista
bislama, bulgaro, canares, cebuano, chicheva, chines (simplificado), chi- ´
ˆ ´ completa dos endereços das sedes, veja www.watchtower.org/address. Africa do Sul: Private
nes (tradicional)7 (audio apenas em mandarim), chitonga, chona, cibem-
ˆ ˆ Bag X2067, Krugersdorp, 1740. Alemanha: 65617 Selters. Angola: ´ Caixa Postal 6877, Luanda Sul. Argentina:
ba, cingales, coreano,67 croata, dinamarques,7 eslovaco, esloveno, es- Casilla 83 (Suc´ 27B), C1427WAB Cdad. Aut. de Buenos Aires. Belgica: rue d’Argile-Potaardestraat 60, B-1950
ˆ ˆ ´ ´
panhol,67 estoniano, eve, fijiano, finlandes,7 frances,687 georgiano, Kraainem. Bolıvia: Casilla 6397, Santa Cruz. Brasil: CP 92, Tatuı, SP, 18270-970. Canada: PO Box 4100,
ˆ ´ Georgetown, ON L7G 4Y4. Costa do Marfim: 06 BP 393, Abidjan 06. Espanha: Apartado 132, 28850 Torrejon
´
grego, guzerate, hebraico, hiligaino, hindi, holandes,67 hungaro, ibo, ilo- ´
´ ˆ ˆ ˆ de Ardoz (Madrid). Estados Unidos da America: 25 Columbia Heights, Brooklyn, NY 11201-2483. França:
cano, indonesio, ingles,67 ioruba, islandes, italiano,67 japones,67 kirun- ˜
˜ ˆ ˆ BP 625, F-27406 Louviers Cedex. Gana: PO Box GP 760, Accra. Gra-Bretanha: The Ridgeway, London NW7
di, letao, lingala, lituano, macedonio, malaiala, malgaxe, maltes, mian- ´
1RN. ˜ Holanda: Noordbargerstraat 77, NL-7812 AA Emmen. Italia: Via della Bufalotta 1281, I-00138 Rome ´ RM.
ˆ ˆ ˆ
mar, noruegues,67 polones,67 portugues,687 punjabi, quiniaruanda, Japao: 4-7-1 Nakashinden, Ebina City, Kanagawa-Pref, 243-0496. Malaui: PO Box 30749, Lilongwe 3. Maurıcio:
´ ´
quirguiz, rarotongano, romeno, russo,67 samoano, sepedi, servio, seso- Rue Baissac, Petit Verger, Pointe aux Sables. Moçambique: PO Box 2600, 1100 Maputo. Nigeria: PMB 1090,
´ ˆ ˆ Benin City 300001, Edo State. Nova Caled
ˆ
onia: BP 1741, 98874 Pont des Francais. Paraguai: Casilla 482,
to, silozi, suaıli, sueco,7 tagalo,7 tai, tamil, tcheco,7 tok pisin, tonganes, ´ ˆ
tsonga, tsuana, turco, ucraniano, urdu, vietnamita, xosa e zulu. 1209 Asuncion. Portugal: Apartado 91, P-2766-955 Estoril. Quenia: PO Box 21290, Nairobi 00505. Senegal:
ˆ ´
´ ´ BP 29896, 14523 Dakar. Timor Leste: Box 248, Dili. Zambia: PO Box 33459, 10101 Lusaka. Zimbabue:
6 Tambem disponıvel em CD. Private Bag WG-5001, Westgate.
´ ´
8 Tamb´ em dispon ıvel em MP3 CD-ROM.
´ ´
7 Audio tambem disponıvel no site www.jw.org. Despertai! dezembro de 2011 5
ELES TENTARAM
OCULTAR DO POVO
A PALAVRA DE DEUS
OM o passar do tempo, foram feitos esfor-
C ´ ´
ços para traduzir a Bıblia para as lınguas
do povo. Poucas pessoas sabiam ler os idio-
´ As pessoas comuns tinham
mas originais da Bıblia: o hebraico e o grego. ` ´
´ acesso bem limitado a Bıblia,
A maioria de nos teria dificuldade para enten-
der a Palavra de Deus hoje se ela estivesse dis-
´ o que garantia ao clero poder
ponıvel apenas em formas antigas desses idio- sobre as massas
mas.
Quase 300 anos antes de Jesus viver na Ter-
ra, começou-se a traduzir as Escrituras He- ´
˜ ´ que o hebraico, o grego e o latim eram
´ os uni-
braicas para o grego. Essa traduçao e conhe- cos idiomas apropriados para a Bıblia.1
cida como Septuaginta grega. Uns 700 anos ˜ ˜ ´
ˆ ˜ Divisoes na Igreja e a traduçao da Bıblia
mais tarde, Jeronimo fez uma traduçao famo- ´ ´
sa, conhecida como Vulgata. Trata-se da tradu- No´ nono seculo EC, Metodio e Cirilo, mis-
˜ sionarios tessalonicenses a serviço da Igre-
çao das Escrituras Hebraicas e Gregas para o ˆ
´ ´ ja Oriental de Bizancio, incentivaram o uso
latim, que era a lıngua comum do Imperio Ro-
´ do eslavo como idioma da Igreja. O objetivo
mano naquela epoca.
´
Com o tempo, o latim deixou de ser a lın- 1 Pelo visto, essa ideia veio dos escritos do bispo espanhol
´ Isidoro de Sevilha (560-636 EC), que declarou: “Existem tres
ˆ
gua comum. Apenas pessoas bem instruıdas ˜
´ idiomas sagrados: hebraico, grego e ˆ latim,
´ e eles s ao supremos ˜
entendiam esse idioma, e a Igreja Catolica se no mundo todo. Pois foi nessas tres lınguas que a acusa ´ çao
ˆ ´ contra o Senhor foi escrita por Pilatos no alto da cruz.” E cla-
opos aos esforços de traduzir a Bıblia para ˜ ˜ ˆ
´ ro que a decisao de colocar˜ a acusaç˜ao nesses tres idiomas foi
outros idiomas. Lıderes religiosos afirmavam tomada pelos romanos pagaos. Ela nao foi orientada por Deus.

´ ´
ATAQUES HISTORICOS CONTRA A BIBLIA
c. 636 EC 1079 1199
´ ˆ
Isidoro de Sevilha O Papa Gregorio VII O Papa Inocen-
afirma que o recusa decidida- cio III considera
˜
hebraico, o grego mente a solicitaçao herege qualquer
˜
e o latim sao de Vratislau para pessoa que se atre-
ˆ
idiomas “sagra- usar o eslavonio na va a traduzir a
´
dos” e, portanto, igreja, dizendo que Bıblia e conversar
´
os unicos apro- as pessoas de sobre ela. As que
ˆ
priados para a “inteligencia desafiam a ordem
´ ˜
Bıblia Sagrada limitada” nao do papa muitas ve-
˜
devem ter acesso zes sao torturadas
`
as Escrituras e mortas
era possibilitar que os˜ povos eslavos da Euro- As pessoas
` ´ comuns tinham acesso bem li-
pa Oriental — que nao entendiam nem o gre- mitado a Bıblia, e era ˜ isso mesmo que a Igre-
go nem o latim — aprendessem sobre Deus no ja queria. Essa situaçao garantia ˜ ao clero po-
idioma deles. der sobre as massas. Eles nao queriam que as
´ ´ pessoas comuns se intrometessem em assun-
Esses missionarios, porem, enfrentaram
˜ ˜ tos que, para eles, eram exclusivos da classe
forte oposiçao de sacerdotes alemaes, que pro-
curaram impor o uso do latim para impedir clerical.
ˆ ˆ
a crescente influencia do cristianismo bizanti- Em 1199, o Papa Inocencio III escreveu a
Papa Greg orio VII: 5 Scala/White Images/Art Resource, NY; Papa Inocencio III: 5 Scala/Art Resource, NY; Concılio de Trento:

´ respeito dos “hereges”


no. Fica evidente que a polıtica era mais im-
˜ ´ ˆ que haviam traduzido a
portante para eles do que a instruçao religiosa Bıblia para o franc es e ousado conversar sobre
5 Scala/White Images/Art Resource, NY; Papa Paulo IV: 5 The Print Collector, Great Britain/HIP/Art Resource, NY

˜ ˆ
´

do povo. O aumento das tensoes entre a ala ela entre si. Inocencio aplicou ˜ a eles as˜ seguin-
oriental e a ocidental da cristandade provocou tes
´ palavras de Jesus: “Nao deis aos
´ caes o que
˜ e santo, nem lanceis as vossas perolas diante
a divisao entre o catolicismo romano e a orto-
doxia oriental em 1054. dos porcos.” (Mateus 7:6) Por que o papa pen-
˜ ´ sava assim? Ele disse: “Para que nenhum ho-
A batalha contra a traduçao da Bıblia mem simples e inculto se atreva a se ocupar
´
Com o tempo, o latim se tornou uma lın- com ´ a sublimidade da Escritura sagrada ou
gua sagrada para o catolicismo romano. Em preg
vista disso, quando Vratislau, duque da Boe-
ˆ ` a-la a outros.” Aqueles que desobedeciam
a ordem do papa geralmente eram entregues
ˆ

˜ ´
mia, pediu permissao em 1079 para usar o es- aos inquisidores, ˜ que os torturavam ate conse-
ˆ ´
lavonio nas missas locais, o Papa Gregorio VII guirem a confiss˜ ao. Os que se recusavam a re-
´ ˜
escreveu em resposta: “Nos nao podemos de negar sua posiçao eram queimados vivos.
˜
forma ˜ alguma atender a essa solicitaçao.” Por Durante a longa batalha travada sobre o di-
que nao? ´
reito ˆ de ter
` e ler a B ıblia, recorria-se
ˆ com fre-
“Para os que refletem sobre esse assunto”, quencia a carta´ do Papa Inocencio para proi-
´ ´ ˜
disse Gregorio, “fica evidente que e do agra- bir o uso da Bıblia ´ e sua traduçao para outros
do de Deus manter a Escritura Sagrada em ´
idiomas. Logo apos esse decreto, Bıblias em
segredo em certos lugares, pois, se ela fosse ´
´ lınguas comuns começaram a ser queimadas, ´
claramente compreensıvel a todos os homens, assim como as pessoas que as possuıam. Nos
poderia acabar sendo vulgarizada e desrespei- ´
˜ seculos seguintes,´ os bispos e os governan-
tada ou sendo tao mal entendida por aqueles tes da´ Europa catolica usaram todos ˜ os meios
´

˜
de pouca instruçao a ponto de conduzi-los ao possıveis para garantir que a proibiçao impos-
ˆ
erro”. ta pelo Papa Inocencio III fosse respeitada.

1546 1559

Por decreto do O Papa Paulo IV


´ ´
Concılio de Trento, proıbe a posse de
˜ ´ ´
qualquer impressao Bıblias nas lınguas
˜ ˜
de traduçoes da comuns. Traduçoes
´ ´
Bıblia precisa para essas lınguas
˜
primeiro ser sao confiscadas e
aprovada pela queimadas, muitas
´
Igreja Catolica vezes junto com
seus donos

Despertai! dezembro de 2011 7


Quando descobertas, as pessoas´ que
ousavam possuir ou distribuir Bıblias
eram queimadas
` em ˜ estacas
´ ou
condenadas a prisao perpetua

˜ ´
sa, incluindo traduçoes da Bıblia, sob o con-
trole da Igreja.
´
O Concılio de Trento decretou: “A partir de
˜
entao, a Escritura sagrada . . . deve ser impres-
´ ´
sa do modo mais correto possıvel; e e ilegal
que qualquer pessoa imprima ou solicite uma
˜
impressao de quaisquer livros de natureza sa-
grada sem o nome do autor; ou que no futuro
´
os venda, ou ate mesmo os possua, a menos
que tenham primeiro sido examinados e apro-
vados pelo [bispo local].”
´ ´
De O Livro dos Martires

Sem duvida, a hierarquia catolica


˜ sabia que Em 1559, o Papa Paulo IV publicou o pri-
´
muitos de seus ensinamentos nao eram ba- meiro ındice de livros proibidos pela Igreja
´

´ ˜ ´
seados na Bıblia, mas
´ em tradiçoes da Igreja. Catolica Romana. Essa lista proibia pos-
˜ ´ ˜
Com certeza, esse e um dos motivos de eles suir traduçoes da Bıblia em alemao, espa-
´ ˆ ˆ ˆ
relutarem
` em´ permitirˆ que seus fieis tivessem nhol, frances, holandes, ingles, italiano e al-
acesso a Bıblia. Por le-la, as pessoas descobri- gumas em latim. Uma pessoa que quisesse
´ ´ ˜
riam que a doutrina da Igreja era incompatıvel ler a Bıblia devia obter uma permissao escri-
com as Escrituras. ta de bispos ou inquisidores
O impacto da Reforma — algo nada atraente para al-
´
A chegada do protestantismo transformou guem que quisesse evitar sus-
´ peita de heresia.
o cenario religioso da Europa. As tentativas
de Martinho Lutero de reformar a Igreja Ca- Quem se atrevesse a pos-
´ ´
tolica e seu rompimento posterior com ela suir ou distribuir Bıblias em
˜
em 1521 foram baseados principalmente em idiomas comuns de sua regiao
˜ ´
seu entendimento das Escrituras. Entao, de- tinha de encarar a furia da
´
pois do rompimento total, Lutero, que era um Igreja Catolica. Muitos foram
tradutor talentoso, se empenhou em tornar a presos, queimados em esta-
´ ´ cas, assados em espetos e con-
Bıblia disponıvel ao povo. ` ˜ ´
˜ ˜ denados a prisao perpetua ou
A traduçao de Lutero para o alemao e sua ` ´ ´
˜ ˜ as gales. As Bıblias confisca-
ampla distribui
´ çao chamou a atençao da Igre-
ja Catolica Romana, que queria neutralizar a das eram queimadas. De fato,
´ ˜ ´
Bıblia de Lutero por fazer uma traduçao auto- sacerdotes catolicos conti-
rizada pela Igreja. Logo surgiram duas dessas nuaram a confiscar e queimar
˜ ˜ ´
traduçoes para o alemao. Mas, ´ em 1546, me- Bıblias por um bom tempo
´
nos de 25 anos depois, o Concılio de Trento, durante o seculo vinte.
´ ˜
da Igreja Catolica Romana, colocou pratica- Mas isso n ao quer dizer
˜
mente qualquer impressao de natureza religio- que o protestantismo tenha
8 Despertai! dezembro de 2011
´ ´ ´
sido um verdadeiro
´ amigo e defensor
´ tribuıram para os escritos que formam a Bı-
da Bı-
blia. Nos seculos 18 e 19, alguns te´ologos pro- ˜ ´
blia agiram sob a inspiraçao de Deus. — Isaıas
testantes começaram a usar um metodo de ´ es-
40:8; 1 Pedro 1:25.
tudo que ficou conhecido como alta crıtica. ´ ´
Ler e colocar em pratica o que a Bıblia en-
Com o tempo, muitas pessoas aceitaram ensi- ´ ´
sina nos ajudara´ a melhorar nossa vida, saude
nos influenciados por teorias darwinistas de ´
˜ e vida familiar. E da vontade de Deus que a Bı-
que a vida nao foi criada, mas que surgiu por blia sobreviva e seja traduzida para o maior
acaso e evoluiu sem um Criador. ´ ´
´ ´ ´ numero possıvel de idiomas, a fim de que
Teologos, e ate mesmo muitos´ clerigos, en-
todas as pessoas tenham a oportunidade de
sinavam que boa parte da Bıblia baseia-se˜ em´ ´
aprender a ama-lo, servi-lo e no futuro receber
lendas ou mitos. ˆ ˜ ´
´ Em resultado disso, nao e suas bençaos eternas. Com certeza e isso que
´
raro hoje ver clerigos protestantes, bem como todos nos queremos!
muitos dos seus paroquianos, alegarem que a ˜
´ ˜ ´ Jesus, em oraçao a seu Pai celestial, disse:
Bıblia nao e historicamente exata. ´ ˜ ´
ˆ ´ “A tua palavra e a verdade.” (Joao 17:17) A Bı-
´
Voce talvez tenha ouvido comentarios ´ crı-
blia — as Escrituras que Jesus lia e ensinava —
ticos a respeito da autenticidade da Bıblia e ´ `
e o meio de Deus fornecer respostas as per-
se surpreendido
´ ´ com as tentativas feitas para
guntas que as pessoas sinceras fazem.
destruı-la em seculos´ passados. Mas os ata- ´ ˆ
ques falharam. A Bıblia sobreviveu a todos Nos incentivamos voce a aprender mais so-
eles! bre a mensagem de Deus para a humanida-
´
de conforme registrada na Bıblia. As Teste-
´
´ Como ela conseguiu sobreviver ´ munhas ˜
de Jeova, que distribuem esta revista,
´
E verdade que muitas pessoas amaram
ˆ a Bı- ficar ao felizes em ajuda-lo.1
blia e arriscaram a vida para
ˆ defend
´ e-la. Mas o ˆ ´
segredo de sua sobrevivencia esta numa força dos1 Voc e pode contata-las, sem ´ compromisso, usando um
endereços alistados na pagina 5 desta revista ou o site
maior que o amor humano: todos os que con- www.watchtower.org.

´
A BIBLIA RESPONDE
O Criador deseja que
encontremos as respostas
`
as seguintes perguntas
importantes:
˘ Por que estamos aqui?
˘ Por que existe tanto sofri-
mento?
˜
˘ Onde estao os mortos?
˘ Qual o futuro da humani-
dade?
´
A Bıblia responde a essas
´
perguntas e da conselhos
´
praticos de como encontrar
verdadeira felicidade.
O CONCEITO
´
DA B IBLIA
Deus se importa
com os animais?
˜
VIDA animal corre perigo. Muitos cien- 83:18) Mas isso nao dava aos humanos o direi-
A tistas acreditam
´
gumas especies est a
´ que
num
a extin
ritmo
ç ao
˜
acelerado.
de al- to de exercer autoridade´ sobre os animais sem
levar em conta o proposito do Criador.
˜ ˆ ´
Animais estao sofrendo as consequencias de- Por
˜
vastadoras˜ da invasao humana de seu habitat. ˜ exemplo,´ foi Jeova quem concedeu a
Ad´ao o privilegio de dar nome˜ aos animais.
ˆ
A produçao industrial de alimentos, os espor- Alem disso, ele ajudou Adao por “traze-los
tes sangrentos
˜ e o abandono de animais ˜ de es- [os animais] ao homem para ver como chama-
timaçao pioram essa triste situaçao. ˆ
´ ria´ a cada um deles”. (Genesis 2:19) O homem
No entanto,
´ alguns acham que esse e o pre- so conseguiria cuidar˜ bem dos animais se se-
ço inevitavel que se paga pelo progresso´ hu- guisse as orientaçoes de seu Criador.
mano. Mas era isso que Deus ˜ queria? Sera que Deus realmente se importa
ele abandonou
˜ a cria çao animal para sofrer ˜
nas maos dos humanos? Como sabemos que Infelizmente, Adao ˜ se rebelou´ contra seu
ele se importa com os animais? Criador.
ˆ Sua rebeliao ´ trouxe tragicas conse-
´ quencias para a famılia humana e para todas
Cuidados demonstrados desde o inıcio as formas de vida na Terra. Mas o Criador
Depois de criar os peixes, as aves e os ´ ani- deixou claro como os animais deviam ser tra-
mais terrestres, ˆ Deus ficou contente. A Bıblia tados. Embora ˜ o homem recebesse mais ´ tar-
diz ˆ que ele “pode ver que [tudo] era bom”. de permissao´ para se alimentar deles e usa-los
(Genesis` 1:21, 25) Todas essas criaturas, da para´ fins praticos, Deus nunca ´ o autorizou a
menor a maior, receberam ´ os cuidados
´ amo- trata-los com crueldade. A Bıblia diz: “O jus-
rosos do Criador.
´ Al em de cria-las “instinti- to ´ importa-se com a alma ´ do seu animal´ do-
˜
vamente sabias”, Deus tomou medidas para mestico,
´ mas as´ miseric ordias dos in ıquos sao
que se desenvolvessem bem ´ em seu habitat. crueis.” — Proverbios 12:10.
Foi isso que um escritor bıblico disse: “Todos ´ ` ˜
Deus ate mesmo deu a antiga naçao de Is- ˜
eles [os animais] — a ti ficam aguardando para rael leis
lhes dares o alimento a seu tempo. ´ para proteger os animais. A provisao
´ ˜ Apanham do sabado — um dia semanal de completo re-
o que lhes das. Abres a tua mao ´ — eles se pouso
fartam com coisas boas.” — Proverbios 30:24; ˜ ´ — dava a oportunidade ´ de descansar
nao so aos ˆ israelitas, mas ´ tamb´ em a seus ani-
Salmo 104:24, 25, 27, 28. mais. (Exodo 23:12) E notavel que, embora
Deus criou os animais para˜ estarem ˜ sujei- nenhum trabalho fosse permitido nesse dia
tos ao primeiro homem, Adao. Eles nao fo- sagrado, as pessoas deviam socorrer ´ animais
ram projetados com a capacidade de racio- em perigo. (Lucas˜ 14:5) Deus tambem orde-
cinar ou ter espiritualidade.
˜ (2 Pedro 2:12; nou que o gado nao fosse privado de alimen- ˜
Judas 19) Adao, por outro lado,` era uma for- to enquanto trabalhava e que os animais nˆ ao
ma de vida superior, criada “a imagem de transportassem cargas ˆ muito pesadas. (Exo-
Deus”. Era capaz de ´ refletir ˆ a personalidade do 23:5; Deuteronomio 25:4) Era proibido
de seu Criador, Jeova. (Genesis 1:27; Salmo colocar um touro e um jumento sob o mes-
10 Despertai! dezembro de 2011
mo jugo, ou canga, evitando ´
prejudicar os animais. (Deu- E preciso uma mudança
ˆ de atitude para que a
teronomio 22:10) Assim, fica
´ vida selvagem seja
claro que a Bıblia ensina que
os animais deviam ser trata- respeitada
dos com respeito, considera-
˜ ˜
çao e compaixao.
´
Embora muitas pessoas so
´
pensem nos seus proprios be-
´
nefıcios e desconsiderem os
danos causados aos animais,
Deus se preocupa com eles.
Ao notar que o profeta Jonas
´
mostrou falta de misericordia
´
quando os habitantes de Nı-
nive se arrependeram e foram
poupados do julgamento divi-
´
no, Jeova disse: “Eu, da mi-
˜
nha parte, nao devia ter pena
´ ´
de Nınive, a grande cidade, em que ha mais de mais, recuperando assim na Terra ´ as condi-

La Voz de Galicia/Fotografo: Vıctor Mejuto


˜
cento e vinte mil homens que absolutamente çoes que faziam parte do proposito original
˜
nao sabem a diferença entre a sua direita e a de Deus.
´ ´ ˜
sua esquerda, alem de haver muitos animais do- A B ıblia descreve a transformaçao que
´ ´
mesticos?” (Jonas 4:11) Isso prova que o Cria- ocorrera, explicando: “O lobo, de fato, residi-
´

´
dor tem pena ate mesmo dos animais. ´ ´
ra por um tempo com ´ o cordeiro e o proprio
leopardo se deitar a com o cabritinho, e o be-

´
O futuro dos animais ˜
˜ ´ ´ zerro, e o leao novo jubado, e o animal ´ceva-
Fica claro que Deus nao e insensıvel ao do, todos juntos; e um pequeno rapaz e que
˜
modo como os animais sao tratados. Seu que- sera´ o condutor deles. E a propria ´
vaca e a
´ ˜ ˜
rido Filho, Jesus, chegou a dizer que um uni- ursa pastarao; juntas se deitar ao as suas crias.
˜ ˜
co pardal nao cai ao chao sem o conhecimen- E ate´ mesmo o leao ˜ ´
comera ´ palha como o tou-
to de seu Pai. (Mateus 10:29) Em contraste ro. E a criança de peito ha de brincar sobre
com isso, os humanos, mesmo com as melho- a toca da naja; e a criança desmamada pora´
˜ ˜ ´ ˜
res das intençoes, nao conseguem entender realmente sua propria mao sobre a fresta de
˜
plenamente como suas açoes afetam o meio luz da cobra venenosa.” Que perspectiva ma-
ambiente. Os humanos precisam mudar de ravilhosa! — Isaıas ´
11:6-8.
atitude para cuidar de seus interesses sem des-
respeitar a vida selvagem.
´ ´
Felizmente, a Bıblia descreve o tempo em JA SE PERGUNTOU?
´
que, sob o Reino de Deus, “a terra ha de en-
´ ´ ˘ Deus se importa com a maneira que
cher-se do conhecimento de Jeova”. (Isaıas
´ os homens tratam os animais?
11:9) Esse conhecimento dar a aos huma- ´
˜ — Proverbios 12:10; Mateus 10:29.
nos obedientes a instruçao e o treinamen- ´ ´
´
to necessarios para administrar bem a Terra. ˘ E possıvel que homens e animais
ˆ ´ ˜ convivam em plena harmonia?
A influencia do Criador garantira entao que ´
— Isaıas 11:6-9.
prevaleça a harmonia entre o homem e os ani-
´ ˜
A origem pre-crista da
´
arvore de natal
´ ˜
M MUITAS
´ partes do mundo, a arvore de
Por que as pessoas que viviam nessas regioes
E natal esta bem presente
de fim de ano e no com
´
ercio.
nas festividades
A origem do uso
costeiras do extremo norte faziam gravuras de
pinheiros em rochas? Alguns
´ ´ eruditos sugerem´
religioso dessa ´ arvore — geralmente ´ um tipo que o motivo, em parte, ´ e que ˜ essas arvores
de pinheiro —´ e muito antiga e esta bem arrai- eram raras nos tempos pre-crist
˜ ´ aos, quando as
gada na Historia humana. gravuras foram feitas. N ao e de admirar que
´ ´ ¨ ´
Isso e evidente na ´ Provıncia de Bohusl an, uma arvore que permanece sempre verde, ou
´ “viva” — ao passo que as outras parecem mor-
na costa oeste da Suecia, e na provıncia vizi-˜
nha de Østfold, na Noruega. Nessas regioes, rer no tempo frio — deixasse as pessoas intriga-
em cerca de 5 mil lugares, foram encontra- das.
das mais de 75 mil gravuras rupestres, algumas Em muitas outras culturas
´ ´ ´ ˆ ao redor ´ do mun-
das quais retratam arvores sempre-verdes. Ar- do, as arvoresˆ tambem tem sido sımbolos de
´
queologos dizem que muitas dessas gravuras vida, sobrevivencia e imortalidade. ´ Isso talvez
encontradas ´ nas rochas foram feitas por volta ajude a entender por que arvores claramente
de 1800 ate 500 AEC.1 semelhantes
˜ a pinheiros
¨ foram desenhadas ´ na
regiao de Bohusl an e Østfold muitos s eculos
´
antes de essas arvores se tornarem comuns ali.
As gravuras
˜ rupestres
˜ ´ indicam que O livro Rock Carvings in the˜ Borderlands
a adoraçao paga de arvores (Gravuras Rupestres nas Regioes Fronteiri-
˜
sempre-verdes começou antes do ças), publicado em cooperaçao com o Conse-
ˆ
tempo de Cristo lho do Patrimonio Nacional Sueco, diz: “Gra-
´ ´
vuras de arvores em rocha revelam que ja na
˜ ´
Idade do Bronze a regiao sul da Escandinavia
´ fazia parte de um contexto religioso e cultural
Essas gravuras notaveis revelam algo sobre
as crenças de pessoas que viveram ´muito antes maior, que´ abrangia toda a Europa e grande
˜
do nascimento de Jesus de Nazare. Por´ exem- parte da Asia. A religiao e a cosmologia foram
plo, alguns pesquisadores acham que arvores adaptadas a pessoas cujo sustento dependia da
´
do tipo sempre-verde, como os agricultura e da pecuaria. Elas em geral adora-
´ pinheiros, eram vam os mesmos deuses, porem, com nomes di-
´
usadas antigamente
˜ como sımbolos
´ sagrados
em regioes onde hoje ficam a Suecia e a No- ferentes.”
ruega. O folheto The Rock Carving ¨ Tour, publicado
¨ pelo Museu de Bohuslans, fornece mais deta-
1 Alguns locais em Bohuslan onde foram encontradas
ˆ gra- lhes: “O objetivo das pessoas que fizeram as
vuras rupestres constam na Lista do Patrimonio Mundial da ˜
Unesco. gravuras rupestres nao era retratar o dia a dia.
12 Despertai! dezembro de 2011
Gravuras´ rupestres
retratando arvores em
(1) Torsbo,
¨ (2) Backa
´ e
(3) Lokeberg, Suecia

´
Acreditamos
˜ que essas figuras
eram uma espe-
˜
cie de oraçao e invocaçao aos deuses.” O folhe-
to acrescenta: “Suas crenças giravam em torno
do ciclo eterno da vida, fertilidade, morte e re-
nascimento.”
˜ ´
Descrevendo uma coleçao ımpar de arte
´ 2
simbolica — criada muito antes de a escrita
ser introduzida no norte da ´ Europa —, a Natio-
nalencyklopedin, enciclop edia nacional de refe-
ˆ ´
rencia da Suecia, comenta: “A presença de mui-
tas figuras com temas sexuais mostra como ˜ o
culto da fertilidade era importante na religiao
´
dos povos nordicos na idade do Bronze.”
´
Fica claro que costumes envolvendo as arvo- 3
res sempre-verdes se espalharam e se tornaram
´
comuns em muitos lugares. Sobre a arvore de
natal, a Encyclopædia Britannica diz: “Cultuar
´ ˜
arvores, ato ` comum entre os europeus pagaos,
˜
sobreviveu a conversao´ deles ao cristianismo.”
/ Cortesia de Stiftelsen for dokumentation av Bohuslans hallristningar

Isso fica evidente em varios


´ rituais e costumes,
incluindo “colocar uma arvore de natal na en-
¨

trada ou dentro da casa durante as festividades


¨

em meados do inverno”.
´
O uso das sempre-verdes como arvore de na-
tal ganhou popularidade em 1841, quando a
´ ˆ
famılia real britanica usou um pinheiro deco-
˜
rado como parte de suas comemoraçoes nata-
´ ´
linas. Hoje, a arvore de natal e conhecida em
¨

´
todo o mundo, e a demanda por incontaveis
˜ ˜
milhoes delas, naturais e artificiais, parece nao
ter fim. De qualquer forma, as gravuras rupes-
´ ˜
tres da Escandinavia sao testemunhas silencio-
´ ˜
sas de que a arvore de natal nao tem origem
˜
crista.
´
Historias de sobreviventes ˜ do
T S U N A M I N O J A P A O
Leia depoimentos de˜ pessoas que sobreviveram
ao terremoto no Japao e ao tsunami que ocorreu
em seguida.
, JIJI PRESS/AFP/Getty Images

`
A SEXTA-FEIRA, 11 de março de 2011, as a tremer violentamente. “Corremos para fora
N ´
˜
2h46 da tarde, o Japao foi atingido pelo
quarto maior terremoto ja registrado no mun-
˜
e ficamos chocados ao ver fissuras no chao”,
disse Tadayuki. “Observamos nossa casa ba-
do. Ele desencadeou um tsunami gigantesco e lançar de um lado para o outro, e uma nuvem
´
fortes tremores secundarios que continuaram de poeira começou a sair das paredes.”
˜
aterrorizando a populaçao local por semanas. O epicentro do terremoto
Cerca de 20 mil pessoas foram mortas ou es- ˆ
˜ ´ foi a quase 130 quilometros
tao desaparecidas. Houve, porem, milhares de da costa de Miyagi. O tsunami
´
sobreviventes. Leia a historia de alguns deles. deixou um rastro de estragos
ˆ
Tadayuki e sua esposa, Harumi, estavam em ao longo de 670 quilometros
´ ˜
sua casa em Ishinomaki, provıncia de Miyagi, na costa do Jap ao banhada
´ ´
quando ouviram um ruıdo e a casa começou pelo Pacıfico. Em alguns luga-
14 Despertai! dezembro de 2011 Harumi e
Tadayuki
de feridos
˜ e mortos, mas milhares de corpos
ainda nao foram encontrados.
Perdas e sofrimento
O tsunami matou muito mais pessoas que
o terremoto.´ Yoichi, que morava em Rikuzen-
takata, provıncia de Iwate, logo suspeitou que
´
poderia vir um tsunami apos o tremor, ´ e por´
isso levou seus pais a um abrigo proximo. Daı,
voltou para ver como seus vizinhos estavam.
Ainda preocupado com seus pais, Yoichi ˆ quis
voltar com sua esposa, Tatsuko, para ve-los,
mas ouviu que um tsunami chegaria a qualquer
momento.
Eles correram para outro abrigo, mas os es-
combros
˜ estavam´ bloqueando a entrada. En-
tao viram um predio bem ˜ escuro vindo rapida-
mente em sua direçao. Era a serraria de um
bairro vizinho. “Corra!”, gritou Tatsuko.
´
Finalmente, eles chegaram ao patio de uma
escola que ficava num local mais elevado.
Dali,´ viram ´ o tsunami engolir o bairro inteiro.
´
“A agua estaˆ levando minha casa”, alguem dis-
se. Quase tres quartos de Rikuzentakata foram
´
destruıdos, e os pais de Yoichi foram levados ˜
pela onda. Depois de´ um tempo, sua mae foi
encontrada morta. Ja o corpo de seu pai nun-
ca foi achado.
´
Toru estava trabalhando numa fabrica per-
to da costa´ de Ishinomaki. Ele aproveitou o in-
tervalo apos o primeiro tremor e correu para o
seu carro. Ele suspeitou que um tsunami viria
e gritou
´ para que outras pessoas fugissem tam-
bem.
res, ondas de 15 metros de altura chegaram ao “Primeiro, tentei ir para minha casa, que fi-
litoral, destruindo quebra-mares e barragens cava num lugar alto, mas logo fiquei pre-
ˆ so num congestionamento”, explicou Toru.
ao avançar 40 quilometros continente adentro. ´ ´
´ ´ ´ “Ouvi no radio do carro que o tsunami ja ti-
Fontes de eletricidade, gas e agua pota- nha atingido uma cidade vizinha. Abri a ja-
vel foram totalmente devastadas. Cerca de nela do carro para que pu-
´
160 mil casas, lojas e fabricas foram danifi- desse sair caso ele chegasse
´
cadas ou levadas pela agua. Em certa oca- aonde eu estava. ´ Logo uma
˜ ´
siao, chegou a haver 440 mil vıtimas refugia- parede enorme de agua escura
´
das em uns 2.500 abrigos temporarios, como com mais de 2 metros de al-
´
escolas e centros comunitarios locais. Mui- tura veio rapidamente em mi-
tas outras foram acolhidas nas casas de pa- ˜
nha direçao. Os carros que es-
rentes e amigos. Houve dezenas de milhares tavam na minha frente foram
Yoichi e
Tatsuko
Soma, Fukushima
Rikuzentakata, Iwate

Kamaishi
Rikuzentakata
Ishinomaki Minamisanriku
Soma

˜ O Usina nuclear de
Fukushima
A
P ´
JA
TOQUIO
Ebina

Ishinomaki, Miyagi Filial das ´


Testemunhas de Jeova

Kamaishi, Iwate
Minamisanriku, Miyagi
arremessados contra o ˆ meu, e fomos arrasta-
dos por uma boa distancia.
“Consegui sair pela janela com muito esfor-
´
ço, mas daı fui levado pela correnteza suja
e malcheirosa. Fui parar numa oficina me-
ˆ
canica, onde me segurei numa es-
cada e subi para o segundo andar.
´
Foi muito difıcil, mas consegui tirar
ˆ ´
tres pessoas da agua. Apesar ´ do frio
causado pela neve que caıa naquela
´ ´ ˜
noite e do nıvel da agua que nao pa-
rava de subir, algumas pessoas so-
˜ O carro que Toru estava dirigindo
breviveram. Mas infelizmente nao
conseguimos salvar outras que gri-
Toru
tavam por ajuda.”
Antes do terremoto, Midori, na
cidade de Kamaishi, Iwate, havia passado 130 ˜ mil pessoas estavam envolvidas na presta-
´
çao
bons momentos com seus avos. ´ Ela tinha aca- ´ de socorros. Com´ o tempo, a ajuda ˜ tam-
bado de se formar no ensino medio e foi mos-bem veio de outros paıses e organizaçoes inter-
ˆ ´
nacionais. Logo chegaram dezenas
trar o diploma para seu avo, que ja estava in- ´ de equipes ´
capacitado por algum tempo. Ele o leu em de resgate e profissionais da area de saude.
Elesˆ procuraram
voz alta e elogiou Midori por seu desempenho. ´ sobreviventes, prestaram as-
´ sistencia medica e retiraram escombros.
Cinco dias apos esse momento feliz, ocorreu o
terremoto. ´ ˜
Varias organizaçoes ajudaram seus mem-´
˜ bros, incluindo as Testemunhas de Jeov a.
Midori e sua mae, Yuko, insistiram com os ´
´ Logo apos o terremoto e o tsunami na tarde de
avos para que fugissem, acre-
sexta-feira,´ elas foram verificar se as pessoas
ditando que um tsunami esta- ˜
ˆ
que se reunem com elas para a adoraçao esta-
va por vir. Mas o avo disse:
˜ ˜ vam bem. Mas as estradas estavam bloqueadas
“Nao, n ao vou sair. Nunca
em muitos lugares´
um tsunami chegou ate aqui.”
´ ˜ e os serviços de eletricida-
de e telefonia nao´ funcionavam. Localizar´ as
Elas tentaram carrega-lo para
˜
pessoas naquela area enorme era muito difıcil.
fora. Mas como nao consegui- ˜
ˆ Takayuki,
ram ergue-lo, foram procurar
´ ˜ um anci ao na
´
congrega ç ao´ das Testemu-
ajuda. So que o tsunami ja´ ti-
Yuko e nhas de Jeova em Soma, pro-
Midori
nha atingido a costa. “Rapi-
´
vıncia de Fukushima, conse-
do! Corram!”, gritaram os ho-
´
guiu ´ contatar apenas algumas
mens de um morro proximo
dali. O tsunami estava engolindo uma casa famılias ´ naquela sexta-feira
´ horrıvel. “Decidi continuar as
apos outra. Os gritos desesperados de Midori
ˆ ´ buscas no dia seguinte”, dis-
“Vovo! Vovo!” ressoaram alto. O corpo de seu
ˆ se ele. ´ “Assim que amanhe-
avo´ foi˜ encontrado mais tarde, mas o de sua
avo nao. ceu, saı de carro e depois´ con-´ Takayuki
tinuei procurando a p e at e
Esforços para prestar ajuda anoitecer. Fui a 20 lugares, incluindo˜ abrigos,
ˆ
O governo japones enviou imediatamente em busca de membros da congregaçao. Quan-
´ ´
bombeiros, policiais e membros do Exercito do os encontrei, li textos da Bıblia e oramos
´ ˜
de todo o paıs. Nao demorou muito e mais de juntos.”
Despertai! dezembro de 2011 17
Shunji, de Ishinomaki, ex- Shunji ficou aliviado ao encontrar seus ir-
plica: “Formamos equipes ˜ ˜
maos cristaos em abrigos. Ele conta: “Quando
para encontrar outras Teste- ˜
´ os encontrei, percebi como sao queridos para
munhas de Jeova. Assim que mim.”
chegamos ao local atingido, ´ ˆ
ficamos sem palavras. Havia “Sabıamos que voces viriam”
Shunji ˜
Yui e Mizuki, que s ao Testemunhas de

Foto de DigitalGlobe via Getty Images )


carros
´ pendurados em postes ´
eletricos, casas empilhadas e Jeova, eram vizinhas em Minamisanriku, Mi-
´
escombros que chegavam a ser mais altos que yagi. Logo apos o primeiro tremor, essas duas
as casas. Vimos um corpo ´em cima de moças correram para fora de casa e se en-
˜ um car- contraram. Elas fugiram juntas para um lugar
ro, provavelmente
` de algu em que n ao sobrevi-
veu a noite fria. Outro carro estava de cabeça mais alto. Menos de dez minutos depois, vi-
para baixo, suspenso entre duas casas. Havia ram a cidade inteira, incluindo suas casas, ser
´
um corpo dentro dele.” levada por uma onda apos outra.

DESASTRE NUCLEAR mente para um abrigo em


outra cidade.
ˆ
“O transito estava parado,
´ `
Os danos causados pelo tsu- Chikako, de uns 60 e pou- e so conseguimos chegar as
´
nami nos reatores da usina cos anos, estava em Namie, 3 horas da tarde. Daı ficamos
˜
nuclear de Fukushima Daiichi Fukushima. “Quando o terre- sabendo da explosao na usina
´
viraram notıcia no mundo in- moto ocorreu, fui para um nuclear. Antes disso, eu acha-
˜ ´ ´
teiro. Emissoes radioativas se abrigo proximo. Ali, eu e meus va que voltarıamos logo para
˜ ˜ ´
espalharam por todo o Japao e casa, e por isso nao tınhamos
´ filhos passamos a noite em
outros paıses. Milhares de pes- levado nada.” Chikako e sua fa-
claro por causa dos fortes tre- ´ ´
soas foram evacuadas por ´ ` mılia se mudaram varias vezes
mores secundarios. As 7 horas ´
causa do risco apresentado ˜ ate que finalmente encontra-
˜ da manha do dia seguinte, ram um apartamento longe de
pela radiaçao letal.
“Nossa casa ficava perto disseram-nos para ir imediata- sua casa.
da usina”, explica Megumi.
´
“No dia apos o terremoto, ou-
vimos falar dos danos na
usina e recebemos um alerta
˜
para fugir.” A irma dela, Natsu-
´
mi, conta: “Os helicopteros
pairavam no ar, as sirenes to-
cavam e um oficial gritava sem
´
parar pedindo que evacuasse-
mos o local.” Nas semanas
seguintes, Megumi e Natsumi
se mudaram para nove luga-
res diferentes. Por fim, as
duas moças receberam uma
˜
permissao de apenas duas ho-
ras para voltar e pegar alguns
pertences.

18 Despertai! dezembro de 2011


˜ ´
Quando Yui e Mizuki en- rios atrapalharam
´ a reuniao varias vezes. Mas,
contraram outras amigas Tes- enquanto estavamos juntos, nem lembrei dos
´
temunhas de Jeova num abri- temores e ansiedades que estavam me preocu-
go, elas oraram juntas. Na pando.”
˜ ˜ ˜
manha seguinte, membros de Apesar de tudo, a congregaçao nao deixou
˜ ˜
sua congregaçao e de congre- de realizar nem uma de suas reunioes. Dois
Mizuki e Yui ˜
gaçoes vizinhas atravessaram dias depois, no domingo, o tema escolhido
a montanha trazendo alimen- para o discurso foi “Uma fraternidade mun-
to e outros suprimentos. Yui e ´
´ dial que sera salva da calamidade”.
Mizuki disseram: “Sabıamos ´
ˆ ´ ˜ Ajuda humanit aria supervisionada
que voces viriam, so que nao ´ ´ ˜
˜ ´ Varios orgaos do governo logo começaram a
tao rapido assim!” ´
Hideharu, uma Testemu- prestar ajuda humanitaria,´ assim como a filial
´ ´ ˜ das Testemunhas de Jeova, localizada em Ebi-
nha de Jeova que e anciao na ´ ´ ´
˜ na, perto de Toquio. No sabado, um dia apos
Hideharu congregaçao Tome, visitou o ´
abrigo. Ele explica: “Passei a o terremoto, a filial ja havia dividido a grande
´ ˆ
noite inteira tentando locali- area atingida em tres zonas. Na segunda-feira,
ˆ
zar nossos amigos que mora- tres dias depois do tremor, representantes da
` ˜ filial visitaram essas zonas.
vam no litoral. Finalmente, as 4 da manha, ´
fiquei sabendo de uma escola onde alguns es- A ajuda humanitaria continuou nas sema-
` ´
tavam refugiados. As 7 horas, cerca de dez de nas e meses que se seguiram. Foram distribuı-
´ das muitas toneladas de suprimentos enviados
nos foram preparar bolinhos de arroz, e outros ´ ˜
ˆ por Testemunhas de Jeova. Em certa ocasiao,
tres foram de carro levar a comida. A maio- ˆ ´
´ 3 centros de assistencia, 21 depositos e outros
ria das estradas estava intransitavel. Depois de
` ´ locais estavam entregando suprimentos. Nos
muito esforço, chegamos a escola. Ate os que ´
tinham perdido suas casas prestaram ajuda co- primeiros dois meses, centenas de voluntarios
´
nosco.” distribuıram mais de 250 toneladas de alimen-
´
tos, roupas e outros itens basicos. Muitas Tes-
Ajuda espiritual ´
´ ´ temunhas de Jeova compartilharam seus su-
As Testemunhas de Jeova se reunem regu- primentos com outras pessoas.
´ ˜ ˜
larmente para estudar a Bıblia, e algumas con- O Salao do Reino das congregaçoes Riku-
˜ ´ ´
gregaçoes fazem isso nas noites de sexta-feira. zentakata e Ofunato foi reconstruıdo e esta
Esse era o caso em Rikuzentakata; mas o Sa- sendo usado para dar ajuda espiritual. Com
˜ ˜
lao do Reino — local de adoraçao das Testemu-
´
nhas de Jeova — tinha acabado de ser tragado
˜
pelo tsunami. Um anciao sugeriu: “Que tal fa-
˜ ˜ ´ ´
zer nossa reuniao mesmo assim?” Entao, foi Voluntarios prestando ajuda humanitaria
˜ ˜
escolhida uma casa que nao tinha sido tao da-
˜
nificada, e os membros da congregaçao foram
˜
avisados sobre a reuniao.
˜
Embora nao houvesse eletricidade, a ilumi-
˜
naçao foi providenciada por meio de um ge-
rador. Dezesseis pessoas estavam presentes.
“Choramos de alegria”, lembra-se o jovem Ya-
suyuki, que havia perdido seu apartamento no
tsunami. “Foi o melhor lugar para nos refu-
´
giar.” Hideko disse: “Fortes tremores secunda-
˜ ´
LIÇOES PARA TODOS NOS
´
Yoichi, de Rikuzentakata, que ja foi mencionado e que perdeu
ˆ ´
a maior parte dos seus bens, disse: “Por experiencia propria, posso
˜
dizer que as coisas materiais nao trazem segurança.” Os servos de
´ ˆ
Deus ja por muito tempo tem esse conceito, principalmente os que
˜ ˆ
aprenderam a seguinte liçao de Jesus: os bens materiais tem pou-
´ ˆ ˜ ˆ ˜
quıssima importancia em comparaçao com a bençao e o favor de
Deus. — Mateus 6:19, 20, 33, 34.
˜ ˆ
Outra liçao tem a ver com a importancia de acatar avisos.
´
Isso pode fazer a diferença entre a vida e a morte, como essa catas-
˜
trofe no Japao nos ensinou. Os que fugiram imediatamente para
lugares mais altos sobreviveram.

˜
Salao
´ do Reino de Rikuzentakata
apos o tsunami
essa
˜ ajuda, as pessoas da localidade aprende-
rao
˜ a lidar melhor com as dificuldades que es-
tao enfrentando para reconstruir suas vidas ´ e
se recuperar do trauma causado pelos terrıveis
desastres.
´ Das mais de 14 mil Testemunhas de
Jeova que moravam na zona do desastre, fo-
ram˜ confirmadas 12 mortes e 2 pessoas ainda
estao desaparecidas.
˜ ˆ ´
Reconstruçao, tres meses depois Muitas
´ das Testemunhas
´ de Jeova que fo-
ram
´ vıtimas dessa catastrofe fizeram´ comen-
tarios similares ao de uma famılia, ´ que disse:
“Quando fugimos, cada um de nos levou ape-
nas uma bolsa. Mas todas as nossas ˜necessida- ´
des foram´ supridas por nossos irmaos de fe.”
Sem duvida,´ ´ para os servos do Deus ` verdadei-
ro, Jeova, e maravilhoso pertencer a´ fraterni-
dade mundial a que´ Jesus ˜e seus apostolos se
referiram. Essa e uma uniao que nenhum´ tsu-
nami ou qualquer outro
˜ desastre natural e ca-
paz de abalar. — Joao 13:34, 35; Hebreus 10:24,
25; 1 Pedro 5:9.

suas maos na outra. 4. B. 5. 31.500. 6. B.


˜
outra. 3. A brasa toca os labios de Isaıas numa figura e
˜ ´ ´
Salao do Reino terminado 2. O anjo tem uma tenaz numa figura e uma espada na
1. O anjo tem seis asas numa figura e quatro na outra.
RESPOSTAS DAS PAGINAS 30 E 31
´
ˆ
O CE AN O AT L ANTICO
´
Nicar agua

Um homem lembrado
por sua curiosidade
´
AM E RIC A D O S U L

ˆ ˆ ´ ´
˘ Como voce gostaria de ser lembrado? O que Voce ja ouviu falar de um grande diluvio
´
passara pela cabeça das pessoas quando pen- que destruiu todos os humanos e animais? Deus
ˆ
sarem em voce? Motivados pelo desejo de deixar vai inundar a Terra de novo? O que acontece de-
˜
algo de valor para as geraçoes futuras, muitos se pois da morte? Como o Sol, a Lua e as estrelas
ˆ ´
esforçam para se destacar nos campos da ciencia, se movem? Como eles ficam suspensos no ceu?
´ ˆ ˜
polıtica, esportes e artes. Mas e se voce fosse lem- Eles estao muito longe? Quando o Sol, a Lua e
brado principalmente pelas perguntas que fez? ˜
´ ´ as estrelas vao parar de brilhar? De onde vem o
Quinhentos anos atras, um homem na Ameri- vento? O que causa o calor, o frio, a luz e a escu-
ca Central fez muitas perguntas intrigantes. Ele ˜ ˜
´ ridao? Por que a duraçao dos dias varia durante
era um chefe indıgena chamado Nicarao. Pelo o ano?
´ ´
visto, essa e a origem do nome “Nicaragua”. Fica claro que Nicarao estava ansioso para co-
Com o tempo, o nome Nicarao passou a identifi- ´
nhecer o mundo a sua volta. Suas duvidas nos
car, entre outras coisas, a tribo de seu povo, a
dizem muito sobre suas crenças religiosas. Reve-
terra onde ele viveu e o grande lago deles. ˜
lam que ele tinha interesses e preocupaçoes si-
Nicarao e sua tribo moravam na faixa de milares aos de muitas pessoas hoje. E o fato de
´
terra entre o oceano Pacıfico e o imenso lago Ni- Nicarao e seu povo terem conhecimento de um
´ ´ ´
caragua. Logo depois de Colombo descobrir o grande diluvio nos lembra do relato bıblico.
´ ˆ
Novo Mundo, os espanhois partiram para explo- — Genesis 7:17-19.
˜ ˜ ´ ´
rar essa regiao. O capitao Gil Gonzalez Davila le-
˜ Embora a cultura de Nicarao estivesse
vou suas tropas em direçao ao norte do que ´
´ ` cheia de espiritismo e rituais de sacrifıcios hu-
hoje e a Costa Rica e chegou a terra de Nicarao
em 1523. manos, ele estava preocupado com a conduta e
˜ ` modo de vida de seu povo. Suas perguntas reve-
Imagine a apreensao dos exploradores a ˆ
´ lam o funcionamento da consciencia. Sobre isso,
medida que viajavam para um territorio desco- ´ ˆ
nhecido. Como devem ter ficado felizes ao se o apostolo Paulo escreveu: “Sua consciencia
´ ´
encontrar com o Chefe Nicarao! Com a generosi- lhes da testemunho e nos seus proprios pensa-
˜ ´
dade que continua sendo a marca registrada da mentos sao acusadas ou ate mesmo desculpa-
´ das.” — Romanos 2:14, 15.
cultura nicaraguense, o povo deu aos espanhois
´ ´
boas-vindas e presentes, incluindo uma grande Hoje, ha uma estatua do Chefe Nicarao perto
quantidade de ouro. do local onde supostamente ele encontrou pela
` ´
Nicarao queria respostas as perguntas sobre primeira vez os exploradores espanhois. Sua cu-
as quais ele havia meditado muito. Surgiram ou- riosidade, que o motivou a pensar profundamen-
tras perguntas por causa da visita dos espa- te sobre a vida e o mundo a sua volta, pode tam-
´ ´ ´
nhois. Cronistas relatam que ele perguntou ao bem servir de exemplo para nos. — Romanos
˜ ´
capitao Gonzalez: 1:20.

Despertai! dezembro de 2011 21


´
˜
A historia da
Versao
Rei Jaime

1611

´
Art Resource, NY )

INGLATERRA foi palco de muitas ce- ja estava completa em 1525. Pouco depois,
A ´
˜
lebraçoes em 2011. O motivo foi o 400.°
anivers ario da King James Version (Versao
˜
em 1535, Miles Coverdale produziu sua versao
´ ˆ
completa da Bıblia em ingles. Um ano antes, o
˜

´ ´ ˜
Rei Jaime) da Bıblia, tambem conhecida como Rei Henrique VIII havia cortado relaçoes com
˜ ´ ˜ ´
Authorized Version (Versao Autorizada). Alem Roma e tomado uma decisao estrategica. Para
´ ´ ˜
de documentarios especiais na TV e no radio, fortalecer sua posiçao como chefe da Igreja
ˆ ´ ˜ ´
houve conferencias, palestras e seminarios. Anglicana, o rei autorizou uma traduçao da Bı-
´ ˜ ˆ
O prıncipe Charles liderou as celebraçoes blia para o ingles. Ela ficou conhecida como
´
desse tesouro nacional que leva o nome do a Grande Bıblia. Impressa em 1539, era com-
˜ ´
Rei Jaime I da Inglaterra. Mas como a Versao posta de um grande volume em tipo gotico ne-
Rei Jaime, publicada em maio de 1611, conquis- grito.
˜
tou um lugar especial no coraçao de pessoas Puritanos e outros protestantes exilados de
ˆ
que falam ingles? toda a Europa se estabeleceram em Genebra,
˜ ´ ´ ´
A traduçao ganha ımpeto Suıça. Em 1560, a Bıblia de Genebra, a primeira
´ ˆ ´
´ Bıblia em ingles com letras mais faceis de ler,
Em meados do seculo 16, um desejo inten- ´
´ foi produzida com capıtulos divididos em ver-
so de conhecer os ensinamentos da Bıblia co- ´
sıculos. Ela foi importada da Europa continen-
meçou a se espalhar pela Europa. Quase dois tal para a Inglaterra e rapidamente se tornou
´ ´
seculos antes, por volta de 1380, John Wycliffe popular. Por fim, em 1576, a Bıblia de Genebra
tinha despertado o interesse das pessoas que ´
ˆ ˜ ´ tambem foi impressa na Inglaterra. Mapas e
falavam ingles com uma traduçao da Bıblia notas marginais ajudavam a esclarecer o texto.
´
a partir do latim. Nos dois seculos seguintes,
´ Mas suas notas irritaram alguns leitores por-
seus seguidores, os lolardos, distribuıram par-
´ ` ˜ ´ que criticavam o papado.
tes da Bıblia escritas a mao por todo o paıs.
˜ Surge um desafio
A traduçao inglesa do Novo Testamento do
´ ´ ˜
erudito bıblico William Tyndale foi outro mar- Visto que a Grande Bıblia nao foi bem acei-
´ ´
co. Ela foi feita a partir do grego original e ta pelo publico em geral e a Bıblia de Genebra
22 Despertai! dezembro de 2011
˜ ´
O prefacio explica sobre
˜ ´
Nao e que o nome divino,
A VERSAO ´ ˜
Jeova, nao apareça na Versao
˜
esse ajuste: “Os revisores, de-
AMERICANA
˜ pois de um exame cuidadoso, Rei Jaime. Ele aparece em
` ˜ ˆ ˆ
PADRAO chegaram a conclusao unani-
˜
quatro lugares: Exodo 6:3; Sal-
´ ´
Em 1901, foi publicada a me de que certa superstiçao mo 83:18; Isaıas 12:2 e Isaıas
˜ ˜ ˜
Versao Americana Padrao. Ela judaica, que considerava o 26:4. No entanto, a Versao
˜
foi baseada no texto da Ver- Nome Divino sagrado demais Americana Padrao de 1901
˜ ´ ˜ restaurou o nome cerca de
sao Rei Jaime. Seu prefacio para ser pronunciado, nao
˜ ´ ˜ 7 mil vezes em seus devidos
diz: “Nao somos insensıveis mais deve influenciar a versao ´
ˆ lugares na Bıblia.
ao vigor e beleza corretamen- em ingles ou qualquer outra
˜
te aclamados do estilo da versao do Antigo Testamento,
˜ ˜
[Versao Rei Jaime].” Mesmo visto que felizmente nao in-
˜ ˜
assim, a Versao Americana fluencia as muitas versoes fei-
˜ ´
Padrao fez um ajuste signifi- tas por missionarios moder-
cativo. nos.”
1901

ˆ ´ ´
continha notas polemicas, decidiu-se produzir O proprio Jaime era um erudito bıblico res-
´ ´ `
uma Bıblia revisada. A Grande Bıblia foi esco- peitado. Em reconhecimento a iniciativa do
˜ ´ ´
lhida como base. A tarefa foi confiada a bispos rei, a traduçao tinha uma dedicatoria “ao altıs-
´ ´
da Igreja Anglicana, e em 1568 a Bıblia do Bis- simo e poderoso prıncipe Jaime”. Essa tradu-
´ ˜
po foi publicada. Era constituıda de um grande çao foi vista como um esforço de Jaime, chefe
´
volume repleto de gravuras. Mas os calvinis- da Igreja Anglicana, para unir o paıs.
´
tas, que repudiavam tıtulos religiosos, fizeram ´
˜ ` ´ Uma obra-prima literaria
objeçoes a palavra “bispo”. Por isso, a Bıblia ˜
˜ O clero ficou feliz em receber das maos
do Bispo nao foi bem aceita na Inglaterra. ´
de seu rei uma Bıblia “oficialmente escolhi-
O Rei Jaime I, depois de assumir o trono da para ser lida nas igrejas”. Mas permanecia
˜ ´
da Inglaterra em 1603,1 aprovou a produçao uma duvida: como o povo receberia essa nova
˜ ´ ˜
de uma nova traduçao da Bıblia. Ele determi- traduçao?
nou que ela deveria agradar a todas as pessoas ´
˜ ´ Os tradutores, no prefacio original, revela-
por nao incluir quaisquer notas e comentarios
ofensivos. ram seus receios quanto a se essa nova tradu-
˜ ˜
çao seria aceita. Mas a Versao Rei Jaime foi
Com o tempo, 47 eruditos divididos em seis bem recebida, mesmo que tenha levado uns
´ ´
grupos espalhados pelo paıs prepararam par- 30 anos para tomar o lugar da Bıblia de Gene-
tes do texto. Fazendo uso do trabalho de ˜
´ bra no coraçao do povo.
Tyndale e Coverdale, esses eruditos bıblicos
´ Segundo o livro The Bible and the Anglo-Sa-
basicamente revisaram a Bıblia do Bispo. Mas ´ ˜
´ ´ xon People (A Bıblia e o Povo Anglo-Saxao),
eles tambem usaram partes da Bıblia de Ge- ´ ˜
˜ ´ nessa epoca, a Versao Rei Jaime se tornou a ver-
nebra e da versao catolico-romana New Testa- ˜
ment de Rheims de 1582. sao oficial e foi amplamente aceita “por sua
alta qualidade”. The Cambridge History of the
´ ´
1 Jaime nasceu
´ em 1566 e foi coroado em 1567 como Jai- Bible (Historia da Bıblia, de Cambridge) con-
me VI da Escocia. Quando foi coroado Rei Jaime I da Ingla-´ clui: “Seu texto adquiriu uma santidade apro-
terra em 1603, ele se tornou ´ o governante dos ˜ dois paıses. ´ `
Em 1604, ele passou a usar o tıtulo de “Rei da Gra-Bretanha”. priadamente atribuıda apenas a voz direta de
Despertai! dezembro de 2011 23
˜
ATENDENDO A UMA UMA VALIOSA TRADUÇAO
NECESSIDADE ESPECIAL MODERNA
˜ ´
Em 1907, uma ediçao dos Estudantes Nos ultimos 50 anos, foram produzidas muitas
´ ˜ ˜ ´ ´
da Bıblia da Versao Rei Jaime foi publi- traduçoes da Bıblia (algumas em varios idiomas).
´
cada nos Estados Unidos para a Socie- Especialmente valorizada por muitos e a Tradu-
´ ˜
dade Torre de Vigia de Bıblias e Trata- çao do Novo Mundo das Escrituras Sagradas.
´ ´ ˜
dos (dos EUA). Ela incluıa um extenso Foram distribuıdos mais de 170 milhoes de exem-
ˆ ˜
apendice chamado “Manual Bereano dos plares dessa traduçao, inteira ou em parte, em
´ ´ ´
Instrutores da Bıblia”. Mais tarde, as Tes- 100 idiomas. Os mapas, o ındice alfabetico e o
´ ˜ ˆ ˜ ˆ ˆ
temunhas de Jeova imprimiram a Versao apendice em sua Ediçao com Referencias tem
´ ´
Rei Jaime em suas proprias rotativas. Ate ajudado os leitores a entender mais claramente
´ ´
1992 as Testemunhas de Jeova tinham a mensagem da Bıblia para nos-
produzido 1.858.368 exemplares. sos dias.

1907 1961

˜ ˜ ˜
Deus; para multidoes de cristaos que falam in- nhecida como English Revised Version (Versao
ˆ ˆ
gles parece quase uma blasfemia interferir nas Revisada ˜ Inglesa). Mais tarde,˜ uma pequena
˜ revisao americana dessa versao resultou na
palavras da Versao Rei Jaime.” ˜
´ American ˜ Standard Version ˜ (Versao Americana
Ate os confins da Terra ˜
Padrao).1 Uma revisao mais recente da Versao
Os primeiros colonizadores da Inglaterra Autorizada, de 1982, diz em seu prefacio que fo- ´
´ ´
que foram para a America do Norte levaram a ram feitos esforços “para manter o estilo lırico
´ ´ ˜ ´ ˜ ˜
Bıblia de Genebra. Mais tarde, porem, a Versao que e tao prezado na Versao Rei Jaime” de 1611.
˜ ´ ´
Rei Jaime` ganhou grande aceitaçao na Ameri- Embora a Bıblia continue sendo o livro
´ ˆ ˜
ca. A medida que o Imperio Britanico se ex- mais vendido no mundo — e a Versao Rei Jai-
´
pandia pelo mundo, os missionarios protes- me a mais popular —, o Professor Richard
tantes difundiam seu uso. Visto que muitos G. Moulton observou: “Ja´ fizemos quase tudo
´ ´
dos que traduziam a Bıblia nos idiomas locais o que era possıvel com esses escritos hebraicos
˜ ´
nao estavam familiarizados com o hebraico e e gregos. . . . Nos os traduzimos [e] revisamos
´ ˜ ˜ ´
o grego bıblicos, a Versao Rei Jaime se tornou as traduçoes . . . Mas h a ainda uma coisa a fa-
˜ ´ ˆ
a base para essas traduçoes locais. zer com a Bıblia: simplesmente le-la.”
ˆ ´ ˜ ´
Hoje, de acordo com a Biblioteca Britani- Sem duvida, a Versao Rei Jaime e uma obra-
˜ ´
ca, “a Versao Rei Jaime permanece como o tex- prima literaria, apreciada e valorizada por sua
´ ˜
to da lıngua inglesa mais amplamente publica- beleza de expressao sem igual. Mas que dizer
do”. Algumas estimativas revelam que mais de da importancia de sua mensagem? Os escri- ˆ
˜ ˜ ´ ˜
um bilhao de exemplares dessa versao foram tos inspirados da Bıblia revelam a soluçao de-
impressos no mundo todo! finitiva para os problemas de nossos tempos
´ ˜
Tempo de mudança crıticos. Qualquer que seja a versao ou tradu-
˜ ˆ
´ çao que ´ voc ˜ e escolha usar, as´ Testemunhas de
Durante seculos, muitos acreditaram que a
˜ ´ ´ Jeov a ter ao prazer em ajuda-lo em seu estudo
Versao Rei Jaime era a unica Bıblia “verdadei- ´
da Bıblia.
ra”. Em 1870, na Inglaterra, começou a ser fei-
˜ ˜ ˜
ta uma revisao completa dela, que ficou co- 1 Veja o quadro “A Versao Americana Padrao”.

24 Despertai! dezembro de 2011


˜
OS JOVENS O que torna uma reuniao
PERGUNTAM
social realmente divertida?
ˆ
Coloque um O ao lado do que voce mais gosta
˜
numa reuniao social.
M Comer
M Dançar
M Jogar
M Fazer novas amizades
M Rever velhos amigos
M Outra coisa ˝ ˝ ˝ ˝ ˝ ˝ ˝ ˝ ˝ ˝ ˝ ˝ ˝ ˝ ˝ ˝ ˝

ˆ ´
A MAIORIA dos jovens ama se encontrar com os
˜ ´
CE EST A
VO
amigos, e nao ha nada de errado nisso. Reu-
˜ ˜ ´

!
nioes sociais sao ate mesmo mencionadas de modo

D O
´

D A
positivo na Bıblia.
ˆ
Voce sabia?
´ ˜ ´
˘ Os filhos de Jo faziam reunioes de famılia. — Jo
´
CONV I
1:4.
´
˘ Jesus foi a uma festa de casamento com um nu-
´ ˜
mero consideravel de convidados. — Joao 2:1-11.
˜ ´ ˜
˘ Os cristaos no primeiro seculo faziam reunioes
sociais nos lares uns dos outros. — Atos 2:46, 47.
˜ ´
Nao se pode negar que estar com amigos e diver-
˜
tido. Mas infelizmente algumas reunioes sociais es-
˜ ´
tao longe de ser saudaveis.
´ ˜ ˜
HISTORIA REAL “Fui convidada para uma LIÇAO Nao deixe as coisas ao acaso!
˜ ˆ ´
festa na casa de um rapaz onde qualquer pessoa Nao importa se voce e um convidado ou o
˜ ´
podia entrar sem convite. Mas os pais dele nao dono da festa, e muito importante res-
´ ˜ ` ´
iam estar la. Ainda bem que resolvi nao ir! No dia ponder as perguntas nas paginas
´ ´
seguinte, fiquei sabendo que teve muita bebida e seguintes. Se fizer isso, e mais provavel
ˆ ˆ ˆ
alguns ficaram bebados. Tres rapazes chegaram a que voce venha a ter boas lembranças
´
perder os sentidos. Tambem teve uma briga. A po- — e nenhum arrependimento — depois
´
lıcia foi chamada e acabou com a festa.” que a festa acabar.
— Janelle.
Despertai! dezembro de 2011 25
“ ˜
Algumas pessoas
sao boas companhias
e outras gostam de
levar uma vida dupla. ˘ O que pode acontecer?
´
O segredo de uma boa “Se a festa e sua e algo de ruim acontece,
˜ ´ Nicole ˆ
reuniao e escolher bem vai ficar mal para voce.” — Bridget.
os convidados. “Com alguns cuidados apropriados, uma

” reuni
˜
´ ´ ao social pode ser divertida para todos.
E so ser um pouco prevenido.” — Seth.

˜
“Um amigo me disse que
nao me convida para as festas dele porque
˜
sabe que meus pais vao fazer muitas pergun-
´
tas para ele, como: Quem vai estar la e a
˜
que horas vai terminar? Ele disse que nao gos-
ta de ser vigiado desse jeito. Isso me faz ficar
´ ´
com o pe atras! Se ele fica incomodado com
˜ ˜
perguntas assim, entao esse tipo de festa nao
´
e para mim!” — Ellen.
˘ Quem˜ e quantos
estarao presentes? “Quer comais, quer
ˆ
“Acho que voce deveria convidar bebais, quer façais
apenas pessoas que conhece pes- qualquer outra coisa,
˜
soalmente e nao deixar qualquer um fazei todas
entrar nem permitir que seus amigos ´ as coisas
para a ´ gloria de Deus.”
tragam quem eles quiserem.” — 1 CORINTIOS 10:31
— Renee.
ˆ ˜ ´
“Se voce nao limitar o numero
´
de convidados, podera perder o con-
ˆ
trole da festa. Voce convida
20 pessoas, mas essas 20 convi-
dam mais 10, e essas 10 convidam
´ FESTAS QUE DERAM CERTO
outras . . . Eu ja vi isso acontecer!”
— Colette. “Quando minha amiga deu uma festa,
˜ ˜
“Festas muito grandes sao mais a mae dela sabia o que cada um esta-
´ ´ ´
difıceis de controlar. E bem melhor va fazendo. Ate quando fui pegar minha
se reunir em grupos menores.” jaqueta no carro, ela perguntou aonde eu
— Alexis. estava indo. Era exagero dela? Pode ser.
˜ ´
Mas nao me ofendi porque sei que e me-
lhor prevenir do que remediar.” — Kim.
“Quem
´ anda com pessoas
´ ´ “Fui a festas divertidas, e acho que
sabias ´ tornar-se-a sabio, ´
o motivo de terem sido boas e que ha-
mas ira mal com aquele ´ ´
via pessoas de varias idades. Alem disso,
que´ tem tratos com os ´
para que ninguem sentisse vontade de
estupidos.”
´ se separar para fazer outra coisa, os do-
— PROVERBIOS 13:20
nos da festa tinham planejado atividades
divertidas em que todos os convidados
podiam participar.” — Andrea.
“ Estive em festas muito
boas e bem organizadas em
´
que os responsaveis faziam
valer as regras. Isso evitou
˘ Quem vai
problemas e estresse,
˜ ´ ser o
tornando a ocasiao muito Andrew responsavel?
´ ´
mais agradavel. “Se adultos responsaveis estiverem

” presentes para supervisionar as coi-


sas, a festa provavelmente dara
certo.” — Mark.
´

“Eu costumava ficar sem graça


quando meus pais estavam numa fes-
ta comigo. Mas agora entendo que
˜ ´
eles estao la para garantir que a si-
˜ ˜ ˜ ´ ´
tuaçao nao fuja do controle. Nao e so
˜ ˆ
porque seus pais estao ali que voce
˜
ˆ ´ nao vai se divertir.” — Laura.
˘ O que voce fara se começar a se
sentir incomodado? ‘Tenha uma boa
“Eu tenho um plano de fuga. Quando vou a uma ˆ
consciencia.’
festa, sempre ligo para meus pais para avisar a que — 1 PEDRO 3:16
˜ ´
horas vou voltar. Entao eles me perguntam se esta
˜ ´
tudo bem. Se eu digo nao, essa e a deixa para eles QUE TAL PERGUNTAR
me lembrarem das coisas que tenho de fazer em A SEUS PAIS?
casa. Quando desligo, digo aos meus amigos que
preciso ir embora porque meus pais querem que eu Procure saber que tipo de
chegue em casa mais cedo.” — Therese. festas seus pais gostavam de
frequentar ou organizar quan-
“Numa festinha, entraram dois ´
˜ do tinham sua idade. Sera
rapazes que nao haviam sido convidados, e um de-
que eles fariam alguma coisa
les era conhecido por mexer com drogas. Foi muito
´ diferente nesse sentido?
difıcil decidir sair, mas liguei para o meu pai vir me ´
buscar.” — Mary. ESTA PLANEJANDO
˜ UMA
REUNIAO SOCIAL?
ˆ Fale com seus pais a res-
“O esperto ve o perigo
ˆ e se peito e pense bem sobre . . .
esconde; o ingenuo avan
´
ça ´
e se sai mal.” — PROVERBIOS 1. Quem convidara
˜
22:3, PASTORAL 2. Quantos virao
´
3. Onde sera
4. Quem vai supervisionar
5. Que tipo de atividades vai
haver

´
Outros
˜ artigos´ da serie “Os Jovens Perguntam”
estao disponıveis no site
www.watchtower.org/ypt
Despertai! dezembro de 2011 27
OBSERVANDO O MUNDO

˜ ´ ´ ˜
Papa nao e mais doador de orgaos
´ Enquanto Joseph Ratzinger era cardeal
´ ˜ da Igreja Ca- Amostras colhidas nos centros
tolica Romana, ele era doador de orgaos, diz o jornal urbanos de toda a Inglaterra
italiano La Repubblica. Mas depois de ser ˆ eleito papa, revelaram que os
Bento XVI deixou de ser doador. Por que? “O corpo do ˆ teclados dos
˜
´ caixas eletronicos estao
pontıfice pertence a toda a Igreja”, explica o arcebispo contaminados com tantas
´
Zygmunt Zimowski,
´ membro
´ da hierarquia do Vatica- bacterias nocivas quanto os
´
no. “Assim e compreensıvel que quando um papa mor- assentos sanitarios de banheiros
´
re seu corpo seja preservado intacto, visto que no futu- publicos. — THE TELEGRAPH,
´ ´ ˜
ro e possıvel que ele seja venerado.” GRA-BRETANHA.
` ˜
Vida em troca de dinheiro “As vezes, cientistas sao pegos
´ ´ de surpresa por terremotos
Sera˜ que alguem trocaria um ano de sua vida por
1 milhao de euros? Na Alemanha, mais de 1 em cada 4 [como os que ocorreram na
ˆ
homens e 1 em cada 6 mulheres disseram que sim, se- Nova Zelandia neste ano e no
gundo uma pesquisa do instituto Emnid solicitada pelo Haiti no ano passado] porque
Reader’s Digest Deutschland. Quanto mais jovem o en- eles ocorrem em falhas
trevistado, mais disposto ele estava a aceitar a proposta desconhecidas. . . . Isso
levanta uma pergunta preocu-
— 29% daqueles entre 14 e 29 anos e 25% dos entre 30 e pante: quantos terremotos
39 fariam a troca.` Mas, quanto mais velha a pessoa,
˜ `
grandes estao a espreita em
mais valor dava a vida. Apenas 13% dos entrevistados falhas subestimadas ou desco-
entre 50 e 59 anos e 11% dos com mais de 60 anos esta- nhecidas?” — THE NEW YORK TIMES,
vam dispostos a vender um ano de sua vida. EUA.

“As quatro pessoas mais ricas


do mundo . . . controlam
Uma´ igreja uma fortuna´ maior do que
a dos 57 paıses mais
catolica
´ no Brasil pobres do mundo.”
esta cobrando uma — FOREIGN POLICY, janeiro/fevereiro
multa equivalente
´ a de 2011, EUA.
300 dolares de
noivas que se
Os donos de 90% dos
atrasam para o ´ ˆ
negocios da´ Polonia disseram
casamento. ter sido vıtimas de roubo ou
Os noivos fraude de seus empregados
devem deixar ´
nos ultimosˆ dois anos. — GAZETA
um cheque assinado
ˆ PRACA, POLONIA.
antes da cerimonia.
Caso´ cheguem no
horario combinado,
eles recebem o
cheque de volta.
— G1, BRASIL.

28 Despertai! dezembro de 2011


´
INDICE DE ASSUNTOS DE DESPERTAI! DE 2011

!"#2 !"#2 !"#2 !"#2 !"#2 !"#2


˜
A religiao
A verdade
sobre o
promove a paz? ocultismo

CINCO PASSOS PARA Como lidar com a morte TERRORISMO


´ ´
de alguem querido O MARAVILHOSO Por que acontece?
´
MELHORAR A SAUDE CORPO HUMANO Quando acabara?

ANIMAIS E PLANTAS Como fazer casamento dar certo, 11/11 Promove a paz? 1/11
´ ´ ˜
Belıssimo e elegante (cavalo arabe), 4/11 Deus apoia guerras atuais? 8/11 Versao Rei Jaime, 12/11
˜ ´
Cortiça, 7/11 Deus aprova a escravidao? 7/11 SAUDE E MEDICINA
´ ˆ
Formigas-pote-de-mel, 5/11 Deus esta em todo lugar? 4/11 Cancer de mama, 8/11
Mestres na arte de pescar (aves), 9/11 Deus se importa com animais? 12/11 ´
´ ˜ ˜ ´ Cinco passos para melhorar a saude, 3/11
Fe e razao sao incompatıveis? 1/11 Cuidados paliativos, 7/11
ASSUNTOS DIVERSOS Guardar dia santo semanal, 9/11
Acidentes de carro, 7/11 ˜ Dengue, 11/11
Por que seguidores de Jesus sao odiados? 5/11 Dicas de segurança para idosos, 2/11
Livres do sofrimento, 7/11 Qual o objetivo dos pais? 10/11 ´
´ Dormir e importante, 1/11
Musica, 8/11 Tomar cuidado com o que diz, 6/11
Objetivos realistas, 2/11 Enxaqueca, 1/11
ˆ
OS JOVENS PERGUNTAM Filhos com cancer, 5/11
Ocultismo, 2/11 ˜ ´
˜ ´ Como causar boa impressao? 6/11 Filhos com sındrome de Down, 6/11
O tempo nao tirou seu charme (relogio), 1/11 ˜
Diversao sadia, 11/11 Sabedoria que faz bem, 8/11
Processo do nascimento, 1/11 ´ ˜
´ Fumar e tao perigoso assim? 3/11 TERRAS E POVOS
Tempo mudou a Historia, 6/11 ´ ´
´ Onde eu me encaixo? 4/11 Alem do ouro, encontraram um lar (Australia),
“Vasos preciosos” (labios), 5/11 ˜
˜ Por que meus pais nao querem que me divirta? 2/11
ASSUNTOS E CONDIÇOES MUNDIAIS 2/11 As viagens de Ibn Battuta, 8/11
ˆ ´ Quem sou eu? 10/11
Conferencias climaticas, 11/11 Caminhada pela rota dos escravos (Benin), 5/11
Terrorismo, 6/11 Redes sociais, 7/11, 8/11 Cataratas Murchison (Uganda), 9/11
˜
Reuniao social divertida, 12/11 Homem lembrado por sua curiosidade (Nicarao
BIOGRAFIAS Sou um fracasso? 5/11 ´
da Nicaragua), 12/11
Busca por mundo sem injustiça (U. Menne), Verdadeiros amigos, 9/11 ´
ˆ Embaixadora do Mexico (tequila), 11/11
11/11 Viciado em aparelhos eletronicos? 1/11 Estilo russo de pintar em madeira, 9/11
Como deixei de ser violento (J. Nebrera), 4/11 ´ ´
PARA CONSIDERAR EM FAMILIA Formigas-pote-de-mel (Australia), 5/11
Feliz por ser pastor (A. Bekmanov), 3/11 John Foxe (Inglaterra), 11/11
Modo melhor de ajudar as pessoas (M. Ibatul- 1/11, 2/11, 3/11, 4/11, 5/11, 6/11, 7/11, 8/11, 9/11,
10/11, 11/11, 12/11 Livro Domesday (Inglaterra), 9/11
lin), 6/11 ˜
˜ ˜ Mansoes em miniatura em Istambul (Turquia),
Nazistas nao conseguiram me mudar (H. Liska), RELAÇOES HUMANAS 1/11
8/11 ´ ´
Criar filhos com sındrome de Down, 6/11 Musica no Israel antigo, 3/11
Vida muito gratificante (H. Neuhardt), 2/11 ´ ´ ´
Criar filhos responsaveis, 10/11 Os tartaros (Russia), 9/11
ˆ ´ ˆ
CIENCIA Lidar com morte de alguem querido, 4/11 Pastor gales, 7/11
˜ ˆ
Corpo humano, 5/11 RELIGI AO Pintura tingatinga (Tanzania), 11/11
´ ´
Teve um Projeto? 1/11, 2/11, 3/11, 4/11, 5/11, Torres de vigia de Svaneti (Georgia), 6/11
Arvore de natal, 12/11 ˜
6/11, 8/11, 9/11, 11/11 ˜ Tsunami no Japao, 12/11
“Eu nao morri”, 9/11 ´
ECONOMIA E EMPREGO Faz sentido acreditar num Criador? 11/11 TESTEMUNHAS DE JEOVA
´ ´ Congressos “Venha o Reino de Deus!” 5/11
Como cuidar do dinheiro, 9/11 Historia dos Martires de Jean Crespin, 3/11
´ ´ ´
´ Livro Confiavel (Bıblia), 1/11, 2/11, 3/11, 4/11, “Escreva para Anton!” (Russia), 9/11
O CONCEITO DA BIBLIA 5/11 Livro Aprenda do Grande Instrutor, 12/11
´ ´ ´ ˜
Castigar o proprio corpo, 3/11 Livro que ninguem conseguiu destruir (Bıblia), “Nao consegui mais parar!” (livro Os Jovens
ˆ ´ ˜ ´
Ciencia e Bıblia sao compatıveis? 2/11 12/11 Perguntam, Volume 2), 4/11

!"#2 !"#2 !"#2 !"#2 !"#2 !"#2

´ a
Como
MUSICAˆ
afeta voce?

COMO Como O LIVRO´


Quando CUIDAR criar
filhos ´
FAZ SENTIDO
ACREDITAR NUM
QUE NINGUEM
CONSEGUIU
ficaremos livres BEM DO responsaveis CRIADOR? DESTRUIR
do sofrimento? SEU DINHEIRO ´
NUMERO ESPECIAL
´
PARA CONSIDERAR EM FAM ILIA

A. B.

´ ´
O que esta diferente? PARA CONVERSAR:
ˆ
Que boa atitude Isaıas
´
teve? Como voce pode mostrar que e humilde e
ˆ
Consegue encontrar as tres diferenças entre a disposto? PISTA: Leia Salmo 110:3; Mateus
figura A e a B? Escreva as respostas nas linhas 28:19, 20.
abaixo e complete as figuras, colorindo-as.
´
PISTA: Leia Isaıas 6:1-8.
´
ATIVIDADE
´
EM FAMILIA: Cada membro da
famılia deve pesquisar fatos sobre o papel dos
1 ˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝ ´
anjos. Depois, reunam-se e contem o que
˜
aprenderam. Por exemplo, quais sao algumas
2 ˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝ responsabilidades dos anjos? PISTA: Leia Salmo
˜
34:7; Hebreus 1:14; Revelaçao (Apocalipse)
´ ˜
3 ˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝˝ 14:6, 7. Sera que os anjos estao organizados?
´
PISTA: Leia Salmo 103:19-21. Sera que os anjos
´ ˜ ˜
4. Qual delas esta correta? A figura A ou a B? sao humildes e estao dispostos a ajudar as
´
´ pessoas? PISTA: Leia Juızes 13:17, 18; Lucas
˘ As˜ respostas de “PARA CONSIDERAR EM FAMILIA” ˜
´ 22:43; Revelaçao 22:8, 9.
estao na pagina 20.

´
Para´ imprimir copias de “Para Considerar em
30 Despertai! dezembro de 2011 Famılia”, acesse o site www.jw.org.
Colecione e Aprenda Recorte, dobre no meio e guarde

Bıblia e escrito
Ultimo ´ livro da
98 EC
Viveu em´

´
´
Jerusalem
´
Jerusalem

1 EC

´ por volta do
´

seculo 8 AEC
I S A I A S
PERFIL˜ Um profeta ´ fiel que fez da
ISA IAS

Viveu
adora´ çao de Jeova uma atividade em
famılia. Deu bom exemplo a ela pela´
maneira como realizava seu ministerio.
´

Sua´ esposa foi chamada ´ de a “profetisa”.


(Isaıas 7:3; 8:3, 18) Isaıas serviu a Deus
por pelo menos 46 ˜ anos. Seu´ nome
significa “Salvaçao de Jeova”.

PERGUNTAS RESPOS TAS


B IBLICO
´ RT AO

´ ´
A. Quem foi com Isaıas para transmitir A. Seu filho Sear-Jasube. — Isaıas 7:3.
˜

uma mensagem ao Rei Acaz? ´


´ B. “Eis-me aqui! Envia-me.” — Isaıas 6:8.
B. Quando Jeova perguntou: “A quem ´
CA

´ C. “. .´ . do conhecimento de Jeova.”
enviarei”, o que Isaıas respondeu? — Isaıas 11:9.
´ ´
C. Isaıas profetizou: “A terra ha de
12
Adao e
criado
4026 AEC

˜ ´

encher-se . . .”

´
Povos e Paıses
5. Somos Abigail´ e Jeriah. Temos 9 e 7 anos
e moramos na India. Mais ou menos´ quantas
´
Testemunhas de Jeova vivem na India?
˜
Sao 31.500, 59.600 ou 86.000?
´ ´
6. Faça um cırculo no ponto que mostra onde nos
ˆ
moramos. Faça um ponto ´ onde voce mora e veja se
´
esta perto ou longe da India.

Para as
& La Voz de Galicia/Fotografo:

Crianças
´

Consegue encontrar estas figuras


Vıctor Mejuto

nesta revista? Descreva em suas B


´ ´
proprias palavras o que esta
acontecendo em cada figura. A
´

D
C
Por que o´ samaritano agiu
como proximo?

“Palavras profundas
e simples”
˘ Foi assim que um leitor em Nebraska,
EUA, descreveu um livro que tinha lido
recentemente. Ele escreveu: “Tenho
56 anos e acabei de ler o livro Aprenda do
´
Grande Instrutor. Logo de inıcio, fiquei
˜
maravilhado com a combinaçao criativa
de palavras profundas e simples que
ˆ
voces escreveram com tanto amor.” Ele
˜ ´
acrescentou: “As figuras sao fora de serie.
Sou solteiro, mas se tivesse um filho ou
um neto, acho que eu o incentivaria a
estudar tanto as figuras como o texto.”
´
Uma mulher na Georgia, EUA, escreveu
o seguinte sobre o mesmo livro: “Minha
sobrinha de 6 anos, Avery, levou o livro
para a escola para seus colegas verem.
´
Depois que ela leu uma historia para a
˜
classe, sua professora ficou tao
impressionada que pediu que Avery lesse
´
uma historia daquele livro todos os dias.”
A tia acrescentou: “Isso deu um excelente
testemunho para seus colegas de classe
e sua professora.”
Para pedir este livro belamente
´
ilustrado, com 256 paginas do tamanho
desta revista, preencha o cupom abaixo
e o envie pelo correio para um dos
´
endereços alistados na pagina 5 desta
revista.

Q Sem compromisso, Nome

solicito o livro mostrado


aqui. Endereço

´
(Rua, numero e bairro)
˜
Q Peço informaçoes

´
sobre seus cursos bıblicos
´
gratuitos, em domicılio. Cidade

APRENDA DO
GRANDE INSTRUTOR
Estado

CEP

www.watchtower.org g11 12-T