Sei sulla pagina 1di 7

Darliane Silva Araújo Santos

PLANO DE GESTÃO ESCOLAR 2019-2020

1. INTRODUÇÃO

O planejamento das atividades escolares é uma necessidade magistral,


tendo em vista atingir os resultados da ação educacional previstos na legislação
em vigor e especificamente, na LDB 9394/96 e a nova Base Nacional Comum.
Dessa maneira, as atividades escolares devem ser objeto de reflexão por parte
do coletivo da escola, incluída a comunidade e os próprios alunos. Dessa
reflexão surgirão os caminhos a serem trilhados na ação educacional,
materializados na forma de proposta pedagógica, planos de curso anuais e o
plano de gestão escolar, sendo este elaborado para um período de consecução
mais amplo, de quatro anos, incluindo todos os dados e informações, diretrizes
e normas de trabalho pedagógico e administrativo.
2. IDENTIFICAÇÃO DA ESCOLA

Nome da escola: Escola Municipal Heráclito Nina

Regional: Maranhão

Município: Santa Rita

Endereço: Povoado Recurso, zona rural

CEP: 65.145-000

Código: 21027528

A escola está localizada em uma comunidade quilombola que fica à 13


km do centro de Santa Rita e atende à uma população formada por 255 famílias
aproximadamente.

Número de alunos:

Creche 25 alunos

Pré-escola 17 alunos

Anos iniciais (1 ao 5 ano) 83 alunos

Anos finais (5 ao 9 ano ) 85 alunos

Educação de jovens e adultos 49 alunos

Educação especial 03 alunos

Número de funcionários da escola: 34

Desempenho acadêmico dos alunos 2015:

Taxa de aprovação: 72%

Taxa de reprovação: 28%

Taxa de evasão: 11%

IDEB 2015 (Índice de desenvolvimento da educação básica) da escola: 3,9


Desempenho Acadêmico dos alunos:

Português, 5º ano: 17%, proporção de alunos que aprenderam o adequado na


competência de leitura e interpretação de textos até o 5º ano na rede pública de
ensino. Dos 26 alunos, 4 demonstraram o aprendizado adequado.

Português, 9º ano: 9%, proporção de alunos que aprenderam o adequado na


competência de leitura e interpretação de textos até o 9º ano na rede pública de
ensino. Dos 20 alunos, 2 demonstraram o aprendizado adequado.

Matemática, 5º ano: 9%, proporção de alunos que aprenderam o adequado na


competência de resolução de problemas até o 5º ano na rede pública de ensino.
Dos 26 alunos, 2 demonstraram o aprendizado adequado.

Matemática, 9º ano :5%, proporção de alunos que aprenderam o adequado na


competência de resolução de problemas até o 9º ano na rede pública de ensino.
Dos 20 alunos, 1 demonstraram o aprendizado adequado.

Referência70%

Fonte: Prova Brasil 2017, Inep. Classificação não oficial.


3. OBJETIVOS GERAIS
 Criar condições para que todos os alunos desenvolvam suas
capacidades e aprendam os conteúdos necessários para a vida em
sociedade;
 Permitir ao aluno exercitar sua cidadania a partir da compreensão
da realidade, para que possa contribuir em sua transformação;
 Buscar novas soluções, criar situações que exijam o máximo de
exploração por parte dos alunos e estimular novas estratégias de
compreensão da realidade;
 Melhorar a qualidade do ensino, motivando e efetivando a
permanência do aluno na Escola, evitando a evasão;
 Criar mecanismos de participação que traduzam o compromisso
de todos na melhoria da qualidade de ensino e com o
aprimoramento do processo pedagógico;
 Promover a integração escola-comunidade;
 Atuar no sentido do desenvolvimento humano e social tendo em
vista sua função maior de agente de desenvolvimento cultural e
social na comunidade, a par de seu trabalho educativo.
 Propiciar ao docente todo o incentivo necessário ao
desenvolvimento de projetos que auxilie e encorpe o processo de
ensino-aprendizagem, bem como sua vivência no ambiente
escolar.

Enfim, contribuir para melhoria e a democratização da unidade escolar,


propiciando qualidade ao ensino através do compromisso com o processo
pedagógico, possibilitando assim a formação de um cidadão crítico, autônomo,
participativo e atuante na sociedade da qual faz parte.
4. GESTÃO PEDAGÓGICA

Para gerir uma escola de forma democrática, coletiva, dividindo


responsabilidades, fazendo com que todos(as) sintam -se participantes desse
processo, o gestor precisa elaborar o PPP democraticamente, com a
participação da comunidade escolar e funcionários da escola. Baseado nos
dados dos últimos indicadores como IDEB e Prova Brasil tem-se as seguintes
metas:

 Assegurar o cumprimento da carga horária diária das disciplinas


aos alunos através da realização de um planejamento acadêmico
eficaz, dar espaço para que intervenções pedagógicas específicas
sejam aplicadas sem afetar os prazos gerais e fiscalizar os
cumprimentos dos horários conscientizando através do exemplo.

 As Diretrizes Curriculares da Secretaria de Municipal de Educação


são norteadoras do planejamento acadêmico. Considera-se que os
livros didáticos adotados permitem contemplar as competências
pré-estabelecidas discutidas no planejamento e incorporadas aos
diários de classe. As competências não contempladas nos livros
didáticos serão trabalhadas com outros métodos de ensino cujo
seu uso estejam assegurados e devidamente contemplados no
planejamento pedagógico.

 Auxiliar alunos maiores de 15 anos, cursando o Ensino


Fundamental, sua matrícula em escolas que ofereçam a Educação
de Jovens e Adultos. No insucesso, será realizado planejamento
de proposta pedagógica de aceleração através de classes de
aceleração em horários alternados.

 Assegurar a permanência dos alunos na escola através de sua


participação em projetos das mais diversas áreas reduzindo a
reprovação e evasão escolar.
 Assegurar a permanência dos alunos em sala durante o processo
de transição entre as aulas estimulando os professores a
elaborarem atividades que possam ser realizadas em um curto
intervalo de tempo, mas que resultarão em aprendizado para os
alunos.

 Buscar parcerias com empresas, comunidade e outras escolas


para realização de novos projetos pedagógicos voltado à realidade
dos estudantes para que possam desenvolver suas habilidades,
transformar o meio em que vivem e conservar o espaço escolar.

 Incentivar o uso da biblioteca criando o prêmio de aluno leitor do


mês, bem como a realização de oficinas de literatura e teatro
visando aumentar o índice de fluência de leitura.

5. GESTÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA

 Organizar reuniões periódicas com a equipe gestora;


 Elaborar coletivamente as normas, estabelecendo regras e ações
para o decorrer do ano letivo;
 Desenvolver a melhoria do relacionamento interpessoal e
valorização dos profissionais através de cursos, palestras
motivacionais e confraternizações (ofertados pela Secretaria
Municipal de Educação e com outras parcerias como escolas,
universidades/faculdades públicas e particulares entre outros);
 Melhorar a conexão entre docentes e demais servidores,
agilizando o fluxo de informações através de recursos tecnológicos
como: grupos de WhatsApp, e-mail coletivo e implantação de site
escolar, bem como o uso de novas ferramentas como: pesquisas
de satisfação.
 Promover a ampla participação das famílias nas reuniões,
culminância de projetos e eventos pedagógicos abertos à
comunidade através de um bom relacionamento, criatividade na
criação desses eventos e busca por parcerias;
 Criação de um Grêmio Estudantil para auxiliarem na gestão
participativa e no envolvimento dos pais na escola e conselho
escolar.
 Aplicar os recursos recebidos em conformidade com a sua
finalidade prevista nas normas vigentes e realizar a prestação de
contas, assegurando a regularidade do funcionamento da Caixa
Escolar e outros recursos;
 Garantir o monitoramento da merenda escolar, acompanhando a
entrega dos alimentos, o cumprimento dos cardápios e a contagem
do número de refeições servidas diariamente;
 Criação de um painel informativo e expositivo na escola;
 Reuniões mensais com conselho deliberativo, APP para explanar
prestação de contas e deliberar novos gastos.