Sei sulla pagina 1di 4

PROFESSOR: RAFAEL ANDRADE DE MEDEIROS LEGISLAÇÃO ESPECIAL

TURMA: PRF 2018 LA CASA DE RAFAEL - ECA

LEGISLAÇÃO ESPECIAL (CESPE - 2011 - TJ-ES - COMISSÁRIO DA INFÂNCIA E DA


JUVENTUDE)
ECA (LEI Nº 8.069/90) Em relação ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA),
LIVRO I – PARTE GERAL: TÍTULO II, CAPÍTULOS I E II (DO julgue o item a seguir.
DIREITO À VIDA E À SAÚDE; À LIBERDADE, AO RESPEITO E À 5. Os direitos da personalidade das crianças e dos
DIGNIDADE) adolescentes são oponíveis erga omnes.
(CESPE - 2018 - IFF - CONHECIMENTOS GERAIS) (CESPE - 2010 - MPU - TÉCNICO DE TRANSPORTE)
1. À luz do Estatuto da Criança e do Adolescente, a ação Julgue os itens a seguir, com relação ao que dispõe o
de natureza disciplinar que seja aplicada com o uso da Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
força física sobre a criança e resulte em lesão é definida 6. Considere que Pedro, de cinco anos de idade, necessite
como castigo: de prótese coclear para correção de deficiência
a) violento. auditiva e que, no hospital público em que foi atendido,
seus pais recebam a informação de que deveriam arcar
b) desumano.
com as despesas relativas à compra do referido
c) vexatório. dispositivo. Nessa situação hipotética, os pais da
d) aterrorizante. criança podem recorrer ao Ministério Público para
e) físico. assegurar o direito ao fornecimento gratuito, pelo
poder público, da prótese coclear ao filho.
(CESPE - 2017 - MPE-RR - PROMOTOR DE JUSTIÇA)
(CESPE - 2010 - MPU - TÉCNICO DE TRANSPORTE)
2. Segundo o ECA, “A criança e o adolescente têm o
direito de ser educados e cuidados sem o uso de Julgue os itens a seguir, com relação ao que dispõe o
castigo físico ou de tratamento cruel ou degradante, Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
como formas de correção, disciplina, educação ou 7. Suponha que um médico pediatra, ao atender um bebê
qualquer outro pretexto, pelos pais, pelos integrantes em seu consultório, tenha verificado a presença de
da família ampliada, pelos responsáveis, pelos agentes hematomas e equimoses característicos de maus-
públicos executores de medidas socioeducativas ou tratos e comunicado o fato imediatamente ao conselho
por qualquer pessoa encarregada de cuidar deles, tutelar da respectiva localidade. Nessa situação, o
tratá-los, educá-los ou protegê-los.”. Nesse sentido, médico agiu de forma equivocada, visto que não cabe
entende-se por: ao conselho tutelar receber esse tipo de comunicado,
I – castigo físico a ação de natureza disciplinar ou devendo o fato ter sido informado obrigatoriamente à
punitiva aplicada com o uso da força física sobre a autoridade policial, a quem cabe a comunicação formal
criança ou o adolescente e que lhes cause sofrimento do fato ao conselho tutelar.
físico ou lesão. LIVRO I – PARTE GERAL: TÍTULO III, CAPÍTULO II, SEÇÃO III (DA
II – tratamento cruel ou degradante a conduta ou AUTORIZAÇÃO PARA VIAJAR)
forma cruel de tratamento em relação à criança ou ao (FUNIVERSA - 2015 - SECRETARIA DA CRIANÇA - DF - TÉCNICO
adolescente que lhes humilhe, ameace gravemente ou SOCIOEDUCATIVO)
ridicularize. A respeito do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº
III – tratamento cruel ou degradante a alienação 8.069/1990), julgue o item a seguir.
parental praticada por um dos genitores, por ser uma 8. Um brasileiro com dez anos de idade pode viajar para
forma de humilhar a criança ou o adolescente. fora da comarca onde reside, sem a necessidade de
Assinale a opção correta. autorização judicial, desde que acompanhado de
a) Nenhum item está certo. colateral até o 3º grau maior de idade, comprovando-
b) Apenas o item III está certo. se documentalmente o parentesco.
c) Apenas os itens I e II estão certos. (FUNDEP - 2010 - TJ-MG - COMISSÁRIO DA INFÂNCIA E DA
JUVENTUDE - ADAPTADO)
d) Todos os itens estão certos.
Considerando as normas aplicáveis à autorização para
(CESPE - 2016 - TCE-PA - ADMINISTRATIVO - SERVIÇO SOCIAL) viagem previstas na Lei nº 8.069/1990, é correto afirmar
Julgue o item subsecutivo, acerca do Estatuto da Criança e que:
do Adolescente (ECA). 9. A autoridade judiciária poderá, de ofício, conceder
3. A participação na vida política e a prática de esportes autorização válida por até 5 anos.
são consideradas aspectos do direito à liberdade do (COPS-UEL - 2010 - PC-PR - ESCRIVÃO DE POLÍCIA - SUPERIOR)
adolescente.
10. Sobre a possibilidade de uma criança viajar para fora
(CESPE - 2013 - CNJ - ANALISTA JUDICIÁRIO) da comarca onde reside, considere as afirmativas a
Com referência ao Estatuto da Criança e do Adolescente seguir.
(ECA), Lei nº 8.069/1990 e alterações, julgue o item a I. Poderá viajar dentro da mesma unidade da
seguir. Federação, caso esteja acompanhada de colateral
4. O direito da criança e do adolescente à dignidade deve maior, até quarto grau, comprovado
ser assegurado com exclusividade pelo Estado e pela documentalmente o parentesco.
família.

— “Todo mundo é capaz de sentir os sofrimentos de um amigo. Ver com agrado os seus êxitos exige uma natureza muito
delicada.”. (Oscar Wilde) 1
PROFESSOR: RAFAEL ANDRADE DE MEDEIROS LEGISLAÇÃO ESPECIAL
TURMA: PRF 2018 LA CASA DE RAFAEL - ECA
II. Poderá viajar, caso esteja acompanhada de pessoa 14. Situação hipotética: Ao ser notificado por vizinhos, o
maior, expressamente autorizada pelo pai, mãe ou Conselho Tutelar constatou, em determinada
responsável. residência, que crianças estão constantemente em
III. Poderá viajar, caso esteja acompanhada de risco porque seus pais estão sempre alcoolizados.
ascendente ou colateral maior, até o terceiro grau, Assertiva: Nessa situação, o Conselho Tutelar poderá
comprovado documentalmente o parentesco. incluir os pais em programa oficial de tratamento a
alcoólatras.
IV. Poderá viajar, sem que se exija autorização judicial,
no caso de a comarca ser contígua à da residência da (CESPE - 2018 - DPE-PE - DEFENSOR PÚBLICO)
criança, se na mesma unidade da Federação. 15. A respeito do conselho tutelar, assinale a opção
Assinale a alternativa correta. correta.
a) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. a) O exercício efetivo da função de conselheiro tutelar
b) Somente as afirmativas II, III e IV são corretas. constitui serviço público relevante e presume
c) Somente as afirmativas I e II são corretas. idoneidade moral.
d) Somente as afirmativas I e III são corretas. b) Em cada comarca haverá, no mínimo, um conselho
e) Somente as afirmativas III e IV são corretas. tutelar como órgão integrante do Poder Judiciário
(RALFA - 2018) estadual.
Considerando as normas aplicáveis à autorização para c) O candidato a membro do conselho tutelar deve ser
viagem previstas na Lei nº 8.069/1990, é correto afirmar pessoa idônea, com idade mínima de dezoito anos
que: completos, e residir na sede da comarca.
11. Quando se tratar de viagem ao exterior, a autorização d) Lei estadual disporá sobre o local, o dia e o horário
é dispensável, se a criança ou adolescente viajar na de funcionamento do conselho tutelar.
companhia de um dos pais, autorizado expressamente e) Ao tribunal de justiça local caberá encaminhar ao
pelo outro através de documento com firma Poder Executivo proposta orçamentária anual com
reconhecida. previsão dos recursos necessários ao
(RALFA - 2018) funcionamento do conselho tutelar.
Considerando as normas aplicáveis à autorização para LIVRO II – PARTE ESPECIAL: TÍTULO VII (DOS CRIMES E DAS
viagem previstas na Lei nº 8.069/1990, é correto afirmar INFRAÇÕES ADMINISTRATIVAS)
que: (CESPE - 2017 - PC-GO - DELEGADO DE POLÍCIA SUBSTITUTO)
12. Nenhuma criança poderá viajar para fora da comarca Considerando o atual entendimento dos tribunais
onde reside, desacompanhada dos pais ou superiores quanto aos institutos do Estatuto do
responsável, sem expressa autorização judicial. A Desarmamento (Lei nº 10.826/2003) e do ECA (Lei nº
autorização não será exigida quando a criança estiver 8.069/1990), julgue o item que se segue.
acompanhada dos avós. 16. Aquele que fornece a adolescente, ainda que
(RALFA - 2018) gratuitamente, arma de fogo, acessório ou munição de
Segundo o Dicionário Infopédia (2018)¹, conurbação (sf) uso restrito ou proibido fica sujeito à sanção penal
significa: “extensa área urbana, densamente povoada, prevista no ECA, em decorrência do princípio da
composta por vários núcleos urbanos contíguos e especialidade.
inicialmente autônomos que, na sequência do seu (CESPE - 2017 - PREFEITURA DE BELO HORIZONTE - MG -
desenvolvimento ou da expansão dos subúrbios de uma PROCURADOR MUNICIPAL)
cidade central, acabam por formar uma unidade funcional 17. É atípica a conduta de fotografar criança em poses
(como a Grande Lisboa ou o Grande Porto)”. sensuais, com enfoque em seus órgãos genitais,
quando estiverem cobertos por peças de roupas.
¹ CONURBAÇÃO. In: DICIONÁRIO online Infopédia da
Língua Portuguesa. Porto: Porto Editora, 2003-2018. Disponível
em: <https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portu-
guesa/conurbação>. Acesso em: 19 dez. 2018. (CESPE - 2017 - TJ-PR - JUIZ SUBSTITUTO)
A respeito do Estatuto da Criança e do Adolescente — ECA Considerando a jurisprudência do STJ a respeito do ECA
(Lei nº 8.069/90), é correto afirmar que: (Lei nº 8.069/1990), julgue o item a seguir.
13. Nenhuma criança ou adolescente poderá viajar para 18. Não se configura o crime de corrupção de menor em
fora da comarca onde reside, desacompanhada dos relação àquele já afeito à prática de atos infracionais.
pais ou responsável, sem expressa autorização (CESPE - 2016 - PC-PE - DELEGADO DE POLÍCIA)
judicial, salvo, entre outras hipóteses, quando se tratar
Na análise das classificações e dos momentos de
de área de conurbação (comarca contígua à de sua
consumação, busca-se, por meio da doutrina e da
residência, desde que seja na mesma unidade da
jurisprudência pátria, enquadrar consumação e tentativa
Federação ou esteja incluída na mesma região
nos diversos tipos penais. A esse respeito, acerca dos crimes
metropolitana).
previstos no ECA (Lei nº 8.069/1990), julgue o item.
LIVRO II – PARTE ESPECIAL: TÍTULO V (DO CONSELHO
19. Por ser crime material, o crime de corrupção de
TUTELAR)
menores consuma-se no momento em que há a efetiva
(CESPE - 2018 - MPE-PI - ANALISTA MINISTERIAL) prova da prática do delito e a efetiva participação do
Julgue o item a seguir, relativo a Conselho Tutelar, medidas inimputável na empreitada criminosa. Assim, se o
de proteção, direito à convivência familiar e consequências adolescente possuir condenações transitadas em
da prática de atos infracionais. julgado na vara da infância e da juventude, em

— “Talento é mais barato que sal. O que separa a pessoa talentosa da bem-sucedida é muito trabalho duro.”. (Stephen King) 2
PROFESSOR: RAFAEL ANDRADE DE MEDEIROS LEGISLAÇÃO ESPECIAL
TURMA: PRF 2018 LA CASA DE RAFAEL - ECA
decorrência da prática de atos infracionais, o crime de autoridade competente os casos de que tenha
corrupção de menores será impossível, dada a conhecimento, envolvendo suspeita ou confirmação de
condição de inimputável do corrompido. maus-tratos contra criança ou adolescente.
(CESPE - 2016 - TRT8R - OFICIAL DE JUSTIÇA) (VUNESP - 2015 - PM-SP - CABO DA POLÍCIA MILITAR)
20. É crime hospedar em hotel, pensão, motel ou Um comerciante, festejando o aniversário de sua cidade, em
congênere criança ou adolescente desacompanhado local público, no calor das felicitações, entrega, de forma
dos pais ou responsável, ou sem autorização escrita gratuita, bebida alcoólica típica da região a um indivíduo
destes ou da autoridade judiciária. com 15 (quinze) anos de idade, o qual aparenta a idade que
(CESPE - 2016 - PC-GO - CONHECIMENTOS BÁSICOS) de fato possui. O adolescente, ao caminhar em direção aos
seus amigos, tropeça e a bebida é derramada por completo
• Gabriel, como dirigente de estabelecimento de atenção
no chão, o que impossibilitou seu consumo.
à saúde de gestantes, deixou de fornecer a uma parturiente,
na ocasião da alta médica desta, declaração de nascimento 24. Diante dos fatos narrados, é possível dizer que o
em que constassem as intercorrências do parto e do comerciante suportará ação penal pública
desenvolvimento do neonato. incondicionada, por ser o delito de natureza formal,
não dependendo, para sua consumação, da ocorrência
• Júlia, professora de ensino fundamental, teve
de resultado naturalístico.
conhecimento de caso que envolvia suspeita de maus-tratos
contra uma aluna de dez anos de idade e deixou de (CESPE - 2014 - TJ-DFT - JUIZ DE DIREITO SUBSTITUTO)
comunicar o fato à autoridade competente. 25. Douglas adquiriu gratuitamente vídeo com cenas de
• Alexandre hospedou, no hotel do qual é responsável, sexo explícito envolvendo menores de idade, para a
um adolescente que estava desacompanhado de seus pais satisfação de seus próprios desejos sexuais, sem expô-
ou de um responsável e sem autorização escrita deles ou de lo a terceiros. Nessa situação, Douglas praticou crime
autoridade judiciária. tipificado no ECA.
21. Nessas situações hipotéticas, de acordo com o que (CESPE - 2014 - TJ-SE - ANALISTA JUDICIÁRIO - DIREITO)
prevê o ECA, 26. Para a configuração do crime de corrupção de
a) somente Gabriel e Alexandre responderão por menores, previsto no ECA, não se faz necessária prova
crime. da efetiva corrupção do menor, uma vez que se trata
de delito formal.
b) somente Júlia e Alexandre responderão por
infração administrativa. (CESPE - 2012 - DPE-RO - DEFENSOR PÚBLICO)
c) somente Gabriel e Alexandre responderão por Augusto, nascido em 7/5/1993, convidou Valéria, Marise e
infração administrativa. Patrícia, respectivamente, de treze, quinze e dezessete anos
de idade, todas sem nenhuma experiência sexual, para uma
d) Gabriel, Júlia e Alexandre responderão por crime.
festa que seria realizada em sua residência em 28/3/2012,
e) somente Gabriel e Júlia responderão por crime. no período matutino. Durante a festa, Augusto, embriagado
(FUNCAB - 2016 - PC-PA - DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL) com cerveja e apenas vestido com calção de banho, exibiu
Leovegildo é integrante de grupo em um aplicativo de às meninas, em seu telefone celular, filme pornográfico com
mensagens instantâneas para telefones celulares. Nesse adolescentes e convidou-as a entrar com ele na piscina da
grupo, os participantes corriqueiramente compartilham residência, localizada na área externa, convite recusado por
fotos e vídeos, por eles produzidos, de crianças em cenas todas três. Logo depois, Augusto pediu que Patrícia o
pornográficas. Embora não concorde com a prática e sequer acompanhasse até a cozinha para buscarem cerveja gelada.
se manifeste no grupo, Leovegildo reluta em deixá-lo, por A moça, receosa do alto estado de embriaguez de Augusto,
não querer melindrar o amigo que lá o adicionou, mas toma trancou-se no banheiro da casa e começou a gritar por
o cuidado de configurar o aplicativo para que não realize socorro. Saulo, policial militar e vizinho de Augusto, ouviu
downloads automáticos dessas fotos e vídeos. Ao trocar de os gritos, entrou na propriedade, prendeu Augusto em
aparelho de telefonia celular, todavia, Leovegildo se flagrante e o conduziu à delegacia de polícia.
esquece de repetir a configuração, de modo que, sem que 27. Nessa situação hipotética, Augusto:
Leovegildo saiba, um vídeo contendo filmagem de criança a) Cometeu o crime de corrupção de menores
em cena de sexo explícito resta armazenado na memória do previsto no art. 218 do CP, por ter induzido Valéria,
aparelho. Nesse mesmo dia, policiais que investigavam o de treze anos de idade, a satisfazer a sua lascívia.
grupo cumprem mandado de busca domiciliar na casa de
b) Praticou o crime de corrupção de menores previsto
Leovegildo, apreendendo seu telefone ao encontrá-lo.
no art. 244-B da Lei nº 8.069/1990, por ter
Perícia posterior revela a existência do vídeo.
corrompido as adolescentes, induzindo-as a
22. Assim, é correto afirmar que Leovegildo não comete praticar crime.
crime previsto na Lei nº 8.069/1990.
c) Praticou o crime previsto no art. 241-A, caput, da
(IESES - 2016 - TJ-MA - TITULAR DE SERVIÇOS DE NOTAS E DE Lei nº 8.069/1990, por ter exibido cenas de sexo às
REGISTROS - PROVIMENTO) adolescentes.
23. De acordo com a Lei nº 8.069/90 (Estatuto da Criança d) Não cometeu ilícito penal porque sequer iniciou a
e do Adolescente), constitui crime a conduta de deixar prática de qualquer crime.
o médico, professor ou responsável por
e) Praticou o crime de violação sexual mediante
estabelecimento de atenção à saúde e de ensino
fraude, na modalidade tentada, contra Patrícia,
fundamental, pré-escola ou creche, de comunicar à
— “Todo mundo é capaz de sentir os sofrimentos de um amigo. Ver com agrado os seus êxitos exige uma natureza muito
delicada.”. (Oscar Wilde) 3
PROFESSOR: RAFAEL ANDRADE DE MEDEIROS LEGISLAÇÃO ESPECIAL
TURMA: PRF 2018 LA CASA DE RAFAEL - ECA
porque, vestido apenas com calção de banho,
levou-a para o interior da residência, deixando
Valéria e Marise na área externa da casa.
(RALFA - 2017)
A respeito do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº
8.069/1990), julgue o item a seguir.
Considere a seguinte situação hipotética.
Após um longo parto da parturiente Sra. Augusta, a
enfermeira Anastácia levou o neonato ao berçário nº 1 do
hospital particular Thomas Edison, em Rio Branco – AC,
deixando, negligentemente, de acompanhar a prática do
processo de amamentação e de prestar orientações quanto
à técnica adequada, enquanto a mãe permanecia na unidade
hospitalar, bem como de proceder a exames visando ao
diagnóstico e terapêutica de anormalidades no
metabolismo do recém-nascido.
28. Nessa situação, a enfermeira Anastácia não praticou
crime.
GABARITOS
1. Letra E
2. Letra C
3. Correto
4. Errado
5. Correto
6. Correto
7. Errado
8. Correto
9. Errado
10. Letra B
11. Correto
12. Correto
13. Errado
14. Correto
15. Letra A
16. Errado
17. Errado
18. Errado
19. Errado
20. Errado
21. Letra B
22. Correto
23. Errado
24. Correto
25. Correto
26. Correto
27. Letra C
28. Errado

— “Talento é mais barato que sal. O que separa a pessoa talentosa da bem-sucedida é muito trabalho duro.”. (Stephen King) 4