Sei sulla pagina 1di 3

TEXTO: MARCOS 6.

1-6 (Primeira mensagem) “8 Depois disto, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós?
“1 Saiu Jesus dali, e foi para a sua terra, e os seus discípulos o seguiam. 2 Ora, chegando o Disse eu: eis-me aqui, envia-me a mim” (Is 6.8).
sábado, começou a ensinar na sinagoga; e muitos, ao ouvi-lo, se maravilhavam, dizendo:
Donde lhe vêm estas coisas? e que sabedoria é esta que lhe é dada? e como se fazem tais “23 Percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino
milagres por suas mãos? 3 Não é este o carpinteiro, filho de Maria, irmão de Tiago, de José, e curando toda sorte de doenças e enfermidades entre o povo”(Mt 4.23).
de Judas e de Simão? E não estão aqui entre nós suas irmãs? E escandalizavam-se dele. 4
Então Jesus lhes dizia: Um profeta não fica sem honra senão na sua terra, entre os seus c. O movimento do cristão, com Ele, é em direção ao Céu. Sl 73.24-26; At 7.55-60
parentes, e na sua própria casa. 5 E não podia fazer ali nenhum milagre, a não ser curar
alguns poucos enfermos, impondo-lhes as mãos. 6 E admirou-se da incredulidade deles. Em “24 Tu me guias com o teu conselho e depois me recebes na glória. 25 Quem mais tenho eu
seguida percorria as aldeias circunvizinhas, ensinando”. no céu? Não há outro em quem eu me compraza na terra. 26 Ainda que a minha carne e o
meu coração desfaleçam, Deus é a fortaleza do meu coração e a minha herança para
INTRODUÇÃO sempre” (Sl 73.24-26).
Quando eu preguei a primeira vez em um evento, as pessoas que me conheceram, sabiam
que era gago, depois vieram me procurar para saber o segredo para está falando tão “55 Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, fitou os olhos no céu e viu a glória de Deus e
eloquentemente. A minha resposta foi que Jesus Usa quem quer, até um gago. Aqui Marcos Jesus, que estava à sua direita, 56 e disse: Eis que vejo os céus abertos e o Filho do Homem,
narra a saída de Jesus da casa de Jairo quando ressuscitou a filha dele que havia morrido, em pé à destra de Deus. 57 Eles, porém, clamando em alta voz, taparam os ouvidos e,
foi para a Galiléia onde estavam seus parentes e conhecidos. Eles conheciam seus pais, unânimes, arremeteram contra ele. 58 E, lançando-o fora da cidade, o apedrejaram. As
seus irmãos e irmãs, bem como a profissão que ele tinha antes de ter sucesso como testemunhas deixaram suas vestes aos pés de um jovem chamado Saulo. 59 E apedrejavam
pregador e profeta. Carpinteiro era uma profissão simples, devido a isto eles não deram Estêvão, que invocava e dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito! 60 Então, ajoelhando-se,
crédito a Ele, também sabiam da gravidez de Maria antes de casar com José, e não sabiam clamou em alta voz: Senhor, não lhes imputes este pecado! Com estas palavras, adormeceu”
que Ele fora gerado pelo Espírito Santo, desta passagem de Jesus em Nazaré iremos extrair (At 7.55-60).
algumas lições.
1.2 Para seguir Jesus é necessário ser discípulo (μαθητής = Matetés), aprendiz. V.1b
TEMA: LIÇÕES EXTRAÍDAS NA PASSAGEM DE JESUS EM NAZARÉ “[...] e os seus discípulos o seguiam”.

1. JESUS É ACOMPANHADO PELOS QUE O SERVEM. V.1 a. Os que são discípulos de Jesus estão com Ele mesmo que corram perigo de vida. At
“Saiu Jesus dali, e foi para a sua terra, e os seus discípulos o seguiam”. 20.24
“Mas em nada tenho a minha vida como preciosa para mim, contando que complete a minha
1.1 Para seguir Jesus precisa estar disposto a se movimentar com Ele. V.1a carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da
“Saiu Jesus dali, e foi para a sua terra [...]” graça de Deus”.

a. O movimento do cristão, com Ele, é em direção à vontade de Deus. Ef 5.17; I Ts 4.3 b. Os que são discípulos de Jesus andam segundo seus ensinos. Jo 14.21; Jo 15.14

“17 Por esta razão, não vos torneis insensatos, mas procurai compreender qual a vontade do “Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que
Senhor” (Ef 5.17). me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele” (Jo 14.21).

“3 Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição” (I Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando (Jo 15.14).
Ts 4.3)
c. Os que servem a Jesus aqui, pela fé, um dia estarão com Ele e o verão como é, na glória.
b. O movimento do cristão, com Ele, é em direção à Obra missionária. Is 6.8; Mt 4.23 I Jo 3.2
“Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifesto o que havemos de ser. Mas
sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é, a. Eles deixaram de experimentar os milagres de Jesus porque não o honraram. V.4
o veremos”. “4 Então Jesus lhes dizia: Um profeta não fica sem honra senão na sua terra, entre os seus
parentes, e na sua própria casa”.
Aplicação: Jesus é acompanhado pelos que o servem, mas para isso precisam movimentar-
se com Ele para a vontade de Deus, obra missionária e também para o céu. Você faz busca b. Eles deixaram de experimentar os milagres de Jesus, ao passo que viam outros
fazer a vontade de Deus, faz a obra missionária e ânsia ir morar no céu? Para acompanhar recebendo. V.5
Jesus também é preciso ser discípulo mesmo que corra perigo de vida, andando segundo 5 E não podia fazer ali nenhum milagre, a não ser curar alguns poucos enfermos, impondo-

seus ensinos e vislumbrando a glória do céu. Você está disposto a amar Jesus mais do que lhes as mãos”.
a sua própria vida? Anda segundo os seus ensinos? Está vislumbrando a glória celeste ou as
glórias deste mundo? Você já acompanha Jesus? Quer acompanha-lo a partir deste Aplicação: Jesus é rejeitado por várias pessoas do mundo, eles rejeitam a sua voz, duvidam
instante? Acompanhar Jesus é o projeto mais fascinante de vida. da sua sabedoria e dos seus milagres. Como você tem agido com relação a voz de Cristo?
Tem recebido ou duvidado, busca a sabedoria de Cristo ou do mundo? Acredita nos seus
2. JESUS É REJEITADO POR VÁRIAS PESSOAS DO MUNDO. V.2-5 milagres ou se tornou um incrédulo? Os que o rejeitam também buscam conhecer somente
sua humanidade, vendo sua profissão humilde, de uma família sem fama alguma, e seu
2.1 A rejeição a Cristo pelo mundo faz as pessoas rejeitarem a sua voz. V.2 aspecto humano. Como você enxerga Jesus como um homem apenas? Como olha para os
seus servos quando eles possuem uma condição humilde? Você olha mais para o aspecto
a. Eles duvidaram do que Ele estava ensinando. V.2a físico das pessoas ou busca examinar sua vida com Deus? Quem rejeita Jesus vê que outras
“2 Ora, chegando o sábado, começou a ensinar na sinagoga; e muitos, ao ouví-lo, se pessoas experimentam os seus milagres e eles deixam passar a oportunidade. Se olharmos
maravilhavam, dizendo: Donde lhe vêm estas coisas? para o aspecto físico da igreja iremos rejeitá-la, mas se olharmos para Jesus como Senhor e
Deus, que está na igreja, iremos abraçar a Igreja e adorar a Deus, lembre que corremos o
b. Eles duvidaram da sabedoria Dele. V.2b risco de Deus está agindo do nosso lado e nada acontecer conosco, tenha experiências com
“[...] e que sabedoria é esta que lhe é dada?” Deus.

c. Eles duvidaram dos milagres Dele. v.2c 3. JESUS É PERSISTENTE EM ENSINAR A PALAVRA DE DEUS. V.6
[...] e como se fazem tais milagres por suas mão? E admirou-se da incredulidade deles. Em seguida percorria as aldeias circunvizinhas,
ensinando”.
2.2 A rejeição a Cristo pelo mundo faz as pessoas o enxergarem apenas de maneira
humana. V.3 Jesus ensinou nas sinagogas (Mc 1.21), templo (Mt 21.23), cidades (Mt 11.1), à beira mar
(Mc 4.1), etc., Jesus usou temáticas comuns da época como fonte de água (Jo 4.10),
a. Eles olham apenas para a profissão humana de Jesus, que não era da elite. V.3a agrícolas como semente e semeador (Mt 13.3), pecuária como jugo (Mt 11.28-30), pastor e
“3 Não é este o carpinteiro [...]” ovelhas, currais, lobos (Jo 10), econômicas como dracmas (Lc 15.8-9) Ele se valia de
situações vividas por seus ouvintes da época.
b. Eles olham apenas para a família humana de Jesus, sem fama alguma. V.3b
“[...] o filho de Maria, irmão de Tiago, de José, de Judas e de Simão? e não estão aqui entre 3.1 Jesus ensinou apesar de pessoas serem incrédulas com relação ao seu ensino.
nós suas irmãs? V.6a
“E admirou-se da incredulidade deles [...]”
c. Eles olham apenas para o aspecto humano de Jesus, e se escandalizaram. V. 3c
“[...] E escandalizavam-se Dele” a. Precisamos entender que quando pregarmos muitos rejeitarão, porque estão cegos por
satanás. II Co 4.4
2.3 A rejeição a Cristo pelo mundo fazem eles não experimentarem os milagres de “4 nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não
Cristo na sua vida. V.4-5 resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus”.
“22 Olhai para mim e sede salvos, vós, todos os limites da terra; porque eu sou Deus, e não
b. Precisamos entender que quando pregamos muitos rejeitarão porque seu coração é há outro”.
enganoso e corrupto. Jr 17.9
“9 Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem c. O desafio de Jesus induz o homem para que viva escatologicamente o presente
o conhecerá?” esperando sua vinda. Mt 24.50
“44 Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do
c. Precisamos entender que quando pregarmos muitos rejeitarão porque a sua vontade não é Homem virá”.
agradar a Deus. Rm 8.8
“8 Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus”. Aplicação: Jesus persistia em ensinar a Palavra de Deus, mesmo quando as pessoas eram
incrédulas, pois elas estavam cegas por satanás, seu coração era enganoso e corrupto,
d. Precisamos entender que quando pregarmos muitos rejeitarão, porém alguns crerão na rejeitaram a vontade de Deus, mas alguns creram na mensagem, assim sendo, não desista
mensagem. Rm 10.16 de ensinar a Palavra, pode ser haja incredulidade, mas a semente vai germinar na terra boa.
“16 Mas nem todos obedeceram ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem acreditou na Ele ensinou indo até as pessoas, ele não esperava que elas o procurassem, falando sobre
nossa pregação?” arrependimento, restauração e salvação. Deixemos de comodismo e saiamos à procura dos
pecadores para lhes apresentar Jesus e o que Ele pode fazer nas suas vidas. Jesus ensinou
3.2 Jesus ensinou indo até as pessoas, e não esperando que elas o procurassem. V.6b desafiando as pessoas para que tomassem uma decisão de uma vida frutífera, recebendo a
“[...] Em seguida percorria as aldeias circunvizinhas, ensinando”. salvação e esperar vigilante a sua vinda. Desafie as pessoas para que conheçam Jesus, diga
a elas que Jesus pode fazer sua vida ser frutífera, ter salvação e as alerte para a sua vinda
a. Jesus procura pessoas pecadoras para ensiná-las sobre arrependimento. Lc 5.30-32 repentina que ocorrerá em dia que não sabemos e precisamos estar preparados. Imite
“30 Os fariseus e seus escribas murmuravam contra os discípulos de Jesus, perguntando: Por Jesus! Não pare de ensinar a Palavra. Se aqui houver alguém que não é crente, este Jesus
que comeis e bebeis com os publicanos e pecadores? 31 Respondeu-lhes Jesus: Os sãos tem todo poder, Ele pode te salvar, entregue sua vida a Ele. Em Nome de Jesus! Amém!
não precisam de médico, e sim os doentes. 32 Não vim chamar justos, e sim pecadores, ao
arrependimento”. REFERENCIAS

b. Jesus procura pessoas quebradas para ensiná-las sobre restauração. Mt 12.20 CHAMPLIN, Russel Norman. O Novo Testamento Interpretado Versículo por Versículo.
“20 Não esmagará a cana quebrada, nem apagará a torcida que fumega, até que faça São Paulo: Candeia, 1978.
vencedor o juízo”.
GENEBRA, Bíblia de Estudo. Texto e Notas de Rodapé. 2 ed. Ampl. São Paulo: Cultura
c. Jesus procura pessoas perdidas para ensiná-las sobre salvação. Lc 19.10 Cristã, 2010.
“10 Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o perdido”.
LOPES, Hernandes Dias. Marcos: O Evangelho dos Milagres. 1 ed. São Paulo - SP:
3.3 Jesus ensinou desafiando as pessoas à uma decisão. Hagnos, 2006.

Vai tu e procede de igual forma (Lc 10.37). Assim fará o Senhor se no intimo não perdoares a RYLE, John Charles. Meditações no Evangelho de Marcos. 1 ed. São José dos Campos –
teu irmão, (Mt 18.35), etc. SP: Fiel, 1978.

a. O desafio de Jesus induz o homem para que tenha uma vida frutífera para Deus. Jo 15.16 AUTOR: Missº Veronilton Paz da Silva
“16 Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e
vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo
quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda”.

b. O desafio de Jesus induz o homem para que receba a salvação dada por Ele. Is 45.22