Sei sulla pagina 1di 3

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ – UECE

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE ITAPIPOCA – FACEDI


COORDENAÇÃO DO CURSO DE PEDAGOGIA – CCP

Programa de Disciplina:

Teoria da Educação I

Créditos: 04. Carga Horária: 68h/a


Professor Mestre: Francisco Mirtiel Frankson Moura Castro
E-mail: mirtiel_frankson@yahoo.com.br / (88) 99626-8587

“O mundo é do tamanho do conhecimento que temos dele. Alargar o conhecimento, para


fazer o mundo crescer, e apurar seu sabor, é tarefa de seres humanos. É tarefa, por
excelência, de educadores”.
(Terezinha Azeredo Rios).

1. Ementa

Caracterização e análise crítica das principais matrizes teóricas da pedagogia moderna e


contemporânea: Positivista, Marxista, Construtivista, Ativista, Radical.

2. Objetivos

.Geral:

. Estudar as matrizes teóricas da Pedagogia como bases da reflexão e da ação educativa;

.Específicos:

 Compreender a concepção e o método de educação, vinculados às matrizes teóricas:


Positivista e Marxista como orientadoras da prática pedagógica;
 Conhecer os princípios teórico-práticos das correntes do pensamento pedagógico
Ativista e Construtivista;
 Apreender os conceitos básicos, bem como as indicações operacionais para o campo
educacional implicados na matriz teórica Radical.

3. Conteúdo Programático

Unidade 1: A concepção e os métodos educacionais nas perspectivas: Positivista e


Marxista

 A dimensão socioeducativa em Émile Durkheim


 O pensamento marxiano e a crítica à educação burguesa

Unidade 2: Princípios teórico-práticos do Ativismo e do Construtivismo na educação

 John Dewey: a vida como princípio educativo


2

 Maria Montessori: métodos ativos e individualização do ensino


 O construtivismo e o desenvolvimento do conhecimento cognitivo em Jean Piaget

Unidade 3: Conceitos básicos e proposições operacionais para a educação na matriz


teórica Radical

 A Pedagogia Radical de Henri Giroux: os professores como intelectuais


 A mercantilização do sistema educacional.
 Educando os professores para a educação crítica.

4. Metodologia

Aulas expositivas e dialogadas; leitura, discussão e escrita em sala de aula como forma de
produção e socialização de saberes; seminários e debates; estudos individuais e coletivos,
tendo em vista a apropriação crítica dos conteúdos.

5. Avaliação

O processo avaliativo se desenvolverá de forma processual mediante observação da


assiduidade, participação ativa, produção individual e coletiva do conhecimento em sala, e na
observância dos procedimentos avaliativos definidos pela Universidade Estadual do Ceará.

6. Referências Básicas:

APPLE, Michel. Educação e poder. Porto Alegre: Artes Médicas, 1989.

BOURDIEU, Pierre. Escritos de educação. 11. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.

DURKHEIM, E. Educação e Sociologia. São Paulo: Melhoramentos, 1978.

FREIRE, Paulo. Educação e mudança. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2011. 79p.

GADOTTI, M. História das ideias pedagógicas. 5. ed. São Paulo: Ática, 1997.

GIROUX, H. A. Os professores como intelectuais: rumo a uma pedagogia crítica da


aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

GIROUX, Henry. Pedagogia radical: subsídios. São Paulo: Cortez, 1983.

LUCKESI, Cipriano Carlos. Filosofia da educação. 3 ed. São Paulo: Cortez, 2011. 222p.

MARX, Karl. O capital (v. 1, t. 2). São Paulo: Nova Cultural, 1996.

NOVA ESCOLA. Grandes pensadores: a história do pensamento pedagógico no


Ocidente pela obra de seus maiores expoentes. Edição Especial. São Paulo: Abril, 2004.
3

_____________. Grandes pensadores: vida e obra de educadores de fizeram a história,


da Grécia Antiga aos dias de hoje. Edição Especial. nº 10. V. 2. São Paulo: Abril de 2006.

NORONHA, Olinda Maria. Políticas neoliberais, conhecimento e educação. Campinas, SP:


Editora Alínea, 2002.

PARO, Vitor Henrique. Educação como exercício do poder: crítica do senso comum em
educação. V. 4. 3 ed. São Paulo: Cortez, 2014. 103p. (Coleção questões de nossa época).

RIBEIRO JR, João. O que é positivismo? 3. ed. São Paulo: Editora Brasiliense, 1984.

RODRIGUES, Nedson. Da mistificação da escola à escola necessária. 11 ed. São Paulo:


Cortez, 2003.

ROSA, Sanny S. da. Construtivismo e mudança. 9. ed. São Paulo: Cortez, 2003.

SANTOMÉ, J. T. Educação em tempos de neoliberalismo. Porto Alegre: Artmed, 2003

SAVIANI, Dermeval. História das ideias pedagógicas no Brasil. 2 ed. Campinas, SP:
Autores Associados, 2008.

SELL, Carlos Eduardo. Sociologia Clássica: Marx, Durkheim e Weber. Petrópolis, RJ:
Vozes, 2009.