Sei sulla pagina 1di 7

SALMO 13 – ACF.

QUEIXA -
Até quando te esquecerás de mim, SENHOR? Para sempre? Até quando
esconderás de mim o teu rosto?
Até quando consultarei com a minha alma, tendo tristeza no meu coração cada dia?
Até quando se exaltará sobre mim o meu inimigo?
SÚPLICA -
Atende-me, ouve-me, ó Senhor meu Deus; ilumina os meus olhos para que eu não
adormeça na morte;
Para que o meu inimigo não diga: Prevaleci contra ele; e os meus adversários não
se alegrem, vindo eu a vacilar.
REFRIGÉRIO
Mas eu confio na tua benignidade; na tua salvação se alegrará o meu coração.
Cantarei ao Senhor, porquanto me tem feito muito bem.

SALMO 13 –ARA
Salmos 13:1-6
1 Até quando, SENHOR? Esquecer-te-ás de mim para sempre? Até quando
ocultarás de mim o rosto?
2 Até quando estarei eu relutando dentro de minha alma, com tristeza no
coração cada dia? Até quando se erguerá contra mim o meu inimigo?

3 Atenta para mim, responde-me, SENHOR, Deus meu! Ilumina-me os olhos, para
que eu não durma o sono da morte;
4 para que não diga o meu inimigo: Prevaleci contra ele; e não se regozijem os
meus adversários, vindo eu a vacilar.

5 No tocante a mim, confio na tua graça; regozije-se o meu coração na tua salvação.
6 Cantarei ao SENHOR, porquanto me tem feito muito bem.

SALMO 13 - NVI
Até quando, Senhor? Para sempre te esquecerás de mim? Até quando
esconderás de mim o teu rosto?
Até quando terei inquietações e tristeza no coração dia após dia? Até
quando o meu inimigo triunfará sobre mim?
Olha para mim e responde, Senhor meu Deus. Ilumina os meus olhos, do
contrário dormirei o sono da morte;
os meus inimigos dirão: "Eu o venci", e os meus adversários festejarão o
meu fracasso.

Eu, porém, confio em teu amor; o meu coração exulta em tua salvação.
Quero cantar ao Senhor pelo bem que me tem feito.
Salmos 13:1-6.

4 TIPOS DE FÉ
Fé de entendimento.
Fé temporária. Tudo o que Deus dá ele dá para sempre.
Fé carnal  Aparência de espiritualidade. “Lord Lord, afastai-vos de
mim não os conheço.”
Fé genuína.  Pela graça sois salvos por meio da fé.
É importante sabermos disso para verificarmos que tipo de fé realmente
temos.
Davi era um verdadeiro crente, a Bíblia testemunha disso, era um homem
segundo o croação de Deus. Podemos ter uma grande ideia de como a verdadeira
fé se comporta.
1-2  VOCÊ VAI DIANTE DE DEUS COM SUAS DÚVIDAS?
Vamos analisar cuidadosamente esses versos e tem quatro questões aqui
e todas elas iniciam da mesma maneira. Até quando? E cada questão é dirigida a
quem? A Deu.
Até quando te esquecerás de mim, SENHOR? Para sempre?

Isso é uma coisa estranha? Se sentir solitário? Ele estava se sentindo


completamente esquecido por Deus, então ele fala com Deus. Aqui temos Davi tão
imerso na sua tribulação que ele chega a pensar que Deus se esqueceu dele, meus
irmãos, mas quantos já não passaram por isso, é fácil julgar aqui o profeta, mas as
vezes a tribulação é tão densa que somente a graça de Deus para afugentar esses
pensamentos, e aqui temos uma homem que inicia sua oração em extrema aflição
achando que Deus o havia negligenciado.
Temos aqui um grande testemunho acerca da verdadeira fé, quando
recebemos uma nova natureza temos a necessidade e a dependência de uma
constante conversa com Deus e quando nos sentimos só, nós falamos com Ele.
Antes perdidos no mundo, estávamos sem Deus e não sentíamos falta desse
relacionamento. Rebeldes e separados vivíamos para nós mesmos, e tentávamos
nos satisfazer em nós mesmos.
Porque a nova natureza vem do céu, a nova natureza vem de Deus, e é
natural da nova natureza se dirigir a Deus.
Aqui temos uma pergunta profunda. Será que Deus esqueceu de mim?
Ele clama por socorro a Deus com esta pergunta. Isso não acontece com os ímpios,
eles não buscam a Deus.
ATÉ QUANDO ESCONDERÁS DE MIM O TEU ROSTO?
A Segunda questão é feita porque Davi se sente impotente  Então
ele busca força em Deus. Se minha vida e força provém do Senhor, me sentindo só
também me sinto fraco. A verdadeira fé busca força em Deus. Clama por
restauração e força a Ele e não tenta se revigorar em nenhuma outra coisa.
A Terceira Pergunta está no verso 2 - Até quando consultarei com a
minha alma, tendo tristeza no meu coração cada dia?
Ele está em uma situação de profunda tristeza. Até quando me sentirei
assim Senhor? Não tenho ninguém para me consolar, está se sentido
completamente abaondonado e por isso pergunta a Deus.
Consultar a alma significa tentar pensar em uma solução e consolo com
as forças dos próprios braços e não achar nenhuma somente a própria impotência e
pequenez.
A expressão cada dia aqui vem da expressão yoman talvez o melhor
sentido é que a dor e a tristeza dele se renovavam a cada dia. Com se ele dormisse
e no outro dia essa dor recuperasse a força, não havia alívio, mas um renovar
constante de dor.
A quarta Pergunta – Até quando se exaltará sobre mim o meu
inimigo?
Ele se sente derrotado pelo inimigos que odeiam a Deus, e são ímpios.
Até quando Senhor essa injustiça?
Nós temos questões meus irmãos. Temos questões intelectuais sobre a
fé cristã, isso é bom se nós estamos diante de Deus buscando obter respostas, e na
maioria das vezes quando somos sinceros em levar nossas questões ao Senhor e
buscar respostas ele nos responde, ele abre nossa mente e nos capacita a entender
uma passagem que ainda seja obscura, mas algumas dúvidas restarão.
Contudo existem dúvidas que são advindas de uma natureza ainda
corrupta.
E Existem dúvidas circunstanciais e existenciais.
Mas uma verdadeira fé, levará todas elas diante de Deus.
Muitos homens de Deus nos dão o exemplo de levarmos nossas dúvidas
ao Senhor, gostaria de destacar três:
João Batista  O mesmo que tinha dito, eis o cordeiro de Deus que
tira o pecado do mundo. Mas depois teve dúvida quando foi preso, e enviou seus
discípulos perguntarem ao Senhor. Cristo não disse “Óh, que coisa terrível, João
Batista está com dúvidas e fez uma pergunta.” Não! Ele disse Respondido por meio
da Palavra. A verdadeira fé vai com Deus as suas dúvidas.
Marcos 9  Ajuda-me na minha incredulidade.
O verdadeiro crente conversa tudo com Deus inclusive sobre suas
dúvidas.
Jó  Teve dúvidas – Por que eu? E ele perguntou a Deus. Ele perdeu
tudo. E o seu maior desejo era perguntar a Deus.
LEVE SUA DÚVIDAS A DEUS. PERGUNTAS FAZEM PARTE DA
EXPERIÊCIA CRISTÃ. OS INFIÉIS FAZEM QUESTÕES E TENTAM RESPONDER
SOZINHOS A VERDADEIRA FÉ VAI A DEUS. VOCÊ TEM UMA VERDADEIRA FÉ.

3-4 – VOCÊ LEVA A DEUS OS SEUS MEDOS?


Atende-me, ouve-me, (São expressões fortes, é olhe para mim, me note) Isto é
medo
ó Senhor meu Deus; ilumina os meus olhos para que eu não
adormeça na morte; Para que o meu inimigo não diga: Prevaleci
contra ele; e os meus adversários não se alegrem, vindo eu a vacilar.

Pedidos:
Atende-me – olha para mim
Socorre-me:
Fortalece-me: Ilumina meus olhos - Significa revigora-me se não eu
morrerei. Preciso que me dês força. Temos a mesma expressão em 1 Sm 14:27.
Faz alguma coisa por mim senão eu irei morrer, ele está com medo morrendo de
medo. Medo que seu inimigo prevaleça contra ele.
Ele está com medo que o mal prevaleça e se alegre em sua desgraça.
Todos tem medo meus irmãos, talvez você esteja carregando um grande temor está
noite, ninguém deve condená-lo por isso, é algo que se abate sobre nós, é um fato.
Talvez medo da solidão, talvez medo do amanhã, de doenças, acidentes, da morte,
demissão; que algum mal se abata sobre seus filhos, perseguição. Mas a pergunta
que eu quero fazer não é quais são os seus medos, mas uma pergunta ainda
mais importante, o que você faz com seus medos?
Abraão teve medo muitas vezes.
Moisés teve medo, medo de não falar apropriadamente.
Mas em cada ocasião ele levava seus medos a Deus. Davi teve medo, e
levou seus medos a Deus.
Elias teve medo. Ninguém sobrou só eu, mas ele falou com Deus.
Vá a Deus com seus medos. Uma verdadeira fé vai a Deus com seus
medos. Você tem uma verdadeira fé? O que você tem feito com seus medos?
5-6 – A VERDADEIRA FÉ VAI ATÉ DEUS COM SUAS ALEGRIAS. VOCÊ VAI A
DEUS COM SUAS ALEGRIAS?
Eu, porém, confio em teu amor; o meu coração exulta em tua
salvação.
Quero cantar ao Senhor pelo bem que me tem feito.
Senhor minhas dúvidas são profundas, meus medos são profundos, mas não são
mais profundos que minha confiança em ti. Eu confio em ti.
Aqui existe uma total mudança de ânimo em Davi, é uma mudança repentina, um
vigor que assusta, nos surpreende que o Salmo acabe assim, alguém que estava
queixando-se no meio da dor e da agonia, que dizia achar que Deus lhe esqueceu e
não olha mais para ele de repente diz, “Não eu estou errado, “eu porém” como se
fosse um outro homem.
Parece que temos aqui uma luta interna, quantos crentes já não experimentaram
isso? Um pensamento ruim e inconsistente lhe atravessa o coração e você diz, “não
eu não posso pensar assim, não eu não posso ser assim”, aqui Davi diz não eu
estou errado, não posso desconfiar de Deus eu confio nEle.
Ele não se esquece de Seus Filhos.
Ele não deixa os seus justos desamparados.
Davi relembra que conhece a Deus, sabe quem Ele é, e que Ele não muda, por
isso deve confiar.
1 - Primeiro motivo a salvação.
2 - Segundo motivo as bênçãos diárias na providência.
Ele diz eu me regozijo em tua intervenção, porque tudo o que tu faz é bom, então eu
quero cantar a ti por causa disso. A verdadeira fé, vai a Deus em meio as dúvidas,
em meio os medos, e em meio as alegrias.
Durante a oração há uma mudança total de postura do salmista, ele
inicia em desespero e é reconduzido ao fortalecimento da sua fé.
pelo bem que me tem feito.
As vezes as dúvidas, as aflições e os medos tendem a nublar nossos
corações e nos fazer esquecer ou ignorar todo o bem que o Senhor tem feito a nós,
a gratidão é soterrada muitas vezes pelo pânico, mas se atentarmos bem para
nosso relacionamento com Deus iremos perceber que Ele tem em tudo cuidado de
nós, e que estamos sempre melhor que merecemos.
Agora perceba que Davi tinha um conhecimento de Deus em Seu coração
que lhe socorreu no momento da Angústia, o Espírito usa Suas Palavras para nos
confortar, usa aquilo que Deus revelou aos nossos corações, ministra sua Palavra
aqui, e a vivência dessa Palavra que obtemos ao andar com Deus e na Sua Palavra.
Vemos Deus aqui aparentemente falando no silencio e sua ação, seu socorro,
seu consolo, e sua intervenção ganham som na voz do próprio Salmista.
DEUS SOCORREU DAVI COM SUA PALAVRA NA ORAÇÃO PELO
PODER DO ESPÍRITO. ELE RECEBEU DAVI E CUIDOU DE DAVI, CONSOLOU
DAVI E FEZ O QUE LHE PEDIU. VEMOS NO FINAL DO SALMO DAVI:
SE SENTINDO AMADO; CUIDADO E REVIGORADO. TUDO ISSO
PORQUE ELE FOI A DEUS COM SUAS DÚVIDAS, COM SEUS MEDOS, ELE
TAMBÉM FOI A DEUS COM SUA ALEGRIA. ESSA É A PROVA DE UMA
VERDADEIRA FÉ, QUE LEVA SUA AFLIÇÕES A DEUS E É CAPACITADO A
DESCANSAR NELE.
VOCÊ TEM IDO A DEUS?
Talvez você tenha vindo a esta igreja em todos os cultos, aberto a
bíblia diversas vezes e escutado diversos sermões, mas você já foi a Deus?
Com seus medos, dúvidas e necessidades e alegrias?
DEVEMOS APRENDER COM O EXEMPLO DE DAVI PARA NÃO
ERRAR MAIS, NÃO DEIXEMOS COM QUE AS DÚVIDAS AFLIJAM NOSSO
CORAÇÃO, DEVEMOS APRESENTÁ-LAS A DEUS.
CONTUDO, DEVEMOS APRENDER COM O ERRO DE DAVI NÃO
DEIXANDO QUE ESSAS DÚVIDAS NOS FAÇAM DESCONFIAR DE DEUS.

Interessi correlati