Sei sulla pagina 1di 4
Desafios Objeto de aprendizagem: Segunda Lei da Termodinâmica NOA - UFPB
Desafios
Objeto de aprendizagem: Segunda Lei da Termodinâmica
NOA - UFPB

1-

O gráfico da figura mostra quatro pro-

cessos diferentes pa- ra uma quantidade constante de gás ide- al, todos iniciando no estado A. cada um dos pontos (A, 1, 2, 3, 4) representa um determinado es- tado da massa gasosa considerada. Das a- firmações abaixo, qual a única que não é correta?

a- firmações abaixo, qual a única que não é correta? a. T 1 < T a

a. T 1 < T a

b. T 2 < T a

c. T 3 = T a

d. T 4 > T a

e. A temperatura diminuiu somente no caso da expansão isobárica.

2- A figura “A” representa um cilin- dro com paredes isoladas termi- camente, exceto a parede lateral que fica em contato com a fonte térmica. O êmbolo tem liberdade de se mover sem atrito ao longo do cilindro. Considerando que a mas-

sem atrito ao longo do cilindro. Considerando que a mas- sa gasosa no interior do cilindro

sa gasosa no interior do cilindro permanece constante, indique nas afirmações abaixo aquela que não contém inconsistências, tendo como referência modelo de gases ideais.

a. O gás somente pode ser aquecido se receber calor da fonte térmica que deve ter uma temperatura superior à do interior do cilindro.

b. Só é possível baixar a temperatura do gás retirando a fonte térmica ou troca-la por uma de temperatura inferior a do gás.

c. A temperatura do gás pode ser alterada mesmo o sistema estando isolado termica- mente, bastando para isso, realizar um trabalho sobre o sistema ou do sistema sobre a vizinhança.

d. O trabalho realizado sobre (ou pelo) gás só é possível deixando escapar parte da sua massa ao mover o pistão.

e. É impossível transformar calor em trabalho ou trabalho em calor durante uma trans- formação gasosa.

3-

4-

O modelo cinético-molecular de um gás ideal descre-

ve a relação entre suas propriedades macroscópicas e microscópicas. Com base neste modelo é correto a- firmar que:

Com base neste modelo é correto a- firmar que: a. A pressão que o gás exerce

a. A pressão que o gás exerce sobre as paredes do recipiente que o contém independe das for- ças que as moléculas do gás exercem sobre as paredes do recipiente.

b. O volume do gás é o espaço de alta densidade ocupado por moléculas na forma de partículas que podem colidir inelasticamente entre si.

c. A temperatura do gás depende apenas do número de moléculas por unidade de volu- me ocupado pelo gás.

d. As moléculas do gás estão em movimento perpétuo e aleatório que não pode ser re- gido pelas Leis de Newton.

e. A energia cinética translacional das moléculas de um gás é diretamente proporcional a sua temperatura absoluta.

O gráfico PxV da figura ao lado ilustra

duas transformações isotérmicas (1,2) e

uma adiabática que liga os estados G,N, para uma mesma massa gasosa de um gás ideal. Julgue as afirmativas que descrevem partes destes processos.

I - A expansão GN ao longo da adiabá-

tica indica que foi realizado trabalho às custas de sua energia interna e a tempe- ratura do sistema diminuiu.

II - A compressão NG ao longo da adi-

abática indica que o trabalho recebido

pelo sistema produziu aumento em sua energia interna e sua temperatura au- mentou.

III - A transformação ao longo das isotermas 1 e 2 ocorreram sempre com aumento da ener-

gia interna do sistema.

- São corretas as afirmações:

gia interna do sistema. - São corretas as afirmações: a) I, II e III b) Apenas

a) I, II e III

b) Apenas I e II

c) Apenas I e III

d) Apenas II e III

e) Somente III

- A figura ao lado e o correspondente gráfico ilustram o ciclo de Car- not para um gás ideal. Observe a mesma, caso necessário, para respon- der as questões 5 e 6.

caso necessário, para respon- der as questões 5 e 6. 5- Entre os possíveis processos efetuados

5- Entre os possíveis processos efetuados no ciclo de Carnot, qual o que não está descrito de acordo com o gráfico da figura?

a) de A B, o gás se expande isotermicamente na temperatura T A , absorvendo calor da fonte quente.

b) de B C, o gás se expande adiabaticamente até que sua temperatura cai para T C .

c) de C D, o gás é comprimido isotermicamente na temperatura T C , rejeitando calor para a fronte fria.

d) de D A, o gás é comprimido adiabaticamente retornando ao seu estado inicial na tempe- ratura T A .

e) no ciclo ABCDA, não houve realização de trabalho.

6- Para o ciclo de Carnot descrito na figura são feitas as seguintes afirmações:

I-

O ciclo de Carnot envolve um conjunto de transformações em que após o térmi- no de cada ciclo, a massa gasosa encontra-se exatamente no estado em que estava inicialmente. E conseqüentemente, a variação da energia interna do sistema em cada ciclo é nula.

II-

O trabalho realizado em cada transformação que compõe o ciclo de Carnot é o mesmo em cada um dos processos.

III-

O ciclo de Carnot foi idealizado com base no princípio da conservação da ener- gia. E conseqüentemente, o calor absorvido em cada transformação é sempre constante e convertido integralmente em uma quantidade equivalente de trabalho.

Dentre as afirmações está(ão) correta(s):

a)

I

b) II

c) III

d) I e III

e) II e III

7- A primeira lei da Termodinâmica não pode prever se um sistema pode ou não evoluir num de- terminado sentido. Só a segunda lei da Termodinâmica permite decidir antes da tentativa de sua realização se uma determinada transformação é ou não possível de se efetivar. Estas afirmações estão associadas ao ciclo de Carnot respectivamente nos aspectos:

a) A energia interna depende somente do estado do sistema e não de como o sistema foi posto neste estado./ O calor é uma propriedade do sistema, portanto depende do processo como é transferido.

b) Energia interna não é uma propriedade do sistema./ Calor é um processo cujo fluxo espontâ- neo é motivado por uma diferença de temperatura.

c) A variação da energia interna mede apenas a energia liquida transferida ao sistema./ É im- possível o calor fluir espontaneamente qualquer que seja o processo.

d) A energia interna é uma propriedade do sistema, cuja variação depende apenas da energia resultante transferida ao sistema./ Calor não é uma propriedade do sistema, portanto depende dos detalhes do processo realizado, sendo impossível fluir espontaneamente de uma tempe- ratura mais baixa para uma temperatura mais alta.

e) A energia interna determina a ordem para que determinada transformação ocorra./ Calor é uma propriedade do sistema que não depende do processo como é transferido.