Sei sulla pagina 1di 3

Gratidão ao SENHOR

1
Todo o meu ser louve o SENHOR; louvarei seu santo nome de todo o
coração. 2 Todo o meu ser louve o SENHOR; que eu jamais me
esqueça de suas bênçãos. 3 Ele perdoa todos os meus pecados e cura
todas as minhas doenças. 4 Ele me resgata da morte e me coroa de
amor e misericórdia. 5 Ele enche minha vida de coisas boas; (Salmo
103.1-5a)

ESSE É UM SALMO DE DAVI, mas não é como os outros que ele escreveu. Diferente
da maioria dos salmos, este aqui nem é uma oração nem é um hino de louvor a
Deus. O que é então? É uma conversa que Davi tem consigo mesmo para chamar a
atenção para uma verdade que ele conhece muito bem, mas que ele sabe que
esquece com muita facilidade. E qual é essa verdade? Que Deus é a fonte de todas
as coisas boas que recebemos, portanto devemos demonstrar gratidão e louvar o
nome de Deus.

Vamos ler as palavras de Davi com bastante atenção aos detalhes, por que, como
ocorre com toda boa poesia, ela comunica mais coisas do que percebemos em
uma leitura superficial.

1
Todo o meu ser louve o SENHOR; louvarei seu santo nome de todo o
coração.

GRATIDÃO E LOUVOR são mais do que as palavras que a gente dirige a Deus. São
atitudes que envolvem todo o nosso ser (na linguagem usada pela Bíblia, coração
envolve intelecto, emoções e vontade)

2
Todo o meu ser louve o SENHOR; que eu jamais me esqueça de suas
bênçãos.

NESSE VERSÍCULO, ele se alerta quanto ao perigo de perder de vista a bondade de


Deus.
O perigo sutil que corremos não é o de sermos ingratos e reclamões, mas de
sermos insensíveis e não percebermos a mão abençoadora de Deus sobre as
nossas vidas.

A gratidão e o louvor são antídotos para essa insensibilidade; por isso diz a si
mesmo: “todo o meu ser louve ao SENHOR”.

OS BATISTAS USAM um hinário chamado Cantor Cristão. Nele há um hino chamado


“Conta as bênçãos”, cujo refrão diz:

Conta as bênçãos, conta quantas são.


Recebidas da divina mão.
Uma a uma, dize-as de uma vez,
Hás de ver surpreso quanto Deus já fez.

É isso que Davi faz a seguir. A partir do v.3, ele faz uma lista as razões pelas quais
ele deve louvar a Deus e ser agradecido.

3
Ele perdoa todos os meus pecados e cura todas as minhas doenças.
4
Ele me resgata da morte e me coroa de amor e misericórdia. 5 Ele
enche minha vida de coisas boas;

QUANDO PENSAMOS EM NOSSO RELACIONAMENTO COM DEUS, sabemos no íntimo


que não amamos a Deus como deveríamos, nem o obedecemos como deveríamos.
Nossa maior necessidade existencial é um relacionamento correto com Deus. Isso
só é possível porque Ele perdoa os nossos pecados. E esse o item no topo da lista
que Davi fez.

Deus não lida apenas com a culpa do pecado, mas com suas consequências: Ele
cura doenças, livra da morte, e nos coroa de amor e misericórdia. Enche as nossas
vidas de coisas boas.

TODAS AS COISAS BOAS QUE DEUS NOS DÁ são demonstrações de sua bondade e
cuidado amoroso. Eles devem nos encher de alegria, admiração e gratidão.
Mas há uma tendência de considerarmos as coisas boas que Deus nos dá mais
valiosas e mais essenciais à nossa felicidade do que o próprio Deus. Às vezes, sem
perceber, buscamos a Deus pelas coisas que podemos receber dEle, e não por
causa dEle mesmo.

A GRATIDÃO E O LOUVOR NOS FORÇAM A PENSAR DIREITO, ver as coisas da


perspectiva correta e a colocar em Deus as nossas afeições e a nossa esperança.
Por isso, de todo o coração, seja agradecido e louve a Deus.

Interessi correlati