Sei sulla pagina 1di 5

Resenha

Resenha é uma produção textual, por meio da qual o autor faz uma breve apreciação, e
uma descrição a respeito de acontecimentos culturais (como uma feira de livros, por
exemplo) ou de obras (cinematográficas, musicais, teatrais ou literárias), com o objetivo de
apresentar o objeto (acontecimento ou obras), de forma sintetizada, apontando, guiando e
convidando o leitor (ou espectador) a conhecer tal objeto na integra, ou não (resenha
crítica).

Uma resenha deve conter uma análise e um julgamento (de verdade ou de valor).

Uma resenha pode ser:

* Descritiva – É o caso dos resumos de livros técnicos, também chamada de resenha


técnica ou cientifica. A apreciação, ou o julgamento em uma resenha descritiva julga as
idéias do autor, a consistência e a pertinência de suas colocações, ao longo da descrição
da obra, ou seja, trata-se de um julgamento de verdade.

* Crítica ou opinativa – Nesse tipo de resenha o conteúdo apresentado é um pouco mais


detalhado do que na resenha descritiva, pois os critérios de julgamento são de valor, de
beleza da forma, estilo do objeto (acontecimento ou obra). A exploração um pouco maior
dos detalhes ocorre devido à necessidade de que o autor da resenha fundamente suas
críticas, sejam elas positivas ou negativas, utilizando outros autores que trabalharam o
mesmo tema.

Antes da produção da resenha de um livro – por exemplo - devem ser seguidos os


seguintes passos:

- Leitura e reflexão sobre o texto do qual será feito a resenha, sendo que muitas vezes são
necessárias leituras complementares para um melhor entendimento do tema.

- Resumo da obra, no qual deverão ficar clara as idéias principais do autor. Este resumo
será a base para a resenha, mas não ela.

- Selecionar dentre as idéias principais, uma que será destacada, e até aprofundada (no
caso das resenhas críticas).

- Emitir um julgamento de verdade (resenha descritiva) ou de valor (resenha crítica), sendo


necessária a fundamentação no caso da resenha crítica.

- Elaborar a resenha a partir dos passos anteriores, sendo que a organização do texto fica
a critério do autor. A resenha deve conter, ainda, uma brevíssima identificação do autor da
obra (vida e outras obras). Ao fim da resenha, o autor da mesma deve se identificar.

Alguns autores indicam ainda outro tipo de resenha, chamada pelos mesmos de resenhas
temáticas. Nesse caso, são apresentados vários textos e autores que falam sobre o
mesmo tema, fazendo as devidas referências.

http://www.infoescola.com/redacao/resenha/
Texto Instrucional
Um texto instrucional é aquele cuja função é instruir, ensinar, mostrar como algo deve ser feito.
Descrevem as etapas que devem ser seguidas para um determinado procedimento.

Neste tipo de gênero textual, encontramos as mais diversas formas de texto, desde simples
receitas culinárias até os complexos manuais de instrução para montar o motor de um avião,
por exemplo.

Como Fazer
As instruções são construídas com verbos no modo imperativo (misture a farinha com o
fermento), ou com o verbo no infinitivo (misturar a farinha com o açúcar). O estudo de textos
normativos também pode ser associado ao estudo de sinalizações normalmente utilizadas com
a mesma função, por exemplo, os sinais de trânsito e outras placas indicativas como: “proibido
fumar”, “reservado a deficientes físicos”, etc.

Em nosso cotidiano, deparamo-nos constantemente com textos instrucionais, que nos ajudam
a usar corretamente um telefone celular ou um computador; a fazer uma comida saborosa ou a
seguir uma dieta para emagrecer. É necessário atribuir um título como por ex. “Bolo de
cenoura”. Isso ajudará o leitor a identificar o tipo de instrução.

Algumas instruções podem vir acompanhadas, em seu texto, de uma relação de materiais, por
exemplo. No caso de instruções para a montagem de um móvel, normalmente há uma relação
das peças.

É importante lembrar que, para uma redação de vestibular ou concurso, há sempre um limite
de espaço, portanto, seja objetivo, porém, se faça entender.

http://professoredmundo.com.br/index.php/redacao-e-vestibular-texto-instrucional/
Artigo de opinião

O artigo de opinião, como o próprio nome já diz, é um texto em que o autor expõe seu
posicionamento diante de algum tema atual e de interesse de muitos.

É um texto dissertativo que apresenta argumentos sobre o assunto abordado, portanto, o


escritor além de expor seu ponto de vista, deve sustentá-lo através de informações
coerentes e admissíveis.

Logo, as ideias defendidas no artigo de opinião são de total responsabilidade do autor, e,


por este motivo, o mesmo deve ter cuidado com a veracidade dos elementos
apresentados, além de assinar o texto no final.

http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/redacao/artigo-opiniao.htm

Editorial

O editorial é um tipo de texto utilizado na imprensa, especialmente em jornais e revistas,


que tem por objetivo informar, mas sem obrigação de ser neutro, indiferente.

É comum se ter uma seção chamada Editorial na mídia impressa.


Então, a objetividade e imparcialidade não são características dessa tipologia textual, uma
vez que o redator dispõe da opinião do jornal sobre o assunto narrado.

http://brasilescola.uol.com.br/redacao/o-editorial.htm

Carta Argumentativa.

A carta argumentativa é um texto que, como a própria nomenclatura revela, pauta-se por
persuadir o interlocutor por meio dos argumentos por ela atribuídos. A intencionalidade
discursiva é retratada por uma reclamação e/ou solicitação por parte do emissor no sentido
de convencer o destinatário de forma específica (geralmente na pessoa de uma autoridade
ou alguém com poder de decisão) a fim de que o mesmo possa atender à solicitação ora
realizada.

http://portugues.uol.com.br/redacao/a-carta-argumentativa-.html

Texto Publicitário.

Texto publicitário é o nome empregado para o tipo de texto que tem como objetivo
principal despertar e chamar a atenção do leitor para um determinado produto ou serviço,
dissuadindo-o a comprar ou fazer uso do que está sendo anunciado.

Seu principal objetivo é atrair não apenas o interesse momentâneo como também a
vontade de consumir o que está descrito no corpo do texto.

Uma empresa que deseja ter sua marca e produto reconhecidos no mercado precisa
investir em bons profissionais que produzam textos atraentes e que alcancem o
consumidor. Esses profissionais devem ter criatividade, bom desempenho linguístico,
serem bons pesquisadores e pensar no todo e como o todo, não apenas em sua
individualidade.

https://www.significadosbr.com.br/texto-publicitario

Reportagem.

A reportagem é um conteúdo jornalístico, escrito ou falado, baseado no testemunho direto


dos fatos e situações explicadas em palavras e, numa perspectiva atual, em histórias
vividas por pessoas, relacionadas com o seu contexto. A reportagem televisiva testemunha
de ações espontâneas, relata histórias em palavras, imagens e sons.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Reportagem

Relatório.

Um relatório é um conjunto de informações utilizado para reportar resultados parciais ou


totais de uma determinada atividade, experimento, projeto, ação, pesquisa, ou outro
evento que esteja finalizado ou em andamento.

Quando se trata de um trabalho acadêmico, pode ser elaborado com referência a pesquisa
original, ou apresentar estudo bibliográfico. Visa comumente apresentar o andamento de
trabalhos junto a órgãos financiadores e fiscalizadores, pode ser etapa de estágio ou
pesquisa. Nesse caso, é submetido às comissões e conselhos dos órgãos competentes,
ou do evento, que decidem sobre o mérito.
Normalmente utiliza-se formatação padronizada, o que no entanto pode ser flexibilizado
caso o âmbito do mesmo seja interno ao setor executante ou grupo a que este último
pertence.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Relat%C3%B3rio

Texto de divulgação científica.

O texto de divulgação científica é um tipo de texto expositivo e argumentativo mais


elaborado. São produzidos mediante pesquisas, aprofundamentos teóricos e resultados de
investigações sobre determinado tema.

Possuem a finalidade principal de “popularizar a ciência”, ou seja, difundir o conhecimento


científico, transmitindo assim diversas informações de valor indiscutível.

https://www.todamateria.com.br/texto-de-divulgacao-cientifica/

Texto didático.

Um texto didático é um texto conceitual, ou seja, não figurativo. Nele os termos significam
exatamente aquilo que denotam, sendo descabida a atribuição de segundos sentidos ou
valores conotativos aos termos.

A leitura de um texto didático de qualquer disciplina apresenta de início, um problema: o


jargão próprio da disciplina, ou seja, aqueles termos que foram cunhados para exprimir, da
maneira mais precisa possível, os fenômenos estudados por um dado campo do saber. O
entendimento do texto didático de uma determinada disciplina requer o conhecimento do
significado exato dos termos com que ela opera.

Conhecer esses termos significa conhecer um conjunto de princípios e de conceitos sobre


os quais repousa uma determinada ciência, certa teoria, um campo do saber. O uso da
terminologia científica dá maior rigor à exposição, pois evita as conotações e as
imprecisões dos termos da linguagem cotidiana.

Por outro lado, a definição dos termos depende do nível de público a que o livro se
destina. Um manual de introdução à física, destinado a alunos de primeiro grau, expõe um
conceito de cada vez e, por conseguinte, vai definindo paulatinamente os termos
específicos dessa ciência. Num livro de física para universitários não cabe a definição de
termos que os alunos já deveriam saber, pois senão quem escreve precisaria escrever
sobre tudo o que a ciência em que ele é especialista já estudou.

http://albertofedel.blogspot.com.br/2009/06/texto-didatico.html

Texto Enciclopédico.

O texto enciclopédico é um gênero discursivo que apresenta, de maneira organizada,


sistemática as informações básicas e necessárias para o entendimento de determinado
conteúdo do conhecimento humano. A finalidade desse gênero é registrar e difundir o
conhecimento acumulado, por meio de uma obra de referência( a enciclopédia) que pode
ser consultada por qualquer pessoa a qualquer momento se necessário.

https://professorleomiranda.wordpress.com/2014/02/10/texto-enciclopedico-como-fazer/