Sei sulla pagina 1di 3

Conceitos basicos da AC – Parte 3 – Reflexo Condicionado

Como prometido no texto sobre Reflexos Incondicionados, vamos prosseguir com a


explicação e exploração do tema Reflexo Condicionado na Analise do Comportamento
O Reflexo Condicionado foi descoberto quase que por um acidente, Pavlov percebeu
que o som dos seus passos foram pareados diversas vezes com um pedaço de carne
que era dado aos cães e após um curto espaço de tempo, mesmo que não se
apresentasse a comida, apenas com o som dos passos os cães começavam a salivar. O
pareamento entre um estimulo incondicionado ( comida ) e um estimulo neutro ( som
dos passos ) foi capaz de produzir uma resposta condicionada.

Pavlov quando notou que os cães respondiam salivando apenas com o som dos seus
passos, começou a fazer experiências. Na sua pesquisa, adotou o seguinte
procedimento : Antes de apresentar a comida, um estimulo sonoro era tocado, como
campainhas. Apos algumas vezes que esse estimulo neutro era apresentado antes da
comida, foi percebido que esse estimulo por si só já eliciaria o comportamento de
salivar.

A ilustração abaixo mostra o processo do Pareamento de um estimulo Neutro ( Sn )


com um estimulo Incondicionado ( Si ) que a principio elicia uma resposta
incondicionada ( Ri ) e no fim ela se transforma em uma resposta condicionada ( Rc )

Colocando o diagrama acima


no exemplo.
Na Etapa 1 do procedimento de Pavlov, podemos dizer que a Comida ( Si ) eliciava a
salivação ( Ri ). Na etapa 2, adicionamos um estimulo Neutro que no caso foi o som dos
passos do Pavlov ( Sn ) precedendo a apresentação da Comida, então percebemos que
houve um pareamento entre o som dos passos de Pavlov ( Sn ) com a apresentação da
Comida ( Si ). Na etapa 3, o som dos passos de Pavlov se tornou um estimulo
condicionado ( Sc ) e agora produzem uma resposta igualmente condicionada ( Rc ).

A partir disso, a comida não precisaria ser apresentada para que o som dos passos de
Pavlov eliciem o comportamento de Salivar.

Diferentemente do Reflexo incondicionado que é controlado filogeneticamente, o


reflexo condicionado é controlado Ontogeneticamente, pois é necessária uma história
prévia de pareamentos.

O Condicionamento Reflexo ou Pavloviano é muito comum na nossa vida. Agora com


esses novos conceitos, podemos responder as perguntas feitas no inicio do texto com
facilidade. A criança chora ao ouvir o barulho da maquina do dentista pois em sua
vivência, o som da maquina ( Estimulo Neutro ) era pareada com a dor ( estimulo
incondicionado ) que a mesma provocava. Em algumas sessões de tratamento com o
dentista, o som da maquina por sí só foi capaz de eliciar ansiedade, medo e todos os
respondentes que foram pareados no momento do uso da maquina.

Um exemplo bem interessante são os dos Esquimós da região do Alaska. Um reflexo


incondicionado característico a espécie humana é que quando sentimos dor intensa ou
quando estamos muito tristes, choramos. É um reflexo incondicionado comum ao
homem. Porem no Alaska o homem não pode chorar.

O reflexo incondicionado é alterado para o condicionado de não chorar, o estimulo


que leva ao choro produz uma outra resposta. Geralmente, quando sentem dor ou
quando estão muito tristes, os esquimós dão risada. Um reflexo incondicionado que se
transformou em condicionado ontogeneticamente.

O organismo deles foi modificado, pois o frio é tão intenso que quando se chora, as
lagrimas imediatamente se congelam e com isso ferem os olhos gravemente. Vejam, o
organismo se modificou alterando um reflexo incondicionado para que o organismo se
adaptasse ao ambiente. Aqueles que choram sofrem danos oculares, os que não
possuem mais essa resposta se mantem intactos.

Algumas leis são importantes quando falamos em Reflexo Condicionado. São elas :

1. Um estimulo Neutro só adquire poder de eliciar respostas incondicionadas se for


apresentado ao mesmo tempo do Estimulo Incondicionado
2. Quanto mais o estimulo neutro for pareado com o estimulo incondicionado, mais
poder de eliciar a resposta ele adquire.
3. Quanto menor o tempo de ocorrência entre um estímulo neutro e um
incondicionado, mais eficiente será o condicionamento.
4. Em alguns casos os fatores biológicos interferem na capacidade de um estimulo
neutro se tornar um estimulo condicionado.
Pavlov foi um marco dentro da Psicologia, pois foi através das suas idéias que outros
grandes nomes começaram, como o grande expoente do Behaviorismo Radical B. F.
Skinner. É interessante citar que Pavlov utilizou o termo “Reforçador” quando discorria
sobre o efeito do alimento no condicionamento de uma cachorro a salivar ao som de
uma campainha. O Alimento reforçava a conecção entre um estimulo neutro e a
salivação. ( Keller, F. S. 1969 ).

Os achados de Pavlov e as experiências de Condicionamento de reflexos foram muito


importantes para a Psicologia, pois a partir de todos esses conceitos que os autores
comportamentais puderam ampliar suas formas de entendimento do comportamento
humano.

Referencias : Keller, F. S. 1969; Aprendizagem : Teoria do Reforço. (pp 7-14).

Por : Marcelo C. Souza