Sei sulla pagina 1di 6

Adoração ao Santíssimo

Divina Misericórdia

7 de abril de 2018
Cântico entrada: Deus está aqui. Tão certo como o ar que respiro.
Tão certo como a manhã que se levanta.
Tão certo como este canto que podes ouvir.

Tu O podes sentir movendo-se por entre os ramos.


Tu O podes ouvir cantando connosco aqui.
Tu O podes levar quando por esta porta saíres.
Tu O podes guardar para sempre no teu coração.

Invocação

Graças e louvores se dêem a todo momento,


R: ao Santíssimo e Diviníssimo Sacramento (3x)

Meu Deus eu creio, adoro, espero e amo-Vos. Peço-Vos perdão, pelos que
não creem, não adoram, não esperam e não Vos amam.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Adoração

Catequista:
Oração à Misericórdia de Cristo

Senhor, dá-me olhos misericordiosos


para que meu olhar
possa ver a necessidade em cada lugar.
Senhor, dá-me uma boca silenciosa
para que só pronuncie
palavras de amor e de luz.
Senhor, dá-me um caminho humilde
para que meus pés caminhem
pela senda da simplicidade.
Senhor, dá-me ouvidos cristalinos
para que só ouçam
Tuas palavras em todo lugar.
Senhor, dá-me um coração puro
para que guarde a esperança
e, em Tua Divina Misericórdia,
alcance a redenção.
Senhor, dá-me mãos prodigiosas
para que só doem e sirvam
aos necessitados de Ti.
Amém.

(Breve momento de silêncio.)

Padre: Rezemos a Jesus:


Ó Jesus, nós Te agradecemos por ficares connosco no Pão da
Eucaristia. Tu, que és tão nosso amigo que queres ser para nós
alimento que nos dá força para a nossa vida, ajuda-nos a sermos
cada vez mais teus amigos de verdade, e a viver como Tu nos
ensinas. Tu que és Deus com o Pai, na unidade do Espírito
Santo.

Todos: Ámen.

Escuta da Palavra

Leitura do Evangelho de São João 20, 19-31.

Resposta à Palavra

Todos de pé.

Padre: Vamos rezar a Jesus, pedindo-lhe que aumente em nós a fé na


sua presença entre no Pão da Eucaristia, e cantamos:
Todos: Creio, Senhor, mas aumenta a minha fé

Criança: Jesus, Tu quando estavas com os teus discípulos na última ceia,


tomaste o Pão e disseste: «isto é o meu corpo que vai ser
entregue por vós». Ajuda-nos a entender que queres ser o
alimento para a nossa vida, e aumenta a nossa fé.

Todos: Creio, Senhor, mas aumenta a minha fé

Criança: Jesus, que entregaste o cálice aos discípulos dizendo: «Tomai


todos o bebei», ajuda-nos a perceber que sempre que
comungamos nos aproximamos mais de Ti e de todos os
cristãos, e aumenta a nossa fé.

Todos: Creio, Senhor, mas aumenta a minha fé

Criança: Jesus, que pediste aos discípulos que fizessem o mesmo que Tu
fizeste na última ceia, em Tua memória, ajuda-nos a
compreender cada vez mais que quando celebramos a Missa
estamos a fazer o que nos pediste que fizéssemos, e aumenta a
nossa fé.

Todos: Creio, Senhor, mas aumenta a minha fé

Padre: Senhor Jesus, aumenta sempre a nossa fé na Tua presença


entre nós, e que nos possamos alimentar de Ti na Eucaristia para
que te levemos connosco em todas as ações do nosso dia. Tu
que és Deus com o Pai na unidade do Espírito Santo.

Todos: Amén

Ritos Eucarísticos

Cântico Comunhão:
Tomo este pão e este vinho em memória do meu Salvador.
Tomo este pão e este vinho: são o corpo e o sangue do Senhor.
1. Tomando o pão que é o teu corpo / comungo a Igreja transcendente. /
Faz teu corpo eterna a minha alma / pela fé me salva para sempre.

2. Comendo teu corpo que foi trigo, / suado nas mãos do lavrador, / levo
tua força que alimenta, p’ra mudar o mundo com amor.

3. Bebendo o teu sangue deste cálice, / bebo o sangue da nova aliança, /


Tu que o derramaste pelos homens, / para remissão e esperança.

Após a Comunhão consagremo-nos a Divina Misericórdia.

Gesto final e saída das crianças

Catequista: É tão bom sabermos que Jesus gosta tanto de nós que fica
connosco no Pão da Eucaristia. Nós vamos ter um dia em que
somos convidados a agradecer a Jesus este presente
maravilhoso, é o dia do Corpo de Deus.
Mas sempre que celebramos a Missa podemos e devemos
agradecer a Jesus por querer ficar assim connosco.
Padre: Vamos terminar este momento de oração. E como gesto final,
que é também de compromisso com Jesus, dizendo-lhe que O
queremos adorar muitas vezes para sentir o abraço que Ele nos
quer dar. Cada um, antes de sair, vai dirigir-se ao centro da igreja
e, voltado para Jesus, fazer a genuflexão. Depois saímos
enquanto cantamos.

Cântico final: Quando Te encontro descanso,


Tu reconfortas minha alma.

Cristo Jesus és o guia,


o bom pastor que me conduz,
minha vida, minha luz. (ou outro)