Sei sulla pagina 1di 2

UEM/CTC/DEQ

DISCIPLINA: Operações Unitárias 1 - 218


ASSUNTO: Lista de Exercícios – Filtração
Baseada nos livros: McCabe & Smith 3a ou 4a Edição (Cap. 30), e Coulson & Richardson
vol.2, 4aEdição (Cap. 7)

1 – (McCabe,30-4) A lama do problema 30-3 deve ser filtrada em um filtro prensa que tem uma
área de 10 m2 e opera a uma queda de pressão constante de 2 atm. Os quadros são de 40 mm de
espessura. Assuma que a resistência do meio filtrante para o filtro em larga escala (prensa) é a
mesma obtida em laboratório. Calcule o tempo de filtração e o volume de filtrado obtido em um
ciclo.
Dados do problema 30-3: µ = 6,6*10-4 lb/(ft.s); densidade da torta seca = 73 lb/ft3; concentração da
lama = 10,9 lb/ft3 de filtrado; Rm = 2*1010 ft –1; α = 13,56*1010 ft/lb
No problema 30-3 encontrou-se:
∆P (lbf / ft2) α *10 –10 (ft /lb) Rm *10 –10 (ft –1)
720 8,05 1,97
2160 12,7 1,97
4320 13,6 1,97
7200 14,5 2,19

2 – (McCabe, 30-5) Assumindo que a taxa de lavagem real é 80 da taxa de lavagem teórica, quanto
tempo será necessário para lavar a torta do filtro prensa do problema 30-4, com um volume de água
de lavagem igual ao volume do filtrado? (dica: a taxa de lavagem teórica de um filtro prensa = ¼ da
taxa de filtração).

3 – (McCabe, 30-6) Um filtro a vácuo operando com queda de pressão de 0,7 atm deve ser usado
para tratar a lama do problema 30-3. O tambor do filtro deve ficar submergido 25%. Qual a área
total do filtro para que seja obtida a capacidade produtiva do filtro prensa descrito no exemplo 30-
4? (Assumir o tempo de ciclo desmontagem, montagem e limpeza = 12,4 min, tempo de filtração
com filtro prensa é calculado no problema 30-4, ou seja, 47,5 min).

4 – (McCabe, 30-7) A seguinte relação entre α e ∆P para CaCO3 super leve foi determinada:
[ ]
α = 8,8.1010 1 + 3,36.10 −4 (∆P )0,86 onde ∆P deve ser usado em (lbf/ft2) para obter α em (ft/lb). Esta
relação é válida nos intervalos de pressão variando de 0 a 1000 lbf/in2. Uma lama deste material
dando 3 lb de torta de sólidos por ft3 deve ser filtrada com queda de pressão de 80 lbf/in2 e a
temperatura de 70°F (µ = 6,6*10-4 lb/(ft.s)). Experimentos com esta lama de sólidos demonstraram
que Rm = 1,5*1010 ft-1. Um filtro de pressão do tipo tanque (descontínuo) deve ser usado. Qual a
área de filtração (ft2) deve ser necessária para produzir 1500 galões de filtrado em 1 hora?

5 – (Coulson, 7.4) Na filtração de uma certa lama, o período inicial da filtração se inicia com uma
taxa constante com uma bomba de alimentação na capacidade total, até a diferença de pressão
atingir 400 kN/m2. A pressão foi então mantida constante neste valor para o resto da filtração. A
taxa de operação constante requer 900 s e 1/3 do filtrado total é obtido neste período. Desprezando a
resistência do meio filtrante, determine:
(a) o tempo total de filtração e
(b) o ciclo de filtração com a bomba existente para uma capacidade máxima diária, se o tempo
para remoção da torta e montagem do filtro prensa é de 1200 s. A torta não é lavada.

6 – (Coulson, 7.14) Um filtro de tambor rotativo com área de 3 m2 opera com pressão interna de 70
kN/m2, abaixo da pressão atmosférica, e submergido 30% dentro da lama. Calcule a taxa de
produção de filtrado e a espessura da torta quando o tambor gira a 0,0083 Hz (0,5 rpm), se a torta
filtrante é incompressível e o meio filtrante tem resistência igual a 1mm de torta.
É desejado aumentar a taxa de filtração aumentando a velocidade de rotação do tambor. Se a
espessura de torta mais fina que pode ser removida do tambor é de 5mm, qual é a máxima taxa de
filtração que pode ser obtida e qual a velocidade de rotação do tambor?
Dados: porosidade da torta = 0,4; resistência específica da torta = 2*1012 m-1; ρsólidos = 2000 kg/m3;
ρfiltrado = 1000 kg/m3; µfiltrado = 10-3 N.s/m2; concentração da lama = 20% por massa de sólidos

7 – Foram obtidos os seguintes dados em filtro rotativo de laboratório de 2922 cm2 de superfície
filtrante, operando com um vácuo de 3,56 psi:
Rotação do (rpm) Vazão de filtrado (ft3/min)
0,0106 0,0166
0,0460 0,0323
0,1090 0,0403
0,3340 0,0585
0,5180 0,0659

Determinar a resistividade da torta e a resistência do meio filtrante.


Dados: % em peso de sólidos na suspensão = 4,69
Ângulo de imersão = 80°
Massa de torta / massa de torta seca = 2,25
Viscosidade do filtrado = 1,08 cP
Densidade do fluido = 1 g/cm3
Densidade das partículas sólidas = 3,2 g/cm3

8 – Os seguintes dados foram obtidos em duas experiências conduzidas em filtro rotativo:


Vazão de filtrado (gal/min) 450 550
Rotação (rpm) 0,25 0,50
Ângulo de imersão 90° 90°
Diâmetro do cilindro (ft) 6 6
3
Densidade da suspensão (g/cm ) 1,08 1,08
∆P (in Hg) 18 18

Determinar a vazão de filtrado para um ângulo de imersão de 120° e 0,6 rpm.

9 – Experiências conduzidas em filtro de laboratório com suspensão aquosa proveniente de uma


refinaria de açúcar levaram aos seguintes resultados para um mesmo volume de filtrado:
∆P (psi) Tempo de filtração (min) Tfiltrado (°°C)
30 200 20
90 130 30

A resistência do meio filtrante é desprezível, a resistividade da torta pode ser expressa por:
α = α 0 (∆P )n sendo α0 e n’ constantes. Estimar o tempo para filtrar 2V a 70 psi e 32°C.
'