Sei sulla pagina 1di 7

MILAGRES

"Há duas formas para viver a sua vida. Uma é acreditar que não existe milagre. A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre." (Albert Einstein)

Existe o milagre?

Quando acordamos e abrimos os nossos olhos

Cada respiração nossa

Cada passo que damos

Cada palavra que proferimos

Cada vez que termina um dia e podemos deitar para descansar

(milagres diários raramente reconhecidos)

MILAGRE

Fato que provoca surpresa, admiração.

Algo inusitado, extraordinário, incomum. Insólito, isolado, excepcional.

Se se repete, tem explicação.

ECLIPSE SOLAR Na China, acreditava-se que o apagamento gradual do sol era causado por um dragão que estava tentando devorar o sol, e era dever dos astrônomos da corte disparar flechas, bater tambores e levantar qualquer cacofonia que pudessem para assustar o dragão de distância.

ANHANGUERA Ao retornar do Araguaia, Bartolomeu Bueno da Silva encontrou-se com índios da tribo Goyá. Ao avistar as índias ricamente adornadas com chapas de ouro, colocou fogo em uma tigela e ordenou que os indígenas lhe indicassem a procedência do metal, ameaçando atear fogo nos rios e nas fontes. Daí, fora denominado Anhanguera (em tupi, añã'gwea, ou seja, diabo velho, alma velha)

Antigamente, havia muitas coisas consideradas como maravilhosas ou

sobrenaturais. Algumas delas nem eram fatos reais, mas apenas crendices ou superstições sem fundamento. REVISTA ESPÍRITA, setembro de 1860, “O Maravilhoso e o Sobrenatural”:

“(

pois, o maravilhoso, segundo vós? - O que é sobrenatural. Que entendeis por sobrenatural? O que contraria as leis da Natureza. - Conheceis, pois, de tal modo essas leis que vos é possível assinalar um limite ao poder de Deus?”

)

porque em todos os tempos o homem amou o maravilhoso. - O que é,

MARAVILHOSO

avança

SOBRENATURAL

diminui

------------------------

NATURAL

Ciência avança, tecnologia

Crença no sobrenatural

Eletricidade Luz Telefone Televisão Computador / Tablet Carro Micro-ondas Remédios / Vacinas / Antibióticos

Impressora a laser (Gutemberg Tomografia computadorizada Google Earth GPS Videochamada Botão: ouvir sinfonia (disco, orquestra) Pilha recarregável Rádio (e gravação)

)

pequeno milagre altera

-

- - - - - - - - - - - - (*)

-

- -

-

-

|

-

|

- -

- - -

- -

- - -

- - - - - - - - - > realidade

geração marcada ---------

|

| --------- geração “normal”

ANTIGO TESTAMENTO As narrativas contêm fatos que, se fossem verdadeiros, seriam verdadeiramente prodigiosos e maravilhosos.

Alguns milagres do Antigo Testamento

● Confusão de línguas (Gênesis 11:1-9)

● Destruição de Sodoma e Gomorra (Gênesis 19:22-24)

● As 10 pragas do Egito (Êxodo 7:20-25; 8:1-32; 9:1-35; 10:1-29; 11:1-10; 12:1-29)

● Abertura do Mar Vermelho (Êxodo 14:21-28)

● Maná caindo do céu (Êxodo 16:13-14)

● A jumenta de Balaão (Números 22:28)

● Queda das muralhas de Jericó (Josué 6:20)

● A força de Sansão (Juízes 14:1-20; 15:1-20; 16:1-31)

● Jonas livrado do grande peixe (Jonas 2:1-10)

● Daniel na cova dos leões (Daniel 6:4:24)

Só utilizando os métodos da Ciência oficial:

● FANTASIA

● IMAGINAÇÃO

● ILUSÃO

● ALUCINAÇÃO

E sobre outras manifestações?

● Curas (nas proximidades ou à distância)

● Telecinese (cadeiras flutuando, copos dançando)

● Aparições

● Materializações

● Dupla vista

À época de Jesus, os milagres foram feitos para despertar as almas para a

crença em Deus e nos espíritos, e eles abririam brechas nos corações a fim de o Evangelho penetrar: sonhos, visões, curas, aparições, possessões e outros fenômenos.

● Acalmando a tempestade

● Curas: cegos, surdos-mudos, leprosos, paralíticos…

● Expulsão de demônios

● Caminhando sobre as águas

● Multiplicação: pães, peixes

● Transfiguração

● Transformação de água em vinho

● Pesca milagrosa

O Cristo, pela sua natureza superior, é um espírito que, por suas virtudes, encontra-se em nível intelectual, moral e espiritual muitíssimo acima da humanidade terrestre. "Jesus fez também muitas outras coisas. Se cada uma delas fosse escrita, penso que nem mesmo no mundo inteiro haveria espaço suficiente para os livros que seriam escritos". (João 21:25)

“Em verdade, em verdade vos digo: Aquele que crê em mim, esse também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas…” (João 14:12)

Milagres dos apóstolos

Cegueira de Elimas

Curas

Expulsão de demônios

Falar em línguas

Libertação da prisão

RELIGIÃO

O milagre tem participação divina (nas pessoas, na natureza)

O milagre é uma alteração súbita (fora do comum) das leis naturais, na qual Deus manifesta seu poder

Tem que ser um acontecimento inexplicável

Tem que ser um acontecimento impossível de ser explicado

Não pode ser questionado

Deve ser acreditado por meio da fé

Foram fecundos em milagres os séculos de ignorância, porque se considerava sobrenatural tudo aquilo cuja causa não se conhecia. À proporção que a Ciência revelou novas leis, o círculo do maravilhoso se foi restringindo; mas, como a Ciência ainda não explorara todo o vasto campo da Natureza, larga parte dele ficou reservada para o maravilhoso.

ESPIRITISMO

● Existência dos Espíritos e no Plano Espiritual

● Ação sobre os fluidos e sobre a matéria

DEUS FAZ MILAGRES?

Deus faz milagres? Em princípio, até poderia fazer, se verdadeiramente acreditarmos que para Ele tudo é possível.

E

por que faria, se Ele mesmo criou leis perfeitas? O fato é que tudo o

que é perfeito não carece de modificação ou de aperfeiçoamento, pois

tudo nele já está previsto e providenciado, sem nada a corrigir nem improvisar!

A GÊNESE XIII item 15 “Quanto aos milagres propriamente ditos, Deus, visto que nada lhe é impossível, pode fazê-los. Mas fá-los? Ou, por outras palavras; derroga as leis que dele próprio emanaram? Não cabe ao homem prejulgar os atos da Divindade, nem os subordinar à fraqueza do seu entendimento. Contudo, em face das coisas divinas, temos, para critério do nosso juízo, os atributos mesmos de Deus. Ao poder soberano reúne ele a soberana sabedoria, donde se deve concluir que não faz coisa alguma inútil.”

DENIS, LÉON. Cristianismo e Espiritismo. Cap. 5. “O milagre é uma postergação das leis eternas fixadas por Deus, obras que são da Sua vontade, e seria pouco digno da Suprema Potência exorbitar da Sua própria natureza e variar em Seus decretos.”

A explicação espírita para os milagres defende que, na maneira de agir de Deus, não existe o regime de exceção e de privilégios, nem de exclusão ou de derrogação de Suas leis. Os milagres desaparecem na proporção exata do avanço do conhecimento científico dos processos da natureza. Dentre os seus fundamentos que explicam as diversas curas operadas por

Jesus, e por seus discípulos, está o conceito de fluidos(por exemplo, o fluido magnéticoou princípio vital, tratado no capítulo IV de “O Livro dos Espíritos”).

● O princípio vitalé o agente especial ou substância ativa, derivada do fluido cósmico, que dá vida aos seres orgânicos que então o absorvem

e assimilam, e que após a morte do ser orgânico retorna a massa

primordial.

● Quanto à qualidade, o fluido vital é modificado segundo cada espécie.

● Quanto à quantidade, ele não é constante no mesmo indivíduo, pois depende de diversas circunstâncias, podendo a mesma pessoa ter maior ou menor vitalidade, e, também, não é constante nos vários indivíduos de uma mesma espécie, uma vez que alguns estão saturados do fluido vital, enquanto outros o possuem apenas em quantidade suficiente.

● Disso resulta que vemos pessoas que são mais ativas, mais vivazes, enquanto outras são debilitadas e sem ânimo. A quantidade de fluido

vital pode se esgotar e se tomar incapaz de manter a vida orgânica, se não for constantemente renovado, absorvido e assimilado.

● Vemos, assim, que o ser orgânico não possui uma quantidade de vitalidade estanque, fixa, que recebe no ato de sua concepção, mas, ele deve buscar nutrir-se do princípio vital por toda a vida.

● Conforme nos orienta Kardec em “A Gênese”, a ação magnética é produzida de diversas formas:

○ 1º “Pelo próprio fluido do magnetizador; é o magnetismo propriamente dito, ou magnetismo humano, cuja ação está subordinada a potência e sobretudo à qualidade do fluido;”

○ 2º “Pelofluido dos Espíritosagindo diretamente e sem intermediário sobre um encarnado, seja para o curar ou abrandar um sofrimento, seja para provocar o adormecimento sonambúlico espontâneo, seja para exercer sobre o indivíduo uma influência física ou moral qualquer. É o magnetismo espiritual, cuja qualidade está na razão das qualidades do Espírito;”

○ 3º “Pelo fluido que os Espíritos derramam sobre o magnetizador e ao qual este serve de condutor.É o magnetismo misto, semi espiritual, ou, se o preferir; humano-espiritual. O fluido espiritual combinado com o fluido humano fornece a este último as qualidades que lhe faltam. A participação dos Espíritos, em semelhante circunstância, é às vezes espontânea, porém mais freqüentemente é provocada pela invocação do magnetizador.” (GE XIV, item 33).

● O processo de cura, por todos os mecanismos acima expostos, pode ser sintetizado, nas palavras de Kardec, em: “a troca de uma molécula malsã por uma molécula sã."

● Outro fator imprescindível para que ocorra a cura é a fé. A fé é uma convicção íntima, é uma crença em algo invisível, é a confiança plena num resultado futuro que será gerado por determinada conduta.

● Nas palavras do grande escritor russo Tolstoi, a fé é a força da vida. Especialmente em relação ao processo de cura, a fé exerce uma forte atração dos fluidos curadores, permitindo sua ação de uma forma mais plena.

● A fé, devemos ainda acrescentar, é uma conquista do Espírito, pois a medida que busca o aprendizado da Lei Divina, e se submete a vontade do Pai, fortalece-se e é fortalecido.

OS MILAGRES DO EVANGELHO (A GÊNESE XV)

● Sonhos [item 3]

● Estrela dos Magos [item 4]

● Entrada de Jesus em Jerusalém [item 5]

● Beijo de Judas [item 6]

● Pesca milagrosa [item 7]

● Vocação de Pedro, André, Tiago, João e Mateus [itens 8 e 9]

● Mulher com hemorragia [itens 10 e 11]

● Cego de Betsaida [itens 12 e 13]

● Paralítico [itens 14 e 15]

● Os dez leprosos [itens 16 e 17]

● Mão seca [item 18]

● Mulher curvada [itens 19 e 20]

● Paralítico da piscina em Betesda [itens 21 a 23]

● Cego de nascença [itens 24 a 25]

● Outras curas [itens 26 a 28]

● Possessos [itens 29 a 36]

● A filha de Jairo [item 37]

● O filho da viúva de Naim [itens 38 a 40]

● Jesus caminha sobre as águas [itens 41 e 42]

● Transfiguração [itens 43 a 44]

● Tempestade aplacada [itens 45 e 46]

● Bodas de Caná [item 47]

● Multiplicação dos pães [item 48]

● Aparições de Jesus [itens 56 a 63]

● Desaparecimento do corpo de Jesus [itens 64 a 67]