Sei sulla pagina 1di 18

29/04/2018 Exercício de Fixação 3 (E3)

Políticas Públicas e Legislação Educacional


Painel / Minhas disciplinas / Políticas Públicas e Legislação Educacional / Exercício de Fixação 3
/ Exercício de Fixação 3 (E3)

Atividade anterior Próxima atividade

Iniciado em
domingo, 29 Abr 2018, 18:52

Estado
Finalizada

Concluída em
domingo, 29 Abr 2018, 19:35

Nota
8,00 de um máximo de 10,00(80%)

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 1/18
29/04/2018 Exercício de Fixação 3 (E3)

Questão 1

Correto

Com a Constituição de 1934, no seu Artigo 156, foi de nido a contribuição da


União, Estados, Municípios e Distrito Federal, a saber:

Escolha uma:

a. União e Municípios com o mínimo de 20% - Estados e Distrito Federal


com o mínimo de 10%.

b. União e Municípios com o mínimo de 10% - Estados e Distrito Federal


com o mínimo de 20%.
 A Proclamação da República e a Constituição Liberal em 1891 conferiram mais
à família, que ao Estado os compromissos com a Educação. Na Constituição de
1934, (Art. 156) foi estabelecido que a União e os municípios nunca poderiam
destinar menos de 10%, e os Estados e o Distrito Federal, nunca menos que 20% da
renda resultante dos impostos na manutenção e desenvolvimento dos sistemas
educativos.

c. União, Estados, Distrito Federal e Municípios com o mínimo de 10%.

d. União, Estados, Distrito Federal e Municípios com o mínimo de 20%.

e. União e Municípios com o mínimo de 25% - Estados e Distrito Federal


com o mínimo de 25%.

A resposta correta é: União e Municípios com o mínimo de 10% - Estados e


Distrito Federal com o mínimo de 20%..

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 2/18
29/04/2018 Exercício de Fixação 3 (E3)

Questão 2

Correto

A Lei 9.424/96, que regulamenta o Fundef, fundo este que tem em seu nome
o compromisso com a valorização do magistério, pouco avança também da
de nição dos parâmetros que permitiriam uma atuação mais adequada por
parte dos pro ssionais e garantiriam, assim, a melhoria da qualidade de
ensino. Como a LDB, esta lei delega a tarefa para a legislação dos sistemas
de ensino ao de nir seus respectivos planos de carreira e remuneração do
magistério, a rmando apenas que estes planos deverão assegurar:
remuneração condigna para os professores em efetivo exercício no
magistério; estímulo ao trabalho em sala de aula; a melhoria da qualidade
de ensino. O Artigo 9ª da Lei n. 9.424/96 estabelece:

I. Nos dez primeiros anos da promulgação desta emenda, os estados, o


Distrito Federal e os municípios destinarão não menos de 60 por cento dos
recursos que se referem ao caput do Art. 212 à manutenção e ao
desenvolvimento do ensino fundamental, com o objetivo de assegurar a
universalização de seu atendimento e a remuneração condigna do
magistério;

II. Aos professores leigos é assegurado o prazo de cinco anos para obtenção
da habilitação necessária às atividades docentes;

III. A habilitação é a condição para o ingresso no quadro permanente da


carreira conforme os novos planos de carreira e remuneração;

IV. A remuneração média dos docentes de cada estado será proporcional


aos recursos disponíveis constitucionalmente para a educação, arrecadados
ou transferidos para os estados e seus municípios, divididos pelas matrículas
na educação básica pública no ano anterior;

V. Os novos planos, carreiras e remuneração do magistério deverão


contemplar investimentos na capacitação dos professores leigos, os quais
passarão a integrar quadro em extinção, com duração de cinco anos.

É correto apenas o que se a rma em:

Escolha uma:

a. I, II e III;

b. I, III e V;

c. I, IV e V.
https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 3/18
29/04/2018 Exercício de Fixação 3 (E3)
d. II, III e V;
 O Artigo 9ª da Lei n. 9.424/96, nos parágrafos primeiro, segundo e terceiro,
estabelece: 1º Os novos planos, carreiras e remuneração do magistério deverão
contemplar investimentos na capacitação dos professores leigos, os quais passarão
a integrar quadro em extinção, com duração de cinco anos. Vejamos os parágrafos
2º Aos professores leigos é assegurado o prazo de cinco anos para obtenção da
habilitação necessária às atividades docentes e 3º A habilitação é a condição para o
ingresso no quadro permanente da carreira conforme os novos planos de carreira e
remuneração.

e. I, II e IV;

A resposta correta é: II, III e V;.

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 4/18
29/04/2018 Exercício de Fixação 3 (E3)

Questão 3

Incorreto

A Constituição de 1946 retomou a vinculação dos impostos e determinou


que os Estados e Municípios investissem 20% para a manutenção e
desenvolvimento do ensino. Nesse contexto, a União reforçou sua
participação no nanciamento da educação básica e ampliou os repasses de
impostos para o Fundo de Participação dos Estados (FPE) e Fundo de
Participação dos Municípios (FPM). Isso aconteceu até o nal da década de
50 do século XX e as escolas públicas eram de qualidade, mas excludentes.
Diante dessa temática, assinale a alternativa que apresenta um aspecto
excludente a respeito das escolas públicas:

Escolha uma:

a. A evasão escolar aumentou muito.


 As escolas eram de qualidade, mas excludentes, não eram disponibilizadas
para os habitantes da zona rural e nem para a população mais pobre.

b. A merenda escolar era de péssima qualidade.

c. Não havia escolas para a zona rural e nem para a população mais pobre.

d. As salas de aula eram extremamente lotadas e sem carteiras.

e. Os estudantes não aprendiam.

A resposta correta é: Não havia escolas para a zona rural e nem para a população
mais pobre..

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 5/18
29/04/2018 Exercício de Fixação 3 (E3)

Questão 4

Correto

Com base nos termos apresentados, observe as alternativas abaixo e


assinale aquela que melhor completa o texto:
A história do nanciamento da Educação no Brasil existe desde que iniciou o
processo de educação, na ocasião, chamado de instrução. Essa história
começa em 1549, apesar de a chegada dos primeiros portugueses no Brasil
ter ocorrido em 1500, quando os Jesuítas aqui chegaram com o primeiro
governo Geral de Tomé de Souza. O governador fora enviado para organizar
o início da ocupação do território brasileiro que passou a ser explorado por
outros europeus. Na ocasião, o rei de Portugal, D. João III, fez um acordo
com os Jesuítas, doando-lhes ____________e_____________ para a construção de
colégios. Os Jesuítas deveriam catequizar e instruir os índios de acordo com
o interesse do Reino de Portugal, e da Igreja Católica. As despesas de
manutenção seriam dos Jesuítas.

Escolha uma:

a. As madeiras e as pedras.

b. As terras e os equipamentos.
 De acordo com Sampaio (2009), o Rei de Portugal, D. João lll, propôs nanciar a
educação na Colônia com a doação de terras para a construção de colégios e
recursos para equipá-los, deixando os gastos com o custeio sob responsabilidade
da Igreja.

c. As empreiteiras e a mão de obra.

d. Mão de obra e a terra.

e. As pedras e as vigas.

A resposta correta é: As terras e os equipamentos..

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 6/18
29/04/2018 Exercício de Fixação 3 (E3)

Questão 5

Incorreto

A União deve investir 18%, e os estados, municípios e Distrito Federal, 25%


das receitas resultantes de impostos em MDE. Entretanto, isso não signi ca
que toda a receita bruta dos orçamentos dos entes federados seja aplicada
em educação. O orçamento global do país é composto por impostos, taxas,
outras contribuições, além de empréstimos compulsórios, doações, legados
e outras eventuais despesas e os gastos com MDE são exclusivamente
oriundos somente dos impostos e da contribuição do salário-educação. A
Constituição Federal de 1988 estabeleceu um sistema de nanciamento para
a educação escolar considerando as três esferas da federação, assim, há
impostos federais, estaduais e municipais. Uma parcela dos impostos da
União retorna aos estados e municípios. Além dos impostos, existem três
transferências da União para os Estados. Quais seriam essas três
transferências?

I. Imposto de Renda Retido na Fonte dos Servidores Estaduais (IRRF)

II. Fundo de Participação dos Estados, “cujo papel é selar o pacto federativo,
viabilizando o funcionamento dos estados com economias menos
desenvolvidas”;

III. Receita de compensação pela desoneração do ICMS dos produtos


exportados pelo Estado, conhecida como Lei Kandir – Lei Complementar n.
87;

IV. IPI/exportação;

V. Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCM).

É correto apenas o que se a rma em:

Escolha uma:

a. II, IV e V.

b. II, III e IV;

c. I, II, III e IV;

d. I, III, IV e V;
 As três transferências da União para os estado são: a mais importante é o
Fundo de Participação dos Estados, “cujo papel é selar o pacto federativo
viabilizando o funcionamento dos estados com economias menos desenvolvidas”; a

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 7/18
29/04/2018 receita de compensação pela desoneração do
Exercício deICMS
Fixaçãodos produtos exportados pelo
3 (E3)

Estado, conhecida como Lei Kandir – Lei Complementar n. 87 e o IPI/exportação.

e. I, II e V;

A resposta correta é: II, III e IV;.

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 8/18
29/04/2018 Exercício de Fixação 3 (E3)

Questão 6

Correto

O salário-educação foi criado em 1964, pela Lei n. 4.440, primeiramente


como fonte de recurso para o ensino primário e, em seguida, para o ensino
de 1º grau. Essa fonte de nanciamento foi incorporada aos textos da
Constituição de 1967 e na Lei n. 5.692/71. Nessa última, o Artigo 48 cou
assim redigido: “O salário-educação [...] será devido por todas as empresas e
demais entidades públicas ou privadas vinculadas à previdência social,
ressalvadas as exceções previstas em legislação especí ca.” Sobre o salário
educação é correto a rmar que:

I. A partir da aprovação da emenda 15/96, e posterior regulamentação pelo


artigo 16 da Lei 9.424/96, o salário-educação destina-se unicamente ao
ensino fundamental e médio públicos;

II. O Art. 212 da Constituição Federal de 1988, em seu parágrafo 5º,


estabelece que “o ensino fundamental público terá como fonte adicional de
nanciamento a contribuição do salário-educação, recolhida na forma da lei,
pelas empresas, que dela poderão deduzir a aplicação realizada de seus
empregadores e dependentes”;

III. Desde o estabelecimento do salário-educação, a divisão entre a União e


os estados buscava compensar as diferenças regionais;

IV. O salário-educação destina-se unicamente ao ensino fundamental


público, correspondendo a uma contribuição de 2,5% sobre o total da folha
de contribuição das empresas;

V. O salário-educação é uma contribuição ainda mais importante para a


educação, pois proíbe que a União a use como complementação dos
Fundos.

É correto apenas o que se a rma em:

Escolha uma:

a. II, IV e V.

b. I, III, IV e V;

c. I, II e V;

d. II, III, IV e V;
 Sobre o salario-educação o Art. 212 da Constituição Federal de 1988, em seu
5º, estabelece que “o ensino fundamental público terá como fonte adicional de
https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 9/18
29/04/2018 nanciamento a contribuição do salário-educação, recolhida
Exercício de Fixação 3 (E3) na forma da lei, pelas
empresas, que dela poderão deduzir a aplicação realizada de seus empregadores e
dependentes.” Desde o estabelecimento do salário-educação, a divisão entre a
União e os estados buscava compensar as diferenças regionais. O salário-educação
destina-se unicamente ao ensino fundamental público, correspondendo a uma
contribuição de 2,5% sobre o total da folha de contribuição das empresas. O salário-
educação é uma contribuição ainda mais importante para a educação, pois proíbe
que a União a use como complementação dos Fundos.

e. I, III e IV;

A resposta correta é: II, III, IV e V;.

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 10/18
29/04/2018 Exercício de Fixação 3 (E3)

Questão 7

Correto

Os princípios que nortearam a elaboração do Parecer n. 02/97 da Câmara de


Educação Básica (CEB) do CNE resgataram e organizaram o que havia sido
construído pelo Fórum Permanente de Valorização do Magistério e
Qualidade da Educação Básica, em torno de três eixos básicos: os preceitos
constitucionais relacionados à valorização dos pro ssionais da educação; a
educação como direito social; os princípios para a carreira, baseados na
valorização e quali cação pro ssional. O CNE aponta uma carga de 40 horas
semanais, das quais 30 devem ser em horas-aula e 10 em horas-atividade.
Nesse sentido, o Parecer n. 02/97 traduz a preocupação com a
pro ssionalização e a dedicação exclusiva do professor, evitando as jornadas
de 20 horas, que favorecem o trabalho em escolas ou sistemas de ensino
diferentes (BRASIL, 1997a). O inciso XIV do Artigo 2º do Parecer n. 02/97
estabelece que os Planos de Remuneração do Magistério Público da
Educação Básica, no que se refere à xação da remuneração, devem
organizar-se de forma que:

I. O vencimento inicial da carreira para a jornada de 40 horas semanais do


professor habilitado em nível médio nunca será inferior ao Piso Salarial
Pro ssional Nacional (PSPN), a ser xado por lei federal a cada ano,
guardada a proporcionalidade de valores para jornadas menores;

II. A valorização progressiva do Piso Salarial Pro ssional Nacional e das


remunerações médias estaduais terá como parâmetro o “custo-aluno-
qualidade”, a ser de nido no Plano Nacional de Educação;

III. Ficam proibidas incorporações aos vencimentos e proventos de


aposentadoria de quaisquer grati cações por função, dentro ou fora do
sistema de ensino;

IV. A remuneração média dos docentes de cada estado será proporcional


aos recursos disponíveis constitucionalmente para a educação, arrecadados
ou transferidos para os estados e seus municípios, divididos pelas matrículas
na educação básica pública no ano anterior;

V. A remuneração dos docentes contemplará níveis de titulação e não


ultrapassará de 50% a diferença entre os formados em ensino médio e os
com licenciatura plena; será garantida grati cação por titulação, em valor
idêntico ao da categoria com licenciatura plena, ao professor que provar,
junto ao sistema de ensino, sua habilitação em nível superior.

É correto apenas o que se a rma em:


https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 11/18
29/04/2018 Escolha uma: Exercício de Fixação 3 (E3)

a. Todas são verdadeiras.


 O vencimento inicial da carreira para a jornada de 40 horas semanais do
professor habilitado em nível médio nunca será inferior ao Piso Salarial Pro ssional
Nacional (PSPN), a ser xado por lei federal a cada ano, guardada a
proporcionalidade de valores para jornadas menores. A valorização progressiva do
Piso Salarial Pro ssional Nacional e das remunerações médias estaduais terá como
parâmetro o “custo-aluno-qualidade” a ser de nido no Plano Nacional de Educação.
Ficam proibidas incorporações aos vencimentos e proventos de aposentadoria, de
quaisquer grati cações por função, dentro ou fora do sistema de ensino. A
remuneração média dos docentes de cada estado será proporcional aos recursos
disponíveis constitucionalmente para a educação, arrecadados ou transferidos para
os estados e seus municípios, divididos pelas matrículas na educação básica pública
no ano anterior. A remuneração dos docentes contemplará níveis de titulação e não
ultrapassará de 50% a diferença entre os formados em ensino médio e os com
licenciatura plena. Será garantida grati cação por titulação, em valor idêntico ao da
categoria com licenciatura plena, ao professor que provar, junto ao sistema de
ensino, sua habilitação em nível superior.

b. I, II, V e IV;

c. III, IV e V

d. I, II, III e V;

e. I, III e V;

A resposta correta é: Todas são verdadeiras..

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 12/18
29/04/2018 Exercício de Fixação 3 (E3)

Questão 8

Correto

Em 2006, novamente houve alteração na política educacional brasileira. Foi a


criação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e
de Valorização do Magistério (Fundeb), em substituição ao Fundef, por meio
da Emenda Constitucional n. 53, que altera o Art. 206 da Constituição Federal
de 1988. A Emenda Constitucional n. 53, que regulamenta o Fundeb, foi
aprovada em dezembro de 2006, e somente em 16 de julho de 2008 foi
sancionada pelo Presidente da República a Lei n. 11.738, que regulamenta a
alínea “e” do inciso III do caput do Artigo 60 do Ato das Disposições
Constitucionais Transitórias, para instituir o PSPN para os pro ssionais do
magistério público da educação básica. Em 2007, o Governo Federal
apresentou à sociedade o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) por
meio do Decreto n. 6.094/2007, que dispõe sobre a implementação do Plano
de Metas e Compromisso de Todos pela Educação (BRASIL, 2007a). Para os
pro ssionais do magistério, ganha destaque a formação e o PSPN,
entretanto, cresce a concepção meritória para as políticas educacionais do
Ministério da Educação. Com as alterações na política educacional que
aconteceram por meio da instituição do Fundeb e da sanção da Lei do Piso
Salarial Pro ssional Nacional, as diretrizes para a carreira e remuneração
docente expostas na Resolução n. 03/97 tornaram-se extemporâneas,
havendo a necessidade da elaboração de novas diretrizes. Assim, por meio
do Parecer CNE/CEB n. 09/2009 e da Resolução CNE/CEB n. 02/2009 foram
xadas as novas diretrizes para os planos de carreira e remuneração do
magistério público nos estados, municípios e Distrito Federal. Sobre esta
contextualização, é correto a rmar que:

I. Segundo a Lei n. 11.839/2007, nenhum professor poderá receber menos


que o valor do piso de nido pelo Ministério da Educação e pelos Municípios,
em conformidade com a lei do Fundef;

II. As novas diretrizes apresentam importantes lacunas ao não


estabelecerem número de alunos por turma/sala de aula, não rea rmarem
um terço da jornada para a hora-atividade e ao deixarem a critério dos
sistemas de ensino incluir ou não os demais trabalhadores da educação
infantil nos planos de carreira do magistério;

III. Em relação à remuneração, refere-se à Lei do Piso Salarial Pro ssional


Nacional, assegurando que os vencimentos ou salários iniciais nunca
poderão ser inferiores aos valores correspondentes ao Piso Salarial
Pro ssional Nacional;
https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 13/18
29/04/2018
IV. A Resolução CNE/CEB n. 02/2009,Exercício
no seu Art. 4º, de ne que as “esferas da
de Fixação 3 (E3)

administração pública que oferecem alguma etapa da educação básica, em


quaisquer de suas modalidades, devem instituir planos de carreira para
todos os seus pro ssionais do magistério, e, eventualmente, aos demais
pro ssionais da educação”;

V. As progressões salariais na carreira devem se dar mediante incentivos que


contemplem titulação, experiência, desempenho, atualização e
aperfeiçoamento pro ssional.

É correto apenas o que se a rma em:

Escolha uma:

a. I, II e V;

b. II, III, IV e V;
 As novas diretrizes apresentam importantes lacunas ao não estabelecerem
número de alunos por turma/sala de aula, não rea rmarem um terço da jornada
para a hora-atividade e ao deixarem a critério dos sistemas de ensino incluir ou não
os demais trabalhadores da educação infantil nos planos de carreira do magistério.
Em relação à remuneração, refere-se à Lei do Piso Salarial Pro ssional Nacional,
assegurando que os vencimentos ou salários iniciais nunca poderão ser inferiores
aos valores correspondentes ao Piso Salarial Pro ssional Nacional. A Resolução
CNE/CEB n. 02/2009, no seu Art. 4º, de ne que as “esferas da administração pública
que oferecem alguma etapa da educação básica, em quaisquer de suas
modalidades, devem instituir planos de carreira para todos os seus pro ssionais do
magistério, e, eventualmente, aos demais pro ssionais da educação”. As
progressões salariais na carreira devem se dar mediante incentivos que
contemplem titulação, experiência, desempenho, atualização e aperfeiçoamento
pro ssional.

c. I, II, III e V;

d. I, II, V e IV;

e. III, IV e V.

A resposta correta é: II, III, IV e V;.

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 14/18
29/04/2018 Exercício de Fixação 3 (E3)

Questão 9

Correto

O Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental


e Valorização do Magistério) foi instituído pela Emenda Constitucional n. 14,
de 12 de setembro 1996. Tal Emenda propôs nova redação ao Art. 60 do Ato
das Disposições Constitucionais Transitórias. O fundo tinha âmbito estadual,
ou seja, não havia transferência de recursos de um estado para outro, sua
natureza era contábil e previa uma duração de dez anos, até 31 de
dezembro de 2006. Em 24 de dezembro de 1996 foi sancionada a Lei n.
9.424, que regulamenta o fundo. A própria Lei de niu, no seu Artigo 1º, que
seria implantada automaticamente a partir de 1º de janeiro de 1998. Com o
Fundef, uma parcela dos recursos provenientes de impostos já destinados à
educação passou a compor um Fundo no estado de origem que deveria ser
aplicado no ensino fundamental. Quais são as principais características da
proposta desse plano (Fundef)?

Dependência dos recursos da diferença de custo por aluno, segundo os


níveis de ensino e tipo de estabelecimento e existência de conta única e
especí ca para os recursos do Fundef, possibilitando melhor
acompanhamento dos recursos destinados à educação;

Instituição do controle social para acompanhamento de cada Fundo com a


criação dos Conselhos de Acompanhamento e Controle Social do Fundef e
distribuição dos recursos na proporção das matrículas de 1º a 9º ano do
ensino fundamental regular de cada rede e o ensino médio;

Aplicação, por parte da União, de, no mínimo, 30% (trinta por cento) da parte
que lhe cabe, na erradicação do analfabetismo e em manutenção e
desenvolvimento do ensino fundamental e vigência de dez anos (01/01/1997
a 31/12/2006);

Prazo de 5 anos para que a União, os estados, o Distrito Federal e os


municípios garantissem um valor de contribuição ao Fundo para assegurar
um padrão mínimo de qualidade de ensino e fundo estadual de natureza
contábil;

Complementação da União, em cada estado e Distrito Federal, quando o


segundo não alcançar o valor de nido pelo estado e mínimo de 40%
(quarenta por cento) de cada Fundo destinado ao pagamento de professores
do ensino fundamental em efetivo exercício no magistério e no ensino
médio e máximo de 30% (trinta por cento) em MDE.

A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.


https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 15/18
29/04/2018 Escolha uma: Exercício de Fixação 3 (E3)

a. As cinco asserções são proposições verdadeiras;

b. A primeira e a quinta asserção são proposições falsas, a segunda é


verdadeira e a quarta é uma justi cativa da segunda;

c. A segunda asserção é uma proposição falsa, e a quarta é uma proposição


verdadeira;

d. A primeira e a terceira asserção são proposições verdadeiras, e a quarta


é uma justi cativa da primeira;
 As principais características do Fundef são: dependência dos recursos da
diferença de custo por aluno, segundo os níveis de ensino e tipo de
estabelecimento e existência de conta única e especí ca para os recursos do
Fundef, possibilitando melhor acompanhamento dos recursos destinados à
educação. Aplicação, por parte da União, de, no mínimo, 30% (trinta por cento) da
parte que lhe cabe, na erradicação do analfabetismo e em manutenção e
desenvolvimento do ensino fundamental e vigência de dez anos (01/01/1997 a
31/12/2006). Prazo de 5 anos para que a União, os estados, o Distrito Federal e os
municípios garantissem um valor de contribuição ao Fundo para assegurar um
padrão mínimo de qualidade de ensino e fundo estadual de natureza contábil.

e. A terceira proposição é falsa e a segunda é uma justi cativa da primeira.

A resposta correta é: A primeira e a terceira asserção são proposições


verdadeiras, e a quarta é uma justi cativa da primeira;.

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 16/18
29/04/2018 Exercício de Fixação 3 (E3)

Questão 10

Correto

O Brasil não possui um sistema nacional de educação articulado, dessa


forma, prevalecem as di culdades de planejamento, elaboração e
implementação de políticas para a educação que possam vigorar articuladas
em todo o território nacional. O Brasil, historicamente, apresentava uma
educação dualista e excludente, sem romper com essa marca histórica nas
primeiras décadas da República, a educação passa a ser um problema
nacional considerável. O ponto inicial para a constituição de uma “ideia” de
plano nacional para a educação foi elaborado a partir do Manifesto dos
Pioneiros da Educação Nova. Elaborado em 1932, esse manifesto
demonstrava a preocupação de um grupo de 25 intelectuais, que
apresentara ao governo brasileiro e à sociedade uma proposta de educação
nacional: “O documento teve grande repercussão e motivou uma campanha
que resultou na inclusão de um artigo especí co na Constituição Brasileira
de 16 de julho de 1934 sobre a Educação.” A Constituição de 1934 a rmaria,
ainda, que o PNE deveria constar em lei federal, além de ter como princípio
as seguintes normas:

Tendência à gratuidade do ensino educativo ulterior ao primário, a m de


torná-lo mais acessível, bem como ensino primário integral gratuito e de
frequência obrigatória e extensivo aos adultos;

Determinar as condições de reconhecimento o cial dos estabelecimentos de


ensino secundário e complementar deste e dos institutos de ensino
superior, exercendo sobre eles a necessária scalização;

Limitação da matrícula à capacidade didática do estabelecimento e seleção


por meio de provas de inteligência e aproveitamento, ou por processos
objetivos apropriados à nalidade do curso;

Exercer ação supletiva, onde se faça necessária, por de ciência de iniciativa


ou de recursos e estimular a obra educativa em todo o país, por meio de
estudos, inquéritos, demonstrações e subvenções.

Reconhecimento dos estabelecimentos particulares de ensino somente


quando assegurarem a seus professores a estabilidade, enquanto bem
servirem, e uma remuneração condigna.

A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.

Escolha uma:

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 17/18
29/04/2018 Exercício de Fixação 3 (E3)
a. A primeira e a terceira asserções são proposições verdadeiras, e a quinta
é uma justi cativa da primeira;
 O PNE deveria constar em lei federal, além de ter como princípio as seguintes
normas: tendência à gratuidade do ensino educativo ulterior ao primário, a m de
torná-lo mais acessível, bem como ensino primário integral gratuito de frequência
obrigatória e extensivo aos adultos. A limitação da matrícula à capacidade didática
do estabelecimento e seleção por meio de provas de inteligência e aproveitamento,
ou por processos objetivos apropriados à nalidade do curso. O reconhecimento
dos estabelecimentos particulares de ensino somente quando assegurarem a seus
professores a estabilidade, enquanto bem servirem, e uma remuneração
condigna.

b. A primeira e a quarta asserções são proposições falsas, a segunda é


verdadeira e a quinta é uma justi cativa da segunda

c. As cinco asserções são proposições verdadeiras.

d. A segunda asserção é uma proposição verdadeira, e a terceira é uma


justi cativa da segunda;

e. As cinco asserções são proposições falsas;

A resposta correta é: A primeira e a terceira asserções são proposições


verdadeiras, e a quinta é uma justi cativa da primeira;.

https://saladeaula.fael.edu.br/mod/quiz/review.php?attempt=6222639 18/18