Sei sulla pagina 1di 2

09/09/2018 Domingo de Soto – Wikipédia, a enciclopédia livre

Domingo de Soto
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Domingo de Soto (Segóvia, 1494 - Salamanca, 15 de Novembro de
1560) foi um frade dominicano e teólogo espanhol e confessor do Domingo de Soto
imperador Carlos V.

Foi professor de teologia na Universidade de Salamanca onde


integrou a denominada Escola de Salamanca.

Em 1545 foi enviado ao Concílio de Trento como teólogo imperial ante


a impossibilidade de que fosse o também dominicano Francisco de
Vitória.

En 1548 interveio, como teólogo católico frente aos protestantes, na


Nascimento 1494
redação do Interim da Dieta de Augsburgo. Alí coincidiu com o Segóvia
também dominicano Pedro de Soto, confessor real, a quem substituiu
Morte 25 de novembro de
no cargo em 1548. Ambos intentaram, mas não conseguiram impedir 1560 (66 anos)
a influência que sobre o imperador Carlos V o Cardeal Granvela.[1] Salamanca
Foi-lhe oferecido pelo Imperador o bispado de Segóvia que recusou. Cidadania Espanha
Alma mater Universidade de Alcalá
Participou dos debates em torno da disputa aberta entre Sepúlveda y
Las Casas pela questão indígena chamada dos justos títulos ou
Ocupação padre, religioso, professor
universitário, economista
polêmica dos naturais, formando parte da comisssão de teólogos que
Empregador Universidade de
se reuniu en Valladolid entre 1550-1551 (Junta de Valladolid). Salamanca
Posteriormente sucedeu a Melchior Cano na sua cátedra na
Movimento Salmanticenses
Universidade de Salamanca. estético

Entre as suas numerosas obras de teologia, direito, filosofia e lógica Religião Igreja Católica
destacam-se De iustitia et iure (1557) y Ad Sanctum Concilium [edite no Wikidata]
Tridentinum de natura et gratia libri tres. De orientação tomista,
comentou vários livros de física e lógica aristotélica.

Domingo de Soto foi o primeiro a estabelecer que um corpo caindo em queda livre sofre uma aceleração constante,[2]
sendo este um descobrimento chave em física e base essencial para o posterior estudo da gravidade por Galileu e
Newton.

Índice
Notas e referências
Obras
Ligações externas
Ver também

Notas e referências
https://pt.wikipedia.org/wiki/Domingo_de_Soto 1/2
09/09/2018 Domingo de Soto – Wikipédia, a enciclopédia livre

1. «Soto, Carranza y el Concilio de Trento» (http://sapiens.ya.com/oprher


nandez/sototrento.htm). sapiens.ya.com
2. J.J. Pérez, I. Sols «Domingo de Soto en el Origen de la Ciencia
Moderna» (http://www.ucm.es/BUCM/revistas/fsl/00348244/articulos/R
ESF9494220455A.PDF) (PDF). www.ucm.es Revista de filosofía, ISSN
0034-8244, Nº 12, 1994. 455-476

Obras
Barrientos García, José (1985). Un siglo de moral económica en
Salamanca (1526-1629): Francisco de Vitoria y Domingo de Soto.
[S.l.]: Salamanca : Ediciones Universidad Salamanca. ISBN 978-84-
7481-345-6
Carro, Venancio Diego (1943). Domingo de Soto y su doctrina jurídica.
[S.l.]: Madrid : Real Academia de Ciencias Morales y Políticas.
ISBN 978-84-7296-047-3
Cuesta Domingo, María Pilar (1996). Domingo de Soto: aportación
bibliográfica. [S.l.]: Caja de Ahorros y Monte de Piedad de Segovia.
Obra Social y Cultural. ISBN 978-84-920063-6-6
Ramos-Lissón, Domingo (1976). La ley, según Domingo de Soto. De iustitia et iure, 1568.
[S.l.]: Pamplona : EUNSA. ISBN 978-84-313-0230-6
Rufau Prats, Jaime. El pensamiento político de Domingo de Soto y su
concepción del poder. [S.l.]: Salamanca : Ediciones Universidad
Salamanca. ISBN 978-84-7481-916-8
Santolaria Sierra, Félix F. (2003). El gran debate sobre los pobres en
el siglo XVI: Domingo de Soto y Juan de Robles 1545. [S.l.]: Ariel.
ISBN 978-84-344-6670-8
Garrán Martínez, José María (2004). La prohibición de la mendicidad :
la controversia entre Domingo de Soto y Juan de Robles en
Salamanca (1545). [S.l.]: Salamanca : Ediciones Universidad
Salamanca. ISBN 978-84-7800-631-1
Cruz Cruz, Juan (2007). La ley natural como fundamento moral y
jurídico en Domingo de Soto. [S.l.]: Pamplona : EUNSA. ISBN 978-84-
313-2472-8
Wallace, William A. (2004). Domingo de Soto and the early Galileo:
essays on intellectual history. [S.l.]: Aldershot, Hants, England;
Burlington. ISBN 0-86078-964-0

Ligações externas
Biografia em New Advent (http://www.newadvent.org/cathen/14152a.h
tm)
Libri decem de iustitia & iure
Biografia (http://ec.aciprensa.com/wiki/Soto,_Domingo_de) em
Enciclopedia Católica Online.

Ver também
Reforma Católica
Universidade de Salamanca
Salmanticenses

Obtida de "https://pt.wikipedia.org/w/index.php?title=Domingo_de_Soto&oldid=51409622"

Esta página foi editada pela última vez às 23h13min de 2 de março de 2018.

Este texto é disponibilizado nos termos da licença Atribuição-CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada (CC BY-SA 3.0) da
Creative Commons; pode estar sujeito a condições adicionais. Para mais detalhes, consulte as condições de
utilização.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Domingo_de_Soto 2/2