Sei sulla pagina 1di 4

Relatório

Disciplina: Física Experimental II


Aula Instrumental IV – Equilíbrio dos Corpos Extensos
Aluno: Fulano de tal
Curso: Engenharia Mecânica
Prof:
Introdução

Para determinar o coeficiente de atrito estático de um corpo conhecendo a sua massa


como por exemplo um bloco de madeira de pequena dimensão podemos utilizar um dinamômetro
e puxar esse bloco até que se perceba a iminência de seu movimento portanto a leitura da força
encontrada no dinamômetro chamamos de Força de Atrito Estático. Com base desse
conhecimento utilizamos a expressão: FAtrito estático = µ estático N , para calcularmos o coeficiente de
atrito estático. Por outro lado podemos encontrar o coeficiente de atrito estático de outra maneira.
Para corpos extensos se aplicarmos uma força F perpendicular ao bloco a uma pequena altura h
da base de apoio, o corpo se move desde que essa força seja maior do que a força de atrito
estático maximo, a medida em que vamos aumentando a altura h até que o corpo tombe, nesse
exato momento medindo-se a altura h’ podemos calcular o coeficiente de atrito estático. Sabendo
que quando o corpo tomba o momento linear da forca F é maior do que o momento linear do peso
P, que pode ser escrito da seguinte forma:
F. h > P . a/2 , sendo a = largura do corpo que estar oposto a força F
Agora temos:
FAtrito estático = µ estático N = µ estático P------- (1)

F. h’ > P . a/2--------------------------------------(2)
Substituindo (1) e (2) teremos:

a
µ estático =2h '
Com base nessa expressão é possível calcular o coeficiente de atrito estático de um corpo
extenso conhecendo a altura h’ e a largura a.
Este trabalho também visa determinar a importância das maquinas simples, no trabalho
realizado pelo homem. Dentre essas maquinas temos as roldanas como exemplo. As roldanas
podem ser fixas( a força F muda de direção) ou moveis(a força F pode ser reduzida).
Folha de Cálculo

Dados:

a= 7,5 cm
h’= 23,0 cm

a
µ estático = 2h '

7,5
µ estático = 2 x 23 = 0,16

Razão entre a força F e a força F’ no sistema de roldanas moveis estudado.

m
F=
2

m
F’ =
4

Então:

m
F 2 = m x 4 =2
= m
F' 2 m
4
Conclusão

Com esse estudo concluímos que para determinar do coeficiente de atrito estático de
corpos extensos pode-se utilizar o momento linear o que resulta na expressão matemática ,
a
µ estático = 2h ' .

Nas maquinas simples como as roldanas vimos que tem muita importância quando se
quer dar um melhor conforto ao homem no que tange a colocação de forças. Em um sistema de
roldanas moveis por exemplo a força aplicada e reduzida conforme seja o numero de cordas,
quanto maior for esse numero menor a força aplicada o que facilita ao levantamento de cargas
bem pesadas na industria esse trabalho e bem vistos nas talhas e moitões. Contudo maquina
simples e bastante usado no dia-a-dia da industria.