Sei sulla pagina 1di 7

LLUCENA

INFRAESTRUTURA
EIRELI
FOLHA
MEMORIAL DE CÁLCULO
01
DISPOSITIVO DE IÇAMENTO - PAU DE CARGA - PROJETO
EEFC DATA: REV.

27-08-18 0

1 MEMORIAL DE CÁLCULO

1.1 OBJETIVO

O objetivo é apresentar o memorial de cálculo para o dispositivo de içamento


denominado “Pau de Carga”, específico para içamento de fôrmas, peças de
tuboroll e ferragens utilizado para montagem de andaimes no viaduto rodoviário
VR KM 689, Projeto EEFC, no Estado do Pará.

1.2 FINALIDADE

 Determinar as forças atuantes no dispositivo durante o içamento da fôrmas,


peças de tuboroll e ferragens.

1.3 DOCUMENTO DE REFERÊNCIA

 Memórial de cálculo elaborado segundo a NBR-15696/2009 com referência


à NBR 8800/2008.

2 DESENVOLVIMENTO.

2.1 ESBOÇO DO DISPOSITIVO DE IÇAMENTO


LLUCENA
INFRAESTRUTURA
EIRELI
FOLHA
MEMORIAL DE CÁLCULO
02
DISPOSITIVO DE IÇAMENTO – PAU DE CARGA - PROJETO
EEFC DATA: REV.

27-08-18 0
-17
2.2 DADOS.

Fabricado a partir de aço galvanizado o TUBO SH possui diâmetro de 48,3


mm e suas características geométricas e físicas são:

Diâmetro Nominal Dn = 1 ½”
Peso / m p = 3,52 kg / m
Espessura e = 3,00 mm
Diâmetro Externo D = 48,00 mm
Área da Seção A = 424,10 mm2
Módulo de Resistência W = 4.492,90 mm3
Módulo de Elasticidade E = 21.000,00 kgf/mm2
Momento de Inércia I = 107.828,600 mm4
Raio de Giração r = 15,94 mm
Momento Fletor Admissível Madm = 50,00 kg.m
Tensão de escoamento (Aço SAE1008) F= 17,34kgf/mm2
Tensão Admissível σ = 11,00 kgf/mm2
Carga máx.para braçadeira 1/49 na 717 kgf.
LUCENA
INFRAESTRUTURA
EIRELI
FOLHA
MEMORIAL DE CÁLCULO
03
DISPOSITIVO DE IÇAMENTO – PAU DE CARGA - PROJETO
EEFC DATA: REV.

27-08-18 0

2.3 CARGA ADMISSÍVEL E CARGA ATUANTE NO PAU DE CARGA

Cargas de compressão podem ocasionar um efeito de flambagem e


utilizando a lei de “Euler”, podemos calcular a carga de flambagem nos postes
das estruturas tubulares através da consideração empírica de um grau de
engastamento elástico igual a 0,85. A este fato, denominamos “flambagem local”.
Os Vínculos fornecem aos apoios engastamentos elásticos, portanto
consideramos os postes como semi-engastados, conforme cálculo abaixo:
Padm = π2 .E.I x 1_
(0,85. h ) 2 CS
Onde:
π = 3,1416
E= 21000Kgf/mm2
I= 107.828,600 mm
h= 1,50m
Coeficiente de Segurança = CS = 3,5
LLUCENA
INFRAESTRUTURA
EIRELI
FOLHA
MEMORIAL DE CÁLCULO
04
DISPOSITIVO DE IÇAMENTO – FÔRMA DE PAPELÃO -
PROJETO EEFC DATA: REV.

27-08-18 0

MEMORIAL DE CÁLCULO

Padm = (3,1416)2 . (21000) . (107828,6) x 1_


(0,85. 1,5m) 2 3
Padm = 3895, 20 kgf

CARGAS ATUANTES NO IÇAMENTO = 300 kgf.

P = 300 < 3895,20 kgf ok!

Sendo assim, o andaime suporta a carga axial transmitida pelo içamento

das fôrmas. Carga máxima na braçadeira 1/49 na ligação com o Tubo sh

= 717 Kgf ok!


Na análise da estrutura, verificamos que o ponto frágil é a diagonal “D”, ou
a “mão francesa”, portanto verificaremos as cargas admissíveis na diagonal são:

CARGAS ATUANTES NA DIAGONAL

A = A1 + A2
Sendo que:

A1 = Compressão Axial
A2 = Flexão devido a excentricidade:

1. Na Braçadeira 1/49

A estrutura é em Tubo sh e diagonal em Tubo sh fixada com Braçadeira


LLUCENA
INFRAESTRUTURA
EIRELI
FOLHA
MEMORIAL DE CÁLCULO
05
DISPOSITIVO DE IÇAMENTO – FÔRMA DE PAPELÃO -
PROJETO EEFC DATA: REV.

27-08-18 0

1/49, teríamos e = 50 mm

A1 + A2 = Flexo – Compressão

Tensão Admissível de Flambagem : σ f1

σ f1 = σ crit
3

σ crit = - D ± M
A W

A→ Área = 424,10 mm2


I→ Momento de Inércia = 107.828,600
mm4

W→ Momento Resistente = 4.492,90 mm3

E→ Mod. Elasticidade = 21.000 kgf / mm2


σ→ 11 kgf / mm2 = Tensão Admissível para o Aço SAE-1008 /1010
1ª HIPÓTESE - Cálculo da carga admissível à flexo-compressão

σfl ≥ - D1 ± M , e M = D1x σ , então temos :


A W
σfl ≥ - D1 ( W + Ae )
AW
D1 ≤ σfl ( AW ) , substituindo-se os valores acima temos que :
W + Ae

Para Diagonal Tubomills : D1 ≤ 815 kgf

Continuando nosso exemplo, utilizando diagonal em tubo sh, teremos que:

A carga de compressão na mão-francesa do exemplo é:

Tg α = 0,80= 0,53 → α = 42,3


0,88

Sem α = 300 → D=300/sen α


D
5
LLUCENA
INFRAESTRUTURA
EIRELI
FOLHA
MEMORIAL DE CÁLCULO
DISPOSITIVO DE IÇAMENTO – PAU DE CARGA - PROJETO 06
EEFC
DATA: REV.

27-08-18 0

D = 445,76 kgf < D1

CONCLUSÕES DO EXEMPLO DADO:

Utilizaremos diagonais em Tubo sh na Diagonal

Como D (atuante) = 445.76 kgf, e calculamos que:

1ª) Devido a carga de Flexo-compressão: D1 = 815 kgf

445,76 / 815 = 0,55 diagonais

Utilizaremos 1 diagonal em Tubo sh devido a carga adm. D1

2ª) Devido a carga da Braçadeira: P = 717 kgf

445,76 / 717 = 0,63 braçadeiras

Utilizar 1 diagonal, fixadas a uma travessa em Tubo sh com braçadeiras 1/49.

6
LLUCENA
INFRAESTRUTURA
EIRELI
FOLHA
MEMORIAL DE CÁLCULO
DISPOSITIVO DE IÇAMENTO – PAU DE CARGA - PROJETO 07
EEFC
DATA: REV.

27-08-18 0

2.8 CONSIDERAÇÃO FINAL

Conforme os cálculos apresentados ao dispositivo de içamento


observar-se que as tensões de trabalho são menores que as
tensões admissíveis do material. Logo, atende às exigências
técnicas e de segurança para realização da atividade de içamento.
2.9 ELABORAÇÃO

São Luís - MA, 27 de agosto de 2018