Sei sulla pagina 1di 8

Regra de oração

São Pacômio

Regra de oração São Pacômio
elas orações de nossos Santos Padres, ó † Senhor Jesus Cristo, nosso Deus, tem piedade de
elas orações de nossos Santos Padres,
ó † Senhor Jesus Cristo, nosso Deus,
tem piedade de nós e salva-nos.
Amém.
Glória a Ti, nosso Deus, glória a Ti.
Rei Celestial, Consolador, Espírito da Verdade,
presente em toda parte e ocupando todo lugar,
tesouro de bens e dispensador da vida,
vem e habita em nós,
purifica-nos de toda iniquidade
e salva as nossas almas, Tu que és bom.
† Santo Deus,
† Santo Forte,
† Santo Imortal, tem piedade de nós. (3x)
Glória ao † Pai e ao Filho e ao Espírito Santo,
agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amém.
Santíssima Trindade, tem piedade de nós;
Senhor, concede-nos a remissão de nossos pecados;
Mestre Soberano, perdoa as nossas faltas;
ó Santo, volta Teu olhar para nós
e cura as nossas enfermidades,
por amor de Teu Nome.
Senhor, tem piedade. (3x)
Glória ao † Pai e ao Filho e ao Espírito Santo,
agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amém.
· 2 ·
1 Pai Nosso, que estás nos Céus, santificado seja o Teu nome, 2 venha a nós
1
Pai Nosso, que estás nos Céus,
santificado seja o Teu nome,
2
venha a nós o Teu Reino,
3
seja feita a Tua vontade
assim na Terra como no Céu.
4
O pão nosso supra-substancial dá-nos hoje.
5
Perdoa-nos as nossas dívidas,
assim como nós perdoamos aos nossos devedores.
6
E não nos deixes cair em tentação,
7
mas livra-nos do mal. (Mt 6, 9-13)
Senhor Jesus Cristo, filho de Deus,
tem piedade de nós. Amém.
Senhor, tem piedade. (12x)
Glória ao † Pai e ao Filho e ao Espírito Santo,
agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amém.
† Vinde, adoremos e prostremo-nos
diante de Deus, nosso Rei.
† Vinde, adoremos e prostremo-nos
diante de Cristo, nosso Rei e nosso Deus.
† Vinde, adoremos e prostremo-nos
ao mesmo Cristo, nosso Rei e nosso Deus.
Salmo 50
3
Tem piedade de mim, ó Deus,
segundo a tua grande misericórdia;
e segundo as muitas mostras da tua clemência,
apaga a minha maldade!
4
Lava-me mais e mais da minha iniqüidade,
e purifica-me do meu pecado!
· 3
·
5 Porque a minha maldade, eu a conheço, e o meu pecado diante de mim está
5
Porque a minha maldade, eu a conheço,
e o meu pecado diante de mim está sempre.
Contra ti só pequei,
e fiz o mal diante dos teus olhos,
para que sejas justificado nas tuas palavras,
e venças quando fores julgado.
6
7
Eis aqui sabes que eu fui concebido em iniqüidade;
e em pecados me concebeu minha mãe.
8
E bem vejo que tu amaste a verdade;
e me revelaste o segredo, e o escondido do teu saber.
Tu me borrifarás com o hissopo e serei purificado;
lavar-me-ás, e me tornarei mais branco do que a neve.
9
10
Ao meu ouvido darás gozo e alegria;
e se regozijarão os meus ossos humilhados.
11
Aparta o teu rosto dos meus pecados,
e apaga todas as minhas maldades.
12
Cria em mim, ó Deus, um coração puro;
e renova nas minhas entranhas um espírito reto.
13
Não me arremesses da tua presença;
e não tires de mim o teu Santo Espírito.
14
Dá-me a alegria da tua salvação;
e conforta-me por meio do espírito principal.
15
Ensinarei aos iníquos os teus caminhos;
e os ímpios se converterão a ti.
16
Livra-me dos sangues, Deus,
Deus da minha salvação;
e a minha língua exaltará a tua justiça.
17
Senhor, abrirás os meus lábios,
e a minha boca anunciará o teu louvor.
18
Porque se tu quisesses sacrifício,
o houvera na verdade oferecido;
· 4 ·
tu não te deleitarás com os holocaustos. 19 Sacrifício para Deus é o espírito atribulado; o
tu não te deleitarás com os holocaustos.
19
Sacrifício para Deus é o espírito atribulado;
o coração contrito e humilhado,
não desprezarás, ó Deus.
20
Senhor, faz o bem a Sião de tua boa vontade,
para que se edifiquem os muros de Jerusalém.
21
Então aceitarás sacrifícios de justiça,
oferendas e holocaustos;
então porão sobre o teu altar bezerros.
Profissão de Fé
1
Creio † em um só Deus,
Pai Onipotente,
Criador do céu e da terra,
e de todas as coisas visíveis e invisíveis.
2
E em um só Senhor, Jesus Cristo,
Filho Unigênito de Deus,
nascido do Pai antes de todos os séculos.
Luz de Luz,
Deus verdadeiro de Deus verdadeiro,
gerado e não criado, consubstancial ao Pai,
por Quem tudo foi feito.
O Qual, por nós homens e para nossa salvação,
desceu dos céus
3
e se encarnou pelo Espírito Santo
na Virgem Maria e se fez homem.
4
Por nós foi crucificado,
sob Pôncio Pilatos,
padeceu e foi sepultado
5
e ressuscitou ao terceiro dia,
· 5
·
segundo as Escrituras. 6 E subiu aos céus e sentou-se à direita de Deus Pai. E
segundo as Escrituras.
6
E subiu aos céus
e sentou-se à direita de Deus Pai.
E novamente virá com glória
para julgar os vivos e os mortos,
e Seu Reino não terá fim.
7
8
E no Espírito Santo,
Senhor Vivificante,
que do Pai procede
e que com o Pai e o Filho
é igualmente glorificado e adorado,
e que falou pelos profetas.
9
E na Igreja †
Una, Santa, Católica e Apostólica.
Professo um só batismo
para a remissão dos pecados.
10
11
Espero a ressurreição dos mortos
e a vida do século futuro.
Amém.
12
Oração de Jesus
Senhor Jesus Cristo, filho de Deus,
tem piedade de mim, pecador. (100x)
Despedida
Verdadeiramente é digno e justo que Te bendiga-
mos, ó bem-aventurada Mãe de Deus. Tu, mais vene-
rável que os Querubins, incomparavelmente mais glo-
riosa que os Serafins, deste à luz o Verbo de Deus, con-
servando intacta a glória da Tua virgindade. Nós Te
· 6
·
glorificamos, ó Mãe de Nosso Deus. Glória ao † Pai e ao Filho e ao Espírito
glorificamos, ó Mãe de Nosso Deus.
Glória ao † Pai e ao Filho e ao Espírito Santo,
agora e sempre e pelos séculos dos séculos. Amém.
Senhor, tem piedade. (3x)
Mestre, abençoa-nos.
Ó Cristo, nosso verdadeiro Deus, pelas orações da
Tua Puríssima Mãe, a Gloriosa e sempre Virgem Maria,
dos santos padres teóforos, pelos santos cuja memória
hoje celebramos, e por todos os Anjos e Santos, tem pi-
edade de nós e salva-nos, porque Tu és bom e amas a
humanidade.
 
Esta regra de oração foi dada a
São Pacômio (ca 290 – ca 345) do
Egito, um dos grandes pais mo-
násticos, por um anjo. Ele a usava
para consagrar cada hora do dia e
da noite. Esta regra de oração é
bastante fácil de memorizar, pode
e deve ser feita em situações em
que seja impraticável o uso de um
livro de orações.
· 7
·