Sei sulla pagina 1di 52

CURSO ON-LINE

PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU


LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

AULA 03

ASSUNTO: Pregão

89. (CESPE/TCE-RN/2009) O pregão, por ser o procedimento


licitatório utilizado para a contratação de bens e serviços comuns,
não pode ser utilizado para a contratação de bens e serviços de
tecnologia da informação.

Comentários:

ERRADO. Os bens de informática adquiridos na modalidade


pregão deverão ser fabricados no País, com significativo valor
agregado local (Decreto nº 3.555/00, art. 3º, §3º).

90. (CESPE/OAB/2009) A aplicação do pregão eletrônico é restrita


ao âmbito federal.

Comentários:

ERRADO. A aplicação do pregão eletrônico não é restrita ao


âmbito federal. A Lei nº 10.520/02 institui, no âmbito da União,
Estados, Distrito Federal e Municípios modalidade de licitação
denominada pregão, para aquisição de bens e serviços comuns.
Nos termos do art. 2º, §1º dessa Lei, poderá ser realizado o
pregão por meio da utilização de recursos de tecnologia da
informação, nos termos de regulamentação específica.
Assim, no Estado de São Paulo, por exemplo, o Decreto
Estadual nº 49.722/2005 dispõe sobre o pregão realizado por meio
da utilização de recursos de tecnologia da informação, a que se refere
o § 1º, do artigo 2º, da Lei Federal nº 10.520/02.

91. (CESPE/MCT/2009) A respeito da modalidade de licitação


denominada pregão, assinale a opção correta.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 1


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

a) Tal modalidade de licitação somente é aplicável no âmbito da


União.
b) O pregão destina-se à aquisição pela administração de bens e
serviços comuns, assim considerados aqueles cujos padrões de
desempenho e qualidade possam ser objetivamente definidos
pelo edital, por meio de especificações usuais no mercado.
c) Por existir norma específica regulando essa modalidade de
licitação, resta inaplicável a ela a lei que institui normas gerais
para licitações e contratos da administração pública.
d) A norma aplicável à espécie determina limites de valor, mínimo
e máximo, para essa modalidade de licitação.
e) Para a realização da licitação, a autoridade competente designa
equipe de apoio, que deve ser integrada apenas por servidores
ocupantes de cargo efetivo ou emprego da administração,
obrigatoriamente pertencentes ao quadro permanente do órgão
ou entidade promotora do evento.

Comentários:

A letra a está errada. Como vimos acima, o pregão não é


aplicável somente no âmbito da União. Percebam que o CESPE gosta
dessa assertiva.

A letra b está certa. Para aquisição de bens e serviços


comuns, poderá ser adotada a licitação na modalidade de pregão (Lei
nº 10.520/02, art. 1º). Consideram-se bens e serviços comuns
aqueles cujos padrões de desempenho e qualidade possam ser
objetivamente definidos pelo edital, por meio de especificações usuais
no mercado (Lei nº 10.520/02, art. 1º, parágrafo único).

A letra c está errada. Aplicam-se subsidiariamente, para a


modalidade de pregão, as normas da Lei nº 8.666/93.

A letra d está errada. A necessidade de realização de licitação


na modalidade pregão é determinada pela natureza do objeto da
contratação (aquisição de bens e serviços comuns), e não o valor
do contrato. Assim, o pregão pode ser usado
independentemente do valor de contrato.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 2


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

A letra e está errada. A equipe de apoio deverá ser integrada


em sua maioria por servidores ocupantes de cargo efetivo ou
emprego da administração, preferencialmente (e não
obrigatoriamente) pertencentes ao quadro permanente do órgão
ou entidade promotora do evento.

IMPORTANTE:
Pregão é a modalidade de licitação para aquisição de bens e
serviços comuns pela União, Estados, Distrito Federal e
Municípios, conforme disposto em regulamento, qualquer que
seja o valor estimado da contratação, na qual a disputa pelo
fornecimento é feita por meio de propostas e lances em sessão
pública.

Portanto, a resposta desta questão é a letra b.

92. (CESPE/MCT/2009) Ainda em relação ao pregão e às


disposições da Lei n.º 10.520/2002, assinale a opção correta.
a) Veda-se a exigência de garantia de proposta e a aquisição do
edital pelos licitantes, como condição para participação no
certame, sendo certo que, para julgamento e classificação das
propostas, deve ser adotado o critério de menor preço.
b) Só é admitida a apresentação de proposta de licitante que
previamente comprovar situação regular perante a Fazenda
Nacional, a Seguridade Social e o Fundo de Garantia e Tempo
de Serviço, que deve ser verificada pelo pregoeiro antes da
etapa competitiva.
c) O licitante declarado vencedor do certame, convocado dentro
do prazo de validade da sua proposta, que não celebrar o
contrato não sofre qualquer sanção, devendo o pregoeiro
examinar as ofertas subsequentes.
d) As compras e contratações da administração pública, quando
efetuadas pelo sistema de registro de preços, não podem
adotar a modalidade de pregão.
e) O pregão desenvolve-se em duas fases, preparatória e externa.
Na fase externa, o autor da oferta de valor mais baixo e os das
ofertas com preços até dez por cento superiores àquela podem
fazer novos lances verbais e sucessivos, até a proclamação do
vencedor. Não havendo pelo menos três ofertas nessas
condições, todo o procedimento licitatório deve ser refeito.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 3


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

Comentários:

A letra a está certa. É vedada a exigência de (art. 5º):


• garantia de proposta;
• aquisição do edital pelos licitantes, como condição para
participação no certame; e
• pagamento de taxas e emolumentos, salvo os referentes a
fornecimento do edital, que não serão superiores ao custo de
sua reprodução gráfica, e aos custos de utilização de recursos
de tecnologia da informação, quando for o caso.

A letra b está errada. No pregão ocorre a denominada


inversão da ordem das etapas de habilitação (comprovação de
que o licitante possui os requisitos fixados para participação na
licitação) e julgamento. Ou seja, a habilitação é posterior ao
julgamento das propostas.

A letra c está errada. Se o licitante vencedor, convocado


dentro do prazo de validade da sua proposta, não celebrar o contrato,
o pregoeiro examinará as ofertas subseqüentes e a qualificação dos
licitantes, na ordem de classificação, e assim sucessivamente, até a
apuração de uma que atenda ao edital, sendo o respectivo licitante
declarado vencedor (art. 4º, XXIII).
No entanto, quem, convocado dentro do prazo de validade da
sua proposta, não celebrar o contrato, deixar de entregar ou
apresentar documentação falsa exigida para o certame, ensejar o
retardamento da execução de seu objeto, não mantiver a proposta,
falhar ou fraudar na execução do contrato, comportar-se de modo
inidôneo ou cometer fraude fiscal, ficará impedido de licitar e
contratar com a União, Estados, Distrito Federal ou Municípios e, será
descredenciado no Sicaf pelo prazo de até 5 anos, sem prejuízo das
multas previstas em edital e no contrato e das demais cominações
legais (art. 7º).

A letra d está errada. As compras e contratações de bens e


serviços comuns, no âmbito da União, dos Estados, do Distrito
Federal e dos Municípios, quando efetuadas pelo sistema de registro
de preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, poderão adotar a
modalidade de pregão, conforme regulamento específico (art. 11).

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 4


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

A letra e está errada. O pregão desenvolve-se em duas fases,


preparatória e externa. Na fase externa, o autor da oferta de valor
mais baixo e os das ofertas com preços até 10% superiores àquela
podem fazer novos lances verbais e sucessivos, até a proclamação do
vencedor (art. 4º, VIII).
Não havendo pelo menos 3 ofertas nessas condições, poderão
os autores das melhores propostas, até o máximo de 3, oferecer
novos lances verbais e sucessivos, quaisquer que sejam os preços
oferecidos (art. 4º, IX). Ou seja, todo o procedimento licitatório não
será refeito.

Logo, a resposta desta questão é a letra a.

93. (CESPE/MCT/2009) No que se refere ao disposto no Decreto


n.º 5.450/2005, que regulamenta o pregão na forma eletrônica,
assinale a opção correta.
a) Empresas públicas e sociedades de economia mista não se
subordinam às disposições do referido decreto.
b) O pregão, na forma eletrônica, deve ser conduzido diretamente
pela Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do
Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, no âmbito da
administração pública federal.
c) O pregão, na modalidade eletrônica, só deve ser utilizado pela
administração pública de forma subsidiária, ou seja, quando
não houver outra forma de se conduzir o processo licitatório.
d) O pregão, na forma eletrônica, como modalidade de licitação do
tipo menor preço, realiza-se quando a disputa pelo
fornecimento de bens ou serviços comuns for feita à distância
em sessão pública, por meio de sistema que promova a
comunicação pela Internet.
e) A licitação na modalidade de pregão, na forma eletrônica, pode
ser aplicada às contratações de obras de engenharia, bem
como às locações imobiliárias e alienações em geral.

Comentários:

A letra a está errada. Subordinam-se ao disposto no referido


Decreto, além dos órgãos da administração pública federal

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 5


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

direta, os fundos especiais, as autarquias, as fundações


públicas, as empresas públicas, as sociedades de economia
mista e as demais entidades controladas direta ou
indiretamente pela União (art. 1º, parágrafo único).

IMPORTANTE:
Sujeitam-se às regras do Decreto nº 5.450/05:
• Órgãos da Administração Direta Federal
• Entidades da Administração Indireta Federal
• Entidades controladas direta e indiretamente pela União
• Fundos Especiais

A letra b está errada. O pregão, na forma eletrônica, será


conduzido pelo órgão ou entidade promotora da licitação, com
apoio técnico e operacional da Secretaria de Logística e
Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento,
Orçamento e Gestão, que atuará como provedor do sistema
eletrônico para os órgãos integrantes do Sistema de Serviços
Gerais – SISG (art. 2º, §4º).

A letra c está errada. Nas licitações para aquisição de bens e


serviços comuns será obrigatória a modalidade pregão, sendo
preferencial a utilização da sua forma eletrônica (art. 4º).

A letra d está certa. O pregão, na forma eletrônica, como


modalidade de licitação do tipo menor preço, realizar-se-á quando a
disputa pelo fornecimento de bens ou serviços comuns for feita à
distância em sessão pública, por meio de sistema que promova a
comunicação pela internet (art. 2º).

A letra e está errada. A licitação na modalidade de pregão,


na forma eletrônica, não se aplica às contratações de obras de
engenharia, bem como às locações imobiliárias e alienações em
geral (art. 6º).

Por isso, a resposta desta questão é a letra d.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 6


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

94. (CESPE/ANTAQ/2009) Celeridade, razoabilidade, justo preço e


seletividade são alguns dos princípios correlatos norteadores da
modalidade pregão.

Comentários:

CERTO. A licitação na modalidade de pregão é


juridicamente condicionada aos princípios básicos da legalidade,
da impessoalidade, da moralidade, da igualdade, da
publicidade, da probidade administrativa, da vinculação ao
instrumento convocatório, do julgamento objetivo, bem assim
aos princípios correlatos da celeridade, finalidade,
razoabilidade, proporcionalidade, competitividade, justo
preço, seletividade e comparação objetiva das propostas
(Decreto nº 3.555/00, art. 4º).

95. (CESPE/ANTAQ/2009) Na modalidade pregão, é vedada a


exigência de garantia da proposta.

Comentários:

CERTO. É vedada a exigência de (Lei nº 10.520/02, art.


5º):
• garantia de proposta;
• aquisição do edital pelos licitantes, como condição para
participação no certame; e
• pagamento de taxas e emolumentos, salvo os referentes a
fornecimento do edital, que não serão superiores ao custo de
sua reprodução gráfica, e aos custos de utilização de recursos
de tecnologia da informação, quando for o caso.

96. (CESPE/ANTAQ/2009) No pregão, não se leva em


consideração o valor da contratação, mas, sim, as características dos
bens ou serviços, que devem ser comuns.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 7


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

Comentários:

CERTO. A necessidade de realização de licitação na


modalidade pregão é determinada pela natureza do objeto da
contratação (aquisição de bens e serviços comuns), e não o valor
do contrato. Logo, o pregão pode ser usado independentemente
do valor de contrato.

97. (CESPE/ANTAQ/2009) Na modalidade pregão, examinada a


proposta classificada em primeiro lugar, caberá ao ordenador de
despesas decidir motivadamente a respeito da aceitabilidade dessa
proposta.

Comentários:

ERRADO. Examinada a proposta classificada em primeiro


lugar, quanto ao objeto e valor, caberá ao pregoeiro decidir
motivadamente a respeito da sua aceitabilidade (Lei nº 10.520/02,
art. 4º, XI).

98. (CESPE/ANTAQ/2009) Na modalidade pregão, a habilitação


dos licitantes é fase posterior ao julgamento e classificação.

Comentários:

CERTO. Uma peculiaridade do pregão que é muito cobrada


em provas de concursos públicos é a denominada inversão da
ordem das etapas de habilitação (comprovação de que o licitante
possui os requisitos fixados para participação na licitação) e
julgamento.

IMPORTANTE:
No pregão, a habilitação é posterior ao julgamento das
propostas. Já nas outras modalidades de licitação, a habilitação é

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 8


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

anterior à abertura e ao julgamento das propostas.

99. (CESPE/ANTAQ/2009) Somente poderá atuar como pregoeiro


o servidor que tenha realizado capacitação específica para exercer a
função, sendo uma de suas atribuições o credenciamento dos
interessados em participar da licitação.

Comentários:

CERTO. Somente poderá atuar como pregoeiro o servidor


que tenha realizado capacitação específica para exercer a
atribuição (Decreto nº 3.555/00, art. 7º, parágrafo único).

100. (CESPE/ANTAQ/2009) Os tipos de licitação a serem


utilizados na modalidade pregão são menor preço e menor lance ou
oferta.

Comentários:

ERRADO. Para julgamento e classificação das propostas, será


adotado o critério de menor preço, observados os prazos máximos
para fornecimento, as especificações técnicas e parâmetros mínimos
de desempenho e qualidade definidos no edital (lei nº 10.520/02, art.
4º, X).

101. (CESPE/TCE-TO/2009) No pregão, as garantias deverão


constar do edital, podendo o contratado escolher uma entre as
seguintes: caução em dinheiro ou em títulos da dívida pública;
seguro-garantia; ou fiança bancária.

Comentários:

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 9


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

ERRADO. É vedada a exigência de (Lei nº 10.520/02, art.


5º):
• garantia de proposta;
• aquisição do edital pelos licitantes, como condição para
participação no certame; e
• pagamento de taxas e emolumentos, salvo os referentes a
fornecimento do edital, que não serão superiores ao custo de
sua reprodução gráfica, e aos custos de utilização de recursos
de tecnologia da informação, quando for o caso.

102. (CESPE/SEGER-ES/2009) O pregão, por ser um


procedimento simplificado, não pode ser utilizado para a aquisição de
bens de valores vultosos, mesmo que as especificações desses bens
possam ser concisa e objetivamente definidas em edital, em
conformidade com especificações usuais de mercado.

Comentários:

ERRADO. A necessidade de realização de licitação na


modalidade pregão é determinada pela natureza do objeto da
contratação (aquisição de bens e serviços comuns), e não o valor
do contrato. Logo, o pregão pode ser usado independentemente
do valor de contrato.

103. (CESPE/SEGER-ES/2009) O procedimento do pregão é mais


célere e mais eficiente do que as demais modalidades de licitação.
Dois dos fatores que contribuem para essa celeridade são o critério
de julgamento apenas pelo menor preço e a verificação dos
documentos de habilitação apenas do licitante que apresentou a
melhor proposta aceita pelo pregoeiro.

Comentários:

CERTO. No pregão, para julgamento e classificação das


propostas, será adotado o critério de menor preço. Ademais, a
habilitação será posterior ao julgamento das propostas.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 10


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

104. (CESPE/SERPRO/2008) Na fase preparatória do pregão, a


autoridade competente justificará a necessidade de contratação e
definirá o objeto do certame, bem como as exigências de habilitação
e os critérios de aceitação das propostas. Igualmente, as sanções por
inadimplemento e as cláusulas do contrato, com fixação dos prazos
para fornecimento, fazem parte dessa fase do pregão.

Comentários:

CERTO. Na fase preparatória do pregão, a autoridade


competente justificará a necessidade de contratação e definirá o
objeto do certame, as exigências de habilitação, os critérios de
aceitação das propostas, as sanções por inadimplemento e as
cláusulas do contrato, inclusive com fixação dos prazos para
fornecimento (Lei nº 10.520/02, art. 4º, I).

105. (CESPE/SERPRO/2008) Os atos essenciais do pregão,


quando realizados por meio eletrônico, dispensam documentação no
processo respectivo.

Comentários:

ERRADO. Os atos essenciais do pregão, inclusive os


decorrentes de meios eletrônicos, serão documentados no processo
respectivo, com vistas à aferição de sua regularidade pelos agentes
de controle (Lei nº 10.520/02, art. 8º).

106. (CESPE/SERPRO/2008) Aquele que for convocado dentro do


prazo de validade da sua proposta e não celebrar o contrato ou
apresentar documentação falsa no certame ficará impedido de licitar
e contratar com a União, estados, Distrito Federal ou municípios e
será descredenciado no SICAF ou nos sistemas de cadastramento de
fornecedores.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 11


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

Comentários:

CERTO. Quem, convocado dentro do prazo de validade da


sua proposta, não celebrar o contrato, deixar de entregar ou
apresentar documentação falsa exigida para o certame, ensejar o
retardamento da execução de seu objeto, não mantiver a proposta,
falhar ou fraudar na execução do contrato, comportar-se de modo
inidôneo ou cometer fraude fiscal, ficará impedido de licitar e
contratar com a União, Estados, Distrito Federal ou Municípios e, será
descredenciado no Sicaf pelo prazo de até 5 anos, sem prejuízo das
multas previstas em edital e no contrato e das demais cominações
legais (Lei nº 10.520/02, art. 7º).

107. (CESPE/SERPRO/2008) A equipe de apoio do pregoeiro deve


ser integrada obrigatoriamente por servidores ocupantes de cargo
efetivo ou emprego da administração, pertencentes ao quadro
permanente do órgão ou da entidade promotora do evento.

Comentários:

ERRADO. A equipe de apoio deverá ser integrada em sua


maioria (e não obrigatoriamente) por servidores ocupantes de
cargo efetivo ou emprego da administração, preferencialmente
pertencentes ao quadro permanente do órgão ou entidade promotora
do evento (Lei nº 10.520/02, art. 2º, §1º).

108. (CESPE/SERPRO/2008) O pregão pode ser realizado por


meio da utilização de recursos de tecnologia da informação.

Comentários:

CERTO. Poderá ser realizado o pregão por meio da


utilização de recursos de tecnologia da informação, nos termos
de regulamentação específica (Lei nº 10.520/02, art. 3º, §1º).

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 12


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

109. (CESPE/TJ- AC/2007) A modalidade de licitação do pregão se


aplica às hipóteses de compra de quaisquer bens ou serviços, em
todas as esferas da federação.

Comentários:

ERRADO.

IMPORTANTE:
Pregão é a modalidade de licitação para aquisição de bens e
serviços comuns pela União, Estados, Distrito Federal e
Municípios, conforme disposto em regulamento, qualquer que
seja o valor estimado da contratação, na qual a disputa pelo
fornecimento é feita por meio de propostas e lances em sessão
pública.

110. (CESPE/TJ-TO/2007) O prefeito de um município de


determinado estado pretende contratar uma sociedade de advogados
para desempenhar as atividades de contencioso judicial geral e de
consultoria geral do respectivo município. Com tal fim, abriu a
licitação na modalidade de convite, para a qual não compareceram
interessados. Assim, houve por bem contratar um escritório em
função da sua notória especialidade. A contratação na espécie poderia
ser feita legalmente na modalidade de pregão.

Comentários:

ERRADO. Consideram-se bens e serviços comuns aqueles


cujos padrões de desempenho e qualidade possam ser objetivamente
definidos pelo edital, por meio de especificações usuais no mercado
(Lei nº 10.520/02, art. 1º, parágrafo único).

111. (CESPE/TSE/2007) Na licitação realizada na modalidade


pregão, é inviável a opção pelo tipo técnica e preço. Essa afirmação é
a) correta.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 13


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

b) errada, pois o pregão não é uma modalidade de licitação e sim


uma espécie de tomada de preços.
c) errada, pois o pregão não é uma modalidade licitatória e sim
uma espécie de leilão.
d) errada, pois a opção pelo tipo técnica e preço é viável sempre
que se tratar de pregão para a contratação de serviços de
natureza predominantemente intelectual.

Comentários:

Para julgamento e classificação das propostas, será adotado o


critério de menor preço, observados os prazos máximos para
fornecimento, as especificações técnicas e parâmetros mínimos de
desempenho e qualidade definidos no edital (lei nº 10.520/02, art.
4º, X).

Logo, a resposta desta questão é a letra a.

112. (CESPE/PGE-PA/2007) Para aquisição de bens e serviços


comuns, poderá ser adotada a licitação na modalidade de pregão.
Sobre esse tema, assinale a opção incorreta.
a) Os atos essenciais do pregão, inclusive os decorrentes de meios
eletrônicos, devem ser documentados no processo respectivo,
com vistas à aferição de sua regularidade pelos agentes de
controle.
b) Declarado o vencedor, qualquer licitante poderá manifestar,
imediata e motivadamente, a intenção de recorrer, quando lhe
deverá ser concedido o prazo de três dias para apresentação
das razões do recurso, ficando os demais licitantes, desde logo,
intimados a apresentarem contra-razões em igual número de
dias, que começarão a correr do término do prazo do
recorrente, sendo-lhes assegurada vista imediata dos autos.
c) Os licitantes podem deixar de apresentar os documentos de
habilitação que já constem de Sistema de Cadastramento de
Fornecedores, vedado aos demais licitantes o direito de acesso
aos dados nele constantes antes do momento da adjudicação.
d) Pode ser realizado o pregão por meio da utilização de recursos
de tecnologia da informação, nos termos de regulamentação
específica.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 14


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

Comentários:

A letra a está certa. Os atos essenciais do pregão, inclusive


os decorrentes de meios eletrônicos, serão documentados no
processo respectivo, com vistas à aferição de sua regularidade pelos
agentes de controle (Lei nº 10.520/02, art. 8º).

A letra b está certa. Declarado o vencedor, qualquer licitante


poderá manifestar imediata e motivadamente a intenção de recorrer,
quando lhe será concedido o prazo de 3 dias para apresentação
das razões do recurso, ficando os demais licitantes desde logo
intimados para apresentar contra-razões em igual número de
dias, que começarão a correr do término do prazo do recorrente,
sendo-lhes assegurada vista imediata dos autos (Lei nº 10.520/02,
art. 4º, XVIII).
Portanto, em caso de apresentação de recurso, o prazo de
apresentação de contra-razões pelos demais licitantes é de 3 dias a
contar do término do prazo do recorrente.

A letra c está errada. Os licitantes poderão deixar de


apresentar os documentos de habilitação que já constem do Sistema
de Cadastramento Unificado de Fornecedores (SICAF) e sistemas
semelhantes mantidos por Estados, Distrito Federal ou Municípios,
assegurado (e não vedado) aos demais licitantes o direito de
acesso aos dados nele constantes (Lei nº 10.520/02, art. 4º, XIV).

A letra d está certa. Poderá ser realizado o pregão por


meio da utilização de recursos de tecnologia da informação, nos
termos de regulamentação específica (Lei nº 10.520/02, art. 3º,
§1º).

Com efeito, a resposta desta questão é a letra c.

113. (FCC/MPE-SE/2009) Pregão é a modalidade licitatória própria


para
a) alienação de bens inservíveis.
b) contratação de serviços de natureza comum, desde que o valor
total estimado da contratação não ultrapasse R$ 80.000,00
(oitenta mil reais ).

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 15


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

c) contratação de serviços de natureza comum e obras de pouca


complexidade, independentemente do valor.
d) aquisição de bens e serviços de natureza comum,
independentemente do valor.
e) contratação de obras de pouca complexidade, desde que o
valor total estimado, de acordo com o memorial descritivo
constante do edital, não ultrapasse R$ 80.000,00.

Comentários:

Pregão é a modalidade de licitação para aquisição de bens e


serviços comuns pela União, Estados, Distrito Federal e
Municípios, conforme disposto em regulamento, qualquer que seja
o valor estimado da contratação, na qual a disputa pelo
fornecimento é feita por meio de propostas e lances em sessão
pública.
Bens e serviços comuns são aqueles cujos padrões de
desempenho e qualidade possam ser objetivamente definidos
pelo edital, por meio de especificações usuais no mercado.

Por isso, a resposta desta questão é a letra d.

114. (FCC/TRF-5ªRegião/2008) Sobre as modalidades de


licitação, considere:
I. Concurso é a modalidade de licitação entre quaisquer interessados
para escolha de trabalho técnico, científico ou artístico, mediante a
instituição de prêmios ou remuneração aos vencedores, conforme
critérios constantes de edital.
II. Pregão é a modalidade de licitação entre interessados
devidamente cadastrados no órgão licitante para escolha de trabalho
técnico, científico ou artístico, mediante a instituição de prêmios ou
remuneração aos vencedores, conforme critérios constantes de edital.
III. Convite é a modalidade de licitação entre interessados do ramo
pertinente ao seu objeto, devidamente cadastrados, escolhidos e
convidados em número mínimo de 2 (dois) pela unidade
administrativa.
IV. Tomada de preços é a modalidade de licitação entre interessados
devidamente cadastrados ou que atenderem a todas as condições

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 16


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

exigidas para cadastramento até o terceiro dia anterior à data do


recebimento das propostas, observada a necessária qualificação.
V. É possível a combinação das modalidades de licitação, de modo a
se estabelecer nova modalidade, desde que todos os requisitos
estejam previstos na lei.
Está correto o que contém APENAS em
a) I e IV.
b) I, II e V.
c) II e IV.
d) II, III e V.
e) IV e V.

Comentários:

O item I está certo. Concurso é a modalidade de licitação entre


quaisquer interessados para escolha de trabalho técnico,
científico ou artístico, mediante a instituição de prêmios ou
remuneração aos vencedores, conforme critérios constantes de
edital publicado na imprensa oficial com antecedência mínima de 45
dias (Lei nº 8.666/93, art. 22, §4º).

O item II está errado. Pregão é a modalidade de licitação


para aquisição de bens e serviços comuns pela União, Estados,
Distrito Federal e Municípios, conforme disposto em regulamento,
qualquer que seja o valor estimado da contratação, na qual a
disputa pelo fornecimento é feita por meio de propostas e lances
em sessão pública.

O item III está errado. Convite é a modalidade de licitação


entre interessados do ramo pertinente ao seu objeto,
cadastrados ou não, escolhidos e convidados em número mínimo
de 3 pela unidade administrativa, a qual afixará, em local apropriado,
cópia do instrumento convocatório e o estenderá aos demais
cadastrados na correspondente especialidade que manifestarem seu
interesse com antecedência de até 24 horas da apresentação das
propostas (Lei nº 8.666/93, art. 22, §3º).

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 17


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

O item IV está certo. Tomada de preços: é a modalidade de


licitação entre interessados devidamente cadastrados ou que
atenderem a todas as condições exigidas para cadastramento
até o terceiro dia anterior à data do recebimento das
propostas, observada a necessária qualificação (Lei nº 8.666/93,
art. 22, §2º).

O item V está errado. É vedada a criação de outras


modalidades ou a combinação delas, ainda que seja mais
proveitosa para a Administração Pública (Lei nº 8.666/93, art.
22, §8º).

Pelo exposto, a resposta desta questão é a letra a.

115. (FCC/TRT-15ª Região/2009) A respeito do pregão presencial


(Lei n° 10.520/02), é INCORRETO afirmar que:
a) é permitida a garantia de proposta.
b) o prazo de validade das propostas será de 60 (sessenta) dias,
se outro não for fixado no edital.
c) quem, convocado dentro do prazo de validade da sua proposta,
não celebrar o contrato, ficará impedido de licitar e contratar
com a União, Estados, Distrito Federal ou Municípios, sem
prejuízo de outras cominações legais e contratuais.
d) as compras e contratações de bens e serviços comuns, no
âmbito da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
Municípios, quando efetuadas pelo sistema de registro de
preços, poderão adotar a modalidade de pregão.
e) o licitante que, convocado dentro do prazo de validade da sua
proposta, não a mantiver, ficará impedido de licitar e contratar
com a União, Estados, Distrito Federal ou Municípios, sem
prejuízo de outras sanções legais e contratuais.

Comentários:

A letra a está errada. É vedada a exigência de (art. 5º):


• garantia de proposta;
• aquisição do edital pelos licitantes, como condição para
participação no certame; e

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 18


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

• pagamento de taxas e emolumentos, salvo os referentes a


fornecimento do edital, que não serão superiores ao custo de
sua reprodução gráfica, e aos custos de utilização de recursos
de tecnologia da informação, quando for o caso.

A letra b está certa. O prazo de validade das propostas


será de 60 dias, se outro não estiver fixado no edital (art. 6º).

IMPORTANTE:
Se o prazo de validade das propostas não for estabelecido no
edital, esse prazo será de 60 dias.

As letra c e e estão certas. Quem, convocado dentro do prazo


de validade da sua proposta, não celebrar o contrato, deixar de
entregar ou apresentar documentação falsa exigida para o certame,
ensejar o retardamento da execução de seu objeto, não mantiver a
proposta, falhar ou fraudar na execução do contrato, comportar-se de
modo inidôneo ou cometer fraude fiscal, ficará impedido de licitar e
contratar com a União, Estados, Distrito Federal ou Municípios e, será
descredenciado no Sicaf, ou nos sistemas de cadastramento de
fornecedores, pelo prazo de até 5 (cinco) anos, sem prejuízo das
multas previstas em edital e no contrato e das demais cominações
legais (art. 7º).

Impedimento (U, E, DF, M) Não celebrar o contrato


+
Não entregar a documentação
Descredenciamento
Apresentar documentação falsa
+
Multa Ensejar o retardamento da execução
+ Comportar-se de modo inidôneo
Outras sanções
Cometer fraude fiscal

A letra d está certa. As compras e contratações de bens e


serviços comuns, no âmbito da União, dos Estados, do Distrito
Federal e dos Municípios, quando efetuadas pelo sistema de registro
de preços, poderão adotar a modalidade de pregão (art. 11).

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 19


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

Assim, a resposta desta questão é a letra a.

116. (FCC/MPE-SE/2009) Em relação às etapas da licitação, é


correto afirmar que a
a) inversão das fases de habilitação e julgamento das propostas é
admitida apenas na modalidade convite.
b) fase de habilitação deve sempre preceder a de julgamento das
propostas, independentemente da modalidade licitatória.
c) inversão de fases de habilitação e de julgamento das propostas
é admitida, a critério da comissão de licitação,
independentemente da modalidade licitatória.
d) fase de classificação das propostas precede a de habilitação, na
modalidade pregão.
e) fase de julgamento das propostas deve sempre preceder a de
habilitação, nas modalidades pregão e concorrência pública.

Comentários:

Uma peculiaridade do pregão que é muito cobrada em provas


de concursos públicos é a denominada inversão da ordem das
etapas de habilitação (comprovação de que o licitante possui os
requisitos fixados para participação na licitação) e julgamento. Pois,
no pregão, a habilitação é posterior ao julgamento das
propostas. Já nas outras modalidades de licitação a habilitação é
anterior à abertura e ao julgamento das propostas.

IMPORTANTE:
No pregão, a habilitação é posterior ao julgamento das propostas.

Por isso, a resposta desta questão é a letra d.

117. (FCC/PGE-RJ/2009) A modalidade de licitação denominada


Pregão pode ser realizada pelo tipo
a) melhor oferta.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 20


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

b) técnica.
c) menor preço.
d) técnica e preço.
e) técnica e menor preço.

Comentários:

Para julgamento e classificação das propostas, será adotado o


critério de menor preço, observados os prazos máximos para
fornecimento, as especificações técnicas e parâmetros mínimos de
desempenho e qualidade definidos no edital (Lei nº 10.520/02, art.
4º, X).

Assim, a resposta desta questão é a letra c.

118. (CESGRANRIO/CAPES/2008) Nas licitações na modalidade


pregão, o termo de referência é o documento que:
a) indica o procurador residente e domiciliado no País, com
poderes para receber citação, intimação e responder
administrativa e judicialmente pelos atos de licitantes
estrangeiros.
b) contém referências de contratantes anteriores do licitante, com
detalhes dos contratos firmados no passado e a avaliação do
índice de satisfação na sua execução, que forneçam parâmetros
à Administração quanto à idoneidade do proponente.
c) deve conter elementos capazes de propiciar a avaliação do
custo pela Administração, diante de orçamento detalhado,
considerando os preços praticados no mercado,a definição dos
métodos, a estratégia de suprimento e o prazo de execução do
contrato.
d) declara encerrada a etapa competitiva e ordena as propostas,
motivadamente, de acordo com a aceitabilidade das propostas
classificadas, quanto ao objeto e valor.
e) pode ser substituído pela certidão de regularidade fiscal com
validade até a data prevista para o encerramento do
procedimento licitatório.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 21


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

Comentários:

O Decreto nº 3.555/00 aprovou o Regulamento para a


modalidade de licitação denominada pregão, para aquisição de bens e
serviços comuns.
De acordo com o art. 8º desse Decreto, a fase preparatória do
pregão observará as seguintes regras:
• A definição do objeto deverá ser precisa, suficiente e clara,
vedadas especificações que, por excessivas, irrelevantes ou
desnecessárias, limitem ou frustrem a competição ou a
realização do fornecimento, devendo estar refletida no termo
de referência;
• O termo de referência é o documento que deverá conter
elementos capazes de propiciar a avaliação do custo pela
Administração, diante de orçamento detalhado, considerando
os preços praticados no mercado, a definição dos métodos,
a estratégia de suprimento e o prazo de execução do
contrato;
• A autoridade competente ou, por delegação de competência, o
ordenador de despesa ou, ainda, o agente encarregado da
compra no âmbito da Administração, deverá:
9 Definir o objeto do certame e o seu valor estimado em
planilhas, de forma clara, concisa e objetiva, de acordo
com termo de referência elaborado pelo requisitante, em
conjunto com a área de compras, obedecidas as
especificações praticadas no mercado;
9 Justificar a necessidade da aquisição;
9 Estabelecer os critérios de aceitação das propostas, as
exigências de habilitação, as sanções administrativas
aplicáveis por inadimplemento e as cláusulas do contrato,
inclusive com fixação dos prazos e das demais condições
essenciais para o fornecimento; e
9 Designar, dentre os servidores do órgão ou da entidade
promotora da licitação, o pregoeiro responsável pelos
trabalhos do pregão e a sua equipe de apoio;
• Constarão dos autos a motivação de cada um dos atos
especificados no inciso anterior e os indispensáveis elementos
técnicos sobre os quais estiverem apoiados, bem como o
orçamento estimativo e o cronograma físico-financeiro de
desembolso, se for o caso, elaborados pela Administração; e

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 22


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

• Para julgamento, será adotado o critério de menor preço,


observados os prazos máximos para fornecimento, as
especificações técnicas e os parâmetros mínimos de
desempenho e de qualidade e as demais condições definidas no
edital.

Pelo exposto, a resposta desta questão é a letra c.

119. (CESGRANRIO/EPE/2007) Assinale a afirmação correta em


relação às situações em que é permitida a participação de consórcio
de empresas no pregão eletrônico.
a) É vedada a formação de consórcios com empresas estrangeiras.
b) Deve ser apresentada a documentação de habilitação apenas
com relação à empresa-líder.
c) São exigidos constituição e registro dos consórcios antes da
apresentação das respectivas propostas.
d) É exigida a comprovação da capacidade técnica do consórcio
pelo somatório dos quantitativos de cada consorciado, na forma
do edital.
e) A responsabilidade de cada empresa consorciada limitar-se-á
ao percentual de sua participação no consórcio durante a
vigência do contrato

Comentários:

De acordo com o art. 17 do Decreto nº 3.555/00, que


regulamenta o pregão, quando permitida a participação de
empresas reunidas em consórcio, serão observadas as seguintes
normas:
• Deverá ser comprovada a existência de compromisso público
ou particular de constituição de consórcio, com indicação da
empresa-líder, que deverá atender às condições de liderança
estipuladas no edital e será a representante das consorciadas
perante a União;
• Cada empresa consorciada deverá apresentar a documentação
de habilitação exigida no ato convocatório;

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 23


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

• A capacidade técnica do consórcio será representada pela


soma da capacidade técnica das empresas consorciadas;
• Para fins de qualificação econômico-financeira, cada uma das
empresas deverá atender aos índices contábeis definidos no
edital, nas mesmas condições estipuladas no SICAF;
• As empresas consorciadas não poderão participar, na
mesma licitação, de mais de um consórcio ou
isoladamente;
• As empresas consorciadas serão solidariamente
responsáveis pelas obrigações do consórcio nas fases de
licitação e durante a vigência do contrato.
• No consórcio de empresas brasileiras e estrangeiras, a
liderança caberá, obrigatoriamente, à empresa brasileira.
• Antes da celebração do contrato, deverá ser promovida a
constituição e o registro do consórcio.

Percebam que essas regras são semelhantes àquelas previstas


na Lei nº 8.666/93. Voltemos à questão.

A letra a está errada. É permitida a participação de empresas


estrangeiras no consórcio. Porém, no consórcio de empresas
brasileiras e estrangeiras a liderança caberá, obrigatoriamente,
à empresa brasileira (Decreto nº 3.555/00, art. 17, VI).

A letra b está errada. Deverá ser comprovada a existência


de compromisso público ou particular de constituição de consórcio,
com indicação da empresa-líder, que deverá atender às condições
de liderança estipuladas no edital e será a representante das
consorciadas perante a União (Decreto nº 3.555/00, art. 17, I).

A letra c está errada. Antes da celebração do contrato (e


não antes da apresentação das propostas), deverá ser
promovida a constituição e o registro do consórcio (Decreto nº
3.555/00, art. 17, parágrafo único).

A letra d está certa. A capacidade técnica do consórcio


será representada pela soma da capacidade técnica das
empresas consorciadas (Decreto nº 3.555/00, art. 17, III).

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 24


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

A letra e está errada. As empresas consorciadas serão


solidariamente responsáveis pelas obrigações do consórcio nas
fases de licitação e durante a vigência do contrato. Ou seja, a
responsabilidade de cada uma das empresas consorciadas não é
limitada pelo percentual de participação no consórcio (Decreto nº
3.555/00, art. 17, VI).

Logo, a resposta desta questão é a letra d.

120. (CESGRANRIO/EPE/2007) Considerando o disposto na Lei nº


10.520/02 e no Decreto nº 3.555/00, que disciplinam o procedimento
licitatório denominado pregão, assinale a opção que apresenta uma
afirmação FALSA acerca das regras a ele aplicáveis.
a) Apenas pode ser utilizado para a aquisição de bens e serviços
comuns.
b) Aplicam-se subsidiariamente, para a modalidade pregão, as
normas da Lei no 8.666/93.
c) O prazo para a apresentação das propostas, a contar da data
de publicação do aviso de licitação, não pode ser inferior a 8
(oito) dias úteis.
d) Classificam-se para a fase de lances verbais o autor da oferta
de valor mais baixo e os das ofertas com preços até 10% (dez
por cento) superiores àquela.
e) Em caso de apresentação de recurso, o prazo de apresentação
de contra-razões pelas demais licitantes é de 5 dias úteis a
contar do recebimento da intimação.

Comentários:

A letra a está certa. De acordo com o art. 1º da Lei nº


10.520/02, a utilização do pregão está condicionada à aquisição de
bens e serviços comuns, que são aqueles cujos padrões de
desempenho e qualidade possam ser objetivamente definidos pelo
edital, por meio de especificações usuais no mercado.

A letra b está certa. Segundo o art. 9º da Lei nº 10.520/02,


as normas da Lei nº 8.666/93 aplicam-se subsidiariamente para a
modalidade de pregão. Isso significa que, em relação ao pregão, por

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 25


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

serem mais específicas, as normas previstas na Lei nº 10.520/02


devem prevalecer sobre as regras previstas na Lei nº 8.666/93.

A letra c está certa. O pregão possui uma fase preparatória


(interna) e outra externa. A fase externa do pregão será iniciada
com a convocação dos interessados, efetuada por meio de
publicação oficial de aviso do qual constarão a definição do objeto da
licitação, a indicação do local, dias e horários em que poderá ser lida
ou obtida a íntegra do edital.
Nos termos do art. 4º, V da Lei nº 10.520/02, o prazo fixado
para a apresentação das propostas, contado a partir da publicação
do aviso, não será inferior a 8 dias úteis.

A letra d está certa. O licitante autor da menor proposta e


os demais que apresentarem preços até 10% superiores a ela
estão classificados para a fase de lances verbais (Lei nº 10.520/02,
art. 4º, VIII).
Caso não haja pelo menos 3 licitantes que atendam essas
condições, os demais licitantes serão convocados, obedecida a ordem
de classificação das propostas, até o máximo de 3, quaisquer que
sejam os preços oferecidos por eles (art. 4º, IX).

A letra e está errada. Declarado o vencedor, qualquer licitante


poderá manifestar imediata e motivadamente a intenção de recorrer,
quando lhe será concedido o prazo de 3 dias para apresentação
das razões do recurso, ficando os demais licitantes desde logo
intimados para apresentar contra-razões em igual número de
dias, que começarão a correr do término do prazo do recorrente,
sendo-lhes assegurada vista imediata dos autos (Lei nº 10.520/02,
art. 4º, XVIII).
Portanto, em caso de apresentação de recurso, o prazo de
apresentação de contra-razões pelas demais licitantes é de 3 dias a
contar do término do prazo do recorrente.

Pelo exposto, a resposta desta questão é a letra e.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 26


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

121. (CESGRANRIO/DNPM/2006) A licitação na modalidade de


pregão, destinada à aquisição de bens e serviços comuns, aplica-se
a:
a) qualquer que seja o valor estimado.
b) locação imobiliária.
c) obras de engenharia.
d) serviços de engenharia.
e) órgãos integrantes da Administração Direta, apenas.

Comentários:
A letra a está certa. O pregão é a modalidade de licitação
para aquisição de bens e serviços comuns, independentemente
do valor estimado, em que a disputa pelo fornecimento é feita por
meio de propostas e lances.

IMPORTANTE:
O pregão pode ser utilizado para qualquer valor de contrato.

As letras b, c e d estão erradas. O pregão não se aplica às


contratações de obras e serviços de engenharia, bem como às
locações imobiliárias e alienações em geral (Decreto nº 3.555/00,
art. 5º).

IMPORTANTE:
O pregão não se aplica às contratações de obras e serviços de
engenharia, bem como às locações imobiliárias e alienações em
geral.

A letra e está errada. Na esfera federal, sujeitam-se ao


Regulamento do Pregão, aprovado pelo Decreto nº 3.555/00, além
dos órgãos da administração direta, os fundos especiais, as
autarquias, as fundações, as empresas públicas, as sociedades
de economia mista e as entidades controladas direta e
indiretamente pela União.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 27


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

Destarte, não se pode falar que a licitação na modalidade de


pregão, destinada à aquisição de bens e serviços comuns, aplica-se
apenas a órgãos integrantes da Administração Direta.

Pelo exposto, a resposta desta questão é a letra a.

122. (CESGRANRIO/DNPM/2006) Analise as afirmativas abaixo.


I – Pregão é modalidade de licitação em que a disputa pelo
fornecimento de bens ou serviços é feita em sessão pública, por meio
de propostas escritas de preços e lances verbais.
II – O pregão pode ser utilizado para a contratação de obras e
serviços de engenharia, desde que não ultrapasse o valor de R$
80.000,00.
III – A fase preparatória do pregão se inicia com a convocação dos
interessados.
Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s):
a) I, somente.
b) II, somente.
c) I e II, somente.
d) I e III, somente.
e) II e III, somente.

Comentários:

O item I está certo. Pregão é a modalidade de licitação em


que a disputa pelo fornecimento de bens ou serviços comuns é
feita em sessão pública, por meio de propostas de preços
escritas e lances verbais (Decreto nº 3.555/00, art. 2º).

IMPORTANTE:
O pregão é a modalidade de licitação em que a disputa pelo
fornecimento de bens ou serviços comuns é feita em sessão
pública, por meio de propostas de preços escritas e lances
verbais.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 28


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

O item II está errado. O pregão não se aplica às


contratações de obras e serviços de engenharia, bem como às
locações imobiliárias e alienações em geral (Decreto nº 3.555/00,
art. 5º).

O item III está errado. A convocação dos interessados dá


início à fase externa do pregão (Decreto nº 3.555/00, art. 11).

Logo, a resposta desta questão é a letra a.

123. (CESGRANRIO/ANP/2005) O Município de Lagoa Rasa


publicou um Edital, na modalidade de Pregão, para aquisição de
material escolar destinado às escolas públicas de sua jurisdição.
Segundo a Lei nº 10.520/2002 (artigo 6º), não tendo estabelecido no
Edital o prazo de validade das propostas, esse prazo será de:
a) 30 dias.
b) 60 dias.
c) 90 dias.
d) quatro meses.
e) seis meses.

Comentários:

A fase externa do pregão será iniciada com a convocação


dos interessados, efetuada por meio de publicação oficial de aviso
do qual constarão a definição do objeto da licitação, a indicação do
local, dias e horários em que poderá ser lida ou obtida a íntegra do
edital.
O prazo fixado para a apresentação das propostas, contado
a partir da publicação do aviso, não será inferior a 8 dias úteis.
Neste momento, quero dizer-lhes o seguinte: o prazo de validade
das propostas será de 60 dias, se outro não estiver fixado no
edital.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 29


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

IMPORTANTE:
Se o prazo de validade das propostas não for estabelecido no
edital, esse prazo será de 60 dias.

Portanto, a resposta desta questão é a letra b.

124. (CESGRANRIO/EPE/2007) A licitação na modalidade pregão,


na forma eletrônica, exige o credenciamento prévio perante o
provedor do sistema eletrônico:
I – da autoridade competente do órgão promotor da licitação;
II – do pregoeiro;
III – dos membros da equipe de apoio;
IV – dos licitantes que participam da licitação.
Está( o) correto(s) o(s) item(ns):
a) IV, apenas.
b) I e III, apenas.
c) II e III, apenas.
d) I, II e IV, apenas.
e) I, II, III e IV.

Comentários:

De acordo com o art. 3º do Decreto nº 5.450/05, deverão ser


previamente credenciados perante o provedor do sistema eletrônico:
• a autoridade competente do órgão promotor da licitação;
• o pregoeiro;
• os membros da equipe de apoio; e
• os licitantes que participam do pregão na forma eletrônica.

Logo, a resposta desta questão é a letra e.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 30


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

125. (CESGRANRIO/EPE/2007) Aplica-se a licitação na


modalidade pregão, na forma eletrônica, para:
a) contratação de serviços de vigilância.
b) contratação de obras de engenharia.
c) locações imobiliárias.
d) alienações de bens móveis.
e) alienações de bens imóveis.

Comentários:

Segundo o art. 6º do Decreto nº 5.450/05, a licitação na


modalidade de pregão, na forma eletrônica, não se aplica às
contratações de obras de engenharia, bem como às locações
imobiliárias e alienações em geral.

Assim, por eliminação, a resposta desta questão é a letra a.

126. (CESGRANRIO/EPE/2007) Assinale a opção que NÃO se


refere à fase preparatória do pregão eletrônico.
a) Designação do pregoeiro.
b) Publicação do aviso do edital.
c) Definição das exigências de habilitação dos licitantes.
d) Apresentação de justificativa da necessidade da contratação.
e) Aprovação do termo de referência pela autoridade competente.

Comentários:

DECRETO Nº 5.450/05, ART. 9º:


Na fase preparatória do pregão, na forma eletrônica, será
observado o seguinte:
I – elaboração de termo de referência pelo órgão
requisitante, com indicação do objeto de forma precisa, suficiente e
clara, vedadas especificações que, por excessivas, irrelevantes ou
desnecessárias, limitem ou frustrem a competição ou sua realização;

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 31


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

II – aprovação do termo de referência pela autoridade


competente;
III – apresentação de justificativa da necessidade da
contratação;
IV – elaboração do edital, estabelecendo critérios de
aceitação das propostas;
V – definição das exigências de habilitação, das sanções
aplicáveis, inclusive no que se refere aos prazos e às condições
que, pelas suas particularidades, sejam consideradas relevantes
para a celebração e execução do contrato e o atendimento das
necessidades da administração; e
VI – designação do pregoeiro e de sua equipe de apoio

IMPORTANTE:
A fase externa do pregão, na forma eletrônica, será iniciada com a
convocação dos interessados por meio de publicação do aviso
do edital.

Portanto, a resposta desta questão é a letra b.

127. (CESGRANRIO/EPE/2006) O Decreto nº 5.450, de 31 de


maio de 2005, regulamenta o pregão na forma eletrônica para
aquisição de bens e serviços comuns. Após a fase preparatória,
passa-se à fase externa do pregão, iniciada com a convocação dos
interessados por meio de publicação de avisos. Para valores
estimados para contratação de até R$ 650.000,00, devem ser
indicados os seguintes meios de divulgação:
a) Diário Oficial da União e jornal local.
b) Diário Oficial da União e meio eletrônico, na Internet.
c) jornal local e meio eletrônico, na Internet.
d) jornal de grande circulação local e Diário Oficial da União.
e) jornal de grande circulação nacional e meio eletrônico, na
Internet.

Comentários:

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 32


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

DECRETO Nº 5.450/05, ART. 17:


A fase externa do pregão, na forma eletrônica, será iniciada com
a convocação dos interessados por meio de publicação de
aviso, observados os valores estimados para contratação e os meios
de divulgação a seguir indicados:
I – até R$ 650.000,00:
140. DOU; e
b) meio eletrônico, na internet;
II – acima de R$ 650.000,00 até R$ 1.300.000,00:
140. DOU;
b) meio eletrônico, na internet; e
c) jornal de grande circulação local;
III – superiores a R$ 1.300.000,00:
140. DOU;
b) meio eletrônico, na internet; e
c) jornal de grande circulação regional ou nacional.

Destarte, a resposta desta questão é a letra b.

128. (CESGRANRIO/EPE/2007) A fase externa do pregão, na


forma eletrônica, se inicia com a(o):
a) convocação dos interessados por publicação de aviso.
b) habilitação dos licitantes.
c) designação, junto ao provedor do sistema, do pregoeiro e dos
componentes da equipe de apoio.
d) celebração do contrato objeto do certame.
e) julgamento das propostas por critérios objetivos.

Comentários:

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 33


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

Conforme dispõe o art. 17 do Decreto nº 5.450/05, a fase


externa do pregão, na forma eletrônica, será iniciada com a
convocação dos interessados por meio de publicação de aviso.
O aviso do edital conterá a definição precisa, suficiente e clara
do objeto, a indicação dos locais, dias e horários em que poderá ser
lida ou obtida a íntegra do edital, bem como o endereço eletrônico
onde ocorrerá a sessão pública, a data e hora de sua realização e a
indicação de que o pregão, na forma eletrônica, será realizado por
meio da internet (art. 17, §2º).

Logo, a resposta desta questão é a letra a.

129. (CESGRANRIO/EPE/2007) O ato convocatório do pregão, na


forma eletrônica, poderá ser impugnado até 2 (dois) dias úteis antes
da data fixada para a abertura da sessão pública:
a) por qualquer pessoa.
b) por qualquer licitante, apenas.
c) por cidadão que comprove documentalmente interesse na
licitação, apenas.
d) pelo promotor da licitação, apenas.
e) pelo pregoeiro ou pelos membros da equipe de apoio, apenas.

Comentários:

Até 2 dias úteis antes da data fixada para abertura da


sessão pública, qualquer pessoa poderá impugnar o ato
convocatório do pregão, na forma eletrônica (Decreto nº 5.450/05,
art. 18).

Desta forma, a resposta da questão é a letra a.

130. (CESGRANRIO/EPE/2007) A respeito dos lances na licitação


da modalidade pregão eletrônico, pode-se afirmar corretamente que:
a) é vedado o oferecimento de lances sucessivos por um mesmo
licitante.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 34


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

b) é vedado o oferecimento de lance superior ao último ofertado


pelo mesmo licitante.
c) os licitantes serão informados, em tempo real, do valor do
menor lance registrado e da identificação do licitante que o
ofereceu.
d) admitem-se dois ou mais lances iguais, observados os critérios
de desempate fixados no edital.
e) no caso de desconexão do pregoeiro, no decorrer da etapa de
lances, será cancelado o pregão.

Comentários:

A letra a está errada. Os licitantes poderão oferecer lances


sucessivos.

A letra b está certa. O licitante somente poderá oferecer


lance inferior ao último por ele ofertado e registrado pelo sistema.

A letra c está errada. Durante a sessão pública, os licitantes


serão informados, em tempo real, do valor do menor lance
registrado, vedada a identificação do licitante.

A letra d está errada. Não serão aceitos dois ou mais


lances iguais, prevalecendo aquele que for recebido e registrado
primeiro.

A letra e está errada. No caso de desconexão do pregoeiro,


no decorrer da etapa de lances, se o sistema eletrônico
permanecer acessível aos licitantes, os lances continuarão
sendo recebidos, sem prejuízo dos atos realizados.
No entanto, quando a desconexão do pregoeiro persistir por
tempo superior a 10 minutos, a sessão do pregão na forma
eletrônica será suspensa e reiniciada somente após comunicação aos
participantes, no endereço eletrônico utilizado para divulgação.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 35


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

DECRETO Nº 5.450/05, ART. 24:


Classificadas as propostas, o pregoeiro dará início à fase
competitiva, quando então os licitantes poderão encaminhar lances
exclusivamente por meio do sistema eletrônico.
§ 1o No que se refere aos lances, o licitante será
imediatamente informado do seu recebimento e do valor consignado
no registro.
§ 2o Os licitantes poderão oferecer lances sucessivos,
observados o horário fixado para abertura da sessão e as regras
estabelecidas no edital.
§ 3o O licitante somente poderá oferecer lance inferior ao
último por ele ofertado e registrado pelo sistema.
§ 4o Não serão aceitos dois ou mais lances iguais, prevalecendo
aquele que for recebido e registrado primeiro.
§ 5o Durante a sessão pública, os licitantes serão informados,
em tempo real, do valor do menor lance registrado, vedada a
identificação do licitante.
§ 6o A etapa de lances da sessão pública será encerrada por
decisão do pregoeiro.
§ 7o O sistema eletrônico encaminhará aviso de fechamento
iminente dos lances, após o que transcorrerá período de tempo de
até trinta minutos, aleatoriamente determinado, findo o qual será
automaticamente encerrada a recepção de lances.
§ 8o Após o encerramento da etapa de lances da sessão
pública, o pregoeiro poderá encaminhar, pelo sistema eletrônico,
contraproposta ao licitante que tenha apresentado lance mais
vantajoso, para que seja obtida melhor proposta, observado o critério
de julgamento, não se admitindo negociar condições diferentes
daquelas previstas no edital.
§ 9o A negociação será realizada por meio do sistema, podendo
ser acompanhada pelos demais licitantes.
§ 10. No caso de desconexão do pregoeiro, no decorrer da
etapa de lances, se o sistema eletrônico permanecer acessível aos
licitantes, os lances continuarão sendo recebidos, sem prejuízo dos
atos realizados.
§ 11. Quando a desconexão do pregoeiro persistir por tempo
superior a dez minutos, a sessão do pregão na forma eletrônica será
suspensa e reiniciada somente após comunicação aos participantes,
no endereço eletrônico utilizado para divulgação.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 36


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

Portanto, a resposta desta questão é a letra b.

131. (CESGRANRIO/EPE/2007) Salvo disposição específica


contida no edital, o prazo de validade das propostas apresentadas
pelos licitantes em pregão eletrônico é de:
a) 8 (oito) dias.
b) 15 (quinze) dias.
c) 30 (trinta) dias.
d) 60 (sessenta) dias.
e) 90 (noventa) dias.

Comentários:

O prazo de validade das propostas será de sessenta dias, salvo


disposição específica do edital (Decreto nº 5.450/05, art. 27, §4º).

Por isso, a resposta desta questão é a letra d.

132. (FCC/TCE-GO/2009) Nas licitações conduzidas sob a


modalidade de pregão, depois de abertos os envelopes
a) de habilitação, os concorrentes habilitados poderão fazer lances
sucessivos, até que se verifique a melhor oferta.
b) contendo as propostas comerciais, poderão fazer lances
sucessivos os licitantes que oferecerem preço não superior a
10% da melhor oferta.
c) contendo as propostas comerciais, todos os licitantes
habilitados poderão fazer lances sucessivos.
d) contendo as propostas comerciais, poderão fazer lances
sucessivos os licitantes com as três melhores ofertas, em
qualquer caso.
e) de habilitação, apenas poderão fazer lances sucessivos os
licitantes com as três melhores ofertas, em qualquer caso.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 37


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

Comentários:

O pregão possui uma fase preparatória (interna) e outra


externa. A fase externa do pregão será iniciada com a convocação
dos interessados, efetuada por meio de publicação oficial de aviso
do qual constarão a definição do objeto da licitação, a indicação do
local, dias e horários em que poderá ser lida ou obtida a íntegra do
edital.
O prazo fixado para a apresentação das propostas, contado
a partir da publicação do aviso, não será inferior a 8 dias úteis
(Lei nº 10.520/02, art. 4º, V).
Aberta a sessão, os interessados ou seus representantes,
apresentarão declaração dando ciência de que cumprem plenamente
os requisitos de habilitação e entregarão os envelopes contendo a
indicação do objeto e do preço oferecidos, procedendo-se à sua
imediata abertura e à verificação da conformidade das propostas com
os requisitos estabelecidos no instrumento convocatório (art. 4º, VII).
O licitante autor da menor proposta e os demais que
apresentarem preços até 10% superiores a ela estão classificados
para a fase de lances verbais. Ou seja, no curso da sessão, o autor
da oferta de valor mais baixo e os das ofertas com preços até 10%
superiores àquela poderão fazer novos lances verbais e sucessivos,
até a proclamação do vencedor (art. 4º, VIII).

Por isso, a resposta desta questão é a letra b.

Bons estudos!
Abraços,
Anderson Luiz

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 38


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

LISTA DAS QUESTÕES APRESENTADAS

89. (CESPE/TCE-RN/2009) O pregão, por ser o procedimento


licitatório utilizado para a contratação de bens e serviços comuns,
não pode ser utilizado para a contratação de bens e serviços de
tecnologia da informação.

90. (CESPE/OAB/2009) A aplicação do pregão eletrônico é restrita


ao âmbito federal.

91. (CESPE/MCT/2009) A respeito da modalidade de licitação


denominada pregão, assinale a opção correta.
a) Tal modalidade de licitação somente é aplicável no âmbito da
União.
b) O pregão destina-se à aquisição pela administração de bens e
serviços comuns, assim considerados aqueles cujos padrões de
desempenho e qualidade possam ser objetivamente definidos
pelo edital, por meio de especificações usuais no mercado.
c) Por existir norma específica regulando essa modalidade de
licitação, resta inaplicável a ela a lei que institui normas gerais
para licitações e contratos da administração pública.
d) A norma aplicável à espécie determina limites de valor, mínimo
e máximo, para essa modalidade de licitação.
e) Para a realização da licitação, a autoridade competente designa
equipe de apoio, que deve ser integrada apenas por servidores
ocupantes de cargo efetivo ou emprego da administração,
obrigatoriamente pertencentes ao quadro permanente do órgão
ou entidade promotora do evento.

92. (CESPE/MCT/2009) Ainda em relação ao pregão e às


disposições da Lei n.º 10.520/2002, assinale a opção correta.
a) Veda-se a exigência de garantia de proposta e a aquisição do
edital pelos licitantes, como condição para participação no
certame, sendo certo que, para julgamento e classificação das
propostas, deve ser adotado o critério de menor preço.
b) Só é admitida a apresentação de proposta de licitante que
previamente comprovar situação regular perante a Fazenda
Nacional, a Seguridade Social e o Fundo de Garantia e Tempo
de Serviço, que deve ser verificada pelo pregoeiro antes da
etapa competitiva.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 39


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

c) O licitante declarado vencedor do certame, convocado dentro


do prazo de validade da sua proposta, que não celebrar o
contrato não sofre qualquer sanção, devendo o pregoeiro
examinar as ofertas subsequentes.
d) As compras e contratações da administração pública, quando
efetuadas pelo sistema de registro de preços, não podem
adotar a modalidade de pregão.
e) O pregão desenvolve-se em duas fases, preparatória e externa.
Na fase externa, o autor da oferta de valor mais baixo e os das
ofertas com preços até dez por cento superiores àquela podem
fazer novos lances verbais e sucessivos, até a proclamação do
vencedor. Não havendo pelo menos três ofertas nessas
condições, todo o procedimento licitatório deve ser refeito.

93. (CESPE/MCT/2009) No que se refere ao disposto no Decreto


n.º 5.450/2005, que regulamenta o pregão na forma eletrônica,
assinale a opção correta.
a) Empresas públicas e sociedades de economia mista não se
subordinam às disposições do referido decreto.
b) O pregão, na forma eletrônica, deve ser conduzido diretamente
pela Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do
Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, no âmbito da
administração pública federal.
c) O pregão, na modalidade eletrônica, só deve ser utilizado pela
administração pública de forma subsidiária, ou seja, quando
não houver outra forma de se conduzir o processo licitatório.
d) O pregão, na forma eletrônica, como modalidade de licitação do
tipo menor preço, realiza-se quando a disputa pelo
fornecimento de bens ou serviços comuns for feita à distância
em sessão pública, por meio de sistema que promova a
comunicação pela Internet.
e) A licitação na modalidade de pregão, na forma eletrônica, pode
ser aplicada às contratações de obras de engenharia, bem
como às locações imobiliárias e alienações em geral.

94. (CESPE/ANTAQ/2009) Celeridade, razoabilidade, justo preço e


seletividade são alguns dos princípios correlatos norteadores da
modalidade pregão.

95. (CESPE/ANTAQ/2009) Na modalidade pregão, é vedada a


exigência de garantia da proposta.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 40


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

96. (CESPE/ANTAQ/2009) No pregão, não se leva em


consideração o valor da contratação, mas, sim, as características dos
bens ou serviços, que devem ser comuns.

97. (CESPE/ANTAQ/2009) Na modalidade pregão, examinada a


proposta classificada em primeiro lugar, caberá ao ordenador de
despesas decidir motivadamente a respeito da aceitabilidade dessa
proposta.

98. (CESPE/ANTAQ/2009) Na modalidade pregão, a habilitação


dos licitantes é fase posterior ao julgamento e classificação.

99. (CESPE/ANTAQ/2009) Somente poderá atuar como pregoeiro


o servidor que tenha realizado capacitação específica para exercer a
função, sendo uma de suas atribuições o credenciamento dos
interessados em participar da licitação.

100. (CESPE/ANTAQ/2009) Os tipos de licitação a serem


utilizados na modalidade pregão são menor preço e menor lance ou
oferta.

101. (CESPE/TCE-TO/2009) No pregão, as garantias deverão


constar do edital, podendo o contratado escolher uma entre as
seguintes: caução em dinheiro ou em títulos da dívida pública;
seguro-garantia; ou fiança bancária.

102. (CESPE/SEGER-ES/2009) O pregão, por ser um


procedimento simplificado, não pode ser utilizado para a aquisição de
bens de valores vultosos, mesmo que as especificações desses bens
possam ser concisa e objetivamente definidas em edital, em
conformidade com especificações usuais de mercado.

103. (CESPE/SEGER-ES/2009) O procedimento do pregão é mais


célere e mais eficiente do que as demais modalidades de licitação.
Dois dos fatores que contribuem para essa celeridade são o critério
de julgamento apenas pelo menor preço e a verificação dos
documentos de habilitação apenas do licitante que apresentou a
melhor proposta aceita pelo pregoeiro.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 41


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

104. (CESPE/SERPRO/2008) Na fase preparatória do pregão, a


autoridade competente justificará a necessidade de contratação e
definirá o objeto do certame, bem como as exigências de habilitação
e os critérios de aceitação das propostas. Igualmente, as sanções por
inadimplemento e as cláusulas do contrato, com fixação dos prazos
para fornecimento, fazem parte dessa fase do pregão.

105. (CESPE/SERPRO/2008) Os atos essenciais do pregão,


quando realizados por meio eletrônico, dispensam documentação no
processo respectivo.

106. (CESPE/SERPRO/2008) Aquele que for convocado dentro do


prazo de validade da sua proposta e não celebrar o contrato ou
apresentar documentação falsa no certame ficará impedido de licitar
e contratar com a União, estados, Distrito Federal ou municípios e
será descredenciado no SICAF ou nos sistemas de cadastramento de
fornecedores.

107. (CESPE/SERPRO/2008) A equipe de apoio do pregoeiro deve


ser integrada obrigatoriamente por servidores ocupantes de cargo
efetivo ou emprego da administração, pertencentes ao quadro
permanente do órgão ou da entidade promotora do evento.

108. (CESPE/SERPRO/2008) O pregão pode ser realizado por


meio da utilização de recursos de tecnologia da informação.

109. (CESPE/TJ- AC/2007) A modalidade de licitação do pregão se


aplica às hipóteses de compra de quaisquer bens ou serviços, em
todas as esferas da federação.

110. (CESPE/TJ-TO/2007) O prefeito de um município de


determinado estado pretende contratar uma sociedade de advogados
para desempenhar as atividades de contencioso judicial geral e de
consultoria geral do respectivo município. Com tal fim, abriu a
licitação na modalidade de convite, para a qual não compareceram
interessados. Assim, houve por bem contratar um escritório em
função da sua notória especialidade. A contratação na espécie poderia
ser feita legalmente na modalidade de pregão.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 42


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

111. (CESPE/TSE/2007) Na licitação realizada na modalidade


pregão, é inviável a opção pelo tipo técnica e preço. Essa afirmação é
a) correta.
b) errada, pois o pregão não é uma modalidade de licitação e sim
uma espécie de tomada de preços.
c) errada, pois o pregão não é uma modalidade licitatória e sim
uma espécie de leilão.
d) errada, pois a opção pelo tipo técnica e preço é viável sempre
que se tratar de pregão para a contratação de serviços de
natureza predominantemente intelectual.

112. (CESPE/PGE-PA/2007) Para aquisição de bens e serviços


comuns, poderá ser adotada a licitação na modalidade de pregão.
Sobre esse tema, assinale a opção incorreta.
a) Os atos essenciais do pregão, inclusive os decorrentes de meios
eletrônicos, devem ser documentados no processo respectivo,
com vistas à aferição de sua regularidade pelos agentes de
controle.
b) Declarado o vencedor, qualquer licitante poderá manifestar,
imediata e motivadamente, a intenção de recorrer, quando lhe
deverá ser concedido o prazo de três dias para apresentação
das razões do recurso, ficando os demais licitantes, desde logo,
intimados a apresentarem contra-razões em igual número de
dias, que começarão a correr do término do prazo do
recorrente, sendo-lhes assegurada vista imediata dos autos.
c) Os licitantes podem deixar de apresentar os documentos de
habilitação que já constem de Sistema de Cadastramento de
Fornecedores, vedado aos demais licitantes o direito de acesso
aos dados nele constantes antes do momento da adjudicação.
d) Pode ser realizado o pregão por meio da utilização de recursos
de tecnologia da informação, nos termos de regulamentação
específica.

113. (FCC/MPE-SE/2009) Pregão é a modalidade licitatória própria


para
a) alienação de bens inservíveis.
b) contratação de serviços de natureza comum, desde que o valor
total estimado da contratação não ultrapasse R$ 80.000,00
(oitenta mil reais ).
c) contratação de serviços de natureza comum e obras de pouca
complexidade, independentemente do valor.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 43


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

d) aquisição de bens e serviços de natureza comum,


independentemente do valor.
e) contratação de obras de pouca complexidade, desde que o
valor total estimado, de acordo com o memorial descritivo
constante do edital, não ultrapasse R$ 80.000,00.

114. (FCC/TRF-5ªRegião/2008) Sobre as modalidades de


licitação, considere:
I. Concurso é a modalidade de licitação entre quaisquer interessados
para escolha de trabalho técnico, científico ou artístico, mediante a
instituição de prêmios ou remuneração aos vencedores, conforme
critérios constantes de edital.
II. Pregão é a modalidade de licitação entre interessados
devidamente cadastrados no órgão licitante para escolha de trabalho
técnico, científico ou artístico, mediante a instituição de prêmios ou
remuneração aos vencedores, conforme critérios constantes de edital.
III. Convite é a modalidade de licitação entre interessados do ramo
pertinente ao seu objeto, devidamente cadastrados, escolhidos e
convidados em número mínimo de 2 (dois) pela unidade
administrativa.
IV. Tomada de preços é a modalidade de licitação entre interessados
devidamente cadastrados ou que atenderem a todas as condições
exigidas para cadastramento até o terceiro dia anterior à data do
recebimento das propostas, observada a necessária qualificação.
V. É possível a combinação das modalidades de licitação, de modo a
se estabelecer nova modalidade, desde que todos os requisitos
estejam previstos na lei.
Está correto o que contém APENAS em
a) I e IV.
b) I, II e V.
c) II e IV.
d) II, III e V.
e) IV e V.

115. (FCC/TRT-15ª Região/2009) A respeito do pregão presencial


(Lei n° 10.520/02), é INCORRETO afirmar que:
a) é permitida a garantia de proposta.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 44


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

b) o prazo de validade das propostas será de 60 (sessenta) dias,


se outro não for fixado no edital.
c) quem, convocado dentro do prazo de validade da sua proposta,
não celebrar o contrato, ficará impedido de licitar e contratar
com a União, Estados, Distrito Federal ou Municípios, sem
prejuízo de outras cominações legais e contratuais.
d) as compras e contratações de bens e serviços comuns, no
âmbito da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
Municípios, quando efetuadas pelo sistema de registro de
preços, poderão adotar a modalidade de pregão.
e) o licitante que, convocado dentro do prazo de validade da sua
proposta, não a mantiver, ficará impedido de licitar e contratar
com a União, Estados, Distrito Federal ou Municípios, sem
prejuízo de outras sanções legais e contratuais.

116. (FCC/MPE-SE/2009) Em relação às etapas da licitação, é


correto afirmar que a
a) inversão das fases de habilitação e julgamento das propostas é
admitida apenas na modalidade convite.
b) fase de habilitação deve sempre preceder a de julgamento das
propostas, independentemente da modalidade licitatória.
c) inversão de fases de habilitação e de julgamento das propostas
é admitida, a critério da comissão de licitação,
independentemente da modalidade licitatória.
d) fase de classificação das propostas precede a de habilitação, na
modalidade pregão.
e) fase de julgamento das propostas deve sempre preceder a de
habilitação, nas modalidades pregão e concorrência pública.

117. (FCC/PGE-RJ/2009) A modalidade de licitação denominada


Pregão pode ser realizada pelo tipo
a) melhor oferta.
b) técnica.
c) menor preço.
d) técnica e preço.
e) técnica e menor preço.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 45


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

118. (CESGRANRIO/CAPES/2008) Nas licitações na modalidade


pregão, o termo de referência é o documento que:
a) indica o procurador residente e domiciliado no País, com
poderes para receber citação, intimação e responder
administrativa e judicialmente pelos atos de licitantes
estrangeiros.
b) contém referências de contratantes anteriores do licitante, com
detalhes dos contratos firmados no passado e a avaliação do
índice de satisfação na sua execução, que forneçam parâmetros
à Administração quanto à idoneidade do proponente.
c) deve conter elementos capazes de propiciar a avaliação do
custo pela Administração, diante de orçamento detalhado,
considerando os preços praticados no mercado,a definição dos
métodos, a estratégia de suprimento e o prazo de execução do
contrato.
d) declara encerrada a etapa competitiva e ordena as propostas,
motivadamente, de acordo com a aceitabilidade das propostas
classificadas, quanto ao objeto e valor.
e) pode ser substituído pela certidão de regularidade fiscal com
validade até a data prevista para o encerramento do
procedimento licitatório.

119. (CESGRANRIO/EPE/2007) Assinale a afirmação correta em


relação às situações em que é permitida a participação de consórcio
de empresas no pregão eletrônico.
a) É vedada a formação de consórcios com empresas estrangeiras.
b) Deve ser apresentada a documentação de habilitação apenas
com relação à empresa-líder.
c) São exigidos constituição e registro dos consórcios antes da
apresentação das respectivas propostas.
d) É exigida a comprovação da capacidade técnica do consórcio
pelo somatório dos quantitativos de cada consorciado, na forma
do edital.
e) A responsabilidade de cada empresa consorciada limitar-se-á
ao percentual de sua participação no consórcio durante a
vigência do contrato

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 46


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

120. (CESGRANRIO/EPE/2007) Considerando o disposto na Lei nº


10.520/02 e no Decreto nº 3.555/00, que disciplinam o procedimento
licitatório denominado pregão, assinale a opção que apresenta uma
afirmação FALSA acerca das regras a ele aplicáveis.
a) Apenas pode ser utilizado para a aquisição de bens e serviços
comuns.
b) Aplicam-se subsidiariamente, para a modalidade pregão, as
normas da Lei no 8.666/93.
c) O prazo para a apresentação das propostas, a contar da data
de publicação do aviso de licitação, não pode ser inferior a 8
(oito) dias úteis.
d) Classificam-se para a fase de lances verbais o autor da oferta
de valor mais baixo e os das ofertas com preços até 10% (dez
por cento) superiores àquela.
e) Em caso de apresentação de recurso, o prazo de apresentação
de contra-razões pelas demais licitantes é de 5 dias úteis a
contar do recebimento da intimação.

121. (CESGRANRIO/DNPM/2006) A licitação na modalidade de


pregão, destinada à aquisição de bens e serviços comuns, aplica-se
a:
a) qualquer que seja o valor estimado.
b) locação imobiliária.
c) obras de engenharia.
d) serviços de engenharia.
e) órgãos integrantes da Administração Direta, apenas.

122. (CESGRANRIO/DNPM/2006) Analise as afirmativas abaixo.


I – Pregão é modalidade de licitação em que a disputa pelo
fornecimento de bens ou serviços é feita em sessão pública, por meio
de propostas escritas de preços e lances verbais.
II – O pregão pode ser utilizado para a contratação de obras e
serviços de engenharia, desde que não ultrapasse o valor de R$
80.000,00.
III – A fase preparatória do pregão se inicia com a convocação dos
interessados.
Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s):

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 47


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

a) I, somente.
b) II, somente.
c) I e II, somente.
d) I e III, somente.
e) II e III, somente.

123. (CESGRANRIO/ANP/2005) O Município de Lagoa Rasa


publicou um Edital, na modalidade de Pregão, para aquisição de
material escolar destinado às escolas públicas de sua jurisdição.
Segundo a Lei nº 10.520/2002 (artigo 6º), não tendo estabelecido no
Edital o prazo de validade das propostas, esse prazo será de:
a) 30 dias.
b) 60 dias.
c) 90 dias.
d) quatro meses.
e) seis meses.

124. (CESGRANRIO/EPE/2007) A licitação na modalidade pregão,


na forma eletrônica, exige o credenciamento prévio perante o
provedor do sistema eletrônico:
I – da autoridade competente do órgão promotor da licitação;
II – do pregoeiro;
III – dos membros da equipe de apoio;
IV – dos licitantes que participam da licitação.
Está(ão) correto(s) o(s) item(ns):
a) IV, apenas.
b) I e III, apenas.
c) II e III, apenas.
d) I, II e IV, apenas.
e) I, II, III e IV.

125. (CESGRANRIO/EPE/2007) Aplica-se a licitação na


modalidade pregão, na forma eletrônica, para:
a) contratação de serviços de vigilância.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 48


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

b) contratação de obras de engenharia.


c) locações imobiliárias.
d) alienações de bens móveis.
e) alienações de bens imóveis.

126. (CESGRANRIO/EPE/2007) Assinale a opção que NÃO se


refere à fase preparatória do pregão eletrônico.
a) Designação do pregoeiro.
b) Publicação do aviso do edital.
c) Definição das exigências de habilitação dos licitantes.
d) Apresentação de justificativa da necessidade da contratação.
e) Aprovação do termo de referência pela autoridade competente.

127. (CESGRANRIO/EPE/2006) O Decreto nº 5.450, de 31 de


maio de 2005, regulamenta o pregão na forma eletrônica para
aquisição de bens e serviços comuns. Após a fase preparatória,
passa-se à fase externa do pregão, iniciada com a convocação dos
interessados por meio de publicação de avisos. Para valores
estimados para contratação de até R$ 650.000,00, devem ser
indicados os seguintes meios de divulgação:
a) Diário Oficial da União e jornal local.
b) Diário Oficial da União e meio eletrônico, na Internet.
c) jornal local e meio eletrônico, na Internet.
d) jornal de grande circulação local e Diário Oficial da União.
e) jornal de grande circulação nacional e meio eletrônico, na
Internet.

128. (CESGRANRIO/EPE/2007) A fase externa do pregão, na


forma eletrônica, se inicia com a(o):
a) convocação dos interessados por publicação de aviso.
b) habilitação dos licitantes.
c) designação, junto ao provedor do sistema, do pregoeiro e dos
componentes da equipe de apoio.
d) celebração do contrato objeto do certame.
e) julgamento das propostas por critérios objetivos.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 49


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

129. (CESGRANRIO/EPE/2007) O ato convocatório do pregão, na


forma eletrônica, poderá ser impugnado até 2 (dois) dias úteis antes
da data fixada para a abertura da sessão pública:
a) por qualquer pessoa.
b) por qualquer licitante, apenas.
c) por cidadão que comprove documentalmente interesse na
licitação, apenas.
d) pelo promotor da licitação, apenas.
e) pelo pregoeiro ou pelos membros da equipe de apoio, apenas.

130. (CESGRANRIO/EPE/2007) A respeito dos lances na licitação


da modalidade pregão eletrônico, pode-se afirmar corretamente que:
a) é vedado o oferecimento de lances sucessivos por um mesmo
licitante.
b) é vedado o oferecimento de lance superior ao último ofertado
pelo mesmo licitante.
c) os licitantes serão informados, em tempo real, do valor do
menor lance registrado e da identificação do licitante que o
ofereceu.
d) admitem-se dois ou mais lances iguais, observados os critérios
de desempate fixados no edital.
e) no caso de desconexão do pregoeiro, no decorrer da etapa de
lances, será cancelado o pregão.

131. (CESGRANRIO/EPE/2007) Salvo disposição específica


contida no edital, o prazo de validade das propostas apresentadas
pelos licitantes em pregão eletrônico é de:
a) 8 (oito) dias.
b) 15 (quinze) dias.
c) 30 (trinta) dias.
d) 60 (sessenta) dias.
e) 90 (noventa) dias.

132. (FCC/TCE-GO/2009) Nas licitações conduzidas sob a


modalidade de pregão, depois de abertos os envelopes

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 50


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

a) de habilitação, os concorrentes habilitados poderão fazer lances


sucessivos, até que se verifique a melhor oferta.
b) contendo as propostas comerciais, poderão fazer lances
sucessivos os licitantes que oferecerem preço não superior a
10% da melhor oferta.
c) contendo as propostas comerciais, todos os licitantes
habilitados poderão fazer lances sucessivos.
d) contendo as propostas comerciais, poderão fazer lances
sucessivos os licitantes com as três melhores ofertas, em
qualquer caso.
e) de habilitação, apenas poderão fazer lances sucessivos os
licitantes com as três melhores ofertas, em qualquer caso.

GABARITO

89-E 90-E

91-B 92-A 93-D 94-C 95-C 96-C 97-E 98-C 99-C 100-E

101-E 102-E 103-C 104-C 105-E 106-C 107-E 108-C 109-E 110-E

111-A 112-C 113-D 114-A 115-A 116-D 117-C 118-C 119-D 120-E

121-A 122-A 123-B 124-E 125-A 126-B 127-B 128-A 129-A 130-B

131-D 132-B

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 51


CURSO ON-LINE
PACOTE DE EXERCÍCIOS - ANALISTA TÉCNICO ADMINISTRATIVO – DPU
LICITAÇÃO E CONVÊNIOS
PROFESSOR: ANDERSON LUIZ

BIBLIOGRAFIA

ALEXANDRINO, Marcelo; PAULO, Vicente. Direito Administrativo


Descomplicado. São Paulo: Método, 2009.
BARCHET, Gustavo. Direito Administrativo. Rio de Janeiro:
Elsevier, 2008.
CARVALHO FILHO, José dos Santos. Manual de Direito
Administrativo. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2010.
CUNHA JÚNIOR, Dirley da. Curso de Direito Administrativo.
Salvador: 2008.
DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. São Paulo:
Atlas, 2008.
JUSTEN FILHO, Marçal. Comentários à Lei de Licitações e
Contratos Administrativos. São Paulo: Dialética, 2010.
MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. São
Paulo: Malheiros, 2008.
MELLO, Celso Antônio Bandeira de. Curso de Direito
Administrativo. São Paulo: Malheiros, 2008.

Prof. Anderson Luiz www.pontodosconcursos.com.br 52