Sei sulla pagina 1di 4

SORRIA!

VOCÊ ESTÁ SENDO FILMADO

Dn. 5.1-12; 24-31

OBJETIVO: Ensinar que Deus sonda e conhece cada uma de nossas ações
e a Ele prestaremos contas.

INTRODUÇÃO: David Wikerson ‘UM CHAMADO PARA A


ANGÚSTIA’ (Parar em 1’30”) ou O SHOW DE TRHUMAN.

CONTEXTO: Daniel estava com o povo judeu na escravidão sob o domínio


da Babilônia no final do sétimo século antes de Cristo. Sinalizara àquele
reino e aos seus déspotas o poder majestoso e soberano de Deus. No final de
sua vida ainda pode ser instrumento de Deus para interpretar uma visão
misteriosa dada por Deus ao rei Belsazar, na mesma noite em que o império
babilônico caiu e foi tomado pelo crescente império medo-persa.

TRANSIÇÃO: Você já se viu pego de surpresa ou em flagrante em algo que


te deixou envergonhado? Quero falar nesta oportunidade sobre o tema:
SORRIA! VOCÊ ESTÁ SENDO FILMADO.

I – A VIDA É UM REALITY SHOW.

a – Vivemos diante das lentes do Criador.

1. As Escrituras desnudam a verdade de que estamos sob a mira dos


olhos do Criador e que nada lhe passa desapercebido.
1.1– Pr. 15.3 ‘Os olhos do Senhor estão em toda parte, observando
atentamente os maus e os bons’.
1.2 – Hb. 4.13 ‘Nada, em toda a criação, está oculto aos olhos de
Deus. Tudo está descoberto e exposto diante dos olhos daquele a
quem havemos de prestar contas’.

2. O que se tem nesta narrativa histórica em Daniel, é mais uma vez, o


Criador abrindo janelas para a criatura perceber o Criador.

3. Os versos 2-5 apresentam um carnaval do antigo paganismo (bebida +


homens + mulheres + paganismo = bacanal).
3.1 – De repente o bacanal está sendo filmado.
3.2 – O grande telão se abre e percebe-se que não estavam fazendo o
bacanal que faziam, de forma oculta, mas Alguém estava vendo e
acompanhando.
4. Todos nós estamos sendo observados e filmados como num Reality
Show Global, onde ninguém escapa aos olhos observadores do
Senhor do Universo.

b – Estamos sendo observados em cada ação a cada momento.

1. Queiramos ou não, estamos diante das lentes do criador.


1.1 – Desde o Éden se tem esta sensação de que estamos diante da
onisciência daquele que nos criou.
1.2 – Adão experimentou isto cada momento no Éden e fora do Éden.

2. Se assim é, como esconder coisas das pessoas se não se pode esconder


nada de Deus?

II – É IMPOSSÍVEL FUGIR DAS CÂMERAS.

a – A Onisciência nos cerca.

1. O Sl. 139 expressa de modo poético e profundo a verdade sobre as


lentes do Altíssimo.
1.1 – Sl. 139.1-5 ‘Senhor, tu me sondas e me conheces. Sabes
quando me sento e quando me levanto; de longe percebes os meus
pensamentos. Sabes muito bem quando trabalho e quando
descanso; todos os meus caminhos são bem conhecidos por ti.
Antes mesmo que a palavra me chegue à língua, tu já a conheces
inteiramente, Senhor. Tu me cercas, por trás e pela frente, e pões a
tua mão sobre mim’.

2. Diante desta inegável presença o salmista se humilha diante do Criador


e pede a graça de poder andar no caminho de santidade.
2.1 – Sl. 139. 23-24 ‘Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração;
prova-me, e conhece as minhas inquietações. Vê se em minha conduta
algo te ofende, e dirige-me pelo caminho eterno’.

b – Não há como desligar as câmeras.

1. Escapa à consciência humana esta realidade da onisciência do Criador;


e por isso vemos quadros como este narrado em Daniel.

2. Quando menos se esperou o Criador entra em cena para dizer de forma


dramática que Ele continuava vendo o mundo dos humanos e que os
destinos de todos continuavam em suas mãos.
3. Através de palavras escritas na parede resumiu-se a vida do rei
Belsazar.
3.1 – MENE, MENE = ‘Estás sendo avaliado’.
3.2 – TEQUEL = ‘Está pesado’.
3.3 – PARSIM (plural de Peres) = ‘Dividido’ ou ‘Persas’.

4. Não se esqueça de que sua vida também está sendo decodificada e


filmada pelo Onipotente e Todo-Poderoso Deus e que o mesmo pode
resumir sua vida em poucas palavras.

III – HAVERÁ UM PRÊMIO NO FINAL.

a – Haverá remuneração honrosa.

1. O reino da Babilônia caiu porque não temeu a Deus apesar de ter tido
provas incontestes de seu poder e sua pessoa.
1.1 – Os feitos de Daniel e seus amigos.
1.2 – O fato disciplinador na vida de Nabucodonozor.

2. Certamente ninguém se sentiria muito a vontade se de repente seus


pensamentos e atos fossem projetados num telão para outros verem;
pois melhor qualidade de vida moral, ética e espiritual que se possa ter,
ainda a cada um perduram situações indesejáveis e não dignas de
serem mostradas a outros.

3. A grande maioria dos cristãos, comodamente, pensa que será pesado e


avaliado no fim da vida; esquecendo-se que Deus trata com cada um
individualmente também no processo de nossa caminhada terrena.

4. Mas não se esqueça de que no final da história você estará diante do


grande Trono, e então já não haverá tribunal superior para quem
apelar. A decisão será definitiva!
4.1 – Rm. 14.10b-13a ‘Pois todos compareceremos diante do
tribunal de Deus. Porque está escrito: “ ‘Por mim mesmo jurei’, diz
o Senhor, ‘diante de mim todo joelho se dobrará e toda língua
confessará que sou Deus’ ”. Assim, cada um de nós prestará contas
de si mesmo a Deus. Portanto, deixemos de julgar uns aos outros’.

b – Como você está se comportando?

1. Belsazar foi exortado a viver corretamente diante de Deus, mas viveu


displicentemente a vida, e quando menos esperou, foi julgado e
cortado de sua existência.
2. Como você está vivendo? Não espere ser cortado, para, quem sabe, no
último minuto se arrepender de tudo o que poderia ter sido e feito,
dentro dos princípios de Deus.

3. Ilustração:
3.1 – Vídeo ‘EU QUERIA MAIS TEMPO!’ (Iniciar em 1”02” ss).
3.2 – II Co. 5.10 ‘Pois todos nós devemos comparecer perante o
tribunal de Cristo, para que cada um receba de acordo com as
obras praticadas por meio do corpo, quer sejam boas quer sejam
más’.
3.3 – Hb. 10.30b-31 ‘O Senhor julgará o seu povo. Horrível coisa é
cair nas mãos do Deus vivo’.

CONCLUSÃO: Ouçam o que nos diz o apóstolo Pedro, e enquanto se canta


o último cântico coloque-se diante de Deus, consagrando sua vida a Ele: I
Pe. 1. 13-17 ‘Portanto, estejam com a mente preparada, prontos para
agir; estejam alertas e coloquem toda a esperança na graça que lhes será
dada quando Jesus Cristo for revelado. Como filhos obedientes, não se
deixem amoldar pelos maus desejos de outrora, quando viviam na
ignorância. Mas, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos
vocês também em tudo o que fizerem, pois está escrito: “Sejam santos,
porque eu sou santo”. Uma vez que vocês chamam Pai aquele que julga
imparcialmente as obras de cada um, portem-se com temor durante a
jornada terrena de vocês’.