Sei sulla pagina 1di 21

W W W . S I T E W A R E . C O M . B R

D ESCOMPLICANDO O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

N A

T E O R I A

E

N A

P R Á T I C A

I T E W A R E . C O M . B R D ESCOMPLICANDO

SUMÁRIO

O que é estratégia que é estratégia

03

Estratégia empresarial04

04

Estratégia em três níveis05

05

Qual é a importância de se fazer PE ( Planejamento Estratégico )? (Planejamento Estratégico)?

09

Quem disse que PE é coisa somente de grandes empresas? ?

10

Composição de um PE11

11

Implementando a estratégia17

17

Como fazer um bom plano de ação19

19

Conclusão20

20

trata-se

da forma de

pensar no futuro, integrada no processo de decisão, com base em um procedimento formalizado e articulador de resultados.”

um procedimento formalizado e articulador de resultados .” 0 3 O QUE É ESTRATÉGIA D e

0 3

O QUE É ESTRATÉGIA

D e acordo com o dicionário, estratégia é uma palavra que vem do termo grego strategia e significa método, plano, manobra ou estratagema usados para atingir um objetivo e alcançar um resultado específico.

Em sua origem, o termo estava precisamente relacionado à arte de fazer guerra, servindo como base para execuções criadas por líderes militares, como generais e capitães, por exemplo. Mais a frente, porém, seu sentido fica mais abrangente, ligado à vertente militar, econômica, psicológica e política da defesa de um país contra determinadas ameaças.

Maquiavel definia estratégia como a ligação próxima e óbvia entre a política e o militarismo durante uma guerra. Já de acordo com Mintzberg, trata-se da forma de pensar no futuro, integrada no processo de decisão, com base em um procedimento formalizado e articulador de resultados. Independente de seu conceito, o pensamento estratégico é imprescindível para o ser humano, podendo ser aplicado em diversas situações.

E STRATÉGIA EMPRESARIAL N o contexto organizacional , o planejamento estratégico é utilizado para aperfeiçoar

E STRATÉGIA EMPRESARIAL

N o contexto organizacional, o planejamento estratégico é utilizado para aperfeiçoar a produtividade, chegando aos resultados que uma empresa busca e melhorando o posicionamento do negócio no mercado.

Nesse universo competitivo em que estamos inseridos, é fundamental que as organizações possuam uma boa estratégia corporativa. Só através dela é possível conferir as vantagens de uma determinada empresa em relação a sua concorrência.

E STRATÉGIA EM TRÊS NÍVEIS Q ualquer empresa , independente de seu ramo , tamanho

E STRATÉGIA EM TRÊS NÍVEIS

E STRATÉGIA EM TRÊS NÍVEIS Q ualquer empresa , independente de seu ramo , tamanho ,

Q ualquer empresa, independente de seu ramo, tamanho, operação, faturamento ou número de colaboradores, possui três níveis hierárquicos:

estratégico, tático e operacional.

E S T R A T É G I C O T Á T I
E
S T R A T É G I C O
T Á T I C O
O
P E R A C I O N A L
0
5
E STRATÉGICO N o nível estratégico , são criados todos os fundamentos da organização ,

E STRATÉGICO

N o nível estratégico, são criados todos os fundamentos da organização, como missão, visão, valores e crenças. Neste estágio são traçados os objetivos estratégicos a curto, médio e longo prazo. Os ocupantes de cargos estratégicos devem evitar as atividades administrativas de nível tático e a execução de nível operacional. Devem encabeçar as decisões, criando soluções para o posicionamento da organização frente ao mercado. No entanto, no caso de uma empresa de pequeno porte, é comum que os mesmos integrantes acabem por executar a estratégia nos níveis táticos e operacionais.

Os ocupantes do nível estratégico geralmente são: sócios, proprietários, presidente, CEO, diretoria e, dependendo dos processos da organização, também diretores departamentais. Cabe a eles o provimento de recursos necessários para a execução do plano e o desenvolvimento das competências técnicas e comportamentais inerentes a cada função.

T ÁTICO N esta categoria entra em cena a figura dos gerentes , coordenadores ,

T ÁTICO

N esta categoria entra em cena a figura dos gerentes, coordenadores, supervisores e funções similares. O nível tático tem como objetivo superar a abertura da estratégia, ou seja, demonstrar claramente o que e como serão realizados os processos, desdobrando-os em metas específicas para suas áreas e liderados. Neste caso, a palavra administrador é a mais ajustada.

Os ocupantes deste nível podem ser gerentes de seção, gerentes de filiais, supervisores, líderes de projetos, coordenadores e demais cargos de gerência intermediária. Costuma-se utilizar dois critérios para identificar a liderança no nível tático:

Não tomam decisões macro em relação à organização, sendo esta função do nível estratégico. Desdobram decisões estratégicas em planos, objetivos, metas e indicadores para aplicação do processo pela equipe.

O PERACIONAL O PE é uma das mais eficientes ferramentas da Administração Empresarial . Através

O PERACIONAL

O PE é uma das mais eficientes ferramentas da Administração

Empresarial. Através dele, é possível definir melhor as estratégias que visam a prevenir e a solucionar problemas, além de garantir a sobrevivência e o sucesso no ambiente de atuação da empresa.

O último nível da estratégia tem por função o "colocar a mão na

massa", ou seja, é preciso que os envolvidos neste estágio cumpram de forma eficiente e eficaz cada uma das atividades atribuídas. Todos os técnicos incluídos na execução do processo da empresa fazem parte deste nível. Teoricamente, nenhuma nova estratégia será visível se a forma com que os técnicos trabalham não for alterada. O plano típico do nível operacional é caracterizado por uma lista ordenada de atividades com prazos definidos.

Q UAL É A IMPORTÂNCIA DE SE FAZER PE?

A s organizações precisam se planejar diante da concorrência acirrada, em ambientes dominados por instabilidades e agitações. Um PE eficiente parte do princípio de mapear e posicionar-se diante da realidade dos ambientes mercadológicos, atingindo os resultados esperados.

Com o PE como instrumento de gestão, os responsáveis pela organização têm maior visão sobre a direção a qual a empresa deve seguir em prol dos seus objetivos. Porém, isto só será possível quando o plano é bem elaborado, seguindo a ordem teórica e prática de um intenso conjunto de procedimentos concretizados num plano de negócio.

seguindo a ordem teórica e prática de um intenso conjunto de procedimentos concretizados num plano de

Um bom Plano Estratégico encaixa-se em qualquer organização que deseja crescer, atingir novos mercados, posicionar-se e garantir seu lugar no futuro.”

, posicionar - se e garantir seu lugar no futuro .” Q UEM DISSE QUE PE

Q UEM DISSE QUE PE É COISA SOMENTE DE GRANDES EMPRESAS?

E xiste um mito de que PE é coisa somente para grandes empresas. Engana-se que pensa assim: qualquer empresa pode aplicar a estratégia. Claro, o PE deve ser planejado e executado de acordo com o tamanho da organização, seu potencial de investimento e o número de colaboradores.

Um bom Plano Estratégico encaixa-se em qualquer organização que deseja crescer, atingir novos mercados, posicionar-se e garantir seu lugar no futuro. Como já destacamos, o PE identifica fatores competitivos de mercado e potencial interno que auxiliam a instituição na elaboração de planos de ação que resultem em vantagem competitiva. Portanto, qualquer empresa pode e deve adotá-lo.

Quando se pensa na fundação de um pequeno negócio ou quando já se administra um, o empreendedor deve ter em mente (e de preferência em mãos) o máximo de informações sobre a competitividade de sua empresa no mercado. Além disso, deve-se ter claramente quais são as prioridades da instituição, as metas pretendidas a curto, médio e longo prazo e o método utilizado para a conquista destas metas.

Vale ressaltar que o PE não é apenas importante para pequenas empresas que iniciam suas atividades, mas também para aquelas que desejam aumentar seus investimentos, lucros, abrir filiais e lançar novos produtos e serviços. Portanto, o mito de que estratégias planejadas só são utilizadas em altas organizações deve ser quebrado!

C OMPOSIÇÃO DE UM PE

M ISSÃO, VISÃO e VALORES

C OMPOSIÇÃO DE UM PE M ISSÃO , VISÃO e V A LORES M issão Como

M issão

Como objetivo fundamental uma organização deve ter como finalidade definir seus fins estratégicos gerais. Propósitos globais que explicitam as intenções da gestão da organização, onde o ponto de partida para definir objetivos é a projeção da cultura da empresa.

E xemplo Apple:

Missão: A Apple está comprometida em trazer a melhor experiência em computação pessoal para estudantes, educadores, profissionais criativos e consumidores ao redor do mundo com inovações em hardware, software e ofertas de internet.

Adiante, temos uma filosofia que resume bem a criação da missão de uma empresa. "Uma empresa não se define pelo seu nome, estatuto ou produto que faz; ela se define pela sua missão. Somente uma definição clara da missão é razão de existir da organização e torna possíveis, claros e realistas os objetivos da empresa." Peter Drucker

Separamos algumas perguntas que podem auxiliam na definição da missão empresarial. Estando elas bem respondidas, fica mais fácil elucidar qual a razão central da organização.

1. O que a empresa tem que fazer?

2. Para quem tem que fazer?

3. Para quê tem que fazer?

4. Como deve fazer?

5. Onde deve fazer?

6. Qual responsabilidade social deve ter?

A missão deve ser formalmente expressa, servindo de guia para todos colaboradores da empresa. Sua função é dar continuidade a orientação e uniformidade nos propósitos gerais e coletivos.

11

C OMPOSIÇÃO DE UM PE

M ISSÃO, VISÃO e VALORES

C OMPOSIÇÃO DE UM PE M ISSÃO , VISÃO e V A LORES V isão Já

V isão

Já a visão é o que se deseja no futuro. O que a empresa pode definir após a resposta da questão: “onde se pretende chegar?”. Saber responder a esta pergunta é essencial para uma melhor definição da missão e dos objetivos gerais da organização. A visão tende a definir algo que ainda não se possui, como um sonho que se acredita poder se tornar real sobre os negócios da empresa. Mesmo que seja utópica, a visão precisa ser mobilizadora e motivadora.

1. O que a empresa pretende se tornar?

2. Qual a direção apontada?

3. Onde estaremos?

4. O que a empresa será?

5. Em que direção eu devo direcionar meus esforços?

6. O que estou ajudando a construir?

“A visão tende a definir algo que ainda não se possui, como um sonho que se acredita poder se tornar real sobre os negócios da empresa

C OMPOSIÇÃO DE UM PE

M ISSÃO, VISÃO e VALORES

C OMPOSIÇÃO DE UM PE M ISSÃO , VISÃO e V A LORES V alores Os

V alores

Os valores se resumem nos princípios e crenças que servem como roteiro para atitudes, comportamentos e decisões. Normalmente, nascem agregados à missão. Os valores de uma organização devem ser inegociáveis. Valores definem a regra geral do jogo!

Veja as perguntas que ajudam na definição e valores:

1. Como os colaboradores precisam se comportar individualmente?

2. Como os empregados se relacionam entre si?

3. Como os empregados devem agir com os clientes?

4. Como a empresa trata seus clientes?

5. Como a empresa conduz seus negócios?

6. Qual a responsabilidade geral da organização diante da sociedade?

C OMPOSIÇÃO DE UM PE

AN ÁLISE SWOT

A análise SWOT ou matriz SWOT é outra poderosa ferramenta de planejamento estratégico. Deve ser realizada ao

menos uma vez por ano, durante o planejamento estratégico de marketing.

A sigla SWOT resume as palavras inglesas Strenghts (forças), Weaknesses (fraquezas), Opportunities (oportunidades)

e Threats (ameaças), pois estes devem ser os pontos analisados no método. Forças e Fraquezas são análises das variantes internas da empresa, enquanto Ameaças e Oportunidades estão direcionadas as variantes externas.

Esta análise deve ser complementada com um quadro que ajude a identificar o impacto elevado, médio e fraco que os fatores podem ter no negócio e qual a tendência no caso melhorias e agravamentos futura que estes pontos têm no negócio. É importante envolver toda a empresa neste processo para que haja alinhamento do status atual e de onde pretende-se chegar.

14

envolver toda a empresa neste processo para que haja alinhamento do status atual e de onde

C OMPOSIÇÃO DE UM PE

I NDICA DORES

T ambém conhecidos como KPI (Key Performance Indicators), ou indicadores-chave de desempenho, são métricas que permitem medir o nível de desempenho e sucesso de uma organização ou de determinado processo. O foco está em comoos processos estão sendo realizados e os indicadores sinalizam os prós e contras desses processos.

Uma frase comumente atribuída a Peter Drucker resume: "o que não é medido não pode ser gerenciado". Você percebe nesse conceito a importância de dominar indicadores? Essa é a essência dos KPIs, medir o que está sendo executado e gerenciá-lo de maneira adequada ao alcance das metas propostas.

Existem diferentes categorias de indicadores:

1. Indicadores quantitativos

2. Indicadores qualitativos

3. Indicadores de atraso

4. Indicadores de entrada

5. Indicadores de processo

6. Indicadores direcionais

7. Indicadores acionáveis

8. Indicadores financeiros

C OMPOSIÇÃO DE UM PE

M ETA S

O método SMART define de forma concreta uma meta com as seguintes características:

forma concreta uma meta com as seguintes características : 16 Quando se utiliza este método no

16

Quando se utiliza este método no PE da empresa, enquadrando os objetivos em cada ponto, a organização recebe diversas vantagens: melhor fluência nos processos, melhoria da comunicação, desenvolvimento da coordenação das atividades e dos seus colaboradores, aumento da motivação e da contribuição e desenvolvimento de mecanismos maiores de controle organizacional.

A necessidade é sempre uma boa base para traçar as

melhores metas. Descobrindo o que o cliente precisa, o que

a empresa necessita, e, dependendo da situação, o que os colaboradores buscam, é possível pautar melhor os seus objetivos.

Fatos e dados sobre o mercado de atuação e os concorrentes

e sobre como a organização está atualmente e como

pretende estar no futuro diante deles também ajudam na construção de propósitos. Napoleon Hill citava que um dos

fatores que levam alguém ou uma organização ao sucesso é

a composição de um propósito definido. À vista disso, não há como fugir do Planejamento Estratégico quando o objetivo

é alcançar o sucesso, independente do setor.

Se todos se engajam no plano, se a comunicação é precisa e se o desempenho profissional não deixa a desejar, o sucesso é certo!”

profissional não deixa a desejar , o sucesso é certo !” I MPLEMENTANDO A ESTRATÉGIA N

I MPLEMENTANDO A ESTRATÉGIA

N a hora de colocar o plano em prática, todos os componentes da empresa precisam estar cientes dos principais pontos da estratégia, além de devidamente motivados a atingirem os objetivos. O líder, ou os líderes, precisam saber que a construção de uma Master Mind’ (mente mestra) é fundamental para o PE. Se todos se engajam no plano, se a comunicação é precisa e se o desempenho profissional não deixa a desejar, o sucesso é certo!

Além disso, estar atento aos números é indispensável. Pense na máxima: “contra fatos e números não existe argumento”. Só através dos números e dos indicadores que se revela exatamente o desempenho da organização, bem como o trabalho dos envolvidos.

C OMO FAZER UM BOM PLANO DE AÇÃO
C OMO FAZER UM BOM
PLANO DE AÇÃO

Q ualquer que seja o objetivo da empresa ficará difícil obter êxito se não for traçado um bom plano de ação. É imprescindível ter um plano detalhando o caminho a seguir para alcançar a meta. Os pontos a serem destacados neste plano são: o que precisa ser feito, quando precisa ser feito, quem irá fazer e como será feito, além dos recursos que serão necessários para a realização.

Um bom plano de ação deve explicitar claramente:

1. O objetivo almejado

2. Os passos a serem seguidos para atingir este objetivo

3. A sequência lógica em que as atividades precisam ser executadas

4. As datas de início e término de cada atividade

5. O responsável ou os responsáveis pela execução de cada tarefa

6. Os recursos que serão necessários para executar o plano

7. Os desfechos intermediários a serem atingidos no término de cada atividade

1 8

Olíderdevecobrar relatóriosperiódicos, de acordocomaestratégia propostaparaanalisar efetivamente oplanoemcurso.”

propostaparaanalisar efetivamente oplanoemcurso .” C OMO ACOMPANHAR EFETIVAMENTE SUA ESTRATÉGIA O

C OMO ACOMPANHAR EFETIVAMENTE SUA ESTRATÉGIA

O planejamento estratégico exige que o empreendedor ou outro responsável pelo plano monitore e controle seu andamento. Como diz o velho ditado, “os olhos do dono que engordam o gado”. Isso não quer dizer que deva ser controlador, mas é preciso que o líder esteja presente na execução do projeto, pois há coisas que só a visão de quem entende a cultura da empresa de forma profunda poderá resolver.

Uma das ferramentas utilizadas nessa etapa é a adoção dos já citados indicadores de gestão. Eles podem ser referentes aos diversos setores do negócio, como financeiro, vendas e marketing, por exemplo. O líder deve cobrar relatórios periódicos, de acordo com a estratégia proposta para analisar efetivamente o plano em curso.

Se for preciso, deve-se rever certos pontos que não estiverem funcionando. Porém, cabe ressaltar que é necessário bastante ousadia, experiência e intuição para mudar algo que já foi determinado no plano. Entenda que o ponto chave não é mudar por qualquer coisa, mas somente rever as atividades que não estiverem realmente surtindo efeito.

C O N C L U S Ã O E sse ebook foi apenas uma

C O N C L U S Ã O

E sse ebook foi apenas uma prévia do que o planejamento estratégico pode fazer por sua empresa. Imaginamos que, nesse exato momento, você esteja mais consciente do que esse método pode trazer para seu negócio.

Aquele que se empenha a resolver as dificuldades resolve-as antes que elas surjam. Aquele que se ultrapassa a vencer os inimigos triunfa antes que as suas ameaças se concretizem”. Este trecho está inserido no livro A Arte da Guerra”, de Sun Tzu, que resume bem o que é uma estratégia pode proporcionar.

Portanto, profissional de RH, empreendedor, administrador, gerente, futuro empresário e gestores em geral, implementem o planejamento estratégico em seus negócios e criem uma cultura de alta performance entre seus colaboradores. Desejamos sucesso!

O BRIGADO!

W W W . S I T E W A R E . C O M . B R

B H: (31) 3555-0200 I CAMPINAS: (19) 2121-0695