Sei sulla pagina 1di 4

Lista de Exercícios Teóricos de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência

1. Defina claramente os seguintes termos para CLAE:

a. Cromatografia
b. Fase móvel
c. Fase estacionária

2. Como classificar o tipo de cromatografia de acordo com a fase móvel


utilizada?

3. Como classificar o tipo de cromatografia líquida de acordo com a fase


estacionária utilizada?

4. Quais as principais características (vantagens e limitações) das técnicas


cromatográficas CLAE e CGAR?

5. Quais são as principais diferenças entre a cromatografia líquida e a


cromatografia líquida de alta eficiência?

6. Quais as vantagens e limitações da CLAE?

7. Quais os principais componentes de um cromatógrafo a líquido e suas


funções?

8. O que vem a ser força e seletividade da fase móvel?

9. Em fase reversa, qual a relação existente entre pH e tempo de


retenção?

10. Explique como e por que a viscosidade da fase móvel é um parâmetro


muito importante na HPLC.

11. O que entende pela expressão “atividade” relacionada com as colunas


utilizadas em CLAE, em fase reversa?

12. Qual a diferença entre bombeamento isocrático e por gradiente?


13. As bombas reciprocadoras utilizadas em HPLC têm duplo pistão e
podem utilizar diafragma ou tubo em formato de mola, por onde o líquido passa
antes de atingir o injetor. Justifique a utilização do duplo pistão e dos outros
acessórios.

14. Apresente um esquema do injetor manual nas posições de carga e


injeção na coluna.

15. O que você entende por arraste no injetor? Como pode ser verificado e
solucionado?

16. Os sistemas de bombeamento e injeção de amostra para HPLC são


bastante especializados e altamente sofisticados. Justifique o uso destes sistemas,
apontando as vantagens que justificam o custo.

17. Com que objetivo são utilizadas as pré-colunas?

18. O que vem a ser um pico Gaussiano?

19. Como calcular a assimetria de um pico cromatográfico?

20. A fase estacionária de uma coluna analítica está diretamente


relacionada com o método de análise. Quais são os possíveis métodos analíticos
empregados em CLAE?

21. Amostras de origem biológica (plasma, soro, urina, etc.) e de origem


vegetal (extratos concentrados, extratos secos, etc.), normalmente não devem ser
injetadas diretamente nas colunas cromatográficas. Por quê?

22. Que problemas podem advir do uso de bombas comuns para HPLC?

23. Qual a função dos detectores no sistema cromatográfico?

24. Quais tipos de detectores podem ser acoplados a cromatografia líquida


de alta eficiência?

25. Qual a diferença entre detectores universais e seletivos? Cite alguns


exemplos.

26. Os detectores de ultravioleta visível podem ser divididos em três tipos.


Qual o princípio de funcionamento desses detectores?

27. Qual a importância da interface nos sistemas de cromatografia líquida


acoplada a espectrometria de massas?
28. Na cromatografia de pareamento iônico como, por exemplo, na
separação de bases iônicas, podemos aumentar a retenção dos analitos?

29. Qual a importância de validar uma metodologia?

30. Defina claramente os seguintes termos:

a. Sensibilidade
b. Seletividade
c. Precisão intra-ensaio e interensaio
d. Exatidão intra-ensaio e interensaio
e. Inexatidão

31. Para uma coluna de alumina (muito polar), se utilizarmos um gradiente


de benzeno/acetona para eluir, é desejável crescer ou decrescer o teor de benzeno
durante a eluição? Por quê?

32. Os detectores para HPLC têm várias limitações e por isso é comum
utilizar mais de um tipo de detector. Elabore uma amostra simples (dois ou três
componentes) em que seria aconselhável o uso de dois detectores, os quais você
também indicará quais são.

33. Abaixo estão algumas características dos métodos cromatográficos, a


cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE) e a cromatografia gasosa (CG).
Marque com um x as afirmativas como sendo pertinentes à CLAE, pertinentes à
CG ou pertinentes á ambas (CLAE/CG).

Caracterísitcas CLAE CG CLAE/CG


Eficiente, com grande campo de aplicação e
altamente seletiva
Muito rápida
Pode ser aplicada a íons inorgânicos
Utiliza pouca quantidade de amostra
Pode ser facilmente interfaceada com
espectrometria de massas
Pode analisar compostos termicamente instáveis
Equipamento relativamente barato

34. Correlacione às colunas:


a. Fase móvel muito ( ) Tem alta sensibilidade, mas não serve para qualquer tipo
viscosa de composto
b. Detector por ( ) Tipo de bomba com bom desempenho em HPLC
índice de refração
c. Detector de UV ( ) É praticamente universal, mas tem baixa sensibilidade
d. Bomba ( ) Estabiliza o fluxo da bomba
reciprocadora
e. Válvula de ( ) Permite injetar com repetibilidade quantidade precisa de
injeção com loop amostra
f. Pré-coluna ( ) Ocasiona uma má-resolução do cromatograma
g. Duplo pistão ( ) Tratamento necessário para se injetar qualquer amostra
h. Filtração e ( ) Preserva a coluna cromatográfica de problemas com a
degaseificação amostra