Sei sulla pagina 1di 54

Quando somos crianças nosso corpo parece não ter diferença de menino para menina; a única

diferença que percebemos nessa idade são os órgãos genitais, que na maioria das vezes chamamos
por outros nomes.

Na adolescência nosso corpo começa a mudar, e muitas vezes ficamos preocupados/as com essas
mudanças. Não sabemos muito bem o que está acontecendo. As mudanças não acontecem
somente no nosso corpo, muita coisa começa muda!!!
A fase de criança começa a se despedir quando percebemos que o nosso corpo está mudando, ou
seja, começamos a crescer, o corpo se modifica, os pelos começam a aparecer, e sem sabermos
porque começamos a sentir vergonha de muitas dessas mudanças...

Mas, por que todas essas mudanças acontecem?


Essas mudanças acontecem por causa dos hormônios, substâncias que temos em nosso corpo, que
são "mensageiros químicos" que determinam onde e como nosso corpo vai se modificar e/ou
crescer. Assim, os hormônios de crescimento, são tão importantes quando os hormônios sexuais,
o estrógeno e a progesterona produzidos pelo ovário da mulher, e a testosterona, produzido no
testículo, do homem.
Além disso, outras partes do nosso corpo também produzem outros hormônios que estão também
envolvidos com essa transformação. Por exemplo, a hipófise, que é uma pequena glândula
localizada no nosso cérebro, que produz alguns hormônios que, por sua vez, enviam mensagens
para os ovários na mulher e para os testículos no homem para que eles comecem a produzir os
hormônios sexuais e assim amadurecer os óvulos na mulher e a produzir espermatozóides no
homem.

Ainda existem outros hormônios, como a prolactina e os andrógenos, que também ajudam na
transformação do nosso corpo de criança para adolescente. Há também outras substâncias que
participam dessas transformações e que não são hormônios - são os neurotransmissores, que são
substâncias que têm a função transmitir os impulsos nervosos de um hormônio a outro.

Todos esses hormônios e substâncias químicas vão fazer com que o nosso corpo comece a mudar
e ganhar novas formas.

Conhecendo as principais mudanças no Menino!


As principais mudanças que ocorrem no corpo do menino, começam a acontecer por volta dos 11,
12 anos de idade, quando entramos adolescência. A partir dai, o corpo do menino começa a se
desenvolver mais ou menos nesta ordem:
Desenvolvimento dos testículos;

Crescimento dos pelos pubianos;

O pênis cresce em diâmetro e comprimento;


Começa a crescer os pelos do rosto (barba), nas axilas e por todo o corpo;

Mais ou menos entre os 13 e 14 anos ocorre a primeira ejaculação; (lembrando que cada
adolescente tem o seu próprio tempo para que isto acontecer, podendo ser antes ou depois dessa
idade);

Crescimento da laringe;

A voz começa a engrossar

Entre 11 e 16 anos acontece um crescimento muito rápido em altura (chamado "estirão do


crescimento").
Desta forma essas mudanças marcam a passagem de criança para adolescente, e que mais tarde
passará por mais algumas mudanças chegando à idade adulta.

Agora é IMPORTANTE lembrarmos que essas mudanças não ocorrem de forma igual ou como
uma regra, pois cada adolescente tem seu próprio processo e tempo para que ocorra o
desenvolvimento de seu corpo.

Conhecendo as principais mudanças no Menina!


Nas meninas, as principais mudanças também irão ocorrer por volta dos 11, 12 anos de idade,
quando as meninas também entram na adolescência, Assim como os meninos, a partir daqui o
corpo da menina também começa a se desenvolver e ganhar novas formas. As principais
mudanças que ocorrem são:

As mamas começam a crescer e desenvolverem

A cintura começa a ficar mais fina;

O quadril se desenvolve;

Começa a crescer os pelos das axilas e da região pubiana;

O crescimento em altura se acelera;

Entre os 12 e 13 anos acontece a primeira menstruação, chamada de "menarca" (lembrando que


isto pode ocorrer antes ou depois dessa idade, pois a menarca varia de adolescente para
adolescente);

Desenvolvimento dos órgãos genitais: A vagina fica com a parede mais espessa; O útero
aumenta de tamanho; Aumenta a irrigação sanguínea do clitóris;

A bacia óssea se desenvolve;

A voz começa a afinar.


Desta forma essas mudanças marcam a passagem de criança para adolescente, e que mais tarde
passará por mais algumas mudanças chegando à idade adulta.

Agora é IMPORTANTE lembrarmos que essas mudanças não ocorrem de forma igual ou como
uma regra, pois cada adolescente tem seu próprio processo e tempo para que ocorra o
desenvolvimento de seu corpo.

Vamos conhecer um pouco mais sobre o nosso


corpo!
Após conhecermos como se dá o desenvolvimento do corpo, as principais mudanças no menino e
na menina, vamos agora conhecer um pouco mais sobre os órgãos genitais de cada um, já que a
principal diferença entre meninos (homens) e meninas (mulheres), são os órgãos genitais.
Os órgãos genitais da mulher
Quando falamos do órgão genital feminino, logo lembramos que não podemos vê-los, pois ficam
praticamente todo dentro da mulher, o que conseguimos ver é apenas o que chamamos de vulva.

A maioria das mulheres não foram acostumadas a olhar, conhecer, tocar e a sentir seu órgão
genital, uma das áreas mais sensíveis do corpo e que está diretamente ligado ao prazer sexual da
mulher. Por isso é fundamental que eles sejam bem conhecidos.

PÊLOS PUBIANOS - Os pêlos pubianos,


tem a função de proteger o órgão genital,
por isso sua grande concentração em cima
da vulva e ao seu redor.

GRANDES LÁBIOS - Os grandes lábios


são as duas pregas de pele que protegem a
região do canal da vagina, uretra e clitóris.

PEQUENOS LÁBIOS - Os pequenos


lábios também são duas pregas de pele
menores e mais fechadas que protegem a
região do canal da vagina, uretra e clitóris.

VAGINA - A vagina é um canal de mais ou menos 7 a 9 cm, e tem sua abertura para fora do
corpo e seu fundo está ligado ao colo do útero. Se colocarmos o dedo dentro da vagina,
perceberemos que ela é toda enrugada e elástica, pois na hora da relação sexual essa elasticidade
servirá para que ela se adapte ao tamanho do pênis. Outra mudança que ocorre na vagina na hora
da relação sexual, é que durante a excitação ela se lubrifica, ficando assim molhada, o que facilita
na hora da penetração.
CANAL DA URETRA - A uretra é o canal que sai da bexiga e tem sua abertura entre o clitóris e
a entrada da vagina. É através da uretra que a mulher urina.

CLITÓRIS - O clitóris é o órgão do prazer


sexual. Ele fica quase todo escondido
dentro do corpo, e somente a sua ponta
(chamada glande) aparece na vulva.

A glande do clitóris é extremamente


sensível à estimulação suave, superficial,
enquanto que o corpo clitoriano responde a
estímulos mais profundos, de pressão ou
fricção. Os bulbos esponjosos do vestíbulo
formam um coxim que forra a parte inferior
da vagina, e são razoavelmente sensíveis à
pressão. As raízes do clitóris são estruturas
de fixação do órgão ao osso, e não têm
papel importante na sensibilidade.
Os músculos perivaginais formam uma espécie de
assoalho da pelve, e têm importante participação na
função sexual.
O bom condicionamento dessa musculatura pode
favorecer a qualidade e a intensidade tanto da
excitação sexual como do orgasmo.

DICA SAUDÁVEL!

Contraia os músculos perivaginais (da mesma forma que se segura à urina)


mantendo a contração por 3 segundos e depois relaxe.
Repita esse exercício por 20 vezes e descanse por 1 minuto
(20 contrações = 1 série).

Comece fazendo 2 séries por dia (40 x ao dia) durante uma semana, e vá
aumentando gradativamente até chegar a 5 séries por dia (100 x ao dia).

Mantenha os exercícios regularmente, todos os dias, por 3 meses. Isso ajuda a


mulher a exercitar os músculos perivaginais.

Os órgãos genitais internos da mulher servem basicamente para a função reprodutiva, não
exercendo qualquer papel importante no prazer sexual. A vagina só tem alguma sensibilidade nos
primeiros 2 a 3 centímetros, na região em que está envolvida pelos músculos perivaginais.

ÚTERO - O útero é o órgão oco por


dentro, responsável por receber o óvulo
fecundado e gerar a gravidez; ele fica
posicionado próximo à bacia da mulher e
tem seu formato parecido e do tamanho de
uma pêra. Sua parte mais estreita está
ligada com o colo do útero e a sua parte
mais longa está ligada às trompas de
falópio ou tubas uterinas.
COLO DO ÚTERO - O colo do útero
mantém a comunicação do útero com o
canal da vagina, é através de uma abertura
(buraquinho) que a menstruação sai e os
espermatozóides entram. O colo do útero
também serve como divisão do útero com a
vagina.
TROMPAS DE FALÓPIO - As trompas
de Falópio, também conhecidas como tuba
uterina, são dois tubos, um de cada lado do
útero, que fazem a ligação do ovário com o
útero. As suas pontas são como franjas que
têm a função de agarrar o óvulo quando
este é liberado pelo ovário, colocando-o
dentro do tubo para que esse seja
encaminhado até o útero.

É nas trompas também que ocorre a


fecundação, (encontro do óvulo com o
espermatozóide).
OVÁRIOS - Os ovários, são duas
glândulas, do tamanho de uma azeitona,
localizadas uma de cada lado do útero.

Os ovários são responsáveis pela produção dos hormônios femininos (estrogênio e a


progesterona), assim como a produção, armazenamento e amadurecimento dos óvulos. Os ovários
começam a trabalhar a partir da primeira menstruação da mulher e se mantêm ativos até a ultima
menstruação, quando a mulher entra na menopausa (ausência da menstruação).

ÓVULO - O óvulo é a célula reprodutora da mulher, responsável pela fecundação. Após o óvulo
ser liberado pelo ovário ele permanece com capacidade de ser fecundado por até 24 horas,
perdendo sua ação após esse tempo e sendo absorvido normalmente pelo corpo, quando não
fecundado. A cada ciclo menstrual, um óvulo é amadurecido e liberado pelo ovário, sendo que os
ovários de alternam de forma que em cada ciclo um ovário libere o óvulo.
ENDOMETRIO - O endométrio é uma mucosa que recobre a parte interna da cavidade do útero
que durante o ciclo menstrual se prepara para receber o óvulo fecundado (ovo). Quando não
ocorre a gravidez, essa camada se desprende da parede do útero, dando origem assim a
menstruação.

VAMOS AGORA SABER MAIS SOBRE MENSTRUAÇÂO, CICLO MENSTRUAL E


PERÍODO FÉRTIL!

MENSTRUAÇÂO - A menstruação ocorre


devido à preparação do endométrio para
receber o óvulo fecundado (ovo). Quando
isso não ocorre, essa parede começa a se
descamar (soltar), saindo em forma de
sangramento.

É importante sabermos ainda que a


menstruação pode adiantar ou atrasar, em
relação à data prevista, assim como mudar
o fluxo, a cor... entre uma menstruação e
outra.

CICLO MENSTRUAL - O Ciclo


menstrual, é o período entre uma
menstruação e outra, ou seja, começa no
primeiro dia da menstuação e termina um
dia
antes da próxima menstruação ocorrer. Assim se contarmos os dias entre uma menstruação e
outra, teremos qual foi o período do ciclo menstrual.
PERÍODO FÉRTIL - O período fértil, é o período em que a mulher tem uma maior chance de
engravidar, esse período tem a duração de até 06 dias, sendo que a ovulação ocorre 14 dias antes
do primeiro dia da menstruação seguinte. Porém não tem como prever exatamente quando essa
data irá ocorrer, pois o ciclo menstrual pode variar entre um mês e outro.
Os órgãos genitais do homem
Diferentemente das mulheres como acabamos de ver, o órgão genital masculino está praticamente
todo voltado para fora, assim podemos ver o pênis e a bolsa escrotal, onde estão os testículos.
Antes de conhecermos cada parte do órgão genital masculino, é importante sabermos que existe
grande variação na forma e no tamanho dos órgãos genitais externos masculinos, assim como na
cor, quantidade e distribuição dos pelos pubianos. Nenhuma destas variações tem qualquer
relação com a virilidade; também não tem qualquer efeito sobre o desempenho sexual do homem,
e nem sobre o prazer que ele pode proporcionar à mulher.
Você sabia que a média do tamanho do pênis de um brasileiro adulto é de 14
centímetros?

PÊLOS PUBIANOS - Os pêlos pubianos, tem a


função de proteger o órgão genital, por isso a grande
concentração ao seu redor.
PÊNIS - O pênis é um órgão genital que tem tripla
função: serve para a função sexual propriamente dita
(é o órgão do prazer), serve para a reprodução, e serve
para a função urinária. Essa é uma das diferenças
importantes entre o homem e a mulher, pois a mulher
tem órgãos diferentes para cada uma dessas funções.
O pênis é coberto por uma pele fina, formando uma
prega na ponta, cobrindo assim o corpo e a glande do
pênis.
GLANDE - A glande, também conhecida como
cabeça do pênis, é a parte mais sensível do pênis, ela
tem na sua ponta uma abertura por onde sai à urina ou
mesmo o sêmen.
BOLSA ESCROTAL- A bolsa escrotal, também
conhecida como saco escrotal, tem a função de
guardar dentro de si os testículos, de forma a proteger
e manter os testículos em uma temperatura ideal. A
bolsa escrotal, também é recoberta por pelos pelo lado
de fora.

Até aqui conhecemos um pouco do que podemos ver do órgão genital masculino, mas e o que não
podemos ver? Quais são os órgãos que fazem parte do órgão genital masculino e de seu
funcionamento?
TESTÍCULOS - Os testículos se concentram dentro
do saco escrotal, um de cada lado, eles são
responsáveis pela produção do hormônio masculino
(testosterona) e pela produção dos espermatozóides.
CANAIS DEFERENTES - Os canais deferentes, que
estão ligados diretamente aos testículos, através do
epidídimo e ao canal da uretra, são responsáveis por
levar os espermatozóides até a próstata, quando
depois junto com o sêmen serão ejaculados, durante a
stimulação do pênis.
EPIDÍDIMO - O epidídimo, tem a função de receber
e guardar os espermatozóides produzidos pelos
testículos, até que sejam, liberado espaços nos canais
deferentes para que eles possam sair.

VESÍCULA SEMINAL - A vesícula seminal, são duas bolsas parecidas com duas amoras,
responsáveis pela produção do líquido seminal. Esse líquido é depositado junto aos canais
deferentes, onde junto com os espermatozóides darão origem ao sêmen.
PRÓSTATA - A próstata, é uma glândula parecida com uma noz, e junto com a vesícula seminal
tem a função de produção do liquido seminal (Sêmen).
É importante lembrarmos que é nesta região que ocorre o câncer de próstata, por isso a
importância de fazermos a prevenção procurando um serviço de saúde, principalmente os homens
entre 50 e 70 anos de idade.

Agora que já aprendemos e conhecemos as principais mudanças do nosso corpo, como ele se
desenvolve, o órgão genital feminino e masculino; agora é a sua vez de entrar em cena e conhecer
seu próprio corpo, cuidando dele e da sua saúde.

Cuidar do seu corpo e da sua saúde é um direito seu. Portanto exerça-o!


Aprenda mais sobre como cuidar do seu corpo, visitando as outras páginas do nosso site.

Anticoncepção

Métodos Hormonais:

PÍLULA

O que é?
É um comprimido que contém hormônios (substâncias quíimicas) parecidos com os
hormônios que a mulher tem em seu corpo. Existem dois tipos de pílula:
A pílula combinada - 2 hormônios, estrogênio e progestogênio;
A minipílula, ou pílulas de progestógenio - 1 hormônio, progestogênio.
Como se usa?
Por se tratar de um método hormonal, para iniciar o seu uso é muito importante que a
mulher procure um serviço de saúde para receber uma orientação correta sobre a sua
forma de uso e se ela pode ou não usar este método anticoncepcional.
Como funciona a Pílula?
A principal ação da pílula é impedir a ovulação, ou seja, impedir a saída do óvulo do
ovário. Ela produz também alteração no muco cervical (engrossamento), dificultando a
passagem dos espermatozóides pelo colo do útero.
Qual a sua eficácia? (revisar)
Pílula combinada - em uso comum (rotineiro) apresenta taxa de falha de 0,1 a 8%, ou
seja de cada 1000 mulheres que usam este método no período de um ano, de 1 a 80
podem engravidar. Quando melhor for a forma de uso, menor é a chance de gravidez.
Minipílula - Depende do modo de uso. Quando usada durante a amamentação apresenta
taxa de falha de 0.5%, ou seja, de cada 1000 mulheres que usam este método no período
de um ano 5 podem engravidar.
Quais os efeitos colaterais mais comuns?
Náuseas (mais comum nos 3 primeiros meses), dor de cabeça leve,
sensibilidade nos seios, leve ganho de peso, nervosismo, espinha
Alterações do ciclo menstrual: manchas ou sangramento nos intervalos entre as
menstruações, especialmente se a mulher esquece de tomar a pílula ou não toma
no horário certo (mais comum nos 3 primeiros meses), e amenorréia(ausência de
mesntruação)
Em algumas mulheres podem causar alterações do humor

Quais são os benefícios para a saúde da mulher?

Pílula Combinada

Proporciona ciclos menstruais regulares, com sangramento durante menos


tempo e em menor quantidade
Diminui a frequência e a intensidade das cólicas menstruais
A fertilidade retorna em seguida à interrupção da cartela
Pode ser utilizada como anticoncepção de emergência, após uma relação sexual
desprotegida
Diminui a incidência de: gravidez ectópica, câncer de endométrio, câncer de
ovário, cistos de ovário, doença inflamatória pélvica
Mini-Pílula

Pode ser usada durante a amamentação


Ajuda a prevenir doenças benignas do mama, câncer do endométrio ou de
ovário, doença inflamatória pélvica
Pode ser utilizada como anticoncepção de emergência, após uma relação sexual
desprotegida

Págin map contat


Materiai Doaçõe
a a do
inicial
s
site o s
ANTICONCEPÇÃO DE EMERGÊNCIA (AE)

O que é?
É um comprimido que contém hormônios parecidos com os
hormônios que a mulher tem em seu corpo e que impedem que
aconteça uma gravidez.
Como funciona?
Evita uma gravidez através de vários mecanismos, dependendo
do período do ciclo em que é usada. Os únicos efeitos
confirmados são a inibição ou retardo da ovulação.

Quando usar a anticoncepção de emergência?


Como o próprio nome diz, ela deve ser usada em situações de
emergência, ou seja, quando ocorrer uma relação sexual
desprotegida, e/ou quando há falha do método utilizado
(exemplo, se a camisinha estourar), e/ou em caso de violência
sexual (estupro).
Qual a sua eficácia?
A eficácia da anticoncepção de emergência é maior quanto
antes for iniciado o seu uso. A tabela abaixo, apresenta a
eficácia da AE, de acordo ao tempo de início (uso) após a
relação sexual desproitegida.
Tempo AE
Até 24 horas 95%
De 25 a 72 horas 82%
De 73horas até 5 dias
63%
depois
Como vimos acima, quanto mais rápida a anticoncepção de
emergência for usada, após uma relação sexual desprotegida,
maior será a sua eficácia e, portanto, a prevenção de uma
gravidez não planejada. Porém, lembre-se que ela deve ser
usada somente em casos de emergência.

Quais são os efeitos colaterais?


Náuseas
Vômitos
Estudos demonstram que esses efeitos colaterais são
passageiros e não fazem nenhum mal a saúde, além de serem
difíceis de acontecer.
INJEÇÕES:

#Injeção mensal# #Injeção Trimestral#

O que é?
São injeções intramusculares feitas com hormônios parecidos com os que a mulher tem
em seu corpo. Existem dois tipos de injeção:
Mensal - 2 hormônios, estrogênio e progestogênio
Trimestral - 1 hormônio, progestogênio
Como se usa?
Por se tratar de um Método Hormonal, para iniciar o seu uso é muito importante que a
mulher procure um serviço de saúde para receber uma orientação correta sobre a sua
forma de uso e se ela pode ou não usar este método anticoncepcional.
Como funcionam as injeções?
A principal ação é impedir que ocorra a ovulação, além de provocar alterações no muco
cervical e no endométrio.
Qual a sua eficácia?
Tanto a injeção mensal quanto a injeção trimensal, a taxa de falha é de
aproximadamente 0,3%, ou seja, de cada 300 mulheres que usam este método durante o
período de um ano, 1 mulher pode vir a engravidar.
Quais são os efeitos colaterais?
Alterações no ciclo menstrual:
Pequeno sangramento nos intervalos entre as menstruações;
Sangramento prolongado;
Amenorréia (ausência de menstruação).
Ganho de peso (principalmente a injeção Trimensal);
Dor de cabeça leve;
Vertigens.
Náuseas e vômitos
Quais são os benefícios para a saúde da mulher?
Injeção Mensal

Diminuem a freqüência e a intensidade das cólicas menstruais;


A fertilidade retorna em tempo mais curto do que com os injetáveis trimestrais;
Podem prevenir a anemia;
Ajudam a prevenir problemas como: Gravidez ectópica, Câncer de endométrio
e ovário, Cistos de ovário, Doença inflamatória pélvica, Doenças mamárias
benignas e miomas uterinos
Injeção Trimestral

Pode ser usado durante a amamentação após seis semanas do parto


Não provoca os efeitos colaterais do estrogênio, como náuseas e vômitos
Não aumenta o risco de complicações relacionadas ao uso do estrogênio
Diminui a incidência de: gravidez ectópica, câncer de endométrio e de ovário,
doença inflamatória pélvica e mioma uterino
Para algumas mulheres: pode ajudar a prevenir anemia, a freqüência de crises
convulsivas em portadoras de epilepsia, e a dor e freqüência de crises
falciformes
Ajuda a reduzir os sintomas de endometriose
Métodos de Barreira

CAMISINHA MASCULINA:

O que é?
É uma capa fina de borracha (latex) que deve ser colocada no pênis
para impedir seu contato com qualquer superfície.
Como funciona?
A camisinha masculina impede o contato do pênis com a vagina, nas
relações sexuais genitais, impedindo assim que os espermatozóides
entrem em contato com a vagina e ocorra uma gravidez. Ela também
impede a troca de secreções nas relações sexuais, genital (pênis
vagina) e oral (Pênis boca) e anal (pênis vagina), prevenindo também
as DST/HIV-Aids.
Como se usa?
Lembre-se: que para colocar a
camisinha o pênis deve estar ereto
(duro).
A camisinha masculina deve ser
colocada antes de ter qualquer
contato do pênis com a vagina, o
ânus ou a boca.
Essa é a embalagem da camisinha
masculina, antes de abrí-la é
importante estar ligado (prestar
atenção), em três detalhes:

Para abrir a embalagem da camisinha


não é preciso muito esforço, ou seja,
nada de usar unha, tesoura, faca,
facão.
A embalagem já vem picotada nas
laterais para facilitar sua abertura.
A camisinha possui lado certo para
desenrolar, para saber qual é o
correto, basta tentar desenrolar, se
não der ou for muito complicado,
vire a pontinha para o outro lado.

Depois de retirá-la da embalagem,


olhar o lado certo, aperte a pontinha
(o reservatório), dando uma leve
torcidinha para evitar que fique com
ar, porque esta pontinha é o lugar
onde deve ficar o esperma(gozo) e,
se ficar com ar, ela pode estourar
com mais facilidade.

Ainda segurando a ponta apertada, deve-se ir


desenrolando a camisinha sobre o pênis até
chegar à base. Se não for desenrolada até a base
pode ser que durante a relação sexual ela saia do
pênis e perca a proteção.

Depois de desenrolar até


a base, evite ficar
passando a mão, pois,
isto pode retirar o
lubrificante da
camisinha,
possibilitando que a
camisinha estoure com
mais facilidade.
Agora está tudo pronto para se ter uma relação
sexual protegida.
A camisinha deve ficar desta forma
no pênis.

Imediatamente após ejacular


(gozar), segurando a camisinha
pela base, o homem deve tirar o
pênis do/a parceiro/a para evitar
que ela fique lá dentro. Em
seguida, ele deve retirar a
camisinha do pênis evitando o
contato com o/a parceiro/a.
Agora é só dar um nó,
embrulhar em papel higiênico e
jogar no lixo, pois jogar na
privada pode entupir e na rua é
falta de educação e higiene!!!
Qual a sua eficácia?
A taxa de falha varia de 3 a 14%, ou seja, de cada 100 (cem)
mulheres, que mantem relações sexuais com seus parceiros usando a
camisinha masculina durante o período de 1 (um) ano, de 3 (três) a
14 (quatorze) podem engravidar.
Quais são os efeitos colaterais?
Algumas pessoas podem ser alérgicas ao látex ou ao lubrificante,
podendo causar coceira e/ou vermelhidão.
Quais são os benefícios para a saúde de homem?
Ela oferece DUPLA PROTEÇÂO, prevenindo tanto as DST/HIV-
Aids como uma gravidez não planejada.
CAMISINHA FEMININA:

O que é?
É uma bolsa de plástico fino, transparente, macio e resistente, com dois anéis, sendo um
preso na borda e o outro móvel (que não deve ser removido) dentro da bolsa.

Como funciona?
A camisinha feminina impede o contato da vagina com o pênis nas relações sexuais
genitais, impedindo assim que os espermatózoides entrem em contato com a vagina. Ela
também impede a troca de secreções nas relações sexuais, genital (vagina pênis) e oral
(vagina boca), prevenindo também as DST/HIV-Aids.
Como se usa?
A camisinha feminina deve ser usada em todas
as relações sexuais, antes de ter qualquer
contato da vagina com o pênis ou a boca,
mesmo durante a menstruação, e pode ser
colocada até oito horas antes da relação sexual.

Antes de abrir a embalagem, é importante


verificar a data de valiadade e se a
embalagem não está furada.
Com estes cuidados tomados, para abrir a
camisinha feminina é super fácil, não precisa
muito esforço, ela vem com uma setinha
azul indicando um picote, para facilitar a
abertura, ou seja, não precisa de unha, faca,
tesoura, facão.

Segurando com os dedos, o anel que fica dentro


da camisinha feminina deve ficar em forma de
“8”.
Em uma posição em que a mulher se
sinta confortável, ela deve introduzir o
anel.

A mulher deve ajeitar a camisinha,


introduzindo o dedo dentro dela, para
verificar se ela não está torcida, o que pode
dificultar a entrada do pênis.

O anel de fora da camisinha deve cobrir


então a entrada da vagina e a vulva (parte
externa do genital da mulher). O homem
poderá então introduzir o pênis na vagina,
tomando cuidado para que este entre por
dentro da camisinha.

Após o homem ejacular, ele deve tirar o pênis


de dentro da mulher e a camisinha feminina
deve ser retirada imediatamente. Para retirar é
só dar uma leve torcida na camisinha para evitar
que o esperma vaze. Agora é só embrulhar em
papel higiênico e jogar no lixo, pois jogar na
privada pode entupir e na rua é falta de
educação e higiene!!!
Você tem alguma dúvida de como colocar a camisinha feminina?

Clique aqui e assista um vídeo que também ensina a sua utilização.

Qual a sua eficácia?


A taxa de falha varia de 5 a 21%, ou seja, de cada 100 (cem) mulheres, que usam a
camisinha feminina durante o período de 1 (um) ano, de 5 (cinco) a 21 (vinte e um)
podem engravidar.
Quais são os efeitos colaterais?
Algumas pessoas podem apresentar alergia ao lubrificante, podendo causar coceira
e/ou vermelhidão.
Quais são os benefícios para a saúde da mulher?
Ela oferece dupla proteção, prevenindo tanto as DST/HIV-Aids como uma gravidez
não planejada.
Diminui a incidência de: complicações causadas pelas DST, como infecção no
aparelho sexual, dor na parte baixa da barriga, possivelmente câncer de colo uterino e
infertilidade nos homens e mulheres.
DIU TCU 380A
(DISPOSITIVO INTRA-UTERINO):

O que é?
É um dispositivo em forma de 'T', feito de plástico e coberto com um fio de cobre, que é
colocado dentro do útero.
Existem vários tipos de DIUs. Os DIUs com cobre, por exemplo o TCu 380A, MLCu
375; e o DIU hormonal LNG-20 (Mirena)
Como se usa?
Deve ser colocado no útero e pode durar até dez anos. Para iniciar o uso do DIU, a
mulher deve procurar um serviço de saúde, pois só o/a profissional de saúde pode
receitá-lo e colocá-lo, avaliando se uma mulher pode ou não usar este método.
Como funciona o DIU?
O DIU impede o encontro do espermatozóide com o óvulo, porque o cobre afeta os
espermatozóides matando-os ou diminuindo sua movimentação dentro do útero,
impedindo que haja a fecundação.
O DIU hormonal, altera o muco cervical e a cavidade uterina, podendo em alguns casos
inibir também a ovulação.
Qual a sua eficácia?
A taxa de falha do DIU TCU 380A varia de 0,6 a 0,8%, ou seja, de cada 200 mulheres
que usam o DIU durante o período de um ano, aproximadamente 1 mulher pode
engravidar. Para saber a efícácia do Mirena clique aqui.
Quais são os efeitos colaterais?
Alterações no ciclo menstrual (comum nos primeiros três meses, geralmente
diminuindo depois deste período);
Sangramento menstrual prolongado e volumoso;
Sangramento no intervalo entre menstruações;
Cólicas de maior intensidade ou dor durante a menstruação.

Métodos Cirúrgicos:

Ligadura de Trompas
O que é?
É uma cirurgia feita no aparelho genital da mulher, através da qual as trompas de
Falópio (tubas uterinas) são cortadas e amarradas. Isso faz com que os espermatozóides
não consigam encontrar o óvulo da mulher, evitando assim que a mulher engravide. É
um método definitivo.
Qual é a eficácia?
No primeiro ano após a cirurgia, a taxa de gravidez é de 0,5 para 100 mulheres (1 em
cada 200 mulheres). Dez anos após a cirurgia, a taxa é de 1,8 para 100 mulheres (1 em
cada 55 mulheres).
Esse método faz mal para a saúde?
Não! A ligadura de trompas não causa nenhum problema de saúde.
VASECTOMIA

O que é?
É uma cirurgia simples feita no aparelho genital do homem, através da qual são cortados
os canais deferentes. Isso não deixa que os espermatozóides saiam na elaculação
(sêmen) para se encontrar com o óvulo da mulher, por isso ele não consegue mais
engravidar uma mulher. É um método definitivo.
Qual a sua eficácia?
De cada 1000 mulheres que o parceiro fez a vasectomia, apenas uma pode engravidar.
Quais são os efeitos colaterais?
A vasectomia não causa nenhum problema de saúde.
Métodos Comportamentais:

TABELINHA

O que é?
É a identificação do período fértil da mulher (período em que a mulher pode
engravidar), através do histórico de seus ciclos menstruais, para determinar qual o
período em que não deverá ter relações sexuais.
Como se usa?
A mulher deve anotar em um caderno ou calendário todos os dias que menstruou (do 1º
até o último dia de menstruação) durante no mínimo 6 vezes. A partir dessas anotações
ela deve calcular os seus ciclos menstruais. Em seguida deverá aplicar uma fórmula e,
com isso, identificar seu período fértil.
FÓRMULA: A mulher deve pegar o seu ciclo mais curto e subtrair 18, e com isso
obterá o dia do início do período fértil. Depois, a mulher deve pegar o seu ciclo mais
longo e subtrair 11; com isso obterá o dia do fim do período fértil.
EXEMPLO:Uma mulher cujo ciclo mais curto seja de 26 dias e o ciclo mais longo seja
de 35 dias, aplicando a fórmula temos: 26 - 18 = 8 e 35 - 11 = 24 Neste caso, o período
fértil da mulher é a partir do 8º dia até o 24º dia de cada ciclo. Ela não deve ter relações
sexuais nesse período, se quiser evitar a gravidez. Os dias férteis(números) não são
necessariamente iguais aos dias do mês.
Qual a sua eficácia?
Existe uma grande variação na taxa de falha, ela varia de 09 e 20%, ou seja de cada 100
mulheres usando este método no período de um ano, de 9 a 20 tem a chance de
engravidar. Quanto melhor utilizado, mais proximo de 9% fica a chance de falha.
Quais os efeitos colaterais?
Por se tratar de um método comportamental, não existem efeitos colaterais.
Quais são os benefícios para a saúde da mulher?
Ajuda os adolescentes a conhecerem melhor como é e como funciona seu corpo
Não apresenta efeitos colaterais

TEMPERATURA

O que é?
É a identificação do período fértil da mulher através da temperatura do seu corpo.
Como se usa?
A mulher deve medir a sua temperatura do mesmo jeito todos os dias (oral, vaginal ou
retal), no mesmo horário, todas as manhãs antes de se levantar, e anotar a temperatura
em uma folha. No período fértil a temperatura sobe um pouco. Nesse período deve-se
evitar relações sexuais.
Qual a sua eficácia?
De cem mulheres que usam durante um ano de uma a vinte mulheres podem ficar
grávidas.
Quais são os efeitos colaterais?
Por se tratar de um método comportamental, não existem efeitos colaterais.
Quais são os benefícios para a saúde da mulher?
Ajuda os adolescentes a conhecerem melhor como é e como funciona seu
corpo

MUCO CERVICAL OU BILLINGS

O que é?
É uma secreção natural da mulher, produzida no colo do útero que muda ao longo do
ciclo por ação dos hormônios (estrogênio e progesterona). Quando a mulher entra em
seu período fértil, essa secreção fica parecida com uma clara de ovo.
Como se usa?
A mulher deve observar todos os dias as mudanças que ocorrem no muco cervical (que
são mais evidentes durante os dias da ovulação), para isto ela deve colocar o dedo na
entrada da vagina, deixando com que o muco fique entre o dedo polegar e indicador,
separando e esticando o muco entre eles.
O dia em que o muco cervical começar a esticar e estiver parecido com uma clara de
ovo (transparente), significa que a mulher está entrando em seu período fértil, e deverá
suspender suas relações sexuais até passar o 4º dia do ápice (dia em que o muco cervical
teve sua maior elasticidade), que significa o fim do período fértil.
Qual a sua eficácia?
A taxa de falha é variável, e depende muito da capacidade do reconhecimento do muco
cervical. O índice de falha deste método, varia entre 3 a 20%, ou seja, de cada 100
mulheres que usam este método durante o período de um ano, 3 a 20 podem vir a
engravidar. Quando melhor utilizado, mais próximo de 3% fica a chance de falha.
Quais são os efeitos colaterais?
Não, por se tratar de um método comportamental, não existem efeitos colaterais.
Quais são os benefícios para a saúde da mulher?
Ajuda as adolescentes a conhecerem melhor como é, e como funciona o seu
corpo;
Não apresenta efeitos colaterais.
Perguntas e Respostas:

Corpo:
● É normal a menstruação atrasar em relação ao dia previsto? Sim,
saiba que é normal que a menstruação atrase ou mesmo adiante em
relação à data prevista para ela ocorrer, assim como também é
normal que o fluxo menstrual ou os dias de sangramento também
sejam diferentes entre um ciclo menstrual e outro. Caso a
menstruação atrase por mais que 10 dias em relação à data prevista,
você pode procurar um serviço de saúde para uma consulta e caso
seja necessário fazer um exame de gravidez. Lembre-se também de
se prevenir em todas as relações sexuais usando sempre um método
anticoncepcional e/ou a camisinha, pois somente assim você estará
se prevenindo de uma gravidez não planejada e também das
DST/HIV-Aids.

● Quanto tempo o espermatozóide vive após a ejaculação dentro da


munher? O tempo de vida dos espermatozóides, varia dependendo da
onde o espermatozóide se encontra. Quando dentro do útero da
mulher, ele pode permanecer vivo e com capacidade de fecundação
por até 06 dias, porém dentro do canal da vagina, o seu tempo de
vida é de no Maximo 06 horas, devido às condições do canal da
vagina. Por isso a importância de usar a camisinha em todas as
relações e práticas sexuais, pois assim você se previne de uma
gravidez não planejada e também das DST/HIV-Aids, evitando que os
espermatozóides entre em contato com a vagina.

● Gostaria de saber se os espermatozóides conseguem ultrapassar o


hímen? Sim, os espermatozóides conseguem ultrapassar o hímen,
pois a membrana do hímen não é totalmente fechada, possibilitando
assim a passagens dos espermatozóides. Outro ponto importante do
hímen não ser totalmente fechado é para que a menstruação possa
ocorrer, em geral o hímen pode ser cheio de furinhos ou então possuir
aberturas em diferentes tamanhos. Por isto a importância de estar se
prevenindo em todas as relações sexuais usando sempre a
camisinha.

● Até que idade os meus seios poderão se desenvolver? A média de


crescimento para a mulher pode girar em torno dos 21 anos. No
entanto nosso corpo passa por transformações durante toda nossa
vida. Em relação ao crescimento dos seios, eles também podem se
desenvolver até os 21 anos, porém é importante levar em conta
fatores genéticos de sua família assim como seria importante
também, você procurar um serviço de saúde, (ginecologista), pois
através de uma consulta ele/a poderá fazer uma avaliação clinica e
presente do seu caso e quais as possibilidades de crescimento.

● A mulher libera alguma secreção na relação sexual? A vagina


contém várias glândulas, que são locais que produzem secreções.
Essas secreções têm muitas finalidades, inclusive a de lubrificar a
vagina. Durante uma relação sexual, as glândulas liberam secreções
que mantêm a vagina lubrificada.

● Quando os adolescentes começam a ter esperma? Essa idade varia


de adolescente para adolescente; a primeira ejaculação acontece
mais ou menos entre 13 e 14 anos. Mas lembre-se: Cada pessoa tem
o seu tempo!

● O corpo da mulher muda depois de começar a fazer sexo? Não, os


corpos da mulher e do homem não mudam por causa da relação
sexual.

● Se um homem tem fimose ele pode ter relações sexuais? Pode, a


fimose, que é a presença de uma pele cobrindo parcialmente a
glande, pode dificultar um pouco as relações sexuais, É importante
procurar um serviço de saúde para avaliar e tratar corretamente este
problema.

● Usar cuecas apertadas faz mal? Usar cuecas apertadas, além de


desconfortável pode dificultar a circulação sanguínea, e também a
ventilação da região genital favorecendo o aparecimento de micoses.

● Por que o pênis fica duro? Na parte de dentro, o pênis é formado por
um tecido que parece uma esponja, então, quando o homem fica
excitado esse tecido se enche de sangue e os músculos do pênis se
contraem fazendo com que ele fique duro (ereto).

● Qual o tamanho do pênis? O tamanho depende de homem para


homem. A média de tamanho do pênis dos homens no Brasil é de 14
centímetros (homem adulto).

● O que é clitóris? Clitóris é um ponto na vulva onde a mulher pode


sentir muito prazer quando tocado.

● Qual o tamanho da vagina? O tamanho varia de mulher para


mulher, mas o tamanho médio é de 8 a 12 cm.

● O quê é a menstruação? Em cada ciclo menstrual, o endométrio,


que é a membrana mucosa que forra a cavidade do útero, se prepara-
se para receber o óvulo fecundado que se prende nele para
desenvolver a gravidez. Não tendo a fecundação, a camada que se
desenvolveu se solta e sai junto com sangue na forma de
menstruação, para que o endométrio possa se preparar novamente
para o próximo ciclo menstrual.

● É normal a menstruação desregulada? Sim, após a 1ª menstruação


pode demorar até dois anos para que a menstruação fique regulada,
isso é normal. Além disso, é importante lembrar que o ciclo menstrual
normal varia entre 23 e 38 dias. Mas em outras condições é sempre
legal procurar a orientação de um serviço de saúde!

● Pode transar menstruada? Sim, a menstruação não atrapalha a


relação sexual.Lembre-se de usar a camisinha em todas as relações
sexuais para se prevenir das DST/HIV-AIDS e de uma gravidez não
planejada.

Sexualidade:
● Perguntas referentes a perca da virgindade. Isso depende muito do
conceito de virgindade que cada pessoa têm, pois para uma grande
parte das mulheres e dos homens também, a perca da virgindade
está ligada ao rompimento do hímen, porém neste caso devemos
pensar que existem pessoas que nascem sem o hímen ou ocorre de
rompê-lo sem ter tido nenhuma relação sexual. Neste caso a pessoa
não é virgem? O conceito que usamos para trabalhar a questão da
virgindade é que uma pessoa (mulher ou homem) deixa ou perde sua
virgindade quando tem sua primeira relação sexual, e aqui se
endente tanto sexo vaginal, sexo anal ou sexo oral, desta forma, a
pessoa perde a virgindade quando tem uma das relações sexuais
apresentadas acima. Porém esse conceito também pode receber
novas interpretações que dizem que a pessoa ao praticar, por
exemplo, sexo oral deixou de ser virgem apenas neste tipo de relação
sexual, continuando sendo virgem na relação sexual vaginal e anal,
Assim podemos concluir dizendo que é necessário você fazer uma
reflexão pessoal e definir com base nas reflexões apresentadas, o que
é perder a virgindade para você. Agora, é importante saber que em
qualquer que seja a relação sexual (oral, anal ou vaginal) é
indispensável o uso da camisinha masculina ou da camisinha
feminina, pois somente usando a camisinha em todas as relações e
práticas sexuais você estará se prevenindo das DST/HIV-Aids e
também de uma gravidez não planejada.

● O que é ter prazer? Vamos pensar um pouco o que é prazer então?


O prazer pode ser sentido de forma diferente para cada pessoa, ou
seja, cada um tem sua própria forma de sentir prazer, principalmente
dentro de uma relação sexual. Um ponto muito sensível na mulher e
que gera bastante prazer é o clitóris, que costuma ser estimulado
através da masturbação da mulher e/ou no sexo oral. Mas o prazer da
mulher não se concentra somente no clitóris, mesmo esta área sendo
muito sensível e que gera bastante prazer. Outro ponto é o interior da
vagina que também é sensível gerando prazer ao ser estimulado ou
através da penetração. Além disso, na relação sexual, o prazer não
precisa se concentrar só na região dos órgãos sexuais, mas também
depende do contato do/a parceiro/a, as caricias que são feitas, o
ambiente, a conversa, etc. Se você está desconfortável e/ou não está
conseguindo ter prazer, é interessante que converse com seu
parceiro sobre isso e procure um serviço de saúde para receber
orientações de um profissional de saúde, para saber o que pode estar
acontecendo, tirar outras dúvidas e saber o que pode ser feito.
● Existe alguma forma ou jeito de fazer uma relação sexual e que esta
seja prazerosa? Não existe um padrão, maneiras, formas, jeito certo
etc. Para se ter uma boa relação sexual e com isto sentir ou fazer a
outra pessoa sentir prazer, pois cada pessoa tem um jeito diferente
de sentir prazer e/ou ter uma relação sexual, desta forma não temos
como dizer o que é certo ou errado, o que ou como deve ser feito,
pois cada pessoa tem que ir descobrindo por si só ou junto com
seu/sua parceiro/a qual o melhor jeito, quais são as formas e jeitos
que ambos sentem prazer. O importante é respeitar o direito do
outro/a, e conversando ir descobrindo como deixar a relação sexual
mais prazerosa. Agora não se esqueça da importância de estar se
prevenindo em todas as relações e práticas sexuais, pois assim com
certeza vocês poderão sentir mais prazer e principalmente estar se
prevenindo de uma gravidez não planejada e das DST/HIV-Aids, por
isso o uso da camisinha é indispensável em todas as relações sexuais.

● Gostaria de saber se uma relação sexual anal pode engravidar? Ter


uma relação sexual anal não engravida, pois não existe nenhuma
ligação (interna) do ânus com o útero. Porém durante uma relação
sexual anal, é importante tomar cuidado para que o liquido seminal
na hora ou após a ejaculação não escorra até a entrada da vagina,
pois isso poderia provocar uma gravidez, caso a mulher esteja em seu
período fértil. Agora é muito importante lembrarmos que mesmo não
havendo o risco de uma gravidez é fundamental o uso da camisinha,
pois existe a chance de contrair uma DST/HIV-Aids.

● A mulher só sente prazer no clitóris? É importante sabermos que o


prazer pode ser sentido de diferentes formas, ou seja, cada um tem
sua própria forma de sentir prazer, principalmente dentro de uma
relação sexual. Um ponto muito sensível na mulher e que gera
bastante prazer é o clitóris, que costuma ser estimulado através da
masturbação da mulher ou do homem ou ainda pelo sexo oral. Mas o
prazer da mulher não se concentra somente no clitóris, mesmo esta
área sendo muito sensível e que gera bastante prazer. Outro ponto de
prazer, é o interior da vagina que também é sensível gerando prazer
ao ser estimulado ou mesmo através da penetração, além disso na
relação sexual o prazer não necessariamente precisa se concentrar
na região dos órgãos genitais, mas ele também pode ser sentido
através do contato com o/a parceiro/a, das caricias e preliminares, do
ambiente, da conversa etc. Sendo assim cada pessoa tem que
descobrir em si mesmo qual as formas de sentir prazer.

● Sexo anal dar prazer para a mulher? É importante sabermos que as


maneiras de se ter prazer e de sentir prazer variam de pessoa para
pessoa, podendo estas gostar de coisas diferentes ou não. Nesta idéia
existem pessoas que podem gostar e outras que não gostam do sexo
anal. Agora é importante deixar claro que uma relação sexual anal,
proporciona prazer sim tanto para a mulher quando para o homem. É
importante lembrarmos que nas relações sexuais anais, assim como
em qualquer outra é fundamental o uso da camisinha, pois só ela
previne das DST/HIV-Aids.

● Já na primeira vez pode ocorrer uma gravidez? Primeiramente é


importante sabermos que em todas as relações sexuais existe sim o
risco de ocorrer uma gravidez, sendo que a mulher só pode
engravidar se ela estiver no seu período fértil. Agora em relação a
primeira vez, pode sim ocorrer uma gravidez, principalmente se esta
relação sexual tenha ocorrido sem a prevenção de nenhum método
anticoncepcional. Por isso tanto na primeira vez como em todas as
outras relações sexuais é importante se prevenir e usar a camisinha,
pois ela é o único método que previne das DST/HIV-Aids e também de
uma gravidez não planejada.

● É verdade que na primeira relação sexual dói muito? Vamos pensar


sobre a primeira vez, pois ela é um momento importante dentro da
vida de todas as pessoas, porém existem muitos significados que
estão relacionados à primeira vez, assim como muitas coisas que
ouvimos falar sobre ela: que vai doer, que machuca, que a mulher
não sente prazer, que tem que sangrar etc. Mas tudo isso são boatos
e mitos que foram passando de pessoa para pessoa. A primeira vez
pode sim ser um momento especial para o casal e/ou para a pessoa,
para isso é preciso que o casal tenha confiança, carinho, conversar
antes sobre seus medos, ansiedades, pensar na prevenção de uma
gravidez não planejada, se é isto que vocês querem, se é o melhor
momento, se estão preparados, como o/a outro/a gosta de ser
tocado, em que lugares, etc, pois tudo isto irá facilitar que a primeira
vez seja um momento gostoso e que proporcione prazer para os dois
e motivo de ser lembrado pela vida inteira. Discutir sobre o uso da
camisinha é muito importante, pois sabemos que o fato da menina
ser virgem não previne nem de uma gravidez e nem das DST/HIV-
Aids, por isto a importância de estar se prevenindo na primeira e em
todas as outras relações sexuais. Para isto seria muito legal que antes
da relação sexual procurar um serviço de saúde (ginecologista) para
uma conversa e orientação sobre a primeira vez, como anda o
desenvolvimento do seu corpo e principalmente para conhecer e
quem sabe escolher um método anticoncepcional, para prevenir a
gravidez, tornando a relação sexual mais segura, lembrando da
importância do uso da camisinha, masculina ou feminina, em todas as
relações sexuais, antes de qualquer contato, pois somente ela
previne as DST/HIV-Aids, além de reforçar a segurança na prevenção
de uma gravidez não planejada.

● É verdade que toda mulher sangra na primeira transa? Não é


verdade que toda mulher tem que sangrar na primeira vez. Pois isso
varia de mulher para mulher, quando há sangramento, este ocorre
devido ao rompimento de alguns vasos sanguíneos que ficam junto à
membrana (pelinha) do hímen. O hímen pode romper-se e não haver
sangramento. Isto porque para que o hímen sangre e necessário que
haja o rompimento de algum vaso sanguíneo. E não são todos os
hímens que tem algum vaso. Lembre-se que a camisinha deve ser
usada em todas as relações sexuais, pois só ela oferece a proteção
em relação as DST/HIV-Aids, além de prevenir também de uma
gravidez não planejada.

● Tem como o meu namorado/a saber que eu sou virgem sem eu


contar para ele/a? Só existe uma maneira de saber se a outra pessoa
é virgem ou não, que é perguntando a ela/e e acreditando na
resposta da pessoa, pois, não existe nenhum exame ou técnicas que
sejam confiáveis que possam dizer com certeza se o homem ou a
mulher é virgem ou não. A virgindade nada mais é do que não ter tido
nenhuma relação sexual. Agora independente de ser virgem ou não, é
importante usar a camisinha na primeira e em todas as relações
sexuais, antes de se ter qualquer contato genital, pois assim você
estará se prevenindo das DST/HIV-Aids e também de uma gravidez
não planejada.
● Existe algum risco de pegar uma DST apenas se masturbando?
Através da masturbação não é possível pegar uma DST/HIV-Aids, a
menos que durante a masturbação aconteça algum contato sexual
com a outra pessoa. Uma dica legal é durante a masturbação já ir
treinando o uso da camisinha, pois assim quando for acorrer à relação
sexual você já estará preparado e sabendo usar corretamente a
camisinha.

● Como posso saber se a minha namorada tem orgasmos ou não?


Primeiramente, orgasmo é a sensação máxima de prazer, é uma
etapa da resposta sexual de toda pessoa frente a um estímulo sexual,
esse estímulo pode ser desde um olhar, uma fantasia, uma
lembrança, um abraço, em fim tudo que possa despertar o desejo
sexual. Em seguida vem o que se chamamos de excitação, que se
caracteriza por uma série de modificações do corpo, a vagina fica
molhada, o pênis fica duro, o bico dos seios endurece, o coração
começa a bater cada vez mais depressa, até que se chega ao
orgasmo, que é está sensação máxima prazer. No homem este
momento se apresenta com a ejaculação e na mulher pode
apresentar uma série de contrações na vagina. Cada pessoa tem uma
maneira diferente de sentir o orgasmo. Às vezes é um momento
suave e tranqüilo, ou então uma série de movimentos agitados. Desta
forma não existe uma forma única de sabermos quando uma pessoa
alcançou o orgasmo, a melhor forma de descobrir é perguntando para
a pessoa.

● Gostaria de saber se uma relação sexual oral pode engravidar? Não,


pois uma relação sexual oral mesmo que haja ejaculação na boca ou
a mulher venha a engolir o sêmen, não existe nenhuma ligação
interna da boca ou estomago com útero. Mas de qualquer forma é
muito importante usar a camisinha nestas relações sexuais, pois
existe o risco de contrair uma DST/HIV-Aids.

● Se o pênis for grande, o prazer vai ser maior? Como se diz, tamanho
não é documento. Em geral os homens acabam fazendo comparações
porque se criou uma cultura de que pênis grande é o que importa, e
na verdade em termos de prazer, o tamanho do pênis não interfere,
muitas vezes até prejudica, machucando a mulher, se ele é muito
grande. Lembrando ainda que, o que importa numa relação vai além
do tamanho do pênis, o importante está no carinho, respeito,
satisfação e prazer de estar junto. Então, a dica é não se preocupar
com isso.

● O que é masturbação? Masturbação é um meio de sentir prazer


(sozinho ou entre parceiros sem uma relação sexual ou antes de uma
relação sexual) e conhecer também o próprio corpo, e não faz mal a
saúde.

● A mulher também se masturba? Sim, as mulheres também se


masturbam. A masturbação é algo normal tanto para homens quanto
para mulheres.

Anticoncepção:
● Qual é o melhor método anticoncepcional? Não existe um método
anticoncepcional melhor do que o outro ou ideal. Todos têm aspectos
negativos e aspectos positivos. O melhor método anticoncepcional é
aquele no qual a pessoa e seu/sua parceiro/parceira mais confiam e
se sentem confortáveis para usar. Lembrando que para usar qualquer
método anticoncepcional, é legal procurar um serviço de saúde antes,
para receber as orientações necessárias sobre o método escolhido e
avaliação da saúde.

● Onde podem ser encontrados os métodos anticoncepcionais? Os


métodos anticoncepcionais, podem ser encontrados nos serviços de
saúde e também em farmácias. Agora não se esqueça que para usar
qualquer método anticoncepcional, é importante antes receber uma
orientação medica sobre o método escolhido.

● Quais os medicamentos que podem interferir no efeito ou mesmo


na eficácia da pílula? As substancias que podem diminuir a eficácia da
injeção são a rifampicina e a griseofulvina, contidas em
medicamentos anticonvulsivantes. Assim, todos os outros
medicamentos, que não estes, não tem efeito nenhum sobre a
injeção e não altera em nada a sua eficácia. Quando for usar qualquer
medicamento é sempre bom seguir a orientação médica e ler a bula
para ver as substancias do qual o mesmo é composto.
● É verdade que quem toma pílula anticoncepcional não tem dia fértil
em nenhum momento do mês??E como saber se a pílula está fazendo
efeito no corpo da mulher? Primeiramente é importante deixar claro
que a mulher que usa a pílula anticoncepcional não tem período fértil,
pois um dos efeitos da pílula é impedir a ovulação, ou seja, saída do
óvulo. Desta forma não tem como ocorrer o período fértil uma vez
que ele se inicia com a liberação (saída) do óvulo. Em relação à
eficácia da pílula, saiba que se você está tomando a pílula
corretamente de acordo com as orientações médicas, você está se
prevenindo de uma gravidez não planejada, pois ela já faz efeito
desde o primeiro dia de uso, (primeiro comprimido) prosseguindo por
todo ciclo e durante os dias de pausa. Agora não se esqueça de usar
também a camisinha em todas as relações sexuais, pois somente ele
previne das DSt/HIV-Aids.

● Se a mulher toma a anticoncepção de emergência e já houve a


fecundação, o que pode acontecer? Ela pode abortar ou ter
complicações na gravidez por causa disto? Quando a anticoncepção
de emergência é tomada depois de ter ocorrido a fecundação, ela não
terá mais efeito algum, pois não há mais como impedir a ovulação e a
fecundação que já ocorreram. Desta forma ela não é abortiva e nem
trará nenhuma complicação caso a fecundação (gravidez) já tenha
ocorrido.

● A anticoncepção de emergência deve ser tomada até quanto tempo


depois da relação sexual? A anticoncepção de emergência só tem
efeito até 72 horas (3 dias) após a relação sexual, sendo que quanto
mais cedo ela for utilizada, maior será sua eficácia. Se tomada depois
do prazo de 72 horas (3 dias), ela não servirá mais para nada.

● Eu gostaria de saber como é feito o calculo da tabelinha, como devo


marcar a menstruação e saber o meu dia fértil? A tabelinha é um
método para prevenir a gravidez através da identificação do período
fértil. A mulher deve anotar em um caderninho todos os dias em que
menstrua (do 1º até o último dia de menstruação) durante 6 vezes. A
partir dessas anotações ela deve calcular os seus ciclos menstruais (o
ciclo menstrual começa no 1º dia da menstruação e termina no último
dia antes da menstruação seguinte). Em seguida deverá aplicar uma
fórmula e, com isso, identificar seu período fértil. FÓRMULA: A mulher
deve pegar o seu ciclo mais curto e subtrair 18, e com isso obterá o
dia do início do período fértil. E a mulher deve pegar o seu ciclo mais
longo e subtrair 11; com isso obterá o dia do fim do período fértil.
Para mais informações sobre como calcular e ate mesmo fazer este
calculo automatico, clique na nossa pagina "Saiba + sobre /
Anticoncepção / Tabelinha".

● Quando o homem faz vasectomia ele fica impotente? Não! Quando


o homem faz vasectomia são cortados os canais deferentes, que
levam os espermatozóides dos testículos até a uretra. Depois da
vasectomia o homem continua tendo ereção e ejaculação normais só
que sem espermatozóides e, portanto, não podem ter mais filhos.
(Lembre-se; impotência é diferente de esterilidade. Impotência é não
conseguir ter a ereção e então não conseguir ter relações sexuais).

● O que é DIU? DIU, quer dizer (Dispositivo Intra Uterino), como o


próprio nome diz, é um pequeno dispositivo colocado dentro do útero
da mulher para evitar a gravidez. Ele é feito de plástico, tem a forma
de um T, com algumas partes cobertas por cobre. O cobre tem a
função de matar os espermatozóides, evitando assim que ocorra uma
fecundação.

● Qual a diferença entre a pílula e a injeção? Tanto a pílula como a


injeção são métodos hormonais e agem impedindo a ovulação. A
diferença é que as pilula é tomada através de comprimidos, que
devem ser tomados todos os dias e as injecões, dependendo do tipo
(mensal ou trimensal), são tomadas uma vez por mês ou a cada três
meses. Mas o efeito de ambas são praticamente o mesmo.

● É verdade que depois de usar a pílula por muito tempo, as mulheres


não podem mais ter filhos? Não, logo que a mulher parar de tomar a
pílula, ela voltará a ovular normalmente e poderá engravidar
normalmente. A pílula não deixa nenhuma mulher estéril, não
importando o tempo de utilização. Tais coisas ditas sobre a pílula,
como que a mulher tem que dar uma pausa para o corpo descansar
após algum tempo de utilização, que depois ela vai ficar estéril ou vai
ficar mais fértil, são puro mito, nada disso é verdade.
● Qual o efeito da pílula? A principal ação das pílulas, é impedir que
ocorra a ovulação, ou seja, a saída do óvulo do ovário para a trompa,
impedindo assim que ocorra uma fecundação. A pílula contém
hormônios femininos e esses hormônios é que impedem a ovulação.

● É verdade que os métodos podem ser combinados para se ter uma


maior proteção? Sim, alguns métodos podem ser combinados sem
problemas, principalmente para dar uma dupla proteção contra a
gravidez e contra as Doenças Sexualmente Transmissíveis (tendo a
proteção da gravidez por um método anticoncepcional e das DST pela
camisinha masculina ou feminina). Exemplos: pílula e camisinha,
injeção e camisinha, espermicida e camisinha. Também pode-se unir
métodos anticoncepcionais para aumentar a eficácia de proteção
contra a gravidez. Exemplos: Tabelinha e Temperatura, Diafragma e
Espermicida. Mas alguns métodos não devem ser combinados, como
camisinha masculina e feminina ou injeção e pílula.

● Qual a diferença entre o diafragma e a camisinha feminina? O


diafragma é uma capa de borracha com um anel flexível que cobre o
colo do útero. A camisinha feminina é uma bolsa de plástico fino e
resistente que é colocada dentro da vagina e cobre todo o canal da
vagina e a vulva.

● Se eu usar duas camisinhas juntas, estarei aumentando a minha


proteção? Não, muito pelo contrário, quando são usadas duas
camisinhas juntas a proteção diminui, pois o atrito de uma camisinha
com a outra pode acabar estourando as duas. Portanto, o mais seguro
é utilizar apenas uma camisinha de forma correta!

● É verdade que usar camisinha tira o prazer da relação sexual? Não,


na verdade a camisinha pode mudar um pouco a sensibilidade na
relação sexual, mas não tirar o prazer. Essas coisas que dizem da
camisinha é como chupar bala com papel ou comer banana com
casca, são puro boatos. O importante é pensar que você estará se
prevenindo de uma gravidez não planejada e também das DST/HIV-
Aids.
● Devo usar a camisinha também nas relações sexuais anal e oral?
Sim, pois tando no sexo anal quanto no sexo oral, existe a chance de
contrair uma DST/HIV-Aids, e como sabemos somente a camisinha
oferece esta prevenção, por isso que ela deve ser usada antes de se
ter qualquer contato do pênis com a vagina, ânus ou boca, e também
boca vagina.

● O que fazer se a camisinha estourar? Caso se perceba que a


camisinha estourou antes da ejaculação, deve-se trocar a camisinha
por outra nova, pois isso pode acontecer se ela não for usada
corretamente. Se o rompimento da camisinha só for percebido após a
ejaculação, já existe a chance de uma gravidez não planejada, nesse
caso é importante usar o mais rápido possível, a anticoncepção de
emergência, para prevenir que ocorra uma gravidez. Para isto procure
um serviço de saúde para receber uma orientação sobre este método
anticoncepcional.

● Pode acontecer da camisinha ficar dentro da vagina da mulher


quando o pênis é retirado? Sim, a camisinha pode escorregar ou sair
do pênis na hora de retirar o pênis de dentro da vagina. Isso acontece
geralmente quando a camisinha não é usada de forma correta, não
retirando o pênis de dentro da mulher imediatamente após a
ejaculação, pois após a ejaculação o pênis tende a ficar mais mole, o
que possibilita que a camisinha fique dentro da vagina. Por isto, na
hora em que for retirar o pênis da vagina é importante segurar a
camisinha pela sua borda e tirar o pênis, evitando assim que ela saia
ou fique dentro da vagina. Uma situação desta pode aumentar o risco
de uma gravidez não planejada ou mesmo de uma DST/HIV-AIDS.

● Existe diferença entre a camisinha distribuída no posto de saúde e


as compradas em farmácias? A única diferença que existe é a marca,
porém a qualidade é a mesma. As camisinhas distribuídas pelos
serviços de saúde são de boa qualidade assim como qualquer outra
vendida nas farmácias, pois também passam pelo mesmo sistema de
teste que as outras, recebendo também o carimbo do INMETRO.
Agora é importante olhar também a data de validade e se o pacote
não esta furado ou violado.
● A camisinha feminina é mais eficaz do que a camisinha masculina?
Não, a camisinha masculina é mais eficaz do que a camisinha
feminina para prevenir uma gravidez. De cada 100 casais que usam a
camisinha masculina durante 1 ano, 3 a 14 mulheres podem
engravidar. Enquanto que, de cada 100 mulheres que usam a
camisinha feminina, durante 1 ano, 5 a 21 podem engravidar.

● Todos os métodos anticoncepcionais previnem de uma DST/HIV-Aids


Não, somente as camisinhas masculina e feminina previnem da
contaminação por uma DST/HIV-AIDS. Todos os outros métodos
anticoncepcionais previnem somente uma gravidez não planejada.

DST
● O que fazer quando acha que se está com uma DST ? Deve-se,
imediatamente, procurar um serviço de saúde para se ter a
orientação médica necessária. Não se deve procurar as farmácias e
nem usar remédios sem orientação médica, pois pode prejudicar a
saúde.

● Existe algum remédio que previne as DST? Não, a única prevenção


para as DST/HIV-AIDS é usar, corretamente, a camisinha masculina ou
a camisinha feminina em todas as relações sexuais.

● Quais os sintomas das Doenças Sexualmente Transmissíveis? Os


sintomas em geral são: coceira, mau cheiro, corrimento, dor, inchaço,
aparecimento de manchas, feridas, bolhas, verrugas e caroços nas
regiões genitais e próximo delas, ardência ao urinar e dor nas
relações sexuais. Aparecendo qualquer dos sintomas é importante
que se procure um serviço de saúde para se ter a orientação médica
necessária.

● Quem tem 11 anos e não menstrua e já fez sexo pega doenças?


Sim, para se pegar uma DST e o HIV-AIDS é preciso ter uma relação
sexual sem proteção e com uma pessoa contaminada. Não importa a
idade e nem se já menstruou, ou não

● Mesmo sem gozar, corre-se o risco de pegar doença? Sim, se


houver contato entre os órgãos sexuais e/ou troca de secreções com
uma pessoa contaminada, corre-se o risco de se pegar uma doença.
Por isso é importante colocar a camisinha antes de qualquer contato
entre os órgãos sexuais.

● É verdade que existem pessoas que são contaminadas com as DST


e não apresentam sintomas? Sim. Essas pessoas são chamadas de
“Portadores assintomáticos”. São pessoas que foram infectadas e não
apresentam manifestações da doença. Por não perceberem a DST,
essas pessoas não procuram tratamento e nem se cuidam para evitar
o contagio do/a parceiro/a, tornando-se transmissores das DST.

● Para fazer sexo oral é preciso colocar camisinha? Sim, o sexo oral
também transmiteDST/HIV-AIDS. O importante é usar corretamente a
camisinha em todas as relações sexuais.

● E para fazer sexo anal, também é necessário colocar camisinha?


Sim, no sexo anal é necessário o uso da camisinha, pois o sexo anal
também transmite DST/HIV-AIDS. O importante é usar corretamente a
camisinha em todas as relações sexuais.

● Que tipo de sexo tem mais risco de se pegar AIDS? Em todas as


práticas sexuais desprotegidas (sem camisinha) corre-se o risco de
pegar AIDS e outras DST, se o/a parceiro/a estiver contaminado/a.
Estudos dizem que o sexo anal desprotegido oferece o maior risco de
contaminação, depois o sexo vaginal, e em terceiro o sexo oral. Mas
risco é risco e não importa o tamanho dele, por que pode se
contaminar. Lembre-se: para não se contaminar use sempre
camisinha em todas as relações sexuais.

● Como se proteger na hora de fazer sexo oral na mulher? Pode-se


usar a camisinha feminina, até mesmo a camisinha masculina,
cortando-a na lateral e fazendo um retângulo. O importante é cobrir
toda a vulva para se evitar qualquer contato com o órgão e secreções
da parceira. Pode-se usar também um plástico fino (daqueles usados
para embalar alimentos).

● Existe alguma DST que não se pega só pelo sexo? Sim, algumas
DST têm outras formas de transmissão além da sexual. Por exemplo,
a Candídiase.

● Ouvi dizer que usar calça jeans causa DST. É verdade? A calça jeans
não causa DST, mas usar roupas muito justas ou sem ventilação
(inclusive calça jeans, tecidos sintéticos, etc...), pode provocar
corrimento na mulher por causa da modificação da flora vaginal
normal.

● Se eu usas roupas íntimas emprestadas, corro risco de pegar AIDS?


Não, o vírus da AIDS, o HIV, vive pouco tempo fora do corpo humano
e em contato com o ar morre rapidamente. Lembre-se que roupas
íntimas não se emprestam. É uma questão de higiene.

● A AIDS pode ser transmitida através do beijo na boca? Não, o beijo


na boca não transmite AIDS, a não ser que uma pessoa, portadora do
vírus HIV, tenha uma ferida na boca que sangre durante o beijo, e a
outra pessoa também tenha uma ferida na boca. A quantidade de
vírus que existe na saliva é muito pequena para transmitir a AIDS,
para se passar o vírus seriam necessários mais ou menos 10 litros de
saliva do portador.

● Se uma pessoa comer junto com um portador do vírus da AIDS ou


usar os mesmos talheres (prato, garfo, faca, copo), ela pode ser
contaminada com o vírus? Não, a AIDS não pode ser transmitida pelos
talheres usados pelo portador. Na verdade o portador pode ter um
contato normal com as pessoas a sua volta, pois não passará o vírus
por estar no mesmo ambiente, por picadas de inseto, pelo suor, por
um abraço ou aperto de mão.
● Tem alguma maneira de se saber se uma pessoa é portadora do
vírus da AIDS? A única maneira de se saber se uma pessoa é
portadora do vírus HIV é através do teste. É impossível saber se uma
pessoa é portadora do vírus através de aparência física. Muitas
pessoas podem até ter sido contaminadas pelo vírus e nem saberem,
transmitindo-o para outras pessoas sem saber. Por isso é muito
importante a utilização de camisinha em todas as relações sexuais,
não sendo nenhum sinal de falta de confiança, sendo apenas uma
proteção muito valiosa.

● Qual é o tratamento da AIDS e qual a cura? Os tratamentos para a


Aids, chamados de coquetéis antivirais, são combinações de
medicamentos antivirais, que quando usados conjuntamente são
bastante efetivos em reduzir a quantidade de vírus vivos que o
doente tem. Estes tratamentos ajudam a melhorar a qualidade de
vida e podem aumentar bastante a sobrevida com a infecção, mas
não curam definitivamente. A AIDS, até agora, não tem cura. Por isso
é importantíssimo a utilização da camisinha masculina ou camisinha
feminina em todas as relações sexuais.

● Se eu e minha/meu parceira/a nunca transamos, há possibilidades


de se contrair uma DST/HIV-Aids? É importante lembrar que existem 3
formas de contrair uma DST/HIV-Aids. Uma delas, é da mãe para o/a
filho/a durante a gestação ou durante o parto caso a mãe esteja
contaminada, porém é importante sabermos que o tratamento pode
ser feito durante o pré-natal. Outra forma é pelo compartilhamento de
seringas usadas em transfusões de sangue não pré-testadas e/ou por
usuários/as de drogas. E por ultimo e mais freqüente que é através do
contato sexual ou relação sexual, sendo que assim não
necessariamente precisaria haver uma penetração para contrair uma
DST/HIV-Aids, caso um dos/as parceiros/as estejam contaminados. Por
isto mesmo sem nunca ter tido uma relação sexual existe a
possibilidade de contrair uma DST/HIV-Aids. Assim a melhor forma de
prevenção é usando a camisinha em todas as relações e praticas
sexuais, antes de se ter qualquer contato genital, além de procurar
um serviço de saúde freqüentemente para ver como anda a sua
saúde.
● Se eu tiver uma relação sexual desprotegido/a, e depois de um mês
eu fizer o teste do HIV-Aids e der negativo, eu posso ainda assim
estar contaminado/a? A contaminação pelo vírus HIV, ou qualquer
outra DST, só acontece se um dos parceiros estiver contaminado/a, e
o único meio de se saber é através de exames de sangue, pois a já
pode estar com o vírus e não apresentar os sintomas da doença.
Principalmente no caso do vírus da Aids, a orientação é que se o
exame é feito logo após a relação sexual que se tenha uma suspeita,
ele seja repetido após três (03) meses, pois existe o que chamamos
de Janela imunológica, que quando a pessoa pode estar contaminada
á 2 meses e o vírus ainda não se apresentou no organismo. Por isto é
indispensável usar a camisinha em todas as relações e práticas
sexuais, antes de se ter qualquer contato do pênis com a vagina,
ânus ou boca, pois dessa forma vocês estará se prevenindo das DST/
HIV-Aids e também de uma gravidez não planejada.

● O que é janela imunológica do vírus HIV-Aids? A janela imunológica


é o período de três meses, que o corpo demora, desde a infecção
para produzir anticorpos em números suficientes para ser detectado
pelo teste Anti-HIV. Portanto, para que o teste seja confiável, a
pessoa deverá procurar o serviço de saúde assim que tiver a
suspeita, fazer o teste e voltar após pelo menos três meses, após o
primeiro, para fazer outro teste. Lembre-se também que a única
forma de prevenir o vírus do HIV-Aids é usando a camisinha em todas
as relações e práticas sexuais, pois a camisinha é o único método que
oferece essa proteção.

● A sífilis tem cura, ou a bactéria fica no sangue pra sempre? Sim, a


sífilis tem cura e por isso ao primeiro sinal de suspeita ou mesmo da
doença é importante procurar um serviço de saúde para iniciar o mais
rápido possível um tratamento. É importante lembrarmos que
somente a camisinha masculina ou a feminina previne tanto da sífilis
como das outras DST/HIV-Aids, por isto ela deve ser usada em todas
as relações sexuais antes de se ter qualquer contato entre os órgãos
genitais. Fazendo isto você estará se prevenindo também de uma
gravidez não planejada.

● Uma pessoa virgem que nunca teve nenhum contato sexual ou


mesmo penetração, pode pegar sífilis? Sim, pois a sífilis também pode
ser transmitida através do sangue contaminado (transfusão) e
também durante a gravidez caso a mãe esteja contaminada, porém
neste caso é possível evitar esta contaminação do bebê durante o
pré-natal, assim como também em relação à transfusão de sangue,
pois todo o sangue é testado antes. De qualquer forma fica valendo a
prevenção e principalmente o uso da camisinha em todas as relações
sexuais, pois é através de uma relação sexual que a sífilis tem a
maior chance de ser transmitida.

● Se eu estiver contaminada com o HPV posso engravidar? Sim, o HPV


não impede que a mulher engravide, porém caso isso aconteça é
importante iniciar o acompanhamento pré-natal para evitar que o
HPV seja transmitido para o bebê. Assim como se houver alguma
suspeita, procurar antes de ocorrer à gravidez um serviço de saúde
para fazer o exame e se constatado iniciar o tratamento. Lembra-se
que somente a camisinha previne das DST/HIV-Aids, e por isso ela
deve ser usada em todas as relações e práticas sexuais antes de
qualquer contato do pênis com a vagina, ânus ou boca.

Gravidez:
● O primeiro sintoma de uma gravidez é o atraso da menstruação
(mas nem sempre o atraso significa uma gravidez). A mulher também
fica com uma maior sensibilidade nas mamas, seus seios ficam
maiores, como se estivessem cheios e podem ficar um pouco
doloridos; é freqüente também ter enjôos e vômitos.

● Minha menstruação esta atrasada, será que posso estar grávida?


Saiba que é normal que a menstruação atrase ou adiante em relação
à data prevista para ela ocorrer, e que este atraso pode estar ligado a
vários outros fatores e não somente a uma gravidez não planejada.
Caso o atraso da menstruação seja maior do que 10 dias em relação à
data prevista, o que você pode estar fazendo é procurar um serviço
de saúde para uma consulta e se necessário fazer um exame de
gravidez. Lembre-se também de se prevenir em todas as relações
sexuais usando sempre um método anticoncepcional e/ou a
camisinha, pois somente assim você estará se prevenindo de uma
gravidez não planejada e também das DST/HIV-Aids.
● Gostaria de saber como é possível descobrir uma possível gravidez
no exame de sangue. O que ele deve apresentar de diferente? Na
suspeita de uma possível gravidez, o melhor a fazer é procurar um
serviço de saúde para fazer um exame de gravidez e tirar esta
dúvida. O exame que geralmente é feito nos serviço de saúde, é o
Beta HCG, que é um exame de gravidez feito através da analise do
sangue para detectar a presença ou o aumento do hormônio,
Gonadotrofina corionica humana, que é produzido quando a mulher
fica grávida. O exame de sangue Beta HCG, tem uma alta eficácia e
suas chances de falha são quase nulas.

● Existe alguma chance do exame de sangue BHCG dar errado? Os


casos em que o exame Beta HCG deu errado são extremamente
raros. Porém o que pode acontecer, é do exame não ter sido feito no
tempo certo, respeitando um prazo mínimo de 7 dias após a relação
sexual.

● Se a mulher não souber que está grávida e tomar pílula ou a


anticoncepção de emergência, isso trará algum problema para ela ou
para o bebê? Não, pois esses métodos têm a função de impedir a
ovulação e o encontro do espermatozóide e o óvulo, e como já houve
a ovulação e fecundação, não surtirão efeito nenhum. Além disso, não
causam problemas no bebê.

● A mulher grávida passa o HIV-AIDS para o bebê? Sim, a mulher


grávida que é portadora do vírus HIV pode passar o vírus para o bebê
durante a gestação através da placenta, durante o parto pelo contato
do bebê com o sangue materno e pela amamentação através da
passagem do vírus para o bebê no leite materno.

● Em que situação pode se fazer aborto? No Brasil, o aborto só é


permitido por lei em duas situações, no caso de estupro, ou no caso
de risco à vida da mãe.

● Durante a gravidez, a mulher pode continuar menstruando, pois


algumas mulheres dizem ter alguns sangramentos? Não, a mulher
grávida para de ovular e também de menstruar durante todo o
período da Gravidez e até um tempo depois do parto. A presença de
qualquer sangramento durante a gravidez não é menstruação e
necessita de avaliação médica o mais rapidamente possível para que
se identifique o que está acontecendo.

● Em parto normal é necessário corte na vagina? Sim na maioria das


vezes é necessário fazer um corte na vagina e no períneo para
facilitar a passagem do bebê. Esse corte é chamado de episiotomia, e
é feito com anestesia e depois são dados alguns pontos para fechar.

● Por que é importante fazer o pré-natal durante a gravidez? Porque é


durante o pré-natal que o médico vai saber se esta tudo bem com a
mãe e com o bebê.O pré-natal é o acompanhamento da gestante e do
bebê durante toda a gravidez. Durante o pré-natal são feitas várias
consultas, exames e orientações para cuidar da saúde da mãe e do
bebê. Adolescentes que fazem o pré-natal desde o início e durante
toda a gestação, não têm maior risco na gravidez, no parto e para o
bebê, do que mulheres adultas.

● Quais as modificações do corpo na gravidez? As modificações


corporais provocadas pela gravidez são muito grandes; modificam-se
vários órgãos e sistemas: pele, sangue, sistema genito-urinário,
cardiovascular, respiratório, digestivo, osteoarticular. Entretanto,
essas modificações tão intensas são reversíveis, ou seja, todos os
órgãos e sistemas voltam a ser como eram antes da gravidez
aproximadamente até a sexta semana após o parto.

● Outro dia li em uma revista sobre uma grávida virgem. Eu queria


saber se isso é mesmo possível? Sim, o caso de "gozar nas coxas", se
um homem gozar perto da entrada da vagina, os espermatozóides
podem subir pela vagina até as trompas e se a mulher estiver em seu
período fértil ela pode ficar grávida, sem nunca ter tido uma
penetração.

● O que acontece em uma gravidez na adolescência e quais as


conseqüências dessa gravidez para os adolescentes? A gravidez
acontece normalmente da mesma maneira que com uma mulher
adulta, mas são riscos maternos e perinatais importantes a
hipertensão na gravidez, a prematuridade e o baixo peso do recém-
nascido. Porém, a maioria dos especialistas concorda que esses riscos
são muito reduzidos se a adolescente recebe uma assistência pré-
natal adequada. As conseqüências mais importantes de uma gravidez
"não planejada" para os adolescentes são relacionadas aos aspectos
emocionas e sociais: falta de apoio da família e/ou do parceiro,
dificuldade de assumir a maternidade/paternidade, assumir a
responsabilidade prematura de montar uma família, abandono da
escola ou complicação dos estudos, dificuldades em relação à
emprego e mercado de trabalho. Ou seja, há uma mudança no
projeto de vida do adolescente. Para que isso não aconteça, é muito
importante que os adolescentes se previnam utilizando os os métodos
anticoncepcionaise principalmente a camisinha masculina ou
camisinha feminina para se proteger também de Doenças
Sexualmente Transmissíveise HIV/AIDS.

● O que fazer quando se é adolescente e se descobre que está


grávida? A adolescente grávida deve procurar, o mais rápido possível,
um serviço de saúde para fazer o pré-natal da mesma forma que as
mulheres adultas, e durante o pré-natal receberá as orientações
necessárias.

● Qual a melhor idade para engravidar? Não existe uma melhor idade
para engravidar, cada mulher tem o seu momento, o importante é
estar preparada não só para a gestação e o parto, mas também para
cuidar de um filho.

● Quando a mulher está grávida pode ter relações sexuais? O que vai
acontecer? Sim, uma mulher grávida pode ter relações sexuais, não
vai acontecer nada com o bebê, e nem com ela. Lembre-se que é
muito importante fazer o pré natal; só assim o médico poderá saber
se está tudo bem com a gravidez!

● Pode engravidar antes da 1ª menstruação? Sim. Como não sabemos


quando vai acontecer a 1ª menstruação, se uma adolescente transar
antes da 1ª menstruação, e estiver no período fértil, poderá
engravidar.
● Depois da relação sexual, se o parceiro ejacular, e a mulher logo ir
se lavar, não tem perigo de uma gravidez? Mesmo a mulher se
lavando, se estiver em seu período fértil, existe o risco de gravidez. O
esperma é lançado no fundo da vagina e os espermatozóides passam
rapidamente para dentro do útero.

● Quando há uma ejaculação por cima da roupa, na região da vagina,


a mulher pode engravidar? Não, pois os espermatozóides não
conseguem atravessar o tecido da roupa.

● Se gozar na perna ou na vulva é possível engravidar? Sim, se o


homem gozar perto da entrada da vagina, é possível que os
espermatozóides subam pela vagina até o útero e as trompas, e
consigam fecundar um óvulo, se a mulher estiver em seu período
fértil.

● Se não houver penetração ou se só colocar ou passar a ponta do


pênis na vagina e tirar rapidamente, sem ejaculação, a mulher pode
engravidar? Sim, porque com a excitação, há liberação de uma
secreção na uretra que já tem a presença de pequena quantidade de
espermatozóides. Por isto, é muito importante o uso da camisinha,
que deve ser colocada antes de qualquer contato entre o pênis e a
vagina.

Direitos/ECA:
● Gostaria de saber quais são as influências da Declaração Universal
dos Direitos Humanos, de 1948, no ECA? Como a questão dos direitos
humanos está exposta no ECA? Os direitos humanos marcam as
primeiras discussões e acordos referentes a direitos, garantindo
respeito a todas as pessoas, independente de idade, sexo, raça,
credo, classe social etc, passando a servir de base a toda e qualquer
discussão sobre direitos. Após a criação dos direitos humanos, outras
discussões foram realizadas e propostas reflexões maiores quanto
aos direitos, principalmente de populações que por tempos
continuaram e continuam sobre pressão e exploração, como as
mulheres, as crianças e adolescentes, por exemplo. O ECA – Estatuto
da Criança e do Adolescente, é o documento brasileiro que define
especificidades quanto aos direitos destes, mas mantém como base
todas as discussões nacionais e internacionais anteriores sobre os
direitos, desde os Direitos Humanos.

● Algumas pessoas dizem que adolescentes não podem usar métodos


anticoncepcionais. Isso é verdade? Não, Tanto os/as adolescentes
como qualquer outra pessoa tem o direito de usar os métodos
anticoncepcionais, desde que procure uma orientação médica sobre o
método anticoncepcional escolhido e sua forma de uso.

● O que são e quem pode exercer os Direitos Reprodutivos? Direitos


Reprodutivos, são os direitos básico que todo casal e/ou indivíduo,
incluindo o/a adolescente tem em decidir livre e responsavelmente
sobre o número, o espaçamento e a oportunidade de ter filhos/as, ter
informações e meios de assim o fazer, gozando do mais elevado
padrão de saúde sexual e reprodutiva oferecido.

● O que são e quem pode exercer os Direitos Sexuais? Direitos


Sexuais, são direitos que toda e qualquer pessoa, inclusive os/as
adolescentes tem em ter uma vida sexual com prazer e livre de
discriminação ou mau trato. Podendo assim exercer e viver a sua
sexualidade sem medo, vergonha, culpa, falsas crenças e outros
impedimentos à livre expressão dos desejos.

● Os/As adolescentes também têm direito aos Direitos Sexuais e


Reprodutivos? Sim todos/as os/as adolescentes, assim como qualquer
pessoa tem direito de cobrar os seus direitos sexuais e reprodutivos,
por isto a importância de conhecê-los.

● O que é ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente)? No Brasil, o


Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) entrou para a história
política e social do país como exemplo de construção cidadã,
transformando o adolescente em uma pessoa que têm direitos. O ECA
abriu as portas de um caminho rumo à cidadania da infância e da
adolescência, através do ECA é garantido por lei o direito que o/a
adolescente tem de viver uma melhor qualidade de vida e atenção.
Endereço vídeos Youtube

Camisinha Masculina http://www.youtube.com/watch?v=8-CbIFY7qrM

Camisinha Feminina http://www.youtube.com/watch?v=RMpGIT-SsPM

Sistema Reprodutor: http://www.youtube.com/watch?v=MCUhazPjDQI