Sei sulla pagina 1di 3
Filosofia perene

Filosofia perene

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

A

Filosofia Perene é um termo geralmente usado como sinônimo deSanatana Dharma(sânscrito para “Verdade perene ou eterna”).

O

filósofo alemãoGottfried Leibnizo utilizou para designar a filosofia comum e eterna subjacente às grandes religiões mundiais, em

particular suas místicas ou seus esoterismos. O termo foi cunhado na época do Renascimento por Agostinho Steuco, bibliotecário do

Vaticano no século XVI, no livroDe Perenni Philosophia libri X, de 1540. [1]

Santo Agostinho (354-430) de certa forma se referiu à sabedoria perene quando escreveu: “Aquilo que hoje é chamado de 'religião

cristã' já existia entre os antigos e nunca cessou de existir desde as origens do gênero humano, até o tempo em que o próprio Cristo

veio e os homens começaram a chamar de 'cristã' a verdadeira religião que já existia anteriormente.”De( Vera Religione: X, 19)

universal e perene, e que as diferentes religiões constituem distintas linguagens que expressam estaVerdade única.

A Filosofia Perene reconhece o fato de que os sistemas de Pitágoras, Platão, Aristóteles e Plotino indubitavelmente expõem as

mesmas verdades que estão no coração do Cristianismo. Subsequentemente, o significado do termo foi ampliado para englobar as

metafísicas e as místicas das grandes religiões mundiais, especialmenteCristianismo, Islã, Budismo e Hinduísmo.

Um dos conceitos fundamentais da Escola perenialista é o da "unidade transcendente das religiões" – título do primeiro livro de

Frithjof Schuon publicado no Brasil. Ele afirma que, no coração de cada religião, há um cerne de verdade (sobre Deus, o homem, a

oração e a moralidade) que é idêntico. As diversas religiões mundiais são, de fato, diferentes – e esta é precisamente sua razão de ser.

É o cerne que é idêntico, não a forma exterior. Todas as grandes religiões mundiais foram reveladas por Deus, e é por causa disso que

cada qual fala em termos absolutos. Se não o fizesse, não seria uma religião, nem poderia oferecer os meios de salvação.

Mais recentemente, o autor britânicoAldous Huxley popularizou o termo no livro de 1945The Perennial Philosophy. [2]

Livros em Português

Entre os livros da Filosofia Perene publicados em Português, incluem-se:

Forma e Substância nas Religiões (São José dos Campos, 2010) ISBN 978-85-62052-03-3

Forma e Substância nas Religiões(São José dos Campos, 2010)ISBN 978-85-62052-03-3

A Transfiguração do Homem (São José dos Campos, 2009)

A

Transfiguração do Homem(São José dos Campos, 2009)

Para Compreender o Islã (Lisboa, 1989 e Rio de Janeiro, 2006 ) ISBN 972-20-0722-X

Para Compreender o Islã(Lisboa, 1989 e Rio de Janeiro, 2006)ISBN 972-20-0722-X

O Sentido das Raças (São Paulo, 2002) ISBN 85-348-0204-1

O

Sentido das Raças(São Paulo, 2002)ISBN 85-348-0204-1

O Homem no Universo (São Paulo, 2001, 2006) ISBN 9788527302593

O

Homem no Universo(São Paulo, 2001, 2006)ISBN 9788527302593

O Esoterismo como princípio e como caminho (S. Paulo, 1995)

O

Esoterismo como princípio e como caminho(S. Paulo, 1995)

A Unidade Transcendente das Religiões (Lisboa, 1989)

A

Unidade Transcendente das Religiões(Lisboa, 1989)

Crise do Mundo Moderno(Lisboa, 1977) (Lisboa, 1977)

Reino da Quantidade e os Sinais dos Tempos (Lisboa, 1989) (Lisboa, 1989)

Os Símbolos da Ciência Sagrada(São Paulo, 1989) (São Paulo, 1989)

Grande Tríade (São Paulo, 1983) (São Paulo, 1983)

Rei do Mundo (Lisboa, 1982) (Lisboa, 1982)

esoterismo de Dante(Lisboa, 1995) ISBN 9789726994930 (Lisboa, 1995) ISBN 9789726994930

A

O

A

O

O

Alquimia (Lisboa, 1991) ISBN 972-20-0858-7 (Lisboa, 1991) ISBN 972-20-0858-7

Arte Sagrada no Oriente e no Ocidente(São Paulo, 2005) (São Paulo, 2005)

Sabedoria tradicional e superstições modernas (S. Paulo, 2001) ISBN 85-86775-81-8

Sabedoria tradicional e superstições modernas(S. Paulo, 2001)ISBN 85-86775-81-8

A Arte Sagrada de Shakespeare (S. Paulo, 2005)

A

Arte Sagrada de Shakespeare(S. Paulo, 2005)

Lembrar-se num Mundo de Esquecimento: Reflexões sobre Tradição e pós-modernismo(São José dos Campos, 2013) ISBN 9788562052040 (São José dos Campos, 2013) ISBN 9788562052040

Budismo ao seu alcance(Rio de Janeiro, 2004) ISBN 85-01-06642-7 (Rio de Janeiro, 2004)ISBN 85-01-06642-7

Hinduísmo (S. Paulo, 2005) (S. Paulo, 2005)

Sufismo (Lisboa, 1990) (Lisboa, 1990)

O

O

O

2005) Sufismo (Lisboa, 1990) O O O De Aldous Huxley : A Filosofia Perene: uma interpretação

A Filosofia Perene: uma interpretação dos grandes místicos do Oriente e do Ocidente( Ed. Globo, 2010)

Oriente e do Ocidente ( Ed. Globo, 2010) De Tage Lindbom : O Mito da Democracia

O Mito da Democracia(São Paulo, 2006)ISBN 85-348-0284-X

Paulo, 2006) ISBN 85-348-0284-X De Seyyed Hossein Nasr : O Homem e a Natureza (Rio de

O Homem e a Natureza(Rio de Janeiro, 1977)

Ensaios sobre a destruição da tradição cristã(São Paulo, 1990) ISBN 85-7182-008-2 (São Paulo, 1990)ISBN 85-7182-008-2

Ocultismo e Religião: em Freud, Jung e Mircea Eliade (São Paulo, 2011). Em co-autoria co

Ocultismo e Religião: em Freud, Jung e Mircea Eliade(São Paulo, 2011). Em co-autoria comHarry Oldmeadow. ISBN 978-85-348-0336-6

Homens de um livro só: o Fundamentalismo no Islã, no Cristianismo e no pensamento moderno

Homens de um livro só: o Fundamentalismo no Islã, no Cristianismo e no pensamento moderno(Rio de Janeiro, 2008) ISBN 978-85-7701-283-1

A Inteligência da Fé: Cristianismo, Islã, Judaísmo (Rio de Janeiro, 2006 ) ISBN 85-7701-045-7

A

Inteligência da Fé: Cristianismo, Islã, Judaísmo(Rio de Janeiro, 2006)ISBN 85-7701-045-7

Mística Islâmica: convergência com a espiritualidade cristã (Petrópolis, 2001) ISBN 85-326-2357-3

Mística Islâmica: convergência com a espiritualidade cristã(Petrópolis, 2001)ISBN 85-326-2357-3

Iniciação ao Islã e Sufismo (Rio de Janeiro, 2000)

Iniciação ao Islã e Sufismo(Rio de Janeiro, 2000)

Mitos Hindus e Budistas (Brasil, 2006) ISBN 9788587731685

Mitos Hindus e Budistas(Brasil, 2006) ISBN 9788587731685

O Pensamento Vivo de Buda (São Paulo, 1965)

O

Pensamento Vivo de Buda (São Paulo, 1965)

Mitos Hindus e Budistas (São Paulo, s/d)

Mitos Hindus e Budistas(São Paulo, s/d)

Ver também

Referências