Sei sulla pagina 1di 108

A Liahona

Volume 38 - Número 1
JANEIRO DE 1985

\'
,*
f -rf .
-

V « «

R e l a t ó r io da 154a. C o n f e r ê n c ia G er a l
S e m i -a n u a l de O utu bro de 1984
A Liahona

Janeiro de 1985 - Volume 38 - N? 1


PBMA0416PO
São Paulo - Brasil

Publicação oficial em português de


A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos
Últim os Dias, apresentando material das
revistas ENSIGN, NEW ERA e FRIEND.

A Primeira Presidência:
Spencer W. Kimball, Marion G. Romney,
Gordon B. Hinckley.

Conselho dos Doze:


Ezra Taft Benson, Howard W. Hunter,
Thomas S. Monson, Boyd K. Packer,
Marvin J. Ashton, Bruce R. M cConkie,
L. Tom Perry, David B. Haight,
James E. Faust, Neal A. Maxwell,
Russell M. Nelson, D allin H. Oaks.

Com itê de Supervisão: M. Russell


Ballard, Loren C. Dunn, Rex D. Pinegar,
Charles Didier, George P. Lee.

Editor:
M. Russell Ballard

International Magazines:
Editor Gerente: Larry A. Hiller
Editor Associado: David M itchell
Seção Infantil: Lois Richardson
Desenhista: Mary A. Hodson

A Liahona:
Diretor Responsável: José Maria Carleto
Editor: Paulo Dias Machado
Assinaturas: Victor Hugo da C. Pires
Supervisor de Produção: Orlando
Albuquerque

Capa: O Quorum dos Doze


Última capa: Vista da Praça do Templo.
Ao fundo os Escritórios da Igreja

REG ISTRO : Está assentado no cadastro da DIVISÃO As mudanças de endereço devem ser comunicadas C om posição: HOM ART Fotocom posiçáo e Artes
DE CENSURA DE DIVERSÕES PÚBLICAS, do D .P .F ., indicando-se o antigo e o novo endereço. Gráficas Ltda. - Av. Paulista, 900 - 6? andar - Fone:
sob n? 1151-P 209/73 de acordo com as norm as em A LIAHONA — © 1977 pela Corporação dç Presidente 2 89-7279 - Impressão: G ráfica Editora Lopes - Rua
vigor. de A Igreja de Jesus C risto dos Santos dos Ú ltim os M anoel Carneiro da Silva, 241 - Fone: 276-8222 -
Dias. Todos os direitos reservados. Edição Brasileira do Jardim da Saúde - São Paulo -SP. Devido à orientação
SUBSCRIÇÕES: Toda a correspondência sobre "In tern ational M agazine" de A Igreja de Jesus Cristo seguida por esta revista, reservamo-nos o direito de
assinaturas deverá ser endereçada ao Departamento de dos Santos dos Ú ltim os Dias, acha-se registrada sob o publicar som ente os artigos solicitados pela redação.
Assinaturas, Caixa Postal 2 6 023, São Paulo, SP. Preço número 93 do Livro B, n? 1, de M atrículas e O ficinas Não obstante, serão bem-vindas as colaborações para
da assinatura anual para o Brasil: Cr$ 6 .0 0 0 ,0 0 ; para Impressoras de Jom ais e Periódicos, conform e o apreciação da redação e da equipe internacional ao
Portugal — Centro ae D istribuição Portugal Lisboa, D ecreto n? 4857, de 9-11-1930. "International "In tern ational M agazin e". Colaborações espontâneas e
Avenida A lm irante Gago C outinho 93 — 1700 Lisboa. M agazine" é publicado sob outros títu los, tam bém em m atérias dos correspondentes estarão sujeitas a
Assinatura Anual Esc. 300; para o exterior, simples: alemão, chinês, coreano, dinamarquês, espanhol, adaptações editoriais.
U S$ 5,00; aérea, U S$ 10,00. Preço de exem plar em finlandês, francês, holandês, inglês, italiano, japonês, Redação e Administração: Av. Prof. Francisco Morato,
nossa agência: Cr$ 750,00. norueguês, samoano, sueco e tonganês. 2 .4 3 0 - T elefon e (011) 814-2277.
R ela tó r io d a 154? C o n fer ên c ia
G er a l S em i-a n u a l d e
A I g r e ja d e J esu s C r ist o d o s
Sa n t o s d o s Ú l t im o s D ia s
Sermões e procedimentos dos dias 6 e 7 de outubro de 1984,
no Tàbernáculo da Praça do Templo, Cidade do Lago Salgado, Utah.

I l stas conferências semi- administrativos da conferência quais são autoridades gerais


r l -anuais da Igreja são foram realizados na primeira eméritas.
J m J ocasiões únicas e sessão geral, na manhã de Na conferência foram apoiadas
notáveis em que os santos dos domingo. O Élder Marion D. ainda as conselheiras da presidente
últimos dias se congregam com Hanks, do Primeiro Quorum dos geral da Sociedade de Socorro,
ouvidos atentos e coração Setenta, foi apoiado como Barbara B. Winder: Joy Frewin
entendido para escutarem os que componente da presidência deste Evans, primeira conselheira, e
foram chamados por Deus para uorum, alteração motivada pela Joanne Bushman Doxey, como
dirigir esta obra nesta dispensação, esignação do Elder Royden G. segunda conselheira. E como
dizia o Presidente Gordon B. Derrick, que integrava a conselheiras da presidente geral das
Hinckley, segundo conselheiro na mencionada presidência, como Moças, Ardeth G. Kapp: Patricia
Primeira Presidência, na abertura presidente do Templo de Seattle. Terry Holland, primeira
da primeira sessão geral da Na mesma ocasião foram também conselheira, e Maureen Johnson
conferência de outubro deste ano, apoiados três novos membros do Turley, segunda conselheira. A
realizada nos dias 6 e 7 de outubro Primeiro Quorum dos Setenta: o indicação dessas conselheiras já
de 1984. Élder John Sonnenberg de havia sido anunciada meses antes.
"Estamos ligados pelo vínculo Elmhurst, Illinois; o Elder F. As sessões da conferência foram
comum da fé e testemunho. Jesus Arthur Kay de Bellevue, televisionadas via satélite para
Cristo está à testa da Igreja à qual Washington; e o Élder Keith W. mais de novecentos pontos de
pertencemos. A Igreja leva o seu Wilcox de Ogden, Utah. recepção em sedes de estaca da
nome,- é a sua Igreja. Sentimo-nos Antes do apoio dos três novos Igreja espalhados pelos Estados
honrados em ser parte dela", membros do Primeiro Quorum dos Unidos e Canadá. Partes da
testificou o Presidente Hinckley. Setenta, dizia o Presidente conferência foram também
A conferência de dois dias foi Hinckley: transmitidas por numerosos
presidida pelo Presidente Spencer ' 'Tomou-se necessário chamar sistemas de televisão por cabo,
W. Kimball, que esteve presente mais três membros para o Primeiro além de muitas emissoras de rádio
em três das cinco sessões gerais. Quorum dos Setenta, chamado e televisão comerciais.
Numa das sessões esteve esse não mais de caráter vitalício, Antes da conferência geral, na
igualmente presente o Presidente conforme o estabelecido em abril noite de sábado, 29 de setembro,
Marion G. Romney, primeiro último, quando do chamado de houve uma reunião geral das
conselheiro na Primeira outros irmãos para este quorum, e mulheres no Tàbernáculo de Salt
Presidência. As sessões da que servirão pelo período de três a Lake. Mulheres e garotas a partir
conferência foram dirigidas pelo cinco anos." de dez anos reuniram-se no
Presidente Hinckley e pelo Com o acréscimo desses três Tàbernáculo e em muitas capelas
Presidente Ezra Taft Benson, novos componentes, o Primeiro da Igreja para acompanhar a
presidente do Quorum dos Doze. Quorum dos Setenta passa a ter reunião pela televisão ou
Os procedimentos sessenta e cinco membros, sete dos transmissão por satélite.
A L ia h o n a /J a n eir o 1 9 8 5 1
Ín d ic e po r A ssu n t o
Os assuntos abaixo são tratados em Os oradores desta conferência são
discursos iniciados nas páginas indicados abaixo em ordem
indicadas: alfabética
Amor 12, 30, 96 Ashton, Marvin J. 20
Arrependimento 28, 96 Ballard, M. Russell 16
Batismo 16, 94 Benson, Ezra Taft 5, 46
Casamento 35, 41 Brown, Victor L. 38
Convênios 94, 99 Busche, F. Enzio 28
Conversão 16, 28 Derrick, Royden G. 62
Correlação 92 Edwards, R. LaVell 44
Deficientes 59 Faust, James E. 59
Deus o Pai 67 Groberg, John H. 81
Dever 12, 78 Haight, David B. 71
Dízimos e ofertas 79 Hanks, Marion D. 35
Escotismo 46 Harbertson, Robert B. 25
Escrituras 67, 75 Harris, Devere 26
Espiritualidade 26, 30 Hinckley, Gordon B. 4, 49, 50, 87,
Fé 33, 50, 84, 89 89
Honestidade 62 Hunter, Howard W. 33
Humildade 78 Kapp, Ardeth G. 96
Integridade 62 Larsen, Dean L. 92
Jesus Cristo 50 Maxwell, Neal A. 8
Joseph Smith 8, 50 McConkie, Bruce R. 84
Liderança 26, 44, 87 Monson, Thomas S. 41
Livro de Mórmon 5, 50 Nelson, Russell M. 30
Mandamentos 18, 81 Oaks, DallinH . 12
Moralidade 70 Osbom, Spencer H. 78
Mulheres 92 Packer, Boyd K. 67
Obra missionária 1 6 ,2 5 ,4 1 ,4 4 , Perry, L. Tom 18
46, 48 Pinnock, Hugh W. 75
Obediência 18, 23, 25, 30, 81 Poelman, Ronald E. 65
Oposição 8, 20, 33, 67, 84 Sonntag, Philip T. 79
Oração 26, 30 Taylor, Russell C. 23
Organização da Igreja 65, 92 Winder, Barbara W. 99
Pornografia 70 Young, Dwan J. 94
Progresso da Igreja 8, 65, 84
Provações 20, 33, 44, 59
Rebelião 59
Relacionamento familiar 59, 67,
96
Reuniões da Igreja 75
Sábado, Dia do Senhor 18, 81
Sacerdócio 38, 41, 49, 50
Sacramento 18
Salvação 12, 16, 84
Serviço 12, 23, 25, 38, 49, 78, 99
Sucesso 44
Tolerância 59
Trabalho 30
Verdade 28, 62, 65, 67, 84

2
Ín d ic e
1 R e la t ó r j o d a i 54 .a C o n f e r ê n c i a S e m i-a n u a l d e 62 “P e l o s S e u s F r u t o s O s C o n h e c e r e is ’ ’
A I g r e ja d e Jes u s C r i s t o d o s S a n t o s d o s Elder Royden G. Derrick
Ú l t im o s D las 65 O E v a n g e l h o e a I g reja
Elder Ronald. E. Poelman
SESSÃO MATUTINA DE SÁBADO 67 O M o d e l o d e N o ssa P r o g e n it u r a
4 A po io d o s O fic ia is d a I g reja Élder Boyd K. Packer
Presidente Goidon B. H inckley
5 U m a N o va T e s t e m u n h a d e C r is t o SESSÃO VESPERTINA DE DOMINGO
Presidente Ezra Taft Benson 71 M o r a l id a d e P e ss o a l Élder David B. Haight
8 “F o ra d a O b s c u r id a d e ’ ’ 75 A p r e n d e r a V o n t a d e d o S e n h o r
Élder Neal A. Maxwell Élder Hugh W. P in n o c k
12 P or Q u e S e r v im o s ^ Élder Dallin H. Oaks 78 S er vir n a I g r eja É ld e r S p e n c e r H. O sb o m
16 M a r c a r a D a t a Élder Russell M. Ballard 79 A FÉ DO N osso P o v o Élder Philip T. Sonntag
18 “E P o r Q u e M e C h a m a is S e n h o r , S e n h o r e 81 Sa n t if ic a r o D ia d o S e n h o r
N ã o F a z eis o q u e E u D ig o í ’ ' Elder John H . Groberg
Élder L. Tom Perry 84 A C a r a v a n a S e g u e s e u C a m in h o
Élder Bruce R. M cConkie
SESSÃO VESPERTINA DE SÁBADO 8 7 V iv e i o E v a n g e l h o
20 “ S e A s S u po r ta r es B e m ” Presidente Gordon B. H inckley
E ld er M a rv in J. A s h to n
23 A A l e g r ia d e S ervir É ld e r R u ssell C . T a y lo r REUNIÃO GERAL DAS MULHERES
25 “E le V o l t o u R a p id a m e n t e ’ ’ 89 “ S e F o res F i e l ”
Élder Robert B. Harbertson P re s id e n te G o rd o n B. H in c k le y
26 P o d e r E sp ir itu a l É ld e r D e v e r e H a rrís 92 C o o r d en a ç ã o E C o o peração
28 A A leg r ia d a L u z P e n e t r a n t e Eld e r D e a n L a rsen
Elder Enzio Busche 94 G u a r d a r o s C o n v ê n io s F e it o s n o
30 P r o t e g e r a L in h a d e F o r ç a E sp ir itu a l B a t is m o D w a n J. Young
Élder Russell M . Nelson 96 Jo v e n s C o m b a t e n d o J u n t a m e n t e
33 M e s t r e , O M a r Se R e v o l t a A rd e th G . K app
Élder Howard W. Hunter 99 C o m b a t e r J u n t a m e n t e : T r a n s fo r m a r N o ssa
C r e n ç a e m A ç ã o Barbara W. W in d er
SESSÃO DO SACERDÓCIO
35 C a s a m e n t o E t e r n o É ld e r M a rio n D . H a n k s 52 A u t o r id a d e s G er ais d e A I g r eja d e Jes us
38 O E s t a n d a r t e d o Se n h o r C r is t o d o s S a n t o s d o s Ú l t im o s D ias
Eld e r V icto r L. B ro w n 102 N o t íc ia s d a I g reja
41 A S e n d a d o S a c e r d ó c io A a r ô n ic o
Éld e r T h o m a s S. M o n s o n
44 P re p a r a r -se para a M issã o Participação adicional: Na sessão m atutina de
Éld e r R. L a V ell E d w a rd s sábado as orações foram proferidas pelo Élder
Dean L. Larsen e Élder Gene R. Cook; na sessão
46 Q u a n d o F ui C h a m a d o C h efe do s vespertina de sábado pelo Élder W illiam Grant
E s c o t e ir o s Presidente Ezra Taft Benson Bangerter e Ted E. Brewerton; na sessão do
49 O s S er v o s B o n s e F iéis Sacerdócio pelo Élder Paul H. Dunn e Jack H.
Goaslind Jr.; na sessão m atutina de domingo
Presidente Gordon B . H inckley pelo Élder Richard G. Scott e Bispo H. Burke
Peterson e na sessão vespertina de domingo pelo
Élder Joseph B. W irthlin e Élder Franklin D.
SESSÃO MATUTINA DE DOMINGO Richards.
50 A s P e d r a s A n g u l a r e s d e N o ssa F é Fotos deste número ficaram a cargo do chefe do
Presidente Gordon B. H inckley serviço de Com unicações Públicas — Eldon K.
Linschoten, fotógrafo chefe, M ichael M.
59 As O br a s d e D e u s Élder James E. Faust M cConkie e Marty Mayo.
A L ia h o n a /J a n e ir o 1 9 8 5 3
SESSÃO MATUTINA DE SABADO Socorro e das Moças as irmãs
6 de outubro de 1984 Barbara B. Winder e Ardeth G.
Kapp, respectivamente. Desde aí,
foram chamadas as irmãs Joy
Frewin Evans e Joanne Bushman
A po io d o s O fic ia is Doxey, respectivamente como
primeira e segunda conselheira da
Irmã Winder na presidência da
d a I g r e ja Sociedade de Socorro. As irmãs
Patricia Terry Holland e Maureen
Johnson Turley foram chamadas
Presidente Gordon B. Hinckley como primeira e segunda
Segundo Conselheiro na Primeira Presidência conselheira, respectivamente, da
Irmã Kapp na presidência das
Moças. Aqueles que podem apoiar
estas irmãs nestes cargos, queiram
chamado de outros irmãos a esse indicá-lo da maneira usual. Quem
quorum, e que servirão em geral se opuser, pelo mesmo sinal.
por períodos de três a cinco anos. É Afora as mencionadas exceções,
proposto, assim, que apoiemos não houve mudanças no quadro
nessas condições como membros das autoridades gerais e oficiais
do Primeiro Quorum dos Setenta: gerais da Igreja desde a última
Élder John Sonnenberg, de conferência. É proposto, portanto,
Chicago, que depois de servir como que apoiemos todas as autoridades
bispo e presidente de estaca, gerais e oficiais gerais da Igreja
atualmente serve como conforme atualmente constituídas.
Representante Regional e Os que forem a favor, queiram
encarregado do Comitê do Templo manifestar-se. Quem discordar,
de Chicago; Irmão F. Arthur Kay, pelo mesmo sinal.
de Seattle, que serviu como bispo, Parece que a votação foi
presidente de estaca, representante unânime em favor das autoridades
regional e, recentemente, foi gerais e oficiais gerais da Igreja.
desobrigado como presidente do Meus queridos companheiros
Templo de Seattle; e Keith Wilson nesta grande obra, meu coração se
Wilcox, de Ogden, que serviu emociona nesta manhã,
como bispo, presidente de estaca, contemplando esta vasta
presidente de missão, congregação e depois lembrando o
esde a conferência geral de Representante Regional e, número muitas vezes maior dos

D abril, foi chamado como


presidente do Templo de
atualmente, está servindo como
presidente do Templo de Ogden.
Todos os que forem a favor,
Seattle o Élder Royden G. Derrick.
Como esse chamado exige que ele queiram manifestar-se. Os que
reunidos em centros de estaca
espalhados pelo continente de uma
costa a outra. Estas conferências
semi-anuais da Igreja são ocasiões
se ausente da Cidade do Lago discordarem, manifestem-se pelo únicas e notáveis em que os santos
Salgado, foi considerado mesmo sinal. dos últimos dias se congregam com
conveniente desobrigá-lo da Na última conferência geral, ouvidos atentos e coração
Presidência do Primeiro Quorum foram apoiadas como novas entendido para escutarem os que
dos Setenta. Todos os que presidentes gerais da Sociedade de foram chamados por Deus para
quiserem unir-se ao nosso sincero
voto de gratidão a ele pelo
excelente serviço prestado nessa
função e seu extraordinário
desempenho na administração do
programa genealógico da Igreja,
poderão fazê-lo erguendo a mão.
É proposto que o Élder Marion
D. Hanks seja chamado como
membro da Presidência do
Primeiro Quorum dos Setenta.
Todos a favor, queiram manifestar-
-se. Quem discordar, pelo mesmo
sinal.
Tendo em vista a contínua
expansão da obra da Igreja,
incluindo a organização de
presidências de área, pareceu-nos
necessário chamar mais três
membros para o Primeiro Quorum
dos Setenta que servirão em caráter
temporário, conforme foi
estabelecido em abril p.p. no
4
dirigir a obra nesta dispensação.
Estamos ligados pelo vínculo
comum da fé e testemunho. Jesus
U m a N ova
Cristo está à testa da Igreja à qual
pertencemos. A Igreja leva o seu
nome; é a sua Igreja. Sentimo-nos
T e st e m u n h a de C r ist o
honrados em ser parte dela.
Temos um profeta indicado pelo Presidente Ezra Taft Benson
Senhor e externamos nossa do Quorum dos Doze Apóstolos
gratidão por este nosso líder.
Embora avançado em idade e com
o corpo debilitado, olhamos para “Paia termos a colheita de almas prevista
ele com amor e apreço.
Algumas pessoas, na maioria pelo Presidente Kimball, precisamos usar o
não-membros da Igreja,
preocupam-se com o fato de o instrumento que Deus destinou a essa
presidente da Igreja ser um homem tarefa — o Livro de Mórmon. ”
idoso. Quero assegurar-vos de que
não há motivo de preocupação
nesse aspecto, na organização escritura? Qual é seu principal
instituída pelo próprio Senhor. O objetivo? Como devemos usá-lo?
presidente tem dois conselheiros. Primeiro, o Livro de Mórmon é a
Enquanto os dois tiverem condição palavra de Deus? Sim, Deus o
de trabalhar, haverá uma Primeira testificou, (ver D&C 20:8-10), bem
Presidência atuante com plenos como seus autores (ver 2 Néfi
poderes de decisão em todos os 33:10; Morôni 7:35), seu tradutor
assuntos que afetam a Igreja. (ver Regras de Fé 1:8), suas
Associado à Primeira testemunhas e também todos
Presidência, temos o Conselho dos aqueles que o leram e receberam de
Doze Apóstolos. Durante a história Deus a revelação pessoal de sua
da Igreja, quando temporariamente veracidade.
não havia Primeira Presidência, Segundo, a quem se destina o
seus negócios eram geridos pelo Livro de Mórmon? Morôni, último
Conselho dos Doze. Na verdade, autor do livro diz: "Eis que vos falo
foram tempos dos mais difíceis e como se estivésseis presentes e,
desafiantes na história da Igreja, entretanto, não estais. Mas por
principalmente quando nosso povo Jesus Cristo me fostes mostrados e
teve de abandonar Nauvoo, conheço as vossas obras.”
atravessou Iowa e se estabeleceu (Mórmon 8:35.) Deus inspirou
em Winter Quarters no Missouri, Mórmon, seu principal
para depois encetar sua histórica eus amados irmãos e

M
compilador, a incluir no livro o que
odisséia até este vale, em 1847. Só irmãs, há vários anos já necessitaríamos em nossa época.
quando voltou a Winters Quarters me vem preocupando que Terceiro, qual a importância do
que Brigham Young foi apoiado não estamos usando o Livro de
Livro de Mórmon? Joseph Smith
como presidente da Igreja. Mórmon como Deus deseja. chamava-o de "pedra angular de
O Senhor não permitirá que sua Quando participei da dedicação nossa religião” . [History o f the
obra sofra. Não permitirá que se do Templo da Cidade do México, Church, 4:461.) "Tirando o Livro
desencaminhe. Isto ele deixou tive a nítida impressão de que de Mórmon e as revelações” , dizia,
claro. Existe muita flexibilidade e Deus não está satisfeito com nossa "onde estará nossa religião? Não
resistência nesta organização indiferença para com o Livro de temos nenhuma. ’ ’ (History o f the
inspirada. Ela consegue acomodar- Mórmon. Church, 2:52.)
-se a praticamente qualquer Na seção 84 de Doutrina & ' 'Esta geração receberá a minha
situação, e está progredindo de Convênios, o Senhor decreta a palavra por teu intermédio” , disse
maneira notável e maravilhosa. O condenação da Igreja inteira, o Senhor a Joseph Smith, o
sacerdócio de Deus encontra-se na mesmo de todos os filhos de Sião, tradutor. (D&C 5:10.) E assim foi.
terra e a força da Igreja reside no por causa de como estavam "E os que... receberem (o Livro
poder que dele emana, e na fé e tratando o Livro de Mórmon. "E de Mórmon) em fé,” afirma o
testemunho pessoal que existe no eles permanecerão sob essa Senhor, "e agirem em justiça,
coração de seus membros. condenação até que se arrependam receberão a coroa da vida eterna;
Damo-vos as boas-vindas nesta e se lembrem do novo convênio, 1 'Mas os que endurecerem seus
grande conferência mundial. mesmo o Livro de Mórmon, ’ ’ disse corações na incredulidade e o
Oramos que o Senhor inspire todos o Senhor. (V. 57.) rejeitarem, isso se reverterá em sua
os que falarem, cantarem, Sião não poderá erguer-se e vestir própria condenação.” (D&C 20:14-
proferirem orações e, em seus lindos vestidos se estiver sob -15.)
particular, todos os participantes tal condenação. (Ver D&C 82:14.) Quarto, qual o objetivo principal
das muitas congregações reunidas Isto nos leva a cinco perguntas do Livro de Mórmon? Conduzir o
neste dia. Que possamos ser todos decisivas que todos precisamos homem a Cristo, reconciliá-lo com
edificados por ela, eu oro responder: O Livro de Mórmon é a ele e depois juntar-se a sua igreja —
humildemente em nome de Jesus palavra de Deus? A quem se nesta ordem. (Ver 2 Néfi 25:23;
Cristo. Amém. destina? Qual a importância dessa D&C 20:11-14, 35-37.)
A L i a h o n a / J a n e ir o 1 9 8 5 5
O Presidente Marion G. Romney
compreendeu isto. Anos atrás,
estabeleceu o hábito de todas as
manhãs dedicar trinta minutos à
leitura do Livro de Mórmon, o qual
nos recomenda. "Sei que ele me
conservou em sintonia, na medida
em que eu me mantive em
harmonia com o Espírito do
Senhor” , diz ele. ("O Livro de
Mórmon É a Palavra de Deus” , A
Liahona, agosto de 1975, p. 33.) E
depois acrescenta: ' ‘Ele nos
manterá tão achegados ao Espírito
do Senhor como nenhuma outra
coisa que eu conheça.”
(Conference Report, abril de 1949,
p. 41.)
O Livro de Mórmon deve ser
' 'um padrão para o meu povo, que
é da casa de Israel”, diz o Senhor.
(2 Néfi 29:2.) É um padrão que
devemos acatar e seguir.
Na seção 20 de Doutrina &
Convênios, o Senhor dedica
diversos versículos à síntese das
verdades vitais que o Livro de
Mórmon ensina. (Ver w . 17-36.)
Ele fala de Deus, da criação do
homem, da queda, da expiação, da
ascensão de Cristo aos céus, de
profetas, da fé, do arrependimento,
batismo, do Espírito Santo, de
perseverança, oração, justificação e
A página-título do Livro de não são verdadeiras; e, se santificação pela graça, e de amar e
Mórmon declara que ele se destina perguntardes com um coração servir a Deus.
a "convencer ao judeu e ao gentio sincero e com real intenção, tendo Nós precisamos conhecer estas
de que Jesus é o Cristo, o Deus fé em Cristo, ele vos manifestará verdades essenciais. Segundo o
Eterno” . sua verdade disso pelo poder do Livro de Mórmon, Aarão e Amon e
Disse o Senhor ainda que o Livro Espírito Santo.” (Morôni 10:4.) seus irmãos ensinaram essas
de Mórmon prova que "Deus Esta, então, toma-se a certeza mesmas verdades ao povo
inspira os homens e os chama ao suprema para o homem de coração lamanita, (ver Alma 18:22-29), os
seu santo serviço nesta época e sincero — saber que o Livro de quais ' 'viviam no mais tenebroso
geração, tanto quanto em gerações Mórmon é verdadeiro por revelação abismo” . (Alma 26:3.) E conta o
de tempos antigos” . (D&C 20:11.) pessoal de Deus. Milhões o Livro de Mórmon que, depois de
Sendo o Livro de Mórmon puseram à prova e sabem, e muitos aceitarem essas verdades eternas,
verdadeiro, Deus inspirou seu milhões ainda o saberão. os lamanitas convertidos nunca
profeta, Joseph Smith, a traduzi-lo O espírito, contudo, assim como mais se afastaram. (Ver Alma
e o chamou para o santo serviço de o corpo, necessita de constante 23:6.)
restaurar a sua igreja, mesmo A nutrição. A refeição de ontem não Se nossos filhos e netos
Igreja de Jesus Cristo dos Santos basta para satisfazer as aprenderem e seguirem essas
dos Últimos Dias. necessidades de hoje. Assim mesmas verdades, porventura se
Finalmente, como devemos usar também não basta a leitura afastarão? A melhor maneira de os
esse livro? esporádica "do mais correto dos instruirmos sobre o Livro de
Devemos primeiro lê-lo e obter livros sobre a terra” , conforme o Mórmon é durante as refeições,
testemunho de sua veracidade. Os chamava Joseph Smith. (History o f nos serões aos domingos, ao pé da
homens podem enganar-se uns aos the C huich , 4:461.) cama e nas cartas e conversas
outros, mas Deus não engana Assim como nem todas as telefônicas — em tudo que
ninguém. Por isso, o Livro de verdades têm a mesma fizermos.
Mórmon propõe a melhor prova importância, nem todas as Alguns pais espiritualmente
para determinar sua veracidade — escrituras são de igual valor. alertas realizam um devocional
quer dizer, lê-lo e em seguida Haveria melhor maneira de diário com a família de manhã
perguntar a Deus se é verdadeiro. alimentar o espírito do que cedinho: Cantam um hino,
Em seu último capítulo, Morôni banquetear-se freqüentemente com proferem uma prece e depois lêem
lança um desafio divino a todo os ensinos do livro que o Profeta e discutem o Livro de Mórmon.
leitor com estas palavras: Joseph Smith diz que, "seguindo "O s élderes, sacerdotes e
"E quando receberdes estas seus preceitos, o homem chega mestres desta igreja deverão
coisas, eu vos exorto a mais perto de Deus do que por ensinar os princípios do meu
perguntardes a Deus, o Pai Eterno, meio de qualquer outro livro” ? evangelho que estão... no Livro de
em nome de Cristo, se estas coisas [History o f the Church, 4:461.) M órmon", diz o Senhor na seção
6
Presidente Spencei W. Kimball, ao centro, com Presidente Marion G. Romney, à esquerda, Primeiro Conselheiro na Primeira
Presidência, e Presidente Gordon B. Hinckley, Segundo Conselheiro, à direita.

42 de Doutrina & Convênios. (V. Mas, só existia uma tribo de Convidamos a todos os homens
12 .) Israel? E quanto a José, o filho da em qualquer lugar a lerem o Livro
O Livro de Mórmon é tanto para primogenitura que salvou da fome de Mórmon, um outro testamento
o membro como para o não- toda a família de Israel? Cujos de Jesus Cristo.
-membro. Aliado ao Espírito do filhos Israel abençoou dizendo: A Bíblia encontra-se no púlpito
Senhor, o Livro de Mórmon é, em “ Seja neles chamado o meu nome, de centenas de seitas religiosas. O
si, o melhor instrumento que Deus e o nome de meus pais Abraão e Livro de Mórmon, o registro de
nos concedeu para converter o Isaque"? (Gên. 48:16.) E quanto a José, corrobora e esclarece a Bíblia;
mundo. Para termos a colheita de José, a quem Israel abençoou e remove obstáculos e restaura
almas prevista pelo Presidente prometeu que seria "um ramo muitas coisas simples e preciosas.
Kimball, precisamos usar o frutífero junto à fonte; seus ramos Testificamos que juntos, a Bíblia e
instrumento que Deus destinou a correm sobre o muro"? (Gên. o Livro de Mórmon confundem
essa tarefa — o Livro de Mórmon. 49:22.) Onde estão os anais de doutrinas falsas, apaziguam
Diz o Élder Bruce R. McConkie: José? contendas e estabelecem a paz.
"O homem pode-se achegar mais a Nós testificamos ao mundo que (Ver 2 Néfi 3:12.)
Deus; pode ter mais do espírito de temos os anais de José — mesmo o Nós não temos de provar que o
conversão e concordância em seu Livro de Mórmon. Como Judá, José Livro de Mórmon é verdadeiro,- ele
coração; pode ter um testemunho tinha um povo — os nefitas e é sua própria prova. A única coisa
mais forte; e adquirir uma lamanitas. Como Judá, José tinha que nos resta fazer é lê-lo e
compreensão melhor das doutrinas uma terra — as Américas. Como proclamá-lo! O Livro de Mórmon
de salvação através do Livro de Judá, José tinha profetas e seus não está em julgamento,- quem está
Mórmon do que pela Bíblia... descendentes foram igualmente em julgamento é o povo do
Haverá mais pessoas salvas no visitados por Jesus Cristo, mesmo mundo, inclusive os membros da
reino de Deus — dezenas de o Senhor ressurreto. Igreja, com respeito ao que farão
milhares a mais — por causa do "Não sabeis," diz o Senhor no com esta segunda testemunha de
Livro de Mórmon do que por causa Livro de Mórmon, "que há mais de Cristo.
da Bíblia." (Discurso proferido na uma nação?... Testifico que o Livro de Mórmon
Universidade Brigham Young, 18 ' 'Não sabeis que o depoimento é a palavra de Deus; e portanto,
de agosto de 1978.) de duas nações é o testemunho de Jesus é o Cristo, Joseph Smith é
O mundo cristão tem a Bíblia — que eu sou Deus, de que me um profeta, A Igreja de Jesus Cristo
e nós também. A Bíblia fala de um recordo tanto de uma como de dos Santos dos Últimos Dias é
povo, os judeus; de sua terra, a outra nação? verdadeira e seus servos estão
Terra Santa; de seus profetas; do “ ... E porque falei uma palavra, autorizados a realizar as
nascimento e ministério de Jesus não suponhais que não poderei ordenanças de salvação, hoje. Em
Cristo. dizer outras." (2 Néfi 29:7-9.) nome de Jesus Cristo. Amém.
A L ia h o n a /J a n e ir o 1 9 8 5 7
acontecimentos de reflexo eterno
' 'F o ra d a que presenciaram!
Conforme nos prova o Monte
Sinai, a verdade transcende a
O b sc u r id a d e ' ' importância do terreno no qual é
dada. A Terra Santa era
comparativamente uma pequena
Élder Neal A. Maxwell faixa de terra árida de
do Quorum dos Doze Apóstolos aproximadamente trezentos e vinte
por cento e vinte quilômetros.
Mesmo assim, foi cenário do
drama central de toda a história
“Vera vida de discipulado, seja em nós mesmos humana!
ou nos profetas, como uma combinação de provação, No entanto, consideremos: Os
quatro maravilhosos evangelhos
censura e desenvolvimento. ” nos falaram das verdades
salvadoras vitais, mas não de como
eram os persas, chineses e indianos
sabe o que ela significa; daí seu durante o ministério mortal de
descomunal esforço para toldá-la. Jesus. Não obstante, estes e todos
Além disso, Deus decidiu operar os outros povos serão indelével e
através daqueles que o mundo irrevogavelmente abençoados por
considera fracos e tolos. (Ver I Jesus e sua expiação. Eles também
Coríntios 1:27; D&C 1:19, 28; são, como nós, filhos do Deus
133:58-59.) O próprio aumento de Onipotente e plenamente incluídos
visibilidade cria igualmente seus em seus planos de redenção.
próprios desafios. Todavia, "Deus Entretanto, ao contrário de nossa
escolheu as coisas loucas... para época, as nações e culturas antigas
confundir as sábias,- e ... as... desconheciam-se muitas vezes.
fracas... para confundir as fortes.” Além disso, a história secular
(I Coríntios 1:27.) costuma omitir as coisas
Os discípulos não se devem espirituais.
envergonhar do pequeno número Os chineses da dinastia Ch'in
de membros na Igreja nem pela estavam ocupados com pedras e a
pouca freqüência de conversos com grande muralha da China, e não se
prestígio no mundo, pois como pode esperar que soubessem da
dizia Paulo: pedra de Daniel, cortada do monte
" ... não são muitos os sábios sem mãos. (Ver Daniel 2:31.)
segundo a carne, nem muitos os Na época em que Léhi e seu
eus irmãos e irmãs, a poderosos nem muitos os nobres grupo aportavam na América,

M Igreja encontra-se num que são chamados.” (I Coríntios


dos pontos capitais de sua 1:26.)
história — o fim de uma era e Há, porém, mais ainda a
início de outra, cada qual com seus considerar!
Solon, o reformador grego, lutava
por vencer uma crise econômica
causada, em parte, pela taxa de
juros de dezoito por cento.
desafios e bênçãos. Se estivermos Como se não bastasse a Enquanto Pompeu conquistava
preparados, não temeremos nem comparativa obscuridade, reduzido Jerusalém, dois mil jovens
falharemos nesta época única. (Ver número de membros e a grande guerreiros lutavam pela liberdade
D&C 38:30.) imperfeição destes, o Senhor quer dos nefitas. Aproximadamente
Entre outras coisas, a um povo humilde e puro. Assim, a quando Jacó se dedicava ao tedioso
obscuridade da Igreja no passado lição dada à antiga Israel continua trabalho de gravar nas placas, na
está dando lugar a uma maior ainda relevante: Gideão precisou índia um médico fazia uma
visibilidade. A obscuridade denota de apenas trezentos guerreiros para cirurgia de catarata.
um “desconhecimento vencer os inimigos de Israel, para Mais ou menos quando Amaron
generalizado” e "afastamento dos que esta não se gloriasse. (Ver ocultou os sagrados anais que
centros de atividade” ; daí o Juizes 7:2.) testificavam da apresentação de
obscuro ser muitas vezes O Senhor nos aflige para que nos Jesus Cristo, o Filho ressurreto de
incompreendido. lembremos dele. (ver Helamã Deus aos nefitas, Constantino
O Senhor explicou como tiraria 12:3), pondo à prova nossa convocava um concilio para
sua obra dos últimos dias ' ‘da paciência e fé até que nós, discutirem se Deus e Cristo eram
obscuridade e das travas” . (D&C também, aprendamos que ou não da mesma substância.
1:30; ver também 1 Néfi 22:12; 2 "ninguém poderia salvar(nos) Quando o solitário Mórmon, cuja
Néfi 1:23; 27:29.) Assim, conforme exceto o Senhor (nosso) Deus” . única música estava em sua alma,
foi previsto, Cristo e sua obra (Mosiah 23:23.) se dirigia para o Monte Cumora, o
estão-se tomando uma luz que não Quanto ao pequeno número, o bispo Ambrósio, de Milão,
mais pode ser escondida. (Ver que ocorreu nos jardins do Éden e instituía o canto de hinos nas
D&C 14:9.) Esta realidade Getsêmani é de enorme igrejas.
emergente traz consigo seus importância para toda a O Japão começou a registrar sua
próprios desafios e oportunidades. humanidade; contudo, deu-se em história mais Ou menos quando a
Embora a luz do evangelho seja minúsculas áreas da terra, história nefita chegava ao seu final,
pequena, por exemplo, o adversário totalmente desproporcionais aos como também a presença dos
romanos na Bretanha. passaram despercebidos aos olhos rebeldes, porventura tiraremos
Uns poucos exemplos do espiritualmente cegos, perdidos no água desta rocha para vós?”
silêncio secular sobre as coisas mar das preocupações mundanas, (Números 20:10.) Mesmo assim, o
espirituais serão suficientes. cujas vagas nunca se aquietam. Senhor preparou o extraordinário
Qual era, precisamente, o faraó Um dia o registro histórico será Moisés para um importante serviço
reinante durante a época dos completo; até lá, porém, as futuro, incluindo aquele no alto do
grandes e tumultuosos escrituras nos serviráo de guia Monte da Transfiguração. (Ver
acontecimentos associados a quanto aos transcendentes Mateus 17:1-4.)
Moisés e ao Êxodo? Nos anais acontecimentos espirituais da Depois de haver escrito sua
seculares existe muito pouco para história humana tão importantes comovente epístola de amor aos
corroborar esses acontecimentos para nós. santos de Corinto (ver I Cor. 13),
tão importantes para cristãos e Seja como for, os líderes do Paulo escreve aos Gálatas em
judeus, igualmente. mundo estão ocupados com os linguagem agressiva e sarcástica.
É ínfima a informação existente negócios do mundo. Em 1910-11, Seu companheiro, Bamabé,
na história secular sobre o drama na Grã-Bretanha, um jovem aparentemente também ouviu
associado à detenção, julgamento e secretário de estado defendia no Paulo falar em termos que não
crucificação de Jesus. Para Pilatos, Parlamento o direito de tinham nada da língua dos anjos.
apenas mais um problema que missionários SUD fazerem (Ver Atos 15:2.)
resultou, porém, em proveito proselitismo. Mesmo sofrendo O próprio Paulo comenta sua
político: pressões políticas, Winston tendência de jactar-se (ver II Cor.
"E no mesmo dia Pilatos e Churchill defendeu com firmeza a 10:8, 13, 15; 11:1, 16:21, 12:1),
Herodes entre si se fizeram tolerância religiosa. As principais lembrando-nos da sabedoria de
amigos,- pois dantes andavam em biografias de Churchill não outro profeta que dizia:
inimizade um com o outro." mencionam esse incidente cujo ' 'Não me vanglorio de minha
(Lucas 23:12.) resultado foi vital para nós, mas de ' própria força nem de minha própria
Além disso, por mais importante nenhuma importância para a sabedoria...
que fosse em âmbito local, Pilatos história secular. "... mas me gloriarei em meu
não era um César! O mesmo descaso atinge aqueles D eu s..." (Alma 26:11-12.)
E por que não existe nenhuma que Deus escolhe como seus Só Jesus foi perfeito em todas as
confirmação por historiadores líderes,- além disso, suas falhas são coisas, inclusive no amor e
seculares, como Tácito, da devidamente observadas. mansidão. Mesmo o maior dos
participação de Paulo no drama dos Moisés foi descrito como o mais profetas mortais fica aquém dos
cristãos, de Roma e de Nero? manso dos homens sobre a face da elevados e perfeitos padrões de
Na maioria das vezes, irmãos e terra. (Ver Números 12:3.) Ainda Cristo.
irmãs, estes importantes assim, num breve momento de Assim, se conseguirmos, como
acontecimentos espirituais irreflexão ele brada: "Ouvi agora, membros da Igreja, ver a vida de
Presidente Spencer W. Kimball, ao centro, com seu secretário Dr. Arthur Haycock, à esquerda, e Presidente Gordon B. Hinckley,
Segundo Conselheiro na Primeira Presidência.

A LlAHONA/jANElRO 1 9 8 5 9
que haveria uma chance para
m im ... Agradeci a Deus por ter
visto essas imperfeições.”
Do Élder B. H. Roberts, que
amava profundamente o Profeta,
temos estas palavras:
"Joseph Smith... não
reivindicava para si nenhuma
santidade especial, vida
irrepreensível, perfeição de caráter,
nem correção absoluta em cada
palavra por ele proferida. E como
não reivindicava essas coisas para
si, também não lhe podem ser
atribuídas por outros...
' 'No entanto, a Joseph Smith foi
concedido acesso à mente da
Deidade, através das revelações de
Deus a ele.” (Comprehensive
History, 2:360-61.)
Na verdade, irmãos e irmãs,
apenas poucos dias antes de seu
martírio, dizia o Profeta Joseph:
1 ‘Jamais afirmei ser perfeito; mas
não há nenhum erro nas revelações
que tenho ensinado. Devo, pois,
ser posto de lado como coisa sem
valor?” [History o f the Church,
6:366.)
Deveria surpreender-nos que
profetas e pessoas experimentam
igualmente esta realidade a seguir?
Presidente Marion G. Romney, sentado, primeiro conselheiro na Primeira Presidência, é "Pois ao fiel ele dará linha sobre
recepcionado pelo Presidente Ezra Taft Benson, do Quorum dos Doze. linha, preceito sobre preceito; e
com isso vos experimentarei e
discipulado, seja em nós mesmos Alguns seguidores seus se provarei." (D&C 98:12.)
ou nos profetas, como uma afastaram, voltando porém mais "Com isso” quer dizer "dessa
combinação de provação, censura e tarde, inclusive pessoas influentes maneira ou forma''. Esse mesmo
desenvolvimento, estaremos em na Igreja como Oliver Cowdery, desvendar gradual se dará na
condição bem melhor. Martin Harris e Thomas B. Marsh. história da obra de Deus. (Ver
Em toda a história das escrituras Com suas ações, escolheram voltar Isaías 28:10; D&C 98:12; 128:21.)
observamos repetidos esforços para e reconciliar-se com o reino. As Entrementes, a imagem retórica
degradar os profetas a fim de que doutrinas verdadeiras os trouxeram de Winston Churchill a respeito da
fossem repudiados, e criticá-los de volta, entretanto, e a única história, nos ajuda a lembrar:
visando diminuí-los. Entretanto, posição almejada e concedida era ' 'A história com sua luz
na maioria das vezes são voltarem a ser membros da Igreja bruxuleante, vai tropeçando pela
simplesmente ignorados pelos seus do Senhor. trilha do passado, tentando
contemporâneos e pela história Nisto tudo há grande motivo reconstruir seus cenários, reviver
secular. Afinal, os primitivos para esperança e mesmo gratidão. seus ecos e reacender com pálidas
cristãos eram chamados Disse Morôni: centelhas as paixões de outrora.”
pejorativamente de "seita dos ' 'Não me condeneis em virtude (Tributo a Neville Chamberlain,
nazarenos” . (Atos 24:5.) de minha imperfeição, nem a meu Câmara dos Comuns, 12 de
Como seus predecessores, Joseph pai por causa de sua, nem novembro de 1940.)
Smith reflete algumas ansiedades e tampouco condeneis aos que Entretanto, vivendo no presente,
atividades de sua época. Ainda escreveram antes dele,- antes, dai os discípulos devem acatar como
assim, uma torrente de verdade graças a Deus por vos ter soberanas as escrituras que "se
jorrou através desse bom mas manifestado nossas imperfeições aplicam a todas as ocasiões” . E
imperfeito condutor, mais do que para que possais aprender a ser numa delas encontramos o severo
conseguia comunicar, conforme mais sábios do que nós fomos.” propósito divino:
declarou certa vez: (Mórmon 9:31.) ' 'Não obstante, o Senhor julga
"M inha meditação de todo dia, e E Lorenzo Snow comentou: sábio castigar seu povo,- sim,
mais do que minha comida e "Posso associar-me ao experimentar sua paciência e fé.”
bebida, tem sido saber como farei presidente da Igreja se ele não (Mosiah 23:21.)
com que os santos de Deus souber tudo o que eu sei... V i... Por que essas duas provações,
compreendam as visões que rolam imperfeições em (Joseph Smith)... em particular?
diante de minha mente como uma Agradeci a Deus ter ele colocado E também, por que não nos dar
vaga transbordante.” (J. Lewis sobre um homem com essas um Livro de Mórmon mais longo?
Taylor, "Joseph, o Profeta: Um imperfeições o poder e autoridade "Eis que eu estava para escrever
Auto-retrato” . A Liahona, que lhe conferiu... pois sei que eu tudo quanto se achava gravado nas
dezembro de 1973, p. 17.) próprio tenho fraquezas e pensei placas de Néfi, mas o Senhor mo
10
proibiu, dizendo: Experimentarei a
fé de meu povo'' (3 Néfi 26:11.)
Mais uma vez teremos de
esperar pela resposta completa.
Assim se desvenda o processo de
provação, censura e
desenvolvimento, que não deve
ofender nem surpreender.
Enquanto isso, a desigualdade no
desenvolvimento espiritual do
povo significa desleixo na história,
e não devemos culpar um
indivíduo por causa de uma palavra
(ver Isaías 29:21; 2 Néfi 27:32),
como se uma única passagem
pudesse invalidar tudo mais que
ele possa ter transmitido ou
defendido!
Em nossos dias, alguns ficam à
espreita como durante o ministério
de Jesus procurando ' 'fazê-lo falar
acerca de muitas coisas... a fim de
apanharem de sua boca alguma
coisa para o acusarem". (Lucas
11:53-54.) Os fariseus chegaram
mesmo a consultar-se "entre si
como o surpreenderiam nalguma
palavra". (Mateus 22:15.)
O mosaico da história da
Restauração irá ficando maior e
mais variado à medida que surgem
outras peças, completando uma
seqüência aqui e ali ou ampliando
acolá uma parte de nosso
entendimento.
O esboço fundamental já está no
lugar. Mas a história lida com
pessoas imperfeitas, cujas
imperfeições produzem distorções
no decorrer do tempo, enquanto a
pura luz do evangelho brilha sobre
elas. Podem mesmo restar algumas
peças do quadro que por ora
parecem não se encaixar. Mas nós
podemos esperar, como devemos,
para verificar mais tarde, por
exemplo, se no relato de Mateus
ou Lucas está correta a genealogia
de Jesus até Davi. (Ver Mateus 1;
Lucas 3.) Até lá, em várias grupo de crentes em Betânia e na maravilhosas demais para nós.
ocasiões, o Pai nos revelou o ponto Terra de Abundância. Parte do milagre e prodígio da obra
decisivo da genealogia de Jesus: Por que, por exemplo, os líderes maravilhosa e um assombro será
' 'Este é o meu Filho Amado, em antigos da Igreja não registraram como a Divindade perfeita nos
quem me comprazo; escutai-o” . com mais cuidado certas profecias usou misericordiosamente, a
(Mateus 3:17; 17:5; 3 Néfi 11:7; de Samuel, o Lamanita? (Ver 3 Néfi humanidade imperfeita.
Joseph Smith 2:17.) 23:9-14.) E posteriormente, por Enquanto isso, em meio à
É verdade que os quatro ordem de Jesus, elas foram escritas dissonância humana, aqueles que
evangelhos não concordam completa e minuciosamente? têm ouvidos para ouvir seguirão os
plenamente a respeito dos eventos Assim, também, futuramente sons convidativos de certa
e participantes no sepulcro vazio será escrita a plenitude da história trombeta. (Ver I Coríntios 14:8.)
do horto. (Ver Mateus 28:1-8; da dispensação da plenitude dos Além do mais, seja qual for a
Marcos 16:1-8; Lucas 24:1-9; João tempos! situação presente, nós não
20:1-10.) Entretanto, o importante O mosaico final da Restauração cantamos, com razão, de nosso
é que o sepulcro estava vazio por será magnífico, expondo o desenho Deus: “ Só em ti nós teremos
Jesus ter ressuscitado! A essência,e divino e a mesma cena central — o confiança” ? [Hinos, n.° 147.)
não minúcias táticas! Além disso, plano de salvação e exaltação do Esta é a obra do Senhor! E ela há
o fiel da época como o de agora, Pai, e a expiação de seu Filho, Jesus de progredir até que se cumpram
entende por que o Jesus ressurreto Cristo. todos os seus desígnios (Mórmon
não se apresentou ao sinédrio, a E nesse dia perfeito, veremos que 8:22), do que testifico alegremente
Caifás ou Pilatos, mas sim ao fomos parte das coisas em nome de Jesus Crito. Amém.
A LlAH ONA/jANEIRO 1 9 8 5 11
P o r Q u e S erv im o s ? fiequeninos irmãos, a mim o
izestes.” (Mateus 25:40.)
Na revelação moderna, o Senhor
nos mandou: "Socorre os fracos,
Élder Dallin H. Oaks ergue as mãos que pendem e
do Quorum dos Doze Apóstolos fortalece os joelhos
enfraquecidos.” (D&C 81:5.)
Noutra seção de Doutrina &
Convênios, ele nos instrui a nos
“Servir de todo o coração e mente é um grande "ocupar zelosamente numa boa
desafio para todos nós. Esse serviço tem de causa, e fazer muito de (nossa)
própria e livre vontade, e realizar
ser isento de qualquer ambição egoísta e motivado muito bem” . (D&C 58:27.) Os
unicamente pelo puro amor de Cristo. ” portadores do Sacerdócio de
Melquisedeque fazem convênio de
usar os poderes a ele inerentes em
autoridades gerais, e seis irmãs benefício do próximo. Na verdade,
para as presidências da Sociedade servir é uma obrigação assumida
de Socorro e das Moças. Mais de por todos os membros da Igreja de
duzentos homens foram chamados Jesus Cristo.
como bispos, e acima de mil e Se servimos ao próximo ou a
setecentos irmãos e irmãs como Deus, é o mesmo. (Ver Mosiah
missionários de tempo integral. 2:17.) Se o amamos, devemos
Nesse mesmo mês, dezenas de guardar seus mandamentos e
milhares foram chamados como apascentar suas ovelhas. (Ver João
oficiais e professores e para outras 21:16-17.)
funções nas diversas organizações Pensando em serviço,
da Igreja pelo mundo afora. Os lembramo-nos geralmente do que
irmãos chamados em abril uniram- fazemos com as mãos. As
-se a milhões de outros já servindo escrituras, porém, ensinam que o
em funções semelhantes na Igreja Senhor atenta tanto para nossos
Restaurada. pensamentos como para nossos
Ao pensar em meu próprio atos. Um dos primeiros
chamado e no dos milhões de mandamentos de Deus a Israel foi
outros já em serviço, fui levado a que deviam amá-lo e servi-lo de
ponderar esta pergunta: "Por que todo o coração e alma. (Ver
servimos?” Deuteronômio 11:13.) Quando
Servir é imperativo para os que Samuel, o profeta, recebeu a
eus queridos irmãos e amam Jesus Cristo. Aos seguidores incumbência de escolher e ungir

M irmãs, por não ser próprio que buscavam posição eminente


eu começar meu serviço

deveres judiciais no governo


no seu reino, o Salvador ensinou:
"E qualquer que entre vós quiser
na Igreja antes de concluir meus
ser o primeiro, seja vosso servo.”
um dos filhos de Jessé como novo
rei de Israel, o Senhor mandou que
rejeitasse o primogênito, embora
fosse um homem de bela
estadual, não falei na conferência (Mateus 20:27.) Noutra ocasião, aparência, dizendo: "Não atentes
de abril, na qual fui apoiado. ele falou sobre atender às para a sua aparência, nem para a
Portanto, esta conferência semi- necessidades do faminto, despido, altura da sua estatura, porque o
-anual é minha primeira enfermo e preso, concluindo seu tenho rejeitado; porque o Senhor
oportunidade de dirigir-me a todos ensinamento com estas palavras: não vê como vê o homem, pois o
os membros da Igreja, expressando ' 'Em verdade vos digo que, quando homem vê o que está diante dos
minha aceitação do chamado para o fizestes a um destes meus olhos, porém o Senhor olha para o
o Conselho dos Doze.
Estou emocionado com este
chamado. Tendo sido "chamado
por Deus, pela profecia e pela
imposição das mãos por aqueles
ue possuem autoridade” (Regras
e Fé 1:5), deixo alegremente
minhas atividades profissionais
para passar o resto da vida no
serviço do Senhor. Devotar-me-ei
de todo o coração, poder, mente e
força à grande confiança em mim
depositada, particularmente às
responsabilidades de uma
testemunha especial do nome de
Jesus Cristo em todo o mundo.
Muitos homens e mulheres
foram chamados ao serviço da
Igreja em abril deste ano. Oito
irmãos foram chamados como
12
"esforçar-nos para erguer e
estabelecer a causa de Sião” .
(D&C 6:6.) Infelizmente, nem
todos os que produzem obras nesse
sentido tencionam realmente
edificar Sião ou fortalecer a fé do
povo de Deus. Pode haver outros
motivos.
O serviço ostensivamente
altruísta mas que na realidade visa
lucros ou renome, certamente
inclui-se na condenação do
Salvador aos que parecem
"exteriormente justos aos homens,
mas interiormente (estão) cheios
de hipocrisia e de iniqüidade” .
(Mateus 23:28.) Um serviço assim
não merece qualquer recompensa
no evangelho.
"Deveis dar esmolas aos
pobres", diz o Salvador, "mas
guardai-vos de fazer a vossa esmola
diante dos homens, para que deles
sejais vistos; de outra forma não
tereis galardão de vosso Pai que
está nos céus.” (3 Néfi 13:1; ver
também Mateus 6:1-2.) E o
coração." (I Samuel 16:7.) mutuamente por diversas razões, Salvador continua dizendo:
Diz um conhecido provérbio que sendo que algumas destas são "Portanto, quando derdes
como o homem imagina em sua melhores que outras. esmolas, não toqueis trombeta
alma, assim ele é. (Provérbios Possivelmente ninguém de nós diante de vós, como fazem os
23:7.) E lemos também: "Todos os sirva sempre por uma única razão. hipócritas nas sinagogas e nas ruas,
caminhos do homem são limpos Sendo seres imperfeitos, quase para serem honrados pelos
aos seus olhos, mas o Senhor pesa todos nós provavelmente servimos homens. Em verdade vos digo que
os espíritos.” (Provérbios 16:2.) por uma série de razões, já receberam o seu galardão." (3
A revelação moderna declara que combinação esta que poderá mudar Néfi 13:2; ver também Mateus
o Senhor requer do homem não de tempos em tempos à medida 6 : 2 .)
apenas atos, mas "exige o coração que crescemos espiritualmente. Mas aqueles que servem sem
e uma mente obediente” . (D&C Todos, entretanto, devemos alarde, mesmo "em segredo” ,
64:34.) procurar servir pelas melhores e qualificam-se para a promessa do
Numerosas escrituras ensinam mais sublimes razões. Salvador de que "teu Pai, que vê
que nosso Pai Celestial conhece Quais sãosalgumas das razões de em oculto, de público te
nossos pensamentos e intentos do servirmos? A guisa de ilustração e premiará” . (3 Néfi 13:18; ver
coração. (Ver D&C 6:16; Mosiah sem pretender alongar-me, gostaria também Mateus 6:4'.)
24:12; Alma 18:32.) Morôni ensina de sugerir seis delas, falando delas Outra razão para servir —
que para terem mérito, nossas em ordem crescente, das mais provavelmente mais meritória que
obras precisam ser feitas pelo insignificantes até a mais a primeira, ainda assim, porém,
motivo certo. Se um homem importante. buscando recompensa terrena — é
"oferecer uma dádiva ou uma Alguns servem na esperança de a motivada pelo desejo pessoal de
oração a Deus e esta não for feita recompensas terrenas. Tal pessoa boas amizades. Sem dúvida
com real intento, de nada lhe poderá servir na Igreja ou por meio fazemos bons amigos servindo na
aproveitará. de atos pessoais de misericórdia Igreja, mas será por isto que
"Porque não lhe é imputada por com intuito de conseguir servimos?
justiça.” (Morôni 7:6-7.) proeminência ou cultivar contatos Conheci uma pessoa que servia
O Profeta Alma ensinava que a favoreçam materialmente. ativamente na Igreja até que um
igualmente que, se tivermos Outros servem, talvez, para obter amigo e colega de trabalho
endurecido o coração contra a honrarias, destaque ou poder socialmente importante se mudou.
palavra de Deus, 1'não nos mundanos. Assim que ele se foi da ala, essa
atreveremos a olhar para Deus” até As escrituras têm um nome para pessoa parou de servir. Neste caso,
o juízo final, porque "todas as o serviço no evangelho ' 'para o obreiro do evangelho estava
nossas obras nos condenarão... e adquirir riquezas e honrarias” ; disposto a servir só enquanto seus
nossos pensamentos tam bém ". chamam-no de "intriga companheiros fossem aceitáveis.
(Alma 12:14.) sacerdotal” . (Alma 1:16.) As pessoas que servem
Essas escrituras deixam claro Dizia Néfi: "Intriga é o que eles unicamente visando boas
que, para que nosso serviço na pregam, e se estabelecem como a companhias mostram-se mais
Igreja e ao nosso próximo seja puro, luz do mundo para que possam ter seletivas na escolha de seus amigos
é necessário considerar não só lucros e o louvor do mundo, mas do que o Mestre quanto aos seus
com o servimos, mas também p o i não procuram o bem-estar de servos ou companheiros. Jesus
quê. Sião.” (2 Néfi 26:29.) Nestes chamou a maioria de seus servos
As pessoas servem-se últimos dias, recebemos ordem de dentre as camadas humildes. E
A L ia h o n a /J a n e ir o 1 9 8 5 13
conviveu com pecadores. E rebatia seria tomada de ' 'um vivo pouco, pouco também ceifará; e o
as críticas nesse sentido dizendo: sentimento de sua própria culpa, que semeia em abundância, em
' 'Não necessitam de médico os que que o levará a se esconder da abundância também ceifará.
estão sãos, mas, sim, os que estão presença do Senhor e encher seu "Cada um contribua segundo
enfermos. Eu não vim chamar os peito de culpa, dor e angústia, a propôs no seu coração; não com
justos, mas, sim, os pecadores, ao qual é como um fogo tristeza ou por necessidade; porque
arrependimento." (Lucas 5:31-32.) inextinguível, cuja chama se eleva Deus ama ao que dá com alegria."
A primeira seção de Doutrina & para sempre” . (Mosiah 2:38.) Tais (D Coríntios 9:6-7.)
Convênios, que fala do povo dos descrições oferecem sem dúvida Disse um autor anônimo: "Deus
últimos dias, dá uma descrição que incentivo suficiente para guardar o aceita a obediência voluntária, mas
parece incluir todos os que servem mandamento de servir. Entretanto, odeia aquilo que é forçado, pois é
na esperança de alguma servir por medo é na melhor das mais um tributo que uma oferta."
recompensa terrena: "Não buscam hipóteses um motivo inferior. Embora os que servem por temor
ao Senhor para estabelecer a sua Outras pessoas podem servir por ou pelo senso de dever se
justiça, mas cada um segue o seu senso de dever ou por lealdade a qualifiquem, sem dúvida, para as
próprio caminho, segundo a amigos, família ou tradições. São bênçãos do céu, existem razões
imagem do seu próprio deus, a qual aqueles a quem eu chamaria de mais sublimes para servir.
é à semelhança do mundo, e cuja bons soldados, que fazem Uma delas é a esperança de uma
substância é a de um ídolo. instintivamente o que lhes é recompensa eterna. Esta esperança
(D&C 1:16.) pedido sem questioná-lo e às vezes — a expectativa de desfrutar os
Essas duas razões para servir são sem pensar muito nos motivos de frutos do nosso labor — é uma das
interesseiras e egocêntricas, e seu serviço. Tais pessoas formam o mais poderosas fontes de
indignas de um santo. Conforme grosso de qualquer organização motivação. Como razão para
diz o Apóstolo Paulo, nós que voluntária, e produzem um grande servir, envolve necessariamente fé
somos suficientemente fortes para bem. Todos nós já nos em Deus e no cumprimento de
suportar as debilidades dos fracos, beneficiamos com as boas obras suas profecias. As escrituras são
não devemos fazê-lo para "agradar dessas pessoas. Os que servem por ricas em promessas de recompensa
a nós m esm os". (Romanos 15:1.) senso de dever ou lealdade a várias eterna. Numa revelação dada
Motivos que visam recompensa causas louváveis são os bons e através do Profeta Joseph Smith em
terrena são nitidamente inferiores honrados homens e mulheres da junho de 1829, por exemplo, diz o
em caráter e mérito às outras terra. Senhor: "Se guardares os meus
razões que discutirei. O serviço do tipo que acabo de mandamentos e perseverares até o
Alguns talvez sirvam por medo descrever é digno de louvor e fim, terás a vida eterna, que é o
de castigos. As escrituras estão certamente faz jus a bênçãos, maior de todos os dons de Deus.”
repletas de descrições da condição particularmente se feito com boa (D&C 14:7.)
miserável dos que deixam de seguir vontade e alegria. Como dizia o O último motivo de que falarei
os mandamentos de Deus. O Rei Apóstolo Paulo na segunda epístola é, em minha opinião, o maior de
Benjamim ensinava a seu povo que aos coríntios: todos. Com relação ao servir, é o
a alma do transgressor impenitente ''E digo isto: Que o que semeia que as escrituras chamam de
"caminho mais excelente". (I
Coríntios 12:31.)
' 'A caridade é o puro amor de
C risto." (Morôni 7:47.) O Livro de
Mórmon nos ensina que esta
virtude "é de todas a maior” .
(Morôni 7:46.) O Apóstolo Paulo
confirma e ilustra esta verdade em
seu grande ensino sobre os motivos
do servir:
' 'Ainda que eu falasse as línguas
dos homens e dos anjos, e não
tivesse caridade, seria como o
metal que soa ou como o sino que
tine... E ainda que distribuísse toda
a minha fortuna para sustento dos
pobres... e não tivesse caridade,
nada disso me aproveitaria.” (I
Coríntios 13:1, 3.)
Sabemos por estas palavras
inspiradas que até mesmo os mais
sublimes atos de serviço — como
dar todos os nossos bens para
sustentar os pobres — de nada nos
aproveitariam se nosso serviço não
fosse motivado pelo puro amor de
Cristo.
Para que nosso serviço tenha o
máximo de eficácia, tem de ser
feito por amor a Deus e a seus
filhos. O Salvador aplicou esses
princípios no Sermão da O princípio do servir é "Portanto, meus amados, rogai
Montanha, no qual nos ordena que confirmado na seção quatro de ao Pai com toda a energia de vossos
amemos nossos inimigos, Doutrina & Convênios: corações para que possais ser
bendigamos os que nos maldizem, "Portanto, ó vós que embarcais cheios com esse amor, que ele tem
façamos o bem aos que nos odeiam no serviço de Deus, vede que o concedido a todos os que são
e oremos pelos que nos maltratam sirvais de todo o coração, poder, verdadeiros seguidores de seu
e perseguem. (Ver Mateus 5:44.) mente e força, para que possais Filho, Jesus Cristo." (Morôni
Ele explica assim este comparecer sem culpa perante o 7:48.)
mandamento: tribunal de Deus, no último dia." O serviço das pessoas imbuídas
"Pois, se amardes o que vos (D&C 4:2.) desse amor satisfará a grande prova
ama, que galardão havereis? não Este mandamento nos ensina mencionada no salmo vinte e
fazem os publicanos o mesmo? que não basta servir a Deus com quatro:
"E, se saudardes unicamente os todo nosso podei e força. Aquele "Quem subirá ao monte do
vossos irmãos, que fazeis de mais? que vê nosso coração e conhece Senhor, ou quem estará no seu
não fazem os publicanos também o nossos pensamentos, exige mais lugar santo?
mesmo?" (Mateus 5:46-47.) que isso. Para podermos "Aquele que é limpo de mãos e
Este princípio — que devemos comparecer sem culpa perante puro de coração." (Salmo 24:3-4.)
servir por amor a Deus e aos Deus no último dia, precisamos Eu sei que Deus espera que nos
nossos semelhantes e não visando servi-lo também com todo nosso esforcemos para purificar nosso
vantagem pessoal ou qualquer coração e m ente. coração e nossos pensamentos,
motivo inferior — é Servir de todo o coração e mente para que nos sirvamos
reconhecidamente um padrão é um grande desafio para todos mutuamente pela melhor e mais
sublime. O Salvador deve tê-lo nós. Esse serviço tem de ser isento sublime razão, o puro amor de
visto assim, pois ligou seu de qualquer ambição egoísta e Cristo.
mandamento de amor abnegado e motivado unicamente pelo puro Acima de tudo, sei que Deus
total diretamente ao ideal da amor de Cristo. vive, e sei que seu Filho Unigênito,
perfeição. Logo o versículo Se encontramos dificuldade em Jesus Cristo, morreu pelos nossos
seguinte do Sermão da Montanha servir por amor, o Livro de pecados e é o nosso Salvador. E sei
contém este grande mandamento: Mórmon pode ajudar-nos. Depois que Deus restaurou a plenitude do
"Sede vós pois perfeitos como é de ressaltar a importância da evangelho através do Profeta
perfeito o vosso Pai que está nos caridade, o Profeta Morôni Joseph Smith nestes últimos dias.
céus." (Mateus 5:48.) aconselha: Em nome de Jesus Cristo, amém.
A L ia h o n a / ] a n e ir o 1 9 8 5 15
1 'A estes, responderemos
M arcar a D ata simplesmente: 'Talvez, mas
mesmo assim o farem os."’ ("A
Redenção dos M ortos", A Liahona,
Élder Russell M. Ballard fevereiro de 1976, p. 87.)
da Presidência do Primeiro Quorum dos Setenta Parte da solução talvez esteja na
capacidade de entendermos melhor
e acelerarmos a utilização da
moderna tecnologia de
“Não vos preocupeis por não vos lembrard.es de comunicação para pregar o
ninguém agora. Permiti que o Senhor vos evangelho ao mundo inteiro.
Precisamos aproveitar ao máximo
ajude ao orardes dihgentemente por orientação. o potencial de jornais, revistas,
Jejuai e orai, buscando orientação e direção de televisão, rádio e satélites de
comunicação. Entretanto, mesmo
nosso Pai Celeste. ” com toda a tecnologia trabalhando
para nós, não existe na Igreja poder
de difundir o Evangelho de Jesus
missionária pode parecer Cristo que se iguale ao que vós e eu
esmagadora. Todavia, o encargo podemos fazer individualmente.
dos membros da Igreja é muito Sei que a maioria dos membros
claro. Devemos levar o Evangelho da Igreja compreende que deve
de Jesus Cristo a toda alma participar ativamente da
humana. proclamação do evangelho. Alguns
Jesus ensinou: "Portanto ide, têm-se saído muito bem, mas
ensinai todas as nações, batizando- outros nem chegaram a tentar.
-as em nome do Pai, e do Filho, e do Creio que um número excessivo de
Espírito Santo; membros da Igreja não entende a
"Ensinando-as a guardar todas as doutrina que rege a obra de nosso
coisas que eu vos tenho mandado; Pai Celeste.
e eis que eu estou convosco todos Ensinava Joseph Smith: "O
os dias, até a consumação dos batismo é um sinal a Deus, aos
séculos." (Mat. 28:19-20.) anjos e aos céus de que cumprimos
Com fé havemos de fazer a vontade de Deus; e não há outro
conforme o Senhor nos ordenou, caminho debaixo dos céus pelo
pois dizia o Profeta Joseph Smith: qual Deus ordenou que o homem
1A verdade de Deus irá avante com chegue a ele e seja salvo em seu
grande ímpeto, com nobreza e reino, senão pela fé em Jesus
independência, até que tenha Cristo, pelo arrependimento e
penetrado em todos os batismo para remissão dos
ro que minha mensagem continentes, visitando todo clima, pecados...; então tendes a

O seja recebida no mesmo


espírito do discurso do
Élder Oaks.
Recentemente, a Primeira
varrido todo país e soado em todos
os ouvidos; até que os propósitos
de Deus sejam realizados, e o
grande Jeová possa afirmar que a
promessa do dom do Espírito
Santo.” [History o f the Church,
4:555.) Quando batizados, homens
e mulheres recebem a remissão dos
Presidência e os Doze designaram- obra está consumada." (History o f pecados e são contados entre os
-me a trabalhar com o the Church, 4:540; também citado santos para gozar as bênçãos e
Departamento Missionário. A obra emyl Liahona, junho de 1983, p. felicidade que a Igreja pode
missionária é um grande desafio, 5. ) proporcionar.
particularmente quando Uma indicação da fé necessária Uma conseqüência natural da
compreendemos que a população para enfrentar esse desafio foi conversão é a remissão contínua do
da terra, hoje, é de expressa pelo Élder Boyd K. pecado pela vivência do evangelho,
aproximadamente quatro vírgula Packer, que disse: "Desde que o o que inclui compartilhá-lo com
sete bilhões de pessoas, e que batismo é essencial, tem de haver outros. Diz o Presidente Spencer
aumenta cento e cinqüenta pessoas uma urgente preocupação em levar W. Kimball: "O Senhor falou que
a mensagem do Evangelho de Jesus nossos pecados serão perdoados
E or minuto, nove mil e cem por
ora, duzentos e dezoito mil por Cristo a toda nação, tribo, língua e mais facilmente ao trazermos
dia e setenta e nove vírgula seis povo... almas para Cristo e perseverarmos
milhões por ano... "Nós aceitamos a em prestar testemunho ao mundo;
"Se tiver cinqüenta anos, a responsabilidade de pregar o e sem dúvida, cada um de nós
população do mundo mais que evangelho a toda pessoa na terra. almeja ajuda adicional para o
duplicou durante sua vida." "E se fizerem a pergunta: 'Quer perdão dos pecados.” ("Todo o que
("Global Population Growing by dizer que se propõem a converter o For Prevenido...” , A Liahona,
More Than 200,000 a D ay", U.S. mundo inteiro?', a resposta é: novembro de 1977, p. 3.)
News and World Report, 23 de ‘Sim, tentaremos alcançar toda Em Doutrina e Convênios
julho de 1984, p. 52.) alma vivente.' lemos: "Pois vos perdoarei os
No momento, num único dia "Alguns, avaliando rapidamente vossos pecados com este
nascem mais pessoas do que são a extensão desse desafio, dirão: mandamento — permanecei firmes
batizadas na Igreja por ano. A 'Ora, isso é impossível! Não pode em vossas mentes em solenidade e
magnitude de nossa tarefa ser feito!' espírito de oração, prestando ao
16
m u n d o t e s t e m u n h o , das co isa s q u e abordar cada pessoa.
vos são c o m u n ic a d a s ." (D&C Irmãos e irmãs, deveis ter notado
84:61; grifo nosso.) E também em que não sugeri que anotásseis um
Doutrina e Convênios: "No nome, mas sim uma data
entanto, bem-aventurados sois, específica. A chave para o sucesso
pois o testemunho que tendes será pedir orientação divina para
prestado está registrado nos céus, que sejamos dirigidos àqueles
para ser visto pelos anjos; e eles se dispostos a aceitar o evangelho.
regozijam convosco, e os v ossos Como viver o evangelho é
p eca d o s vos são p e id o a d o s ." (D&C essencial para a remissão dos
62:3; grifo nosso.) pecados assim, como prestar
Disse um profeta de Deus, o serviço missionário é essencial
Presidente George Albert Smith: para viver o evangelho, creio que
"Entendo que a missão mais cada um de nós deve marcar uma
importante que tenho nesta vida é: data específica uma vez por ano, ao
Primeiro, guardar os mandamentos menos, para ter uma pessoa ou
de Deus conforme me foram família preparada para receber o
ensinados; e em seguida, ensiná- evangelho. Devemos esperar um
-los aos filhos de meu Pai que não sucesso maravilhoso. Nós, do
os entendem.” (Conference Departamento Missionário,
Report, outubro de 1916, p. 50.) A gostaríamos de receber notícias de
doutrina parece-me bem clara; a vosso sucesso ao seguirdes este
remissão dos pecados é um conselho. Nenhuma alegria se
processo contínuo. Não vejo compara à de levar a luz do
melhor meio de procurar tornar- Evangelho de Jesus Cristo à vida de
-nos limpos, puros e mesmo um dos filhos do Pai Celestial.
santificados do que ajudando Experiências missionárias podem
outros filhos de nosso Pai Celeste a "E, se acontecer que, se proporcionar a todo membro da
encontrar a verdade. trabalhardes todos os vossos dias, Igreja a tranqüila certeza de que
Ao participar do sacramento, proclamando arrependimento a seus pecados estão, na verdade,
comprometemo-nos a assumir o este povo, e trouxerdes a mim, sendo perdoados. O Pai Celestial
nome de Jesus Cristo, a nos mesmo que seja uma só alma, nos amará ao proclamarmos o
lembrarmos sempre dele e guardar quão grande será a vossa alegria evangelho de seu Filho, Jesus
seus mandamentos. (Ver D&C com ela no reino de meu Pai!” Cristo, a todos os seus filhos na
20:77.) Haverá melhor maneira de (D&C 18:10-11, 13-15.) terra.
demonstrar nosso amor ao Senhor Pensai nisto, irmãos e irmãs, Por favor, não espereis ajuda de
do que compartilhando seu Jesus Cristo sofreu a dor de todos ninguém exceto do Senhor. Ele vos
evangelho? Para ser missionários os homens para que vós e eu há de ajudar. Nosso esforço
não precisamos ser mandados a tivéssemos a promessa de vida individual é capaz de promover
cidades distantes ou países eterna. Ele pode, sem dúvida, grandemente a edificação do reino
longínquos. O vizinho ao lado, esperar que realizemos a obra que de Deus. Se apenas trinta por cento
nossos amigos, conhecidos, nos confiou. Nosso Pai Celeste e dos membros adultos ativos da
familiares, parentes e o seu Filho Amado não nos deixaram Igreja adotassem esse simples
desconhecido no fim da rua, são sós nesta grande obra. Prometeram processo pelo menos uma vez por
todos parte do mundo com o qual que nos orientariam desde que lhes ano, somaríamos m a is duzentos
deveríamos estar compartilhando a pedíssemos ajuda. mil conversos àqueles que já
mensagem do evangelho. Nenhum Gostaria de sugerir uma maneira estamos batizando. Isto significa
membro da Igreja precisa esperar simples de exercermos fé e darmos que em dez anos teríamos pelo
que a ala, estaca, missão ou início ao serviço missionário menos cinco milhões e
qualquer organização da Igreja pessoal. Marcai uma data próxima quatrocentos mil conversos a mais
lidere esta obra. Cada um de nós na qual tereis em mente alguém do que com o atual empenho dos
deveria estar empenhado para ensinar o evangelho. Não vos membros. Se a totalidade dos
ativamente na divulgação do preocupeis por não vos lembrardes adultos participasse, logo daria
evangelho porque amamos o de ninguém agora. Permiti que o para perceber a viabilidade de toda
Senhor de todo o coração e Senhor vos ajude ao orardes alma vivente receber a mensagem.
desejamos servi-lo. diligentemente por orientação. Que Deus nos abençoe a todos
As escrituras ensinam: Jejuai e orai, buscando orientação e para que tenhamos a coragem de
"Lembrai-vos de que o valor das direção de nosso Pai Celeste. nos comprometer e marcar uma
almas é grande na vista de Deus,- Muitos de vós, se não todos, data específica para termos alguém
"Pois, eis que o Senhor vosso tereis experiências espirituais preparado para ouvir a mensagem
Redentor padeceu a morte na especiais à medida que o Senhor do evangelho. Então poderemos
carne; portanto, sofreu a dor de vos inspirar. Sei por experiência rogar ao Senhor que dirija nossos
todos os homens para que todos pessoal e de minha família que o esforços para que milhares dos
pudessem arrepender-se e vir a Senhor vos iluminará. Ele aguçará filhos de nosso Pai Celeste
ele... vossa visão desta obra lembrando- recebam o Evangelho de Jesus
' 'E como se alegra ele com a -vos nomes de não-membros que Cristo. Que todos possamos
alma que se arrepende! jamais cogitastes como membros encarar isso não como um dever,
"Portanto, sois chamados para potenciais da Igreja. E ao mas antes como um privilégio, eu
proclamar arrependimento a este prosseguirdes, sereis abençoados oro humildemente em nome de
povo. para saber o que dizer e como Jesus Cristo. Amém.
A L ia h o n a /J a n e ir o 1 9 8 5 17
instruindo sobre as bênçãos
' ‘E P o r Q u e M e resultantes da obediência à
vontade do Senhor.
Dizia o Presidente Joseph F.
C h a m a is S en h o r , Smith:
' 'Todo dom perfeito e bom
provém do Pai de Luz que não faz
S en h o r e N ão Fa zeis acepção de pessoas, no qual não há
mudança nem sombra de variação.
Para agradá-lo, precisamos não só
o Q u e E u D ig o ?" adorá-lo com louvor e ação de
graças, mas obedecer
voluntariamente a seus
Élder L. Tom Perry mandamentos. Se assim fizermos,
do Quorum dos Doze Apóstolos ele está obrigado a nos conceder
suas bênçãos; pois é neste princípio
(obediência à lei) que se baseiam
todas as bênçãos." Im piovem ent
“Com uma boa organização, seremos capazes Eia, dezembro de 1917, p. 104.)
de passar o dia do Senhor como ele deseja. Ele nos 0 evangelho é tão simples
quando o compreendemos
instruiu: ‘Não brinqueis com coisas sagradas. ’ ” devidamente. E sempre certo, é
sempre bom, é sempre edificante.
A obediência aos princípios do
eles ouviram a sua voz na direção evangelho traz alegria e felicidade.
do Jardim do Éden, falando-lhes, Da desobediência, teremos de
mas não o viram; porque estavam prestar contas um dia, e ela só traz
excluídos da sua presença. sofrimento, miséria, discórdia e
"Ele deu-lhes mandamentos que infelicidade.
adorassem ao Senhor seu Deus e A história da humanidade presta
que oferecessem os primogênitos forte testemunho das bênçãos
dos seus rebanhos como oferta ao usufruídas por homens e mulheres,
Senhor. E Adão foi obediente aos quando se sujeitam à vontade do
mandamentos do Senhor.” Senhor. No entanto, vemos no
(Moisés 5:4-5.) mundo tanta tristeza e sofrimento,
Então, passados muitos dias, por não querermos obedecer.
Adão foi provado por um anjo que Existe um mandamento
lhe perguntou por que oferecia fundamental que vemos ser
sacrifícios. Adão respondeu que violado constantemente no mundo
não sabia, exceto que o Senhor lho de hoje. Suponho que os que
ordenara. O anjo explicou-lhe transgridem esse princípio o
então o sacrifício do Unigênito e a percebem muito bem quando
oportunidade de ser o homem tentam levantar-se da cama na
redimido da morte e, se fosse segunda-feira. Observo uma
obediente, gozar de vida eterna. desobediência tão generalizada a
ongratulações ao Élder (Ver Moisés 5:6-9.) essa lei ao viajar pelo mundo. O

C Hanks — nós conhecemos


seu grande talento — e aos
1 'E Adão bendisse a Deus nesse
dia, e encheu-se do Espírito Santo e
começou a profetizar concernente
élderes Sonnenberg, Kay e Wilcox.
Como apreciarão essa nova a todas as famílias da terra,
Senhor disse à antiga Israel:
"Lembra-te do dia do sábado,
para o santificar.
"Seis dias trabalharás e farás
convivência! dizendo: Bendito seja o nome de toda a tua obra,
0 Salvador nos ensina no Deus, pois, por causa de minha "M as o sétimo dia é o sábado do
evangelho de Lucas: transgressão, meus olhos foram Senhor teu Deus; não farás nele
"O homem bom, do bom abertos e terei alegria nesta vida, e nenhuma obra, nem tu, nem teu
tesouro do seu coração tira o bem, em carne verei outra vez a Deus. filho, nem tua filha, nem o teu
e o homem mau, do mau tesouro “E Eva, sua esposa, ouviu todas servo, nem a tua serva, nem o teu
do seu coração tira o mal, porque essas coisas e se alegrou, dizendo: animal, nem o teu estrangeiro, que
da abundância do seu coração fala a Se não fosse pela nossa está dentro das tuas portas.
boca. transgressão, jamais teríamos tido 1'Porque em seis dias fez o
"E por que me chamais Senhor, semente, jamais teríamos Senhor os céus e a terra, o mar e
Senhor, e não fazeis o que eu conhecido o bem e o mal, nem a tudo o que neles há, e ao sétimo
digo?” (Lucas 6:45-46.) alegria de nossa redenção, nem a dia descansou: portanto abençoou
Desde o princípio, o Senhor vida eterna que Deua concede a o Senhor o dia do sábado, e o
ensinou a importância da todos os obedientes.” (Moisés santificou." (Êxodo 20:8-11.)
obediência a seus filhos. Depois de 5:10-11.) O Senhor não deixou seus santos
haverem sido expulsos do Jardim A seguir, Adão e Eva desamparados em nossos dias. Na
do Éden, Adão e Eva buscaram o perpetuaram esse ensinamento, verdade, deu-lhes instruções
Senhor em oração. transmitindo essas coisas todas a bastante específicas sobre o que
1'E Adão e Eva, sua mulher, seus filhos e filhas. No decorrer dos devem fazer no seu dia santificado.
invocaram o nome do Senhor, e séculos, nossos profetas vêm-nos Em Doutrina & Convênios lemos:
18
"E, para que te conserves limpo lembrando-nos das palavras do Hinckley, Sermons and Missionaiy
das manchas do mundo, irás à casa Salvador a seus apóstolos: "E Services o f Melvin Joseph Ballard,
de oração e oferecerás os teus sempre que fizerdes isto, vos Salt Lake City: Deseret Book Co.,
sacramentos no meu dia lembrareis desta hora em que 1949, p. 150.)
santificado; estive convosco." Sempre me impressiona a
"Pois, na verdade, este é um dia Todo membro da Igreja promete renovada força e a dedicação
designado a ti para descansares de lembrar-se sempre do Salvador, ao provenientes da participação
teus trabalhos e prestares a tua participar do sacramento. Todas as semanal do sacramento.
devoção ao Altíssimo; semanas, devemos buscar uma O Senhor nos instruiu a
"Contudo, teus votos serão experiência pessoal, a proximidade descansarmos do trabalho nesse
oferecidos em retidão todos os dias de nosso Senhor e Salvador que, se dia. Tenho certeza de que isto
e em todos os tempos; nos lembrarmos sempre dele, nos significa que a colheitadeira de
"Mas, lembra-te de que neste, o ajudará a sermos mais semelhantes feno deve ficar ociosa no domingo.
dia do Senhor, oferecerás as tuas a ele. O seu exemplo está sempre Que o negócio da família ostente o
oblações e teus sacramentos ao diante de nós. cartaz "Fechado" nesse dia. Que a
Altíssimo, confessando os teus Devido à fraqueza humana, caixa registradora não funcione por
pecados aos teus irmãos e perante entretanto, cometemos erros causa de uma compra nesse dia
o Senhor. mesmo após o batismo. Por isso, o especial. É verdadeiramente uma
"E, neste dia, não farás Senhor providenciou um meio de ocasião para descansarmos de
nenhuma outra coisa, somente seja renovarmos o convênio batismal nossos labores.
o teu alimento preparado com através do sacramento, todas as Tampos atrás, conheci numa
singeleza de coração para que o teu semanas. Participando reverente e conferência de estaca uma pequena
jejum seja perfeito, ou, em outras dignamente dos emblemas "grande” família, que me prestou
palavras, para que o teu gozo seja sagrados, testificamos de novo que um belo testemunho do que o
completo." (D&C 59:9-13.) assumiremos o nome de Cristo, sacramento passou a significar para
Aparentemente o Senhor requer que nos lembraremos sempre dele, ela. Faz alguns anos, o pai perdeu o
de nós três coisas para que guardaremos seus emprego, quando a fábrica em que
santificarmos seu dia. Primeiro, mandamentos. É um momento trabalhava fechou. Ao invés de
conservar-nos limpos das manchas propício para nos lembrarmos da procurar serviço em outra cidade,
do mundo. Segundo, ir à casa de expiação de Cristo, de seu amor, ele propôs que a família abrisse
oração e participar do sacramento. do Getsêmani, do Calvário e do uma lanchonete. O negócio foi
Terceiro, descansar da labuta. sepulcro vazio. muito bem durante vários anos,
Quando diz que devemos O Élder Melvin J. Ballard sugere: até que, do outro lado da rua,
conservar-nos limpos das manchas "Queremos que todo santo dos passou a funcionar sete dias por
do mundo, creio que espera não só últimos dias venha à mesa semana uma filial de uma cadeia
que fiquemos afastados de lugares sacramental, porque ali é o lugar de de lanchonetes. Num conselho
mundanos no dia do Senhor, mas instrospeção, de auto-avaliação, familiar, resolveram que
também nos vestirmos onde podemos aprender a retificar precisavam enfrentar a
adequadamente nesse diá. Muitas nosso curso e endireitar nossa vida, concorrência, abrindo a lanchonete
vezes fico imaginando o que terá colocando-nos em harmonia com aos domingos. A família se
sido feito da boa e velha tradição da os ensinamentos da Igreja e com revezaria no comparecimento às
"roupa de domingo". Se vestimos nossos irmãos e irm ãs." (Bryant S. reuniões da Igreja. Depois de um
a roupa comum de todos os dias,
nossa conduta parece refletir o tipo
de roupa que usamos.
É evidente que não esperamos
que as crianças continuem usando
as roupas de domingo o dia inteiro,
mas igualmente não que usem
roupas impróprias para o dia do
Senhor.
Comparecer às reuniões e
participar do sacramento é
fundamental para a observância do
dia do Senhor. Antes de instituir a
ordenança do sacramento, Jesus
instruiu seus discípulos a respeito
do amor. Para poderem entender o
sacramento, precisam antes
entender o princípio fundamental
do amor. Naquele momento
crítico, sua principal preocupação
era com seus queridos amigos.
O primeiro sacramento pode ser
comparado à nossa experiência
semanal, participando dos
sagrados emblemas do pão e da
água. E, de fato, um privilégio
poder participar semanalmente
dessa ordenança sagrada,
AL ia h o n a / J a n e ir o 1985 19
ano funcionando sete dias por SESSÃO VESPERTINA DE SÁBADO
semana, verificaram que estavam 6 de outubro de 1984
exaustos, irritados um com o outro
e reclamando de qualquer ninharia.
Convocaram outro conselho de
família e propuseram fechar a
lanchonete aos domingos, para ver " S e As S u po rta res B e m ' '
se conseguiam recuperar a antiga
harmonia familiar. Em pouco Élder Marvin J. Ashton
tempo descobriram que o sistema do Quorum dos Doze Apóstolos
do Senhor funciona. Embora o
movimento bruto fosse menor, o
lucro aumentou.
O que devemos fazer no dia do “Enquanto exercemios amor, paciência e
Senhor? Conta-se o caso de uma
pobre mulher que freqüentava as
compreensão, mesmo que não haja nenhum sinal
reuniões fielmente todas as de progresso, não estamos fracassando.
semanas. O marido, pelo contrário,
não era muito assíduo. Ela vivia Temos de continuar tentando. ”
insistindo, semana após semana,
mas tudo em vão. Finalmente,
cansado de ser importunado, disse: observações pessoais. Como o filho
1‘— Dê-me uma boa razão para eu havia transgredido, estavam
ir à Igreja. convencidos de que Deus estava
"Ao que ela replicou: — Não sei descontente com eles. Sua atitude
explicar por que vou. Só sei que demonstrava amargura e perda de
entro lá vazia e saio saciada.' ’ (Rick respeito próprio.
Walton e Fern Oviatt, ed., Storíes Momentaneamente, estavam
fo i M oimons, Salt Lake City: deixando-se consumir e destruir
Bookcraft, 1983, p. 112.) pela provação.
Com uma boa organização, Em sua tragédia, não buscavam
seremos capazes de passar o dia do conselho ou conforto; antes,
Senhor como ele deseja. parecia, procuravam alguém que
Lembremo-nos destas escrituras: sofresse com eles e os secundasse
1‘O sábado foi feito por causa do no refrão: "Se existe um Deus de
homem, e não o homem por causa misericórdia, por que permite que
do sábado." (Marcos 2:27.) E isto aconteça?" Não podemos
novamente em Doutrina e esquecer que nem todo sofrimento
Convênios: "Não brinqueis com é punição. É imperativo que não
coisas sagradas." (D&C 6:12.) nos deixemos destruir pela conduta
Presto-vos testemunho de que a alheia.
maior alegria que podeis ter aqui Às vezes, ficamos tanto tempo
na mortalidade é ser obedientes à uando sofremos alguma procurando determinar o que
vontade do Senhor. Que nos
possamos empenhar sempre em
guardar seus mandamentos e
manter sagrado seu dia santo, é
minha oração em nome de Jesus
Cristo. Amém.
O tragédia, desapontamento
ou tristeza, não é
fizemos de errado no passado que
mereça as tribulações do
mcomum que muitos fiquem momento, que deixamos de
ressentidos ou passem a condenar-
-se. No auge da dor, perguntamos:
"O que fizemos para merecer isso?
resolver os desafios presentes. Diz
Og Mandino em seu livro The
G ieatest M iiacle in the Woild. "Se
Por que o Senhor permite que nos nos encerrarmos numa prisão de
aconteça?" insucesso e autocomiseração,
Com o coração pesaroso e seremos os únicos carcereiros., só
espírito abatido, os pais de um nós temos a chave para nossa
filho rebelde diziam recentemente: liberdade." (New York: Frederick
"Onde erramos? O que fizemos Fell Publishers, 1975, p. 61.)
que desagradou ao Senhor? O que, o Podemo-nos livrar desse tipo de
Senhor está querendo dizer-nos? É prisão, buscando forças junto ao
esta a recompensa por tentarmos Senhor. Com a ajuda dele, é
ser bons pais? Por que justamente possível usar nossas tribulações
nós?” como degraus para subir. As chaves
Eis algumas das torrentes de estão em nossas mãos.
perguntas surgidas ao se afligirem "Eu, o Senhor, estou obrigado
com a falta grave do filho. Seus quando fazeis o que eu digo; mas
comentários e atitude refletiam quando não o fazeis, não tendes
uma assustadora mistura de promessa nenhuma." (D&C
ressentimento, frustração e 82:10.)
condenação própria. Se estamos ofendidos e
É óbvio que esse casal aflito não ressentidos, podemos acreditar que
podia ser acalmado ou ele está obrigado a nos socorrer nas
tranqüilizado com escrituras ou tragédias e frustrações? A escritura
não diz como ou quando essa
obrigação se fará sentir, mas a
promessa dele é real e certa. Nosso
desafio é suportar, perseverar. No
caminho da vida, sempre
encontramos provações e
tribulações. Sofrimentos e
tragédias não nos derrotarão, se nos
lembrarmos da promessa de Deus.
Uma atitude proveitosa para
todos nós seria: "Ajuda-nos, ó
Senhor, a lembrar-nos do teu amor
por nós, e nos fortalece com a tua
força, quando nossos olhos estão
cegos de lágrimas de dor, limitando
nossa visão."
Convém que todos nós,
particularmente aqueles que estão
acabrunhados por causa de
infortúnios ou mau procedimento,
nos lembremos de que até mesmo
o Profeta Joseph Smith teve
momentos de desespero, quando
de suas provações na Cadeia de
Liberty. Talvez também tivesse
motivos para indagar: "Em que
errei? O que fiz para te desagradar,
ó Senhor? Onde falhei? Por que
minhas preces e petições não são
respondidas?” Cedendo ao que lhe
ia no coração e pensamento, ele
clamou:
"Ó Deus, onde estás? E onde
está o pavilhão que cobre o teu
esconderijo?" (D&C 121:1.)
E veio-lhe a resposta estava morto, e reviveu, tinha-se E antes que as palavras de Paulo
confortadora: perdido, e foi achado. E caíssem nos ouvidos de seus
"M eu filho, paz seja com a tua começaram a alegrar-se." (Lucas ouvintes, advertia o Pregador, o
alma; a tua adversidade e as tuas 15:24.) filho de Davi: " ... não é dos
aflições serão por um momento; Precisamos aprender a suportar, ligeiros a carreira, nem dos
"E então, se as suportares bem, principalmente quando um valentes a peleja, mas aquele que
no alto, Deus te exaltará; tu membro de nossa família nos perseverar até o fim será salvo.”
triunfarás sobre todos os teus desaponta. Enquanto exercermos (Ver Ecl. 9:11; Mat. 10:22; Marc.
adversários." (D&.C 121:7-8.) amor, paciência e compreensão, 13:13.)
A promessa feita a Joseph Smith mesmo que não haja nenhum sinal O que é preciso para perseverar
serve para todos nós: " ... se as de progresso, não estamos na corrida pela vida eterna, a fim
suportares bem, no alto Deus te malogrando. Temos de continuar de tomar-se vencedor?
exaltará; tu triunfarás sobre todos tentando. Para ser vencedor na corrida pela
os teus adversários." Acompanhando pela televisão vida eterna, é preciso esforço —
Quando somos chamados a parte dos jogos olímpicos de Los trabalho constante, empenho e
sofrer, devemo-nos perguntar: "O Angeles, sentimo-nos arrebatados suportar com bom ânimo, com a
Filho do Homem sujeitou-se a pelo desempenho desses ajuda de Deus. A chave, contudo, é
todas elas. És tu maior do que excepcionais jovens atletas de todo dar um passo de cada vez.
ele?” (D&C 122:8.) o mundo. Bem como poderíamos O ingrediente essencial no
Quando penso na admoestação comparar aquelas provas e aprendizado da perseverança é
do Salvador, de fazermos competições com a grande esforço consistente. Todos nós
alegremente tudo o que estiver em maratona de que todos encontraremos sofrimento e
nosso poder, lembro-me do pai do participamos — a corrida pela vida obstáculos na corrida pela vida
filho pródigo. O pai estava eterna. Um dos ganhadores da eterna. Poderemos experimentar
medalha de ouro disse que seu esar, tristeza, morte, pecados,
acabrunhado pela perda e má
conduta do filho rebelde. No sucesso era devido à capacidade de E aquezas, desastres, males físicos,
entanto, não existe menção suportar a dor da dedicação e dor, angústia mental, críticas
alguma de que se tenha lamentado: autodisciplina. injustas, solidão ou rejeição. Como
"Em que errei? O que fiz eu para O Apóstolo Paulo compara a enfrentamos e superamos esses
merecer isto?” ou "Onde falhei?" vida a uma grande corrida, quando desafios determinará se serão
Pelo contrário, aparentemente declara: "Não sabeis vós que os pedras de tropeço ou degraus de
suportou sem amargura o mau que correm no estádio, todos, na progresso. Aos valentes, esses
procedimento do filho e, quando verdade correm, mas um só leva o desafios possibilitam progredir e
este voltou, recebeu-o com prêmio? Correi de tal maneira que desenvolver-se.
carinho. "Porque este meu filho o alcanceis.” (I Cor. 9:24.) Conheço uma jovem senhora
A L ia h o n a /J a n eir o 1 9 8 5 21
que acaba de mudar-se para cá, reconhecidamente a alma da
vinda do leste, depois de passar por equipe, enfrentava agora o desafio
um doloroso divórcio. de aceitar simpatia como
Presentemente está a procura de recompensa ou levar a vida avante.
emprego. Certo dia, um Quando alguém lhe perguntava
entrevistador perguntou-lhe quais no início da carreira de ginasta:
eram suas metas, onde pretendia “Não tem medo de machucar-se?",
estar daqui a cinco anos. Ao que ela costumava responder: “Não, a
ela respondeu: ' 'Não consigo gente aceita a glória e aceita os
pensar tão longe. No momento, só percalços. Simplesmente aceitarei
consigo viver um dia de cada vez." o que vier."
E isso que devemos fazer, quando A melhor maneira de medir-se a
enfrentamos provações e reveses. capacidade de Diane de enfrentar a
Suportar bem se consegue com provação e levar a vida avante, é
disciplina pessoal hora por hora, sua formatura na faculdade, dois
dia por dia, não com declarações anos e meio após ficar paralítica do
públicas. tórax para baixo. Presa a uma
São muitos os tipos de cadeira de rodas, raramente perdia
desapontamento e pesares que uma aula, era aluna excelente e
poderemos enfrentar, Já falamos da muito popular entre os colegas e
dor do pecado em nossa vida e na professores.
de nossos familiares. Gostaria de Faz poucas semanas, Diane
mencionar outras coisas que rodou sua cadeira de rodas para
possivelmente sejamos chamados a dentro da sala de aula do terceiro
suportar. ano de uma escola elementar, na
Quero tomar alguns minutos área da Cidade do Lago Salgado, Diane aceitou os percalços e a
para falar de uma bela jovem da engoliu em seco, e nervosa, glória. Ela se importa e
qual nos orgulhamos muito. enfrentou a curiosidade dos alunos. compartilha. Acha graça onde os
Chamá-la-ei de Diane, seu “ Sempre quis ser professora", diz outros não conseguem vê-la!
verdadeiro nome. Diane era com convicção. “Não consigo ‘ 'Estou realmente feliz e contente
capitoa da primeira equipe que lembrar-me de outra coisa de que com minha vida. Não estou
participara do campeonato gostaria m ais." zangada ou amargurada. De certa
feminino de ginástica pela — E participar da Olimpíada? —, maneira, continuo tão atleta
Universidade de Utah. Em Miami, perguntaram-lhe. quanto sempre fui.”
Flórida, na primeiríssima excursão — E, — respondeu pensativa. — Com sua esplêndida atitude e
profissional americana, ela saltou Eu também queria muito. autodisciplina, além da ajuda de
mal durante um treino, caiu sobre Quão animadora sua atitude uma carinhosa família, amigos e
a nuca, danificando a medula positiva: “ Sempre me arranjei alunos, ela continua “perseguindo
espinhal. Seu corpo esguio, perfeitamente bem sozinha com o ouro” . Diane, muito obrigado
delicado, que suportara centenas minha cadeira de rodas no campus, por nos ensinar o que é suportar,
de horas de tediosos e torturantes mas, quando encontrava uma perseverar.
treinos, estava gravemente ferido. ladeira íngreme, arranjava amigos Seja qual for a situação em que
A garota do sorriso deslumbrante, num instante." nos encontramos, atingidos por
alguma tragédia, sofrendo a dor do
Irmãos do Primeiro Quorum dos Setenta, a partir da esquerda: Élderes Franklin D. mau procedimento ou apenas
Richaids, W. Grant Bangerter (atrás), Hartman Rector Jr., Loren C. Dunn, John H. lutando diariamente para levar a
vida de um fiel santo dos últimos
dias, precisamos lembrar-nos de
que “não é dos ligeiros a carreira,
nem dos valentes a peleja, mas
aquele que perseverar até o fim
será salvo” .
Quando éramos crianças, às
vezes nos diziam que tudo ia bem.
Mas na vida não é assim. Não
importa quem somos, certamente
teremos problemas. Tragédia e
frustração são intrusos inesperados
no plano da vida. Alguém
comentou: “Vida é o que lhe
acontece, ,enquanto você faz outros
planos.” E importante que não
consideremos nossas aflições uma
punição de Deus. É verdade que
nossas ações podem causar alguns
problemas, mas muitas vezes não
há nenhum procedimento indevido
que cause nossas tribulações. A
jornada normal pela vida nos
ensina que nada de valor é fácil.
22
Às vezes, a mais difícil forma de
perseverança é tentar ser fiel às
nossas prioridades, compromissos
A A l e g r ia de S ervir
e encargos. Como é fácil alguns de
nós perdermos o caminho, quando Élder Russell C. Taylor
surge na vida o inesperado e do Primeiro Quorum dos Setenta
aparentemente não merecido. A
melhor medida da grandeza de
uma pessoa é como enfrenta ela os
acontecimentos da vida que “Na vida de toda pessoa chega uma hora em que
parecem totalmente injustos* é obrigada a provar com ações o que acredita. ”
desarrazoados e imerecidos. Às
vezes, tendemos a simplesmente
tolerar uma situação, ao invés de
suportar. Suportar é resistir, dezoito meses de serviço dedicado,
enfrentar com firmeza, sofrer sem tem depois uma vida inteira para
desanimar, continuar a ter ou se lembrar dele, enquanto
exibir a condição ou poder de aperfeiçoa uma vida de serviço ao
perseverar. próximo. Alguns gostariam e
Podemo-nos esforçar dia a dia, esperam que as janelas do céu se
para adquirir a capacidade de abram antes de pagarem o dízimo,
perseverar, de sofrer sem apesar de o Profeta Malaquias
desanimar. Inspiração e motivação ensinar tão claramente:
encontramos em muitos lugares, "Trazei todos os dízimos à casa
nos casos citados e em muitos do tesouro... e depois fazeipiova
outros exemplos que vemos por de mim, diz o Senhor dos
toda parte. Podemos igualmente Exércitos, se eu não vos abrir as
tirar forças do estudo das escrituras janelas do céu, e não derramar
e orando constantemente. sobre vós uma bênção tal que dela
Amigos e entes queridos muitas vos advenha a maior abastança."
vezes nos oferecem força e apoio, (Mal. 3:10; grifo nosso.)
quando nossa resolução vacila. Em Na vida de toda pessoa chega
troca, nossa própria força e uma hora em que é obrigada a
capacidade duplica, quando provar com ações o que acredita.
ajudamos os outros a perseverar. Referindo-se à própria vida, diz
Oro para que Deus nos ajude a Jesus: "O Filho do homem não
suportar bem, com propósito e esta ocasião momentosa, veio para ser servido, mas para
poder. Quando assim fazemos, a
significativa declaração em II
Timóteo 4:7 assume uma nova
dimensão:
N minha primeira vez neste
púlpito, sinto-me humilde
servir." (Mat. 20:28.)

e em espírito de oração. Gostaria


O Élder Bruce R. McConkie nos
ensinou com tanta eloqüência que
de compartilhar com o testemunho o serviço é essencial para a
"Combati o bom combate, do coração e o entusiasmo da salvação. Fiquei impressionado
acabei a carreira, guardei a fé." aplicação e experiência, a alegria com a urgência do fazer. Saber não
Quando pesares, tragédia, pessoal proporcionada pelo serviço basta; é preciso aplicar. Ter boa
desapontamentos, injúria, atenção no reino de Deus. vontade não é suficiente,-
indevida, fama ou prosperidade Posso afirmar sem embaraço que precisamos agir. O progresso não é
excessiva se tornam parte da vida, me regozijo no serviço do Senhor. criação de um povo acomodado.
nosso desafio e responsabilidade A experiência ensinou-me que a Cabe a nós, a mim e a vós, nos
será suportá-los bem. Deus há de suprema bênção desta vida é o sentirmos desconfortáveis na
nos amparar no empenho de serviço abnegado à humanidade. O
vencer, triunfar e continuar, se Mestre disse: "O maior dentre vós
humildemente nos rededicamos à será vosso servo." (Mat. 23:11.)
humilde declaração: " ... temos Afirma um sábio ditado:
suportado muitas coisas e "Serviço é o aluguel que pagamos
confiamos na capacidade de tudo pelo nosso próprio espaço na
suportar." (Regras de Fé. 1:13.) terra." Devemos saber que esse
Deus vive. Jesus é o Cristo. Sua aluguel é devido em regime diário
perseverança, uma das marcas de e que o recibo nunca é totalmente
sua grandeza, ergue-se diante de quitado, porque servir no reino de
nós como eterno farol. Durante a Deus volta a ser dívida hoje e
jornada terrena, ele suportou amanhã.
muito bem o sofrimento, agonia e Alguns pensam erroneamente
rejeição insuperáveis. Presto ue a devoção ao serviço acontece
testemunho de que Deus nos epois de uma grande experiência
ajudará a suportar e perseverar, se espiritual. Isto seria como o
nos empenharmos em viver seus homem que está com frio diante da
ensinamentos, buscar sua lareira e diz: 'Aqueça-me que então
orientação e guardar seus te encherei de lenha." A alegria e
mandamentos. Em nome de Jesus bênçãos do servir são resultado do
Cristo. Amém. serviço. O missionário que presta
A Liahuna/Ianeiru 1985 2J
complacência, deixarmos de ser fácil nosso acesso a Deus. Aquele crianças. Sentamo-nos àm esa
espectadores, participarmos do que serve e se sacrifica, vai dormir deles, pousamos quando
jogo da vida. O Senhor escolheu com a consciência em paz. convidados e sempre ajoelhamos
seu povo para realizar uma obra Lembro-me de uma querida irmã em oração e abençoamos o lar, a
grandiosa. Nosso ensino familiar que sofre de artrite deformante nas família, seus chamados e a área
do sacerdócio e Sociedade de mãos, mas todas as semanas, ao para que o serviço missionário
Socorro não deveria apenas chegar pontualmente ao centro tivesse êxito. Agora conheço
funcionai; deveria atuai com amor genealógico de Denver, consegue nossos líderes nessa região. Senti
cristão. Isto pode ser feito; cada um flexibilidade suficiente nos dedos um amor genuíno por eles e
pode fazer seu quinhão da obra para datilografar os nomes correta e percebi o mesmo da parte deles.
porque assim deseja. rapidamente — uma bênção do Penso que sentimos em
Pais e mães, com a força do serviço altruísta. pequeníssimo grau a alegria
vosso exemplo influenciareis Jesus lavou os pés de seus indescritível da glória celestial.
vossos filhos e filhas para a discípulos, pés calejados, suados e Aquele que perder sua vida, salvá-
eternidade muito mais prestando sujos de terra. Não lavou as mãos -la-á. (Ver Lucas 17:33.) Meu nível
serviço com amor e boa vontade do ou o rosto; lavou-lhes os pés. O de espiritualidade realmente se
que apenas com palavras. maior dentre vós será o menor — elevou.
Demonstrai-lhes vosso afeto por aquele que aprende a servir. (Ver Convido os que ainda não são
meio de uma vida de amor e D&C 50:26.) membros da Igreja a sair das filas
serviço para com a Igreja e para Dias depois de chegarmos à de espectadores para se tomarem
com os filhos de nosso Pai Europa, ainda vivendo num participantes da Igreja restaurada
espiritualmente carentes. pequeno quarto de hotel da do Senhor pelo batismo e dom do
Recordo a instrução do Rei Alemanha sem desfazer as malas, a Espírito Santo, para que possam
Benjamim aos pais sobre como Irmã Taylor e eu devíamos também perder a vida servindo e
deviam ensinar os filhos: participar de um seminário de com isto salvá-la.
"Ensiná-los-eis a andar nos presidentes de missão em Meu coração mudou e se
caminhos da verdade e da Amsterdã, Holanda. Aproveitamos enterneceu no decorrer dos anos
moderação; ensiná-los-eis a se as viagens de ida e volta através do serviço. Como último
amarem mutuamente e a servirem providenciadas pelo Representante dos irmãos, convido todos a crescer
uns aos outros.” (Mos. 4:15.) Regional, para conhecer nossos e fortalecer-se no serviço no reino
Conforme se disse sabiamente: líderes na Europa Ocidental. de Deus. Presto testemunho da
' 'Nenhum homem é educado até Depois de dirigir uma hora, divindade desta obra. Presto
aprender a pensar, por mais parávamos numa pequena aldeia igualmente testemunho de que
diplomas que tenha.” Gostaria de para abençoar um líder e sua esta Igreja é dirigida por líderes
acrescentar que o homem que família. Visitamos suas casas. Em inspirados, a quem apóio com toda
pensa há de querer servir. Quanto cada uma delas encontramos uma minha alma, em nome de Jesus
maior nosso serviço, tanto mais esposa encantadora e belas Cristo. Amém.
24
situada ao norte de Meleque, onde
' 'E le V o lto u continuou sua pregação, mas sem
êxito. Satanás conquistara grande
poder entre os habitantes da
R a p id a m e n t e " cidade. E, a despeito das preces e
esforços de Alma, o povo de
Amoniah endureceu o coração e
Élder Robert B. Harbertson não creu em nada do que lhes
do Primeiro Quorum dos Setenta ensinou. Chegaram mesmo a
ultrajá-lo, cuspindo nele e
expulsando-o da cidade.
Decidiu então ir para a cidade de
“Obediência aos mandamentos de Deus e Aarão, desapontado, triste e
disposição de servir têm sido sempre os requisitos angustiado por causa da iniqüidade
do povo de Amoniah. Enquanto
de um verdadeiro discípulo do Senhor Jesus Cristo. ” nesse estado de espírito, apareceu-
-lhe um anjo do Senhor, dizendo-
-lhe que se regozijasse, pois fora fiel
A grande prova do tempo mostra no cumprimento dos
que aquele que se recusa a aceitar mandamentos de Deus desde que
esses princípios verdadeirios acaba recebera sua primeira mensagem
infeliz e insatisfeito, e como diz o divina. O anjo era o mesmo que
Profeta Joseph Smith, "É entregue aparecera a Alma e aos filhos de
a si mesmo, para recalcitrar contra Mosiah, quando eram
os aguilhões, perseguir os santos e extremamente rebeldes,
lutar contra D eus". (D&C 121:38.) prejudicando muito a Igreja. Agora
Encontramos no Livro de o anjo diz a Alma que volte à
Mórmon uma excelente história e cidade de Amoniah e pregue
experiência instrutiva quando novamente ao povo, dizendo-lhes
Alma, filho de Alma, começou a que, a menos que se
estabelecer a Igreja entre seu povo. arrependessem, seriam destruídos
Ele colocou ordem na Igreja e pelo Senhor.
ensinou o Evangelho de Jesus Imagino como deve ter-se
Cristo desde Zarahemla até sentido naquele momento,
Gideon. Passado algum tempo, sabendo e lembrando-se
Alma foi para a terra de Meleque, perfeitamente do que aquele povo
onde teve muito sucesso. O povo lhe fizera. Havia sido injuriado e
ouviu a palavra de Deus e literalmente escorraçado da cidade,
acreditou, e muitos foram e tenho certeza, ameaçado de
rmãos e irmãs, quero que

I
batizados no país inteiro. morte. E agora mandavam-no
saibais que estou aqui como Muito alegre e satisfeito, Alma voltar.
exemplo vivo de definição de partiu para Amoniah, cidade A reação de Alma à ordem é
perseverança do Élder Ashton.
Aguardando minha vez de ocupar o
Eldei James E. Faust do Quorum dos Doze cumprimenta R. LaVell Edwards, técnico
microfone suportei dor, angústia e
principal de futebol da Universidade de Brigham Young, que falou na Sessão do Sacerdócio
todas as outras coisas de que falou. da conferência.
Obediência aos mandamentos de
Deus e disposição de servir têm
sido sempre os requisitos de um
verdadeiro discípulo do Senhor
Jesus Cristo. Paulo ensina que
mesmo o Salvador, embora sendo o
Filho, "aprendeu a obediência por
aquilo que padeceu". (Heb. 5:8.) A
disposição de nos humilharmos e
livrar-nos dos grilhões do egoísmo
parece imperativa para nosso
progresso e genuína felicidade
nesta vida. Isaías escreveu estas
verdades:
"Vinde então, e argüi-me, diz o
Senhor: ainda que os vossos
pecados sejam como a escarlata,
eles se tomarão brancos como a
neve; ainda que sejam vermelhos
como o carmesim, se tomarão
como a branca lã.
"Se quiserdes, e ouvirdes,
comereis o bem desta terra."
(Isaías 1:18-19.)
AL l a h o n a / J a n e ir o 1985 25
muito interessante. Dizem as
escrituras: "E aconteceu que,
tendo Alma recebido essa
O P o d er E spir itu a l
mensagem do anjo do Senhor,
voltou rapidamente à terra de Élder Devere Harris
Amoniah. (Alma 8:18.) do Primeiro Quorum dos Setenta
Não é deveras interessante,
irmãos e irmãs?/'Voltou
rapidamente." É possível que por
sua experiência anterior com o “Paia atingir o máximo em nosso desempenho
anjo não tenha demorado ou em qualquer área de atividade, há necessidade de
questionado, mas obedeceu
imediatamente. Creio, porém, que, certo ingrediente espiritual. ”
na verdade, foi motivado pelo amor
ao Senhor e pelo desejo de ser
obediente. A reação e a atitude de participar no mês passado da
Alma têm-me dado grande força dedicação de um belo templo na
ao procurar servir ao Senhor. distante Austrália, e ver os
Chegando à cidade, Alma milhares de santos maravilhosos
encontrou um homem que lhe deu chegando de todos os recantos
alimento e abrigo. Este homem, daquele imenso país para elevar
chamado Amuleque, teve uma suas vozes em cânticos, oração e
visão e reconheceu em Alma um louvor — uma prova concreta de
profeta de Deus. Alma ficou que estão sendo edificados templos
muitos dias com Amuleque antes em muitas terras pelo mundo afora
de voltar a pregar ao povo. Embora e que milhares de homens e
sendo nefita, Amuleque não mulheres justos, além de crianças,
defendia como poderia as verdades hão de visitá-los para serem selados
de Deus, e se tornara um tanto como família para o tempo e toda a
indiferente. Era um homem de eternidade.
grande prestígio e muito Visitando os santos da Nova
trabalhador, que acumulara grande Zelândia, sentimos o mesmo doce
riqueza. espírito. Nosso espírito foi
Alma foi uma bênção para edificado e nosso testemunho
Amuleque e sua família, enquanto fortalecido. Que grande privilégio
viveu com eles, que lhe tinham participar da dedicação da primeira
um profundo afeto. Finalmente capela SUD em Papua, Nova
Alma recebeu ordem de sair e aros irmãos e irmãs, sinto-

C
Guiné, onde quatrocentos e
profetizar, levando consigo -me muito humilde e oro cinqüenta santos nativos ficaram
Amuleque ao pregar o Evangelho sinceramente que o sentados com os olhos marejados
de Jesus Cristo. Obedecendo, Espírito do Senhor me ampare. de lágrimas enquanto o Élder
Amuleque começou seu trabalho Desde que fui chamado como Robert L. Simpson dedicava a linda
missionário com Alma. autoridade geral em abril p.p., capela. Na mesma reunião, um
Aqui, mais uma vez, irmãos e adquiri um amor muito maior pelo bonito rapaz da Nova Guiné se pôs
irmãs, sou fortalecido e orientado Evangelho de Jesus Cristo e um de pé segurando em uma mão a
sobre como viver e reagir às afeto e apreço bem mais profundo Bíblia e na outra o Livro de
oportunidades que me são dadas de pela mulher maravilhosa que tem Mórmon; erguendo-os bem acima
servir ao Senhor. Amuleque era estado ao meu lado em todas as da cabeça, prestou um vigoroso
rico; vivia com conforto, tinha facetas da minha vida de casado. testemunho do Evangelho de Jesus
uma boa esposa e filhos, era Sou grato pelos cinco filhos que Cristo ao seu povo. Ao fim de uma
benquisto na sociedade; ainda nos apóiam e vivem dignamente, e viagem de aproximadamente cem
assim, aceitou sem hesitar o grato pelos pais que nos ensinaram quilômetros, presenciamos
chamado para servir. princípios corretos e nos deixaram emocionados a fé e o testemunho
Fui recentemente chamado a um maravilhoso exemplo para de nossos membros numa remota
servir. Sinto-me profundamente seguir. Aprendi a querer bem e aldeia da jângal. Por
humilde diante desse encargo e apreciar os homens e mulheres de representarmos o evangelho que
responsabilidade. Não sei por que bem que influenciaram minha tanto amam, deram-nos presentes
fui chamado, mas prometo-vos, vida e estiveram ao meu lado em herdados de seus antepassados e
irmãos e irmãs, reagir muitos chamados da Igreja. que haviam passado de geração em
''rapidamente" a toda e qualquer Sou sumamente grato ao geração. E nós fizemos uma oração
coisa que me mandarem, e sem bondoso Pai nos céus pelo e abençoamos a aldeia antes de
hesitação. privilégio de poder servir na partir. Lágrimas vieram-nos aos
Amo o Senhor Jesus Cristo e presidência de área das Ilhas do olhos quando vimos a fotografia do
presto-vos solene testemunho de Pacífico Sul, sob a liderança e Presidente Kimball pendurada
que ele vive. Ele é o Filho direção de um líder de grande numa parede na distante Nova
ressurreto de Deus; é o nosso espiritualidade, o Élder Robert L. Guiné.
Salvador. Esta é a única igreja Simpson, e tendo como Vendo literalmente a
verdadeira e é boa, do que presto companheiro e amigo o manifestação das profecias de que
testemunho em nome de Jesus conselheiro Élder Philip T. o Evangelho de Jesus Cristo seria
Cristo. Amém. Sonntag. Que grande emoção poder levado a toda nação, tribo, língua e
26
povo, sentimos o espírito da obra
missionária. (VerMosiah 15:28.)
Sou grato pelo espírito do
evangelho, pelo espírito da obra
missionária e pelo espírito de
liderança dos grandes líderes dos
últimos dias. Eu os apóio de todo o
coração.
Os muitos anos de participação
na Igreja mostraram-me que
existem certos princípios básicos
de liderança que fazem a grandeza
dos homens. Para atingir o
máximo no desempenho em
qualquer área de atividade, há
necessidade de certo ingrediente
espiritual. George Washington,
primeiro presidente do nosso país
(Estados Unidos), ajoelhou-se em
Valley Forge buscando o espírito e
orientação de Deus. Abraham
Lincoln, de pé na plataforma do
trem que o levaria de Springfield,
Illinois, para Washington D.C.,
para assumir a presidência dos
Estados Unidos, declarou: "Sem a
assistência de Deus... não terei
sucesso. Com tal assistência, não
posso fracassar." (Ida M. Tarbell, Éldei Richard G. Scott, à direita, da Presidência do Primeiro Quorum dos Setenta,
ed., Selections fiom the Letters, cumprimenta um visitante.
Speeches and State Papeis o f
Abiaham Lincoln, Boston: Ginn comunicação do hçmem com o a terra. Mas existe um pormenor
and Co., 1911, 63.) Criador é a prece. É através dela importante — os poderes dos céus
Esses mesmos princípios de que pode expor seus problemas a não podem ser controlados nem
liderança espiritual fizeram Deus e receber força e alimento manipulados senão pelo princípio
Moisés, Néfi, Abraão e Enoque espiritual. da retidão. (Ver D&.C 121:36.) A
tomarem-se gigantes espirituais Todos nós temos direito à chave, então, para o futuro e
em sua terra. Que poderes do revelação no que diz respeito à utilização dessas bênçãos
espírito Davi usou quando foi ao nossa área de responsabilidade. espirituais é a retidão pessoal.
encontro de Golias? Disse ele: "T u Creio sinceramente que se algum Conforme disse o Presidente
vens a mim com espada e com dia perdêssemos o poder de receber Romney: "Possamos reconhecer
lança, e com escudo; porém eu revelação pessoal na Igreja, não nos que a oração é o instrumento de
venho a ti em nome do Senhor dos restaria coisa alguma. Poderíamos milagres” , e usar o poder e
exércitos, o deus dos exércitos de implantar seus programas, mas orientação do Santo Espírito, não
Israel, a quem tens afrontado. sem esse grande ingrediente dependendo unicamente de nossa
"Hoje mesmo o Senhor te espiritual não conseguiríamos própria capacidade na obra do
entregará na minha m ão.'' (I redimir os santos, converter nações Senhor.
Samuel 17:45-46.) e cumprir a missão da Igreja. Presto-vos testemunho de que
De que fonte emanou o poder Cada um de nós pode ter acesso Deus vive, que o Evangelho de
quando Moisés estendeu o braço a essas grandes bênçãos espirituais Jesus Cristo é verdadeiro, que um
sobre o Mar Vermelho e fez as e a esse grande poder usado por profeta de Deus dirige a Igreja hoje,
águas se separarem para que o povo Davi e Moisés, mas ele tem um que a vida é etema. Acredito que o
pudesse atravessá-lo a seco? preço. Passo a citar: "Eis que homem quer mais do que tem
Meses após a partida da Espanha, muitos são chamados, mas poucos neste mundo. Já vistes algum
a tripulação dos barcos Pinta e são escolhidos. E por que não são homem plenamente satisfeito com
Nina se amotinou, informando a eles escolhidos? o que tem aqui? Parece ter em si
Colombo que se não avistassem "Porque seus corações estão tão um anseio, um anelo, uma
terra dentro de tantas horas, fixos nas coisas deste mundo, e aspiração por algo mais elevado.
inverteriam o rumo para voltar. aspiram tanto às honras dos Acho que um homem sábio do
Colombo contou que foi para seu homens, que não aprendem esta passado o expressou perfeitamene
camarote e orou fervorosamente a única lição — ao dizer: "Deus sem dúvida
Deus e que na mesma noite, 12 de "Que os direitos do sacerdócio plantou as sementes da eternidade
outubro de 1492, avistaram uma são inseparavelmente ligados aos na alma dos homens."
pequena ilha a que deram o nome poderes dos céus. (D&C Presto testemunho de que ele de
de San Salvador, em homenagem 121:34-36.) fato plantou essas sementes, e
ao Redentor. Bem, meus irmãos, o que são os dedico tudo o que tenho à
Testifico que todo membro da poderes dos céus? Eles fazem o edificação do reino de Deus nesta
Igreja tem dentro de si poderes do coxo andar, o cego enxergar, o obra dos últimos dias, e confirmo
Espírito, desde que os busque em morto levantar-se. E foi por esses esse testemunho e essa promessa
retidão. O melhor meio de mesmos poderes que se organizou em nome de Jesus Cristo. Amém.
A L i a h o n a / J a n e ir o 1 9 8 5 27
Espírito de crescer, tomando-me
A A le g r ia d a L u z mais honesta, mais capaz de
exercer o puro amor de Cristo, de
perdoar, de ser paciente, de
P en etran te compreender, de vencer a
indolência, a procrastinação e
outros anseios da mente carnal.”
F. Enzio Busche Sabe que Deus sempre esteve
do Primeiro Quorum dos Setenta presente, mas que ele é quem
estava cego — cegado pelas
tradições do meio, e reflete sobre
as palavras do Profeta Isaías:
“Até que ponto estais permitindo que o poder "Eis que a mão do Senhor não .
dessa voz controle vossa vidal” está encolhida, para que não possa
salvar; nem o seu ouvido agravado,
para não poder ouvir;
adquiriu um novo alento e ' 'Mas as vossas iniqüidades
perspectiva, quando, pela primeira fazem divisão entre vós e o vosso
vez na vida, aprendeu com os Deus,- e os vossos pecados
missionários a orar de verdade — a encobrem o rosto de vós, para que
abrir o coração em sagrado elo com vos não ouça.” (Isa. 59:1-2.)
o Pai Celeste, em lugar de Percebe agora que não importa
murmurar apenas umas poucas quão numerosos sejam os pecados
palavras bonitas. Oh, que grande de um ser humano, é fácil
alegria sentiu ao aprender com os reconhecer sua única fonte ou
missionários que era realmente um origem — a preguiça,
filho literal de um amoroso Pai complacência e cegueira que nos
Celeste! Sentindo cada vez mais a impede de procurar e buscar nosso
luz dentro de si, agora entende o Deus e Rei em todos os aspectos da
verdadeiro propósito da dor, das vida e nos tomarmos plenamente
frustrações e lutas de sua vida seus discípulos. Pela primeira vez
anterior, que o fizeram pensar, entende as palavras do Senhor,
procurar e tomá-lo um sincero Jesus Cristo, quando disse:
interessado na verdade, a fim de "Se alguém quiser vir após mim,
estar preparado para escutar, renuncie-se a si mesmo, tome
quando aqueles dois moços sobre si a sua cruz e siga-me;
bateram à porta. "Porque aquele que quiser salvar
Oh, quanta coisa aprendera a sua vida, perdê-la-á, e quem
omo é maravilhoso estar na desde a primeira sagrada perder a sua vida por amor de mim,

C presença de um profeta
vivo!
Numa populosa cidade do
mundo, um homem contempla da
experiência de conversar com o
Pai, abrindo-lhe o coração! De
repente, passou a compreender o
profundo e significativo sentido da
achá-la-á." (Mat. 16:24-25.)
Compreende que o Senhor sabia
não haver possibilidade de
transigências. Sem plena
janela de seu apartamento o vida. Com profunda gratidão, dá-se dedicação, não podemos realmente
panorama tristonho de um dia conta agora das muitas e preciosas desfrutar sua luz e ser seus
chuvoso. "Hoje não é um dia bênçãos do cotidiano com suas discípulos.
com um ", pensa de si para si, oportunidades de servir e ajudar. "Disse também outro: Senhor,
observando os dois moços, que Com a crescente percepção da eu te seguirei, mas deixa-me
acabaram de fazer-lhe uma visita, necessidade de arrependimento despedir primeiro dos que estão em
desaparecerem no fim da rua. constante, é capaz de preencher minha casa.
Compreende quão ricas bênçãos todas as horas da vida com a "E Jesus lhe disse: Ninguém que
tem recebido desde que começou a presença desse Espírito e, portanto, lança mão do arado e olha para
atentar para o espírito irradiado por de alegria. A cada dia sente como trás, é apto para o reino de Deus.”
aqueles dois humildes se o sol de uma bela manhã de (Lucas 9:61-62.)
embaixadores do Senhor, de A primavera estivesse vivificando e A luz do Espírito dentro dele,
Igreja de Jesus Cristo dos Santos revigorando sua alma após longa e não teme o que seus amigos e
dos Últimos Dias. Realmente não é escura noite ártica. parentes possam pensar, agora que
um dia comum, pois nele foi-lhe Iluminado por essa luz interior, assumiu o nome de Cristo.
permitido, a convite dos dois vê as pessoas deste mundo como Possivelmente não o entenderão e
jovens missionários, fazer realmente são — correndo de lá talvez até caçoem dele. Ele, porém,
convênio com seu Pai Celestial para cá em sua vaidade, suas vãs sente agora como será fácil amá-los
para a remissão de seus pecados ambições e falta de percepção da mesmo assim, pois os compreende
pelo batismo e receber o dom do grandiosidade de Deus e seu plano melhor do que antes; e fará tudo o
Espírito Santo. de salvação; está aprendendo a que puder para mostrar que se
"Sempre achei que não era um perceber que o único fardo, a única interessa por eles, que poderão ser
grande pecador” , reflete. "Sempre dor e única frustração do ser iluminados pela luz que penetra
cuidei de minha família; fui bom humano é o peso do erro, o peso do nas trevas de sua vida.
pai e um bom marido para minha pecado. "Que experiência Pela luz e poder do Espírito
querida esposa, já falecida.” sagrada", reflete ele, "aprender Santo, compreendo quão grande é o
Recorda-se como sua vida quem sou e o sublime mandado do privilégio de o Senhor permitir e
28
Autoridades Gerais em uma sessão da conferência: na fila de cima, a Primeira Presidência, à esquerda, e m em bros do Quorum dos Doze-,
na segunda fila, a Presidência do Primeiro Quorum dos Setenta: e abaixo à direita, m embros do Primeiro Quorum dos Setenta.

nos ordenar que paguemos o levado a crescer em reverência, que mesmos, se fósseis chamados pela
dízimo, e nos convidar a servir, as palavras de suas preces foram morte neste momento, que vos
para que, com nossas ações, rareando até cessarem, haveis humilhado
possamos mostrar diariamente transformando-o de alguém que suficientemente? Que vossas
nosso grande amor ao Pai fala em alguém que escuta — vestimentas foram limpas e
Celestial. escuta a voz suave e mansa cuja embranquecidas pelo sangue de
Não, não é difícil largar o mundo palavra é viva e poderosa, e ' 'mais Cristo, que virá para redimir seu
com sua fome de luxúria, sede de penetrante do que a espada de dois povo de seu pecado?...
prazeres e anseio de poder; deixar o gumes". (D&C 6:2.) "Eis que ele envia um convite a
mundo debatendo-se no atoleiro do Meus queridos irmãos e irmãs todos os homens, pois que seus
egoísmo. Dá-se conta de que, no convênio, quão abençoados braços de misericórdia estão
colocando a vida nas mãos do Pai somos por nossos olhos terem sido estendidos para eles, e diz:
Celestial, tomou-se um discípulo abertos e nosso coração haver sido Arrependei-vos e eu vos receberei.”
de Cristo e sentiu em sua tocado com a percepção dessa (Alma 5:14, 27, 33.)
plenitude a doçura da luz divina — verdade! Meus caros irmãos e irmãs,
da luz e do poder do Espírito Santo. Deixando agora esse membro aprendamos a nos guiar sempre
Já não se satisfaz mais com a luz recém-batizado na maravilhosa pela poderosa compreensão da
que encontra no mundo. Não, experiência de uma nova vida, necessidade de uma constante
jamais conseguirá esquecer-se de convido-vos a ponderar no espírito mudança de coração, de que a luz e
seu Salvador e Mestre! do amor de Deus: Até que ponto o poder do Espírito Santo nos pode
Aprecia imensamente o privilégio estais permitindo que o poder penetrar sempre, tomando-nos
especial de poder renovar todas as dessa voz controle vossa vida? melhores pais e mães, marido e
semanas, no dia do Senhor, seu Consideremos as palavras de Alma, mulher, filhos e filhas,
convênio no sagrado símbolo do o profeta: trabalhadores mais operosos —
sacramento. O poder dessa luz fá- "E agora vos pergunto, meus com o sonho e visão de tocar a vida
-lo saber que sempre ouvirá aquele irmãos da igreja: Haveis nascido de todos os filhos de nosso Pai
Espírito que ensina o homem a espiritualmente de Deus? Haveis Celeste e levar a revolução final a
orar, do qual testificou Néfi, o recebido sua imagem em vossos todos os povos deste mundo —
profeta que acaba de conhecer: " ... semblantes? Haveis experimentado uma revolução sob o comando do
se escutardes o Espírito que ensina essa poderosa mudança em vossos único líder da verdade, sem o qual
o homem a orar, sabereis que corações?... não haverá paz nem salvação,
deveis orar.” (2 Néfi 32:8.) "Tendes andado conservando- mesmo o Senhor Jesus Cristo.
Agora entende que, pela -vos inocentes diante de Deus? Digo isso humildemente em seu
autoridade desse Espírito, foi Poderíeis dizer dentro de vós nome, amém.
A L ia h o n a /J a n e ir o 1 9 8 5 29
maligno! Oh! A vaidade, fraqueza e
P r o t e g e r a L in h a de insensatez dos homens! Quando
são instruídos, pensam que são
sábios e não ouvem os conselhos
F o r ç a E spir it u a l de Deus, pondo-os de lado,
supondo que sabem por si
mesmos; portanto, sua sabedoria é
Élder Russell M. Nelson insensatez e não lhes traz proveito.
do Quorum dos Doze Apóstolos E eles perecerão.
' ‘Mas é bom ser instruído
quando se ouve os conselhos de
Deus.” (2 Néfi 9:28-29; grifo
“Nossa linha de foiça espiritual é fortalecida nosso.)
pela oração. Ao nos aconselharmos com Deus em O que acontece sem o saber
espiritual? O que acontece ao
tudo que fizermos, ele nos dirigirá para. o bem. ” piloto de um planador quando se
interrompe a ligação com o avião
que o reboca? Poderá plainar, subir,
voltear mas no final só lhe resta
força espiritual permite-nos uma direção a seguir e esta é
aprender, trabalhar, ser obediente à descer!
lei e amar. Embora nos levem a Temos de adquirir saber, mas
realizações, esses mesmos devemos aplicá-lo com sabedoria.
atributos trazem consigo certos Do contrário, teremos política sem
riscos. princípios, indústria sem
moralidade, conhecimento sem
O Poder de Aprender sabedoria, ciência sem
humanidade!
Consideremos o poder de
aprender. Como é essencial para O Poder de Trabalhar
nosso progresso, sejamos um
profissional liberal, vendedor, Consideremos o poder de
fazendeiro ou dona-de-casa. trabalhar. O trabalho bem feito
No entanto, o conhecimento aumenta nossa capacidade de fazê-
pode ser mal empregado! Uma -lo. Dizia freqüentemente o
inteligência brilhante mal Presidente Heber J. Grant: "Aquilo
orientada pode destruir sua linha em que persistimos toma-se mais
de força espiritual. Certas almas fácil para nós; não que a natureza
"instruídas” se deleitam em da coisa em si mudou, mas porque
desviar outras, sempre em nome nossa capacidade de fazê-la
m dia, enquanto podava a do pretenso saber. Anos mais aumentou." (Conference Report,

U sebe e trepadeiras lá de
casa, tive uma experiência

podadeira elétrica presa a uma


tarde, suas vítimas talvez
percebam que subiram a escada do
conhecimento só para dar-se
interessante. Estava usando minha
finalmente conta de que está
apoiada em parede errada. Um
abril de 1901, p. 63.)
Diz o Senhor por intermédio de
Léhi, seu profeta: "É necessário
que haja uma oposição em todas as
coisas.” (2 Néfi 2:11.) Assim, na
longa extensão, fá fizera isto
muitas vezes, sempre me profeta do Senhor nos aconselha realidade, a competição nos força a
lembrando de usar a podadeira com nesse sentido: melhorar, merecendo nosso louvor
muito cuidado para não cortar "Oh! Quão astuto é o plano do e gratidão. Sem ela não
coisas que não devia.
De repente, as lâminas Élder L. Tom Perry, à direita, do Quorum dos Doze, com Élder Keith W. Wilcox,
emperraram; preso entre elas recentemente apoiado m em bro do Primeiro Quorum dos Setenta.
estava o próprio fio extensor. Não o
tendo visto no meio da folhagem
cerrada que estava podando, eu
havia cortado a própria linha de
força para o trabalho.
' 'Não é uma das grandes lições
da vida?” pensei. "A força mal
empregada é capaz de destruir sua
própria fonte.”
Exatamente como a utilização
descuidada da força elétrica pode
"cortar” , seu fornecimento, é
possível que o uso impróprio do
poder espiritual interrompa nossa
linha de força espiritual. Com isso
perderíamos justamente aquilo que
nos permite gerar sucesso na vida.
O uso correto de nossa linha de
30
conseguiríamos alcançar nosso não conseguia ver o rosto da mãe mim levou-a a lecionar durante os
pleno potencial. diretamente e, olhando a imagem primeiros anos de nosso
Nosso esforço, porém, poderá ser dela pelo espelho colocado acima casamento. Quando a situação
mal orientado. Podemo-nos de sua cabeça, perguntou: apertava, arranjava um outro
empenhar zelosamente numa "Mamãe, posso pegar um serviço à noite. Certa vez quando
causa sem sentido. Ou fazer algo biscoito?” Jamais me esqueci as coisas estavam particularmente
errado cem vezes e chamá-lo de daquela lição do poder do amor. difíceis, chegou mesmo a vender
experiência! Alguns gostariam de Essa mulher, virtualmente inválida sangue seu entre um e outro
ficar ricos sem trabalhar ou ter e certamente incapaz de exercer trabalho para nos manter à tona.
uma posição honrosa sem se fisicamente qualquer autoridade (Seus queridos pais possivelmente
preparar para ela. Os lamanitas materna, influenciava ternamente imaginaram, naquela ocasião, que
convertidos nos ensinaram esta seu lar unicamente com o poder do espécie de genro tinham!) Lembrei-
lição: "Antes sacrificar suas vidas amor! -me do incidente muitos anos mais
que derramar o sangue de seus O poder do amor entre um tarde quando necessitou de uma
irmãos;... antes dar a um irmão homem e uma mulher é transfusão urgente e o banco de
que tirar-lhe; e em vez de perder igualmente especial. O amor sangue não dispunha do tipo
seus dias vadiando, muito compartilhado com minha querida compatível. Que privilégio poder
trabalhariam com suas m ãos." companheira Dantzel, tem dar-lhe diretamente do meu.
(Alma 24:18.) aumentado o poder de amar de nós Pode o poder do amor ser mal
dois. Esse amor nos levou ao altar empregado? Infelizmente sim. A
O Poder de Obedecer à Lei no templo do Senhor. Seu amor a união ilegítima dos sexos tem sido,

A seguir, consideremos o poder


da obediência à lei. Uma das
grandes aplicações do poder
espiritual é obedecer às leis de
Deus e do homem. A liberdade de
agir e o controle de nossas ações
emanam ambos da lei. "Quando
de Deus obtemos uma bênção, é
pela obediência àquela lei na qual a
bênção se baseia." (D&C 130:21.)
Reaprendi isso tão bem do
Presidente Kimball. Certa ocasião
em que precisou de uma cirurgia
que eu deveria realizar, primeiro
me pediu uma bênção do
sacerdócio. Em seguida disse:
' 'Agora pode fazer o que for preciso
para que a bênção se cumpra.”
Ele sabia, e eu também, que nem
mesmo o profeta de Deus pode
furtar-se à lei. Nem mesmo para o
Filho de Deus a lei divina podia ser
violada!

O Poder de Amar
Consideremos o poder de amar.
Lembro-me de certa mãe que
conheci ao atender a um chamado
domiciliar. Ela encontrava-se
confinada a um pulmão de aço. A
poliomielite havia devastado
praticamente todos os músculos
necessários à respiração, de modo
que sua vida dependia totalmente
do enorme aparelho metálico e do
motor elétrico que acionava seu
ruidoso fole.
Durante a visita, fiquei
observando o relacionamento dos
três filhos com ela. O mais velho
interrompeu nosso trabalho para
pedir licença para visitar um amigo
durante uma hora. Depois o
segundo veio pedir a ajuda da mãe
num problema de aritmética.
Finalmente, apareceu a
menorzinha que de tão pequena
A L ia h o n a /Ja n eir o 1985 31
Nosso Pai é um Deus de ordem!
Ninguém mais além do presidente
recebe revelação para governar a
Igreja. O pai da casa vizinha não
receberá revelação para a família ao
lado.
E possível menosprezar ou
mesmo fazer uso indevido do poder
espiritual. Alguns têm usado mal o
poder da oração transformando
essa comunicação sagrada em coisa
trivial. Certos santos bem
intencionados chegam mesmo a
fazer as coisas certas por motivos
errados, concentrando-se
cegamente nas p e rc e n t a g e n s de
seus relatórios em vez de nas
p esso a s preciosas que servem.
Exatamente como cortar o fio da
podadeira, é possível usar-se o
poder espiritual com tamanho
a meu ver, uma das grandes causas aconselharmos com Deus em tudo descuido a ponto de interromper o
de sofrimento. Em alguns casos, o que fizermos, ele nos dirigirá para acesso à sua fonte. Conheço um
uso indevido desse sagrado atributo o bem. (Ver Alma 37:37.) A oração marido que domina a esposa como
físico tem mesmo impedido que está sempre à nossa disposição! se fosse propriedade sua. Parece
fosse exercido anos mais tarde. Entretanto, o Senhor aguarda a considerá-la mais ou menos como
Mal usado, o poder de amar pode nossa iniciativa. Ele espera que seu automóvel ou pasta, que usa
destruir o poder espiritual. Quando procuremos sua força, exatamente para sua própria comodidade. E
abusado, é capaz de destruir o como enfiamos o plugue na conheço uma mulher que domina
amor, restando apenas os fac- tomada elétrica. Diz ele: "Se o marido a ponto de fazê-lo perder
-símiles baratos da lascívia e p e d ire s , receberás revelação sobre todo o respeito próprio.
sensualidade na esteira do prazer revelação, conhecimento sobre Lembrai-vos de que "os direitos
sem consciência. Em vez de conhecimento, para que possas do sacerdócio são
banquetear-se na mesa generosa do conhecer os mistérios e as coisas inseparavelmente ligados aos
amor com sua própria posteridade, pacíficas — aquilo que traz alegria, poderes dos céus, e que os poderes
a pessoa é obrigada a contentar-se que traz vida eterna." (D&C dos céus não podem ser
com migalhas que caem da mesa, 42:61; grifo nosso.) A retidão controlados nem manipulados a
com o refugo do que poderia ter pessoal e o estudo das escrituras n ã o s e r pelo princípio da retidão".
usufruído. nos capacitam a tirar mais proveito (D&C 121:36; grifo nosso.)
As cinzas do "am or” consumido desse poder. O uso injusto da autoridade do
soltam fumaradas de tristeza. As O uso correto da força ou poder sacerdócio interrompe
brasas do mal continuam ardendo. espiritual inerente ao sacerdócio seguramente a conexão com a
E enquanto vozes ruidosas resulta em recompensas! E são tão Fonte dessa autoridade. (Ver D&C
continuam discutindo, lembremo- grandes que quase ultrapassam a 121:37.)
-nos de que aqueles que advogam o compreensão humana. Aos casais A adoração reforça a linha de
aborto já nasceram! Os que que dispõem desse sacerdócio e o força que nos liga à Deidade. S e m
abertamente negam a Deus com compartilham retamente e sa crifício n ã o e x is te verdadeira
atos imorais e agnósticos, um dia permanecem fiéis à lei do convênio adoração, e n ã o h á sa crifício s e m
descobrirão que ele tem o mesmo do casamento eterno, suportando u m a ca u sa . A causa que merece
direito de repudiá-los! (Ver 3 Néfi os anos difíceis e desafiantes de nosso amor e prioridade é a causa
28:34.) fraldas e pratos sujos, de cozinhas de fesus Cristo.
apertadas e pouco dinheiro, do Falando de sua expiação, o
A Fonte do Poder Espiritual serviço na Igreja, educação e estudo Salvador proclamou: ‘ 'Eu para isso
até altas horas da noite, o Senhor nasci, e para isso vim ao mundo.”
A fonte de nosso poder espiritual faz esta promessa: "Surgireis na (João 18:37.) Seu exemplo de
é o Senhor! A fonte suprema de primeira ressurreição; ... e adoração, sacrifício e dedicação à
poder espiritual é Deus, nosso Pai. herdareis tronos, reinos, causa toma-se nosso! Ele é a fonte
O mensageiro desse poder é o principados, e p o d e re s , domínios... suprema de todo nosso poder para
Espírito Santo. E um poder que e (haverá) uma continuação das fazer o bem.
difere da força elétrica. Um sementes para todo o sempre." Protegendo cuidadosa e
aparelho elétrico c o n s o m e força. O (D&C 132:19; grifo nosso.) fervorosamente a linha de força
uso do poder ou força divina A linha de força espiritual espiritual que nos liga ao Salvador,
rea b a stec e nossa força. Enquanto transmite revelação. Ela é dada ao tomamo-nos mais semelhantes a
que a força elétrica só pode ser presidente para a Igreja, e aos ele!
usada por p erío d o s lim ita d o s o líderes e professores em seus De seu sagrado nome e missão
poder ou força espiritual pode ser respectivos chamados. A revelação presto solene testemunho, e
usado por todo o tempo e pessoal é dada para a glorificação testifico sua sagrada filiação divina.
ete rn id a d e ! dos membros individuais e Que esta é a sua Igreja, declaro
Nossa linha de força espiritual é famílias na Igreja. São linhas bem fervorosamente em nome de Jesus
fortalecida pela oração. Ao nos isoladas e não se confundem! Cristo. Amém.
32
temporais inesperados na vida.
' 'M e st r e , o M a r se Uns poucos, embora passageiros
como os do Mar da Galiléia,
podem ser violentos, assustadores
R evo lta ' ' e potencialmente destruidores.
Como pessoa, como família, como
comunidade, como nação, até
Élder Howard W. Hunter mesmo como Igreja, temos visto
do Quorum dos Doze Apóstolos surgir borrascas súbitas que nos
fizeram indagar: "Mestre, não se te
dá que pereçamos?" E seja como
for, sempre ouvimos na calmaria
“Havia paz nos lábios e coração do Salvador, por após a tempestade: "Por que sois
mais que rugisse a tempestade. Seja assim conosco. tão tímidos? Ainda não tendes fé?"
Nenhum de nós gosta de pensar
Não devemos esperar passar pela vida, individual que não tem fé, mas suponho que a
ou coletivamente, sem enfrentar oposição. ” mansa reprimenda do Senhor é
quase sempre merecida. O grande
Jeová no qual professamos confiar
e cujo nome assumimos, é aquele
Salvador procurou uma posição que falou: "Haja uma expansão no
melhor para ensinar, entrando meio das águas, e haja separação
num barco que mandou afastar entre águas e águas." (Gên. 1:6.) É
alguns metros da margem. Assim, também aquele que ordenou:
podia ser visto e ouvido pela "Ajuntem-se as águas debaixo dos
multidão ávida de suas palavras e céus num lugar; e apareça a porção
ensinamentos. seca.” (Gên. 1:9.) Além disso, foi
Após o sermão, o Salvador quem separou as águas do Mar
convidou seus discípulos a se Vermelho, permitindo que os
juntarem a ele, a fim de seguirem israelitas passassem sem se
juntos para a margem oposta. O molhar. (Ver Êxodo 14:21-22.) Sem
Mar da Galiléia fica uns duzentos e dúvida não é de surpreender que
quatro metros abaixo do nível do tivesse domínio sobre uns poucos
mar, o que provoca temperaturas elementos agindo sobre o Mar da
bastante elevadas. As colinas que o Galiléia. E nossa fé deve assegurar-
rodeiam são bastante escarpadas e -nos de que ele pode acalmar as
altas. O ar mais frio que desce das águas revoltas de nossa vida.
colinas encontra o ar quente que Gostaria de lembrar a história de
sobe do lago, provocando Mary Ann Baker. Seu único e
temporais súbitos e violentos, querido irmão sofria do mesmo
porém de curta duração. Foi
exatamente um desses temporais
ns cento e trinta ue atingiu Jesus e seus discípulos

U quilômetros ao norte de
Jerusalém, existe um belo
urante a travessia do lago ao
anoitecer. Eis como o descreve
Marcos:
lago conhecido nos tempos bíblicos
como Mar de Quinerete e Lago de “E eles, deixando a multidão, o
Genesaré, mas que hoje levaram consigo, assim como
conhecemos melhor como Mar da estava, no barco; e havia também
Galiléia. É um lago de água doce com ele outros barquinhos.
com cerca de dezenove "E levantou-se grande temporal
quilômetros de comprimento e de vento, e subiam as ondas por
onze de largura. O Rio Jordão o cima do barco, de maneira que já
atravessa correndo do norte para o se enchia.
sul, em busca do Mar Morto. "E ele estava na popa dormindo
Esse é o lago que Jesus já sobre uma almofada, e
conhecia como criança e jovem, despertaram-no, dizendo-lhe:
pois sua margem ocidental distava Mestre, não se te dá que
de sua casa em Nazaré apenas uns pereçamos?
vinte ou vinte e poucos "E ele, despertando, repreendeu
quilômetros. Era para esse lago e as o vento, e disse ao mar: Cala-te,
colinas próximas que Jesus voltava aquieta-te. E o vento se aquietou, e
freqüentemente durante os houve grande bonança.
exaustivos anos de seu ministério "E disse-lhes: Por que sois tão
público. tímidos? Ainda não tendes fé?
Numa de suas passagens pela "E sentiram um grande temor, e
Galiléia, o Salvador pregou à diziam uns aos outros: Mas quem é
multidão reunida às margens do este, que até o vento e o mar lhe
lago. Com o povo comprimindo-se obedecem?" (Marcos 4:36-41.)
cada vez mais em tomo dele, o Todos nós temos enfrentado
A L ia h o n a , / a n e ir o 1 9U5 .í.i
Membros do Quorum dos Doze, a partir da esquerda, Élderes Dallin H. Oaks, Russell M. Nelson, Neal A. Maxwell e James E. Faust.

mal respiratório que havia ceifado Ann Baker. E depois, este belo e comovente
a vida dos pais. Por isso deixou seu Mas com o passar dos dias e refrão:
lar em Chicago para viver num semanas, o Deus da vida e amor
mais ameno clima no sul dos começou a acalmar o vento e as As ondas atendem ao teu querer,
Estados Unidos. ondas do que essa doce jovem “Sossegai!”
Por algum tempo pareceu estar chamava de "seu coração Seja encapelado o mar,
melhorando, mas uma recaída profano” . Sua fé não apenas A ira dos deuses, o gênio do mal,
inesperada fê-lo morrer em pouco retornou mas floresceu e como Jó, Tais águas não podem a nau tragar
tempo. Mary Ann e sua irmã em outros tempos, ela aprendeu Que leva o Mestre do céu e mar.
ficaram inconsoláveis. E sua dor novas coisas, coisas 1'maravilhosas Pois todos ouvem o seu mandar:
era pior ainda por não terem demais” para conhecer antes de ‘ ‘Sossegai ’ Sossegai!
condições físicas nem financeiras seu desespero. No Mar da Galiléia, “Convosco estou para vos salvar,
de ir buscar o corpo do irmão ou o despertar da fé dos discípulos foi “Paz, paz, gozai!”
pagar seu translado para o afinal mais importante que
sepultamento em Chicago. acalmar as ondas, e assim foi com Muitas vezes, receio, tanto na
Os Baker haviam sido criados ela. vida como cantando este hino,
como fiéis cristãos, mas a Mais tarde, à guisa de deixamos de ressaltar a doce paz da
confiança de Mary no Deus de testemunho pessoal e por se última estrofe:
amor não resistiu ao impacto da importar muito com a fé
morte do irmão e sua própria demonstrada por seus semelhantes Mestre chegou a bonança, em paz
condição miserável. que seria provada pelo desespero eis o céu e o mar!
"Deus não se importa comigo essoal, ela escreveu a letra do O m eu coração goza calma, que
nem com os m eus," dizia ela. ino que cantamos: "Mestre, o não poderá findar!
"Esta manifestação, em particular, Mar Se Revolta.” Gostaria de Fica comigo, ó Mestre, dono da
do que chamam de 'divina compartilhá-la convosco. terra e céu,
providência’ é indigna de um Deus E assim chegarei a bom porto, sem
de am or." Isto não soa um tanto M estie o m ar se revolta, as ondas m ais vaguear ao léu.
familiar? nos dão pavor! (Hinos, nP 106.)
"Sempre procurei acreditar no O céu se reveste de trevas, não
Cristo e dar ao Mestre uma vida tem os um Salvador! Todos sofremos adversidades na
consagrada,” diz ela, "m as isto é Não se te dá que morramos, podes vida. Penso que devemos contar
mais do que consigo suportar. O assim dormir! com isso. Parte dela será
que fiz para merecê-lo? O que Se a cada m om ento nos vemos, já potencialmente violenta, danosa e
deixei de fazer para que Deus se prestes a submergir! destrutiva. Parte dela poderá
vingue de mim dessa maneira?” chegar a pôr à prova a nossa fé no
(Emest K. Emurian, Living Storíes Mestre, tão grande tristeza, m e Deus de amor que tem poder para
o f Famous Hymns, Boston: W. A. quer hoje consumir; nos dar alívio.
Widdle Co., 1955, pp. 83-85.) A dor que perturba m inh 'alma, eu Diante dessas ansiedades, penso
Presumo que todos já tivemos peço-te vem banir! que o Pai Celeste nos diria: "Por
ocasião de clamar, individual ou De ondas do m al que m e que sois tão tímidos? Ainda não
coletivamente, diante de um mar encobrem, quem m e fará sair! tendes fé?” E obviamente tem de
revolto: ' ‘Mestre, não se te dá que Eu pereço sem ti, ó m eu Mestre, ser uma fé para a jornada inteira, a
pereçamos?" E assim bradou Mary depressa vem-m e acudir! experiência completa, a plenitude
34
de nossa vida, não simplesmente SESSÃO DO SACERDOCIO
aqui e ali e nos momentos 6 de outubro de 1984
tempestuosos. No fim da jornada,
um fim que nenhum de nós
consegue ver agora, nós diremos:
"Mestre, chegou a bonança... Fica
comigo, ó Mestre, e assim chegarei C a sa m e n t o E t e r n o
a bom porto, sem mais vaguear ao
léu." Élder Marion D. Hanks
Jesus disse: "No mundo tereis do Primeiro Quorum dos Setenta
aflições; mas tende bom ânimo, eu
venci o mundo." (João 16:33.) É
falou na mesma ocasião: "Deixo-
-vos a paz, a minha paz vos dou,- “Os princípios e convênios do evangelho,
não vo-la dou como o mundo a
dá." (João 14:27.) Durante toda a
particularmente os do templo, são a melhor base
vida e ministério ele falou de paz, e possível para se edificar uma sóhda união. ”
ao sair do sepulcro e aparecer aos
discípulos, sua saudação foi: "Paz
seja convosco." (João 20:19.)
Mas Jesus não foi poupado de existem: que nosso Pai Celestial
sofrimento, dor, angústia e providenciou que o vínculo
bofetadas de Satanás. Língua matrimonial e familiar possa ser
alguma é capaz de descrever o estabelecido de forma eterna; e que
fardo indizível que carregou, como o casamento, para que possamos
também não temos o esperar alegremente seja eterno,
discernimento para entender o precisa ser bom aqui, tem que ser o
Profeta Isaías quando o descreve centro de um lar e uma família
como "homem de dores". (Isaías feliz.
53:3.) Seu barco sofreu embates Quero testificar também que os
durante quase toda vida e, pelo princípios e convênios do
menos aos olhos mortais, acabou evangelho, particularmente os do
espatifando-se fatalmente nas templo, são a melhor base possível
rochas do Calvário. Somos para se edificar uma sólida união,- e
instruídos a não olhar a vida com que um casamento assim jamais
olhos mortais; pela visão acontece; não é fruto de simples
espiritual, sabemos que na cruz cerimônia ou circunstância ou
estava acontecendo coisa bem acaso, mas de duas pessoas
diferente. maduras que se amam, capazes e
Havia paz nos lábios e coração dispostas a aprender os princípios
do Salvador, por mais que rugisse a fundamentais para um casamento
oi-me designado falar-vos a vital e durável, e que se esforçam

F
tempestade. Seja assim conosco —
em nosso próprio coração, em respeito do casamento eterno para edificá-lo dia por dia, ano por
nosso lar, em nossa nação e até e oro que minha preparação e ano.
mesmo nos bofetões de Satanás espírito estejam à altura desse A maioria dos aqui reunidos hoje
que a Igreja suporta de tempos em assunto tão sagrado. são casados. Muitos estão-se
tempos. Não devemos esperar Certo dia, numa linda sala de aproximando da época apropriada
passar pela vida, individual ou selamento do templo, conversei para esse empreendimento vital.
coletivamente, sem enfrentar com um garotinho todo vestido de Vocês, rapazes, que têm idade
oposição. branco, pronto para ser selado com bastante para participar desta
Um dos mais sábios romanos da seus irmãos e irmãs numa reunião, têm também idade
antigüidade externou certa vez cerimônia sagrada aos pais. suficiente para começar a pensar
uma grande verdade do evangelho, Perguntei-lhe: seriamente conosco sobre certos
provavelmente sem jamais dar-se — Por que vocês estão aqui no princípios vitalmente importantes
conta. Falando do poder naval de templo? no futuro.
Roma e da absoluta necessidade de — Para sermos selados, — Portanto, falarei (1) do
controlar os oceanos, Cícero disse respondeu. casamento no templo como base
a um assessor militar: "Aquele que — O que significa ser selado? (2) para uma união feliz, eterna, (3)
comanda o mar, domina tudo." — Nós vamos ser uma família- edificada sobre o sólido alicerce dos
(Ver W. Gumey Benham, -para-sempre. convênios do evangelho, (4) por
Putnam ’s Com plete B ook of — Ahn, vocês vão ser uma dois adultos honestos que
Quotations, New York: G. P. família-para-sempre. Você deve ter aprendem e crescem juntos. E (5)
Putnam's Sons, 1926, p. 505.) uma família boa e feliz para querer do sacerdócio de Deus como a
Disso eu testifico. estar com ela para sempre. Vocês autoridade pela qual são
"Seja encapelado o mar, a ira dos são uma família feliz? administrados os convênios — do
homens, o gênio do mal; tais águas — Sim senhor! — confirmou- sacerdócio não como comissão de
não podem a nau tragar, que leva o -me. superioridade ou domínio, mas de
Mestre do céu e mar; pois todos Aquele belo rapazinho já serviço, de liderança afetuosa e
ouvem o seu mandar: 'Sossegai!'" começava a compreender dois dos exemplo fiel no lar, através do
Em nome de Jesus Cristo. Amém. mais importantes princípios que Espírito do Senhor.
A L ia h o n a /J a n e ír o 1 985 35
qualificados nos sagrados templos humor e disposição, e genuina
do Senhor. consideração pelas necessidades
recíprocas, propõe-se tom á-la uma
2. U m a U nião Feliz, Eterna. vida feliz. Riem bastante e choram
pouco. São carinhosos, atenciosos
Mas o casamento destinado a e solícitos: o bilhete, o telefonema,
durar para sempre será um bom a palavra gentil, a resposta
casamento, que cresce e se compreensiva, a emoção de voltar
aprimora. As vezes, os elementos para junto dela, a espera de que ele
distintos do casamento no templo chegue.
são considerados exclusivos em As pessoas casadas são
duração e autoridade. Logicamente n a m o ra d o s numa união criativa
todo aqule que chega ao templo especial, abençoados com a
para casar-se sabe que a cerimônia misteriosa força que os atrai um ao
é celebrada pela autoridade de outro, às vezes da casa ao lado,
Deus para o tempo e eternidade. A outras do outro lado do mundo.
extraordinária cerimônia revelada, Essa força de origem divina precisa
junto ao altar do templo, ser amparada por outras qualidades
entretanto significa m u it o m a is — respeito, lealdade, integridade
que isso. A qualidade do vínculo — para ser o que deve. Ser capaz de
assim estabelecido é da máxima dar-se com plena confiança e
importância. Promessas receber o outro plenamente com
1. C asam ento no Tem plo maravilhosas são seladas sobre o alegria e gratidão, é uma bênção
homem e a mulher no casamento que adquire mais sentido de ano
O casamento honroso é no templo, e a concretização das para ano e para sempre.
aprovado pelo Senhor. As bênçãos prometidas está Anos atrás, uma irmã arrasada
escrituras na verdade ensinam que diretamente relacionada ao resumiu em seis tristes palavras a
o "casamento é ordenado por entendimento e cumprimento dos desintegração de um casamento e a
Deus" para seus filhos (D&C solenes compromissos que loucura de achar que a união física
49:15), e também que "tudo assumem entre si e com o Senhor. pode resistir sozinha, que é o
quanto Deus faz durará Esses compromissos assumidos bastante sem bondade,
eternamente". (Ecl. 3:14.) O num templo são exclusivos e consideração e outras qualidades
caminho do casamento eterno é permanentes — envolvem a pessoa essenciais, dizendo: "Não nos
cheio de esperança e promessa, e inteira, c o m o está, por toda a restou nada para expressar."
destinado a conduzir à felicidade jornada. Nenhum dos dois, E os casais deveriam ser b o n s
aqui e a uma mordomia eterna evidentemente, continuará sendo o amigos-, nenhuma relação na terra
semelhantes à do próprio Deus. que é; ambos crescerão e necessita tanto de amizade quanto
No princípio, depois de progredirão em inúmeros sentidos. o casamento.
preparada a terra, Deus reuniu no Mas essa cerimônia matrimonial Possuo uma carta escrita por
Jardim homem e mulher, dando-se não admite condição ou reservas, uma jovem viúva imigrante nos
o primeiro casamento. EÍes ainda salvo unicamente a fidelidade dos primórdios da Igreja. Foi escrita em
não estavam sujeitos à morte envolvidos. Baseada nesse sólido 1848 em Honeycreek, Missouri
terrena e seu casamento não tinha alicerce, a nova família passa dirigida à sua sogra e cunhada. O
nenhum limite de validade. Deus alegremente a aprender como viver marido falecera durante a viagem a
declarou: "Portanto deixará o feliz para sempre, a edificar uma bordo do navio, deixando-a só e
varão o seu pai e a sua mãe, e união forte e amorosa que se desconsolada com dois filhos para
apegar-se-á a sua mulher, e serão tomará mais plena e gloriosa enfrentar a jornada para o oeste
ambos uma carne." (Gên. 2:24.) eternamente. Como assegurar o com os santos. Sua carta modificou
Quando vivia na terra, Cristo sucesso num empreendimento tão um pouco a minha vida, como
citou este mandamento e vital e grandioso? talvez mude a de vocês também.
acrescentou: "Portanto, o que Muitos novos relacionamentos Ela começa dizendo: "Querida
Deus juntou não o separe o surgem com o casamento — Mãe e querida Hannah, seu bem-
hom em ." (Ver Mat. 19:4-6.) Ele relacionamentos estes todos eles -amado filho e meu melhor amigo
deu aos discípulos poder para ligar vitais para a felicidade da família. seguiu a sina de tudo que é terreno.
nos céus o que é ligado na terra. Para ela, as palavras — palavras Mais caro para mim do que a
(Ver Mat. 18:18.) Paulo declara que sagradas — são esposa, mãe, dona própria vida, ele se foi. Oh, mãe,
' 'nem o varão é sem a mulher, de casa, alma do lar; para ele, mãe, o que vou fazer?"
nem a mulher sem o varão, no marido, pai, protetor, provedor, Em seguida ela fala do seu amor
Senhor” . (I Cor. 11:11.) líder do lar no cálido espírito do àquele seu m e l h o r a m ig o , e que
Quando o evangelho foi sacerdócio. haveria de criar os dois meninos no
restaurado, houve um novo Juntos formam uma p a rceria na reino, na imagem do pai e na
entendimento a respeito dos qual compartilham, aprendem e admoestação do Senhor.
templos e suas ordenanças. O progridem. Unem sua vida como Quando me perguntei se aquela
poder de ligar e selar na terra e nos c o m p a n h e iro s no sentido especial carta poderia ter sido escrita em
céus foi novamente confiado a das pessoas casadas. Juntos no minha casa, meus olhos
servos autorizados de Deus. O mesmo recinto ou em cantos marejaram.
casamento eterno, o casamento da opostos do mundo, são casados A amizade é tão importante no
maior promessa voltou a ser vinte e quatro horas por dia. casamento. Ela consegue soprar
celebrado para o tempo e toda Cuidam da pessoa total, do futuro para longe o restolho e conservar o
eternidade por oficiantes inteiro um do outro. Com bom grão, regozijar-se na singularidade
36
do outro, escutar pacientemente, próprio, autodomínio e sincera ou descortesia. O caminho de
dar generosamente, perdoar devoção à causa da justiça e Cristo é o da persuasão,
liberalmente. A amizade nos verdade. longanimidade, mansuetude,
motiva a nos aproximar um dia e Tudo isso acontece através do ternura e amor não fingido. (Ver
dizer: "Sinto muito; não foi por sacerdócio, do Santo Sacerdócio D& C 121:41-44.)
querer." Não simula perfeição nem segundo a Ordem do Filho de
a exige. Não insiste que ambos Deus. (Ver D&C 107:1-3.) A 4. D o is Adultos M aduros
pensem e sintam exatamente compreensão consciente disto deve
igual, mas traz para a união eliminar automaticamente É fácil de compreender, não é,
honestidade, integridade. Em todo qualquer falso senso de que o tipo de casamento de que
casamento — todo bom casamento superioridade ou inferioridade. falamos não acontece
— haverá arrependimento e Homem e mulher têm valor igual simplesmente? O alicerce é
perdão, respeito e confiança. perante Deus, e devem ser lançado na Casa do Senhor. O
E todos estes e outros elementos igualmente valiosos aos olhos de casamento é celebrado pela
que não podemos citar, proclamam ambos. Seguir sincera e autoridade de Deus. E a seguir é
eloqüentemente que uma união dedicadamente o exemplo do Filho edificado por duas pessoas que são
assim não acontece simplesmente. de Deus jamais permitirá idéias de íntegras, emocional e praticamente
Isto toma clara a necessidade de dominação ou ditadura, posse ou preparadas, e honestas. E preciso
cuidadosa e séria preparação, controle; jamais justificará estar pronto para ir ao templo, ter
escolha e corte. Ninguém deve ser iniqüidade ou abuso, imoralidade maturidade suficiente para fazer
insensato a ponto de fiar-se num
amor a primeira vista e casamento
Eldei Hugh W. Pinnock, do Primeiro Quorum dos Setenta, com sua mãe, irmã Florence
apressado sem a devida Pinnock.
ponderação, preparação e oração. O
casamento é uma relação total e
absorvente na qual honestidade,
caráter e convicções, objetivos e
pontos de vista comuns sobre
finanças, família e maneira de
viver são mais importantes do que
luar, música e um perfil atraente.

3. C onvênio C ulm inan te


O alicerce mais seguro para tudo
isso é casar-se dignamente no
templo. O casamento no templo,
entretanto, não é uma ordenança
isolada; serve tanto como
culminação de outras ordenanças
quanto alicerce para a família e o
futuro eterno.
Talvez alguns de vocês, rapazes,
não saibam que ninguém pode
casar-se no templo sem antes ter
recebido ali suas próprias bênçãos.
O par que deseja casar-se para a
eternidade não poderá fazê-lo até
que os dois tenham feito
pessoalmente convênios sagrados
com o Senhor. Esses convênios
baseiam-se em princípios que são
fundamentais numa vida cristã e
para a formação de um bom
casamento e família.
Como vêem, os convênios que
fazemos no templo, como as outras
ordenanças sagradas do reino, nos
ligam ao Senhor Jesus Cristo e se
fundamentam na vida dele.
No templo comprometemo-nos
a segui-lo fazendo a vontade de
Deus e guardando seus
mandamentos, dando valor ao
próximo e servindo com
abnegação, amando a Deus e
nossos semelhantes. Prometemos
manter-nos sexualmente puros e
total fidelidade aos princípios
morais, com um senso de valor
. A L lah o n a /J a n e ir o 1 9 8 5 31
promessas e cumpri-las, e para
receber promessas sagradas e
merecê-las.
O E sta n d a r t e
Assim, pois, onde quer que
estejamos com respeito ao
casamento — a anos de distância,
d o S en h o r
às portas ou profundamente
envolvidos — precisamos ser Bispo Victor L. Brown
sábios, fiéis aos mandamentos de Bispo Presidente
Deus, verdadeiros. O casamento é
a relação mais íntima e plena que
se contrai nesta vida, e a mais séria
e sagrada decisão. Se ainda não “Fazendo do serviço ao nosso Pai Celeste uma
passaram pela casa do Senhor, parte de sua vida, não terão de tomar continuamente
preparem-se, sejam puros, prontos
para estabelecer o alicerce de um decisões sobre o que é certo e o que é errado. ”
casamento especial, feliz, eterno.
E tudo isto é inspirado pela doce
certeza — profundamente arraigada
no coração de todo homem decente Neste verão assistimos todos a
que vive como deve com sua uma das mais maravilhosas e
amada esposa, ou que está inspiradoras exibições de feitos
planejando e preparando-se para atléticos que se possa imaginar.
uma união assim — de que o céu Pessoas no mundo inteiro tiveram
será um céu para nós por sabermos sua fé na humanidade intensificada
que lá estaremos com quem mais pelo desempenho de rapazes e
amamos. Depois de haver-se moças nos jogos olímpicos de Los
encontrado com o Profeta em Angeles. Sua autoconfiança e
Filadélfia, Parley P. Pratt disse que compromisso com a excelência
"foi dele que eu soube que minha foram contagiosos. Eu, por
querida esposa poderia ser selada a exemplo, sinto irrestrita admiração
mim para o tempo e eternidade,- e por todos eles, não apenas pelos
que os sentimentos de simpatia e poucos que conquistaram
afeição que nos uniam emanavam medalhas, mas por todos os
do fundamento do divino amor participantes; e, é óbvio, os
etemo. Foi pelo Profeta que milhares de voluntários que
aprendi que podíamos cultivar possibilitaram esse grande evento,
essas afeições, nelas crescendo e merecem igual reconhecimento.
progredindo por toda eternidade” . Eu gostaria de traçar alguns
[Autobiography o f Parley P. Pratt, precio imensamente a paralelos entre as experiências
Salt Lake City: Deseret Book Co.,
1938, pp. 297-98.)
Uma noite destas estávamos
sentados na sala com nossos cinco
A oportunidade de poder
dirigir-me hoje aos rapazes
desses jovens e as experiências
bem maiores e de efeito mais
do Sacerdócio Aarônico e seus prolongado que vocês terão durante
líderes. Desejo sinceramente poder a vida. Dirigi-me especificamente
filhos, seus companheiros etemos ampliar a visão de todos quanto ao ao diácono, mestre e sacerdote a
e os dezesseis filhos deles. Vinte e significado do Sacerdócio Aarônico quem foram conferidos o poder e
oito da família reunidos num e quão grande é a bênção de sermos autoridade do Sacerdócio Aarônico.
círculo de afeto e apreço. Esse depositários de seu poder. Acho Todo participante da Olimpíada
círculo iniciado por nós dois na muito importante reconhecer que precisou treinar exaustivamente
santa casa do Senhor há tão poucos o Senhor confiou a cada indivíduo até mesmo para garantiar sua
anos, expandiu-se milagrosamente. a responsabilidade associada ao participação. Foram horas e horas
Nosso filho mais novo nasceu há Sacerdócio Aarônico. Em outras de esforço, de autodisciplina, de
vinte e quatro anos, mas o círculo palavras, quando falo do dedicação ilimitada para alcançar
continua a se expandir e crescer. Se Sacerdócio Aarônico, refiro-me a essa meta. Ela exigiu sacrifício,
Deus quiser, poderemos viver até ele no que tange a cada pessoa e exigiu o senso de autoconfiança.
vermos chegar mais outra •não como um grande número de Vocês, como portadores do
maravilhosa geração de filhos. rapazes e homens. Quando alguém Sacerdócio Aarônico qualificaram-
Somos gratos por saber que nossa recebe esse sacerdócio, este lhe é -se para receber o sacerdócio. Sem
família continuará ligada a nós conferido numa ordenação pessoal, qualificação não o teriam recebido,
eternamente, assim como nós particular e não genericamente. e não teriam autoridade para
estaremos com aqueles que nos Por isso, espero que sintam o que participar e exercer seus poderes e
deram a vida mortal, e todos juntos tenho a dizer hoje como uma autoridade.
acabaremos encontrando um lugar mensagem pessoal — ao diácono Vocês não precisaram de horas
de amor e um relacionamento sem da última fila do balcão aqui no de treino como os atletas para
fim sob a santa influência daquele Tàbernáculo de Salt Lake, ao condicionar e aperfeiçoar seus
cujos filhos espirituais somos, e mestre de Nova Jersey assistindo- atributos físicos, mas tiveram de
daquele cuja sagrado sacrifício nos -nos pela televisão, e ao jovem fazer algo mais importante que isso
proporcionou as bênçãos da vida sacerdote ouvindo-nos pelo rádio — tiveram de preparar-se
etema. Disto eu testifico, em na França, Samoa ou Brasil — a espiritualmente para merecer as
nome de Jesus Cristo. Amém. cada rapaz em particular. bênçãos dessa grande honra. Agora
38
mm
que já foram aceitos, se quiserem esses exemplos. Cowdery, dizendo:
ter êxito, é essencial que façam as A maioria dos participantes nos ' 'A vós, meus conservos, em
coisas que o garantem. Quando jogos olímpicos reconhece que nos nome do Messias, eu confiro o
finalmente o alcançarem, o que esportes, assim como na vida, a Sacerdócio de Aarão, que possui as
não requer alguns meses apenas verdadeira competição é com o chaves da ministração dos anjos,
mas uma vida inteira de dedicação próprio eu, e não com os outros. do evangelho do arrependimento e
e provação, provavelmente não Um dia, assistindo a uma do batismo por imersão para
serão aplaudidos pelos homens. entrevista pela televisão, isto ficou remissão dos pecados; e isto nunca
Não se terão apresentado perante perfeitamente claro. Quando mais será tirado da terra, até que os
uma numerosa audiência de perguntaram à vencedora do filhos de Levi ofereçam outra vez,
torcedores, mas executado grande Canadá de quatorze anos, na em retidão, um sacrifício ao
parte do necessário esforço a sós e modalidade de patinação artística Senhor." (D&C 13.)
sem esperar reconhecimento. E como é vencer com seu melhor João Batista disse que veio por
isto, é lógico, requer autodisciplina desempenho, ela respondeu: ordem de Pedro, Tiago e João, e a
muito maior do que qualquer outro "Maravilhoso!" ordenação se deu antes de a Igreja
feito humano. "E como é perder com seu ser novamente organizada na face
Esforçando-se para dar o melhor melhor desempenho?" A resposta: da terra.
de si, esses jovens atletas "Maravilhoso!” O Sacerdócio Aarônico é um
freqüentemente foram buscar "E como é ganhar sem seu sacerdócio preparatório; é um
inspiração e motivação no melhor desempenho?” apêndice do Sacerdócio de
desempenho de atletas do passado, "Terrível!" Melquisedeque e tem a ver
estabelecendo recordes olímpicos. Como portadores do Sacerdócio principalmente com as ordenanças
Empenharam-se em aperfeiçoar Aarônico, vocês competem consigo externas e responsabilidades
seus dotes a fim de conseguir mesmos ao honrarem o sacerdócio. temporais. Não obstante, na
igualar ou superar esses recordes. O sacerdócio que portam foi ordenação de Joseph Smith e
Vocês portadores do Sacerdócio restaurado na terra a 15 de maio de Oliver Cowdery, João Batista disse
Aarônico, dispõem de numerosos 1829, por um mensageiro celestial, que ele "possui as chaves da
exemplos de homens que João Batista — o mesmo João que ministração dos anjos, do
honraram sobremaneira seu com a autoridade do Sacerdócio evangelho do arrependimento e do
sacerdócio: João Batista, Joseph Aarônico batizou Jesus de Nazaré batismo por imersão para remissão
Smith, seu próprio pai e o bispo. nas águas do Jordão e mais tarde, dos pecados", requisitos essenciais
Precisam unicamente esforçar-se como ser ressurreto, impôs as para a admissão na Igreja de Jesus
para dar o melhor de si e seguirem mãos sobre Joseph Smith e Oliver Cristo e para alcançar a meta da
A L ia h o n a / J a n e ir o 1 9 8 5 39
exaltação no reino de Deus. comprar jornais. Depois ele e responsabilidade, honrando os pais
Sinto, às vezes, que alguns amigos venderam jornais e colaborando de boa vontade em
consideramos a preparação e nas ruas de Seul, a fim de casa. Está começando a revestir-se
distribuição do sacramento, a conseguir dinheiro para ajudar um de toda a armadura de Deus, o que
coleta de ofertas de jejum etc. colega de escola que não tinha o lhe garantirá paz e felicidade nesta
quase que como a soma e suficiente para pagar a mensalidade vida e no mundo vindouro. Está
substância das responsabilidades escolar. Esse mesmo rapaz desenvolvendo a força e
do Sacerdócio Aarônico. Não é bem também costumava dividir sua autodisciplina necessárias para
assim. Essas coisas, naturalmente, merenda com o colega para este obedecer a todos os mandamentos.
são muito importantes, mas existe não passar fome. Por que fazia isso? Noutro caso, alguns rapazes e
muito mais. Como sacerdócio Porque estudara a história do bom moças de certa ala sentiram seu
preparatório ele os está preparando, samaritano e não queria sabê-la testemunho vacilar e já não
afinal, para a vida eterna e apenas teoricamente, mas sentir apreciavam como antes as
exaltação. Disse o Senhor: "Esta é como é ser um bom samaritano. atividades da Igreja. Um dia
minha obra e a minha glória — (Ver Lucas 10:25-37.) E o pai só decidiram, sob a orientação de um
proporcionar a imortalidade e vida soube do caso depois de muito bispo muito sábio, dedicar-se a
eterna ao hom em ." (Moisés 1:39.) perguntar; ele agira sem pensar em diversos membros idosos da ala,
E disse-nos mais, que a vida eterna reconhecimento. confinados ao lar. Dividindo-se em
— exaltação — é o maior dom de Duvido muito que o bispo desse pequenos grupos, cada um deles
Deus ao homem. rapaz tinha de preocupar-se com o passou a cuidar de um desses
Como portadores do sacerdócio que ele vestia quando vinha servir membros. Visitavam-nos
vocês são servos do Pai Celeste. na mesa do sacramento, ou se suas regularmente e preparavam
Para honrar o sacerdócio, precisam mãos e coração estavam limpos. refeições que consumiam juntos
ser realmente servos e servirem Acho que o pai dele não precisava na casa do amigo idoso. Todos os
seus semelhantes. Fazendo desse reocupar-se se o filho era ou não domingos, os rapazes lhes levavam
serviço uma parte da vida, não onesto com seus semelhantes, ou o sacramento. As vezes,
terão de tomar continuamente se trapaceava ou não na escola. realizavam uma noite familiar
decisões sobre o que é certo e o que Um outro pai contou-me uma especial juntos. Essas atividades
é errado. Tomar-se-á sua segunda experiência com o filho que era um provocavam uma notável mudança
natureza, porque servindo vocês se sacerdote. Esse pai precisava de de atitude nos jovens para consigo
achegarão mais ao Pai Celestial. alguém que o ajudasse em alguns próprios, para com os idosos e para
Sei perfeitamente que vocês e trabalhos de limpeza e pintura na com a Igreja. Haviam encontrado
alguns de seus companheiros estão casa. O rapaz cooperou de boa um meio de aplicar o Evangelho de
vivendo dessa maneira. Um rapaz vontade e fez boa parte do serviço. Jesus Cristo servindo
coreano de quinze anos, por Ele está-se preparando para carinhosamente o próximo.
exemplo, usou sua mesada para merecer confiança e assumir Acho que nenhum de nós
esquecerá jamais a visão de
centenas de jovens atletas seguindo
orgulhosamente os estandartes e
bandeiras de seus respectivos
países, emocionados por terem
sido escolhidos para representar a
pátria nos jogos olímpicos. Vocês,
meus irmãos do Sacerdócio
Aarônico, sentados lá em cima no
balcão, na sede da estaca em Nova
Jersey ou numa capela na França,
Samoa ou Brasil, são
representantes escolhidos de Deus,
tendo recebido a autoridade para
agir em seu nome, a exemplo de
todo jovem digno portador do
sacerdócio. O estandarte que
carregam todos os dias talvez não
seja visto por milhões de pessoas,
mas pelo Senhor a quem pertence e
por aqueles que sabem quem vocês
são, sejam membros da Igreja ou
não. É o estandarte do Senhor,
proclamando o que realmente são
ao demonstrarem seu amor a Deus
guardando seus mandamentos e
servindo ao próximo.
E minha constante oração que
todos os bispos e consultores de
quorum destes rapazes os ajudem a
entender o que significa portar o
santo sacerdócio e revestir-se de
toda a armadura de Deus, em
nome de Jesus Cristo. Amém.
A S en d a d o
Sa c er d ó c io A a r ô n ic o
Élder Thomas S. Monson
do Quorum dos Doze Apóstolos

“Este é o nosso encargo: Salvar todo rapaz,


assegurando assim um marido digno para cada uma
de nossas jovens, quoruns fortes do Sacerdócio de
Melquisedeque e um corpo de missionários treinados
e capazes de realizar o que o Senhor espera deles. ”

reunidas numa sala superior do


Presidente Gordon B. Hinckley, à direita,
templo, o Presidente Kimball se
segundo conselheiro na Primeira
pôs de pé e nos instruiu, dizendo: Presidência, cumprimenta membros do
1‘Irmãos, ultimamente me Quorum dos Doze, a partir da esquerda,
preocupa o fato de que não temos Élderes Dallin H. Oaks, Russell M. Nelson
missionários em número suficiente e James E. Faust.
proclamando a mensagem da
Restauração. Ouço certos pais
dizerem: 'Estamos deixando nosso Taft Benson contar como seu pai
filho resolver por si se vai para a foi chamado para a missão,
missão,' ou 'Esperamos que nosso deixando para trás esposa, sete
filho cumpra missão, porque seria filhos, a fazenda e tudo que tinha.
uma experiência muito boa para Perdeu ele alguma coisa? O
ele'.” E continuou: "Tenho ouvido Presidente Benson conta como sua
alguns rapazes dizerem: ‘Acho que mãe costumava reunir a família
eu poderia cumprir missão se em torno da mesa da cozinha para,
realmente quisesse.'" O à luz bruxuleante de um lampião,
Presidente Kimball alteou a voz, ler-lhes as cartas do pai. Vez por
pondo-se na ponta dos pés — como outra, durante a leitura, fazia uma
costuma fazer quando quer dar pausa para enxugar as lágrimas que
ênfase a uma idéia especial — e teimavam em brotar. O resultado?
odo missionário da Igreja disse: "Na verdade não importa se Todos os filhos cumpriram missão.

T conhece esta passagem das


escrituras do livro de Amós:
o pai ou mãe pensa que seria bom o
filho ir para a missão. Não importa
"Certamente o Senhor Jeová não
fará cousa alguma, sem ter
realmente se João, Antonio ou José
querem ir ou não — eles precisam
Ao nos empenharmos em
atender ao toque de clarim do
Presidente Kimball para o serviço
missionário, talvez devêssemos
revelado o seu segredo aos seus ir !" A seguir, o Presidente Kimball examinar a senda do Sacerdócio
servos, os profetas." (Amós 3:7.) ressaltou a obrigação missionária Aarônico que fornece o
Todo membro da Igreja alegra-se de cada um de nós, retribuindo o treinamento, aviva o desejo e
cantando o hino predileto: sacrifício e serviço dos conduz o jovem que a segue não só
missionários que deixaram para ao serviço missionário como
Damos giaça a ti, ó Deus amado, trás casa e família a fim de levarem igualmente ao casamento no
Poi m anãaies a nós uma luz. o evangelho aos nossos pais e avós templo e, no final da jornada até
(Hinos, nP 147 .) em terras distantes ou não. mesmo à exaltação no reino
Adoro ler o diário missionário de celestial de Deus.
Que segredos o Senhor Deus tem meu avô. Suas primeiras anotações É essencial, mesmo
revelado a seu profeta, nosso são clássicas: "Hoje desposei no imprescindível que estudemos a
querido líder Presidente Kimball? Templo de Salt Lake a garota dos senda do Sacerdócio Aarônico, uma
Que conselho nos daria o meus sonhos.” Logo na noite vez que inúmeros rapazes
Presidente Kimball hoje, se seguinte, ele escreve: “Esta noite o fraquejam, tropeçam e caem antes
estivesse aqui, para nos guiar nos bispo nos visitou. Pedem-me que de cruzar a linha de chegada,
últimos dias? E nós o ouviríamos? retome à Escandinávia numa preparados para os quoruns do
Obedeceríamos? Seriamos missão de dois anos. É lógico que Sacerdócio de Melquisedeque. Na
cumpridores da palavra e não vou, e minha querida esposa ficará verdade, hoje, pela primeira vez na
somente ouvintes, enganando-nos em casa e me apoiará." Sou grato história da Igreja, os élderes em
a nós mesmos? (Ver Tiago 1:22.) por tal legado missionário. perspectiva excedem o número de
Tempos atrás, quando as Nós, do Conselho dos Doze, portadores do Sacerdócio de
Autoridades Gerais estavam temos ouvido o Presidente Ezra Melquisedeque, solapando assim o
A L ia h o n a / J a n e ir o 1 9 8 5 41
"zelar” por outros, o rapaz
automaticamente deixará de
concentrar-se no próprio eu.
E quanto aos sacerdotes? Estes
jovens têm oportunidade de
abençoar o sacramento, prosseguir
no cumprimento de seus deveres
no ensino familiar e participar da
sagrada ordenança do batismo.
Lembro-me de como ficava
observando os sacerdotes oficiando
à mesa do sacramento quando eu
era diácono. Um dos sacerdotes
tinha uma voz sonora e costumava
ler a oração sacramental com boa
dicção — como se estivesse num
concurso de oratória. Os membros
mais velhos costumavam elogiar
sua "voz de ouro". Acho que ficou
bastante orgulhoso. Outro
Eldei Yoshihiko Kikuchi, do Primeiro Quorum dos Setenta, e irmã Kikuchi, encontram- sacerdote da ala sofria de uma
se com um visitante da conferência. deficiência auditiva que o fazia
falar com voz esquisita. Nós,
poder do sacerdócio ativo da Igreja dever é verificar que todo mestre diáconos, às vezes tínhamos que
e prejudicando a participação de seja digno e ordenado sacerdote ao rir quando Jack abençoava o
esposas amorosas e filhos atingir dezesseis anos. Como sacramento. Como nós
preciosos. bispo, assumirei o encargo de ousávamos, eu não entendo: Jack
O que nós, líderes, podemos cuidar dos jovens sacerdotes de tal tinha mãos do tamanho de patas de
fazer para inverter essa tendência? maneira que sejam dignos e urso e poderia ter acabado com
Como assegurar que todo rapaz ordenados élderes ao partirem para qualquer um de nós. Certa ocasião,
cruze a linha de chegada? O ponto a missão.” Barry, com sua bela voz, e Jack
de partida deve ser na nascente do Este, pois, é nosso encargo: foram designados juntos para a
curso do Sacerdócio Aarônico. Um Salvar todo rapaz, assegurando mesa do sacramento. Cantou-se o
antigo provérbio chinês se propõe a assim um marido digno para cada hino; os dois sacerdotes partiram o
determinar assim, a sanidade de uma de nossas jovens, quoruns pão. Barry ajoelhou-se e fechamos
uma pessoa. Ela é levada a um fortes do Sacerdócio de os olhos. Silêncio! Não demorou
reservatório sem escoadouro, Melquisedeque e um corpo de nós, diáconos, abrimos os olhos
recebe um balde e a ordem de missionários treinados e capazes de para ver o que havia. Sempre me
esvaziar o tanque. Se em primeiro realizar o que o Senhor espera lembrarei do Barry procurando
lugar toma providências para deles. freneticamente o cartão em que
interromper o influxo de água, é Um primeiro passo sábio é fazer estavam impressas as orações
julgada sã. Se, pelo contrário, se que cada diácono compreenda o sacramentais. Não havia meios de
põe a baldear água sem procurar caráter sagrado de seu chamado. encontrá-lo. O que fazer? O rosto
impedir que entre mais, é Em minha vida, isto aconteceu de Barry ficou vermelho, depois
considerada insana. quando o bispado me encarregou rubro quando a congregação
A melhor e mais eficaz maneira de levar o sacramento a um irmão começou a olhar para ele. Então
de solucionar o aumento de élderes idoso que vivia a um quilômetro da Jack, o das patas de urso, empurrou
em perspectiva, é nos capela. Naquela manhã de Barry de mansinho fazendo-o
concentrarmos no Sacerdócio domingo, quando bati à porta do sentar-se. A seguir, ele próprio
Aarônico. Irmão Wright e ouvi sua débil voz ajoelhou-se e começou a orar: "O
Por revelação, o bispo é o responder: "Entre", entrei não só Deus, Pai Eterno, nós te rogamos
presidente do Sacerdócio Aarônico numa casinha humilde mas numa em nome de teu Filho, Jesus
e presidente dos sacerdotes na ala, sala tomada pelo Espírito do Cristo, que abençoes e santifiques
(ver D&C 107:87-88) Senhor. Aproximando-me da cama este pão para as almas de todos os
responsabilidades divinas que não dele, pus-lhe com todo cuidado um que partilharem dele...",
pode delegar. Pode, porém, dar pedacinho de pão na boca. Em prosseguindo até o.fim, e o pão foi
responsabilidades aos conselheiros seguida segurei o copinho de água, distribuído. Jack abençoou
e chamar consultores de quorum para que pudesse tomá-la. Ao também a água. Como nós,
capazes de tocar a vida dos rapazes partir, vi seu sorriso ao dizer-me: diáconos, passamos a respeitar o
— na verdade, homens que sejam "Deus te abençoe, meu rapaz.” E Jack desde aquele dia, pois embora
modelos a imitar. Fosse eu um Deus me abençoou com o tendo problemas de dicção, havia
bispo hoje, diria ao segundo profundo apreço pelos emblemas memorizado as orações sagradas.
conselheiro: "Irmão Fulano, você sagrados, que conservo até hoje. Barry, igualmente, passou a ver
tem a obrigação de cuidar do E garantida a todo mestre Jack com outros olhos, formando
quorum dos diáconos da ala. Sua ordenado participação no ensino um duradouro vínculo de amizade.
tarefa é assegurar que todo rapaz familiar? Que excelente Além da influência do bispado e
seja digno e ordenado mestre ao oportunidade de preparar-se para a consultores de quorum do
completar quatorze anos.” Depois missão. Que grande privilégio Sacerdócio Aarônico está o
me voltaria ao primeiro poder aprender a disciplina do impacto do lar. Quando bem
conselheiro: ‘ ‘Irmão Beltrano, seu dever. Quando encarregado de aproveitada, a ajuda dos pais pode
42
freqüentemente representar a
diferença entre sucesso e
insucesso. Estudos recentes
revelam que a influência do lar
ultrapassa todos os demais fatores,
no que diz respeito ao serviço
missionário e casamento no
templo.
Não devemos esquecer
igualmente a força e a influência de
uma dedicada presidência de
quorum do Sacerdócio Aarônico.
As revelações nesse sentido são
cristalinas: "N a verdade vos digo,
o dever do presidente dos diáconos
é presidir doze diáconos, e de
acordo com o que é dado nos
convênios.” (D&C 107:85.)
Encargo semelhante cabe ao
presidente do quorum dos mestres,
e ao bispo como presidente do
quorum dos sacerdotes. (Ver D&C
107:86-88.)
O comitê do Sacerdócio
Aarônico da estaca também pode
ajudar bastante. Vós, presidentes
de estaca, cuidais de que os sumos
conselheiros que servem nesse
comitê de suma importância
visitem contínua e regularmente
os quoruns do Sacerdócio
Aarônico? Esses irmãos conhecem
pelo nome cada rapaz do
Sacerdócio Aarônico na estaca?
Generalidades simplesmente não
resolvem. Quando cuidamos de
generalidades, jamais teremos
sucesso; mas cuidando de
particularidades, raramente
falharemos.
Lembro-me da ala presidida pelo
nosso irmão Joseph B. Wirthlin. O
Bispo Whirtblin tinha um quorum
de quarenta e cinco sacerdotes.
Todos os quarenta e cinco
tomaram-se élderes. Todos eles
cumpriram missão. O falecido
Élder Alvin R. Dyer presidiu um
quorum de quarenta e oito
sacerdotes. Quarenta e seis brilhando e ouvi a voz de Richard: de quorum.
cumpriram missão de tempo “O senhor me pegou, bispo. Já vou John Barrie, o poeta escocês,
integral, e quarenta e sete casaram- subir.” Nunca mais faltou à declarou: "Deus nos deu a
-se na Casa do Senhor. Na verdade, reunião do sacerdócio. memória para que tivéssemos rosas
é possível. Todo rapaz precisa ser Então a família de Richard de junho no dezembro de nossa
salvo. mudou-se. Cerca de um ano mais vida.'' Pelo que me ensinou a
Quando servia como bispo, notei tarde, recebi um telefonema do experiência, algumas das mais
certo domingo que um de nossos Bispo Arthur Spencer, da Estaca perfumadas e belas rosas que
sacerdotes não estava na reunião Wells, informando-me que Richard existem, encontram-se em
do sacerdócio. Deixando o quorum aceitara cumprir missão no México profusão ao longo da senda do
aos cuidados do consultor, fui até a e perguntando se aceitaria o Sacerdócio Aarônico. Nesta senda,
casa de Richard. Sua mãe me convite da família para falar na é preciso firmar pés, segurar mãos,
informou que estava trabalhando reunião de despedida. Nessa incentivar mentes, inspirar
numa garagem da Rua West reunião, Richard mencionou que o corações e salvar almas.
Temple. Dirigi-me à garagem, momento decisivo com referência Convido-vos todos a
olhei por toda a parte mas não ao chamado missionário, caminhardes comigo, ombro a
consegui encontrar o Richard. De aconteceu numa manhã de ombro, em companhia de todos os
repente, tive a inspiração de espiar domingo, não na capela, mas portadores do Sacerdócio Aarônico
no antiquado poço de lubrificação quando, olhando para cima do da Igreja, por essa senda do
situado ao lado do posto. Lá no fundo do poço de lubrificação, viu sacerdócio que leva à perfeição. Em
fundo escuro pude ver dois olhos a mão estendida do seu presidente nome de Jesus Cristo. Amém.
A L ia h o n a /J a n e ir o 1 9 8 5 43
um vizinho, Jon Collins, que é
P repa ra r -se para grande amigo de Sean e está em
missão na Escócia. A mãe de Jon
contou-me que numa recente carta
a M issã o a Jon, Sean falou-lhe da
importância de sua missão. Dizia
Sean na carta: "Já pensou que
LaVell Edwards neste fim-de-semana a BYU estará
Técnico de Futebol da Universidade Brigham Young abrindo a temporada de futebol em
Pittsburgh diante de cinqüenta mil
torcedores? Se estivesse em casa,
estaria participando com o time
“Aqueles que têm êxito possuem esta vontade, dessa experiência emocionante.
seja no esporte, na escola, numa missão, Em vez disso, estarei batizando
uma senhora e sua filha, e não
na profissão que escolheram ou praticamente em trocaria esta experiência por nada
qualquer outro aspecto da vida. ” deste mundo."
Tenho orgulho de meus dois
filhos, John e Jim, por terem
decidido cumprir missão, assim
americano. Muitos pensavam que como meu genro, Ken Cannon,
ele perderia coordenação, técnicas que está aqui comigo hoje. Todos
específicas e a força e os três fizeram excelente missão, e
condicionamento necessários ao John e Jim voltaram a participar do
desempenho excepcional exigido desporto universitário, John nas
pelo esporte universitário. Esta pistas de corrida e Jim no futebol
atitude prevaleceu até que nosso americano. Nas cartas que nos
amado profeta, o Presidente escreviam e mesmo agora que
Kimball, declarou que todo rapaz estão de volta há algum tempo,
em idade de sair em missão devia freqüentemente comentavam e
preparar-se para cumpri-la. Em comentam que as experiências no
virtude dessa proclamação, um campo missionário foram as mais
número muito maior de nossos ricas e gratificantes de sua vida.
atletas passaram a sair em missão. Vocês, meus jovens irmãos,
A experiência mostra que quando comecem a preparar-se agora para
um rapaz decide cumprir missão, esta maravilhosa experiência.
ele não só consegue jogar bem Passemos ao segundo ponto. No
quando volta, como campo desportivo, tendemos a
freqüentemente melhor que antes. olhar para os grandes atletas e
Se eu pudesse tirar uma tomá-los muitas vezes maiores do
conclusão geral, diria que se um que realmente são. Tenho mais de
eus caros irmãos, sinto- atleta jogava bem antes da missão, trinta anos de vivência como

M -me honrado e humilde


com a designação de

me perguntam: "Com o você


sem dúvida jogará bem quando
voltar; e, se não joga bem antes da
falar-lhes nesta noite. Muitasmissão,
vezes provavelmente também
não será bem sucedido quando
professor e técnico. Vi muitos
jovens se tornarem famosos. Mas
também tenho visto alguns
ficarem um pouco aquém de seu
suporta a pressão de ser técnico, voltar. Contudo, suas chances de potencial. Não sei por que, mas sei
mantendo-se tão calmo?" Garanto- jogar bem talvez sejam melhores se que aqueles que obtiveram êxito
-lhes, irmãos, que sinto mais cumprir missão, porque voltará foram capazes de fazer duas coisas.
pressão aqui diante de vocês esta conhecendo-se melhor, com maior Primeiro, reconheceram em si
noite, especialmente porque a capacidade de liderança, melhores próprios o potencial de sair-se bem
oratória não é meu ponto forte. hábitos de trabalho e mais em determinada coisa e depois
Gostaria que ponderassem um conhecimento do preço do sucesso. trabalharam duro, preparando-se
ou dois pontos que vou abordar, Na realidade, depende do desejo, para a possível oportunidade.
particularmente vocês, meus dedicação e empenho do rapaz, e Outros esperam a oportunidade
jovens irmãos. Primeiro, será que de quão importante é para ele aparecer para começar a trabalhar,
uma missão de tempo integral quando voltar. Só neste ano, temos e assim não atingem todo seu
prejudicará minha futura carreira cinqüenta e dois ex-missionários potencial.
atlética? Quando comecei a em nosso time. Todos os anos existem em nosso
trabalhar como técnico na BYU em Suspeito que essas time de futebol jogadores maiores,
1962, prevalecia a atitude de que características — desejo, dedicação mais fortes e rápidos do que os
missão e futebol não combinam. e empenho — sejam importantes titulares. Por que? Não tenho
Por isso, pouquíssimos jogadores em todas as facetas da vida. certeza, mas depois de tantos anos
saíam em missão e na volta Sean Covey, um de nossos como técnico, destaca-se um
retomavam o futebol. Achava-se excelentes jogadores, está grande princípio. Nem sempre o
que um jovem não podia cumprir atualmente cumprindo missão na potencial garante o sucesso. Em
missão, pregar amor durante dois África do Sul. Ele tem o potencial outras palavras, os melhores
anos e voltar com o desejo de de um excepcional zagueiro do jogadores nem sempre são os mais
participar de um esporte tão qual, estou certo, ouvirão falar dotados. No esporte, ouvimos dizer
violento quanto o futebol mais dentro de alguns anos. Tenho freqüentemente: "Ele tem a
44
vontade necessária para vencer.” pensei comigo: "Preciso conversar
Acho que é um equívoco. Seja num com o Steve e dizer-lhe que tudo
jogo, numa prova escolar, num acabará bem ." A chuva, a torcida,
discurso ou outra coisa qualquer, as bolas mal colocadas etc. — já
podemos ter toda a vontade de nos tinha todas as desculpas para as
sairmos bem. Entretanto, se não cinco faltas em meio tempo.
estivermos preparados de pouco Comecei explicando isto a Steve,
nos servirá. Na realidade, deveria mas antes de poder terminar
ser a ' 'vontade necessária para olhou-me como se eu estivesse
preparar-se” . Aqueles que têm maluco e disse: "Ora, técnico, não
êxito possuem esta vontade, seja se preocupe. Mal posso esperar
no esporte, na escola, numa para voltar ao campo. Nós vamos
missão, na profissão que ganhar!" Peguei-me pensando: “O
escolheram ou praticamente em que quer dizer com não se
qualquer outro aspecto da vida. preocupe, seu idiota. Você acabou
Segundo, os que obtêm sucesso de cometer cinco faltas!"
têm igualmente a capacidade de Esta é sua maneira de pensar. É
sobrepujar adversidades, ela que o toma o que é e lhe
desapontamentos e mesmo permitiu chegar onde está. Como
tragédias na vida. Como entre nós sabem, aquele foi apenas o começo
a posição de zagueiro é tão visada e de uma carreira que faria dele
todos parecem conhecê-la, gostaria um dos melhores zagueiros do
de contar-lhes duas pequenas futebol universitário.
histórias. O segundo caso deu-se este ano
Steve Young é um dos rapazes com nosso atual zagueiro, Robbie
mais talentosos que conheço. É Bosco. Estávamos jogando contra a
rápido, forte, alto, bonito e rico. É Universidade de Pittsburgh,
fácil olharmos para o Steve e terceira colocada na classificação
concluir: "Com todos esses nacional. Estávamos vencendo de
atributos ele tem que ser famoso." três a zero e a caminho de
Contudo, não foram apenas os -los se jogássemos nosso melhor marcarmos mais um gol. Robbie
atributos físicos que fizeram dele o futebol e não cometêssemos fez uma péssima jogada que
que é; é sua maneira de pensar! nenhum erro. resultou num tento para o time
Quando Steve estava no segundo Diante de oitenta e dois mil adversário. Pouco depois, Robbie
ano da faculdade e começando a torcedores e num dia chuvoso na conseguiu retomar a bola e ao
primeira temporada como zagueiro Geórgia, Steve cometeu cinco lançá-la, ela bateu no ombro de um
nosso, surgiu uma das maiores faltas no primeiro tempo — mais de nossos atacantes e ricocheteou
oportunidades para o time de faltas do que normalmente indo parar nas mãos do time
futebol da BYU. Fomos escalados a cometia em cinco partidas! Apesar adversário. Pittsburgh continuou
jogar contra Herschel Walker e a das faltas e duas tentativas de gol na dianteira e pouco depois o
Universidade de Geórgia, na época frustradas, o placar estava placar acusava quatorze a três.
campeões nacionais. Treinamos empatado em sete a sete no final Pensei com meus botões: "Eis uma
para valer e achávamos que do primeiro tempo. boa oportunidade para ver como
tínhamos possibilidade de vencê- Dirigindo-me ao vestiário, Robbie reagirá." De fato, na
próxima posse da bola
conseguimos avançar e fazer um
gol. Então, faltando três ou quatro
minutos para terminar a partida,
Robbie conseguiu levar o time ao
outro extremo do campo e lançar o
passe vitorioso para Adam
Haysbert. Naquele momento tive a
certeza de que Robbie se tomaria
um grande zagueiro.
Bem, irmãos, como nós
enfrentamos a adversidade? Ela nos
acompanhará em tudo que
fizermos, em praticamente todas
as facetas da vida — no
relacionamento com os outros, no
campo missionário, na profissão
que escolhemos, na família.
Em face da adversidade, muitas
vezes tendemos a pensar que
somos os únicos com problemas.
Olhamos em volta e vemos outros
mais talentosos, mais altos, mais
inteligentes, mais simpáticos ou
mais ligeiros que nós. Garanto-
-lhes, irmãos, todos têm problemas
A L ia h o n a / ] a n e ir o 1 9 8 5 45
— até mesmo os técnicos de
futebol. Como enfrentamos essa
adversidade é que determina o grau
Q u an d o Fu i C h am ad o
de sucesso que teremos na vida.
Para mim, é neste ponto que o
evangelho pode ser nossa melhor
C h efe d e E sc o t eir o s
ajuda. O poder do Espírito Santo é
a maior fonte de força e conforto Presidente Ezra Taft Benson
que podemos ter na vida. O do Quorum dos Doze Apóstolos
Espírito Santo não só nos ajuda nas
horas de necessidade, mas nos
ajuda a obter um testemunho
inabalável do Evangelho de Jesus
“O mais importante nesta vida é ter testemunho
Cristo, preparando-nos assim para da verdade; não existe lugar melhor na terra para se
a vida.
Fiz grandes progressos como obtê-lo que no campo missionário. ”
técnico nos últimos vinte anos.
Sinto, porém, que meu progresso
como técnico e também como ser
humano é resultado direto do orientação dela. O hino a ser
crescimento conseguido por meio cantado no concurso era o mesmo
dos chamados na Igreja. Enquanto para toda a Igreja e indicado pela
ainda era técnico-adjunto, tive junta geral: "A Alva Rompe” , de
oportunidade de servir como bispo Parley P. Pratt. [Hinos, n? 179.)
de uma ala universitária. Quando Ensaiamos durante semanas,
fui escolhido técnico titular de antes e depois da reunião de
futebol em 1972, decidi escotismo. Finalmente chegou o
desempenhar minha função da dia de nos apresentarmos em
mesma maneira usada como bispo, confronto com as dez outras alas
delegando responsabilidades aos da Estaca Franklin. Fomos os
meus auxiliares, passando aos vencedores na estaca, devendo, a
jogadores a responsabilidade do seguir, concorrer com os
auto-aprimoramento em todos os vencedores das seis outras estacas
aspectos da vida, entrevistando do Vale Cache, no tàbernáculo de
pessoalmente os jogadores para Logan.
incentivá-los e motivá-los a darem Jamais me esquecerei de nossa
o melhor de si e assim realizarem chegada ao grande tàbernáculo
todo seu potencial, dentro e fora do naquela noite. Entramos. Ao ser
campo. sorteada a seqüência da
Todos os cargos que ocupei apresentação, ficamos em último
proporcionaram-me muito eus amados irmãos, de lugar no programa, o que só serviu
crescimento pessoal e experiências
inestimáveis. Em qualquer posição
a que sejam chamados, irmãos,
quer seja de bispo, consultor de
M todo o coração meu afeto
se estende a vós nesta tão
para prolongar nossa ansiedade.
Finalmente chegou a hora de
importante ocasião. Sou gratonosso
Senhor por esta reunião.
ao grupo subir ao palco. Com a
pianista tocando uma marcha
quorum do sacerdócio, mestre E serei sempre grato que há cívica, os vinte e quatro rapazes
familiar ou diretor de esportes, quase sessenta e cinco anos, o bom entraram em fila indiana e se
vocês jamais sentirão uma emoção bispo de nossa ala me houvesse postaram em semicírculo no palco,
maior do que quando um dos convidado a ser o chefe de enquanto eu me agachava entre
jovens por quem são responsáveis escoteiros dos vinte e quatro alguns bancos para lhes dar ânimo.
decide aceitar um chamado para rapazes da Ala Whitney. Todos nós Então eles cantaram como nunca
missão. Gostaria de incentivá-los a recebemos os manuais de haviam feito, e naturalmente eu
duplicar seus esforços neste escotismo na mesma hora. Era um não estaria contando a história se
sentido; bem que vale o tempo e grupo de excelentes rapazes com não tivessem tirado o primeiro
esforço. muito talento musical. lugar em Logan.
Bem, irmãos, no exercício da Naquela época, tínhamos na Voltamos para casa literalmente
profissão aconteceram-me coisas Mutual várias atividades culturais andando nas nuvens. Estávamos
maravilhosas, muito mais do que de caráter competitivo, entre elas felicíssimos que nossa pequena
cheguei a sonhar. Contudo, coros de rapazes. Esperava-se que comunidade de cinqüenta famílias
gostaria de que vocês, meus jovens toda ala tivesse um coro e muitas houvesse vencido todas as outras
irmãos, soubessem que tudo isso vezes o bispo encarregava o chefe estacas e alas do vale.
representa apenas uma gota no de escoteiros de cuidar dos ensaios. Na primeira reunião de
oceano comparado às coisas Era o caso de nossa ala. escoteiros após nossa vitória, os
realmente importantes em minha Como acontece freqüentemente rapazes (que nunca esquecem o
vida. O testemunho do Evangelho uando um homem é encarregado que lhes interessa) lembraram-me
de Jesus Cristo, além de minha e alguma tarefa, procurei ajuda de de que num momento de
esposa e minha família, é minha uma boa mulher que soubesse ansiedade eu lhes prometera que se
posse mais importante. E este tocar piano e tivesse algum vencessem em Logan, eu os levaria
testemunho presto em nome de conhecimento de técnica vocal. a todos numa excursão de uns
Jesus. Amém. Começamos os ensaios sob a cinqüenta quilômetros pelas
46
montanhas até o Vale Bear Lake. jamais esquecer alguma coisa que D .C., compareci a uma reunião de
Como promessa é dívida, lhes desse proveito — um dos mais Escola Dominical na Ala Whitney.
começamos a planejar a excursão. velhos perguntou: "E quanto aos Um daqueles rapazes era o bispo,
Durante a reunião, um garoto de chefes?" Foi a "nossa" vez de ficar outro conselheiro, um terceiro o
doze anos levantou a mão e pediu constrangidos. secretário da ala, e mais outro um
com toda formalidade: "Sr. Chefe, No sábado seguinte, dois chefes sumo conselheiro da estaca em
gostaria de apresentar uma de escoteiros encontravam-se visita à ala. Então fomos para a
m oção." Era coisa totalmente nova sentados na cadeira de barbeiro classe dos adultos; lá estava outro
numa reunião de escoteiros — ao enquanto este todo contente como professor. Um deles servia
menos para mim — mas respondi: manejava a tesoura em seus como chefe de escoteiros. Tivemos
"M uito bem, qual é?" cabelos. Quando estava quase um bom bate-papo, conseguindo
"Proponho que todos cortem o pronto, comentou: "Sabem, se me saber o paradeiro de todos eles,
cabelo bem curto para não deixassem raspar sua cabeça, eu menos dois. Ninguém parecia
precisarmos levar escovas e não cobraria nada.” saber onde se encontravam ou o
pentes." Assim, após nossa visita ao que faziam.
Percebi que três ou quatro dos barbeiro, iniciamos a grande Semanas mais tarde fui para o
rapazes mais velhos começaram a excursão de cinqüenta quilômetros sul do Arizona. Naqueles tempos
remexer-se nas cadeiras. Tinham prometida como incentivo para realizávamos reuniões gerais do
atingido a idade crítica em que que os rapazes ensaiassem — vinte sacerdócio em conexão com as
começavam a interessar-se pelas e quatro rapazes com os cabelos conferências de estaca; durante a
garotas, e uma cabeça recém- bem aparados e dois chefes de reunião pareceu-me reconhecer um
-tosada não faria nenhum sucesso escoteiros de cabeça raspada. rosto no fundo da capela. No final,
com as mulheres. Foram três semanas gloriosas aproximou-se um dos dois rapazes
Pus a proposta em votação e ela com aqueles excelentes rapazes lá que havíamos perdido de vista.
foi aprovada com a discordância fora nas montanhas e junto ao Abraçamo-nos e depois indaguei:
desses três ou quatro rapazes lago. Gostaria de poder descrever- — O que anda fazendo por aqui?
maiores. Então concordamos que -vos a vida de cada um deles desde — Suponho que queira saber o
se não se submetessem aquela época até hoje. Tenho que ando fazendo na Igreja, não é?
voluntariamente, a tropa teria orgulho deles. — E, sim, pelo menos em parte,
outros meios de impor seu Tenho-me esforçado em manter — ao que replicou:
regulamento. Assim acabaram contato com esses rapazes. Muitos — Não estou fazendo muita
concordando. anos mais tarde, depois de haver coisa, mas sou chefe de escoteiros.
A seguir, fiéis à sua natureza — estado em Idaho e Washington (Acho que mereci!) Depois contou-
A LlAHONA/jANElltO 1 9 8 5 47
homens, homens de caráter e
espiritualidade. Sou muito grato ao
bispo da pequena ala rural por
haver-me chamado como chefe de
escoteiros.
De todo o coração, irmãos, eu
vos elogio pelo bem que fazeis e
digo-vos que não vale a pena
desviar-se do caminho. O que vale
a pena é viver o evangelho, ser fiel
aos padrões, cultivar boas
companhias, guardar os
mandamentos, defender a verdade
onde quer que estiverdes.
Alguns de vós sabeis que já fiz
parte do govemo. Não foi fácil,
mas o presidente dos Estados
Unidos havia-me dado a palavra de
que nunca seria solicitado a apoiar
um programa em que não
acreditasse. E ele manteve a
palavra.
Sou grato ao Senhor pelo lar em
que nasci e pela missão de meu pai
que, conforme mencionou o Élder
Thomas S. Monson, foi chamado a
partir, deixando mamãe em casa
com sete filhos pequenos. O oitavo
nasceu quando estava no campo
havia quatro meses. Aquele lar foi
permeado por um espírito
missionário que nunca mais o
deixou, pelo que sou
profundamente grato.
Sou grato pelos meus dez irmãos
e irmãs, que saíram todos em
missão. Duas de minhas irmãs,
viúvas — uma delas mãe de dez
filhos e a outra de oito —
conversaram com o bispo sobre a
missão, depois de haverem
mandado os filhos para o campo
missionário.
Lembro-me ainda do dia em que
telefonaram dizendo:
— Sabe de uma coisa? Nós
recebemos um chamado
missionário.
-me que se casara fora da Igreja, mas Após a reunião tivemos uma — Que chamado missionário? —
que sua esposa acabara batizando- conversa e tanto. Casara-se na perguntei.
-se e estava procurando levá-lo a ser Igreja, mas não no templo. — Você não sabia? (Achavam
plenamente ativo para poderem ir Também no caso dele, algum que o presidente do Quorum dos
ao templo. tempo depois, tive o privilégio de Doze deve saber de tudo!)
Passamos a nos corresponder e selar este homem, sua esposa e o — Eu não fazia idéia, —
meses depois tive a honra de oficiar filho no templo do Senhor. repliquei.
no selamento desse belo casal e Pelo que sabemos, foi o último — Pois é, nós duas vamos para
seus filhos no Templo de Salt dos vinte e quatro a se casar no seu velho campo de trabalho na
Lake. templo. Alguns deles já se foram, Inglaterra.
Tempos depois, eu devia falar na mas temos boas razões para Desejei-lhes felicidade e gostaria
reunião anual do Idaho Farm acreditar que todos fizeram um de que pudessem ouvir o relatório
Bureau. Quando a reunião estava bom trabalho na vida. delas ao voltarem da missão.
para começar e já me encontrava Uma das melhores experiências O mais importante nesta vida é
sentado na tribuna com o de minha vida é servir no ter testemunho da verdade, e não
presidente do órgão, vi junto à escotismo e dele participar, o que existe lugar melhor na terra para se
porta um homem distribuindo venho fazendo há quase sessenta e obtê-lo do que o campo
folhetos aos fazendeiros que cinco anos. O escotismo é um missionário. Eu sei, pois lá estive
chegavam. Perguntei ao presidente excelente programa para o seguidas vezes.
quem era. Tratava-se mesmo do treinamento de líderes, ensinar Deus abençoe esta grande
último dos vinte e quatro rapazes civismo e amor à pátria, formar o reunião do sacerdócio, em nome de
que faltava localizar. caráter. E um edificador de Jesus Cristo. Amém.
48
Os S ervo s B o n s e F iéis encaminhando-se para milhões, de
rapazes e homens do sacerdócio
que amam o Senhor e obedecem
aos mandamentos. Estes maridos e
Presidente Gordon B. Hinckley pais governam o lar com bondade,
Segundo Conselheiro na Primeira Presidência amor e apreço. Atendem a todo
chamado para servir na Igreja, seja
qual for o cargo. São bons cidadãos
do país em que vivem. São bons
“Existem centenas de milhares, encaminhando-se vizinhos na comunidade. Como
para milhões, de rapazes e homens do sacerdócio que empregados, são leais. Trabalham
com afinco, com honestidade e
amam o Senhor e andam em obediência aos seus integridade. São homens que
mandamentos. ” levam uma vida casta e honrada,
homens que amam o Senhor e são
por ele amados.
Agradeço-vos do fundo do
Ele é um vencedor que acredita em coração pela honradez de vossa
treinamento e obediência às regras vida. Agradeço-vos o exemplo que
do jogo; Ele serviu sete anos como dais à família e ao mundo. Sois
bispo. É um homem sábio e capaz, uma honra para esta Igreja.
com um grande cabedal de Proporcionais felicidade, paz e
experiência. Fez um grande esforço segurança à esposa e aos filhos.
para chegar aqui esta noite; Cedeis a vossos instintos generosos
apreciamos imensamente o que fez socorrendo o povo, dando amizade
e o que falou. Obrigado, Irmão ao solitário, representando o
Edwards, e congratulações por melhor que há em nossa sociedade.
mais uma vitória hoje. Sois os doces frutos deste
Vós que sois pais e maridos, maravilhoso evangelho do Filho de
deveis ter sentido no coração esta Deus.
noite, em virtude das palavras Nenhum senso de culpa perturba
inspiradoras do Irmão Hanks, a vosso sono. Nenhuma violação dos
decisão de conduzir-vos no lar de mandamentos de Deus angustia
maneira a merecer o amor, vossos dias. Sois aqueles a quem
respeito, honra e amizade de vossa chamo de meus irmãos fiéis.
esposa e filhos. Ser portador do Obrigado por vossa grande
sacerdócio não dá a homem algum lealdade. Homens como vós têm
o direito de dominar aqueles a levado esta obra avante desde o
em, irmãos, gostaria de falar quem deve demonstrar o maior

B
princípio. Estavam presentes no lar
umas poucas palavras. Vou afeto e consideração. Cada um de de Peter Whitmer quando da
deixar de lado o que preparei nós deve voltar para casa hoje, organização da Igreja. Estavam
e falar de improviso. Tivemos uma tendo no coração uma vontade entre os poucos que se mantiveram
grande reunião. Todo rapaz aqui maior de viver merecedor da ao lado do Profeta do período da
presente hoje, deve ter cultivado companhia daqueles que mais nos Igreja em Nova York. De boa
no coração um desejo crescente de amam, honram e respeitam sem vontade deixaram Kirtland para
sair pelo mundo como reservas. cumprir missão onde quer que os
representante do Senhor Jesus Agora, concluindo, gostaria de mandassem, a uma palavra do
Cristo. falar alguns instantes com apreço e Profeta.
Gostaria de dizer-vos, rapazes, amor sobre o sacerdócio de A Igreja Fizeram a longa marcha com o
que deveis preparar-vos para essa de Jesus Cristo dos Santos dos Acampamento de Sião, mil e
grande responsabilidade. O Irmão Últimos Dias. trezentos quilômetros do Ohio até
Edwards falou-vos sobre a Existem centenas de milhares, o oeste do Missouri. Ficaram com
importância da preparação. O
Senhor disse: "Se estiverdes
preparados, não temereis.” (D&C
38:30.) Este é o dia de preparação
para vós, rapazes, não importa se
tendes doze, catorze, dezesseis ou
dezoito anos. Cuidai-vos. Jamais
usai, quando estiverdes entre
amigos, uma linguagem
incompatível com o chamado que
recebereis se fordes dignos de sair
pelo mundo como representantes
desta igreja, e servir como
embaixadores do Senhor Jesus
Cristo. Deus vos abençoe nesse
sentido.
Espero que atentastes bem para o
que disse o Irmão LaVell Edwards.
A L ia h o n a /J a n e ir o 1 9 8 5 49
o Profeta na Cadeia de Liberty. SESSÃO MATUTINA DE DOMINGO
Perseguidos, seminus, venceram 7 de outubro de 1984
com os santos carentes os
pantanais do Mississipi para
chegarem a Quincy, no Illinois.
Drenaram os pântanos de
Commerce para criar Nauvoo, a
Bela. Erigiram a magnífica casa do
As P ed r a s A n g u l a r e s
Senhor na elevação sobranceira ao
rio. Estavam com Joseph Smith em de N o ssa F é
Carthage. Choraram sua morte e
secundaram a liderança dos Doze. Presidente Gordon B. Hinckley
Perseguidos pela ralé, Segundo Conselheiro na Primeira Presidência
abandonaram suas casas e o
templo, enfrentando o rigoroso
inverno de Iowa. Alguns deles
acompanharam a longa, longa “Nós temos pedras de esquina ou angulares
marcha do Batalhão Mórmon até fundamentais sobre as quais está assentada esta
San Diego, e depois de volta até o
vale do Grande Lago Salgado. grande e bem ajustada Igreja dos Últimos Dias.
Outros seguiram o Rio Elkhom e
o Rio Platte para Scottsbluff, South Elas são absolutamente essenciais para esta obra. ”
Pass, Independence Rock e até este
vale. Aqui arrancaram artemísia,
combateram gafanhotos, do sacerdócio, uma reunião
labutaram e oraram, construíram transmitida daqui para outros
casa, igrejas e templos ao seu setecentos e quatorze locais pelo
Deus. mundo afora e para novecentos
Durante toda essa longa odisséia, centros de estaca, nos quais se
houve os que não foram leais, uns encontravam homens e rapazes da
poucos que se mostraram Igreja que amam o Senhor e andam
traidores, mas eram uma pequena com fé e convicção. Que coisa
minoria. Honra àqueles que maravilhosa é esta obra, meus
ficaram firmes, e às suas esposas amados irmãos e irmãs.
que trabalharam ao lado deles. E uma grande honra estar aqui
Vós, meus irmãos, sois da diante de vós para falar aos santos
mesma espécie — homens leais, dos últimos dias do mundo inteiro.
fiéis, homens de fé, homens Oro que o Santo Espírito me
virtuosos, homens que amam sua oriente.
família, querem bem a seus irmãos Não estou aqui como substituto
e irmãs, homens que edificam do presidente da Igreja; falo como
templos e depois servem neles, seu segundo conselheiro,
homens que atendem aos responsabilidade que não busquei
chamados para servir sem qualquer mas aceitei como um chamado
hesitação ou egoísmo; homens que sagrado, no cumprimento do qual
amam a Deus e seu Filho stou certo de que no coração tenho procurado aliviar os ombros
Unigênito, o Senhor Jesus Cristo.
Não consigo externar meu
apreço por vós. Vosso voto de
apoio nesta conferência significa
E de cada membro desta vasta
congregação ainda ecoa a
letra do hino que o Coro do
Tàbernáculo acaba de cantar:
de nosso amado presidente de
alguns dos pesados fardos do seu
cargo, e levar avante a obra do
Senhor com todo o empenho. O
mais do que posso expressar. "Deus abençoe Nosso Profeta Presidente Kimball é o profeta do
Quando, às vezes, penso que a Amado." Senhor. Ninguém mais poderá ou
carga é pesada e os fardos são Ontem à noite fez uma semana haverá de ocupar seu lugar
muitos, lembro-me de vós que não que se realizou neste Tàbernáculo, enquanto ele viver. Quando ele se
só levantais a mão em apoio, mas na Praça do Templo, uma for, estará preparado outro homem
dais igualmente de vosso coração, grandiosa conferência das treinado, provado, instruído,
tempo e recursos com lealdade. mulheres da Igreja. Muitos polido durante longos anos de
Deus vos abençoe. Oro por vós, milhares participaram dessa experiência e serviço para cumprir
que haja paz e amor em vossos conferência que foi transmitida esse sagrado e assombroso encargo.
lares, que estejais prosperando em pelo continente, de costa a costa. Quero informar aos membros da
vossos empreendimentos honestos Foi uma experiência inspiradora Igreja onde quer que estejam, que a
e que, quando chegar a hora, observar o rosto das mulheres obra está progredindo. Sinto que
possais apresentar-vos perante o reunidas no Tàbernáculo nessa nosso Pai Celeste nos sorri com
Senhor e ouvir suas boas-vindas: ocasião — Mulheres belas, aprovação. Concordo,
"Bem está, servo bom e fiel." mulheres fortes, mulheres capazes, naturalmente, que todos nós, seja
Invoco as bênçãos dos céus sobre mulheres virtuosas, mulheres qual for nossa posição, poderíamos
cada um de vós e sobre vossos piedosas. melhorar nosso desempenho.
entes queridos e o faço com Ontem à noite, Devemo-nos aprimorar
gratidão no coração, em nome de semelhantemente, houve no continuamente. Não obstante, há
Jesus Cristo. Amém. Tàbernáculo um grande encontro motivos para satisfação.
50
Autoridades Gerais em uma sessão da conferência: na fila de cima, a Primeira Presidência, à esquerda, e membros do Quorum dos Doze;
na segunda fila, a Presidência do Primeiro Quorum dos Setenta; e abaixo à direita, m embros do Primeiro Quorum dos Setenta.

A L ia h o n a /J a n e ir o 1 9 8 5 51
A u t o r id a d e s G erais
d e A I g r e ja d e J e s u s C r is t o
d o s S a n t o s d o s Ú l t im o s D ias
A PRIMEIRA PRESIDÊNCIA

Presidente Marion G. Romney Presidente Spencer W. Kimball Presidente Gordon B. Hinckley


Primeiro Conseiheiro Segundo Conselheiro

O QUORUM DOS DOZE

Ezra Taft Benson Howard W. Hunter Thomas S. Monson Boyd K. Packer Marvin J. Ashton Bruce R. McConkie

L. Tom Perry David B. Haight James E. Faust Neal A. Maxwell Russell M. Nelson Dallin H. Oaks

J. Thomas Fyans Dean L. Larsen G. Homer Durham Richard G. Scott Marion D. Hanks

DO PRIMEIRO Q UORUM DOS SETENTA

A. Theodore Tuttle Theodore M. Burton Paul H. Dunn Hartman Rector, Jr. Loren C. Dunn Robert L. Sim pson Rex D. Pinegar W. Grant Bangerter Robert D. Hales Adney Y. Komatsu

Joseph B. Wirthlin Gene R. Cook Charles Didier William R. Bradford George P. Lee John H. Groberg Jacob de Jager Vaughn J. Featherstone Royden G. Derrick Robert E. Wells Jam es M. Paramore

Hugh W. Pinnock F. Enzio Busche Yoshihiko Kikuchi Ronald E. Poelman Derek A. Cuthbert Robert L. Backman Rex C. Reeve, Sr. F. Burton Howard Ted E. Brewerton Jack H. Goaslind, Jr.

John K. Carmack Russell C. Taylor Robert B. Harbertson Devere Harris Spencer H. Osborn F. Arthur Kay Keith W. Wilcox

AUTORIDADES GERAIS EMÉRITAS


O BISPADO PRESIDENTE P atriarca M em bros do P rim eiro Q uorum dos S e tenta

H. Burke Peterson Victor L. Brown J. Richard Clarke Eldred G. Smith Sterling W. Sill Henry D. Taylor Bernard P. Brockbank James A. Cullimore Joseph Anderson John H. Vandenberg O. Leslie Stone
Prim eiro Conselheiro Bispo Presidente Segundo Conselheiro
54
A obra missionária vai bem e m uitos deles à custa de grandes propósitos de sua construção, esses
desde a últim a conferência foram sacrifícios, para sentir a nossos convidados compreenderam
abertos novos campos. A maravilhosa atmosfera dessa por que depois da dedicação
participação ativa dos m embros da significativa ocasião em que se consideramos essas casas
Igreja em todo o mundo está realizaram quatorze sessões santificadas, reservadas para fins
aumentando. A im ensa obra de dedicatórias. sagrados e vedadas ao público.
pesquisa genealógica encontra-se Faz apenas alguns dias que Participando desses serviços
em expansão e um sempre regressamos de Manila, nas dedicatórios, sente-se a verdadeira
crescente número de santos fiéis Filipinas. Lá, num local elevado, força da Igreja. Esta força está no
leva avante a obra sagrada nos dando vista para um vale inteiro, coração das pessoas ligadas pelo
templos. ergue-se um templo belo e sagrado. laço do reconhecim ento de que
Estamos construindo novas Com o em outros lugares, nas Deus é nosso Pai Eterno, e Jesus
casas de oração em escala sem pedras de uma das torres estão Cristo nosso Salvador. Seu
precedentes. Desenvolveram-se gravadas estas palavras: "Santidade testem unho pessoal encontra-se
métodos de construção visando o ao Senhor. A Casa do Senhor." Aos firm em ente fundamentado sobre o
barateamento desses prédios. milhares eles vieram, os alicerce da fé concernente às coisas
Desde nosso últim o encontro maravilhosos e fiéis membros da divinas.
foram dedicados três novos Igreja na República das Filipinas. Para cada novo templo tivemos a
templos — um em Boise, Idaho,- Com cânticos de louvor, com cerimônia do assentamento da
outro em Sidney, Autrália,- e mais palavras de conselho e pedra angular, seguindo uma
recentem ente o terceiro em testem unho, com uma prece tradição que remonta aos tempos
Manila, capital das Filipinas. dedicatória, todos eles juntos antigos. Antes do emprego
Dezenas de milhares de santos dos apresentaram o lindo prédio como generalizado do concreto, os
últim os dias participaram dessas dádiva de um povo agradecido ao alicerces eram construídos com
inspiradoras cerimônias Senhor, com o sua habitação. grandes blocos de pedra. Depois de
dedicatórias. No Tem plo de Boise Todos esses novos templos cavar uma vala, eram assentadas as
houve vinte e quatro sessões, com foram franqueados à visitação pedras para servir de base. Do
grande manifestação do Espírito do pública antes de sua dedicação. ponto de partida, o alicerce seguia
Senhor em todas elas. Muitas M ilhares e m ilhares de visitantes certa direção até uma pedra
foram as expressões de apreço. Na passaram por eles, com liberdade angular ou de esquina; então
Austrália foi o m esm o. Pessoas de fazer as perguntas que prosseguia noutra direção até o
chegaram de tão longe com o a quisessem. Eles mostraram-se próximo canto no qual se colocava
Tasmânia no sul, e das Ilhas respeitosos e reverentes dentro outra pedra angular, e assim por
Thursday, no longínquo norte; dessas casas sagradas. E, tendo diante até chegar de novo ao ponto
cruzaram o continente inteiro sentido o espírito que reina ali e de partida. M uitas vezes, inclusive
vindas de Peth, na costa ocidental, aprendido alguma coisa sobre os na construção dos primeiros
A L ia h o n a /J a n e ir o 1 9 8 5 55
mortos, ensinando doutrinas
transcendentais e belas. Foi,
conforme profetizou Isaías
' 'hom em de dores e experimentado
nos trabalhos” . (Isaías 53:3.)
Estendeu a mão aos que levavam
jugo pesado, convidando-os a se
valerem dele, dizendo: "M eu jugo
é suave e o meu fardo é leve."
(Mat. 11:30.) "Andou fazendo
b em " e por isso foi odiado. (Atos
10:38.) Seus inimigos se voltaram
contra ele. Foi preso, julgado por
acusações espúrias, condenado a
morrer na cruz do Calvário para
satisfazer os reclam os da multidão.
Cravos transfixaram-lhe as mãos
e os pés e ficou pendurado em
agonia e dor, dando a própria vida
em resgate pelos pecados de todos
os homens. Morreu clamando:
"P ai, perdoa-lhes porque não
sabem o que fazem .” (Lucas
23:34.)
Foi sepultado num túmulo
emprestado e no terceiro dia
ressurgiu da tumba. Levantou-se
triunfante, vencendo a morte, as
primícias de todos os que dormem.
Com a ressurreição veio a
promessa a todos de que a vida é
eterna, que assim como todos
morrem em Adão, são todos
Presidente geral das Moças Ardeth G. Kapp, falando na Sessão Geral das Mulheres, no dia vivificados em Cristo. (Ver I Cor.
29 de setembro. 15:22.) Em toda a história da
humanidade não há nada que se
templos da Igreja, usavam-se Ú ltim os Dias. M enciono primeiro iguale em maravilha, esplendor,
pedras angulares em cada canto de a principal pedra de esquina, a magnitude ou aos frutos da vida
junção de paredes, sendo quem reconhecemos e honramos inigualável do Filho de Deus, o
assentadas com cerimônia. A como o Senhor Jesus Cristo. A qual morreu por nós. Ele é o nosso
últim a pedra era chamada pedra de segunda é a visão concedida ao Salvador, nosso Redentor. Como
esquina principal e seu Profeta Joseph Sm ith, na qual lhe predisse Isaías: "Seu nome será:
assentam ento era motivo de apareceram o Pai e o Filho. A Maravilhoso, Conselheiro, Deus
grandes celebrações. Com esta terceira é o Livro de Mórmon, a forte, Pai da eternidade, Princípe
pedra em posição, o alicerce estava voz que fala vinda do pó, contendo da paz." (Isaías 9:6.)
pronto para receber a estrutura. as palavras de profetas antigos Ele é a principal pedra angular da
Daí a analogia usada por Paulo para proclamando a divindade e igreja que leva seu nom e, A Igreja
descrever a verdadeira Igreja: realidade do Salvador da de Jesus Cristo dos Santos dos
' 'Assim que já não sois humanidade. A quarta é o Ú ltim os Dias. Não existe entre os
estrangeiros, nem forasteiros, mas sacerdócio com todos os poderes e homens nenhum outro nome pelo
concidadãos dos santos, e da autoridade, pelo qual o hom em age qual podemos ser salvos. (Ver Atos
fam ília de Deus,- em nom e de Deus na 4:12.) Ele é o autor da nossa
"Edificados sobre o fundamento administração dos negócios do seu salvação, o doador de vida etema.
dos apóstolos e dos profetas, de que reino. (Ver Hebreus 5:9.) Não existe
Jesus Cristo é a principal pedra da Gostaria de com entar cada uma ninguém igual a ele, e jamais
esquina; delas. O testem unho de Jesus existirá. Graças sejam a Deus pelo
"N o qual todo o edifício, bem Cristo como o Filho de Deus, que dom de seu Filho Amado, que
ajustado, cresce para templo santo por desígnio divino nasceu em entregou a vida para que
no Senhor." (Efésios 2:19-21.) Belém da Judéia, é absolutamente pudéssemos viver, e que é a
Nós tem os pedras de esquina ou básico para nossa fé. Jesus criou-se principal e irremovível pedra
angulares fundamentais sobre as em Nazaré com o filho de um angular de nossa fé e de sua igreja.
quais está assentada esta grande e carpinteiro, tendo dentro de si A segunda pedra angular, a
bem ajustada Igreja dos Ú ltim os elementos da mortalidade e primeira visão do Profeta Joseph
Dias. Elas são absolutamente imortalidade recebidos Sm ith. Foi na primavera do ano de
essenciais para esta obra, o próprio respectivamente de sua mãe 1820. O rapaz com dúvidas foi ao
fundamento que a sustenta. terrena e Pai Celestial. Durante o bosque da fazenda patema. Ali,
Gostaria de falar brevemente breve m inistério terreno, ele vendo-se sozinho, rogou ao Pai que
dessas quatro pedras angulares percorreu os cam inhos poeirentos desse a sabedoria prometida por
essenciais que sustentam A Igreja da Palestina curando doentes, Tiago àqueles que recorressem a
de Jesus Cristo dos Santos dos dando visão aos cegos, revivendo Deus com fé. (Ver Tiago 1:5.) Ali,
56
nas circunstâncias que descreveu Livro de Mórmon. Tenho-o nas palavra de Deus, que expõe
detalhadamente, ele contem plou o mãos. Ele é real; tem peso e verdades salvadoras do evangelho
Pai e o Filho, o grande Deus do substância que podem ser medidos eterno, que surgiu pelo dom e
universo e o Senhor ressurreto, os fisicam ente. Abro suas páginas e poder de Deus "para convencer ao
quais lhe falaram. leio, e encontro um a linguagem judeu e ao gentio que Jesus é o
Esta experiência transcendente bela e inspiradora. Os antigos anais C risto” . (Página-título do Livro de
deu início à maravilhosa obra da dos quais foi traduzido saíram da Mórmon.)
restauração, erguendo a cortina da terra como uma voz falando do pó. Está aqui. Tem de ser explicado.
dispensação da plenitude dos Ele veio como testem unho de Só pode ser explicado como o
tempos prometida havia tanto gerações de homens e mulheres próprio tradutor explicou sua
tempo. que viveram na terra, que lutaram origem. D e mãos dadas com a
Há mais de um século e m eio contra a adversidade, que Bíblia cujo companheiro é,
inimigos, críticos e alguns pseudo- contenderam e lutaram, que por constitui m ais outra testem unha
-intelectuais vêm-se exaurindo em várias vezes viveram a lei divina-e para um a geração incrédula de que
tentativas de, refutar a validade prosperaram, e noutras vezes Jesus é o Cristo, o Filho de Deus
dessa visão. E lógico que não abandonaram seu Deus e foram vivo. E uma inabalável pedra
conseguem entendê-la. As coisas destruídas. Ele contêm o que tem angular de nossa fé.
de Deus entendem-se pelo Espírito sido chamado de quinto evangelho, Pedra angular número quatro —
de Deus. Nada houve de um com ovente testam ento do a restauração do poder e autoridade
magnitude comparável desde que o Novo Mundo concernente à visita do sacerdócio à terra. Nos tempos
Filho de Deus pisou a terra em do Redentor ressurreto no solo antigos, essa autoridade foi
condição mortal. Sem ela como deste hemisfério. concedida aos homens; a
pedra fundamental de nossa fé e A evidência de sua autoridade menor aos filhos de
organização, não tem os coisa autenticidade, de sua validade num Aarão para o m inistério em
alguma. Com ela, tem os tudo. mundo tendente a exigir provas, assuntos temporais bem como em
Muito tem sido escrito, m uito não se encontra na arqueologia ou algumas sagradas ordenanças
será escrito no empenho de refutá- antropologia, embora possam ser eclesiásticas. O sacerdócio maior
-la com explicações. A m ente finita úteis, para alguns. Não se encontra foi conferido pelo próprio Senhor
não consegue compreendê-la. Mas na pesquisa filológica ou análise aos apóstolos quando declarou: ” E
o testem unho do Santo Espírito, histórica, embora possa fornecer eu te darei as chaves do reino dos
sentido por inúmeras pessoas no confirmação. A evidência de sua céus; e tudo o que ligares na terra
transcorrer dos anos desde que autenticidade e validade está entre será ligado nos céus, e tudo o que
aconteceu, testifica sua veracidade, as capas do próprio livro. A prova desligares na terra será desligado
que aconteceu conforme Joseph de sua veracidade encontra-se nos céu s.” (Mat. 16:19.)
Sm ith afirmou, que foi tão bela lendo-o. É um livro de Deus. Sua restauração plena envolveu a
como o nascer do sol em Palmyra, Homens razoáveis podem vinda de João Batista, o precursor
que é a pedra fundamental questionar sinceram ente sua de Cristo, que foi decapitado para
essencial, a pedra angular sem a origem; mas aqueles que o leram satisfazer os caprichos de uma
qual a Igreja não seria 1'bem em oração souberam por um poder m ulher iníqua,- e de Pedro, Tiago e
ajustada” . superior a seus sentidos naturais João, os quais seguiram fielm ente o
A terceira pedra angular — o que ele é verdadeiro, que contém a Mestre antes de sua morte, e

A L l a h o n a / I a n e ir o 1 9 8 5 57
conseqüências.
Esses grandiosos dons de Deus
são as inabaláveis pedras angulares
que fundamentam A Igreja de Jesus
Cristo dos Santos dos Ú ltim os
Dias, bem como o testem unho e
convicção individual de seus
membros: (1) A realidade e
divindade do Senhor Jesus Cristo
como o Filho de Deus; (2) a
sublime visão do Pai e do Filho
concedida ao Profeta Joseph Smith,
dando início à dispensação da
plenitude dos tempos; (3) o Livro
de M órmon como a palavra de
Deus proclamando a divindade do
Salvador,- e (4) o sacerdócio de
Deus divinamente conferido para
ser exercido em justiça para o bem
dos filhos de nosso Pai.
Cada uma dessas pedras
angulares se prende a outra, ligadas
por um alicerce de apóstolos e
profetas, e todas elas unidas à
principal pedra angular, Jesus
Cristo. Sobre elas foi edificada a
Igreja, "b em ajustada" para bênção
de todos aqueles que participam do
que ela oferece. (Efésios 2:21.)
Assim, seguramente assentada
sobre o alicerce e bem ajustada, ela
ergue-se como a criação do
O nipotente.E um abrigo contra as
tormentas da vida,- um refúgio de
paz para os aflitos; uma casa de
socorro para os necessitados; a
conservadora da verdade eterna e
m estra da vontade divina. E a
verdadeira e viva Igreja do Mestre.
Destas coisas presto solene
testem unho, testificando a todos
que ouvem m inha voz que Deus
voltou a falar para dar início a esta
últim a e gloriosa dispensação; que
sua Igreja está aqui, a Igreja que
ostenta o nome de seu Filho
Amado,- que da terra surgiu o
registro de um povo antigo
depois proclamaram sua sacerdócio: "N inguém toma para prestando testem unho da obra do
ressurreição e divindade. Envolveu si esta honra, senão o que é Todo-Poderoso a esta geração; que
Moisés, Elaías e Elias, cada qual chamado por Deus, com o A arào." o sacerdócio eterno se encontra
trazendo chaves do sacerdócio para (Hebr. 5:4.) Não o obtivemos por entre os homens para seu bem e
completar a restauração de todos compra ou barganha. O Senhor o para o governo de sua obra; que
os atos e ordenanças das dá a homens considerados dignos esta é a verdadeira e viva Igreja de
dispensações anteriores nesta de recebê-lo, independente de Jesus Cristo, estabelecida para a
grande e final dispensação da posição na vida, da cor da, pele ou bênção de todos os que ouvirem
plenitude dos tempos. da nação em que vivem. E o poder sua mensagem, e
O sacerdócio está aqui, nos foi e autoridade para governar os inamovivelmente edificada sobre
conferido. Nós agimos segundo negócios do reino de Deus. É um fundamento de apóstolos e
essa autoridade. Falamos como conferido unicam ente pela profetas, com pedras angulares de
filhos de Deus em nom e de Jesus ordenação com imposição das inabalável firmeza, assentadas por
Cristo e com o portadores dessa mãos por quem tem autoridade a ele para a consecução de seus
divina investidura. Conhecem os fazê-lo. A qualificação para recebê- propósitos eternos, tendo o próprio
pessoalmente o poder desse -lo é a obediência aos mandamentos Jesus Cristo como "principal pedra
sacerdócio. Tem os visto o enfermo de Deus. de esquina''.
curado, o coxo voltar a andar e Não existe na terra poder igual. Esta é a nossa fé e a de nossos
pessoas que se encontravam em Sua autoridade ultrapassa o véu da pais. "F é possuída por nossos pais,
trevas obter luz, conhecim ento e m orte estendendo-se pelas santa fé. Fiéis a ti seremos até a
discernimento. eternidades vindouras. É m orte!” Em nom e de Jesus Cristo.
Dizia Paulo a respeito do sem pitem o em suas Amém.
58
As O bras d e D eu s
e sobrepujam sua angústia e pesar
por um filho que nasceu com um
grave problema físico ou mental,
ou o adquiriu em vida. Essa
Élder James E. Faust angústia m uitas vezes se prolonga
do Quorum dos Doze Apóstolos dia e noite, sem cessar, durante a
vida inteira dos pais e do filho. Não
poucas vezes, os pais são obrigados
a prestar noite e dia uma
“Cuidai do desventuiado e tiabalhai assistência sobre-humana. O
com o desganado é uma puia manifestação do coração e os braços de m uitas mães
têm-se esfalfado anos a fio,
amoi de Cristo. ” confortando e aliviando o
sofrimento de seu filho especial.
A angústia dos pais ao saberem
contraltos, as mãos dos irmãos não que seu filho não se está
se moviam . Foi uma visão muito desenvolvendo norm alm ente é
tocante. indescritível. As lágrimas e
Os deficientes auditivos são preocupação, as perguntas sobre o
algumas das pessoas especiais que o filho será capaz ou não de
entre nós, assim como os que não fazer são de partir o coração:
enxergam ou são portadores de "D ou tor, nosso filho aprenderá a
alguma outra deficiência física ou falar, andar, cuidar de si?"
mental. Freqüentemente não há resposta
Quero dizer uma palavra de definitiva, exceto uma: "V ocês
apreço àqueles entre nós que lutam deverão sentir-se gratos por
com tais deficiências, e transm itir qualquer progresso que ele fizer.”
uma mensagem de consolo a seus A preocupação principal é
familiares, particularm ente aos sempre com o cuidar da pessoa
pais. Existirá no mundo um filho deficiente. O fardo dos cuidados
ou filha absolutamente perfeito de futuros poderá parecer esmagador.
Deus? Não vale a pena viver a vida, Contemplar a incerteza dos anos
se ela não for perfeita? As pessoas ou m esm o de uma vida inteira de
deficientes não trazem seus constantes e exaustivos cuidados
próprios dons especiais para a vida pode parecer insuportável.
— e para outros que estão isentos Geralm ente se derramam muitas
dessas dificuldades — que de outra lágrimas, antes de se reconhecer a
om uma prece no coração forma seriam impossíveis? realidade. Então os pais e

C para ser bem entendido e


com certo receio, vou falar
D ificilm ente haverá uma fam ília
que não tenha um membro que
a respeito de pais e filhos com possa ser considerado física ou
problemas especiais. Faço-o por m entalm ente prejudicado. Tenho
familiares podem começar a aceitar
e carregar o fardo, um dia de cada
vez.
Disse a grande mãe de um filho
estar persuadido de que esses um grande apreço pelos pais que com graves problemas:
desafios extraordinários são, amorosa e estoicam ente suportam "G radualm ente com ecei a
conforme diz o próprio Salvador,
"para que se m anifestem nele as
obras de D eu s". (João 9:3.) A
maneira de enfrentar tais desafios
pode m uitas vezes ser a expressão
da própria essência do evangelho
de,Cristo.
É com um notar-se em nossas
congregações um pequeno grupo de
pessoas bem na frente que se
com unicam com graciosos
movimenfos de mãos bem como
elo Espírito. São pessoas surdas. E
á sempre uma alma bondosa e
capacitada que, sentada diante do
grupo, com carinho converte as
palavras e sílabas em gestos
compreensíveis.
Recentem ente, num a reunião
numerosa, ficamos emocionados
observando os membros surdos
cantando os hinos em parte pelo
movimento das mãos. Quando
cantavam os baixos e tenores, as
mãos das irmãs ficavam imóveis;
quando cantavam os sopranos e
A L ia h o n a I a n e ir í ) 1 9 8 5 59
pura nos outros e poderosa crença
em Deus, podendo dar de sua força
espiritual aos que com eles
convivem.
Para o deficiente físico, tentar
enfrentar a vida é m uitas vezes
como querer alcançar o inatingível.
Lembrai-vos, porém, das palavras
do Profeta Joseph Sm ith: "Todos
os intelectos e espíritos que Deus
constantem ente manda ao mundo
são suscetíveis de
engrandecim ento." (Ensinamentos
do Profeta foseph Smith, p. 346.)
Sem dúvida, pela infinita
misericórdia de Deus, os física e
m entalm ente limitados não ficarão
assim após a ressurreição. Nessa
ocasião, diz Alma, "o espírito e o
corpo serão novamente reunidos
em sua perfeita forma; os membros
e juntas serão restabelecidos a seus
próprios lugares” . (Alma 11:43.)
Com o a mortalidade, as aflições
são temporárias.
Quanto mais compartilharmos
do fardo, maior será, sem dúvida,
nossa contribuição para a ajuda
emocional à pessoa que costuma
cuidar do deficiente. Um a hora de
enfrentar um dia por vez, e assim irmãos e irmãs deficientes? Com auxílio ocasional que seja, seria
não parecia tão difícil. Em verdade, certeza se manifestam m uito apreciada. A mãe de uma
quando chegava a noite, eu grandemente no amoroso cuidado criança excepcional comentou:
agradecia ao Senhor a força que m e e atenção que recebem dos pais, "Jam ais poderia sonhar com férias
dera para vencer aquele dia, e familiares, amigos e no Havaí; tudo o que posso esperar
rogava que o seguinte fosse companheiros. Não são os é sair algumas horas à n o ite ."
igualmente bom. Dessa maneira, deficientes que estão sendo O ensinam ento do Salvador de
com ecei a amá-lo e apreciar o seu provados, m as sim nós, os que que as deficiências não são punição
lugar na fam ília.” estamos livres de tais lim itações. de pecados, seja dos pais ou da
Referindo-se ao seu irmão Embora não possam ser medidos própria pessoa, pode ser
deficiente, um missionário com o os outros, m uitos se igualmente compreendido e
escreveu aos pais: "M ãe, beije o beneficiam im ensam ente com aplicado nas condições de hoje.
Bill diariamente por m im . Em uma qualquer realização, por menor que Com o é possível dizer-se que uma
das palestras, aprendemos que m eu seja. criança inocente que nasceu com
irmãozinho é autom aticam ente As obras de Deus se manifestam algum problema, está sendo
merecedor do reino de Deus. Oro de m uitas maneiras no tocante aos punida? Por que pais que se
apenas que possa tom ar-m e igual a excepcionais. Manifestam-se na conservaram isentos dos males
ele, viver com m eu Pai C elestial e forma m iraculosa como muitas sociais, drogas e outras substâncias
ver m eu irmãozinho falando e pessoas deficientes físicas ou debilitantes capazes de afetar sua
conversando com ele. Ele é uma m entais são capazes de adaptar-se e progênie, hão de imaginar que o
dádiva especial; nós somos compensar suas lim itações. nascim ento de um a criança
realm ente abençoados.” Ocasionalm ente, outros sentidos deficiente é uma forma de
O fato de existirem pessoas tom am -se m ais aguçados, desaprovação divina? Geralmente
deficientes não é novo. M uitos têm substituindo de modo admirável os ambos os pais e a criança não têm
questionado o m otivo dessas sentidos prejudicados. U m a jovem culpa. O Salvador do mundo nos
lim itações, m esm o nos tempos de amiga com grave deficiência lembra que Deus "faz com que o
Jesus: motora e da fala, consertou um seu sol se levante sobre maus e
"E , passando Jesus, viu um relógio complicado sem nenhum a bons e a chuva desça sobre justos e
hom em cego de nascença. experiência ou treinam ento em in ju stos". (Mat. 5:45.)
" E os seus discípulos lhe conserto ou fabricação de relógios. Gostaria de expressar gratidão e
perguntaram, dizendo: Rabi, quem M uitos excepcionais são m ais apreço aos m uitos que, com tanto
pecou, este ou seus pais, para que dotados em vários sentidos. Eles carinho e perícia, tratam de nossos
nascesse cego? tam bém fazem parte da vida de deficientes. Os pais e familiares
"Jesus respondeu: Nem ele progresso e, como acontece a todos que cuidam de seus entes com
pecou nem seus pais; mas foi nós, aprendem coisas novas todos necessidades especiais na
assim, para que se m anifestem os dias. Podem ser extraordinários atmosfera afetuosa do lar,
nele as obras de D e u s." (João na fé e espiritualidade. Alguns m erecem louvor especial. A
9:1-3.) conseguem comunicar-se com o assistência aos que são limitados é
De que maneira as obras de Deus infinito de maneira notável em um serviço especial prestado ao
se m anifestam nesses nossos suas orações. M uitos têm um a fé próprio M estre, pois "quando o
60
fizestes a um destes meus excepcionais, percebem muitas possível que, apesar dos pesares, o
pequeninos irmãos, a m im o vezes a nobreza dos espíritos pai possa ser considerado um
fizestes” . (Mat. 25:40.) confinados em corpos mal sucesso. Talvez existam filhos que
Os pais de filhos deficientes formados ou com intelecto desafiariam qualquer tipo de pai
sentem-se vez por outra deficiente. independente das circunstâncias.
embaraçados ou magoados pelas Gostaria tam bém de dizer uma Do m esm o modo, talvez existam
pessoas que externam sua simpatia palavra de consolo aos pais outros que sejam uma bênção,
canhestramente, sem perceber ou angustiados de filhos desgarrados uma alegria para praticamente
apreciar o profundo amor dos pais que fazem ouvidos moucos aos qualquer pai ou m ãe."
pelo filho. Talvez possa ser conselhos e ensinos paternos. ("Preocupação dos Pais com os
comparado ao fato de que não é Embora a maioria dos filhos sigam F ilh os", A Liahona, janeiro de
menor o amor num a fam ília pelo as pegadas dos pais — obedientes a 1984, p. 107.)
bebê indefeso que precisa ser seus ensinam entos, retribuindo Com o pais que se importam,
alimentado, banhado e ter as seu afeto — uns poucos lhes fazemos o melhor que podemos.
fraldas trocadas do que pelo filho voltam as costas com o filho Tenho esperança de que, nesse
maior, mas ainda assim pródigo e desperdiçam a vida. O sentido, Deus nos julgará ao menos
dependente. Nós amamos aqueles grande princípio do livre-arbítrio é parcialmente pelo intento do
a quem servimos e que precisam de essencial para o desenvolvimento, coração paterno. Os filhos têm
nós. crescim ento e progresso. Permite tanto a aprender! Os pais precisam
Será que não é possível olharmos igualmente a liberdade de optar ensinar tantas coisas aos filhos!
além das bengalas, cadeiras de pela satisfação dos próprios Receberam o mandamento
roda, aparelhos ortopédicos e desejos, do desperdício e específico de ensinar-lhes "a
muletas, diretamente no coração degradação. Os filhos têm seu doutrina do arrependimento, da fé
das pessoas que deles necessitam? arbítrio e m uitas vezes o em Cristo, o Filho de Deus vivo, e
São seres humanos que querem expressam quando ainda bem do batism o, e do dom do Espírito
apenas ser tratados como pessoas jovens. Podem ou não seguir os Santo pela imposição das mãos, ao
comuns. Podem parecer diferentes, ensinam entos e desejos dos pais. A alcançarem oito anos de idade” .
mover-se desajeitadamente e falar m aioria dos pais se esforça ao (D&.C 68:25.) Contudo, apesar de
gaguejando, mas têm os mesmos m áxim o, mas também vivenciar essas verdades e tê-las
sentim entos. Riem , choram, compreende perfeitam ente as ensinado no lar, os pais nem
conhecem o desânimo e a palavras de Léhi: "O u v i as palavras sempre conseguem assegurar a boa
esperança. Não querem ser de um pai trêm ulo.” (2 Néfi 1:14.) conduta dos filhos. Diz Ezequiel:
evitados. Esperam ser amados pelo Devemos ao Élder Howard W. " O filho não levará a maldade do
que são interiorm ente, sem Hunter estas sábias palavras: "O pai, nem o pai levará a maldade
qualquer preconceito. Será que não bom pai é aquele que ama, aquele dos filh o s." (Ezequiel 18:20.)
podemos ser m ais tolerantes com que se sacrifica, aquele que cuida, Os pais têm a obrigação de
as diferenças — diferenças de ensina e supre o filho com aquilo ensinar, não de forçar; e tendo
capacidade, diferenças físicas e de que ele precisa. Se, apesar disso, ensinado piedosa e
mentais? o filho ainda desobedecer, causar conscienciosam ente, não podem
Os que convivem de perto com problemas ou for mundano, é bem ser responsabilizados por tudo o
A L ia h o n a /J a n e jr o 1 9 8 5 61
que os filhos fazem. Os filhos
obedientes trazem honra aos pais,
mas seria injusto julgar pais fiéis
' ‘P elo s S eu s F r u t o s
pelas ações dos filhos que não
querem ouvir e seguí-los. Os pais
têm o dever de instruir, mas aos
OS CONHECEREIS''
filhos tam bém cabe a
responsabilidade de escutar, serem Élder Royden G. Derrick
obedientes, e agir conforme lhes foi do Primeiro Q uorum dos Setenta
ensinado. Pais são pais e
costum am servir mais os filhos do
que são por estes servidos. Aos pais
preocupados, gostaria de
“Quando alguém é leal à verdade dizemos que
parafrasear W inston Churchill: é uma pessoa íntegra. Quando alguém é
"Jam ais desisti, jam ais desisti,
nunca, nunca, nunca.” leal à verdade sob intensa oposição, dizemos que
Não disponho de nenhuma é uma pessoa muito íntegra. ”
fórmula garantida para a educação
de filhos. Além do bom exemplo e
ensino da fé, é essencial dar-lhes
amor irrestrito, empregar apropriadamente. Diz o Senhor:
disciplina comedida e procurar "A glória de Deus é inteligência
incutir-lhes autodomínio. Um a ou, em outras palavras, luz e
excelente mãe que esfregou verdade." (D&C 93:36.) A luz
soalhos para ajudar os filhos a mencionada por esta escritura é a
terminarem os estudos, com entou: luz de Cristo, pois este disse mais:
1'Ensinei meus filhos a orar, a ter "E u sou a luz verdadeira que
boas maneiras e a trabalhar.” O ilum ina todo o homem que vem ao
Senhor nos lembra que devemos m undo." (D&C 93:2.)
ensinar continuam ente Um a das primeiras coisas de que
arrependimento, fé em Cristo, ainda m e lembro aconteceu
batismo e o dom do Espírito Santo. quando eu tinha uns quatro anos.
(Ver D & C 68:25.) A várias quadras de nossa casa
As obras de Deus se manifestam funcionava uma pequena
de tantas maneiras nos desafios de mercearia num a casa de madeira.
pais e filhos, particularmente nos Nas janelas da frente, o
que são deficientes e naqueles que proprietário pregara uma prateleira
se desviaram. Aqueles que de uns dez centím etros de largura
perguntam: "Por que isso na qual, nesta época do ano,
aconteceu com igo?" ou "Por que expunha enormes e suculentas
m eu filho?", resta o consolo de que maçãs para atrair os passantes.
a dificuldade não será eterna. A Passando por ali, vi as lindas maçãs
Presidente David O. vermelhas de dar água na boca.
vida nesta terra é breve. Cuidar do
desventurado e trabalhar com o
desgarrado é uma pura
O McKay, nosso venerado
líder em anos passados,
Sem dar-me conta do que fazia,
apanhei uma e continuei andando.
manifestação do amor de Cristo. costumava dizer: "A missão do Depois de alguns passos olhei
Aos que enfrentam esse desafio Evangelho de Jesus Cristo (é) fazer para o que tinha nas mãos e de
nesta vida, o próprio Deus fornece do hom em mau um hom em bom, repente percebi que havia roubado
uma resposta — paciência e força e do hom em bom um hom em uma m açã. Pus-me a correr, mas
para suportar. Esta reside, m elh o r." (Millennial Star, outubro com eti o erro de fazê-lo na direção
conforme testificam Paulo e Jó, na de 1961, p. 469.) errada.
"esperança da vida eterna, a qual O Senhor disse ao povo da Abaixo da nossa varanda, havia
Deus... prometeu antes dos tempos América antiga: "E tudo quanto uma treliça entre o piso dela e o
dos séculos" (Tito 1:2), "quando persuade os homens à prática do chão. U m a portinhola permitia-nos
as estrelas da alva juntas bem é de mim,- porque o bem não guardar as ferramentas de
alegremente cantavam, e todos os vem de outrem, senão de m im . Eu jardinagem debaixo da varanda,
filhos de Deus rejubilavam ” . (Jó sou o que conduz os homens a além de acesso a um excelente
38:7.) tudo quanto é b o m ." (Éter 4:12.) esconderijo.
Presto testem unho de que Jesus Para sermos bons precisamos Corri para casa o caminho todo,
é o Cristo, o Salvador do mundo e buscar a verdade, pois esta é o m eti-m e debaixo da varanda e lá
o Redentor da humanidade. ingrediente que nos modifica fiquei a tarde inteira tremendo de
Testifico que, pela obediência aos positivamente quando inculcado medo — e comendo a maçã. Sabia
seus mandamentos, terem os a em nossa vida. 1'A verdade é o que fizera mal, e também que meu
força para triunfar sobre todos os conhecim ento das coisas como Pai C elestial sabia o que eu tinha
desafios desta vida. Conceda-nos são, com o eram e como serão." feito.
Deus esta pacífica influência (D&C 93:24.) "A verdade Tenho refletido freqüentemente
sustentadora a todos e, permanece e não tem fim .” (D&C sobre o remorso de consciência que
particularmente, aos que mais 8 8 : 6 6 .) sofri num a idade tão tenra. A luz
necessitam dela, eu oro em nom e Inteligência é a capacidade de de Cristo que ilum ina todo homem
de Jesus Cristo. Amém. empregar o conhecim ento que vem ao mundo, evidenciou-se
62
" E na vossa lei tam bém está nos céu s." (Journal of Discouises,
escrito que o testem unho de dois 13:148.1
hom ens é verdadeiro. Àqueles que buscam e aplicam
' 'Eu sou o que testifica de m im os princípios do evangelho, diz o
m esm o, e de m im testifica Senhor:
tam bém o Pai que m e enviou ." "E se os vossos olhos estiverem
(João 8:12-14, 17-18.) fitos só na m inha glória, vossos
O testem unho do Pai e o de corpos se encherão com luz, e em
Jesus não se destinavam vós não haverá trevas; e o corpo
unicam ente ao povo daquela que é cheio de luz compreende
época, mas a todos os homens todas as co isas." (D&C 88:67.1
pelos tempos afora. Foi então O Presidente Joseph F. Sm ith
documentado para nós, e é tão diz: " O conhecim ento da verdade,
válido hoje quanto há dois m il aliado ao seu devido respeito e fiel
anos. As verdades do Evangelho de obediência — e não a mera
Jesus Cristo foram restauradas à aquisição de fatos — é a verdadeira
terra através do Profeta Joseph educação. Não é só a m ente que
Sm ith e estão a nossa disposição deve conhecer a verdade, mas
para serem estudadas. tam bém a alma deve honrar e amá-
Em m inha limitada vivência no -la com o se fosse uma gema
campo religioso e educativo, tenho preciosa. E esta vida deve-se
observado que assim ilar os orientar e moldar nela, a fim de
princípios do evangelho exige tanta cumprir o seu destino.” (Doutrina
inteligência como a compreensão do Evangelho, p. 244.)
de complicadas fórmulas De que vale a verdade se não for
científicas. Compreender o assimilada pela m ente e coração do
evangelho é uma busca que requer homem? 1‘A verdade é o
estudo, meditação e oração. fundamento de todo grande
Brigham Young ensinava: “Toda caráter," dizia W illiam George
genuína sabedoria que a Jordan. "E a lealdade ao certo
naquele dia, o que anos mais tarde humanidade tem, ela recebeu de como o vemos; é viver
me levou a ponderar como ela pode Deus, quer o saiba ou não. Não corajosamente em harmonia com
influenciar nossa vida. existe m ente engenhosa que haja nossos id eais." (The Power of
Imaginai-vos postados às inventado qualquer coisa benéfica Truth. Salt Lake City: Deseret
margens do Rio Jordão num para a fam ília humana, que não Book Co., 1943, p. 3.)
determinado dia quase dois m il tenha obtido da Ú nica Fonte... Só Diz o Senhor:
anos atrás, observando dois existe uma única fonte da qual os "Q ualquer princípio de
homens de pé dentro da água. João homens obtêm sabedoria, e esta é inteligência que alcançarmos nesta
Batista trajando roupas de pêlo de Deus, fonte de toda sabedoria; e vida, surgirá conosco na
camelo e uma tira de pele cingindo ainda que os hom ens declarem ter ressurreição.
os lombos, está batizando Jesus; e feito suas descobertas por sua "E , se uma pessoa por sua
este, usando os trajes da época, própria sabedoria, meditação e diligência e obediência adquirir
está emergindo da água. Os céus se reflexão, devem tudo ao nosso Pai mais conhecim ento e inteligência
abrem e acontece uma coisa
maravilhosa. O Espírito Santo Presidente Gordon B Hinckley, segundo conselheiro na Primeira Presidência.
desce em forma de pomba e pousa
nele,- ouve-se então uma voz vinda
do céu: "E ste é o m eu Filho
Amado em quem m e com prazo."
(Mat. 3:17.)
Imaginai-vos tempos depois no
templo de Jerusalém. Lá fora faz
calor; dentro dele, porém, as
grossas paredes de rocha dão certo
alívio a um grupo reunido a
debater. E Jesus falando aos
escribas e fariseus:
"E u sou a luz do mundo; quem
me segue não andará em trevas,
mas terá a luz da vida.
"D isseram -lhe pois os fariseus:
T u testificas de ti mesmo; o teu
testemunho não é verdadeiro.
"Respondeu Jesus, e disse-lhes:
Ainda que eu testifico de m im
mesmo, o meu testem unho é
verdadeiro, porque sei donde vim,
e para onde vou; mas vós não
sabeis donde venho, nem para onde
vou...
A L ia h o n a /I a n e ir o 1 9 8 5 63
contra m im , devido às minhas
afirmações, fui induzido a dizer em
meu coração: Por que me
perseguem por dizer a verdade?
Tive realm ente uma visão; e quem
sou eu para opor-me a Deus? Ou
por que pensa o mundo fazer-me
negar o que realmente vi? Porque
havia visto uma visão; eu o sabia, e
compreendia que Deus o sabia, e
não podia negá-lo, nem ousaria
fazê-lo; pelo menos eu sabia que,
procedendo assim, ofenderia a
Deus, e estaria sujeito a
condenação." (J.S.-H 1:25.)
Reagir assim requer m uita
integridade e tam bém promove
grande integridade.
Reverenciamos Abraão Lincoln
por causa de seu apego a um
princípio no qual acreditava
fortemente. E apesar da severa
oposição, do caminho repleto de
obstáculos e do futuro negro e
incerto, ele tenazm ente se apegou
ao que considerava certo. Sua
causa prevaleceu e acabou
granjeando a gratidão imorredoura
de uma nação destinada a tomar-se
grande. Tem os outros patriotas
assim em outros países do mundo,
reconhecidos como homens de
grande integridade.
Samuel Johnson fez uma
observação interessante ao
escrever: "Integridade sem
conhecim ento é fraca e inútil...
Conhecim ento sem integridade é
perigoso e m edonho." [Rasselas,
cap. 41.) Os líderes de escolas
elementares, secundárias e
superiores sabem que o verdadeiro
sucesso de seu sistem a é medido
pelos homens que forma. O
m esm o se aplica igualmente à
fam ília, política, governo e
religião.
M uitos seguem o lema de que o
nesta vida do que uma outra, ela condição de ter bons princípios fim justifica os meios. Existem os
terá tanto m ais vantagem no morais. Integridade é probidade, que adquirem posses pelo logro,
mundo futuro.”, (D&C 130:18-19.) honestidade e sinceridade — sim, propinas e desonestidade. Depois
E diz m ais: "E impossível ao tudo isto e m uito mais. buscam justificar-se contribuindo
hom em ser salvo em ignorância.” Após a Primeira Visão, o Profeta generosamente para uma boa
(D&C 131:6.) Joseph Sm ith foi perseguido causa. Integridade não admite
Brigham Young indaga:' 'Quando impiedosamente pelo resto da vida concessões.
cessaremos de aprender?” , e em e morreu martirizado aos trinta e A integridade se apóia na
seguida ele próprio responde: oito anos de idade; todavia, jamais intenção e no compromisso. Dos
"N unca. N unca.” [Journal of vacilou em declarar o que ele sabia dois m il jovens guerreiros de
Discouises, 3:203.) ser a verdade. Tinha certeza de Helamã, foi dito: "Sim ,
Não devemos esquecer, contudo, que, se negasse o que havia dito, a cumpriram com exatidão e rigorosa
ierseguição cessaria; no entanto, obediência cada palavra de
f
que certas verdades têm pouco ou
nada a ver com nossa salvação icou firme. Diz ele: com ando." (Alma 57:21.) Eles
eterna, enquanto outras são "E u ... (vi) uma luz, e no m eio da estavam totalm ente
essenciais para ela. luz vi dois Personagens, e eles em comprometidos com o que fariam
Quando alguém é leal à verdade realidade falaram com igc; e ainda quando entraram em combate. Seu
dizemos que é uma pessoa íntegra. que perseguido e odiado por dizer empenho conquistou-lhes a coroa
Quando alguém é leal à verdade que eu tivera uma visão, da integridade.
sob intensa oposição, dizemos que entretanto era verdade; e enquanto Passemos em revista nossa
é uma pessoa muito íntegra. eles m e perseguiam, injuriando-me própria vida a fim de verificar
Integridade é a qualidade ou e dizendo toda espécie de falsidades como nos estamos saindo em
64
nossa busca de integridade:
Com o empregados,
empenhamo-nos em realm ente
O E v a n g elh o e a I g r e ja
trabalhar pelo m enos as quarenta
horas que nos são pagas? Élder Ronald E. Poelman
Dedicamos entusiasm o ao do Primeiro Q uorum dos Setenta
trabalho e nos empenhamos em
fortalecer a empresa para a qual
trabalhamos?
Como administradores, “Observando a harmonia entre o evangelho e
estudamos m inuciosam ente aIgreja em nosso viver cotidiano, inclinamo-nos mais
nossos desafios e prevemos os
resultados antes de submeter a fazer as coisas certas pelos motivos certos. ”
nossas recomendações?
Tiram os conclusões sem nos dar
ao trabalho de conhecer os fatos
antes de tomar decisões? Santos dos Ú ltim os Dias é o reino
Prestigiamos realm ente nossos de Deus na terra, administrada
subalternos? pelo sacerdócio de Deus. A Igreja
Apoiamos sinceram ente nossos tem autoridade para ensinar os
superiores? princípios e doutrinas do
E vós, rapazes e m oças, sois evangelho, e administrar suas
fiéis, em face de oposição, aos ordenanças essenciais.
princípios morais que aprendestes O evangelho é o plano divino
no lar? para a salvação e exaltação pessoal,
Como esposas e mães, vos individual. A Igreja é divinamente
esforçais seriamente para criar uma comissionada a fornecer os meios e
atmosfera de amor e harmonia no recursos para a implantação desse
lar? plano na vida de cada pessoa.
Como pais, procurais Na Igreja são desenvolvidos
sinceramente inculcar integridade, processos, programas e normas que
moralidade, caridade e boas nos ajudam a realizar as bênçãos do
maneiras nos filhos? evangelho de acordo com nossa
Sois totalm ente honestos capacidade e condição individual.
convosco e com outros? Sob direção divina, essas normas,
Sois obedientes àquele qufe vos programas e procedimentos podem
deu a vida? sofrer de tempos em tempos
O Senhor disse ao povo de sua mudanças necessárias, para que se
época, e a nós tam bém : "Pelos anto o Evangelho de Jesus

T
cumpram os propósitos do
seus frutos os conhecereis." (Mat. Cristo com o a Igreja de evangelho.
7:20.) "Porque não há boa árvore Jesus Cristo são verdadeiros Todas as facetas da
que dê mau fruto, nem m á árvore e divinos; entre eles existe umaadministração e atividade da Igreja
que dê bom fruto... cada árvore se relação essencial que é significativa baseiam-se em princípios etem os
conhece pelo seu próprio fruto.” e m uito importante. Compreender revelados, contidos nas escrituras.
(Lucas 6:43-44.) esse relacionam ento prevenirá Ao ampliarmos individual e
Posso sugerir uma fórmula para confusão de prioridades e coletivam ente nosso
produzir bons frutos e ajudar-nos a expectativas frustradas, conhecim ento, aceitação e
alcançar salvação eterna? propiciando a realização de metas aplicação de princípios do
(1) Ter fé no Senhor Jesus Cristo do evangelho por m eio de uma evangelho, poderemos nele
e em si próprio; (21 estudar as alegre e satisfatória participação na centralizar m elhor nossa vida,
verdades eternas; (3) ponderar e Igreja. Essa compreensão evitará utilizando com mais proveito o
orar por entendimento; (4) possível descontentam ento e que a Igreja nos oferece.
procurar incorporar os princípios resultará em grandes bênçãos Os princípios eternos do
da verdade na vida cotidiana; (5) pessoais. evangelho praticados através da
ser íntegro em tudo que faz; e (6) Ao tentar descrever e com entar a Igreja divinamente inspirada
procurar fazer tudo com relação essencial entre o evangelho aplicam-se a uma larga escala de
excelência. e a Igreja, oro que leve a uma pessoas em diversas culturas. Por
Procuremos diligentemente perspectiva que amplie a influência isso, ao vivermos o evangelho e
compreender as coisas tanto do evangelho como da Igreja participarmos na Igreja, a
maravilhosas de Deus. As jóias do em nossa vida pessoal. conformidade que requeremos de
Evangelho de Jesus Cristo estão ao O Evangelho de Jesus Cristo é nós próprios e de outros deve
nosso alcance. Mas é preciso um plano divino e perfeito, adequar-se aos padrões de Deus. A
buscar, pedir, empenhar-se e viver composto de princípios, leis e ortodoxia na qual insistim os
os princípios da verdade. Assim ordenanças eternos, imi itáveis, precisa basear-se em princípios
fazendo, nos tomaremos melhores universalmente aplicávt. is a todo fundamentais, na lei eterna e na
homens e mulheres, e ser humano, independentemente direção dos que têm autoridade na
contribuiremos para tomar de época, lugar ou condição. Os Igreja.
melhores a comunidade, a nação e princípios do evangelho nunca A perspectiva necessária obtém-
o mundo, pelo que oro em nome mudam. -se estudando e ponderando as
de Jesus Cristo. Amém. A Igreja de Jesus Cristo dos escrituras. Lendo-as, aprendemos o
A L ia h o n a /] an eir o 1 985 65
acompanhado da diretriz que
manda o empregador pagar aos
empregados no final da jornada
diária. Hoje, em geral, tal regra não
é necessária. O eterno princípio da
honestidade é implantado por
outros preceitos e costumes.
O versículo vinte e sete contém
um preceito sobre apresentação
pessoal, que evidentemente não se
aplica a nós. Contudo, nós
tam bém tem os padrões de vestir e
apresentação. Não se trata de um
princípio eterno, mas ambos nos
ajudam a praticar e compartilhar
princípios do evangelho.
O princípio do perdão também
consta do m esm o capítulo de
Levítico, no versículo dezoito,
concluindo com o segundo grande
mandamento: "Amarás o teu
próximo com o a ti m esm o” ,
seguido do divino imprimatur. "E u
sou o Senhor."
Todo membro da Igreja tem o
direito, oportunidade e privilégio
de receber um testem unho pessoal
concernente aos princípios do
evangelho e práticas eclesiásticas.
Sem esse testem unho, a pessoa
evangelho com o é ensinado por lem os: "Falou m ais o Senhor a poderia sentir-se confusa e talvez
vários profetas nas mais diversas Moisés, dizendo: Fala a toda a até oprimida pelo que lhe
condições, épocas e lugares. congregação dos filhos de Israel. parecerão simples exigências
Observamos as conseqüências (Lev. 19:1-2.) Eis o princípio da institucionais da Igreja.
quando o evangelho é aceito ou revelação. Deus fala a seus filhos Devemos obedecer
rejeitado pelas pessoas, e seus através de profetas, o que faz ainda mandamentos e conselhos dos
princípios são aplicados ou não. hoje. líderes da Igreja; mas tam bém
Nas escrituras, descobrimos que se Prosseguindo, o Senhor diz a buscar e obter pelo estudo, oração e
usaram variadas formas M oisés: " ... dize-lhes: Santos influxo do Santo Espírito, um
institucionais, procedimentos, sereis, porque eu, o Senhor vosso testem unho pessoal de que o
regras e cerimônias, todos Deus, sou santo.” (Lev. 19:2.) Diz princípio ou conselho é correto e
divinamente designados para a Jesus no Sermão da Montanha: divinamente inspirado. Então
prática de princípios eternos. Os "Sede vós pois perfeitos, com o é seremos capazes de obedecer com
costum es e processos mudam; os perfeito o vosso Pai que está nos conhecim ento de causa e
princípios não. céu s.” (Mat. 5:48.) Eis aqui um entusiasmo, usando a Igreja como
Estudando as escrituras, princípio eterno. um m eio de dar lealdade, tempo,
poderemos aprender princípios Seguem-se outros princípios, talento e outros recursos sem
eternos e como estes se relacionam alguns dos Dez Mandamentos, relutância ou ressentimento.
com os recursos institucionais. incluindo ainda regras e programas Relacionar as metas, programas
Comparando as escrituras a nós destinados a implantar esses e normas da Igreja a princípios do
m esmos, podemos utilizar m elhor princípios entre os antigos hebreus, evangelho e metas pessoais
a Igreja restaurada para aprender, nas suas condições específicas. eternas, resulta num a participação
viver e compartilhar o Evangelho Por exemplo, é ensinada a satisfatória e realizadora na Igreja.
de Jesus Cristo. responsabilidade de cuidar dos Observando a harmonia entre o
Gosto m uito do livro de Levítico pobres, apresentando-se um evangelho e a Igreja em nosso viver
do Velho Testam ento. E programa, a saber, dar alim ento cotidiano, inclinamo-nos mais a
basicam ente um m anual destinado aos pobres deixando no campo as fazer as coisas certas pelos motivos
aos sacerdotes hebreus contendo espigas caídas e não segando os certos. Exerceremos auto-
m uitas regras, regulamentos, cantos dele. (Ver Lev. 19:9-10.) Os -disciplina e iniciativas justas
rituais e cerimônias que nos atuais programas de assistência aos guiados pelos líderes da Igreja e um
parecem estranhos e sem utilidade. pobres são bem diferentes. A lei senso de responsabilidade divina.
Mas contém igualmente princípios divina é a mesm a. Todavia, ambos A Igreja nos secunda no
eternos do evangelho que nos são os programas, o antigo e o empenho de exercer criativamente
familiares e perfeitamente moderno baseiam-se tam bém o livre-arbítrio, a não inventar
aplicáveis a todos. noutro princípio: Dar aos assistidos nossos próprios valores, princípios
É interessante e instrutivo ler o oportunidade de se ajudarem a si e interpetações, mas a aprender e
capítulo dezenove de Levítico, próprios na medida de sua viver as verdades eternas do
observando tantos os princípios capacidade. evangelho. A vivência do
com o regras e costumes. No versículo treze, é ensinado o evangelho é um processo de
Nos primeiros dois versículos, princípio da honestidade, contínuo progresso e renovação
66
individual até a pessoa estar
preparada e qualificada para entrar
segura e confiantem ente na
O M o d elo d e N o ssa
presença de Deus.
Meus irmãos e irmãs, por
inclinação, educação e experiência,
P ro g en ttu ra
tenho procurado durante quase
toda a vida chegar ao Élder Boyd K. Packer
entendimento acumulando fatos e do Q uorum dos Doze Apóstolos
aplicando o raciocínio. E continuo
a fazê-lo. Todavia, o que sei com
toda certeza e que afetou mais
significativa e positivamente
“O que melhor paia motivar alguém à pureza e
minha vida, não sei apenas por dignidade do que tei a confiimação
fatos e raciocínio, mas antes pelo
confortante e confirmador espiritual de que somos os filhos de Deusl”
testem unho do Santo Espírito.
Por esse m esm o Espírito,
testifico que Deus é nosso Pai, que
Jesus de Nazaré é o Unigênito do As escrituras contêm
Pai na carne e é o Salvador e ensinam entos complementares e
Redentor de toda a humanidade e esclarecedores que proporcionam
cada um de nós. Por seu sacrifício um conhecim ento equilibrado da
expiatório, redenção e exaltação verdade.
são ofertadas como dádiva gratuita Terceiro: Existe consistência no
a todos os que o aceitam pela fé, que o Senhor diz e faz, e isto é
arrependimento e convênio evidente em toda a criação. A
sagrado. natureza nos ensina valiosas lições
Possamos todos continuar a sobre questões espirituais e
aprender e aplicar os princípios doutrinárias. O Senhor tirou lições
eternos do evangelho, utilizando de flores e raposas, de sementes e
plena e apropriadamente os do sal, de pardais e do pôr do sol.
recursos da Igreja divinamente Quatro: Nem tudo que Deus
restaurada. tem falado está na Bíblia. Outras
Nas palavras de Pahoran, o líder escrituras como o Livro de
nefita: "(Regozijemo-nos) no Mórm on, Doutrina e Convênios e
grande privilégio de nossa igreja e Pérola de Grande Valor têm igual
na causa de nosso Redentor e nosso validade e se apóiam m utuamente.
D eus.” (Alma 61:14.) Em nom e de Quinto: Ainda que m uita coisa
Jesus Cristo. Amém. deva ser aceita unicam ente pela fé,
oje é o dia do Sábado e lá

H
nós podemos conhecer a verdade
fora está um dia tão lindo pela revelação pessoal. ” Há um
que toda a natureza parece espírito no hom em , e a inspiração
querer mostrar que é obra de Deus.
do Todo-Poderoso os faz
Não consigo abster-me de repetir entendidos.” (Jó 32:8.) O
as palavras do poeta que diz: possivelmente obscuro nas
escrituras pode ser esclarecido pelo
Oh, sol e céu e nuvens de junho, dom do Espírito Santo. Podemos
E flores de junho também, ter uma compreensão tão plena das
Aos pés não chegam sequer coisas espirituais quanto estamos
Do esplendoroso azul de outubro. dispostos a merecer.
(Helen Hunt Jackson, ” October's É acrescento mais uma
Bright Blue W eather” ; tradução convicção: Existe um adversário
livre e aproximada. N. do T.) que dispõe de seus próprios canais
de com unicação espiritual. Ele
Gostaria de compartilhar confunde o descuidado e induz
convosco algumas idéias sobre aqueles que o servem a inventar
uma doutrina fundamental da doutrinas enganosas e falsas, mas
Igreja. que parecem verdadeiras.
O que digo baseia-se nestas M enciono isto porque, agora,
convicções: como sempre, existem porta-vozes
Primeiro: As instruções vitais voluntários que zombam de nossas
para nossa salvação não estão crenças e deturpam o que
ocultas num obscuro versículo ou ensinamos.
frase das escrituras. Pelo contrário,
as verdades essenciais são P rocu rar os A m igos
constantem ente repetidas.
Segundo: Todo versículo, seja ele Quando eu era um jovem
m uito citado ou não, deve ser professor de seminário, nosso
comparado com outros versículos. diretor, Able S. Rich, ensinou-me
A L ia h o n a /] a n e ir o 1 9 8 5 67
uma valiosa lição dizendo: "S e Sou um filho de Deus Cristo não fala apenas do Pai ou
realm ente quer conhecer um E galaidão terei. meu Pai; ele fala de vosso Pai e
hom em , o que ele é e em que Se cumpro a lei aqui, nosso Pai. Até m esm o chega a
acredita, não procure seus Com ele viverei. combiná-los num a única sentença,
inimigos. Procure-o pessoalmente (Cante Comigo, B-76.) dizendo: “ Vosso Pai e vosso Deus,
ou vá a seus amigos. Ele não e. meu D e u s." (D&C 88:75; grifo
confiará o que lhe vai no coração F ilh o s de D e u s nosso.) O mundo cristão em geral
aos inimigos. Seus amigos são os se dirige a Deus como Pai. Acaso
que melhor o conhecem , sabem de A letra do hino ensina uma não nos foi ordenado orar assim:
suas fraquezas e virtudes, e serão doutrina fundamental da Igreja. "P ai nosso, que estás nos céus"?
justos com ele. Seus inimigos hão Nós somos os filhos de Deus. Esta (Mat. 6:9.)
de falar m al dele." doutrina não está oçulta num Podereis responder: "Todo
A doutrina que desejo abordar versículo obscuro. E ensinada cristão sabe disso." Talvez, mas os
diz respeito à natureza do homem vezes e m ais vezes nas escrituras. que se dizem cristãos, com ajuda
e de Deus. Eis alguns exemplos claros tirados dos clérigos, menosprezam de
da Bíblia: maneira absolutamente anticristã
A P ergu nta "V ós outros sois todos filhos do nosso ensinamento de que somos
A tíssim o." (Salmos 82:6.) filhos e filhas literais de Deus.
Tanto no Velho Testam ento E, "Sendo nós pois geração de Nossos ideais se originam dessa
como em o Novo surge uma D e u s..." (Atos 17:29.) grande verdade. U m a vez sabendo
pergunta: As verdades doutrinárias são disso, sabemos que todos os
"Q u e é o hom em m ortal para •inter-relacionadas. Há um velho homens são irmãos, o que nos
que te lembres dele? e o filho do ditado que diz: "Segurando a ponta modifica. A partir daí já não
hom em para que o visites?” de uma vara, estam os segurando podemos mais injuriar-nos
(Salmos 8:4; ver tam bém Hebreus tam bém a outra p onta." deliberadamente, nem de outra
2:5-7.) Admitindo que somos seus forma transgredir contra eles.
A resposta é ensinada m uito filhos, tereis de admitir igualmente
simplesm ente no hino que que Deus é nosso Pai. R esp eito Próprio
acabamos de cantar no intervalo da
reunião: D e u s, N o sso Pai Esta doutrina simples, profunda
vale a pena ser conhecida por mais
Sou um filho de Deus, Isto, também, é repetido uma razão: Ela nos proporciona o
Poi ele estou aqui; constantem ente nas escrituras. As senso do próprio valor, dignidade e
Mandou-me à tena, referências são tantas que nem respeito próprio, eliminando assim
Deu-me um lai e pais tão bons p i’a saberia por onde começar. a depressão e autocomiseração.
mim. Mas quero destacar um ponto: Podemos sujeitar-nos então à
disciplina de um Pai am ante e até
m esm o aceitar as duras lições da
vida.
Cristo nos ensinou a sermos
"perfeitos, como é perfeito o vosso
Pai que está nos céu s" (Mat. 5:48),
a adquirir seus atributos, a seguir o
modelo de nossa progenitura.
Um a garotinha ensinou-me uma
grande lição a esse respeito.
Certam ente não vos furtais de
aprender das crianças. M uito do
que realm ente importa, eu aprendi
sendo pai.

O s P in to s
Chegando em casa anos atrás,
meus filhos estavam esperando por
m im na entrada da garagem.
Haviam descoberto uma ninhada
de pintinhos recém-saídos da casca
no galpão, mas quando quiseram
pegá-los foram repelidos pela
galinha enfurecida. Por isso
queriam que os ajudasse.
Apanhei um punhado de
pintinhos para meus filhos
poderem ver e tocar. Enquanto
m inha filhinha segurava um deles,
com entei brincando: — Quando
crescer, vai dar um ótim o cão de
guarda, não acha? — Ela olhou-me
zombeteiramente, com o se
68
estivesse falando bobagem.
Então mudei m inha abordagem:
— Não vai ser um cão de guarda,
não é?
Sacudindo a cabecinha, ela
concordou: — Não, papai.
Ao que acrescentei: — Mas um
bonito cavalo.
Franzindo o nariz, olhou para
m im com aquele ar de "ora,
papai!" Até m esm o uma garotinha
de quatro anos sabe que um pinto
não dará um cachorro, nem cavalo,
nem m esm o um peru. Será uma
galinha, seguindo o modelo de sua
progenitura. Sabia disso sem ter
feito um curso de genética, nem
mesmo ter ouvido uma palestra ou
uma aula. Irmã Camilla Kimball, a direita, esposa do Presidente Spencer W. Kimball, e
cumprimentada na Sessão Geral das Mulheres pela irmã Danzel Nelson, esposa do Élder
Russell M. Nelson, do Quorun dos Doze.
Segundo Su a Própria E spécie

Lição alguma está mais


manifesta na natureza que o fato S e m e lh a n te s a D eu s "E disse Deus: Façamos o
de que todas as coisas viventes hom em à nossa imagem, conforme
obedecem aos preceitos do Senhor. Então, o que há de errado à nossa sem elhança." (Gên. 1:26;
Elas se reproduzem "segundo sua quando usamos o termo grifo nosso.)
espécie” (ver Moisés 2:12, 24), "divindade" para descrever o Passagens semelhantes
seguindo o modelo de sua destino final da humanidade? encontram -se desde Gênesis até o
progenitura. Todo mundo sabe Talvez sejamos jovens em nossa Apocalipse. (VerApoc. 1:6.)
disso, m esm o a criança de quatro progressão; juvenis, até mesmo A m ais evidente foi-nos deixada
anos: Um pássaro jamais se infantis comparados com ele. Não pelo próprio Cristo ao citar aquele
transformará num peixe ou obstante, se formos merecedores, versículo tão claro do Salmo 82:
animal. U m mamífero jamais nas eternidades vindouras "N ão está escrito na vossa lei:
gerará répteis; tampouco " colhem - poderemos chegar a ser com o ele é, Eu disse: Sois deuses?
-se uvas dos espinheiros". (Mat. entrar em sua presença, ver "com o " ... se a lei chamou deuses
7:16.) (somos) vistos" e conhecer "com o àqueles a quem a palavra de Deus
Nas incontáveis oportunidades (somos) conhecidos" e receber "de foi dirigida e a escritura não pode
de reprodução dos seres viventes, sua plenitude” . (D&.C 76:94.) ser anulada,
uma espécie não gera outra Esta doutrina não é contrária às Aquele a quem o Pai santificou e
diferente. Quando certas espécies escrituras. Não obstante, é fácil de enviou ao mundo, vós dizeis:
chegam a cruzar, o produto híbrido entender por que é rejeitada por Blasfemas, porque disse: Sou
não se reproduz. O padrão para certos cristãos: Porque ela Filho de Deus? (João 10:34-36; grifo
toda forma de vida é o modelo da apresenta a possibilidade de o nosso.)
progenitura. hom em alcançar a divindade. Aceitar esta verdade não
Isto é demonstrado de tantas significa aceitação dos múltiplos
maneiras, que até mesm o uma U m Só D eu s deuses da mitologia nem o
inteligência mediana deve politeísm o dos pagãos, tão
compreendê-lo. Certamente, Seus argumentos giram em inequivocamente condenado por
ninguém que reverencie a Deus torno de certos versículos das Isaías e outros profetas.
pode crer que os filhos dele escrituras, pois existem m uitas Só existe um Deus, o Pai de
evoluíram do lodo ou de répteis. referências (vinte pelo menos, só todos. Isto aceitam os como
Embora seja fácil de imaginar por na Bíblia) que falam de "um só doutrina fundamental.
que aqueles que aceitam a teoria da Deus” . Por exemplo, Efésios 4:6: Só existe um Redentor,
evolução não demonstrem m uito "U m só Deus e Pai de tod os..." Mediador, Salvador. Isto nós
entusiasmo pela pesquisa Contudo, atendo-se a uma sabemos.
genealógica! A teoria da evolução, interpretação demasiadamente Só existe um Espírito Santo,
ue não passa de teoria, terá uma estrita desses versículos, a pessoa personagem espiritual que
imensão inteiramente diversa estará criando para si sérios completa a Trindade.
quando forem plenamente problemas teológicos. Ressaltei a palavra um em cada
reveladas as obras de Deus na sentença, mas usei-a três vezes.
criação. T e rm o s n o P lu ral Três é plural.
Um a vez que toda coisa vivente Paulo usou o plural muitos e o
segue o modelo de sua progenitura, Nas escrituras existem m uitos singular um na mesm a sentença:
seria válido supor que Deus outros versículos, em número "Porque, ainda que haja também
projetou um padrão diferente, equivalente pelo menos na Bíblia, alguns que se chamem deuses,
estranho para a sua descendência? que falam em term os de quer no céu quer na terra (como há
Certam ente nós, seus filhos, não "senhores” e "deuses” no plural. muitos deuses e muitos senhores),
somos, em sentido científico, uma Diz o primeiro capítulo de todavia para nós há um só Deus, o
espécie difrerente da dele. Gênesis: P ai." (I Cor. 8:5-6.)
A L ia h o n a / J a n e ir o 1 9 8 5 69
Todo aquele que crê em Deus, o
Pai, ensina a seu respeito e aceita a
divindade de Cristo e do Espírito
Santo, ensina a pluralidade de
deuses.

C o n fia r n a Razão

Quando os primeiros apóstolos


se foram, os que assumiram a
liderança da Igreja abandonaram a
revelação para confiar na razão. A
concepção de três deuses distintos
os ofendia, pois parecia contradizer
as escrituras que falam de um só
Deus.
Para resolver o problema,
tomaram alguns versículos aqui e
ali, passando a ignorar os demais
que tocavam no assunto.
Tentaram combinar os três um
num a espécie de m isterioso um
composto. Inventaram crenças que
não condizem com as escrituras e Presidente Ezra Taft Benson, à esquerda, do Quorum dos Doze é recepcionado em uma
acabaram ficando com tuna sessão da conferência por membros do quorum, Élderes Howard W. Hunter, Thomas S.
filosofia que contraria tudo o que Monson e Boyd K. Packer.
sabemos da criação e leis da
natureza. E isto, interessante comprometemo-nos, como filhos e " O m esm o Espírito testifica
notar, afronta a própria razão da filhas de Deus, a evitar tudo isso e com o nosso espírito, que somos
qual passaram a depender. quaisquer outras práticas ímpias filhos de Deus.
O Apóstolo Paulo comprendia ou impuras. "E , se nós somos filhos, somos
esta doutrina e escreveu aos Não inventamos essa doutrina. logo herdeiros também, herdeiros
filipenses: "D e sorte que haja em Grande parte dela foi preservada na de Deus e co-herdeiros de C risto."
vós o mesm o sentim ento que Bíblia, conforme fora revelada aos (Rom. 8:16-17.)
houve tam bém em Cristo Jesus, profetas nos tempos antigos. E M uitos há que zombam de
que, sendo em forma de Deus, não conforme eles previam, foram nossas crenças da mais impiedosa
teve por usurpação ser igual a revelados luz e conhecim ento forma possível. E nós o
D e u s." (Filip. 2:5-6.) adicionais. suportaremos com longanimidade,
Lorenzo Snow, um apóstolo Com a restauração da plenitude pois não altera a verdade. E de
moderno, dedicou um poema ao do evangelho veio o Livro de certa maneira, eles nos fazem
antigo Apóstolo Paulo, do qual cito Mórmon, um outro testam ento de trabalhar um pouco mais depressa.
apenas um verso: Jesus Cristo. Outras revelações Nós enviaremos nossos
foram e continuam sendo missionários ao exterior para
Um filho de Deus, concedidas, harmonizando ensinarem que somos os filhos e
Como Deus se tomai, versículos que aparentemente se filhas literais de Deus.
Não sería divindade usurpai. contradiziam. Procuraremos ensinar com o
Pois quem assim almejar, D isse o Profeta Joseph Sm ith: m áxim o vigor o que Cristo
Do pecado se puríficará. " O primeiro princípio do ensinou, a viver como ele viveu, a
[Impiovement Eia, junho de 1919, evangelho é conhecer com toda perseverar como ele perseverou.
p. 661.) certeza o caráter de D eu s." Com eçam os com esta pergunta:
[Ensinamentos do Piofeta foseph ' 'Que é o hom em m ortal para que
Pureza Smith, p. 345.) te lembres dele?" Cristo, nosso
E esse conhecim ento nos é dado. Redentor, nosso Irmão maior,
O que m elhor para motivar O Pai é o único Deus verdadeiro. perguntou: "Q u e classe de homens
alguém à pureza e dignidade do que Isto é uma certeza: Ninguém devereis ser?", e em seguida ele
ter a confirmação espiritual de que jam ais ascenderá acim a dele; próprio respondeu: "E m verdade
somos os filhos de Deus? O que ninguém jamais tomará o seu vos digo que devereis ser como
conseguiria inspirar um apreço lugar. Tampouco nada poderá so u ." (3 Néfi 27:27.)
m ais sublime pelo próprio eu, ou jam ais mudar o relacionam ento Presto solene testem unho de que
gerar m aior amor à humanidade? entre ele e nós, seus filhos literais. Jesus é o Cristo, o Filho Unigênito
Esse pensamento não m e enche Ele é Eloim, o Pai. Ele é Deus, do Pai na carne; que ele é nosso
de arrogância, mas de profunda como ele só existe um. Nós Redentor, nosso Salvador; que
humildade. Tam pouco induz reverenciamos nosso Pai e D eus; Deus é o nosso Pai. Isto nós
qualquer tendência a cultuar o ego nós o adoiamos. sabemos pelo dom do Espírito
ou qualquer outro hom em . Só existe um Cristo, um Santo. E afirmo com humildade
Na doutrina que ensinamos não Redentor. Aceitamos a divindade mas resolutamente que não vamos
há lugar para m entira ou roubo, do Filho Unigênito de Deus na nem podemos afastar-nos desta
para pornografia e imoralidades, carne. Aceitamos a promessa de doutrina. Quanto a esta verdade
crianças maltratadas, aborto ou que poderemos ser co-herdeiros fundamental jamais cederemos!
hom icídio. Pelas leis da Igreja dele. Diz Paulo aos romanos: Em nome de Jesus Cristo. Amém.
70
SESSÃO VESPERTINA DE DOMINGO particularmente abjeto, cuja
7 de outubro de 1984 produção custou quarenta m il
dólares, já arrecadou m ais de
seiscentos m ilhões de dólares.
Não deve ser supresa de que juris
M o ralid ad e P esso a l de instrução verificaram que
noventa por cento de toda
pornografia são dominados pelo
Élder David B. Haight crime organizado. Grandes lucros
do Quorum dos D oze Apóstolos de um projeto fornecem os
recursos para empreendimentos
ainda maiores e mais sofisticados,
fazendo ondas gigantes de
“Tomemos hoje a resolução de conservai a im undície arrojar-se contra nossos
baluartes morais enfraquecidos.
mente, o corpo e o espírito hvres da influência Novas tecnologias capazes de
corruptora da pornografia, inclusive de beneficiar nossa vida de tantas
maneiras são igualmente utilizadas
tudo que seja obsceno e indecente. ” para espalhar a corrupção
pornográfica. Os video-cassetes
crescente força e impacto podem agora trazer ao lar os
devastador. O que poucos anos grandes clássicos da música,
atrás com eçou com umas poucas história, arte e teatro. Mas
revistas ilustradas que chocavam tam bém trazem para alguns desses
com sua crueza as pessoas lares lúbricas encenações de
sensíveis, transformou-se em deboche que corrompem os que as
centenas de publicações cada qual vêem e depois espalham sua
procurando superar as demais com influência perniciosa pelas
seu conteúdo abjeto. comunidades e sociedade.
As denominadas "livrarias para A televisão por cabo e as
adultos” com publicações transm issões por satélite, com sua
destinadas às m entes lascivas im ensa capacidade positiva são não
existem agora em praticamente só usadas mas igualmente
toda cidade. M ateriais obscenos, abusadas. Não havendo ainda leis
antes distribuídos unicam ente pelo que governem seu uso apropriado,
correio e discretamente embalados elas funcionam praticam ente sem
em grossos envelopes, encontram- nenhum freio. Homens
-se atualmente expostos por toda gananciosos exploram esse vácuo
parte, facilm ente acessíveis a na legislação sem nenhuma
jovens e velhos. consideração com as
Na m aioria das cidades existem conseqüências funestas para suas
ecentem ente foram

R
salas de projeção reservadas para vítim as.
dedicados novos templos film es impróprios e piores ainda. Alguns talvez perguntem: "O
em Sydney, Austrália, e nas Sabe-se que um film e que é pornografia?" Foi Potter
Filipinas. Numa das inspiradas
orações dedicatórias, o Presidente
Gordon B. Hinckley implorou a
Deus, nosso Pai: ' 'Abençoa teus
santos em sua fé ... (a
permanecerem) fiéis com o ... povo
do convênio... para que cresçam
em sabedoria, tanto espiritual
como tem poralm ente... (que)
cresçam em virtude e
conhecim ento e amor a ti... (e que)
os desígnios ímpios de... (teus)
inimigos sejam frustrados."
(Church News, 30 de setembro de
1984, p. 10.)
É a respeito dos "desígnios
ímpios de teus inim igos” que
quero falar. Orei buscando
orientação espiritual e que possa
ser capaz de comunicar-vos de
maneira franca e cândida nossa
preocupação com a crescente
malignidade na sociedade atual.
Nos últim os vinte anos, a praga
da pornografia vem varrendo a
maioria dos países do mundo com
A L ia h o n a / J a n e ir o 1 985 71
Stewart, juiz da Corte Suprema dos alarmante aumento de maus tratos polícia que oitenta por cento dos
Estados Unidos quem disse que, e abusos a crianças. Grande parte que m olestam meninos e garotas
embora não soubesse definir destes dão-se no seio da família, admitem que copiaram seus
exatam ente pornografia, "eu a envolvendo sua divina inocência ataques de materiais pornográficos
reconheço quando vejo’'. inata. Nós costum am os cantar que viram.
(Jacobellis v. Ohio, 378-U .S. 184, como fizemos hoje pela manhã: Como a pornografia conseguiu
1964.) “ Sou um filho de Deus, por ele uma posição tão forte em nossa
A pornografia não é um crime estou aqui... Ensinai-me, ajudai- sociedade? Terem os ignorado as
sem vítim as. Quem são as vítimas? m e as leis de Deus guardar, para advertências dos líderes da Igreja?
Primeiro, aqueles que a vêem que um dia eu vá com ele habitar.'' Diz o Presidente Kimball:
intencional ou involuntariamente. ("Sou Um Filho de D e u s", Cante "Enquanto os homens forem
A pornografia é viciante. O que Comigo B-76.) O Senhor reservou corruptos e sentirem prazer na
possivelmente com eça como sua mais severa condenação para im undície, haverá pessoas para
simples curiosidade, pode tomar-se quem ofendesse crianças pequenas. vender-lhes o que quiserem
um hábito compulsório. Pesquisas Disse ele: "Vede, não desprezeis comprar. Pode-se passar leis,
comprovam que as pessoas atraídas algum destes pequeninos, porque efetuar prisões, os advogados
pela pornografia passam a ansiar ... não é vontade de vosso Pai, que podem discutir, os tribunais
por coisas cada vez m ais obscenas. está nos céus, que um destes condenar... mas a pornografia e
O contato continuado insensibiliza pequeninos se perca.” (Mat. 18:10, conseqüentes insultos à decência
o espírito e caleja a consciência das 14.) nunca deixarão de existir até que
pessoas desavisadas. A vítim a O Senhor ordenou igualmente: os homens purifiquem a m ente e
toma-se escrava de pensamentos e "N ão cometerás adultério... nem deixem de exigir e pagar por essas
atos imorais. Com o o pensamento farás cousa alguma sem elhante.” sujeiras. Quando os... (homens)
é o pai da ação, a pessoa acaba (D&C 59:6.) estiverem cansados e enojados de
sendo levada a fazer o que lhe vai "O s antigos apóstolos e profetas todo esse lixo... deixarão de pagar
na m ente. (advertiram contra) pecados que por ele e a fonte que o sustentava
Mas existem outras vítim as. Os são repreensíveis... — adultério... secará.
crimes violentos aumentaram nos infidelidade, apetites "T om a-se óbvio, portanto," diz
Estados Unidos cinco vezes mais desordenados... relações sexuais ele m ais adiante, "que para
que a população. U m estudo extram atrim oniais... perversão permanecer puro e digno tem-se
realizado em 1983 na Universidade sexual... pensar excessivamente que ficar positiva e
de Nova Hampshire, verificou que em sexo... E um dos piores destes irreversivelmente longe dos
nos estados com maior número de (pecados) é o incesto... (ou) sexo domínios de Satanás, evitando toda
leitores de revistas pornográficas entre pessoas aparentadas tão de e qualquer aproximação com o
há também o maior índice de perto que a lei proibe que se mal. O diabo sempre deixa suas
denúncia de estupros. A casem ." (Spencer W. Kimball, impressões digitais.” [OMilagre
pornografia avilta e explora Piesident Kimball Speaks Out, Salt do Perdão, pp. 220, 222.)
homens e mulheres, e ainda Lake City: Deseret Book Co., Essa presença crescente de
crianças da maneira mais vil e 1981, p. 6.) O incesto é um pecado obscenidades vem sendo favorecida
abjeta. hediondo, podendo causar danos pela decadência dos padrões
A pior tragédia talvez esteja na irreparáveis a suas inocentes publicitários, liberalidade na
vida das crianças que se tornam vítimas. classificação de film es, novelas e
suas vítim as. A mais lam entável No entanto, o que impele os programas hum orísticos de
tendência de nossos dias é o ofensores a tão terríveis atos? Diz a televisão que usam sua grande
penetração para justificar,
glamourizar e incentivar o
relacionamento sexual fora do
casamento.
Possivelmente nos deixamos
intimidar por aqueles que
reclamam como um direito
fundamental poderem produzir,
distribuir e usar materiais
obscenos. Isto não é verdade.
M esmo pelos inspirados princípios
constitucionais deste país, a
obscenidade não é aprovada nem
protegida. A Corte Suprema dos
Estados Unidos declarou
claramente que as ações legais
contra os que produzem e
distribuem m ateriais obscenos não
violam a liberdade de palavra
garantida pela Primeira Emenda, (à
Constituição Norte-americana. N.
d o T .) (M illerv. Califórnia, 413
U .S .15, 1973.)
Esse crescente m al tem sido
beneficiado pela não aplicação da
legislação destinada a proibir e
72
regulamentá-la. Embora leis
complementares possam ter
alguma utilidade, os que têm
travado a desanimadora batalha
contra a pornografia nos últim os
anos são concordes que perto de
noventa por cento de todos os
materiais obscenos poderiam ser
eliminados de nossas comunidades
se as leis existentes fossem
aplicadas estritam ente. Um as
poucas cidades corajosas prestaram
um grande serviço a si próprias
fechando os cinem as que
projetavam film es pornográficos e
as chamadas "livrarias para
adultos", e dificultando o acesso a
livros e revistas pornográficos. Os
cidadãos de M t. Lebanon,
Pensilvânia, formaram um grupo
de ação e decidiram que não mais
permitiriam em sua comunidade
tais materiais degradantes.
Fecharam uma livraria 1'para
adultos” e uma grande
distribuidora de materiais
pornográficos, e com sua
organização e participação da
população, conseguiram fazer Em um local especial do tàbernáculo, visitantes da confeiência de língua não inglesa
promulgar uma lei m unicipal recebem tradução simultânea de discursos da conferência em 26 línguas diferentes através
destes fones de ouvido ligados à cabina dos intérpretes localizada no subsolo do edifício.
contra a pornografia.
Os corpos legislativos dão
ouvidos aos cidadãos efetivamente com unitários. Cidadãos m ateriais obscenos que merecem
organizados. Entretanto, em geral, interessados — vós e eu — podem ser destruídos, que o seja neste dia
a trágica tendência dos cidadãos é a desfazer esse equívoco. de decisão e ação. Se alguém que
apatia e o senso de inutilidade. O que, pois, é preciso para fazer m e ouve tem sido tentado ou tem
E a quem cabe a culpa? Seria cessar esse execrável insulto a nós, pensado, ou até mesmo
fácil apontar o dedo acusador às à fam ília e à comunidade? Somente considerado abusar ou maltratar
autoridades públicas que não estão quando homens e mulheres uma criança, que hoje mesm o se
impondo devidamente a lei. Mas, preocupados com seus familiares e confesse, arrependa e abandone
para que essa maré abjeta seja a comunidade fizerem ouvir suas tais pensamentos ou atos infames.
revertida, precisamos de hom ens e vozes e sentir sua influência de Tiago, apóstolo e irmão do
mulheres de coragem e convicção maneira ponderada, racional, Senhor, diz:
nos cargos públicos. Enquanto poderemos alterar o curso "Bem -aventurado o varão que
apontamos um dedo acusador aos destrutivo que estamos seguindo. sofre a tentação... Ninguém, sendo
que promulgam ou executam a lei, A indignação calada pode ser tentado, diga: D e Deus sou
o outro possivelmente aponte para interpretada com o aprovação. Atos tentado; porque Deus não pode ser
nós próprios como igualmente irracionais costum am ser tentado pelo mal, e a ninguém
culpados. ineficazes por serem considerados ten ta ." (Tiago 1:12-13.)
Felizm ente, o legalmente puritanos em lugar de racionais. Pais, debatei com vossos filhos
obsceno é determinado em parte Diz Albert Camus: "C o m suas de idade apropriada e de maneira
pelos padrões da comunidade local. ações ou seu silêncio você, sensata, os efeitos perniciosos e
Pelos nossos próprios padrões, nós tam bém, entra na liça .” caráter viciante desses materiais.
cidadãos podemos ajudar a decidir Gostaria de sugerir algumas Controlai com todo o cuidado a
o que deve ser considerado coisas que poderemos fazer para escolha de programas de televisão,
m aterial impróprio — quais os deter esse m al fatídico. film es, video-cassetes, músicas e
legalmente obscenos e que não Primeiro, decidamos hoje outras formas de entretenimento
podem reclamar proteção legal. m anter a m ente, o corpo e o na fam ília. Jamais contribuamos
M uita gente, infelizm ente, espírito livres da influência para o sucesso financeiro dos que
supõe que até m esm o a pornografia corruptora da pornografia, mercadejam com pornografia,
pesada seja legal por ser tão incluindo tudo que é obsceno e comprando esses materiais
difundida. Mas estão enganados. indecente. Que não tenha lugar em danosos.
Alguns promotores públicos se nosso lar, nossa m ente ou nosso Gostaríamos de incentivar-vos a
om item na aplicação das leis coração. Diz o salm ista Davi: promover em vosso lar o gosto de
antipomografia, explicando que os "Q u em subirá ao m onte do instruir-se por m eio de literatura
padrões da comunidade é que Senhor, ou quem estará no seu edificante,- bons livros; film es e
determinam o que é obsceno. lugar santo? Aquele que é limpo de programas de televisão escolhidos;
Então concluem que se a m ãos e puro de coração." (Salmos m úsica clássica e popular de bom
comunidade tolera tais coisas, sua 24:3-4.) Se alguém ao alcance de nível; diversões que elevem e
presença deve refletir os padrões m inha voz tem em seu poder edifiquem o espírito e o intelecto.
A L ia h o n a /J a n eir o 1 9 8 5 73
Segundo, m anifestai-vos na
comunidade — entre membros e
não-membros igualmente. Se
alguma coisa ofender os padrões da
decência, fazei com que vos
ouçam. Encorajamos os membros a
perseverarem na colaboração com
grupos locais e estabelecerem
relações visíveis com outros
cidadãos de opinião semelhante,
procurando preservar nossa
qualidade de vida lutando
concretam ente contra tais
materiais.
Não deveríamos procurar a
administração de certas lojas,
cinem as, livrarias, emissoras de
rádio e televisão, solicitando que
deixem de expor, usar ou
patrocinar publicam ente coisas
indecentes? Obviamente, tais
providências devem ser
consistentes com o processo
constitucional, exercendo bondosa
persuasão.
Algumas cadeias de lojas de
utilidades e outras têm atendido à
solicitação cortês de sua freguesia
no sentido de não mais venderem
certos m ateriais degradantes. Nós
as elogiamos por isso e gostaríamos
de incentivar outros a seguirem
seu exemplo.
Terceiro, podemos levar ao
conhecim ento das pessoas que
elegemos para cargos públicos, que
apoiamos a justa aplicação de leis
proibindo obscenidades e
moderando a indecência,
agradecendo seus serviços passados
.e esforços presentes, e
incentivando-as a prosseguirem na
difícil e às vezes ingrata tarefa de
impor estritam ente as leis
existentes de maneira justa e
consistente.
E quarto, onde houver
necessidade de legislação adicional
por causa de avanços tecnológicos,
como na transmissão por cabo ou dificuldade enorme da luta que atravessarem a divisa, indo um
satélite, apoiemos a promulgação enfrentamos, discordo dos que passo que seja para o lado do diabo,
de leis e regulamentos razoáveis assim pensam. Sabemos que os estarão sob o poder do tentador e,
que ajudem a reduzir o número hom ens de boa vontade, unidos se ele tiver sucesso, vocês não
daqueles cuja vida seria, sem eles, num a causa tão meritória, na qual terão sequer condições de pensar
estragada pelo vício, abuso e maus poderá estar em jogo a própria fibra ou raciocinar adequadamente, pois
tratos de crianças e m uitos outros moral de nosso povo, são capazes terão perdido o Espírito do
m ales sociais que a pornografia de, amparados pelo poder divino, Senhor." (O Milagre do Perdão, p.
ajuda a promover. Tais leis devem vencer qualquer obstáculo e 223.)
enquadrar-se nos lim ites enfrentar qualquer desafio para Procuremos purificar nossa vida
ajudar nosso Senhor e Salvador a essoal, fortalecer o lar — não só
constitucionais, de modo que a
liberdade que queremos para nós proporcionar a imortalidade e a E dar a respeito, mas fazê-lo — e
reconhecer as forças malignas que
agora e no futuro não seja negada a vida eterna ao hom em.
outros. "H á um a linha de dem arcação", de maneira insidiosa se empenham
Quinto, exerçamos fé e dizia o Presidente George Albert em obstar nosso progresso eterno,
busquemos piedosamente a ajuda Sm ith, "b em definida entre o eu oro hum ildem ente, ao
de Deus, nosso Pai, nessa empresa território do Senhor e o do proclamar a realidade de nosso Pai
vital. Alguns há que consideram a demônio. Se permanecerem no Eterno nos céus e de seu amado
indústria da pornografia já fora de lado do Senhor, estarão sob sua Filho, Jesus Cristo, nosso Salvador
controle, poderosa demais para ser influência e não terão desejo de e Redentor. Em seu santo nome,
freada. Embora reconhecendo a fazer coisas erradas,- mas se amém.
74
Ficamos lendo juntos as escrituras
A pr en d er a V o n ta d e por quase uma hora. Com os olhos
refletindo alívio, finalm ente
perguntou.
d o S en h o r — D eixei-m e iludir, não é?
— É, tem razão, — respondi.
Estava desapontada com o que os
Élder Hugh W. Pinnock inimigos da Igreja estavam
do Primeiro Quorum dos Setenta ensinando, mas tam bém
entusiasmada vendo-se enxergar
novam ente com clareza. E apenas
havíamos lido juntos passagens das
“Nos ensinamentos de Deus encontram-se escrituras. Quando nos
as respostas para os dilemas e desafios da vida. ” esquecemos da im portância da
palavra de Deus com o nosso guia
infalível, o resultado é confusão e
erro.
"Sede vós pois perfeitos, com o é U m amigo m eu perguntava-me
perfeito o vosso Pai que está nos meses atrás por que, nos últim os
céu s." tempos, um número tão grande de
Engoliu em seco e depois membros está sendo atribulado
hesitantem ente concordou com o com tantos problemas. Respondi
grande potencial humano. Lemos com hesitação: — Bem, estão-se
outras escrituras, como: "E disse aproximando obviamente os
Deus: Façamos o hom em à nossa últim os dias nos quais até mesmo
imagem, conforme à nossa os escolhidos serão enganados.
sem elhança." (Gên. 1:26.) Ele (Ver M ateus 24:24.)
entendeu e passou a encarar nossos Olhando-me por um instante,
ensinam entos com novo respeito. respondeu:
Ao partir, era um hom em mais — Bem, talvez isto seja parte da
sábio e eu senti renovada gratidão razão, mas acho que o verdadeiro
pelas verdades inspiradoras que nós motivo de tantos estarem seguindo
compreendemos e ensinamos. cam inhos estranhos é por não
U m a m oça estava praticamente acatarem o conselho profético de
afastada da Igreja. Ao visitar a estudar as escrituras e freqüentar
cidade distante em que ela residia, as aulas da Igreja.
perguntou-me se poderia conversar Tenho pensado m uitas vezes
comigo alguns m inutos e eu acedi. nessa conversa.
v Ela ouvira m uitas das inverdades Alguém continuaria a debilitar -
s vezes, o Santo Espírito que nossos detratores utilizam há -se em autopiedade e senso de

A opera intensam ente em


nosso espírito. Então
sabemos sem sombra de dúvida
qual o assunto que devemos
décadas para desacreditar a Igreja. culpa se conhecesse estes

Edna Alba, tiadutoia espanhola, observa o desenrolar da conferência em um monitor de


abordar. Vou falar sobre a televisão enquanto proporciona uma tradução simultânea de um discurso aos visitantes
de língua não inglesa presen tes no tàbernáculo.
necessidade inseparável de
aprendermos a conhecer m elhor a
vontade de nosso amado Pai
Celeste.
Enquanto servia na Pensilvânia
anos atrás, fui agradavelmente
surpreendido pela visita do
ministro de uma grande jmÊÈkm
«u
congregação protestante. Trocam os —nn.uaa-yr:
amabilidades e conversamos sobre
assuntos doutrinários nos quais ■ u u n n »aM
podíamos concordar
«uuuuut,
pacificamente. Subitam ente ele
interrompeu nossa conversa,
declarando: "V ocês ensinam uma
doutrina com a qual jamais poderia
concordar. É o conceito de que
'como Deus é agora, o hom em
poderá vir a se r'." (Ver History of
the Church, 6:302-17.) Ele tinha
nas mãos uma Bíblia obviamente
m uito manuseada. Pedi-lhe que
abrisse em Mateus 5:48. Seus
dedos ágeis encontraram
rapidamente a passagem e ele leu:
A LlAHUNA/fANElRU 1 9 8 5 75
ensinamentos de Jesus: "Na casa de Jesus: "M as qualquer que o templo do Espírito Santo, e que
de meu Pai há muitas moradas... escandalizar um destes pequeninos nosso corpo não nos pertence por
vou preparar-vos lugar” ? (João que crêem em mim, melhor lhe ter sido comprado pelo sacrifício de
14:2.) Igualmente o episódio em fora que se pendurasse ao pescoço Jesus? Ele comprou nosso corpo e
que Jesus mandou que aqueles que uma mó de azenha, e se nosso espírito, os quais pertencem
estivessem sem culpa atirassem a submergisse na profundeza do a Deus. Sem dúvida, devemos
primeira pedra na mulher adúltera, mar?'' (Mat. 18:6.) cuidar do que é dele. (Ver I Cor.
e quando seus acusadores se foram, Ou como seria possível deixar-se 6:15-20.)
ele perguntou: "Mulher, onde iludir pela sutil filosofia humanista Ou seria o divórcio usado como
estâo... teus acusadores? Ninguém que aparentemente se espalha por solução tão fácil para as
te condenou?... Nem eu também te toda a parte, se realmente divergências e frustrações
condeno: vai-te e nâo peques entendesse estas palavras de Néfi: conjugais, se fossem entendidas
m ais.'' (João 8:10-11.) "Maldito é o homem que confia no melhor as palavras amorosas de
Ou, como poderia alguém homem, ou faz da carne o seu nosso Pai Celeste registradas nas
defraudar seus fregueses, braço, ou ouve os preceitos do escrituras modernas? "Amarás a
empregador ou empregados se homem, a menos que seus tua esposa de todo o teu coração e a
realmente entendesse as palavras preceitos sejam dados pelo poder ela te apegarás e a nenhuma outra.
de Paulo: "Mas os homens maus e do Espírito Santo"? (2 Néfi 28:31.) ' ’E aquele que olhar uma mulher
enganadores irão de mal a pior, Ou nossa juventude mostraria, para a cobiçar, negará a fé e não
enganando e sendo enganados." (n em alguns casos, quase que total terá o Espírito; e, se não se
Tim. 3:13.) A pessoa saberia que desrespeito pelos pais se tivessem arrepender, será expulso." (D&C
sua vida ficaria progressivamente analisado cuidadosamente este 4.2:22-23.)
mais prejudicada e que perderia o versículo: "Vós, filhos, obedecei Freqüentemente nos
espírito do discernimento do bem e em tudo a vossos pais; porque isto esquecemos de nossos
do mal. é agradável ao Senhor"? (Col. ensinamentos e doutrina, e assim
Como poderia alguém afirmar 3:20.) fazendo erramos em prejuízo
que não somos cristãos se Os pais, da mesma forma seriam próprio e daqueles a quem amamos
conhecesse, por pouco que fosse, a mais sensíveis para com seus acima de tudo. Nos ensinamentos
Igreja primitiva como descrita em pequeninos se entendessem o de Deus encontram-se as respostas
o Novo Testamento, com o conceito ensinado logo no para os dilemas e desafios da vida.
batismo pelos mortos (ver I Cor. versículo seguinte: “Pais, não Os exemplos são inúmeros
15:29), o Sacerdócio de irriteis a vossos filhos, para que enquanto que a solução é uma só;
Melquisedeque (ver Hebreus não percam o ânim o." (Col. 3:21.) ela não varia.
5:6,10), apóstolos, profetas, Ou a imoralidade campearia O que podemos fazer para nos
evangelistas e mestres? (Ver Efésios livremente se as pessoas manter mais sintonizados com o
4:11.) compreendessem as preciosas Pai Celestial?
Ou como alguém ousaria palavras encontradas na primeira Primeiro, freqüentar as reuniões
cometer o hediondo crime de epístola aos coríntios, que nos da Igreja. Anos atrás, passamos a
abusar de uma criança se se ensinam que cometer fomicação é ter um sistema de reunião que
lembrasse das palavras protetoras pecar contra o próprio corpo, que é consolidou o culto formal num
período único de três horas. A todo
ser é dada a porção idêntica de
tempo de cento e sessenta e oito
horas por semana. O servo dispõe
do mesmo tempo que o amo. O
conhecedor das escrituras dispõe
de exatamente o mesmo tempo
que o analfabeto em doutrina. Sim,
temos o dever de dedicar três horas
por semana às reuniões formais da
Igreja para nos familiarizarmos
com a palavra de Deus. Isto
representa menos que dois por
cento de nosso tempo No entanto,
quantas vezes vemos presidências
fazerem suas reuniões, membros
conversando nos corredores e
líderes procedendo a entrevistas
nesse precioso período. Sim, os
líderes liderariam melnor, os
conselheiros aconselhariam
melhor e os membros seriam
capazes de enfrentar mais
satisfatória e perseverantemente a
vida, se adorassem com mais
diligência.
Que lição melhor pode dar um
bispo, a presidente da Sociedade de
Socorro ou das Moças, um líder de
quorum do Sacerdócio de
Melquisedeque ou presidente de profundamente impressionado Freqüentemente, a disciplina ou
estaca do que estar na aula de com as palavras do Élder J. Thom as integridade total necessária numa
Doutrina do Evangelho com seu Fyans, quando expôs ao Primeiro entrevista de negócios ou situação
cônjuge estudando a palavra de Quorum dos Setenta o método que de venda é produto de um princípio
Deus? Os filhos sem dúvida ele e a esposa usam para estudar as aprendido durante o estudo
passarão a interessar-se m ais pelo escrituras. Com o suas designações particular das escrituras ou de um
estudo das doutrinas da Igreja eclesiásticas impedem o casal de bem-preparado professor. E quanto
vendo os pais indo para as reuniões sentarem-se juntos na classe de não apreciamos e amamos os
da Igreja com as escrituras na mão Doutrina do Evangelho, que aborda professores no reino!
e estudando juntos a palavra de o Livro de M órmon este ano, eles Tantas vezes nossos membros
Deus. J estudavam juntos o livro da Escola solteiros são capazes de superar o
Segundo, estudar as escrituras D om inical em casa, assinalando desconforto, aflição e desânimo
com a fam ília, com outros cuidadosamente as escrituras. tomando decisões baseadas em
membros e amigos, mas tam bém Haviam completado o estudo do ensinam entos do evangelho.
ponderar as palavras de Deus em Livro de Mórmon em apenas Sim , todos estamos empenhados
contemplação particular. Examinai quatro meses, e esperavam em viver de maneira a sermos
as escrituras relacionadas com ansiosamente repetir a experiência. felizes agora e para sempre. E isto
nossas aulas do sacerdócio, Teiceiio, irmãos e irmãs, só é possível aprendendo e fazendo
Sociedade de Socorro, Escola devemos praticar o que a vontade de nosso Pai Celeste.
Dom inical, Moças e Primária. aprendemos e ensinamos. A fim de Possivelm ente consideraríamos
Estudai as escrituras a fim de vencer o estupor escriturístico, louco o hom em ou mulher que não
adquirir mais conhecim ento sobre precisamos colocar em ação o que reclam asse uma rica herança. Não
como viver m ais feliz e m enos aprendemos. As escrituras obstante, quão m ais loucos somos
frustrado num mundo que m uitas exerceram profundo efeito sobre não aproveitando o dote
vezes é, pelo m enos aqueles que as escreveram; doutrinário que nos foi legado.
temporariamente, triste e sombrio. podemos tomá-las igualmente Que todos nós freqüentemos
A cada quatro anos somos guiados reais para nós hoje se vivermos regularmente as reuniões,
cuidadosamente através de todas as segundo seus ensinam entos. estudemos e ponderemos as
escri turas no currículo para os M uitas vezes, o aui odomínio palavras de Deus e dos profetas
adultos da Igreja. No decorrer da exercido pelos nossos jovens sob o diligentemente, e-ponhamos
vida, todo membro pode tomar-se fascínio de uma lua cheia resulta constantem ente em prática o que
um profundo conhecedor das da lembrança de um a escritura aprendemos. Estas palavras deixo
escrituras em lugar de continuar aprendida no seminário, convosco em nome de nosso Rei,
sendo um simplório em doutrina. sacerdócio, Escola D om inical ou Redentor e Mestre dos Mestres,
Em abril p.p., fiquei reunião das Moças. Jesus Cristo. Amém.
A L ia h o n a /J a n e ir o 1 9 8 5 77
S erv ir n a I g r e ja
Élder Spencer H. Osbom
do Prim eiro Q uorum dos Setenta

“Se o jugo incomoda ou irrita eu o desbasto


ou amacio, instruindo-me melhor quanto ao cargo e
aprimorando meu desempenho. ”

estava servindo como


Representante Regional de tempo
integral, quando ultrapassamos um
lavrador a caminho do mercado.
Ele seguia num passo trotado,
carregando enormes fardos de
legumes e produtos agrícolas
pendentes das duas extremidades
de uma canga de madeira que
sustentava com os ombros. Parei o
carro para bater uma foto. Quando
term inei, ele descansou sua carga
para conversarmos. Perguntei-lhe
se o peso que levava não era
excessivo para carregar por m uito
tempo, ao que respondeu: estais cansados e oprimidos, e eu
— Não é, não, porque está vos aliviarei.
equilibrado. "T o m ai sobre vós o m eu jugo, e
— E a canga não incomoda, aprendei de m im que sou manso e
machuca? humilde de coração; e encontrareis
— A princípio sim, mas eu a descanso para as vossas almas.
desbastei e depois lixei com uma "Porque o meu jugo é suave e o
ntes do atual chamado, eu pedra, e agora está lisa e meu fardo é le v e ." (Vv. 28-30.)

A servia como conselheiro do


Presidente Marion D.
Hanks no Tem plo de Salt Lake. A
atitude que incentivava todos
confortável.
Notei, tam bém , que usava um
pequeno coxim de pano na nuca,
suponho que para amortecer os
Tradicionalm ente e com razão,
consideramos esta bela promessa
de alívio dirigida aos que estão fora
do reino — àqueles que não
os oficiantes do templo foi tirada solavancos do cam inho acidentado. aceitaram as ordenanças salvadoras
de um cartaz escrito a mão pregado Foi só quando nos afastávamos e exaltadoras do Evangelho de
na parede de um clube de que me lembrei do convite do Jesus Cristo. M uitas vezes usamos
garotinhos: ' 'Ninguém é grande, Salvador encontrado em Mateus essa passagem para os membros da
ninguém é pequeno, todos são 11: Igreja que carregam o pesado fardo
m édios.'' Confesso que me sinto "Vinde a m im , todos os que da tristeza, pesar, doença,
um pouco menor que médio
postado aqui neste púlpito, neste
Membros da Presidência do Primeiro Quorum dos Setenta, a partir da esquerda, Élderes
lugar santificado por profetas e Dean L. Larsen, J. Thomas Fyans e M. Russell Ballard, cumprimentam um de seus
outros grandes líderes que daqui integrantes, Elder Theodore Tuttle.
proclamaram verdades eternas.
Eu e outros irmãos recebemos
um novo chamado do Senhor.
M inha designação específica é
servir com o Élder A. Theodore
Tuttle e o Élder Jacob de Jager na
Presidência de Área da América do
Sul, com sede em Buenos Aires.
Esta grande área abrange o Chile,
Argentina, Uruguai e Paraguai.
A ceitei um novo jugo com esse
chamado, uma coisa que acontece
a m ilhares de santos fiéis todos os
dias pelo mundo afora — um novo
jugo de serviço.
Meses atrás, m inha esposa e eu
rodávamos por uma estrada rural
de Luzon nas Filipinas, onde eu
78
problemas ou pecado. Gostaria de
sugerir outro grande grupo de
santos que é m uito confortado por
A FÉ DONosso Povo
esta escritura. São os obreiros da
vinha, aqueles que carregam o Élder Philip T . Sonntag
fardo de servir na Igreja. do Prim eiro Q uorum dos Setenta
Dois trechos desta escritura
parecem-me particularmente
apropriados para esse grupo de
homens e mulheres. O primeiro: “Eles derramaram lágrimas de gratidão, fé e amor,
' 'Tom ai sobre vós o m eu jugo e e dão graças pelos missionários que lhes mandais para
aprendei de m im ." Nós devemos
não só aceitar responsabilidades no ensinarem sobre Jesus Cristo e seus caminhos. ”
serviço do M estre, mas tam bém
continuar o estudo pessoal — o
interminável processo de aprender e alma. Apóio o Presidente
com Jesus e ponderar seu Romney e o Presidente H inckley, e
ministério, mensagem e expiação. os Doze e demais autoridades
É realm ente triste que muitas gerais. Sinto-me honrado de
vezes, quando assumimos um assentar-me em conselho com eles,
encargo absorvente na Igreja, o de ser contado entre eles e somar
estudo das escrituras fica m inha voz à deles como
prejudicado. O segundo trecho que testem unha especial da divindade
se aplica a nós é: "Q u e sou manso desta grande obra.
e humilde de coração." Mansidão é Tivem os o privilégio de
a chave para o sucesso no serviço participar da obra no Pacífico Sul
do Senhor. Ser manso e humilde nos últim os m eses. Foi um
não significa ser tímido ou privilégio glorioso trabalhar com o
medroso, mas submisso à vontade Presidente Simpson e Presidente
do Senhor, deixar-se conduzir pelo Harris na presidência daquela área,
Espírito e ser dócil. sentir a fé e o entusiasmo que se
Verifiquei no decorrer dos anos e m anifestam nessa região do
uma série de responsabilidades na mundo.
Igreja que, enquanto eu equilibrar o Gostaria de contar-vos uma
fardo, delegar e ajeitar o peso experiência da fé e do apreço dos
quando se tom a m uito penoso, santos das ilhas do mar pelas
assegurando que a família, contribuições que tendes feito para
profissão e outros interesses oje de manhã, bem

H
fortalecer e edificar a vida deles;
contrabalancem m inha obrigação, cedinho, tocou o telefone, por vossas preces; por vossos filhos
ele se tom a leve. Se o jugo e quando atendi ouvi uma e filhas; pelos excelentes casais
incomoda ou irrita, eu o desbasto vozinha dizendo: "E u te amo, missionários que estão sendo
ou am acio instruindo-me melhor vovô. Faça um bom discurso." mandados para suas terras a fim de
quanto ao cargo e aprimorando Preciso confessar, irmãos e lhes ensinar a mensagem da
meu desempenho. Então o jugo se irmãs, que esta designação me restauração. Eles derramam
torna confortável e fácil, conforme deixou inquieto, porque talvez as
o Senhor prometeu. O coxim que palavras por m im escolhidas, ou a
protege a nuca é, obviamente, o inabilidade de expressar-me ou Um dos muitos técnicos envolvidos na
transmissão por rádio e televisão da
conhecim ento que temos da ressaltar as coisas importantes não
Conferência Geral, este engenheiro de som
divindade desta grande obra dos conseguissem externar o que sinto ajuda a controlar os sinais de radiodifusão
últim os dias/; o testem unho do no coração. Gostaria de prestar-vos da Conferência Geral.
evangelho. E este que realm ente testem unho de que Deus vive. Eu
ameniza os choques e solavancos sei que ele vive; sei que Jesus
que sofremos levando nosso fardo Cristo é o Salvador e Redentor do
pela estrada acidentada da vida. mundo, o Filho de Deus, o
Meu jugo atual ainda incomoda Príncipe da Paz; que Joseph Sm ith
um pouco, mas continuarei viu o que disse ter visto, ouviu o
trabalhando nele até conseguir que disse ter ouvido; e que por
comunicar-me m elhor na bela causa da visão do Pai e do Filho, o
língua castelhana. Sou grato por reino de Deus foi restabelecido na
este jugo. Deleito-m e em carregar terra. Este é o seu reino, m esm o A
o fardo enquanto m eu dever o Igreja de Jesus Cristo dos Santos
exigir. dos Ú ltim os Dias, a única igreja
Sei que Deus vive e atende sobre a face da terra que possui
nossas petições. Sei que Jesus autoridade. Sei que o Livro de
Cristo é m eu Mestre, nosso Mórmon é verdadeiro e contém a
Salvador e Redentor. Prometo ao plenitude do Evangelho de Jesus
meu Pai Celeste e aos meus irmãos Cristo.
total dedicação ao presente Testifico-vos que tem os um
encargo/em nom e de Jesus Cristo. profeta vivo à testa desta grande
Amém. igreja. Eu o apóio de todo o coração
A LlAHONA/fANEIRO 1 9 8 5 79
apinhado, membros da Igreja e seus
amigos da ilha inteira congregados
para ouvir as nossas mensagens.
Houve um profuso
derramamento do Espírito e ao
término da reunião fomos
convidados a nos dirigir aos fundos
do prédio onde houve uma
cerim ônia especial de boas-vindas.
Foi maravilhoso. Um
representante do governo fez uso
da palavra, externando gratidão à
Igreja e às autoridades gerais pelo
muito que fizeram em prol da
educação, fortalecim ento e
edificação da vida de sua gente.
Apesar de não ser membro da
Igreja, fora tocado pelo Espírito do
Senhor. Com o tributo supremo,
ofereceram-nos um enorme leitão
assado. Disseram que gostariam de
nos cobrir de presentes, mas que
aquilo era o m elhor que tinham.
Depois conduziram-nos para
uma m esa de banquete vergada
com os mais finos quitutes
produzidos na ilha. Terminado o
banquete, carregaram o leitão para
o barco, insistindo que o
levássemos conosco. Andando para
o barco, eu ia ao lado da autoridade
governamental e com entei:
— Sabe que daria um excelente
Dois atletas SUD, Peter Vidmar, ganhador de medalha de ouro nas Olimpíadas, à membro da Igreja? — ao que
esquerda, e o astro de beisebol Dale Murphy, à direita, foram, apresentados na Sessão do respondeu:
Sacerdócio pelo Presidente Gordon B. Hinckley e citados como um exemplo de fidelidade. — Eu estou pronto. Senti o
Espírito, mas preciso me livrar de
um hábito.
lágrimas de gratidão, fé e amor, e fazer o que faz sem a vossa ajuda. Lembrei-lhe que é tão fácil
dão graças pelos m issionários que Nas ilhas de Tonga vemos uns livrar-se de um hábito hoje como
lhes mandais para ensinarem sobre trezentos missionários indo de casa amanhã ou na próxima semana.
Jesus Cristo e seus caminhos. em casa nas m ais humildes Então ele disse: "Tentarei.
Com o resultado de vossas condições para pregar a mensagem T en tarei.”
grandes contribuições está sendo do Evangelho de Jesus Cristo. A Pergunto-me às vezes se
construída uma nova capela longe maioria deles são nativos, os realm ente avaliamos o m uito que
da civilização, a primeira para os rapazes usando cam isa branca e os poucos dólares que damos à
aborígines australianos. E uma gravata com seus ta ’ovalas, as Igreja para a edificação do reino
época em ocionante para o povo dos m oças em trajes longos, cabelos fazem pelos outros. Quando penso
territórios setentrionais da bem arrumados, ostentando nas grandes contribuições do
Austrália; tão importante que até o orgulhosamente seus crachás de dízimo e outras destinadas a
prefeito de Darwin comparecerá à identificação. O arrebatamento abençoar essa terra, quando vejo as
dedicação, passando lá um dia daqueles rostos morenos ao casas construídas com recursos do
inteiro. Casais missionários estão prestarem testem unho da programa do bem-estar depois de a
atarefados preparando o povo. Um divindade desta obra toca o âmago ilha ter sido devastada por um
hom em que possui uma fazenda de dos homens. furacão, m eu coração transborda de
ovelhas do tamanho do Estado de Partindo de Ha'apia, fomos de alegria por um povo que ama o
U tah participou recentem ente de barco para uma pequena ilha Senhor, que se dispõe a dar do que
uma reunião especial. Ele estava raramente visitada por alguma é seu para a promoção do reino de
certo de que o aborígine com um autoridade geral. No cais fomos Deus.
não era capaz de aprender coisa recebidos pelos santos, que nos Deus vos abençoe, meus
alguma. Quando ouviu as crianças abraçavam chorando. D e lá fomos queridos irmãos e irmãs, ao
cantarem: "So u um filho de andando até a capela, que serve prosseguirdes nesta grande obra;
D eu s", (Cante Comigo, B-76) tam bém para abrigar a escola. que vos lembreis de quem sois e
lágrimas rolaram-lhe pelas faces e Chegando m ais perto, ouvimos continueis dando liberal e
ao sair da reunião com entou: "S e vozes de crianças cantando no alegremente daquilo que recebestes
não tivesse visto com meus idioma nativo: "D am os graças a ti, unicam ente do Pai; que vosso
próprios olhos, jamais acreditaria.” por mandar es a nós uma lu z.'' testem unho pela fé testifique ao
Fé, força, bondade de um povo que [Hinos, n? 147.) Entramos na mundo inteiro que esta obra é
tom ou isto possível. U m grande capela com coração humilde. Lá verdadeira, em nom e de Jesus
apreço de um povo que não poderia dentro encontramos no recinto Cristo. Amém.
80
transformação. Quem for ao centro
Sa n t ific a r o D ia da cidade encontrará as ruas
desertas — sem táxis, ônibus ou
pessoas. Todas as lojas,
d o S en h o r supermercados, cinem as e
escritórios estão fechados. Não há
m ovim ento de aviões, nenhum
Élder John H. Groberg navio chega ou parte, o comércio
do Primeiro Q uorum dos Setenta não funciona. Não há jogos e o
povo vai à igreja. Tonga está
santificando o dia do Senhor.
É significativo que o primeiro
“Testifico que quando finalmente virmos as coisas país do mundo a saudar o dia do
pela perspectiva da verdade etema, ficaremos Senhor o santifica.
E o Senhor vem abençoando o
assombrados como a santificação do dia do Senhor povo de Tonga? Talvez o mundo
nos abençoou de forma importante, embora não consiga ver suas bênçãos, mas
no que realm ente conta, ele os tem
nem sempre percebida. ” abençoado abundantemente. Eles
foram abençoados com o
Evangelho de Jesus Cristo, e uma
sábio rei de Tonga decretou que em percentagem m uito maior da
sua terra o dia do Senhor seria população que em qualquer outro
sempre respeitado. país, pertence à Igreja.
A civilização moderna chegou a Capelas simples e bem
Tonga em diversos sentidos. Se conservadas se espalham pelo país.
alguém for a N uku'alofa, sua Por toda parte se vêem
capital, num dia de semana, m issionários locais sorridentes e
encontrará o costum eiro tráfego bem cuidados. Em Tonga ergue-se
pesado de cam inhões e carros, e o um belo templo bastante
burburinho de m ilhares de pessoas freqüentado, em cumprimento a
fazendo compras nas bem promessas feitas há m uitos e
abastecidas lojas e mercados. m uitos anos. E, como é de se
Notará gente formando fila nos esperar, a freqüência às reuniões e
cinemas para assistir aos últim os fidelidade no dízimo beira os cem
film es ou para alugar video- por cento. Recentem ente, os
-cassetes. Observará modernos santos têm sido abençoados com
ônibus repletos de turistas, prontos oposição bastante intensa que teve
para tom ar seus aviões a jato, ou o efeito de santificar ainda mais os
então verá como é fácil e rápido que realm ente buscam a vida
telefonar para os Estados Unidos etema.
via satélite. As ruas estão O Senhor ama e abençoa aqueles
omo eu oro para que o apinhadas de transeuntes e os

C
que santificam o dia do Senhor?
Espírito do Senhor negócios vão bem. E a gente poderá Testifico que o faz com bênçãos de
continue a estar conosco, pensar: " O que há de diferente importância etema. Testifico mais
conforme esteve até agora! entre esta cidade e centenas de que quando finalm ente virmos as
O mandamento de Deus: outras pelo mundo afora?” coisas pela perspectiva da verdade
"Lem bra-te do dia do sábado, para Mas quando raia o domingo no eterna, ficaremos assombrados
o santificar” (Êxo. 20:8), esteve em Reino de Tonga, ocorre uma como a santificação do dia do
vigor durante toda a história da
humanidade. Há poder em
santificar o dia do Senhor. Élder Charles Didier, do Primeiro Quorum dos Setenta, conversa com outros membros do
quorum.
Testifico que Deus vive, que
somos seus filhos, que ele nos ama
e nos dá mandamentos para nos
poder abençoar à medida que os
guardamos e assim somos felizes.
Ao guardarmos o dia do Senhor ele
nos abençoará e nós alcançaremos
um sereno poder para o bem como
pessoa, fam ília e povo, que não é
possível obter de outra maneira.
Perm iti-m e dar dois exemplos:
Como a pequena ilha de Tonga
fica bem próxima à linha
internacional das datas, é o
primeiro país do mundo a saudar o
dia do Senhor. É um país pequeno
e, aos olhos do mundo, um país
pobre. Anos atrás, porém, um
A L ia h o n a / I a n e ir o 1 9 8 5 81
Senhor nos abençoou de forma
importante, embora nem sempre
percebida; e para nossa tristeza,
talvez percebamos quantas bênçãos
deixamos de receber por não
guardarmos, consistentem ente, o
dia do Senhor.
Existe uma ligação direta entre a
devida observância do dia do
Senhor e a verdadeira reverência
para com Deus, que inclui
obediência aos outros
mandamentos.
E impossível todos nós vivermos
em Tonga, mas todos podemos
santificar o dia do Senhor e receber
as bênçãos correspondentes — e
nós as receberemos onde quer que
vivamos, seja pessoal ou
coletivamente.
Gostaria de dar outro exemplo, Elder Russell M. Nelson, ao centro, do Quorum dos Doze, com seu pai, Marion C. Nelson,
aqui dos nossos vales: e seu filho, Russell Jr.
Em junho últim o, fui designado
para uma conferência no norte de onde alcançava a vista em todas as colina, eu m e punha a olhar e olhar
Utah. Dirigindo o carro pelo Vale direções. A m esm a beleza, se não e então suspirava aliviado —
Cache no sábado, fiquei maior, que na véspera. "S im , mais ninguém trabalhando.
impressionado com a beleza belo ainda," pensei, "m as por que Fui seguindo para o norte,
daquela verdejante e tranqüila será?" O sol, o céu, as nuvens, os sabendo que estava chegando ao
paisagem. Maravilhei-me com o campos eram os m esm os. Então fim daquele lindo vale. "Alguém
Tem plo de Logan — esse sereno, por que essa sensação interior de quebraria o encanto? Seria possível
pacífico fanal em tantos sentidos. que aquela paisagem na tarde de um vale inteiro tão devotado a
Prosseguindo para o norte naquele domingo era m ais bela que no dia Deus que ninguém ousava
lindo dia de verão, fiquei anterior? trabalhar no seu dia?" A
impressionado pelas verdes e Qual a diferença? Notei, à expectativa tomou-se quase
férteis searas das mais variadas. distância, uma pequena capela insuportável; a cada curva ou
Notei, particularmente, o grande SU D e alguns carros chegando e morro, lá ficava eu olhando num a
número de campos de alfaia e a estacionando junto dela. Então quase medrosa antecipação, e
constante atividade em quase repentinam ente entendi: "A í está a depois sorrindo para o m esm o
todos eles. Que agradável sensação diferença. Ninguém está ceifando panorama tranqüilo.
sentir o aroma do feno recém- ou empilhando feno h o je ." Forcei Finalm ente cheguei à últim a
-cortado e observar a forma ordeira os olhos o mais que pude e vi por curva e à confluência com a
como estavam sendo ceifados toda a parte os campos de feno com estrada principal que marca o fim
aqueles campos bem tratados. tratores parados, ceifadeiras do Vale Cache. Eu olhava e olhava
No alto de um morro estacionei inativas e cam inhões dormindo m as tudo estava quieto e tranqüilo.
o carro no acostam ento e desci. nos campos, mas ninguém Fiquei tão emocionado que parei o
Fiquei com pletam ente absorvido trabalhando — pois era o dia do carro, desci com um salto e as
pela beleza do vale. Até onde Senhor, aquele era o Vale Cache e mãos para cim a, gritando: "V ocê
alcançava a vista, era a m esm a em sua maioria os habitantes eram conseguiu, Vale Cache. Você
atividade em todas as direções — o bons mórmons. conseguiu! Percorri toda sua
feno sendo ceifado, empilhado e Prosseguindo para o norte, vi por extensão. Você não sabia que eu
transportado. toda a parte feno à espera de ser estava observando você, mas
Finalm ente segui viagem para a cortado, empilhado e transportado, conseguiu — nenhum campo
estaca onde tivemos uma o equipamento pronto e o tempo sendo ceifado, nenhum trator
conferência maravilhosa. apropriado, mas nenhum hom em trabalhando, nenhum caminhão
Meus pais vivem no sudeste de ou m ulher nos campos. O povo do carregando. Você conseguiu!"
Idaho e com o já era quase m eio vale estava cumprindo uma lei (Admito que atravessei apenas a
caminho andado, resolvi visitá-los maior, e o dia do Senhor estava parte norte do vale naquele
no domingo à tarde, antes de voltar sendo santificado no Vale Cache. domingo, mas ainda assim era o
para casa. Passei por dezenas, centenas de Vale Cache.)
Assim, terminada a conferência, fazendas com máquinas Instintivam ente olhei para o céu
continuei rumando para o norte aguardando nos campos — e disse: ' 'T u viste isso? Viste o
através do Vale Cache. Poucos deixadas lá no sábado à tarde por Vale Cache nesta tarde de
quilômetros adiante, já me hom ens tem entes a Deus à espera domingo?”
encontrava em Idaho, mas o da segunda-feira para reiniciar o Apesar de não ouvir coisa
cenário e a sensação eram os trabalho. Pensei comigo m esm o: alguma, senti com o que uma
mesmos. M ais uma vez fiquei "Será que alguém quebrará essa resposta: "S im , nós sabemos. Nós
absorvido pela beleza dos campos e magia, será que encontrarei vemos tu d o."
o cheiro de feno recém-colhido. alguém trabalhando?" Senti tam anha alegria — quase
Mais um a vez parei no alto de uma Toda vez que a estrada fazia uma que arrebatamento — ao seguir
colina, desci do carro e olhei até curva ou galgava o alto de uma para uma maravilhosa visita aos
meus pais antes de voltar para casa.
Durante m uito tempo não
consegui tirar do pensamento
aquela tarde de domingo.
Continuava a pensar: "V ocê viu e
testem unhou algo m uito especial,
uma coisa realm ente significativa:
Um vale inteiro guardando o dia do
Senhor.''
Naquela ocasião, e m uitas vezes
desde então, provocou-me
profunda reflexão; mas como
acontece tantas vezes, devido à
pressão de outros problemas
prementes, a lembrança foi
esmaecendo. Chegou o inverno e
acabei esquecendo a experiência.
Continuei viajando todos os fins-
-de-semana para diversas partes do
mundo. M uitos meses depois, fui
designado para uma conferência
numa cidade conhecida por suas
flagrantes violações das leis de
Deus. Os santos de lá eram
formidáveis, mas pareciam
rodeados de decadência e deboche
por todos os lados.
Ao retom ar daquele fim-de-
-semana particularmente agitado,
pus-me a ler as escrituras. Refleti
sobre Sodoma e Gomorra.
Poderiam ter sido mais iníquos do
que isso? Não obstante, o Senhor
prometera poupá-los se se
encontrassem cinqüenta almas
justas — ou até m esm o dez — mas
não havia.
Dei asas à imaginação e pareceu-
-me que um bando de anjos
destruidores desceu dos céus para
fulminar a terra. E antes m esm o de
poder analisar a situação, como
que m e vi à frente daqueles
destruidores decididos, dizendo:
"Parem , parem, parem !". E eles
pararam. Então mandei: "Para
trás!", e seus cavalos empinaram,
com os olhos coruscando de
impaciência. Os destruidores finalm ente, como que um raio de — poder para ajudar outros bem
demonstravam ansiedade, mas luz reacendeu uma lembrança como a nós próprios. Se quisermos
detiveram-se. fielm ente arquivada m uitos meses ter as bênçãos e proteção de Deus
Fitando-me diretamente nos antes para um m om ento como com o pessoa, família, comunidade
olhos, o líder m e desafiou: "C o m aquele. Voltou-me à memória e povo, precisamos guardar e
que direito nos manda parar? Não consciente o panorama de um santificar o seu dia.
viste a iniqüidade da terra?” lindo vale verdejante. Ergui os Possamos viver todos de maneira
Então respondi: "Sim , conheço a olhos e ele voltou a perguntar: que um dia, em algum lugar, de
sordidez do mundo. Vejo as leis de "C o m que direito nos mandou alguma forma, ao enfrentarmos
Deus serem constantem ente parar?" algo m uito sério, tenhamos
escarnecidas, o com ércio no seu Então, com a confiança da condições de dizer: "Parem ,
dia consagrado, a freqüente certeza e orientação espiritual, parem, parem "; e, quando
violação de seus mandamentos. repliquei: " T u tens de parar, pois desafiados a justificar nosso ato
Vejo o m al que campeia quase que passei pelo Vale Cache numa (nem que seja perante o próprio
universalmente. Sim, sim , tudo tarde de dom ingo." eu), sejamos capazes — pela
isso é verdade, con tu d o..." Então Não houve hesitação, nem raiva, obediência e confiança no Espírito
fiquei preocupado. Que direito nem surpresa, nem — de dizer, à nossa maneira: "Pois
tinha eu de impedi-los? desapontamento, apenas passei no Vale Cache numa tarde
C om ecei a desviar os olhos de obediência; e ele se virou, voltou de dom ingo", eu oro
seu olhar penetrante, mas algo para junto do grupo e eles se foram. hum ildem ente em nome de nosso
dentro de m im continuava Oh, caros irmãos e irmãs, há Salvador, que vive. Eu sei que ele
procurando, procurando até que poder em santificar o dia do Senhor vive, m esm o Jesus Cristo. Amém.
A L ia h o n a /] a n e ir o 1 9 8 5 83
no qual habitam toda plenitude e
A C aravana S e g u e perfeição, que sabe todas as coisas
e tem todo o poder, força e
domínio.
S e u C a m in h o 2. Cieio eu na queda de Adãol
Não há salvação numa religião
que rejeita a doutrina da Queda ou
Élder Bruce R. M cC onkie que admite ser o hom em o produto
do Q uorum dos Doze Apóstolos final da evolução, não tendo assim
estado sujeito a cair.
O verdadeiro crente sabe que
esta terra e o hom em e todas as
“A Igreja é como uma grande caravana — bem formas de vida foram criados num
organizada, preparada, seguindo determinado curso. estado edênico ou paradisíaco no
qual não existia mortalidade,
O que importa se alguns cães latem e procuram procriação, nem morte.
morder nossos calcanharesl” Nesses primeiros dias, Adão e
Eva viviam "n u m estado de
inocência, não tendo alegria, por
não terem conhecido a miséria;
um crocodilo, ou poste de cedro; não fazendo o bem, por não
nem m esm o um ente espiritual conhecer o pecado” . (2 Néfi 2:23.)
sem corpo, partes ou paixões, que Pela previdência do Senhor,
orém, 1'Adão caiu para que os
E
enche a imensidão do espaço.
O verdadeiro crente adora o Ser omens existissem ; e os homens
Sagrado que ' 'fez o céu, e a terra, e existem para que tenham alegria’ ’.
o mar, e as fontes das águas’ ’. (2 Néfi 2:25.)
(Apo. 14:7.) Com a queda, Adão introduziu
Ele é o Pai dos espíritos com no mundo a morte temporal e
quem habitamos antes de serem espiritual, transformando esta vida
lançados os fundamentos desta terrena em estado probatório.
terra. Ele é nosso Pai nos céus, que 3. Cieio na expiação do Senhor
ordenou e instituiu o plano de Jesus Cristo?
salvação pelo qual seus filhos Quanto a esta questão, dou
espirituais pudessem avançar e m inha própria resposta. Êi-la:
progredir, e tomar-se como ele é. Eu sei que meu Redentor vive;
Ele é um Homem Santo, um com Jó o testifico. Ainda que as
personagem de tàbernáculo, tendo garras da doença devastem meu
um corpo de carne e ossos; e criou corpo; ainda que m e fira a espada
ele um hom em m ortal à sua da m orte — eu sei que aquele que
própria imagem, 4‘m acho e fêmea me comprou com seu sangue, em
roponho algumas perguntas os criou” . (Gên. 1:27.) breve reinará na terra e que 1'em

P que todos nos deveríamos


fazer para verificar se somos
leais ã fé. São umas poucas
perguntas básicas que é preciso
Ele é um ser glorioso e exaltado m inha carne verei a D eus” . (Jó

Presidente Gordon B. Hinckley, segundo conselheiro na Primeira Presidência.

responder corretam ente para se


fazer jus às bênçãos plenas do
evangelho nesta vida e herdar a
vida etem a nas esferas vindouras.
Nosso bem-amado Irmão Paulo,
o antigo apóstolo, nos aconselha
com estas palavras: "Exam inai-vos
a vós m esmos, se permaneceis na
fé; provai-vos a vós m esm os.” (Et
Cor. 13:5.)
E bem poderíamos perguntar a
nós m esm os: Cremos em todas as
doutrinas de salvação? Estamos
guardando os mandamentos?
Somos valentes na causa da
verdade e da justiça? Seremos
salvos no reino de Deus?
Dentre as m uitas perguntas que
todos nós teremos de responder um
dia, perm iti que vos prove nestas:
1. Adoio eu o único Deus
veidadeho e vivo?
Não há salvação se adorarmos
um falso deus — seja ele uma vaca,
84
19:26; ver tam bém v. 25.)
Sou testem unha de que ele foi
pregado na cruz do Calvário,
morreu e levantou-se no terceiro
dia; que subiu aos céus onde,
assentado à direita de Deus, o Pai
Onipotente, agora reina em glória
etem a; e que em breve voltará a
reinar entre os filhos dos homens.
Sei que ele é o único Mediador
entre Deus e o hom em ; que
proporciona a imortalidade e vida
etem a ao hom em ; que seu
m inistério é de reconciliação pelo
qual o hom em decaído pode
reconciliar-se com seu Criador.
Sei que a salvação está em Cristo
e que somente pela fé em seu
nome podemos ter esperança de
obter os tesouros eternos.
Ele é m eu Irmão e Amigo, e
ainda mais: É m eu Senhor, meu
Deus, m eu Rei a quem adoro em
toda a majestade de sua Divindade,
e que continuará sendo meu
Salvador, m eu Redentor e meu Presidente Ezra Taft Benson, do Quorum dos Doze, reúne-se cantando a membros do
Deus por todas as eternidades quorum, Élderes Howard W. Hunter e Thomas S. Monson.
vindouras.
4. Aceito eu o veidadeiio plano jubilosos o Santo de Israel. infem o contra ti se enfurecerá;
de salvação! Ouvi, ó vós confins da terra. "Enquanto os puros de coração,
Assim com o existe um único Deus falou; os céus se abriram; nós e os sábios, e os nobres, e os
Deus e um Salvador, tam bém há tem os o seu evangelho; chaves e virtuosos, procurarão conselho, e
somente uma salvação, um poderes foram novamente autoridade, e bênção de tuas mãos
caminho estreito e apertado que investidos em homens,- e todos eles continuam ente.” (D&C 122:1-2.)
conduz à vida etem a, um a forma estão convidados a vir, sem Por que há de ser sempre assim?
da graça de Deus derramar-se dinheiro e sem preço, banquetear- Porque Joseph Sm ith é o
plenamente sobre nós mortais. -se com a boa palavra de Deus, pois restaurador do conhecim ento de
Para conseguir salvação, todos os a salvação é gratuita. Cristo e da salvação; porque
homens de toda parte precisam ter 6. Sou um membro fiel da traduziu o Livro de Mórmon, que
fé no Senhor Jesus Cristo. Têm de verdadeira Igrejal contém a plenitude do evangelho;
arrepender-se dos pecados e serem Estou guardando os porque recebeu revelações tão
batizados por um administrador mandamentos de Deus? Eu o amo numerosas e gloriosas quanto às
legal com poder para selar na terra e sirvo de todo o coração, poder, dadas a Moisés e Isaías; porque
e nos céus. Têm de receber o dom m ente e força? ministradores angélicos lhe
do Espírito Santo, ser santificados Não há salvação alguma num conferiram chaves, poderes e
pelo poder do Espírito e guardar os falso deus ou na obediência a um sacerdócios que lhe permitiam,
mandamentos de Deus por toda a falso plano de salvação, ou na bem como a seus sucessores, ligar
vida. filiação a uma falsa igreja. na terra e ter seus atos
5. Cieio no evangelho conforme A verdade pura, cristalina, a eternamente selados nos céus —
foi restaurado nesta última verdade isenta de erro, a verdade e tudo isto são apenas algumas da
dispensação de graçal só a verdade pode levar a alma à razões por que honramos o nome
Que seja conhecido por todos os salvação. de Joseph Sm ith.
homens; que seja proclamado pela 7. Honro Joseph Smith como o Pelo que me toca, quero buscar
própria trombeta de Deus; que grande profeta da Restauração!■ constantem ente conselhos,
coros angélicos cantem suas Na época de Jesus, homens autoridade e bênçãos das mãos de
maravilhas e glória; que todas as ímpios e maus afastaram-se dos um hom em assim!
hostes humanas permaneçam em genuínos cristãos difamando o 8. Estou perseverando até o fim,
reverente assombro enquanto a voz nom e de Jesus e amaldiçoando-o crescendo em graça e adquirindo os
dos céus declara que Deus com o falso profeta. atributos de divindadel
restaurou nestes últim os dias a Em nossos dias, pessoas m al Quer dizer: Estou crescendo em
plenitude do seu evangelho etem o. intencionadas fazem o m esm o com fé, virtude, conhecim ento,
Que todo olho veja, todo ouvido o nome de Joseph Sm ith. Sua temperança, paciência, piedade,
ouça, todo coração seja penetrado, atitude para com ele e seus amor fraternal e caridade conforme
pois a voz de Deus se faz ouvir sucessores distingue os genuínos exorta Pedro? (Ver n Pedro 1:5-7.)
novamente. Anjos estão vindo crentes daqueles que servem a Estou operando m inha salvação
outra vez das cortes de glória para outro mestre. com tem or e tremor diante de
declarar verdades etem as ao Disse o Senhor dos céus a Joseph Deus, conforme aconselha Paulo?
homem mortal. O dom do Espírito Sm ith, vidente moderno: "O s (VerFilip. 2:12.)
Santo está-se derramando sobre os confins da terra inquirirão pelo teu Estou andando na luz, como
fiéis, e milhares voltam a louvar nome, e tolos zombarão de ti, e o Deus está na luz, em comunhão
A L ia h o n a /J a n e ir o 1 9 8 5 85
com os santos, para que " o sangue
de Jesus Cristo, seu Filho” me
purifique de todo pecado, conforme
promete João? (IJo. 1:7.)
Estou indo avante “ com firmeza
em Cristo, tendo uma esperança
resplandecente e amor a Deus e a
todos os hom ens,...
(banqueteando-me) com a palavra
de C risto” e perseverando até o
fim, conforme ensinava Néfi? (2
Néfi 31:20.)
Sinto um amor especial e
sagrado aos santos, identificando-
-me assim com o um autêntico
discípulo, de acordo com o que
disse Jesus, o Senhor? (Ver João
13:35.)
9. Dou prioridade às coisas do
reino de Deus? E o ieino de Deus
ou nada, para mim e para os meusl
E do Presidente Brigham Young,
de bendita memória que agora
reina nas cortes celestes, este brado
de batalha:
" O reino de Deus ou nada!” Um voto de apoio de membros do Quorum dos Doze, a partir da esquerda, Élderes Boyd
K. Packer, Mazvin /. Ashton, Bruce R. McConkie, L. Tom Perry e David B. Haight.
(.Discursos de Brigham Young, p.
445.)
Ele foi repetido por seus esposará uma causa ou publicará Agora, eu tenho o que todo
companheiros e poderia m uito um artigo ou livro que enfraqueça verdadeiro discípulo tem . Chama-
bem ser revivido entre nós. ou destrua a fé. -se o testem unho de Deus. Em
U m antigo e sábio clérigo nos No que diz respeito ao nossos dias, inclui o conhecim ento
deixou este conselho: evangelho, não existe de fato revelado de que o reino terrestre,
"S e não escolhestes primeiro o neutralidade. isto é, A Igreja de Jesus Cristo dos
reino de Deus, no final não fará Dizia Jesus: "Q u em não é Santos dos Ú ltim os Dias,
diferença alguma o que escolhestes comigo é contra m im ; e quem triunfará. Gostaria de ilustrá-lo
em seu lugar." (William Low.) comigo não ajunta espalha." (Mat. desta maneira:
O reino de Deus na terra é A 12:30.) A Igreja é como uma grande
Igreja de Jesus Cristo dos Santos E foi Jacó quem disse: "O s que caravana — bem organizada,
dos Ú ltim os Dias que prepara os não estiverem comigo estarão preparada, seguindo determinado
homens para uma herança no reino contra m im , diz o nosso D eu s.” (2 rumo, com seus capitães de
celestial de Deus. Néfi 10:16.) dezenas e capitães de centenas
Quando colocamos as coisas de Se não apoiarmos, defendermos todos em seu lugar.
Deus em primeiro lugar, estamos e prestigiarmos o reino de Deus em O que importa se alguns cães
falando do reino terrestre que nos todas as coisas, estaremos latem e procuram morder o
prepara para o reino celestial. ajudando um a causa que não é a do calcanhar dos viajores exaustos?
Para nós, seja nesta vida ou na Senhor. Ou que predadores reclamem os
vida por vir, é e deve ser: O reino Só os valentes se salvarão. Os poucos que caem ao longo da
de Deus ou nada. membros da Igreja que não são trilha? A caravana segue seu
Este reino de Deus no tempo e valentes no testem unho de Jesus, caminho.
na eternidade é governado pelo na causa de Cristo, na defesa de Existe uma ravina a cruzar, um
espírito de inspiração, que sempre seus profetas e pregação de sua lamaceiro a vencer, uma encosta
transm ite o pensamento e a palavra, não são herdeiros do reino íngreme a subir? O que importa?
vontade do Senhor, seja pela celestial. Os bois são fortes e os condutores
própria voz ou pela voz de seus 10. Estou vivendo de modo a ser sábios. A caravana segue seu
servos, não importa. (Ver D & C salvo no reino de Deusi caminho.
1:38.) Esta é a nossa m eta, nosso Torm entas inclem entes
Em todos os casos devemos objetivo e propósito na vida. Tudo fustigam a caravana, enchentes
determinar o que o Senhor deseja que fizermos deve agradar ao arrastam pontes, é preciso
de nós e que conselho ele deu Senhor e promover nosso empenho atravessar desertos e rios? São
através dos servidores designados de salvação. coisas da vida nesta esfera decaída.
de seu reino na terra. E, o Senhor seja louvado, chega E avcaravana segue seu caminho.
Nenhum genuino santo dos um a hora na vida dos santos fiéis À frente está a cidade celestial, a
últim os dias jamais se oporá ao que em que, tendo guardado a fé e sido Sião eterna de nosso Deus, onde
o Senhor revelou àqueles que verdadeiros e fiéis a despeito de todos os que continuam na
dirigem os negócios de seu reino todo o perigo, o Senhor lhes diz: caravana encontrarão alim ento e
terreno. Tu serás exaltado. descanso. Graças a Deus, a
Nenhum santo dos últim os dias Estas são apenas algumas das caravana segue seu caminho!
verdadeiro e fiel em todas as coisas m uitas provas do verdadeiro Em nome do Senhor Jesus Cristo.
jamais seguirá um curso ou discipulado. Amém.
86
uma vida santa. Se assim fizerem,
V iv ei o E v a n g elh o o sucesso, o triunfo, e o contínuo
crescim ento e progresso deste
reino... estarão assegurados para
Presidente Gordon B. H inckley nós como povo. Não há dúvida
Segundo Conselheiro na Prim eira Presidência sobre isso. Digo em nome de Jesus
Cristo que assim será.” (Journal of
Discourses, 25:325.)
“Regozijai-vos por seides membros da Igreja. Em que Apreciei tudo o que foi falado
nesta conferência. Asseguro-vos,
outra parte em todo o mundo podeis encontrar uma com o sempre o fiz, que há união
na liderança da Igreja. Não há a
sociedade igual l Cultivai um espírito de alegria em m ais leve divergência entre as
vosso lar. Deixai que a luz do evangelho brilhe em Autoridades Gerais. Há um grande
senso de lealdade entre elas —
vosso semblante onde quer que estejais e em tudo lealdade a vós, lealdade de um para
que fizerdes. ” com o outro, lealdade a esta causa,
a Deus e a seu Filho Eterno.
Eu amo estes meus irmãos.
N enhum deles jamais hesitou em
dado a cada um de nós. Refere-se aceitar qualquer chamado que lhes
ao nosso lar e à vida em fam ília. fosse feito. Sempre estiveram
Refere-se ao nosso trabalho diário. dispostos a viajar por mar ou terra,
Refere-se às atividades e com bom ou mau tempo, para
responsabilidades como homens e cumprir uma designação. Eles têm
mulheres, irmãos e irmãs, em A cumprido fielm ente o solene
Igreja de Jesus Cristo dos Santos encargo dado na ocasião de seu
dos Ú ltim os Dias. Ao retom arm os chamado — colocar os interesses
aos nossos lares, que decidamos do reino de Deus acim a de todos os
viver o evangelho mais outros interesses.
plenamente. Posso dizer o m esm o dos
Há cem anos, na conferência de membros das presidências de
outubro de 1884, neste m esm o estaca e bispados, Representantes
Tàbernáculo, George Q. Cannon, Regionais, presidentes de missão, e
conselheiro na Primeira m uitos outros. E sempre um
Presidência, em pé onde agora milagre para m im testemunhar a
estou, disse aos aqui presentes: fidelidade destes homens que
"S e pudesse falar de maneira que foram designados como líderes
todo o mundo ouvisse, eu gostaria locais da Igreja.
de fazer soar nos ouvidos de todos Asseguro-vos que eles foram
os hom ens — que não há poder ao chamados pelo espírito de profecia
rmãos e irmãs, esta foi uma qual seja permitido que se levante e revelação. Foram ordenados com

I gloriosa conferência. Apenas


uma coisa faltou: ter ouvido o
Presidente da Igreja, o Profeta do
Senhor. Desejaria que o Presidente
ou se com bine contra esta obra de
nosso Deus, para impedir seu
acelerado progresso, desde agora
até que a total consumação seja
poder de julgar e compreender,
com discernimento e inspiração.
Exorto-vos, irmãos da Igreja,
onde quer que estejais a, quando
Kimball pudesse ter falado para alcançada — isto é, se os santos enfrentardes problemas, primeiro
nós. Nós o amamos. Nós oramos dos últim os dias forem fiéis a procurar resolvê-los pessoalmente.
por ele. Ele deseja que eu transm ita Deus, se eles se santificarem e Refleti a respeito deles, analisai
seu amor e afeição a cada um de purificarem do pecado, e viverem alternativas possíveis, orai sobre o
vós.
Sentim os falta tam bém do
conselho do Presidente Romney.
Esses nossos irmãos estão bastante
idosos. Nossos corações se voltam
para eles. Oramos que o Senhor os
abençoe, conforte e mantenha
segundo seus sábios planos. Sua
sabedoria é maior do que a de
qualquer hom em . Ele está
executando seu grande plano com
referência a seus propósitos e à
expansão do seu reino.
Se nossos líderes pudessem ter-
-nos dirigido a palavra, sei que
teriam dito, "V ivei o evangelho."
Este é o maior desafio que
enfrentamos. É um a declaração
simples, mas incluído nestas poucas
palavras está um mandamento
R eu n iã o
G er a l
d as
M u lh er es
Os discursos a seguir foram
proferidos na reunião geral das
m ulheres, realizada na tarde de
sábado, 29 de setembro de 1984 no
Tàbernáculo da Cidade do Lago
Salgado. As mulheres e jovens
SUD de 10 anos e acima, lotaram o
assunto, e buscai a orientação do da estaca não puderem resolver os Tàbernáculo e o Assembly Hall na
Senhor. Se não fordes capazes de problemas que lhe são Praça do Tem plo e reuniram-se em
achar a solução por vós m esmos, apresentados, então eles podem capelas para assistir à transmissão
então falai com o bispo ou apropriadamente escrever à via satélite. As regiões que não
presidente de ramo. Ele é um presidência da Igreja. Esta é a tiveram acesso à transmissão
hom em de Deus, chamado pela ordem das coisas, irmãos e irmãs, e receberam o programa em vídeo-
autoridade do santo sacerdócio há grande sabedoria nisto. -cassete. Com o tema
com o pastor do rebanho. Agora uma últim a palavra. "Com batendo Ju n tas", o programa
U m grande número de cartas é Regozijai-vos por serdes membros incluiu a m úsica pelo coro de
enviado ao Presidente Kimball da Igreja. Em que outra parte em m ulheres da Região Utah Holladay
pedindo conselho e orientação todo o mundo podeis encontrar e os discursos pelo Presidente
sobre problemas pessoais. M uitas uma sociedade igual? Apreciai Gordon B. H inckley, segundo
das questões levantadas poderiam vossa atividade. Há cinqüenta conselheiro na Primeira
ser resolvidas pelos próprios anos, quando eu era missionário Presidência; Élder Dean L. Larsen,
interessados, e a maioria em Londres, m eu companheiro e da Presidência do Primeiro
certam ente através de eu apertávamos as m ãos um do Quorum dos Setenta; Irmã Dwan J.
aconselham ento com o bispo ou outro pela m anhã e dizíamos: "A Young, presidente geral da
presidente de estaca, que melhor vida é b oa." A vida no, serviço do Primária; Irmã Ardeth G. Kapp,
conhecem os membros da estaca. Senhor é boa. E bela. E presidente geral das M oças e Irmã
Estes irmãos estão próximos às recompensadora. Barbara W. Winder, presidente
pessoas. Sei que eles desejam dar Sede felizes naquilo que fazeis. geral da Sociedade de Socorro.
de seu tempo altruisticam ente para Cultivai um espírito de alegria em
ouvir as dificuldades daqueles por vosso lar. Sobrepujai todos os
quem são responsáveis. Estão elem entos de ira, im paciência e
prontos a jejuar e orar em busca de conversa inadequada. Deixai que a
soluções. luz do evangelho brilhe em vosso
É m uito melhor para vós que semblante onde quer que estejais e
procureis as autoridades locais, ao em tudo o que fizerdes.
invés de sim plesm ente escrever às Deus esteja convosco, meus
Autoridades Gerais da Igreja, que amados irmãos e irmãs. Possa ele
m uitas vezes, devolverão as cartas aprovar-vos por vossa obediência
ao bispo ou presidente de estaca. aos mandamentos.
Não porque as Autoridades Gerais Acrescento m eu testem unho aos
não desejam dar de seu tempo para m uitos que foram prestados nesta
atender os membros, mas porque conferência. Sei que Deus, nosso
segundo norma estabelecida na Pai Etem o vive, o Pai dos espíritos
Igreja, devemos procurar os líderes de todos os homens. Jesus é o
locais paa nos aconselhar, porque Cristo, o Ungido, o Unigênito do
eles nos conhecem melhor. Eles Pai na carce, nosso Salvador e
têm direito à inspiração do Senhor Redentor, que deu a vida como
para aconselhar aqueles por quem sacrifício vicário por todos nós.
têm responsabilidade. Joseph Sm ith foi e é um profeta.
M esm o que o Presidente Tem os um profeta entre nós hoje.
Kimball estivesse gozando de boa Esta é a Igreja de Jesus Cristo,
saúde e vigor, não poderia atender restaurada nesta dispensação para
a todos os problemas individuais bênção dos filhos de nosso Pai.
das pessoas e ainda suportar a Deixo convosco m eu amor e
tremenda responsabilidade bênção e tam bém de cada um de
administrativa inerente ao seu meus Irmãos, em nome de Jesus
chamado. Se o bispo e o presidente Cristo. Amém.
88
tl n
S e F o res F iel
Presidente Gordon B. Hinckley
Segundo Conselheiro na Prim eira Presidência

“O conselho dado pelo Senhor na


seção 25 de Doutrina & Convênios é váhdo para
todas as mulheres. ”

membros do Conselho dos Doze e


do Bispado Presidente. Estivemos
sentados todos juntos, homens e
mulheres, oficiais de A Igreja de
Jesus Cristo dos Santos dos
Ú ltim os Dias, na sala de reuniões
da Primeira Presidência.
Na Igreja, as mulheres estão escolhido para esta reunião. Ele
associadas aos hom ens na tarefa de encontra-se no primeiro capítulo
levar avante esta poderosa obra do da epístola de Paulo aos filipenses,
Senhor. Não é coisa de somenos onde diz: "(Estai) num mesmo
que essas organizações presididas espírito, combatendo juntam ente
por m ulheres englobem perto de com o m esm o ânimo pela fé no
dois m ilhões e m eio de membros. evangelho."
Colunistas e repórteres dos Estas são as palavras finais do
meios de comunicação tentam , vez versículo vinte e sete. O princípio
por outra, dar a impressão de que dele, é igualmente desafiador:
as mulheres da Igreja são colocadas "Som ente deveis portar-vos
em posição de inferioridade. Nada dignamente conforme o evangelho
mais longe da realidade. A própria de C risto.” É uma injunção
presença dessas três irmãs capazes sumamente compelidora para cada
no encontro dos candidatos à um de nós. Recomendo-vos estas
omo é maravilhoso saber presidência dos Estados Unidos palavras como lem a pessoal. Sugiro

C que, apesar de separados


em talvez umas novecentas
com as Autoridades Gerais, mostra
que no plano do Senhor as
congregações distintas, estamosmulheres têm grandes encargos,
reunidos aqui com um só por cujo cum primento são
que as escrevais num papelzinho e
o coloqueis no espelho, para que
vos lembreis delas todos os dias.
Elas podem tomar-se um poderoso
pensamento, coração e desejo. Este responsáveis. Elas dirigem suas motivador para dominar a ira, ter
desejo, estou certo, é o de nos próprias organizações, e estas pensamentos mais elevados, usar
elevarmos a um plano superior de organizações são fortes, viáveis e linguagem m ais edificante.
pensamento e vida. significativas forças para o bem no Ao ponderar orando o que
Recentem ente, fomos honrados mundo. Elas desempenham um poderia dizer hoje, senti-me
com a visita ao Edifício dos papel intim am ente relacionado ao induzido a reler mais uma vez a
Escritórios da Igreja, em dias sacerdócio, procurando ambos seção 25 de Doutrina &
consecutivos, do presidente dos edificarem juntos o reino de Deus Convênios. Como sabeis, é uma
Estados Unidos Ronald Reagan, e na terra. Nós vos honramos e revelação dada através de Joseph
de Walter Mondale, candidato à respeitamos por vossa capacidade. Sm ith a sua m ulher Emma, em
presidência em campanha Do vosso trabalho nas organizações Harmony, Pennsylvania, em julho
eleitoral. Nessa ocasião, tive pelas quais sois responsáveis, de 1830, pouco depois da
oportunidade de apresentar esses esperamos liderança, força e organização da Igreja. Pelo que sei,
dois distintos cavalheiros ã Irmã resultados impressivos. Nós vos é a única revelação dirigida
Young, Irmã Kapp e Irmã Winder, apoiamos e prestigiamos como especificam ente a uma mulher e,
explicando que a primeira presidia filhas de Deus, trabalhando concluindo-a, diz o Senhor: "Esta é
uma organização de mais de conosco para ajudar o Senhor a a m inha voz para todos.” (V. 16.)
seiscentas e cinqüenta m il proporcionar a todos os filhos e Portanto, o conselho dado pelo
crianças, a segunda uma filhas de Deus a imortalidade e Senhor nessa ocasião é válido para
organização de mais de um quarto vida etema. todas vós, incluindo vocês, garotas
de m ilhão de moças, e a Irmã Vós, minhas queridas de dez e onze anos. Sou grato por
Winder uma organização de mais companheiras, fostes colocadas na estarem conosco hoje. Agradeço a
de um m ilhão e m eio de mulheres condição de m ulher porque Deus, vocês o esforço de terem vindo.
— a mais antiga organização vosso Pai Eterno, que vos ama, M uitas estão aqui com suas mães e
feminina em funcionamento assim o quis. Ele vos ama e honra. isto é maravilhoso, pois não existe
ininterrupto em nossa nação, e Sentimo-nos honrados por nada m ais bonito, nada mais
quiçá do mundo. estarmos associados a vós. encantador do que ver uma mãe
Apresentei-os igualmente aos Tenho-m e interessado pelo tem a com suas filhas.
A L ia h o n a / J a n e ir o 1 9 8 5 89
eleita". Isto é, segundo outra
passagem das escrituras, ela era
um "vaso escolhido do Senhor".
(Ver M orôni 7:31.) Cada um a de
vós é uma m ulher eleita. Deixastes
o mundo, como participantes do
evangelho restaurado de Jesus
Cristo. Fizestes vossa escolha e se
viverdes à altura dela, o Senhor vos
honrará e vos magnificará como
um vaso eleito.
Em seguida, ele diz a Emma:
"N ão murmures por causa das
coisas que não v iste" (v. 4),
referindo-se às placas que o marido
estava traduzindo, enquanto ela
lhe servia de escrevente, na
ocasião. Evidentemente reclamava
Irmã Camilla Kimball, ao centro, esposa do Presidente Spencer W. Kimball, com a irmã
Colleen Maxwell, à esquerda, esposa do Elder Neal A. Maxwell do Quorum dos Doze, com porque Joseph não queria mostrá-
o Dr. Arthur Haycock, secretário do Presidente Kimball. -las. O Senhor estava-lhe dizendo:
"N ão reclam es. Não te queixes.
Faz pouco tempo recebi uma ouve e atende vossas preces. Sede Aceita o que tem de ser em m inha
carta de um a m ulher que estava fiéis a Deus. sabedoria etem a, e não critiques."
grandemente frustrada. Dizia ela Prosseguindo, o Senhor diz a Na Igreja existem algumas
que fora derrotada ou havia Emma: "S e ... andares nas veredas mulheres que reclam am por não
malogrado em quase tudo que da virtude." terem o sacerdócio. Penso que o
tentara fazer, e depois perguntava: Penso que todas as mulheres Senhor lhes diria: "N ão murmures
“ O que Deus espera de m im ?'' aqui presentes hoje entendem o por causa das coisas que não te são
Algumas coisas que Deus espera que significam. Sinto que essas dadas."
dela e de toda mulher — na palavras foram ditas a Emma Esta é a obra do Senhor. Não foi
verdade, de todos nós — são Sm ith, e conseqüentem ente a Joseph quem resolveu não mostrar
expostas nessa bela revelação. todos nós, com o condição explícita as placas. Ele foi instruído a não
Dizia o Senhor a Emma, e cada para recebermos uma herança no fazê-lo. Tampouco fomos nós que
um de nós: reino de Deus. A falta de virtude é determ inam os quem deve receber
"U m a revelação te dou com totalm ente inconsistente com a o sacerdócio. Isto foi estabelecido
respeito à m inha vontade; e se obediência aos mandamentos de por aquele a quem esta obra
fores fiel e andares nas veredas da Deus. Não existe nada m ais belo pertence, e só ele poderia mudá-lo.
virtude diante de m im , preservarei que a virtude. Não existe força Segundo as palavras da
a tua vida e receberás um a herança m ais poderosa que a da virtude. revelação, Em ma foi chamada a ser
em Sião.” (V. 2.) Não existe nobreza que se iguale à ' 'um conforto ao m eu servo Joseph
"S e fores fiel e andares nas nobreza da virtude. Não existe Sm ith, teu marido, em suas
veredas da virtude diante de m im ” qualidade m ais bela, nem atavio aflições, com palavras
— são palavras que serviriam de m ais atraente. consoladoras e em espírito de
tem a para um longo sermão. Vou E interessante que nessa mansidão” . (V. 5.)
comentá-las apenas brevemente. revelação, ao fazer essa grande É um a linguagem interessante.
Em grande parte, cada um de nós promessa condicional a Emma, o Ela era sua esposa, sua
retém a chave das bênçãos do Senhor prossegue dizendo: "T eu s companheira, sua força nas
Todo-Poderoso para nós. Se pecados te são perdoados, e és uma aflições. Devia confortá-lo com
desejamos a bênção, terem os de m ulher eleita." (V. 3.) Sou tão palavras consoladoras, ditas com
pagar o preço. E parte desse preço é grato pelo dom do perdão oferecido mansidão.
ser fiel. Fiel a quê? Fiel ao próprio pelo Pai de misericórdia. A respeito Vejo nisto o desafio a toda
eu, ao que existe de melhor em dos que se arrependem e são mulher casada, a determinar o tom
nós. Nenhuma mulher pode dar-se perdoados, diz o Senhor através do que é usado no lar. Diz o antigo
ao luxo de degradar-se, de Profeta Isaías: "Ainda que vossos provérbio que " a resposta branda
menosprezar-se, de depreciar suas pecados sejam com o a escarlata, desvia o furor” . (Prov. 15:1.)
aptidões ou capacidade. Sede fiéis eles se tomarão brancos como a Parece-me interessante que nessa
aos grandes atributos divinos que neve; ainda que sejam vermelhos revelação o Senhor falasse em
tendes dentro de vós. Fiéis ao com o o carm esim, se tomarão palavras consoladoras em espírito
evangelho. Fiéis à Igreja. Estamos com o a branca lã ." (Isaías 1:18.) de mansidão.
rodeados de pessoas que estão A todos que se encontram ao Há tanta discussão em família.
sempre procurando miná-la, alcance de m inha voz e que talvez Isto é tão destrutivo. Tão
querendo achar falhas em seus estejam lamentando erros graves corrosivo. Só leva a amargura,
primeiros líderes, encontrar erros em sua vida, ofereço a garantia, sofrimento e lágrimas. Como seria
em seus programas, falar m al dela. dada nas revelações antigas como bom se cada um de nós falasse
Presto-vos testem unho de que ela é modernas, de que onde houver palavras consoladoras em espírito
a obra de Deus, e que aqueles que a arrependimento pode haver perdão. de mansidão quando houvesse
condenam estão condenando Deus. Não vos preocupeis com os erros tensão, quando houvesse conflito,
Sede fiéis a ele. Ele é a única trágicos do passado. Antes "confia quando houvesse aflição.
fonte genuína de vossa força. E o em Deus e v iv e". (Alma 37:47.) Emma devia ser ordenada por
vosso Pai nos céus. Ele vive. Ele Em m a foi chamada de ' 'mulher Joseph ' 'para expor as escrituras e
90
exortar a igreja, conforme fores
inspirada pelo m eu Espírito” . (V.
7 '>
Ela devia ser um a professora,
uma professora de retidão e
verdade, pois dizia o Senhor a
respeito de seu chamado:
' 'Receberás o Espírito Santo, e o
teu tempo dedicarás à escrita e à
aquisição de conhecim ento.”
(V. 8.)
Ela devia estudar o evangelho.
Devia tam bém estudar as coisas do
mundo no qual vivia. Isto ficou
claro em revelações subseqüentes
aplicáveis a todos nós. Devia
dedicar seu tempo a adquirir
"con hecim en to” . Devia escrever,
externando seus pensamentos.
A vós, mulheres de hoje, jovens
ou idosas, sugiro que escrevais, que
m antenhais um diário, que
coloqueis vossos pensamentos no
papel. Escrever é uma excelente
disciplina, um enorme esforço
A Presidência Geral da Sociedade de Socorro: irmã Barbara W. Winder, ao centro,
educacional. Fazê-lo vos
presidente; irmã foy F. Evans, à esquerda, primeira conselheira; irmã Joanne B. Doxey,
beneficiará de m uitas maneiras, e segunda conselheira.
abençoareis a vida de m uitos —
vossos familiares e outros — agora o canto do coração; sim , o canto "Guarda os meus mandamentos
e futuramente, ao colocardes no dos justos é uma prece a m im , e continuam ente e receberás a coroa
papel algumas de vossas será respondida com uma bênção da ju stiça ." (V. 15.) Esta foi a
experiências e certos devaneios sobre suas cabeças." (V. 12.) promessa do Senhor a Emm a Hale
vossos. Enquanto ouvíamos esse Sm ith; é a promessa do Senhor a
Na linguagem da revelação, ela talentoso coro cantar para nós, cada uma de vós. Guardar os
devia "expor as escrituras e exortar estas palavras m e passaram pela mandam entos traz felicidade. Para
a igreja, conforme fores inspirada m ente. O canto dos justos é uma a m ulher SUD só pode haver
pelo m eu Espírito” . prece a Deus e será respondida com m iséria na violação desses
Que encargo formidável para ela uma bênção sobre suas cabeças. mandamentos. E a toda aquela que
e todas as mulheres desta Igreja. Prosseguindo, diz o Senhor: os observa, existe a promessa de
Ele exige tudo, exige preparo, exige ' 'Portanto, levanta o coração e um a coroa, uma coroa de rainha
organização das idéias, exige regozija-te, e apega-te aos para toda filha de Deus, uma coroa
explicação das escrituras, exige convênios que fizeste." (V. 13.) de retidão e verdade etema.
exortação a boas obras conforme Acredito que esteja dizendo a Recomendo-vos a todas ler,
orientação do Santo Espírito. cada um de nós: "S ê feliz.” O estudar e ponderar essa grande
E o Senhor continua: "N a evangelho é uma coisa alegre. Ele revelação concedida há mais de
verdade te digo que deverás nos dá m otivo para cento e cinqüenta anos. E tão
renunciar às coisas deste mundo e contentam ento. Logicamente há válida e oportuna hoje como então.
buscar as coisas de um mundo m om entos de dor. Logicamente há Gostaria de incentivar cada uma de
m elhor.” (V. 10.) horas de aflição e ansiedade. Todos vós a lê-la. Refleti sobre ela. Está
A m eu ver, não estava dizendo a nós nos preocupamos. Mas o em harmonia com o tem a desta
Emma que não devia preocupar-se Senhor nos manda "levantar o reunião e o ressalta lindamente.
com um lugar para viver, com ter o coração", ter ânimo e regozijar- Deus vos abençoe, minhas
que comer e o que vestir. Mas sim, -nos. Vejo tanta gente, inclusive amadas irmãs — garotas que
que não deveria sentir-se obcecada m uitas mulheres, que apreciamos tanto; vós, moças
com essas coisas, conforme a aparentemente nunca vêem o sol lindas que tendes lindos sonhos a
tendência de tantos de nós. Dizia- brilhar, andando sempre respeito do futuro; vós que não sois
-lhe que devia pensar nas coisas enfrentando o vento debaixo de um casadas e às vezes vos sentis sós,
mais sublimes da vida, nas coisas céu nublado. Cultivai uma atitude mas que, isto vos asseguro, o
da retidão e bondade, na caridade e de alegria. Cultivai o espírito de Senhor não esqueceu; vós, que
amor ao próximo, nas coisas da otim ism o. Cam inhai com fé, tendes o encargo de criar os filhos;
eternidade. regozijando-vos com as belezas que sois viúvas ou divorciadas; e
Emma foi instruída a fazer uma naturais, com a bondade dos que vós, irmãs idosas que tanto
seleção de hinos para a Igreja; é amais, com o testem unho das amamos, honramos e respeitamos.
interessante que essa coisas divinas que tendes no Deus vos abençoe com a realização
recomendação foi feita apenas três coração. de todo desejo justo, com paz no
meses após sua organização. Em "C ontinu a em espírito de coração e alegria em vossos dias,
conexão com esse chamado, o mansidão, acautelando-te contra o com o filhas de Deus abençoadas
Senhor faz uma declaração notável, orgulho." (V. 14.) São palavras com a luz do evangelho etemo, eu
freqüentemente citada entre nós: dessa m esm a revelação, e m uito oro hum ildem ente em nome de
"Pois a m inha alma se deleita com significativas para todos nós. Jesus Cristo. Amém.
A L ia h o n a /J a n e ir o 1 9 8 5 91
não indicam de maneira nenhuma,
C o o rd en a ç ã o e que tenha havido uma fusão ou
união destas três organizações.
Não é esse o caso. E não haverá
C o o peração diferenças no sistem a operacional
destas organizações e programas da
Igreja no mundo todo. Mas,
Élder Dean L. Larsen obviamente, é desejo destas oficiais
da Presidência do Primeiro Q uorum dos Setenta gerais que a união, harmonia e
unidade, manifestadas nestes
esforços conjuntos aqui na sede da
Igreja, influenciem aquelas que
“Um maioi entrosarnento entre as oficiais servem e trabalham juntas, ou que
gerais da Sociedade de Socorro, Moças e Primária com batem juntam ente, em âmbito
de ala e estaca.
sugere a união, harmonia e unidade que U m outro assunto relacionado
deve haver em âmbito de ala e estaca. ” ao primeiro é o fato de que,
atualm ente, de acordo com o
esboço de reuniões combinadas, as
aulas dominicais da Sociedade de
características e peculiaridades. Socorro, Primária e M oças ocorrem
Penso que seria conveniente ao m esm o tempo. E isto exige que
chegar ao vosso conhecim ento que, m uitas irmãs adultas que servem
nos últim os meses e semanas, as em chamados na Primária e Moças
presidências e juntas gerais da fiquem impossibilitadas de
Sociedade de Socorro, M oças e participar regularmente das
Primária tomaram algumas reuniões dominicais da Sociedade
medidas históricas a fim de que de Socorro. Espero que as irmãs
haja maior entrosam ento entre chamadas para servir por um
suas organizações. Determinaram período de tempo nestas
que irão coordenar e cooperar mais organizações — Primária e Moças
estreitam ente do que nunca, no — continuem a sentir a irmandade
planejam ento de atividades e na que esperamos que possa ser
preparação dos programas e sentida nesta reunião hoje à noite.
materiais que, esperamos, irão Espero tam bém que vós
abençoar vossa vida. Dentro em reconheçais que, prestando serviço
breve, estas três presidências terão nestas organizações, tendes não
seus próprios escritórios no m esm o somente oportunidades de
edifício aqui na Cidade do Lago abençoar e melhorar a vida de
Salgado, o que facilitará a outras pessoas, mas também
com unicação entre elas e poderão oportunidades únicas de
maravilhoso observar este compartilhar m uitos dos recursos desenvolvimento e crescim ento

E Tàbernáculo repleto de
irmãs, e então dar-se conta
disponíveis. Poderão também,
m ais do que nunca, representar
eficientem ente os interesses das
de que outras dezenas de milhares
de irmãs estão reunidas em outros m ulheres, os interesses das irmãs
próprios.
Sei que a comparação talvez não
seja a m ais adequada, mas devo
admitir que, durante a maior parte
edifícios da Igreja espalhados por da Igreja, além de coordenar suas de m inha vida, tive chamados e
todo o país, a fim de participar preocupações referentes às designações na Igreja, nas alas e
desta notável reunião. E organizações, as quais certam ente estacas onde vivi, os quais me
imaginamos tam bém que, através todas elas possuem. impediam de m e reunir
da gravação desta reunião, a Todavia, estas determinações regularmente aos domingos com os
maioria das irmãs em todo o
mundo terá a oportunidade de
compartilhar dos assuntos tratados
nesta conferência especial para as
irmãs da Igreja.
Nós vos saudamos, vos
cumprimentamos pela vossa
presença, e vos respeitamos por
serdes o que sois.
Gostaria de comentar
brevemente dois assuntos que se
referem intim am ente ao tema
desta reunião, e ao fato de que
estais aqui hoje não como
membros da Primária, M oças e
Sociedade de Socorro, mas como
m embros de uma grande
irmandade, que tem em com um
m uitos interesses, necessidades,
92
A Irmã Larsen e eu fomos
designados no início deste ano para
visitar duas estacas na Europa. As
conferências foram realizadas em
fins de semana consecutivos. No
m eio da semana, uma de nossas
filhas e seu marido, que estavam
na Europa tratando de negócios
particulares, planejaram um dia
livre para que pudessem encontrar-
-se conosco em uma das lindas
cidades daquele continente. Nessa
ocasião, visitam os um bonito —
shopping center — que mostrava
maravilhosos objetos de porcelana,
pelos quais o país e a cidade eram
tão conhecidos. São lindíssimos e
extrem am ente caros.
M inha filha e eu estávamos lado
a lado, admirando algumas
estatuetas de porcelana, quando
uma senhora idosa se aproximou
de nós, aparentemente atraída por
uma das belas estatuetas na
prateleira acim a de nós. Querendo
Élderes F. Enzio Busche, à esquerda, e Yoshihiko Kikuchi do Quorum dos Setenta, dão as examiná-la m ais de perto, ela
boas-vindas a membros do quorum recentemente apoiados, Élderes Keith W. Wilcox, em estendeu o braço e pegou nas mãos
primeiro plano à esquerda, e John Sonnenberg. aquele objeto de arte. Mas a
estatueta escorregou de seus dedos,
quoruns do sacerdócio aos quais eu apreciamos e nos esforçamos por e caiu no chão de mármore,
pertencia. Nunca senti que o cargo obter. Quanto m ais vivo e observo, quebrando-se em vários pedaços.
ue me m antinha afastado m ais m e convenço da existência de Todos que estavam na loja foram
aquelas reuniões m e separasse da algumas diferenças básicas em a atraídos pelo barulho da peça
confratemidade dos meus quoruns natureza dos hom ens e mulheres. quebrada. Instintivam ente, recuei.
do sacerdócio. Sempre que Estou convencido de que trazeis Não menos instintivam ente,
possível, continuei a participar de convosco, devido a estas diferenças m inha filha fez o contrário.
projetos de serviço, atividades notáveis, algumas qualidades e Rapidamente dirigiu-se para a
sociais e designações de ensino traços de caráter que vos são senhora, abraçou-a, sussurrou-lhe
familiar. totalm ente peculiares. Acho que algumas palavras consoladoras, e
Espero sinceram ente que vós, não há m elhor m aneira de ilustrar então com eçou a apanhar alguns
irmãs, chamadas para servir isso do que compartilhando pedaços do objeto de porcelana.
temporariamente em outras rapidamente convosco uma Senti vergonha de m im m esmo,
organizações que não a Sociedade experiência recente. mas fui invadido por um profundo
de Socorro, reconheçais as grandes sentim ento de orgulho e amor por
Bispo Victor L. Brown, Bispo Presidente da m inha filha. Em m inha m ente, e
oportunidades deste período.
Igreja.
Nunca tive o sentim ento de que o por obrigação, sabia o que deveria
m eu trabalho fora do quorum ter feito; porém, instintivam ente
diminuísse de alguma forma não o fiz. Por instinto, m inha filha
m inha oportunidade de fez aquilo que o Salvador faria.
crescim ento espiritual ou de Não posso imaginar melhor
prestar serviço. Felizm ente, este ilustração para demonstrar as
serviço tem sido um m eio de qualidades maravilhosas que vós,
abençoar e ajudar outras pessoas. filhas de Deus, possuis e usais —
Portanto, pedimo-vos que não apenas tomando nossa vida
trabalheis juntas, que coopereis melhor — mas de maneira mais
m utuam ente nas alas e estacas essencial, contribuindo para a
neste período de irmandade, com realização bem sucedida do plano
os olhos fitos na glória de Deus e de vida e salvação que Deus
no desenvolvimento dos talentos e estabeleceu para todos os seus
habilidades inerentes a cada uma filhos. Eu vos respeito e expresso
de vós, qualificando-vos para o meu profundo amor e admiração
trabalho definitivo no Reino de pelos maravilhosos dons que
Deus nas eternidades que estão por possuis. Que sejais abençoadas a
vir. fim de desenvolvê-los, expandi-los
Agora, gostaria de prestar uma e usá-los, empenhando-vos juntas
homenagem especial a todas vós, para abençoar todos os filhos de
por serdes o que sois, e em Deus e auxiliar no grande
reconhecimento à contribuição m ovim ento progressista de sua
inigualável que vós emprestastes à obra nesta época em que vivemos.
qualidade de vida que todos nós Em nome de Jesus Cristo. Amém.
A L ia h o n a / J a n e ir o 1 9 8 5 93
Quando o pai de Jeremy disse
G u a r d a r o s C o n v ên io s am ém no fim da confirmação,
olhei para o garoto imaginando se
estaria preparado para a
F eito s n o B a tism o responsabilidade do convênio que
acabava de fazer. Seguiria ele os
ensinam entos de Jesus, levando
Dwan J. Young uma vida nova e consagrada?
Presidente Geral da Primária Compreendia ele o compromisso
de prestar ao mundo testem unho
de Jesus Cristo?
Eu penso bastante sobre essas
“O batismo é o inicio de uma nova vida, coisas porque as crianças são
uma vida com propósito para cada um de nós. ” m inha principal preocupação.
Digo-vos que elas podem e
realm ente homam os
compromissos assumidos nas
a ordenança que estava para águas do batismo.
acontecer. Lembraram ao filho a Encontramos exemplos disso em
importância dos convênios que ia todo o mundo — como Lisa. Lisa,
fazer, ressaltando que estaria de onze anos, vive na Inglaterra.
fazendo uma promessa de obedecer U m dia chegou da escola muito
a todas as leis do evangelho. entusiasmada, por ter sido
Disseram-lhe que devia considerar designada a ler um texto na
o batismo como o início de uma reunião devocional do dia seguinte.
nova vida, tendo o Salvador como Com entou com a mãe: "M as
exemplo. algumas coisas estão erradas.” A
Depois o pai tom ou o filho pela mãe verificou que um dos
mão e juntos desceram a ribanceira, parágrafos referia-se a Deus e ao
venceram a praia de seixos e Espírito Santo como um único ser
entraram na água. Ali ele imergiu o e pessoa. As duas decidiram
filho na água cristalina do rio, escrever um bilhete para a
segundo o exemplo deixado pelo professora de Lisa explicando que
Senhor. A irmã de dezesseis anos
do garoto estava ao m eu lado, e
lágrimas corriam-lhe pelas faces ao Ginasta olímpico e ganhadoi de duas
sussurrar-me: "E stou tão contente medalhas de ouro Petei Vidmar, membro
>elo Jerem y." Eu tam bém estava
m julho, meu marido e eu Íeliz pelo Jeremy e naquele
de uma ala de estudantes da Estaca Los
Angeles (Califórnia), estava entre os

E fomos para Philm ont, o


centro de treinam ento de
m om ento lembrei-me da alegria
que senti no meu batismo.
escotism o no Novo M éxico. NesseDepois de haver trocado de
belo campo, onde as grandes roupa, Jeremy postou-se na clareira
muitos santos dos últimos dias que vieram
a Salt Lake por ocasião da Conferência
Geral.

planícies se encontram com altas enquanto seu pai e outros irmãos


montanhas cobertas de pinheiros, impuseram-lhe as mãos e o
encontravam-se reunidos cento e confirmaram m embro de A Igreja
cinqüenta líderes do sacerdócio e de Jesus Cristo dos Santos dos
suas famílias. Ú ltim os Dias.
Naquela semana, Jeremy Judd, C om o sol brilhando nos cabelos
que tam bém estava lá com seus molhados e o rosto radiante,
familiares, completou oito anos. E Jeremy sentiu uma reverente
com o desejava ser batizado no tranqüilidade e m e confiou com
aniversário, seu pai, Alma, tomou comovido entusiasmo: "Fu i
as necessárias providências. batizado num rio exatamente
Naquela tarde de sábado, participei com o Jesus!”
de um dos serviços batism ais mais O local no Rio Jordão em que
espirituais de m inha vida. Jesus foi batizado por João Batista
As roupas batism ais foram deve ter sido algo semelhante
emprestadas de uma ala próxima. àquele lindo lugar onde estávamos.
Fomos de carro para um riacho Podia quase ouvir João
situado a uns quinze m inutos do rotestando: "E u careço de ser
campo, onde a água tinha atizado por ti, e vens tu a m im ?"
profundidade suficiente para a Seguindo-se a calm a e serena
realização da ordenança. Era um resposta do Salvador: ' 'D eixa por
local isolado na mata. O rio corria agora, porque assim nos convém
por um a clareira rodeada de cumprir toda a ju stiça.” (Mat.
m ajestosos choupos. Ficam os de pé 3:14-15.)
na relva, ouvindo atentam ente as E Jesus foi batizado para cumprir
palavras primeiro da mãe e a seguir a lei e nos dar o exemplo a ser
do pai de Jeremy, falando-lhe sobre seguido.
94
aquele parágrafo era contrário a sua todas as coisas e em qualquer iniciativa própria Jonathan
crença, e que a m enina se sentiria lugar". (Mosiah 18:9.) É o desejo telefonou para a mãe perguntando
melhor omitindo-o. do Senhor que as crianças se poderia dar o gorro ao menino
No dia seguinte, a mãe ficou comecem a ser responsáveis pela que tinha m ais necessidade dele.
esperando ansiosa o regresso da vida que levam aos oito anos de Quando carregamos mutuamente
filna. Esta chegou com um sorriso idade. Vós, m eninas de dez e onze nossos fardos, com o fez Jonathan,
radiante. A professora não só lhe anos, e todos nós tem os de assumir estam os cumprindo o convênio
permitira om itir o tal parágrafo, essa m esm a responsabilidade. que fizemos no batismo.
como pediu mais informações a Assim fazendo, tomamo-nos o Ellen é uma garotinha que
respeito da Igreja. Além disso, povo de Sião, que conforme diz realm ente aprendeu o que significa
encarregou Lisa de falar sobre a Doutrina e Convênios são um arrepender-se. Na loja, apanhou
Igreja num futuro devocional. povo de coração puro. (Ver D & C uma coisa sem pagar, mas
Tudo isto aconteceu porque Lisa 97:21.) Depois do batismo, chegando em casa sentiu-se
honrou o convênio que havia feito podemos viver uma vida nova, acabrunhada. Então confidenciou à
e se mostrou disposta a m ais consciente, conforme a mãe: "S in to m uito ter pegado isso.
testemunhar ao mundo o que prescreve Cristo. A senhora o devolve por m im ?"
acreditava. Ao nosso escritório chegam A mãe lhe explicou: "E u não,
Alma Judd e seu filho Jeremy inúmeras histórias da fidelidade de posso arrepender-me por você. É
fazem-me lembrar de um outro crianças que cumprem as você quem tem de fazê-lo, levar de
Alma que entrou num a nascente promessas que fizeram no batismo. volta o que tirou e pedir
de água pura na terra de Mórmon a Como por exemplo Cristina. desculpas."
fim de celebrar a ordenança do Quando sua professora da Primária Foi difícil, mas ela foi.
batismo para outros crentes. enviuvou, ela ficou m uito "F o i m eu primeiro
O Livro de M órm on conta que preocupada. Assim que soube da arrependimento” , com entou Ellen.
Alma foi um dos que ouviram os triste notícia, procurou a "E stou contente de saber como
ensinamentos de Abinádi e ele professora e pediu que não se devo acertar as coisas.”
acreditou. Exortou o Rei Noé a não preocupasse, pois ela a visitaria O arrependimento nos
matar Abinádi, o que irritou o todos os dias para ver se estava possibilita voltar ao caminho
monarca iníquo. Tendo sido tudo em ordem. E ela o fez. M uitas estreito e apertado, e nos
expulso da cidade, Alma foi vezes levava-lhe hortaliças frescas tom arm os novam ente tão puros
ocultar-se num bosque junto a uma da horta para alegrá-la. Queria que como éramos depois do batismo.
nascente de águas cristalinas. sua professora soubesse que ela se Nós podemos fazer tudo o que
Desse refúgio no deserto, Alma importava. Cristina realm ente Cristo nos pede. Ele tem um plano
se pôs a pregar as palavras de consolou quem precisava de que nos traz felicidade, e nos
Abinádi. Os que creram vieram da consolo. ensina como seguí-lo através dos
cidade para as águas puras de D e Idaho veio-nos a história de sussurros do Espírito.
Mórmon, e ali Alma lhes pregou o Jonathan, que foi para a escola no
arrependimento, redenção e fé no inverno usando seu gorro de lã. Existe razão, em nosso viver.
Senhor. Chegando lá observou que as Existe um plano, que nos fez
Então lhes disse Alma: "C o m o orelhas de um colega estavam nascer.
desejais entrar no rebanho de congeladas pelo frio, porque era Por minha escolha a esta terra vim,
Deus, e seu povo ser cham ado,... o obrigado a ficar esperando a E devo buscar o melhor para mim.
que vos impede de ser batizados passagem do ônibus escolar. Por Este plano eu vou cumprir,
em nome do Senhor, como
testem unho perante ele de que Eldeies Neal A. Maxwell e James E. Faust do Quorum dos Doze.
haveis feito convênio com ele de
serví-lo e guardar seus
mandamentos, para que possa
derramar seu Espírito com mais
abundância sobre vós?" (Mosiah
18:8, 10.) Então Alma levou um
por um para a água e os batizou.
O batism o é o início de uma
nova vida, uma vida com propósito
para cada um de nós. O Senhor
deixou perfeitamente claro o que
significa guardar seus
mandamentos, entrar para o seu
rebanho e ser chamado seu povo. O
povo dele está disposto a "carregar
m utuam ente (suas) cargas, para
que sejam aliviadas;
"Sim , e (está disposto) a chorar
com os que choram,- confortar os
que necessitam de conforto.”
(Mosiah 18:8-9.)
E como Lisa, a inglesinha de
onze anos, o povo dele está
disposto a "servir de testem unhas
de Deus em qualquer tempo, em
A L ia h o n a /J a n eir o 1 9 8 5 95
A palavra de Deus vou seguir.
Vou trabalhai e sempre orai;
Seu caminho queio trilhai,
J o ven s C o m ba ten d o
E a felicidade e paz
Não findarão jamais.
(Gaiota Feliz B / Luzeiios B, Cuiso
Ju n t a m e n t e
11 da Escola Dominical, pp. 218-
-19.) Ardeth G. Kapp
Presidente Geral das M oças
Com este hino as meninas de
dez e onze anos nos disseram que
podemos ser felizes agora e
sempre, se seguirmos o plano de
“Quando aprenderem a ouvir os sussurros
Deus que com eça com o batismo. daquele Espírito que habita em cada uma
Ele é a porta para o reino celestial.
(Ver 2 Néfi 31:18.) de vocês, tomar-se-ão notavelmente diferentes,
Com o seguidores de Cristo, porque não estarão fazendo muitas coisas
devemos "olh ar para a frente com
um único fito, tendo uma fé e um que são comuns no mundo. ”
batism o, e tendo... corações
entrelaçados em unidade de amor
uns para com os ou tros." (Mosiah
18:21.) que é tão difícil, talvez até mais
Todos nós que fomos batizados difícil, que as lutas de nossas
fizemos convênio com o Senhor de jovens irmãs pioneiras, que
que o serviríamos e guardaríamos empurraram carrinhos de mão,
seus mandamentos. Como Lisa, sofreram extrema fadiga, ou foram
devemos ser testem unhas de Deus. desertadas por suas famílias ou por
Com o Cristina, precisamos aqueles a quem amavam, quando
confortar os necessitados. Como se filiaram à Igreja.
Jonathan, tem os que carregar o O relato de um diário dá esse
fardo do próximo. Com o Ellen, exemplo: ' 'Há quase um século e
precisamo-nos arrepender. meio, o Livro de Mórmon foi
Oro que tenham os unidade e trazido à casa de Susan Kent,
amor ao nos empenharmos juntos quando ela contava dezesseis anos
em guardar o convênio que fizemos de idade. Depois de estudá-lo,
no batism o, em nom e de Jesus Susan teve um testem unho tão
Cristo. Amém. forte da veracidade do livro, que ela
não podia rejeitá-lo, embora aceitá-
-lo significasse um grande
Presidente Gordon B. Hinckley, segundo sacrifício. Na época, estava noiva
conselheiro na Primeira Presidência.
de um rapaz, e sentiu que seria
insuportável separar-se dele, mas
ele não queria absolutamente nada
T ovens de todas as partes do com qualquer pessoa que se
I mundo, eu m e preocupo com juntasse aos Mórmons. Ela não
I vocês, com cada uma de vocês, pensou nas conseqüências de sua
/ onde quer que estejam. decisão: escolheu não se unir à
Acredito em vocês. Igreja, para continuar em paz com
Nesses poucos m eses de nossa o noivo; mas seu coração estava
presidência, sentim os sua fé, sua tão aflito que ela não conseguiu
força e suas orações. Saibam que alimentar-se por vários dias. Então,
vocês têm a nossa fé, nosso caiu em sono tão profundo que
compromisso de serví-las, e nossas parecia estar realm ente morta.
orações, enquanto lutam para Estavam sendo feitos os
m anterem-se firmes em fazer o que preparativos para o seu funeral,
é certo. quando ela acordou e perguntou:
Você Maria, Anne, Alofa, Britta, "P or quanto tempo dormi?" Com
Kristen, M ichelle, todas vocês em cuidados carinhosos, ela aos
todos os cantos da terra, em todas poucos recuperou a saúde, e com
as famílias, em todas as salas de sua irmã, Abigail, e seus pais
aula, onde quer que estejam, filiou-se à Igreja.” (História Pessoal
lutando pela retidão, juntem -se a escrita por Louisa Lula Greene
um quarto de m ilhão de outras Richards.)
jovens, e tom em -se uma poderosa Serei eternam ente grata à minha
força para o bem. Vocês podem bisavó Susan Kent pelo seu
trazer luz onde há escuridão, testem unho do Livro de Mórmon,
esperança onde há desespero, e fé e pelo que ele representou em sua
onde há dúvida. M as não é fácil. vida e agora na minha.
Sei disso e vocês tam bém . Creio Cada um a de vocês terá um tipo
96
de experiência diferente e difícil; isso sozinha", disse ela. indígena, a 16 quilômetros de
não obstante será uma experiência Nessa noite gostaria de falar-lhes qualquer abrigo. A temperatura
de sacrifício pessoal. Seus desafios a respeito de combater juntam ente. estava 10 graus abaixo de zero, e o
requererão coragem moral para Você não precisa viajar sozinha; na vento frio continuava a baixá-la.
traçar um caminho reto e estreito realidade, você não deve, se quiser Poucos quilômetros adiante, em
para que outras pessoas sigam. evitar as aventuras perigosas pelo m eio à neve, descobrimos que não
Seus desafios podem ser cam inho. Quando combatemos havia aquecim ento no carro — ele
semelhantes aos de Susan. Vocês juntam ente, em retidão, com nossa congelara. O carro não iria andar.
talvez tenham que romper um fam ília e amigos, há maior Pouco a pouco, fomos parando.
noivado, ou recusar um convite segurança. Algumas fam ílias são Observávamos a neve cair à nossa
para um baile ou uma festa, porque mais completas que outras, mas frente, até que a janela congelou
escolheram seguir os ensinamentos toda fam ília é preciosa. Há vezes rapidamente. Ficamos quietos,
do Livro de Mórmon e o nosso em que necessitam os da ajuda de sérios, ao contemplar nossa sorte
profeta atual. Esta é uma época em nossa fam ília e nem m esm o o — nossa vida estava em perigo. O
que a influência de m uitos filmes, sabemos, e talvez nem a silêncio foi quebrado quando um
maneira de vestir, m úsica e desejemos; e ela só fará sentido amigo que estava no banco traseiro
modismos irão tirar a sua para nós mais tarde. Permitam -me perguntou: "Q uanto tempo você
sensibilidade para que as mais explicar o que quero dizer. acha que vai demorar para seu pai
perigosas aventuras não pareçam Lembro-me de uma noite, anos chegar aqui?”
tão ruins. Desse modo, as altas atrás, ao participar de uma festa da Por que vocês acham que eles
vozes do mundo terão permissão Escola D om inical. Quando olhei pensaram que meu pai viria? Um a
de interferir nos sussurros do para o relógio, percebi que havia vez eu pensei que fosse morrer
Espírito, e isso colocará em risco a assado da hora em que m e porque ele viera buscar-me; desta
sua vida etem a. aviam dito para estar em casa. vez continuam os vivos porque ele
Nesta semana m esm o, uma Exatamente naquele m om ento, veio em m eio à tempestade para
jovem do Texas estava contando a bateram à porta. Fiquei horrorizada salvar m inha vida e a vida de meus
respeito de sua luta para ser digna. — m eu pai tinha vindo m e buscar. amigos. Desta vez fui gentil com
Ela falou do constante bombardear Senti-m e humilhada diante de ele — gentil e grata.
de iniqüidades, aparentemente tão meus amigos. Pensei que fosse Esta vida proporciona motivos
chamativas, na escola, na morrer. Não fui gentil com meu para desunião e contendas. As
televisão, na propaganda. Quase pai; a desobediência nunca nos faz forças do m al trabalham
não há nenhum canto do mundo gentis. Poucos anos depois, meus im placavelmente para fazer com
que esteja protegido contra as amigos e eu estávamos indo para que provoquemos contendas em
mensagens da imoralidade. "V ocê casa, voltando de um baile, e nossos lares por qualquer coisa, e
simplesmente não pode conseguir atravessávamos uma reserva assim ameaçar nossa felicidade,
A L ia h o n a / J a n e ir o 1 9 8 5 97
nossa paz e nosso amor mútuo. braço em tom o do ombro do pai e o amor que vai unir
Há algum tempo, uma jovem disse: "A h, papai, nós podemos profundamente suas famílias a
veio ao m eu escritório. Havia raiva ajudar." Como vocês acham que o despeito das desavenças que
em sua voz e um a expressão de pai se sentiu? Vocês têm uma idéia ocorrerem entre vocês (como ter
mágoa em seus olhos. Viera para de como a mãe deve ter-se sentido? que usar o m esm o banheiro, o
contar-me todas as coisas de que Desde aquele dia, Julie está carro, aquele vestido bonito, ou o
não gostava em relação ã sua mãe. trabalhando em dois empregos, que quer que seja, que envolva
Eu ouvi e continuei a ouvir, até doze horas por dia, para pagar sua aqueles a quem amamos e que não
que ela colocasse tudo para fora. escola neste semestre. No dia em são perfeitos ainda — lutando
Era um a longa lista. Fez-se que seu irmão de doze anos não unidos em todas as
silêncio, e então perguntei: "H á podia ir para o acampamento por circunstâncias). Para que vocês não
alguma coisa boa em sua m ãe?" não ter uma calça em condições de se sintam ansiosas, permitam-me
Esperei. Acho que ela se havia usar, Julie recebeu o pagamento dizer-lhes que a perfeição é um
recusado a permitir que sua m ente dos dois empregos. Sua mãe trabalho árduo, e só atingível passo
pensasse nessa direção até aquele contou-me que ela separou o a passo.
m om ento. Eu perguntei: "A m y, o dinheiro para o dízimo, e também A Presidente Dwan Young falou
que você sente em relação à sua a quantia que precisava muito bem a respeito do
mãe?” economizar a cada semana para significado de seu convênio
Ela levantou a cabeça e as pagar a mensalidade da faculdade, batismal. A cada domingo, ao
lágrimas corriam-lhe pela face. e deixou sobrando o suficiente para partilharmos do sacramento,
"E la é m inha m àe; eu a am o ." seu irmão comprar a calça tão prometemos novam ente tentar
Ela havia descoberto o amor. necessária. Como vocês acham que guardar os mandamentos para que
Mas não há uma fórmula mágica. seu irmão se sentiu? Com o vocês o Espírito do Senhor possa estar
Ainda tinha que ir para casa e acham que Julie se sentiu? sempre conosco. Quando vocês
cultivá-lo dia-a-dia. Mas ela havia O desapontamento e o sacrifício aprenderem a ouvir os sussurros
tirado a discórdia do coração e podem fazer surgir as contendas daquele Espírito que habita em
queria combater juntam ente com que fazem com que vocês lutem cada uma de vocês, e tiverem a
sua mãe. E era exatam ente por isso juntos ou tom em -se o inimigo que coragem de seguí-los, tomar-se-ão
que sua mãe havia orado. Milagres vai dividir e destruir as famílias. notavelm ente diferentes, porque
podem acontecer quando Vocês vão decidir qual deles será. não estarão fazendo m uitas coisas
decidimos lutar juntos. No caso de Estou convencida de que, como que são comuns no mundo. Isso
Amy, algo parecido com um Amy, se vocês pararem e pensarem não será fácil, mas vocês podem
milagre realm ente aconteceu. nas coisas boas, ao invés de fazê-lo.
É verdade que seus pais não são pensarem nas ruins, vão descobrir Perm itam -m e compartilhar com
perfeitos; os pais de ninguém o são.
E é certo que eles tam bém não Barbara W. Winder, Presidente Geral da Sociedade de Socorro, discursando às irmãs que
compareceram à Sessão Geral das Mulheres no dia 29 de setembro.
tiveram filhos perfeitos; os filhos
de ninguém o são. Percebem?
Todo nosso propósito é combater
juntam ente em retidão, vencendo
nossas fraquezas dia-a-dia. Nunca
abandonem uns aos outros.
Às vezes uma filha pode salvar
seu pai ou sua mãe em épocas de
tempestade quando realm ente se
preocupa o suficiente para ajudar.
Conheço uma fam ília cujo pai
teve que mudar de emprego várias
vezes. Em seu tipo de trabalho,
todos estão perdendo o emprego.
Ele poderia ter ido para casa e
chamado sua esposa para uma sala
e dito: "M in h a querida, não temos
dinheiro suficiente para pagar as
contas, e sei o quanto Julie quer
aquele suéter caro. Eu lhe disse que
tentaríamos comprá-lo para ela.
Não quero desapontá-la. O que vou
fazer?" Poderia haver algumas
filhas adolescentes que diriam:
"M as todas as outras garotas
ganham coisas novas; nós
m erecemos. Além disso, papai
prom eteu."
Mas não foi assim que
aconteceu. Papai veio para casa.
Não teve que dizer nada. Julie e sua
irmã sabiam. Julie não disse:
"Papai o que você vai fazer?" Sua
mãe contou-m e que ela colocou o
98
vocês as últim as linhas de um
poema escrito por m inha mãe,
Shirley, para seus filhos:
C o m ba t er J u n t a m e n t e :
Ouve o clarim que soa dentro de ti;
Penetra em sua cadência.
T r a n sfo r m a r N o ssa
O mundo outro ritmo faz sentii
O ritmo da humana falência. C r e n ç a em A ção
Em um povo santo nos devemos
tomar; Presidente Barbara W. Winder
Único e divino Presidente Geral da Sociedade de Socorro
Para neste mundo habitar
E das sendas superiores escolher o
caminho.
“Quando vivemos de forma a ter a companhia
Contendas continuarão a existir constante do Espírito, podemos ouvir e responder à
no mundo; mas por causa dos
convênios (as promessas que voz mansa e dehcada que nos guia naquilo que
fazemos de cuidar uns dos outros, fazemos e dizemos. ”
e as promessas que nosso Pai
Celestial nos fez de nunca nos
deixar nem nos abandonar),
passaremos pelas tempestades preocupando-nos e apoiando
juntos para salvar-nos uns aos aqueles que estão à nossa volta. O
outros em tempos de perigo, Presidente Kimball disse que “ as
exatam ente como m eu pai veio grandes m ulheres e homens estão
para m e salvar. Olharemos para a sempre m ais ansiosos por servir do
frente, com fé em Deus, tendo que dom inar". (Presidente Spencer
nossos corações entrelaçados em W. Kimball, A Liahona, março de
unidade e amor de uns para com os 1980, p. 155.)
outros. Desde que m eu marido foi
Podemos fazer isso; sei que desobrigado com o presidente da
podemos. Os males de nosso M issão San Diego Califórnia, olho
tempo aumentarão, como os para ele e meus olhos se enchem
exércitos iníquos do Faraó de lágrimas. Ele deve pensar que as
ameaçando os filhos de Israel no responsabilidades do meu chamado
tempo de Moisés; mas com fé em são grandes (e realm ente são ) e
Deus, combatendo juntos em que tenho encargos e decisões
retidão, nós, mais do que todos os difíceis para tomar (e realmente
outros povos, tem os razão para nos tenho). Mas minhas lágrimas são
alegrar e ter coragem. Com os pelo respeito que sinto por ele, e
olhos voltados para o céu, veremos por seu grande compromisso para
o Mar Vermelho se abrir. Em nome com o Senhor, não importa qual
de Jesus Cristo. Amém. residente H inckley, Élder seja o chamado. Quando m e veio o

Presidente Ezra Taft Benson do Quorum


dos Doze, e Elder Howard W. Hunter, um
P Larsen, Irmã Kapp, Irmã
Young, Irmãs, fomos
abençoados nesta noite pela
m úsica e pelos discursos
chamado para cumprir essa
responsabilidade, ele
im ediatam ente fez o que era
necessário para concluir os
membro do quorum. proferidos, com belas imagens e assuntos referentes à missão; e o
com o derramamento do Espíito. fez sem hesitação, para apoiar-me
Sinto-me humilde e honrada com ativam ente. A capacidade de fazer
este chamado para servir ao Senhor isso vem , eu creio, de uma
e a vocês, e sinto o peso da compreensão dos princípios do
responsabilidade. evangelho, do conhecim ento dos
Aqui estamos no Tàbernáculo — convênios que fazemos, e da
e eu visualizo as irmãs de todas as determinação de viver de acordo
partes do mundo, em suas capelas com esse conhecim ento... e do
e sedes de estaca, e em seus ramos grande amor ao Senhor.
— as maiores gerações que o N ovamente, disse o Presidente
Senhor já enviou à terra; mulheres K im ball: "en tre as verdadeiras
capazes, dignas, de boa vontade, heroínas... estão mulheres mais
cada uma contribuindo à sua preocupadas com a própria retidão
própria maneira para a edificação do que com seu egoísmo... são
do Reino. autenticam ente humildes, dando
Somos o povo do convênio. A m ais valor à sua integridade que à
Irmã Young explicou m uito bem fam a.” (Presidente Spencer W.
isso. Prometemos viver de maneira Kim ball, A Liahona, março de
a refletir os princípios do 1980, p. 155.)
evangelho nos quais acreditamos, Já vi exemplos de mulheres que
A L i a h o n a / J a n e ir o 1985 99
carregar m utuam ente o peso de
(nossas) cargas, para que sejam
aliviadas... dispostos a chorar com
os que choram, confortar os que
necessitam de con forto..."
Quando as pessoas
compreenderam as promessas
batism ais feitas por Alma em
Mosiah, "bateram as mãos de
alegria e exclamaram : "esse é o
desejo de nossos corações.”
(Mosiah 18:11.)
Qual era o desejo de seus
corações? Ter cumprido as
promessas batism ais que eram (e
são):
1. Que seus pecados seriam
lavados
Presidente Ezra Taft Benson, do Quorum dos Doze, ouve o discurso proferido pela irmã 2. Que seus nom es seriam
Dwan f. Young, Presidente Geral da Primária, durante a Sessão Geral das Mulheres, no contados entre os "Filhos de
dia 29 de setembro.
C risto” — o que significa serem
considerados membros de sua
me impressionaram chamado para presidente das Igreja.
profundamente por seu espírito e M oças. Ela comprometeu-se a 3. Que receberiam o dom do
dedicação ao Senhor — vidas que servir, e depois pediu às m ães que Espírito Santo, e
revelam uma profunda gratidão e fé se esforçassem para que as 4. Que guardando os
contínua. Há mulheres solteiras m eninas estivessem sempre mandamentos, teriam a vida
que são amadas por alas inteiras presentes. etem a.
por suas boas obras; mães de As mulheres que trabalham na " O batism o por si só,
diversas idades e circunstâncias Primária e com as Moças evidentemente, não é o bastante
(casadas, viúvas, ou divorciadas) participam ativamente da para permitir que sejamos
que não permitem que nada Sociedade de Socorro através de chamados "filhos de D eus” .
atrapalhe sua m issão de criar os seu trabalho com o professoras Precisamos continuar na trilha da
filhos em retidão,- esposas que visitantes e em serviços de retidão.” (Cursos de Estudo da
confortam e apóiam o marido em solidariedade, e dos talentos Sociedade de Socorro, 1984, p. 26.)
situações às vezes difíceis, e partilhados durante as reuniões de Quando vivemos de forma a ter a
m ulheres que estão dispostas a Econom ia Dom éstica. Irmãs, companhia constante do Espírito,
defender o lar através de seviço precisamos ativam ente nos prestar podemos ouvir e responder à voz
público e de serviço à comunidade. apoio mútuo ao ensinarmos e mansa e delicada que nos guia
Conscientizei-m e do processo de treinarmos a juventude. Como naquilo que fazemos e dizemos.
refinamento pelo qual essas irmãs no evangelho, somos Nas seguintes palavras, o Élder
mulheres passam quando fortemente unidas pelo serviço que John A. Widtsoe nos relembra que
esquecem de si m esm as no serviço prestamos, para que indivíduos e nossos convênios trazem mais
aos outros e no sacrifício, quando famílias, de nossos próprios laços valor aos atos cotidianos:
lutam para edificar o Reino, sangüíneos ou com quem nos "U m a peça de prata tem sempre
seguindo a admoestação do associamos, possam ser certo valor ao passar de mão em
Presidente Kimball de " ... ser uma fortalecidos. mão; ela é pesada e nós a
força m uito necessária para o Em Mosiah 18:8-9 é-nos dito que vendemos no mercado; mas,
amor, a verdade e a retidão... nutrir devemos estar "dispostos a quando essa peça de prata é
os familiares, amigos e cunhada como moeda, recebe um
sem elhantes...’’ [A Liahona, março brasão indicando serviço ao
de 1980, p. 154-155.) govemo; toma-se uma moeda do
Estam os combatendo reino, e transporta-se de mão em
juntam ente com um só coração e mão, a fim de realizar o trabalho do
uma só m ente para nos tom arm os reino. Assim é com todos os atos
aquela sociedade de Sião em que dos homens, uma vez que se
nossas crenças são transformadas enquadrem no grande plano, o
em ações. plano de salvação, recebem uma
Recentem ente, em um a reunião cunhagem espiritual e passam de
de jejum e testem unho, uma mão em mão, de m ente em mente,
jovem levantou-se e expressou a fim de realizar a grande obra de
gratidão por sua classe da Primária D e u s." (Ardeth G. Kapp "Tom ar
e pela maneira com o, com o Sobre Nós O Seu N om e” A
encorajamento das mães, cada Liahona, abril de 1983.)
m enina havia respondido m uito M inha sogra de 87 anos foi
bem tanto ao trabalho em classe chamada com o m inha professora
como às atividades. Depois, visitante. Ela é uma dessas pessoas
durante aquela m esm a reunião, que receberam a "cunhagem
uma irm ã levantou-se e agradeceu espiritual” . Captou a essência do
ao Pai C elestial pelo novo que significa transformar sua
100
crença em ações estando sempre com ela. A irmã enlutada que conduz à vida etem a; sim,
alegre e devotada ao encontrar-me com entou então o que a amiga lhe havereis entrado pelo portão e
(o que não é uma tarefa simples) havia trazido — a paz de que seguido os mandamentos do Pai e
num horário irregular transmitindo necessitava. do Filho; havereis recebido o
uma mensagem breve e M uitos podem fazer visitas, mas Espírito San to." Ele pergunta então
construtiva. Ela m e encoraja, devido aos convênios que fizemos, se "estará tudo feito” . "N ão ;...
adapta suas mensagens às minhas vamos em seu nome. Podemos deveis, pois, prosseguir para a
necessidades, e m e eleva fazer e dizer coisas que de outro frente com firmeza em Cristo,
espiritualmente. Até m esm o os modo, não saberíamos dizer e tendo uma esperança
líderes precisam ser encorajados. fazer. resplandecente, e amor a Deus e a
Com freqüência o Senhor envia Irmãs, existem alguns na Igreja todos os hom ens. Portanto, se
seus filhos para responder às hoje que estão solitários e isolados. assim prosseguirdes,
orações de outros. Tenho m e angustiado com o banqueteando-vos com a palavra de
Certa amiga perdeu dois filhos clamor das irmãs que desejam Cristo e perseverando até o fim ,...
em um acidente de m otocicleta e sentir-se pertencer, que anseiam tereis a vida etem a.” (2 Néfi 31:18-
durante certo tempo sentiu um por companheirismo e no entanto - 20 .)
pesar inconsolável. Não pudera não se consideram amadas e Irmãs, encorajo-as a preparar-se e
entrar em contato com o bispo e se aceitas. Procuro tam bém ver as as suas fam ílias para receber as
voltara ao Senhor em fervorosa queridas irmãs que desejaríamos bênçãos do convênio. Fazemos isso
oração. Ao levantar os olhos, que estivessem aqui, que se guardando os mandamentos,
vislumbrou sua professora m antêm longe devido a seus procurando a companhia constante
visitante à porta, dizendo próprios esforços, cuja presença do Espírito Santo e transformando
simplesmente: "S en ti que era nos tomaria a todas mais fortes. nossas crenças em ação.
necessitada." Nós precisamos de vocês, de cada Ao combatermos juntamente
Em outra ocasião faleceu a mãe uma. para prestar serviço justo e
de uma irmã. Certa amiga sabendo O Presidente H inckley nos disse: desprendido em seu nome,
da perda sofrida pela irmã, desejava "D eu s deu às m ulheres desta Igreja apoiando-nos m utuamente,
ajudar, mas não sabia o que deveria um trabalho a ser realizado na tom am o-nos unidas, nossa luz
fazer. Será que deveria levar flores construção de seu rein o ." (Ensign, brilhando com o um exemplo,
ou algum alimento? Seu marido nov. 1983, p. 84.) Coisas unidas pelo bem que praticamos,
sugeriu que ela perguntasse ao belíssim as podem ser realizadas ' 'não sois estrangeiros, nem
Senhor o que levar. A resposta quando as irmãs do evangelho forasteiros, mas concidadãos dos
veio: "Sim plesm ente vá.” À sua trabalham juntas. santos, e a fam ília de D eus” .
chegada a amiga ficou Néfi nos diz, com respeito ao (Efésios 2:19.) Presto testemunho
imediatamente confortada por sua convênio batism al: "estareis, destas coisas em nome de Jesus
presença e pediu-lhe que orasse então, no cam inho reto e estreito Cristo. Amém.
A L ia h o n a // a n e ir o 1 9 8 5 101
espalhados pelo mundo inteiro que
NOTICIAS DA IGREJA
bondosamente ainda se
com unicam com igo", explica.
Mais Três Irmãos O Élder Hanks observa que não
poderia ter atuado com o
Designados para o Primeiro Autoridade Geral sem o apoio da
esposa M axine, particularmente

Quorum dos Setenta enquanto seus cinco filhos eram


pequenos. Ela o apoiou de forma
tão extraordinária que qualquer
tributo seria insuficiente e não
exagerado. Seus chamados,
observa, têm sido experiências
instrutivas para ambos.
Atualm ente o Élder e Irmã
Hanks servem como presidente e
superintendente do Templo de Salt
Lake, chamado este que, "em
certo sentido coroa" anos de
oportunidades de serviço na Praça
do Tem plo. M esmo quando rapaz,
sentia amor e reverência pelo
templo. Trabalhando no Escritório
de Informações, esclareceu
"m ilhares de pessoas neste lo cal"
como acompanhante e através de
palestras. Com o Autoridade Geral,
contribuiu para o projeto do Centro
de Visitantes e aquisição da estátua
de Cristo.
Suas oportunidades de serviço
têm sido as mais variadas. Foi
membro do Conselho Presidencial
Élder Marion de Aptidão Física e Esportes e do
D. Hanks Com itê Consultor de Cidadãos do
Presidente sobre Infância e Juven­
tude. Integrou a Junta Executiva
Élder Marion D. Hanks, encorajar, fortalecer e edificar o Nacional dos Escoteiros da Améri­
O recentem ente apoiado
m em bro da presidência do
m áxim o que posso."
Desde 1976, é a segunda vez que
ca, servindo em numerosos com i­
tês e tendo recebido as mais altas
Primeiro Quorum dos Setenta, serve na presidência do Primeiro distinções. Serviu na Junta Educa­
reuniu-se com os três irmãos Quorum dos Setenta. O noticiário cional da Igreja e nas juntas direti­
designados para esse quorum no jornalístico de seu chamado para o vas de escolas de ensino superior e
dia 6 de outubro, na Conferência Primeiro Conselho dos Setenta em universidades, inclusive a BYU.
Geral Semi-anual da Igreja. outubro de 1953, aos trinta e um Foi presidente do Rotary Club da
Nessa reunião, os élderes J. anos (nasceu a 13 de outubro de Cidade do Lago Salgado e governa­
Thom as Fyans, Carlos E. Asay, M. 1921), informava que cumpriu dor distrital do Rotary Internacio­
Russell Ballard, Dean L. Larsen, G. m issão de tempo integral, serviu a nal. Serviu a Igreja em designações
Homer Durham, Richard G. Scott Marinha Norte-Americana e no mundo inteiro. Suas
e Marion D. Hanks, da presidência formou-se em Direito pela oportunidades incluiam ajudar a
do quorum, externaram a seus Universidade de Utah, além de preparar a Inglaterra e as Filipinas
novos companheiros seus participar ativam ente de serviços para a organização de estacas
sentim entos a respeito de seu com unitários e esporte amador. locais, e dar início ao trabalho de
trabalho. O Élder Hanks assim se Como Autoridade Geral, o Élder assistência da Igreja entre
referiu a seu chamado: Hanks continuou servindo como refugiados na Ásia.
“ Sejam quais forem os meus diretor-adjunto do Escritório de ' 'M inha visão da Igreja é de que
eventuais talentos e lim itações, Informações da Praça do Templo. oferece o padrão e ponto de apoio
m eu propósito é procurar servir ao Continuou dedicado ao ensino para se construir a vida. A Igreja
Senhor e ser útil a sua obra e com o diretor do Seminário West fornece uma perspectiva
àqueles que carregam seu fardo. High, na Cidade do Lago Salgado. centralizada no que se pode fazer,
Tenho tentado compartilhar e ' 'Adoro lecionar e tenho ex-alunos tomar-se e dar."
102
que ajudaram a reacender seu amor
NOTÍCIAS DA IGREJA
ao evangelho. "E u andava meio
inativo. O Presidente Scherzinger
Élder John Sonnenberg viu que eu estava m uito só e
precisava da Igreja. Abraçando-me
do Primeiro Quorum dos Setenta bondosamente, fez-me saber que
eu era querido.” Convidou-me a
lecionar na Escola Dom inical.
Agora o Élder Sonnenberg
considera o serviço uma chave do
testem unho: "Todo homem pode
saber que este evangelho é
verdadeiro, prestando serviço.
Servindo o Salvador, a pessoa
cresce em luz, conhecim ento e
inteligência. E ao se conhecer as
pessoas e perceber a grandeza de
suas almas, nosso testem unho
cresce.''
Depois de mudar-se para
Chicago continuou a progredir no
evangelho. Serviu como
missionário de estaca, sumo
conselheiro, conselheiro na
presidência da estaca (o outro
conselheiro era o Élder D allin H.
Oaks) e presidente de estaca. (O
Élder Oaks foi seu conselheiro por
um ano, até tomar-se presidente da
BYU.) Desde 1980 servia como
Representante Regional e
encarregado do com itê do Templo
de Chicago.
No ramo em Louisville
conheceu a Irmã Joyce Dalton, que
m Elmhurst, Illinois, antes, e quando o m enino tinha
E
desposou no Tem plo de Salt Lake.
certam ente haverá pacientes cinco anos emigraram para a Quando fala da esposa, John
tristes quando souberem que John América. Sonnenberg sorri e segura sua mão:
Sonnenberg está deixando seu Otto fez a viagem sozinho em "E la é a maior alegria de minha
consultório odontológico para 1928. A "terra prometida" não vida; tenho sempre em m ente o
dedicar-se a um novo trabalho. parecia nada prometedora em pensamento de viver com ela nas
Depois de trinta e sete anos havia Chicago, no com eço da Grande eternidades. Ela participa comigo e
firmado reputação não só de Depressão. Quando a fam ília o m e apóia em meus chamados, e
excelente dentista, mas tam bém de seguiu um ano depois, O tto ainda tem sido a grande arquiteta de
hom em atencioso e caloroso, o não dominava bem o idioma, e os nossa fam ília."
tipo de pessoa que as pessoas tempos eram duros. O pequeno Os sete filhos casaram-se no
amam e em quem confiam. John teve de aprender a enfrentar o templo. "D edicam os muito tempo
Essas marcas pessoais — preconceito e a pobreza. Custeou a eles” , diz a Irmã Sonnenberg,
interesse pelo próximo e dedicação seus estudos universitários traba­ ' 'nas noites familiares, eventos
à excelência — continuarão lhando como salva-vidas, diplo- esportivos e culturais, férias. John
beneficiando a vida de muitos mando-se em ciências e artes. Em costumava brincar com eles e os
como membro do Primeiro 1942 alistou-se na Marinha, sendo levava para jogar golfe, nadar,
Quorum dos Setenta. Sua mandado para a Escola de Odonto­ pescar e jogos de bola.''
sensibilidade e dedicação ao logia da Universidade de Louisvil- Atualm ente ainda levam muitas
trabalho, diz ele, são resultado, em le, onde se formou doutor em m e­ vezes os vinte e cinco netos para a
parte, das experiências de infância. dicina odontológica em 1947. prática de esqui aquático.
John Sonnenberg nasceu a 11 de Louisville provou-se a U m a vida de serviço e amor
abril de 1922 em Schneidemühle, encruzilhada vital; lá conheceu ensinou ao Élder Sonnenberg que
Alemanha, Seus pais, O tto e Graham H. Doxey, presidente da " o Salvador realmente vive; que a
Lucille M ielke Sonnenberg, m issão e Narvel Scherzinger, Igreja é verdadeira; que somos
haviam-se filiado à Igreja meses presidente do ramo onde residia, dirigidos por homens de D eus” .
A L ia h o n a /J a n e ir o 1 9 8 5 103
NOTÍCIAS DA IGREJA porta. Arthur não tinha recursos
para instalar seu próprio
consultório, mas um colega de
Élder F. Arthur Kay Washington, ofereceu vender-lhe o
seu sem entrada. O casal foi para lá
do Primeiro Quorum dos Setenta decidido a ficar se houvesse a
Igreja. Foram dirigidos para uma
capela em construção, onde os
membros estavam espalhando
concreto nos corredores e salas de
aula. Sentindo-se em casa, os Kay
decidiram juntar-se àquela boa
gente.
Desde então, Arthur Kay tem
sido parte importante da obra do
Senhor no Noroeste. Serviu como
conselheiro de bispo e m ais tarde
como bispo. Depois de uma
permanência de dois anos com o
exército americano em Heidelberg,
Alemanha, voltou a Renton onde
serviu como sumo conselheiro, e
depois conselheiro na presidência
da estaca. Em 1960 tomou-se
presidente da Estaca Seattle, cargo
em que serviu durante dez anos,
até tomar-se Representante
Regional.
O Élder Kay tam bém viu m uitas
portas se abrirem com a construção
do Tem plo de Seattle. Durante
anos procurou um terreno para o
templo naquela área, e pôde
participar da aquisição do lote em
Bellevue, onde agora se ergue o
m a porta sempre se abriu Com o poderia deixar a fam ília templo. "A mão do Senhor está na
U nas horas críticas de minha para estudar? Sua m ãe era uma
m ulher instruída que o incentivou
vida", diz o Élder F. Arthur Kay,
obra do tem p lo", testifica ele.
Como primeiro presidente e
um hom em de fala m ansa cuja a fazê-lo. Assim, partiu para a superintendente do Tem plo de
expressão bondosa reflete seu Universidade Estadual de Utah Seattle, o casal Kay viveu muitas
coração compassivo e fé com sessenta dólares no bolso. E experiências maravilhosas.
inabalável. Um a dessas horas graduou-se. No penúltimo ano do Quando veio o chamado para o
críticas chegou cedo, aos dezoito curso, Arthur desposou sua Primeiro Quorum dos Setenta,
anos de idade (ele nasceu a 15 de namorada do curso secundário, fazia apenas três semanas que
julho de 1916), quando teve de Eunice D. Nielsen. A primeira das haviam sido desobrigados da
escolher: cursar a universidade ou seis filhas nasceu dois dias após presidência do templo. O Élder Kay
sustentar a fam ília, que passava sua formatura. descreve seus dias desde o
grande necessidade. Aos onze anos, Depois de lecionar durante um chamado como um tempo de
perdeu o pai (Samuel Arthur Kay) e ano em Elsinore, Utah, levou a pe­ introspecção, um tempo para
a irmã m ais velha, e a m ãe havia quena fam ília para a Cidade do La­ imaginar quais seriam suas
sofrido um derrame que a deixara go Salgado, onde trabalhou na qualificações. Ainda assim, aceitou
paralisada. A fazenda da fam ília Companhia Dupont. Em 1944 foi prontamente o chamado. "Sem pre
perto de Annabella, Utah, foi transferido para Hanford, Washing­ que m e empenho, recebo ajuda do
perdida durante a Grande ton. Terminada a guerra, Arthur alto. Sabendo que isto aconteceu
Depressão, e Arthur ficou com eçou a procurar outras oportu­ no passado e acontecerá no futuro,
responsável pela m ãe e quatro nidades de trabalho. "P elo poder da ousei aceitar."
irmãs m ais jovens. Ele já oração, cheguei à conclusão de que Convencido de que o Senhor
interrompera os estudos deveria estudar Odontologia na sempre lhe abrirá uma porta, o
secundários por dois anos para Universidade de O regon." Élder F. Arthur Kay está pronto a
ajudar a fam ília, trabalhando para o Depois de formar-se dentista enfrentar quaisquer desafios que
Corpo de Conservação Civil. com distinção, abriu-se-lhe outra lhe reserve o futuro.
104
NOTICIAS DA IGREJA aconteceu o mesmo mom ento
decisivo em sua vida. "Depois de
m uita reflexão, decidi cursar o
Élder Keith W. Wücox seminário em lugar das aulas de
arte, embora adorasse arte. Os
do Primeiro Quorum dos Setenta seis meses de convivência com
W illiam E. Berrett, meu
professor, edificaram
sobremaneira m eu testem unho e
me levaram a aceitar os dez
mandamentos como princípios
fundamentais na vida. Embora
nos mudássemos para Ogden em
1937, a influência daquelas aulas
ficou comigo até h o je."
Enquanto aguardava a
incorporação à Marinha,
trabalhou na Westinghouse
Eletric em Pittsburgh,
Pensilvânia. "Vivendo no mundo
real pela primeira vez, senti a
esmagadora convicção de que a
Igreja deve ser a suprema
prioridade na vida. Aprendi a
dizer 'sim 1 ao Senhor e 'não' ao
mundo, prática que conservei
durante toda a vida.”
Voltando de Pittsburgh, pediu a
Viva May Gam m ell, uma jovem
de sua cidade natal, que fosse sua
companheira etem a. "M in h a
m ãe sempre dizia que Viva May
fazia ressaltar o que há de melhor
em m im , e é verdade.” Casaram-
se em julho de 1945 no Templo
primeira reação de Keith W. ao serviço da Igreja. Além do
A Wileox, presidente do
Templo de Ogden, ao atender um
chamado como presidente do
Tem plo de Ogden, que qualifica
de Logan e têm seis filhas. Os
netos são agora quatorze.
A irmã W ileox lembra as
telefonema do Presidente Gordon com o “ chamado celestial” , já m uitas horas alegres que
B. Hinckley, foi de choque. serviu com o bispo, presidente de passaram juntos como família.
"T en tei não pensar no que o estaca (por quinze anos), como “Adoramos cantar, tocar piano e
Presidente H inckley haveria de Representante Regional, e órgão. E agora que as filhas estão
querer comigo no dia seguinte, a presidente da Missão Indianapolis casadas, nosso passatempo
sexta-feira antes da conferência Indiana. predileto é ficar reunidos em
geral.” Nascido a 15 de m aio de 1921 tom o da m esa e conversar.”
Sua ansiedade, contudo, logo se em Hyrum, Utah, o Élder W ileox Formado em Engenharia
foi. Depois de participar de uma credita a duas influências um M ecânica pela Universidade de
sessão no templo com a esposa, grande impacto na obtenção do Utah, com mestrado em
no Tem plo de Ogden, onde vinha testem unho e desejo de servir. Arquitetura da Universidade de
servindo com o presidente desde "C o m o N éfi” , diz ele, 'nasci de Oregon, o Élder W ileox trabalhou
julho de 1980, sentiu-se “ calm o e boa fam ília’. Eles me foram um como arquiteto de 1954 a 1974,
capaz de aceitar fosse qual fosse a guia e inspiração a vida toda.” quando foi chamado como
vontade do Senhor''. Sua bênção patriarcal serviu-lhe presidente de missão. Participou
Terminado o dia no templo, o igualmente de guia. A cada novo do projeto do Templo de
Élder W ileox e a esposa, Viva chamado, ele relê os privilégios e Washington D .C . e do C TM em
May, foram à Cidade do Lago responsabilidades que lhe foram Provo, Utah. Seviu durante dois
Salgado para encontrar-se com o prometidos por um patriarca. anos com o membro da Câmara
Presidente Hinckley, que o "Sem pre encontro algo de novo de Deputados de Utah, e dez anos
chamou para o Primeiro Quorum para m e dar orientação e como membro e encarregado da
dos Setenta. in cen tiv o." No segundo ano dos Com issão de Planejamento do
O Élder W ileox não é estranho estudos secundários em Granite, Condado de Weber.
A L ia h o n a /J a n e ir o 1 9 8 5 105