Sei sulla pagina 1di 2

TEXTO ATUALIZADO DE ACORDO COM A REFORMA TRABALHISTA!

_____________________________________________

A Justiça do Trabalho tem três ritos diferentes, mas usa praticamente só dois: o Rito Ordinário
e o Rito Sumaríssimo.

O Ordinário é aquele adotado na maior parte dos casos. Já o Sumaríssimo é cheio de


particularidades que a CLT exige que sejam observadas. O terceiro rito é o Sumário (Lei n.°
5584/70), que eu nem incluí no quadro abaixo, mas que basicamente tem as seguintes
características:

- Causas até 2 salários mínimos;

- Instância única, sem possibilidade de recurso - exceto sobre matéria constitucional.

Vale dizer que ele raramente é usado e eu mesma nunca vi nesses anos todos na área.

Bom vamos logo às diferenças do Rito Sumaríssimo x Rito Ordinário (clique na imagem para
ampliar):
Dá para perceber que são muitas diferenças, né? Por isso mesmo é bom ficar atento às regras
próprias, já que a não observância de qualquer uma delas pode trazer graves consequências
para o seu cliente. Se possível, salve essa tabela para referência de consulta no futuro (mas
não envie para terceiros, ok? Se for o caso, indique o post e a pessoa consulta a tabela aqui no
blog).

Quer fazer alguma observações sobre esses ritos ou diferenças?

Deixa um comentário! ;)