Sei sulla pagina 1di 8

Acolhimento

O acolhimento será feito à entrada encaminhando-se os pais aos bancos destinados a esse fim.

Entrada Processional

Canta-se o cântico de entrada:

Cântico Guiado pela mão


de com Jesus eu vou
entrada sigo como ovelha
que encontra o pastor.
Guiado pela mão
com Jesus eu vou
aonde Ele vai.

Se Jesus me diz “amigo


deixa tudo e vem comigo!”
Como posso resistir ao seu amor?
Se Jesus me diz “amigo
deixa tudo e vem comigo!”
Minha mão porei na Sua e irei com Ele.

Catequista Vamos celebrar a festa da família. Renovemos a nossa fé e


alimentemos o nosso espírito com a paz e ternura que Jesus nos traz,
para seguirmos cada dia mais unidos pelo amor de Deus.

Pai Nós queremos viver um ambiente familiar muito mais profundo e


abençoado.
Estamos felizes, pois Jesus renasceu nos nossos corações, nas nossas
vidas, dentro do nosso lar.

Mãe Como é bom sermos família.


Jesus quis ter uma.
Como é bom unirmo-nos com o coração cheio de alegria para acolher
Jesus, no aconchego do nosso lar.

Criança Nós somos muito amados por Deus. Ele deu-nos o Seu Filho, e nós
conhecemo-lo pela graça de sermos cristãos e partilharmos o amor.
Introdução

Catequista Ao longo das catequeses deste ano nós catequistas ensinamos aos
vossos filhos as boas notícias de Deus.
Agora, no final deste ano de catequese, são eles que vos vão transmitir
algumas dessas boas novas.

Criança Querida família:


Ao longo deste ano aprendemos coisas muito bonitas sobre o Pai do
Céu e sobre o Seu Filho Jesus.
Queremos agora dizer-vos algumas das coisas que aprendemos.

Criança As nossas catequistas apresentaram-nos um amigo, que conheciam há


muito tempo e que a partir de agora iria passar a ser meu amigo
também – Jesus.
Aprendemos que Jesus foi um menino como nós. Ia à escola, brincava,
ajudava os pais, crescia em estatura, em sabedoria e em graça.
Aprendemos que Jesus gostava muito de falar com Deus.
dístico Ao celebrarmos a Páscoa aprendemos que Jesus foi tão nosso amigo
“Jesus” que morreu na cruz para nos mostrar o seu amor. Mas como o grão de
trigo, ele não ficou na terra, mas ressuscitou, voltou à vida.
E depois apareceu aos apóstolos, para lhes dizer que estava vivo, e
mandou-os pelo mundo fora para contarem a toda a gente o que ele,
Jesus, tinha vivido e ensinado.
Aprendemos a importância e o valor da oração.
Rezamos e agradecemos a Jesus por ser nosso amigo e por gostar
tanto de nós.
E por fim, agora que vamos de férias, aprendemos que Jesus nos vai
acompanhar, que está sempre connosco até ao fim dos tempos.

Aprendemos que Deus é um Pai maravilhoso, que nos dá a vida e cuida


dístico de nós, que faz tudo para o nosso bem. Com Jesus aprendemos a tratá-
“Deus” lo por Pai do Céu.
Deus é amor.
É uma família de três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo.

Conhecemos a mãe de Jesus. Aprendemos a saudá-la com as palavras


que o anjo lhe dirigiu e a dizer Ave Maria.
dístico As nossas catequistas falaram-nos dos três pastorinhos de Fátima e
“Maria” como eles ficaram a conhecer Nossa Senhora.
Ela pediu-lhes para rezarem o rosário.
E nós, crianças como os pastorinhos, também aprendemos a rezar o
rosário, o que temos feito em casa e na catequese.

Aprendemos que fazemos parte da família dos filhos de Deus – a Igreja.


Jesus chamou-nos pelo nosso nome para pertencermos ao seu grupo
dístico de amigos e convidou-nos a virmos visitá-lo. Visitamos pela primeira
“Igreja” vez a casa de Deus.
Aprendemos que é o lugar onde se reúnem os amigos de Jesus para
falarem com ele, para rezarem. E também nós nos juntamos na casa de
Deus aos Domingos para participarmos na Eucaristia.

Palavra de Deus

Catequista Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo S. Lucas (10, 21-24)

Naquele mesmo instante, Jesus estremeceu de alegria sob a acção do


Espírito Santo e disse:

- Bendigo-Te, ó Pai, senhor do Céu e da Terra, porque escondestes


estas coisas aos sábios e as revelastes aos pequeninos. Sim, Pai,
porque assim foi do teu agrado.
Tudo o que me foi entregue por meu Pai, e ninguém conhece quem é o
Filho senão o Pai e aquele a quem o Filho houver por bem revelar-lho.
Voltando-se depois para os discípulos, disse-lhes em particular:
- Felizes os olhos que vêem o que vós estais a ver. Porque, digo-
vos, muitos profetas e reis quiseram ver o que vedes e não viram, ouvir
o que ouvis e não ouviram!

Palavra da Salvação.

Homilia:

Jesus tinha uma vida muito cheia de coisas para fazer, como nós hoje.
Andava de um lado para o outro, as pessoas não o deixavam em paz.
Podemos ver isso lendo os Evangelhos.
De vez em quando, enquanto as pessoas estavam a dormir, ele
retirava-se para um lugar silencioso e falava com Deus. Era muito belo
vê-lo rezar. Tal era a beleza que os seus discípulos ficavam muito
admirados.
O Evangelho de hoje mostrou-nos Jesus a fazer uma oração de
agradecimento.
Jesus gostava de se voltar para Deus, seu Pai e nosso Pai, e dizer-lhe
obrigado. Ele rezava não para apenas para pedir, mas sobretudo para
dar graças, para mostrar gratidão, para louvar com alegria a Deus, pelo
seu amor.

Catequista E nós todos aqui reunidos, temos neste final do ano muitas razões para
lhe dar graças.
Para as enumerar podemos servir-nos dos cinco dedos da mão.

Criança O dedo polegar

Este dedo é o mais forte, tem mesmo muita força.


imagem Este dedo recorda-nos que Deus ao longo do ano foi a nossa força.
Quando estávamos sem forças, desanimados, tristes, Ele esteve ao
nosso lado, deu-nos a mão e fez-nos fortes.
Eu Vos louvo Senhor, és a nossa força.

Assembleia: És a nossa força


Criança O dedo indicador

Este dedo serve para indicar, para apontar caminhos.


imagem Este dedo recorda-nos que Deus, ao longo deste ano, foi o nosso guia.
Quando estávamos sem saber como ser bons, sem saber o que era
bem e mal, Ele apontou-nos o Evangelho.
Eu Vos louvo, Senhor, és o nosso guia.

Assembleia: És o nosso guia

Criança O dedo maior

Este dedo recorda-nos que Deus, ao longo do ano, foi o nosso maior
imagem amigo. Temos certamente amigos e amigas. Os primeiros são os
nossos pais, que fazem tudo por nós. Mas o maior amigo é Deus.
Eu Vos louvo, Senhor, és o nosso maior amigo.

Assembleia: És o nosso maior amigo.

Criança O dedo anelar


Este dedo é para os nossos pais colocarem a sua aliança, sinal do seu
imagem amor.
Este dedo recorda-nos que Deus fez com todos nós uma aliança de
amor. Um amor fiel. Mesmo quando nos esquecemos de Deus, Ele
continua connosco. Ele ama-nos e perdoa-nos
Eu Vos louvo, Senhor, és a nossa aliança.

Assembleia: És a nossa aliança.


Criança O dedo mínimo

imagem Este dedo é o mais pequenino de todos.


Este dedo recorda-nos que Deus se fez pequenino em Jesus Cristo. Ao
longo do ano escutámos as suas palavras, rezámos-lhe, cantamos-lhe
e até fomos à missa para nos encontrar com Ele.
Eu Vos louvo, porque Jesus é Deus connosco.

Assembleia: És Deus connosco.

Catequista Oremos agora a Deus, nosso Pai, para que nos ajude a viver em acção
de graças, e digamos:

R/ Ouvi-nos, Senhor.

Criança Obrigado, Senhor, pela vida que nos deste.


Nós Vos pedimos que nos conserveis a saúde, para podermos vir aqui
dar-vos graças.
Oremos.

Criança Obrigado pelos nossos pais e pessoas amigas.


Nós Vos pedimos a força e a imaginação para as amarmos como Jesus
nos ensinou.
Oremos.

Criança Obrigado, Senhor, por sermos vossos filhos muito amados.


Nós Vos pedimos que sintamos a alegria de pertencer à vossa família.
Oremos.
Criança Obrigado, Senhor, pelos que nos ajudam a crescer felizes.
Nós Vos pedimos que nunca sejamos causa de tristeza para ninguém.
Oremos.

Criança Obrigado, Senhor, porque nos destes a Jesus, vossos Filho.


Nós Vos pedimos que nos ajudeis a segui-l’O com alegria.
Oremos.

Criança Obrigado, Senhor, por tudo o que existe de bom e de belo.


Nós Vos pedimos que cada um de nós faça algo para tornar o mundo
mais belo.
Oremos.

Apresentação dos dons

Catequista Pai do Céu, como sinal do nosso amor e do nosso obrigado por nos
teres dado o Teu Filho como menino como nós, oferecemos-Te esta flor
que simboliza o nosso coração.
Com ela queremos que guardes o nosso coração no Teu coração.

As crianças vão junto ao altar entregar a Deus a flor.

Cântico Meu coração é para Ti, Senhor (3x)


Meu coração é para Ti!

Porque Tu me deste a vida


Porque Tu me deste o existir
Porque Tu me deste o carinho
Me deste o amor. (2x)
Benção Final

Catequista Oremos.

Nós vos pedimos, Jesus, abençoai estas crianças.


Nós vos pedimos, Jesus, abençoai os seus pais.
Nós vos pedimos, Salvador do mundo, abençoai os seus familiares e
amigos.
Deus seja louvado, tenhamos santas e abençoadas famílias, por Jesus
Cristo na unidade do Espírito Santo.

Amén.

Homenagem aos Pais

Criança O nosso pai e a nossa mãe fazem-nos lembrar Deus. E porquê? Porque
Deus tem para com cada um de nós um amor paterno e materno.
Por isso, antes de partir, vamos agradecer aos nossos pais todo o seu
amor, orando por eles.

Criança Senhor, agradeço-vos pelo pai e pela mãe que me destes


e os quais tanto admiro no meu coração.
Fazei que eu os ame sempre mais e que eles se sintam amados.
Aumentai-lhes as alegrias e não permitais que eu me torne um peso
para eles.
Ajudai-me a adivinhar as suas horas de cansaço e preocupações,
para que eu possa servi-lhes de "Cireneu".

Não deixeis, Senhor, que os desenganos os abatam, ou o desânimo os


domine.
Ajudai-os a enfrentar, com renovada coragem, as suas
responsabilidades
e a se desincumbir delas do melhor modo possível.
Que eles sejam firmes e severos quando necessário, sem deixar de
serem bons.
Que eles não se percam na impaciência, mas saibam perdoar as
minhas fraquezas.
Que eu não repare, Senhor, nos seus defeitos, mas nas suas
qualidades,
e que eu saiba, não só admirar os seus bons exemplos, mas imitá-los.

Conservai-os, ó Deus, no Vosso amor.


E que nossa família, vivendo agora unida,
sob os seus cuidados e as Vossas bênçãos,
possa também viver unida no céu, para cantar o Vosso nome, ó Pai dos
pais.

Amém.

No final é entregue a um casal, que representa todos os pais, um lindo ramo de flores, que eles

em seguida depositarão no altar.

Catequista Vamos agora entregar às crianças o diploma da Festa da Família.

Chamam-se as crianças à frente do altar e entrega-se o Diploma

Cântico Tão perto de mim


final Tão perto de mim
Que até eu lhe posso tocar
Aqui está Jesus.

Não procuro a Cristo nas alturas


Nem O encontrarei na escuridão
Sinto que Jesus está juntinho a mim
Dentro do meu ser, no coração.

Tão perto de mim


Tão perto de mim
Que até eu lhe posso tocar
Aqui está Jesus.