Sei sulla pagina 1di 5

01 Q767523 Contabilidade Pública Contabilidade Pública - Noções Introdutórias

Ano: 2016 Banca: FCC Órgão: AL-MSProva: Contador


BETA

A despesa de aluguel do imóvel onde está instalado o almoxarifado central de determinada entidade pública, do
mês de dezembro de 2015, foi empenhada e liquidada no referido mês e o pagamento ocorreu em 20 de janeiro
de 2016. A entidade ao reconhecer a despesa no exercício de 2015, sob a perspectiva do setor público, atende ao
princípio de contabilidade da

a) transparência.

b) anualidade.

c) programação orçamentária.

d) competência.

e) fidedignidade da informação contábil.

02 Q372408 Contabilidade Pública Contabilidade Pública - Noções Introdutórias

Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: AL-PEProva: Analista Legislativo -


Contabilidade

No dia 15/02/2014, um órgão da Administração direta estadual fez o empenho da despesa com serviços de
terceiros – pessoa jurídica referente à manutenção dos elevadores do prédio em que são realizadas as atividades
de tal órgão. Em 18/02/2014, o prestador de serviço realiza a manutenção dos elevadores e, em 19/02/2014, há
a verificação do direito adquirido pelo credor tendo por base os títulos e documentos comprobatórios do
respectivo crédito. No dia 28/02/2014, ocorre o pagamento da despesa. Para fins de apuração do resultado de
execução orçamentária, conforme Lei nº 4.320/64, e do resultado patrimonial, a despesa deveria ser reconhecida,
respectivamente, em

a) 15/02/2014 e 18/02/2014.

b) 15/02/2014 e 19/02/2014.

c) 19/02/2014 e 18/02/2014.

d) 28/02/2014 e 19/02/2014.

e) 15/02/2014 e 28/02/2014.

03 Q375813 Contabilidade Pública Contabilidade Pública - Noções Introdutórias

Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TRT - 19ª Região (AL)Prova: Analista Judiciário -
Contabilidade

Previsão da receita e fixação da despesa referente à aprovação do orçamento com base na Lei Orçamentária
Anual .............................................................................................................................................................. R$ 12.000.000,00.
Lançamento de tributos ....................................................................................................................... R$ 3.600.000,00.
Arrecadação de tributos ...................................................................................................................... .. R$ 3.250.000,00.
Lançamento e arrecadação de receitas de serviços ............................................................................. R$ 5.900.000,00.
Recebimento de créditos tributários inscritos em dívida ativa ................................................................ R$ 600.000,00.
Recebimento de aluguéis referentes a 2012 ......................................................................................... R$ 200.000,00.
Obtenção de operações de crédito de longo prazo ............................................................................. R$ 2.000.000,00.

Empenho de despesas com:

- Pessoal e Encargos Sociais


...................................................................................................... ............. ........................................... R$ 2.500.000,00.
- Outras Despesas Correntes - Serviços de Consultoria ......................................................................... R$ 300.000,00.
- Outras Despesas Correntes - Material de Consumo ...................................................... ...................... R$ 4.600.000,00.
- Investimentos - Equipamentos e Material Permanente ................................................... .......................R$ 2.000.000,00.
- Juros e Encargos da Dívida ................................................................................................................. R$ 50.000,00.
- Inversões Financeiras - Aquisição de Imóveis ......................................................................................... R$ 2.400.000,00.

Liquidação de despesas com:

- Pessoal e Encargos Sociais ................................................................................................................... R$ 2.300.000,00.


- Outras Despesas Correntes - Serviços de Consultoria .............................................. ... ..........................R$ 300.000,00.
- Outras Despesas Correntes - Material de Consumo ....................................................... ........................ R$ 4.230.000,00.
- Investimentos - Equipamentos e Material Permanente ..................................................... ..................... R$ 1.820.000,00.
- Juros e Encargos da Dívida ............................................................................................ ...................... R$ 50.000,00.
- Inversões Financeiras - Aquisição de Imóveis ................................................................. ........................ R$ 2.150.000,00.

Pagamento de despesas com:

- Pessoal e Encargos Sociais ........................................................................................... ......................... R$ 2.170.000,00.


- Outras Despesas Correntes - Serviços de Consultoria ............................................................................. R$ 240.000,00.
- Outras Despesas Correntes - Material de Consumo ..................................................... . .......................... R$ 4.120.000,00.
- Investimentos - Equipamentos e Material Permanente ............................................................................. R$ 1.730.000,00.
- Juros e Encargos da Dívida ..................................................................................................................... R$ 45.000,00.
- Inversões Financeiras - Aquisição de Imóveis ............................................................. ............................. R$ 2.000.000,00.
Pagamento de Restos a Pagar Processados, referentes a despesas correntes........................................... R$ 800.000,00.
Depreciação de bens móveis e imóveis ...................................................................................................... R$ 390.000,00.
Aumento da Dívida Fundada ......................................................................................... R$ 65.000,00 (por variação cambial).
Recebimento de Depósitos Cauções ............................................................................................................ R$ 35.000,00.

Informações Adicionais:

- A despesa com Pessoal e Encargos é relativa aos servidores que prestam serviços à sociedade, com a manutenção das atividades
governamentais.

- Do material de consumo adquirido, foram consumidos R$ 4.000.000,00 em 2012 e não havia estoque inicial em 2012.

- Os serviços de consultoria foram prestados em 2012.

- Os juros e encargos são referentes ao exercício de 2012.

Com base no regime de competência, o resultado patrimonial do exercício financeiro de 2012 foi, em reais,

a) 2.595.000,00.

b) 3.195.000,00.

c) 2.365.000,00.

d) 1.445.000,00.

e) 2.280.000,00.

04 Q240393 Contabilidade Pública Contabilidade Pública - Noções Introdutórias

Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TRT - 6ª Região (PE)Prova: Analista Judiciário -
Área Administrativa

A Prefeitura ABC apresentou as seguintes informações relativas a Receitas e Despesas:

Em R$ (mil)
- IPTU vencido em 2011 recebido em 2012 ......................... 10.000,00 - ISS de 2012 recebido em
2012.......................................... 20.000,00 - Despesa empenhada em 2011 e paga em 2012................
15.000,00 - Despesa empenhada em 2012 e paga em 2012................ 5.000,00

Com base nessas informações e de acordo com o regime contábil misto, o resultado do exercício de 2012 foi, em
R$ (mil),

a) 5.000,00

b) 10.000,00

c) 15.000,00

d) 20.000,00

e) 25.000,00

05 Q232746 Contabilidade Pública Contabilidade Pública - Noções Introdutórias

Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TRE-SPProva: Analista Judiciário -


Contabilidade

De acordo com a Resolução CFC nº 1.111/2007, o 13º Salário dos Servidores Públicos deve ser reconhecido como
despesa pela entidade pública quando

a) da fixação da despesa no orçamento.

b) da emissão da nota de empenho.

c) do pagamento aos servidores.

d) da obtenção do direito pelos servidores.

e) da programação financeira de desembolso.

06 Q215511 Contabilidade Pública Contabilidade Pública - Noções Introdutórias

Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TJ-PEProva: Analista Judiciário -


Contabilidade
Em um governo municipal e conforme o regime orçamentário, a receita oriunda dos Impostos sobre Serviços deve
ser reconhecida quando de

a) sua previsão.

b) sua atualização da previsão.

c) seu lançamento.

d) sua arrecadação.

e) seu recolhimento.

07 Q85129 Contabilidade Pública Contabilidade Pública - Noções Introdutórias

Ano: 2011 Banca: FCC Órgão: TRT - 24ª REGIÃO (MS)Prova: Analista Judiciário -
Área Administrativa

O regime orçamentário aplicado ao reconhecimento da receita é o

a) financeiro.

b) misto.

c) de competência.

d) patrimonial.

e) de caixa.

08 Q80009 Contabilidade Pública Contabilidade Pública - Noções Introdutórias

Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: TRT - 22ª Região (PI)Prova: Analista Judiciário -
Área Administrativa

Pelo regime de competência,

a) as receitas e as despesas não são atribuídas aos exercícios de acordo com a real incorrência.

b) a receita é reconhecida no período em que é arrecadada e a despesa paga nesse mesmo período.

c) as receitas e as despesas são atribuídas ao exercício de acordo com o recebimento ou pagamento em


dinheiro.

d) as receitas por arrecadar e as despesas empenhadas e as liquidadas, porém não pagas, são
transferidas para o orçamento do exercício financeiro seguinte.

e) as receitas e as despesas são atribuídas aos exercícios, de acordo com a data do fato gerador.

09 Q59114 Contabilidade Pública Contabilidade Pública - Noções Introdutórias

Ano: 2010 Banca: FCC Órgão: TRT - 9ª REGIÃO (PR)Prova: Analista Judiciário -
Área Administrativa

Na contabilidade pública, o reconhecimento da receita no período em que é arrecadada e o pagamento da


despesa, nesse mesmo período, é denominado regime

a) de competência.

b) de caixa.

c) orçamentário.

d) de ajuste contábil.

e) de resto a pagar.

10 Q25420 Contabilidade Pública Contabilidade Pública - Noções Introdutórias

Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: TJ-PIProva: Técnico Judiciário -


Contabilidade

A contabilidade pública no Brasil adota o regime

a) de caixa para as receitas e despesas.

b) de competência para as receitas e despesas.


c) de caixa para as despesas e de competência para as receitas.

d) de competência para as despesas e de caixa para as receitas.

e) de caixa para as receitas e de competência para as despesas, exceto as despesas financeiras que
serão lançadas segundo o regime de caixa.

11 Q25433 Contabilidade Pública Contabilidade Pública - Noções Introdutórias

Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: TJ-PIProva: Analista Judiciário -


Contabilidade

As normas de contabilidade pública no Brasil prescrevem a utilização do regime

a) de caixa tanto para despesas quanto para receitas.

b) de competência tanto para despesas quanto para receitas.

c) de caixa para as despesas e regime de competência para as receitas.

d) misto tanto para despesas quanto para receitas.

e) de competência para as despesas e regime de caixa para as receitas.

12 Q136139 Contabilidade Pública Contabilidade Pública - Noções Introdutórias

Ano: 2009 Banca: FCC Órgão: TJ-SEProva: Analista Judiciário -


Contabilidade

Em relação ao reconhecimento da receita orçamentária, podemos afirmar que no Brasil é adotado o Regime

a) de Competência.

b) de Caixa.

c) Ecônomico.

d) Escritural.

e) Patrimonial.

13 Q24261 Contabilidade Pública Contabilidade Pública - Noções Introdutórias

Ano: 2006 Banca: FCC Órgão: TRT - 4ª REGIÃO (RS)Prova: Analista Judiciário -
Contabilidade

Contabilidade orçamentária no momento do empenho é fato que denota o regime

a) de caixa da despesa pública.

b) de competência da despesa pública.

c) misto do registro orçamentário.

d) de caixa da receita pública.

e) de competência da receita pública.

14 Q9931 Contabilidade Pública Contabilidade Pública - Noções Introdutórias

Ano: 2005 Banca: FCC Órgão: TRE-RNProva: Técnico Judiciário -


Área Administrativa

A Contabilidade Pública no Brasil adota o regime contábil

a) de caixa para receitas; regime de competência para despesas.

b) misto para despesas; regime de competência para receitas.

c) de competência para receitas; regime de caixa para despesas.

d) de caixa para despesas; regime misto para receitas.

e) misto para despesas; regime de caixa para receitas.

Respostas 01: 02: 03: 04: 05: 06: 07: 08: 09: 10: 11: 12: 13: 14: