Sei sulla pagina 1di 4

Lista de exercícios - Força elástica

(*) Para todos os exercícios a seguir, considere o seguinte: Não há rotação dos blocos
em hipótese alguma. Considere-os, portanto, pontos materiais!

1) Um bloco, preso à extremidade livre de uma mola vertical, executa


um movimento oscilatório. Em certo instante, evidenciado na figura a
seguir, a mola encontra-se comprimida e o bloco está subindo com
velocidade v
⃗ . Para o instante em questão, represente na figura o
esquema das forças atuantes no bloco.

2) O sistema ao lado é formado por:

- um fio inextensível e uma mola, ambos de massas


desprezíveis;
- dois suportes horizontais, também de massas desprezí-
veis, atrelados às extremidades da mola;
- uma roldana ideal;
- um bloco de massa 80 kg.

A força horizontal F⃗ , que tensiona o fio, mantém o bloco


suspenso em equilíbrio estático. Os suportes referidos
permanecem na horizontal a todo momento (não havendo
rotação, portanto). Como g = 10 m/s² e ΔS = 20 cm
(distensão da mola), é correto afirmar que a constante
elástica da mola vale...

3) Do sistema mostrado a seguir, inicialmente em equilíbrio estático,


as molas, ideais, têm, cada uma, constante elástica igual a 2000 N/m
e comprimento natural (não comprimidas ou distendidas) de 10 cm.
Quando soltos, os blocos A e B caem verticalmente, esticando as
molas. Se cada um dos blocos tem massa igual a 5,0 kg, então, a
soma dos comprimentos das molas completamente distendidas e
paradas, L1 + L2 , em m, vale...

(Dado: Considere g = 10 m/s2)


4) No sistema ao lado, não há
qualquer atrito. O fio, a mola
e as polias são ideais. Os
corpos A e B encontram-se
em equilíbrio quando a mola
M, de constante elástica k =
200 N/m, está distendida,
com deformação de 5,0 cm.
Assim, qual é a massa do
corpo A?

(Dado: Considere g = 10 m/s2)

5) Um bloco de massa 5 kg está parado sobre um


plano inclinado. O plano possui uma inclinação de
30° com a horizontal. O bloco encontra-se preso a
uma mola de constante elástica k = 100 N/m, como
mostra a figura ao lado. Desprezando-se o atrito
entre o bloco e o plano inclinado:

a) represente as forças que atuam no bloco;


b) calcule a deformação da mola para tal situação.

(Dado: Adote g = 10 m/s2)

6) Na figura ao lado:

- o fio é inextensível e horizontal;


- a massa do corpo 1 é m1 = 5 kg;
- a massa do corpo 2 é m2 = 10 kg;
- a mola tem constante elástica k =
1000 N/m e forma um ângulo de
45° com a horizontal;
- o coeficiente de atrito entre os cor-
pos 1 e 2 e entre o corpo 2 e o solo é
μ = 0,1.

Se a mola é deformada de 10 cm, a aceleração adquirida pelo corpo 2 é, em m/s²...

(Dado: Adote g = 10 m/s²)


7) Um bloco de massa m está preso a uma mola ideal, como indica a
figura ao lado.

Quando solto, o bloco cai verticalmente, esticando a mola.


Desprezando-se quaisquer efeitos do ar atmosférico, quando o bloco
atinge sua velocidade máxima, a deformação da mola vale...

Considere “k” a constante elástica da mola; considere, também, que


inicialmente a mola encontra-se sem deformação alguma.

8) O gráfico ao lado mostra como varia a


intensidade da força de tração aplicada em
uma mola em função da deformação (x)
estabelecida:

Determine:

a) a constante elástica da mola (em N/m);


b) a intensidade da força de tração para a
deformação de 5,0 cm.

9) Na montagem do esquema, os blocos A e B têm pesos iguais a 100 N cada um:

A indicação do dinamômetro ideal, que está graduado em newtons, é de:

a) 400 N. b) 200 N. c) 100 N. d) 50 N. e) zero.

10) (UFRGS) Um dinamômetro fornece uma leitura de


15 N quando os corpos x e y estão pendurados nele,
conforme mostra a figura. Sendo a massa de y igual ao
dobro da de x, qual a tração na corda que une os dois
corpos?
11) (UFRN) No gráfico seguinte, estão representadas as distensões (∆x) de dois
elásticos (x e y) em função do módulo (F) da força de tração aplicada em cada um deles
separadamente:

a) Suponha que os elásticos sejam associados em série (“x” é o da esquerda e “y”, o da


direita), como mostra a figura abaixo. Qual é o valor da constante elástica deste sistema
em N/cm?

b) Se os elásticos forem associados em paralelo (“x” é o de cima e “y”, o que está


embaixo), como mostra a figura a seguir, qual será o valor da constante elástica do
sistema em N/cm?

12) (FEI-SP) O bloco da figura, de massa m =


4,0 kg, desloca-se sob a ação de uma força
horizontal constante de intensidade F. A mola
ideal, ligada ao bloco, tem comprimento
natural (isto é, sem deformação) L0 = 14,0 cm
e constante elástica k = 160 N/m.

Desprezando-se as forças de atrito e sabendo-se que as velocidades escalares do bloco


em A e B são, respectivamente, iguais a 4,0 m/s e 6,0 m/s, qual é, em centímetros, o
comprimento da mola durante o movimento?