Sei sulla pagina 1di 2

Para quem procura emprego na publicidade

O CV
Se você está procurando emprego em publicidade, é bom saber que um portfolio não
substitui um bom currículo. Mas por que ele é tão importante?

Como o próprio nome diz, curriculum vitae significa “curso da vida”. Ele é o primeiro
contato entre você e a empresa para a qual você está se apresentando. Nele está contida
toda a sua trajetória acadêmica e profissional, portanto, é de suma importância que
contenha informações organizadas, bem distribuídas e diga exatamente de onde você
veio e aonde você quer chegar. Confira algumas dicas para torná-lo mais atraente.

Seja objetivo
Como a oferta de profissionais geralmente é muito maior do que o número de vagas,
quem está recrutando tem que analisar muitos currículos. Portanto, pense nisso na hora
de descrever sua experiência profissional. Diga suas melhores qualidades, mas seja
objetivo.

Se você não tem experiência profissional, destaque seus objetivos profissionais e


formação acadêmica
Um bom desempenho na faculdade pode contar muitos pontos a favor do candidato que
ainda não possui experiência na área. Também vale citar a participação em projetos
estudantis, empresa júnior e trabalhos acadêmicos bem sucedidos.

Se você já possui experiência profissional, relate apenas as mais recentes


Provavelmente o recrutador não terá tempo de analisar uma extensa lista de empresas
nas quais você já trabalhou. Citar as três últimas é suficiente para que ele tenha uma
noção da sua atuação profissional e ascensão na carreira.

Mantenha o foco no cargo desejado


Se você procura emprego como redator publicitário, não vale a pena colocar no seu
currículo que você foi office-boy. Caso julgue que esta informação é extremamente
importante, deixe para citá-la na entrevista. Coloque no currículo apenas o que diz
respeito à área de atuação.

Atenção aos detalhes


Linguagem informal, erros gramaticais e de ortografia são itens que podem prejudicar o
profissional. Fique atento à redação e lembre-se que o conjunto de detalhes é que vai
determinar o seu futuro. Organização também é fundamental.

Acima de tudo, seja sincero


Só coloque que possui inglês fluente se realmente possuir. Lembre-se que a verdade
sempre vem à tona e uma informação falsa pode comprometer sua carreira profissional
para sempre.
O portfolio
Quem contrata um publicitário sabe que um bom portfolio conta muitos pontos a favor do
candidato. Por isso, na hora de preparar o seu, preste atenção em alguns detalhes
importantes:

Mantenha o foco no cargo desejado


Se você deseja atuar como redator, não adianta colocar peças com uma excelente
direção de arte porém sem texto. Se o cargo pretendido é direção de RTV, não adianta
um monte de peças impressas. Se a pretensão é trabalhar com planejamento, relate junto
com os anúncios a forma como você atuou na campanha. E por aí vai.

Seja objetivo
Separe apenas suas peças principais. Não encha o portfólio com peças pouco
expressivas apenas para fazer volume. Comece sempre pela mais impactante. Para
saber qual o seu melhor anúncio, peça aos seus amigos (prováveis consumidores do
produto em questão) que opinem sobre eles e elejam o melhor. Lembre-se que sua
opinião nem sempre é a mais indicada: o importante é a opinião do consumidor que será
alvo do anúncio.

Procure adequar seu material às necessidades da empresa


Se a agência para a qual você enviará seu portfolio é especializada no mercado
imobiliário e você já produziu anúncios neste segmento, dê mais destaque a eles. Caso
não tenha peças no segmento específico, procure selecionar por ramo de atividade
(anúncios de varejo, prestadores de serviços, publicidade institucional, profissionais
liberais, etc)

Tenha uma versão on-line


Hoje em dia é cada vez mais comum as empresas contratarem pela internet. Por isso, é
indispensável que você tenha um portfolio na rede, evitando assim entupir a caixa de e-
mails de quem está fazendo a seleção.

Fonte: www.vitrinepublicitaria.net