Sei sulla pagina 1di 20

14/10/2016

Tecnologia em Processos Químicos


Disciplina: Geologia e Mineralogia
Profa. Dra. Fabiana Corbi

Aula 11
Minerais Composição e Simetria
 Retículos Cristalinos

Identificação do grupo pontual molecular

BeH2 NFH2 BF3 2

1
14/10/2016

2
14/10/2016

O que é cristalografia?
Cristalografia é a ciência que abriga o estudo da estrutura e
propriedade do estado cristalino.

Cristal
Um cristal consiste em
átomos arranjados em um
padrão que se repete nas Monocristais de NaCl
três dimensões espaciais.

Cristais Formados naturalmente pela deposição


de uma substância em sua fase sólida.

Monocristais de insulina

Quartzo policristalino

Forma do cristal fala sobre a estrutura cristalina dos átomos que o constituem.

Simetria 6

3
14/10/2016

Aplicações da teoria de grupo

Os elementos de simetria impõem certas regras nas


propriedades químicas e físicas das moléculas

Isso também acontece na disposição dos átomos em um


sólido ou cristal

Sistemas cristalinos

Sistemas cristalinos

4
14/10/2016

Retículo

Cela unitária

10

5
14/10/2016

Cela unitária

α – ângulo entre b e c β – ângulo entre c e a γ – ângulo entre b e a

a, b e c – parâmetros de rede da cela unitária


11

Planos cristalinos

12

6
14/10/2016

Classificação dos planos cristalinos


A interceptação dos planos cristalinos nos eixos da cela unitária gera os indíces de Miller.

Índices de Miller: (hkl)

13

Índices de Miller - exemplos


c
x = 1; y = ∞; z = ∞

a b

(hkl) → (100)
14

7
14/10/2016

Índices de Miller - exemplos

b
x=1
y=1
z=∞
a c

(hkl) → (110)
15

Índices de Miller - exemplos

b
x = -1
y=∞
z=∞
a c

16

8
14/10/2016

Índices de Miller - exemplos

b
x = 1/2
y=∞
z=∞ a c

(hkl) → (200)
17

Índices de Miller - exemplos

b
x = 1/2
y=1
z=1
a c

(hkl) → (211) 18

9
14/10/2016

Índices de Miller - exemplos

b
x=1
y=1
z=1 a c

(hkl) → (111) 19

Índices de Miller: (hkl)

a c

→ Intersecção dos planos no eixos da cela unitária - classificação


→ Sempre será os menores números inteiros possíveis

20

10
14/10/2016

Distâncias interplanares

21
21

Distâncias interplanares

22

11
14/10/2016

Distâncias interplanares

hkl

d
d

23

Distâncias interplanares
Os índices de Miller ditam a distância entre os planos semelhantes

24

12
14/10/2016

Distâncias interplanares
Os índices de Miller dita a distância entre os planos semelhantes

25

Distâncias interplanares
Os índices de Miller dita a distância entre os planos semelhantes

26

13
14/10/2016

Difração de raio - X
Difração da luz
fendas

Fonte de luz
monocromática

Isso só acontece quando o λ é da mesma ordem de grandeza do tamanho da fenda


27

Difração de raio - X


?

28

14
14/10/2016

Difração de raio – X para policristais

29

30

15
14/10/2016

Difração de raio - X
Sistemas policristalinos – Lei de Bragg
Interferência
construtiva

31

Difração de raio - X

→ O ângulo incidente ω é definido entre a fonte de raio x e o detector

→ O ângulo de difração 2θ é o ângulo entre o feixe incidente e o difratado

coletado no detector 32

16
14/10/2016

Difração de raio - X
→ Fontes de raios X
* Gerados acelerando elétrons a velocidades muito altas e então
permitindo que eles atinjam um alvo metálico.
* Os elétrons rápidos acertam elétrons que ocupam orbitais das
camadas internas dos átomos e os retiram do átomo.
* Colisão – vacância no átomo, que é preenchida quando um outro
elétron, de outra camada, salta para a valência.
* Este salto é acompanhado pela emissão de um fóton de alta
energia, correspondente à região dos raios X.

http://www.pontociencia.org.br/galeria/?content%2FFisica%2FOptica%2FEspectro+Eletromagnetico.jpg
33

Difração de raio - X

34
http://slideplayer.com.br/slide/1750662/

17
14/10/2016

Difratômetro de raio - X

XRD-7000
Difratômetro de Raios X

XRD-7000L
XRD-7000S
Potência Raios
3KW 3KW
X
Goniômetro Theta-Theta Theta-Theta
200mm a 200mm a
Raio
275mm 275mm
0.0001 grau 0.0001 grau
Passo Mínimo
(Theta) (Theta)
-6 a +82 (Theta -6 a +82
Faixa
S) (Theta S)
-6 a +132 (Theta -6 a +132
D) (Theta D)
ThetaS/ThetaD ThetaS/Thet
acoplado aD acoplado
Modo
Identificação de fases ThetaS/ThetaD
ThetaS/Thet
aD

Quantificação de fases independente independent


e

Percentagem (%) de cristalinidade Veloc. Retorno


500 graus/min
(Theta)
500
graus/min
(Theta)
Tamanho e tipo de cristal 0.05 a 0.05 a
Veloc.
25graus/min 25graus/min
Refinamento do parâmetro Lattice Varredura
(Theta) (Theta)

Refinamento de Rietveld Dist. Raios X


(eixo)
85mm 220mm

Estrutura molecular Gabinete


1120(L)X1049(P)
X1790(A)
35
1120(L)X104
9(P)X1790(A
)

Difração de raio - X
TiO2

Rutilo Anatase Brookita


Tetragonal Tetragonal Ortorrombico
P42/mnm I41/amd Pbca
36

18
14/10/2016

Difração de raio - X
Mistura de fases
I41/amd
Pcab
P 4/mnm
Intensidade


37

http://www.comunitexto.com.br/o-que-e-um-sistema-cristalino/#.V-j-9PkrLIW

19
14/10/2016

Difração de raio - X

http://entendendoageologiaufba.blogspot.com.br/ 39
2012/03/introducao-mineral-e-um-solido.html

20