Sei sulla pagina 1di 13

A CURA PELOS SONS - SESSÃO 1 - INTRODUÇÃO

Olá a todos. Eu estou muito feliz em ter a oportunidade de dar esses ensinamentos no
youtube. Eu gostaria de explicar sobre o meu livro Tibetan Sound Healing, que foi publicado a
pouco tempo pela editora Sounds True. Então qualquer pessoa que queira praticar isso é uma
oportunidade de acompanhar essas seis sessões. A 1 a sessão é a introdução, a 2a sessão vamos
começar com “A”, a 3a será “OM”, a 4a será “HUNG”, a 5a será “RAM”, a 6a será “DZA”. Cada
sílaba será uma sessão de prática. Então você pode praticar por uma semana ou um mês trabalhando
basicamente em uma sílaba-semente e então preparar as fundações para a próxima sílaba. É assim
que nós vamos trabalhar.
Esses ensinamentos vêm da antiga tradição Bön, Tonpa Shenrab Miwoche, o fundador da
religião Bön, ensinou esses ensinamentos. Eles são conhecidos como “as sílabas-sementes
guerreiras”. Há cinco sílabas-sementes guerreiras. A razão pela qual são chamadas sílabas-sementes
guerreiras é porque elas têm o poder de superar as negatividades que se manifestam na nossa vida.
Seja externamente com uma forma, em situações em que nos deparamos, doenças que aparecem,
inimigos ou obstáculos que encontramos durante a vida. Seja internamente, em que experimentamos
muitas emoções, dúvidas, pensamentos, sensações, os quais algumas vezes se tornam obstáculos
para a nossa existência, para nosso potencial, para o nosso bem-estar. E lá no fundo nós
experimentamos falta de confiança, dúvida. Então, seja mais profundamente, onde há falta de
confiança e dúvidas, ou então há um pensamento, uma forma de emoção que experimentamos, os
quais internamente se tornam obscurecimentos de nós mesmos, ou se manifestam externamente
como negatividades. Seja como for, essas sílabas-sementes vão nos ajudar a superar diferentes
níveis. Então a prática é sobre isso e essa será a minha abordagem para ensiná-la.
Antes de nos aprofundarmos, eu gostaria de dizer que essa prática deve ser bem pessoal,
bem atualizada à sua vida, a situações pessoais. Não é uma teoria, ou lógica, ou ideias, planos ou
projetos. Trata-se de agora mesmo, do modo como vivemos nossas vidas, as experiências que
estamos tendo em nossas vidas, particularmente experiências que estão se tornando obstáculos e
interferindo com nossas vidas. É o método de superar essas negatividades. Nós precisamos
reconhecer quais são esses obstáculos na nossa vida de agora mesmo, na nossa situação de vida
pessoal de agora mesmo. Desse modo é importante reconhecer as características desses
ensinamentos.
Um exemplo. Geralmente nós podemos trabalhar com as chamadas “Quatro Qualidades
Incomensuráveis” na tradição Bön: amor, compaixão, equanimidade e alegria. Mas eu gostaria de
focar em uma, que é amor. Agora mesmo no mundo nós encontramos muitas guerras, conflitos e
você pode observar que há uma enorme necessidade de amor no mundo de hoje, na sociedade de
hoje, nas famílias, em si próprio. Nós definitivamente precisamos de experiências de amor. A forma
como podemos experimentar amor é refletí-lo em nós mesmos. Caso contrário, nós podemos ver
hoje no mundo que guerras começam em nome do amor. Em nome do amor as pessoas começam
guerras. Em nome da paz as pessoas começam guerras. Em nome de segurança e tranquilidade
pessoas começam guerras. A razão por que há guerras é que estamos todos focando no mundo
externo, nós não estamos tentando sentir e conectarmo-nos com essa qualidade dentro de nós
mesmos. Se você conecta com essa qualidade dentro de si mesmo, você pode sentir essa conexão ao
seu redor, entre nós, então em um sentido mais amplo, há uma chance de sentir essa qualidade de
forma pervasiva, de sentir mais amor e paz.
Tendo dito isso, eu gostaria que você refletisse sobre você mesmo. Por exemplo, o que está
acontecendo na sua vida em relação ao amor? Alguma vez você suprimiu raiva na sua vida?
Quantas vezes você suprimiu raiva na sua vida? Há quanto tempo você está segurando isso? Ou, ao
contrário, quão facilmente você expressa raiva? Quão facilmente você expressa raiva? Quão
facilmente você fica agitado? Agora mesmo na sua vida, de quem você está morrendo de raiva, se
sentindo bravo ou sentindo desconforto, agitação, inquietação, tensão. Esse é o espaço sobre o qual
nós precisamos refletir. Mas não vamos começar com as pessoas ou situações mais difíceis. Eu não
estou tentando dizer que essa é uma prática de transformar seu inimigo em um amigo, o que é
completamente possível, mas agora mesmo não vamos começar com isso. Agora mesmo nós vamos
começar com coisas mais fáceis. Então em relação a quem você está sentindo tensão, desconforto,
raiva? Essa pessoa é a pessoa pela qual você quer desenvolver amor e gentileza. Simplesmente
reflita sobre essa situação.
Para sentir amor espontâneo, capaz de dizer algo legal espontaneamente, sentir algo legal,
falar algo legal, fazer algo legal. Para sentir essa qualidade na fala e ação espontaneamente, a única
forma de sentir isso será superar a raiva, a inquietação, a agitação. Esse é o único modo. A prática
aqui com “A” vai superar isso. Com “A” nós vamos limpar isso. Com o “OM”, na garganta, nós
vamos sentir e conectarmo-nos. Com “HUNG”, no coração, nós vamos sentir a presença da
qualidade dentro de nós mesmos, neste caso o amor. Com “RAM”, no umbigo, nós vamos cultivar
essa qualidade de amor com a qual nós conectarmo-nos. Com “DZA”, no chacra secreto, nós vamos
permitir e manifestar essa qualidade, manifestar espontaneamente essa qualidade na nossa vida.
Dessa forma, de “A” até “DZA”, do espaço à ação, a prática se completa.
A CURA PELOS SONS - SESSÃO 2 – SÍLABA-SEMENTE “A”

Esta é a 2a sessão. A sessão de “A”. [Apontando para os chakras] O chakra coronário e


terceiro olho, corpo, corpo imutável; fala incessante; coração puro; qualidades aperfeiçoadas; e no
chakra secreto, ações espontâneas. Nesta sessão nós vamos falar sobre “A”. Então uma vez que
você se conecta, que você percebe a raiva, a agitação, a raiva suprimida ou a agitação, a raiva ativa
em sua vida, particularmente em relação às pessoas que você ama, é com isso que você vai
trabalhar. Então como você faz isso? Como você trabalha com isso?
Primeiro, você se senta confortavelmente, de preferência na chamada “posição dos cinco
pontos” ou com as pernas cruzadas, ou sente-se confortavelmente. E conecte-se com essa
inquietação, semente da emoção de raiva. O que significa: sinta-a da forma que você sente no seu
corpo. Sinta-a da forma como você sente na sua respiração. Sinta-a da forma como você sente na
sua mente. Sinta-a sem julgá-la, sem analisá-la, sem elaborações. Apenas sinta completamente,
agora mesmo, neste momento, neste momento, no seu lugar. E gradualmente você traz a atenção
para o terceiro olho, enquanto você está sentindo, enquanto você está consciente da inquietação, da
raiva. E do lugar profundo, vendo o som sagrado, o som guerreiro “A”.
[mantra]
Cante continuamente nos próximos 5 a 10 minutos, enquanto você o canta, apenas imagine
e sinta a estrutura da emoção de raiva sendo solta no espaço, internamente sentindo-se mais livre,
mais e mais livre. Como ao descobrir um céu claro, você está vendo um profundo céu claro no
deserto. Você está respirando esse profundo céu claro. Você está sendo esse profundo céu claro.
Sentindo-se totalmente aberto e descanse nessa abertura sem nenhuma elaboração. Isso é como
encontrar o divino dentro de si. Isso é como ver a nudez de si mesmo. Isso é como conectar-se com
a fonte de todo o conhecimento dentro de si mesmo. Apenas sinta e descanse neste espaço,
tornando-se mais familiarizado. Permita-se tornar-se mais familiarizado. Quanto mais familiarizado
você se torna, mais forte a cura acontece.
Conecte-se com a raiva internamente, a raiva que você experimenta na sua vida, essa raiva,
essa exata raiva, conecte-se internamente e traga sua atenção para o 3 o olho, cante o som “A” e
libere-a, libere-a, libere-a. Até que você ache aquele espaço. E uma vez que você achou aquele
espaço você descansa nesse espaço por 5 minutos, 10 minutos, 15 minutos, e repita isso algumas
vezes por dia.
Então esse é o remédio fundamental. É quase como uma prescrição: se você não toma esse
remédio, você não vai realmente... isso não vai realmente te ajudar a curar-se. Não vai te ajudar a
realmente experimentar amor, não vai te ajudar a realmente conectar-se com alguém com uma
completa experiência de amor. Então a única forma de sentir amor espontâneo nas ações e fala em
sua vida será ter amadurecido o amor. E a única forma de sentir o amor maduro é tendo
experiências, sentimentos de amor no seu coração. E a única forma de sentir essas experiências de
amor no seu coração será sentindo uma sensação de completude no seu ser. E a única forma de
sentir completude no seu ser será ao não ter obscurecimentos no seu ser, tais como a raiva. A raiva
não está obscurecendo o seu ser e portanto você se conecta com você mesmo, portanto você se sente
completo. Se você se sente completo você sente as qualidades do amor presentes na sua vida. Se
você sentir isso com frequência, elas vão amadurecer, se elas amadurecerem elas vão
espontaneamente manifestar-se na fala e na ação. Então esse é o dever de casa. Então o 1 o dever de
casa é com o “A”, que você pode fazer até a próxima sessão, continue trabalhando com “A” e sinta
que a sua vida está mais liberta de raiva. Obrigado.
A CURA PELOS SONS - SESSÃO 3 – SÍLABA-SEMENTE “OM”

Olá! Então, esta é a continuação das sílabas-sementes guerreiras, a prática dos sons tibetanos
de cura. Para entender esta sessão, você precisa escutar a introdução e também a parte de “A”. Esta
é a sessão de “OM”, trabalhando com o chakra da garganta. Sentindo um profundo senso de
completude, basicamente tentando conectar com a completude de si, ou descobrir a completude e
conectar e familiarizar-se, e perceber essa qualidade dentro de si.
O que nós fazemos aqui? Primeiro de tudo, se você já reconheceu sua raiva, na sua vida
pessoal, sem analisar, sem julgar sua raiva, conectando-se diretamente com sua raiva, e trabalhando
com o som “A”, enquanto você traz sua atenção para o 3o olho ou o chakra coronário, liberando
essa raiva, liberando o prana relacionado a essa raiva. E uma vez que você sentiu que a raiva e o
prana relacionado são libertos ou cessam, ao cessar essa raiva ou o prana relacionado, você
descansa nessa clareza, nessa abertura. Isso é o que a gente fez na última sessão: tentar aprender a
descansar nessa abertura algumas vezes por dia, em práticas formais e informais. Então uma vez
que você atingiu esse hábito, familiaridade com essa abertua, então você começa esta sessão.
Você traz sua atenção para o chakra da garganta e sinta continuamente um senso de espaço e
abertura, enquanto você traz a atenção para a garganta. Esse espaço, essa abertura, não é somente
aberto. Aqui você está vendo a luz, você está descobrindo a consciência. O céu não é somente
limpo, tem a presença da luz do sol. O espaço não é somente limpo, há uma presença de luz. Então
enquanto você traz sua atenção para a garganta, você sente não apenas a abertura, você sente
luminosidade nessa abertura. Você está consciente dessa luminosidade nessa abertura. Enquanto
você canta o som “OM”, você está experienciando a luminosidade dentro da abertura, ou a luz no
espaço, a luz do sol no céu limpo como cristal.
Relaxe seu corpo, traga a atenção para sua garganta e cante o som guerreiro “OM”.
Enquanto você canta, continuamente sinta a presença de luz, luminosidade, a luz do sol no céu do
deserto.
[OM]
Continuamente sinta a luminosidade, a luz, a consciência, a luz do sol no céu do deserto.
Essas luzes, a luminosidade, o sol, são descobertos porque você já descobriu o espaço. Enquanto
você mantém sua atenção na garganta, enquanto você continuamente sente a presença da luz, a
presença da consciência. Ao mesmo tempo, você sente uma profunda sensação de completude.
Nada está faltando neste momento da minha vida. Eu sou completo como eu sou. Claro que é fácil
dizer isso. É ainda mais fácil sentir isso se você está descobrindo a consciência nessa abertura. É
mais fácil de descobrir a consciência nessa abertura ou a luminosidade nesse espaço, se você liberou
o prana e a raiva com o som “A”. Então é assim que funciona. Espero que este seja o caso, espero
que você esteja experienciando verdadeiramente esta consciência e verdadeiramente experienciando
essa luminosidade. Nessa experiência você traz a sensação de se sentir completo. Algumas vezes
reflita, contemple, e diga: “eu estou completo. Nada está faltando na minha vida”.
O trabalho com “OM” traz essa sensação profunda de completude. A coisa errada de fazer é
tentar sentir amor enquanto você está com raiva. E as pessoas fazem isso com frequência. Muito
frequentemente as pessoas forçam-se a amar uma certa pessoa, mas internamente você não ama
essa pessoa, você não liga para essa pessoa. Mas isso não significa que você não vai mudar, isso
não significa que você não vai liberar essa raiva, que você não vai ser capaz de abrir-se a essa
pessoa, que você não vai conseguir sentir alguma amorosidade por essa pessoa, que você não será
capaz de agir de forma amorosa com essa pessoa. Tudo é possível de mudar mas não muda
imediatamente, há uma sequência de causas e condições que você tem que preparar a fim de realizar
essas mudanças.
A conclusão da sessão de “OM” será: a qualquer momento que você se sentir com raiva,
agitado em sua vida, reconheça, sem julgar, trabalhe com o som “A” no chakra coronário e tente
liberá-lo continuamente até você sentir uma sensação de limpeza, abertura. E então nesta abertura
traga a atenção para sua garganta, sentindo essa abertura, sentindo o céu limpo, e continuamente,
sem julgar ou analisar, descansando nesse céu limpo, no espaço aberto estará descobrindo a luz do
sol no céu do deserto. Descobrindo luz nesse espaço, luminosidade nessa abertura. Então esta é a
chave aqui: descubra isso e descanse nessa luminosidade e sinta um profundo senso de completude,
de que nada está faltando na sua vida. Apenas sinta, descubra essa sensação: nada está faltando na
minha vida.
Então essa é a experiência a ser cultivada: a consciência de que nada está faltando, de que as
coisas como são já são completas. Desenvolva essa consciência o máximo possível nas práticas
formais e informais até a próxima sessão, na qual nós veremos o que nós vamos descobrir nesse
espaço, nessa luz. Que qualidades nós vamos descobrir nesse espaço, com essa luz, é o amor que
nós vamos descobrir, no coração, e essa será a próxima sessão.
A CURA PELOS SONS - SESSÃO 4 – SÍLABA-SEMENTE “HUNG”

Bem- vindos à 3a sessão da prática das sílabas-sementes guerreiras. Eu espero que todos
vocês tenham praticado, que tenham tido tempo suficiente para praticar “A” e “OM”. Esta é a
sessão de “HUNG”, trabalhando com o chakra do coração. Então basicamente, trabalhando com
“HUNG”, com a sílaba-semente guerreira “HUNG” no chakra do coração é para descobrir a
qualidade de amor, compaixão, equanimidade, alegria dentro do nosso próprio coração, dentro de
nós mesmos. Então se você tem trabalhado claramente com situações específicas que você tem
trabalhado e conseguido liberar um pouco da raiva, você vai definitivamente sentir mais uma
sensação de espaço, de abertura. Ao trabalhar com “A”, se você tem trabalhado com “A” desta
forma, vai definitivamente criar uma forma de suporte para trabalhar com “OM”, para sentir mais
espaço, mais luz nesse espaço, como de manhã cedo, você vê um céu limpo, sem nuvens, e quando
você vê o céu limpo você acorda, a luz vem, o sol começa a brilhar, e quando você está acordado o
suficiente, experimenta a luz do sol, você começa a sentir o calor da luz do sol, e ver onde a luz do
sol toca: se toca uma árvore, ela ilumina a árvore; se toca uma montanha, ela ilumina a montanha.
Onde quer que ela toque, ela ilumina a escuridão dos objetos, da natureza.
Da mesma forma, se você tem liberado sua raiva, você começa a sentir mais espaço. Se você
começa a sentir mais espaço você começa a sentir mais luz, e se você começa a sentir mais luz,
então, claramente, fazendo a prática desta sessão, você vai começar a sentir mais a qualidade do
amor no seu coração. Eu espero que você tenha trabalhado com “A” e com “OM” e agora espero
que você esteja pronto para trabalhar com “HUNG”. Neste caso, o que nós queremos fazer é trazer
a atenção para o chakra do coração, basicamente esta é a área. Como nós temos feito sempre,
atenção clara e aberta. Clara significa sem pensamentos, sem julgamentos, sem análise, sem críticas
em relação a alguém ou a você mesmo, mas claramente você permite sua emoção, você a libera,
você sente espaço, sente luz. Neste caso, quando você traz sua atenção aberta ao seu coração você
vai sentr dentro desse espaço e dessa luz, você vai começar a experimentar de repente uma
qualidade que existe, traga sua atenção lá, no seu coração, sem julgamento, sem análise, em uma
posição confortável. Se possível, a posição dos 5 pontos, pernas cruzadas, coluna ereta, peito aberto,
pescoço levemente baixo, sinta o espaço no coração, a luz nesse espaço. Permita experienciar a
qualidade do amor na união desse espaço e luz no seu coração. Nós vamos cantar o som sagrado e
guerreiro “HUNG”.
[HUNG]
Se você tiver tempo, cante repetidamente, sinta a vibração do som no coração, sinta a
vibração do som “HUNG” na união do espaço e luz no coração. Permita-se descobrir, ver a
presença da qualidade do amor. Simplesmente traga sua atenção à união do espaço e luz no seu
coração. Você vai sentir ,vai sentir a semente da qualidade de amor, simplesmente está lá e tem
esperado ser vista por você, sentida por você, conscientizada por você. Se você sente que não
consegue conectar-se, repetidamente cante o som “HUNG”, mantenha atenção clara e aberta ao
coração até você sentir a qualidade, até você pode sentir a presença do amor. No momento que
você descobrir essa qualidade no seu coração é como olhar o céu e de repente você percebe que as
nuvens estão se movendo, você vê um buraco entre as nuvens e através do buraco você começa a
ver um espaço se abrindo. Através desse espaço se abrindo você começa a descobrir a luz. No
momento que você sentir a conexão com essa luz, apenas mantenha clara e aberta conexão a ela. Da
mesma forma, no momento em que você sentir esse amor no seu coração, mantenha clara e aberta
atenção a ele. É uma questão de descansar, experenciar, sem elaboração, descansar continuamente,
tornar-se mais e mais familiarizado com essa qualidade no seu coração.
É assim que você vai fazer a prática. A pergunta se é realmente possível sentir a qualidade
do amor no meu coração quando eu sinto tanta raiva, raiva em relação àquela pessoa, àquela
situação. Bem, absolutamente sim. É absolutamente possível sentir a qualidade do amor em seu
coração. Então esta é a sessão de “HUNG”. E claro que aqueles que querem fazer essa prática com
seriedade eu realmente recomendo o livro “Sound Healing”, o livro das sílabas-sementes guerreiras,
é chamado “Tibetan Sound Healing”, publicado pela “Sound True” ou então você pode comprar
pelo site do Ligmincha. Eu não quero dizer que você precisa comprar o livro, mas se você está
seriamente interessado e esses mini-vídeos com explicações não são suficientes, eu recomendo que
você vá além e procure o livro. Muito obrigado. Espero que isso continue ajudando e espero pela
próxima sessão. Obrigado.
A CURA PELOS SONS - SESSÃO 5 – SÍLABA-SEMENTE “RAM”

Bem-vindos à próxima sessão das sílabas-sementes guerreiras, a prática de cura pelo som.
Nós estamos agora na 4a sílaba-semente, 4a sílaba-semente guerreira, associada ao chakra do
umbigo, a sílaba é “RAM”, é fogo, esta é o que eu chamo de amadurecer a qualidade. Uma vez que
esta é a continuação da prática de liberar raiva e cultivar amor, na testa, com a sílaba-semente “A”,
o som “A” libera a raiva, descobre o espaço. Com a sílaba-semente “OM”, neste espaço aberto,
descobre-se a qualidade de luz, com o som “OM”. Então descendo, “HUNG”, no nível do coração,
na união do espaço e da luz, cantando com a vibração do som “HUNG”, descobrindo a qualidade,
todas as qualidades, neste caso específico a qualidade do amor, essa foi a última sessão. Uma vez
que você sente o amor na união do espaço e luz no seu coração com a ajuda da vibração da prática
do som “HUNG”, se você praticou diligentemente, continuamente por algum tempo diariamente, o
que deve ter acontecido? Você começou a sentir uma nova qualidade existindo em você.
Eu sempre dou o exemplo que um estudante meu disse que tinha problemas com um colega,
que não se sentia confortável com ele, e trabalhando com a prática das sílabas-sementes guerreiras,
um dia ele estava pegando uma xícara de café e então de repente ele pensou em pegar uma xícara
para o seu colega. Por exemplo, esse pensamento não é um pensamento que ele teve antes em
momento algum. Esse pensamento era um novo pensamento que surgia nele. Da mesma forma, uma
nova emoção vai surgir em você. Novos sentimentos vão emergir em você. Esses sentimentos e
pensamentos só vão emergir em você, especialmente os positivos, se alguma coisa for liberada,
alguma coisa for cultivada e alguma coisa for descoberta em você.
Da mesma forma, se você descobriu essa qualidade de amor no seu coração com a prática de
“HUNG”, aqui no umbigo, com “RAM”, você está permitindo, dando uma oportunidade de
amadurecer essa qualidade. É como uma fruta: tem espaço, uma árvore foi plantada. A árvore
cresceu, produziu frutos. O sol toca a árvore e os frutos tempo suficiente para que os frutos
amadureçam. Se o sol não tocar os frutos, os frutos não vão amadurecer, podem até mesmo congelar
e morrer. O que nós estamos tentando fazer aqui, é amadurecer a qualidade virtuosa do amor, que
você tem, que você acabou de descobrir, que você tem trabalhado em você no seu coração. O
mesmo princípio, o que você faz é trazer essa qualidade de amor que você sentiu no seu coração,
traga-a para o umbigo, você traz sua clara e aberta atenção – sempre se lembrem: clara e aberta
atenção, o que significa sem julgamento, sem análise, sem críticas, atenção clara e aberta no
umbigo.
E enquanto você traz atenção clara e aberta para o umbigo, sinta o amor que você sentiu no
coração. Sinta-o, traga atenção clara e aberta do coração e você canta a sílaba-semente guerreira
“RAM” para amadurecer a qualidade, para que essa qualidade seja capaz de se manifestar nas
situações em que você mais precisa dela, ou em situações e lugares onde ela é mais ausente. Com
esse desejo em oração, traga sua atenção ao umbigo, sinta o amor e cante “RAM”. E cante a sílaba-
semente guerreira “RAM”.

[RAM]

Continuamente mantenha atenção aberta e clara no umbigo, continuamente sinta a qualidade


de amor no umbigo, continuamente permita amadurecer a qualidade de amor no umbigo. Com o
calor, com a atenção que você tem, atenção aberta. Este é o calor da atenção aberta sobre a
qualidade de amor no umbigo.
Se você tem mais tempo, você pode ficar mais em silêncio e focar claramente no umbigo, no
amor. E repita o som novamente, sinta a vibração, sinta a qualidade mais forte e mantenha-se em
silêncio e foque com som e sem som, vai e volta. Você pode trabalhar assim.
Um dos problemas na nossa vida cotidiana é que nós somos tão familiarizados com a
negatividade e nós somos muito pouco familiarizados com qualidades como o amor, por exemplo. É
assim que nossa natureza é, quando nós temos um problema, nós conseguimos ficar por muito
tempo com aquele problema, nós conseguimos pensar tanto sobre o problema, nós conseguimos
conversar com outras pessoas, às vezes até forçamos que alguém escute nossos problemas. Quando
algo positivo acontece na nossa vida, uma experiência positiva acontece na nossa vida, de alguma
forma, nós a mantemos mais privada, nós não a compartilhamos tanto, nós não a sentimos tanto, por
tanto tempo. Isso é um tipo de fraqueza que os seres humanos têm. Nós todos temos essa fraqueza
em nós.
Uma coisa que nós frequentemente nos deparamos em relação ao amor é que nós não
conseguimos agir de forma amorosa. Agir de forma pacífica. Agir com gentileza. Mas nós sempre
queremos agir com gentileza em relação à nossa família, amigos e até mesmo em relação a alguém
com quem trabalhamos. Eu quero ser legal e agir de forma legal, mas de alguma forma, quando
esses momentos surgem, você não é capaz de fazer isso. A razão pela qual nós não somos capazes
de fazer isso é simplesmente porque essas qualidades não estão maduras em nós. Por que elas não
estão maduras em nós? Primeiro porque provavelmente nós nunca sentimos a qualidade, segundo
quando quer que seja que nós sentimos a qualidade, nós não damos tempo suficiente para sentir a
qualdiade com mais profundidade no nosso corpo, respiração e mente e é isso que precisamos fazer
para amadurecê-la.
A CURA PELOS SONS - SESSÃO 6– SÍLABA-SEMENTE “DZA”

Esta é a nossa última sessão da prática das sílabas-sementes guerreiras, prática de cura pelos
sons. A sílaba é DZA: ação espontânea. Nós chamamos de TINE. TINE: ação espontânea, sem
esforço. Nós todos queremos ter ações de amor espontâneas e sem esforço na nossa vida, de forma
que você não precisa tentar fazer nada. Assim que quisermos sermos gentis com a nossa família,
amigos, no trabalho, nós só queremos que o amor se manifeste sem nenhum esforço. Ou alegria na
nossa vida. Nós queremos que ela venha sem nenhum esforço, mas não é isso que tem acontecido.
Ação espontânea de DZA, no chakra secreto, no órgão sexual. Para cultivar isso, para abrir
isso e cultivar essa qualidade, é como dar nascimento para um bebê. A única forma de dar à luz a
um bebê é tendo espaço, tendo luz, tendo calor, tendo cultivado o seu crescimento, o seu
amadurecimento. Quando algo amadurece no tempo certo, quando o tempo surge, não há esforço
em dar nascimento. Da mesma forma, não haverá nenhum esforço para manifestar a qualidade se a
qualidade estiver madura. Você não vai sentir nenhum esforço para expressar seu amor ou agir com
amor em relação a alguém ou a uma situação se você tem a qualidade madura.
A forma com que a qualidade vai amadurecer é se familiarizar com essa qualidade no seu
coração. A forma de ter familiaridade suficiente com ela, é, em primeiro lugar, tê-la. A forma que
você consegue sentir algum amor em si, é quando você sente clareza. A forma com a qual você
consegue sentir clareza é quando você limpa a raiva e questões relacionadas a ela em relação a uma
pessoa e a uma situação. A mesma lógica simples que eu tenho usado continuamente em A, OM,
HUNG, RAM e DZA. Então eu realmente recomendo, se você praticar as sílabas-sementes, como a
sílaba-semente DZA, que você volte para a sílaba-semente A, inclusive a introdução. A, OM,
HUNG, RAM e então escute DZA, que DZA vai fazer mais sentido, que praticar DZA vai fazer
mais sentido.
Como qualquer prática que você queira fazer, sente-se confortavelmente, relaxe seu corpo,
respiração, mente. Traga sua atenção clara e aberta para o chakra secreto, abaixo do umbigo.
Conecte-se com a qualidade amadurecida do amor, com a qual temos trabalhado nessa sequência de
práticas. Apenas sinta. Sinta o amor. Sinta o amor amadurecido. E simplesmente cante a sílaba-
semente guerreira, sílaba-semente da ação, da ação sem esforço, da ação desperta, DZA. E apenas
sinta que esse som está penetrando, manifestando ações na sua vida, seja profissional, pessoal,
família, onde quer que você sinta ausência, sinta manifestando nessa área.

[DZA]

Imagina que você está dando nascimento à qualidade do amor que espontaneamente
amadureceu neste momento na sua vida, e dando nascimento a isso em diferentes áreas da sua vida.
Uma pergunta sobre dar nascimento... É claro que quando algo está totalmente maduro, você não
precisa de nenhum planejamento, você não precisa colocar nenhum esforço, você não precisa de
nenhuma ajuda. Espontaneamente surge, sem qualquer tentativa. Por exemplo, quando nós somos
totalmente especializados em depressão, totalmente especializados em raiva, totalmente
amadurecido. Você precisa de qualquer planejamento? Quando você briga muito, você precisa
planejar para brigar? “Vamos brigar amanhã às 10h da manhã”. “Vamos brigar nessa situação
específica”. Não. Espontaneamente surge no exato momento, sem o esforço de ninguém. Você nem
precisa pensar sobre isso. Mesmo as palavras brotam, você nem sabe quem está falando. De quem
são aquelas palavras? São palavras amadurecidas. Você se surpreende com as coisas que você diz. É
como se outra pessoas estivesse falando. Outra pessoa está cultivando essa qualidade que está
amadurecendo por tanto tempo. E quando o momento chega, há o seu próprio vocabulário, e 5
minutos depois você olha para trás, para o que você acabou de dizer, e isso te deixa chocado. Você
se sente triste, você não queria ter dito, às vezes é tarde demais.
Da mesma forma, se algo que você cultivou e amadureceu o suficiente, não requer nenhum
esforço, simplesmente vai manifestar. Se for alegria, você vai sorrir sem parar na sua vida. Amar
pessoas continuamente na sua vida, sem nenhum esforço. Mas se não estiver amadurecido, mas
você tem trabalhado bem, vai surgir a fruição. Algumas vezes, eu digo, "ajuda um pouquinho". Eu
tive essa experiência na minha vida, trabalhando com uma qualidade e quando toca um momento
específico, eu sei que eu tenho trabalhado, eu sei que eu tenho me sentido diferente, mais aberto,
mais claro, com mais amor. Mas esse amor não está aparecendo, mas eu estou sentindo. No
momento em que você está consciente o suficiente que você está nesta situação, permita que esse
amor que eu estou sentindo em relação a essa situação, a essa pessoa ou pessoas. Simplesmente com
essa consciência, o ambiente muda. E o que você diz muda, o que você sente muda, o que você faz
neste momento muda. É assim que nós mudamos a nossa vida. Basicamente, mudar, transformar
nossa vida significa mudar o jeito como somos, como sentimos, como pensamos, como fazemos e o
que temos na vida. Então isso conclui. Como eu disse antes, se você sente que esses ensinamentos
no youtube não são suficientes, então eu recomendo que você trabalhe com o livro e o CD e eu
espero que isso ajude, ajude você continuamente, como tem me ajudado e ajudado outras pessoas.
A CURA PELOS SONS - SESSÃO 7 – CONCLUSÃO

Esta é a conclusão da prática das sílabas-sementes guerreiras. Eu gostaria de brevemente


passar por todas as sílabas-sementes. A 1a sílaba-semente, “A”. “A”nós dizemos [tibetano], corpo
interno, relacionado à testa. “OM”, [tibetano], fala incessante, relacionado à garganta. A 3 a sílaba-
semente, “HUNG”, [tibetano], coração livre de enganos, ou a mente, relacionado aqui, no chakra do
coração. A 4a sílaba-semente, “RAM”, [tibetano], as qualidades aperfeiçoadas, as qualidades
amadurecidas, que é relacionado ao umbigo. E a última é “DZA”, [tibetano], ação espontânea e sem
esforço, que é conectada ao chakra secreto.
Cinco chakras, do coronário ou testa até o chakra secreto. Cinco sílabas, “A”até “DZA”. A-
OM-HUNG-RAM-DZA. Cinco qualidades, basicamente, limpando com “A”, sentido luz com
“OM”, sentindo qualidade com “HUNG”, amadurecimento da qualidade com “RAM”, qualidade
em ação com “DZA”. Isso é sobre como essas 5 sílabas-sementes agem.
E o exemplo é, imagine o céu, o céu no deserto. Imagine que há muitas nuvens, e o vento as
sopra. O vento é metafórico e significativo, é o que dizemos “prana”, o prana do som. Cada
vibração de som é o som, som é relacionado com o movimento do vento, e certos movimentos de
vento tem efeitos em mover a estrutura dos nossos padrões habituais e karma, e traços kármicos, e
por aí vai. Quando o vento move isso, as nuvens, o que nós conseguimos? O céu claro. Quando há o
céu claro, o que temos com o céu claro? Luz do sol. Quando você vê o sol e a luz do sol no céu, o
espaço e a luz, o que você vê? Você vê a beleza do que existe.
É como tirar uma bonita foto de uma montanha, uma montanha nos Himalais ou Nepal. Vão
para cima de uma montanha para ver as montanhas. O que você espera lá, de manhã cedo, olhando
o céu claro? Você espera o sol surgir. Quando o sol se levanta, o que você vê? Você está esperando
por esse exato momento, quando o céu toca a montanha, é uma visão de tirar o fôlego. Da mesma
forma, no momento em que essa luz, no momento em que você sente o espaço, e a luz surge em
você, no momento em que essa luz toca qualidades em você. Você vê a presença da luz. Presença de
amor, de alegria em você. Este momento é como tirar uma foto, um fotógrafo tentando capturar o
momento. Então você vai capturar esse momento. Uma vez que você capturou o momento, você
quer amadurecê-lo. A única forma de amadurecê-lo é ficar mais tempo naquilo em que você colocou
a consciência.
Nós gastamos tempo demais em negatividades e dúvidas que nós temos. Ou emoções que
temos, nós gastamos muito tempo. Da mesma forma, nós vamos tentar gastar menos tempo com
isso e mais tempo quando você descobre alguma qualidade. Por exemplo, “estou sentindo alegria no
meu coração”. O que estou fazendo? Estou sentado, 5 minutos, focado nessa alegria. O que esses 5
minutos fizeram? 5 minutos é um puro remédio de consciência, para curar seu corpo, mente. Mas
você tem que estar atento, querendo e lembrar-se e fazer isso. Então esse é o “RAM”. Antes foi o
“HUNG”,e amadurecer isso e quando o momento surgir, aja.
Vou dar um exemplo negativo. Um exemplo negativo de situação seria você acordar de
manhã. Sempre tem um dia em que você acorda de mau-humor e age assim e cria problemas.
Algumas pessoas brincam, dizendo que durante todo o mês eu tenho sido bem feliz, bem legal e
talvez agora seja hora de mudar. Acordar de manhã, sentir-se mal-humorado, um pouco mal-
humorado. Você senta-se tempo suficiente com esse mal-humor, essa névoa. Com tempo suficiente
isso desce, não fica simplesmente mal-humorado, isso vem para baixo, para cá. O que você começa
a sentir? Você começa a não se sentir bem. Oposto de sentir-se completo, você se sente incompleto,
em pedaços, sem reconhecimento, sem existência, negação, é uma qualidade. O que acontece
quando isso surge? Normalmente as pessoas não sabem o que fazer, e o que elas fazem? Elas
continuam a sentar-se lá, elaborando mais ainda sobre aquela experiência. E como resultado de
sentar-se mais ali, elaborar mais sem mudar, é que você vai para o próximo passo. Você não
consegue simplesmente ficar lá sem fazer isso crescer e isso vai para o coração. Você começa a
sentir escuridão, começa a sentir ausência da qualidade. Não tem qualidade como amor e alegria. O
que você faz então? De novo você não sabe como mudar isso, você continua sentado lá, elaborando
mais, cultivando mais, achando mais pessoas com quem discutir a respeito, mais situações. A
próxima coisa? Amadurece. Quando amadurece o que acontece? Manifesta-se. Espontaneamente
manifesta-se. Então você acaba dizendo algo negativo, ou fazendo algo negativo, prejudicial para si
ou para os outros, em uma situação específica, em que você poderia ser mais colaborativo, dar mais
suporte, você está transformando em uma situação negativa, em que você está causando danos à
situação e não é necessário fazer isso. A sequência de como uma situação negativa se desenvolve é
da mesma forma que uma situação positiva se desenvolve. Você vai tentar reverter o processo
negativo em um processo positivo, com a ajuda de estar conciente, do conhecimento desses 5
chakras, 5 sons e a simples consciência, a consciência sem julgamentos. Essa é uma simples
conclusão. Eu espero que isso continue ajudando a mudar nossas vidas. Eu espero que isso também
ajude a mudar a vida de outras pessoas ao nosso redor. Obrigado.