Sei sulla pagina 1di 24

Segunda-feira, 11 de Abril de 2011 III SÉRIE — Número 14

BOLETIM DA REPÚBLICA
PUBLICAÇÃO OFICIAL DA REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE

2.º SUPLEMENTO
IMPRENSA NACIONAL DE MOÇAMBIQUE, E.P. De 3 de Dezembro de 2009:
Deferido provisoriamente o requerimento em que Carlos Jorge Guiruta
AVISO pedia autorização para ocupar uma parcela de terreno, com uma área
de 0,5266 ha, situada no Bairro Fequete, localidade de Inhassoro,
A matéria a publicar no «Boletim da República» deve ser distrito de Inhassoro, província de Inhambane, destinada à
remetida em cópia devidamente autenticada, uma por cada
habitação, devendo pagar a taxa anual no valor de 240,00MT.
assunto, donde conste, além das indicações necessárias para
(Processo n. º 5827.)
esse efeito, o averbamento seguinte, assinado e autenticado:
Para publicação no «Boletim da República». Deferido provisoriamente o requerimento em que David Lucas Band
pedia autorização para ocupar uma parcela de terreno, com uma área
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ de 0,1781 ha, situada em Fequete, localidade de Inhassoro, distrito de
Inhassoro, província de Inhambane, destinada à habitação, devendo
Governo da Província de Inhambane pagar a taxa anual no valor de 240,00MT.( Processo n.º 5828.)

Direcção Provincial de Agricultura De 24 de Dezembro de 2009:


Deferido provisoriamente o requerimento em que Sociedade Inhassoro
Serviços Provinciais de Geografia e Cadastro
Pescas, Lda., pedia autorização para ocupar uma parcela de terreno,
Distrito de Inhassoro com uma área de 0,68 ha, situada em Manaisse, localidade de
Inhassoro sede, distrito de Inhassoro, província de Inhambane,
DESPACHOS
destinada à habitação, devendo pagar a taxa anual no valor de
De 20 de Fevereiro de 2009: 330,00MT. (Processo n. º 5853.)
Deferido provisoriamente o requerimento em que Sociedade Makaira
De 30 de Janeiro de 2010:
Construções, Limitada pedia autorização para ocupar uma parcela de
terreno, com uma área de 0,8801 ha, situada em Petane-2, localidade Deferido provisoriamente o requerimento em que Sociedade Gwala
sede, distrito de Inhassoro, província de Inhambane, destinada ao Gwala pedia autorização para ocupar uma parcela de terreno, com
comércio, devendo pagar a taxa anual no valor de 300,00MT. uma área de 1,3756 ha, situada em Mucocuene, localidade de
(Processo n. º 5403.) Inhassoro, distrito de Inhassoro, província de Inhambane, destinada
De 30 de Junho de 2009: à oficina, carpintaria e habitação, devendo pagar a taxa anual no valor
Deferido provisoriamente o requerimento em que Amilcar Serafim de 412 68,00MT. (Processo n.º 5871.)
Victoriano Cabrita pedia autorização para ocupar uma parcela de De 7 de Março de 2010:
terreno, com uma área de 0,11 ha, situada em Inhassoro sede, localidade
Deferido definitivamente o requerimento em que Sociedade Captian Lee,
de Inhassoro, distrito de Inhassoro, província de Inhambane, destinada
Lda pedia autorização para ocupar uma parcela de terreno, com uma
ao comércio, devendo pagar a taxa anual no valor de 160,00MT.
(Processo n.º 5620.) área de 0,29 ha, situada em Petane, localidade de Inhassoro, distrito
de Inhassoro, província de Inhambane, destinada ao turismo, devendo
De 8 de Julho de 2009: pagar a taxa anual no valor de 450,00 MT. (Processo n.º 3219.)
Deferido provisoriamente o requerimento em que Sociedade Mmiso
Deferido provisoriamente o requerimento em que o Projecto Zambique
Holding S.A. pedia autorização para ocupar uma parcela de terreno,
Investimentos, Lda pedia autorização para ocupar uma parcela de
com uma área de 160 ha, situada em Mahoche, localidade de Inhassoro,
distrito de Inhassoro, província de Inhambane, destinada ao turismo, terreno com uma área de 39,9986 ha, situada em Chipongo, localidade
devendo pagar a taxa anual no valor de 48000,00MT. de Inhassoro, distrito de Inhassoro, província de Inhambane, destinada
(Processo n.º 5546.) ao turismo, devendo pagar uma taxa anual de 11 999,58MT.
(Processo n.º 5503.)
De 6 de Setembro de 2009:
Deferido provisoriamente o requerimento em que Raimundo Faela
Deferido provisoriamente o requerimento em que Sociedade Paraiso do
Coco, Lda., pedia autorização para ocupar uma parcela de terreno, Mufume pedia autorização para ocupar uma parcela de terreno,
com uma área de 2,4205 ha, situada em Magarelane, localidade com uma área de 0,3332 ha, situada em Mahocha, localidade
sede, distrito de Inhassoro, província de Inhambane, destinado ao sede, distrito de Inhassoro, província de Inhambane, destinada
turismo, devendo pagar a taxa anual no valor de 726,00MT. à habitação, devendo pagar a taxa anual no valor de 240,00MT.
(Processo n.° 5664.) (Processo n. ° 5935.)
324 — (68) III SÉRIE — NÚMERO 14

De 12 de Março de 2010: área 1,8045 ha, situada em Mahoche, localidade de Inhassoro, distrito
Deferido provisoriamente o requerimento em que António Chacufane de Inhassoro, província de Inhambane, destinada ao turismo, devendo
Guiliche pedia autorização para ocupar uma parcela de terreno, com pagar a taxa anual no valor de 240,00MT. (Processo n.° 5972.)
uma área 0,3023 ha, situada no Bairro Fequete, localidade De 9 de Abril de 2010:
sede, distrito de Inhassoro, província de Inhambane, destinada
Deferido provisoriamente o requerimento em que Celestina Sandinha
à habitação devendo pagar a taxa anual no valor de 240,00MT.
Jovo Guirrengane pedia autorização para ocupar uma parcela de
(Processo n.º 5924.)
terreno, com uma área 0,2568 ha, situada em Faquete, localidade de
Deferido provisoriamente o requerimento em que Victorino Pascoal Inhassoro, distrito de Inhassoro, província de Inhambane, destinada
Macovane pedia autorização para ocupar uma parcela de terreno, com à habitação devendo pagar a taxa anual no valor de 240,00MT.
uma área 0,2614 ha, situada na sede, localidade de Inhassoro, distrito (Processo n.° 5972.)
de Inhassoro, província de Inhambane, destinada à habitação,
devendo pagar a taxa anual no valor de 240,00MT. De 24 de Maio de 2010:
(Processo n.° 5936.) Deferido proivisoriamente o requerimento em que Sociedade Pensão de
Deferido provisoriamente o requerimento em que Francisco Bonzo pedia Inhassoro pedia autorização para ocupar uma parcela de terreno, com
autorização para ocupar uma parcela de terreno, com uma área uma área de 0,3150 ha, situada em Mucocuene, localidade de
0,0934 ha, situada no Bairro sede, localidade de Inhassoro, distrito Inhassoro, distrito de Inhassoro, província de Inhambane, destinada
de Inhassoro, província de Inhambane, destinada à habitação, devendo ao turismo, devendo pagar a taxa anual no valor de 375,00MT.
pagar a taxa anual no valor de 240,00MT. (Processo n.° 5899.) (Processo n.º 3674.)
Deferido provisoriamente o requerimento em que Propesca, Lda pedia Deferido provisoriamente o requerimento em que António Luciano Gulube
autorização para ocupar uma parcela de terreno, com uma área pedia autorização para ocupar uma parcela de terreno, com uma área de
0,24 ha, situada em Inhassoro, distrito de Inhassoro, localidade de 0,2912 ha, situada na sede, localidade de Inhassoro, distrito de Inhassoro,
Inhassoro, província de Inhambane, destinada à habitação, devendo província de Inhambane, destinada à habitação, devendo pagará taxa
pagar a taxa anual no valor de 240,00MT. (Processo n. ° 1954.) anual no valor de 240,00MT. (Processo n.º 5974.)
De 20 de Março de 2010: Deferido provisoriamente o requerimento em que Castigo Fernando
Magule pedia autorização para ocupar uma parcela de terreno, com
Deferido provisoriamente o requerimento em que Johnsen Alberto
uma área 1200 m2, situada em Rovene, localidade de Massinga, distrito
Chibalo pedia autorização definitiva para ocupar uma parcela de
de Inhassoro, província de Inhambane, destinada à habitação, devendo
terreno, com uma área 0,22 ha, situada em Fequete, localidade de
pagar a taxa anual no valor de 24,00MT. (Processo n.º 5184.)
Inhassoro, distrito de Inhassoro, província de Inhambane, destinada
à habitação e comércio, devendo pagar a taxa anual no valor de Deferido provisoriamente o requerimento em que Micro Banco N.G.R.
240,00MT. (Processo n.° 5923.) S.A. pedia autorização para ocupar uma parcela de terreno, com uma
área de 0,420 ha, situada em Bairro Sede, localidade sede, distrito de
De 8 de Abril de 2010: Inhassoro, província de Inhambane, destinada à construção de Banco,
Deferido provisoriamente o requerimento em que Sociedade Goody Vilas, devendo pagar a taxa anual no valor de 300,00MT.
Lda pedia autorização para ocupar uma parcela de terreno, com uma (Processo n.º 5979.)

ANÚNCIOS JUDICIAIS E OUTROS

Moz Tiles, Limitada Pelo outorgante foi dito que em nome de cento do capital social,
Izak Cornelis Holtzhaussen e para si aceita a pertencente ao sócio Izak
Certifico, para efeitos de publicação, que por presente cessão de quota e a quitação dad nos Cornelis Holtzhaussen.
escritura de vinte e um de Fevereiro de dois mil termos precisos. Que em tudo o não alterado por esta mesma
e onze, exarada de folhas oitenta e oito do livro Que, em consequência da operada cessão de escritura pública continuam a vigorar as
de notas para escrituras diversas número quota e alteração parcial é assim alterda a disposições do pacto social anterior.
setecentos e oitenta e um traço D do Terceiro redacção do artigo quinto do pacto social, Está conforme.
Cartório Notarial de Maputo, perante Lucréncia passando a reger-se do seguinte modo: Maputo, quatro de Março de dois mil e onze.
Novidade de Sousa Bonfim, licenciada em — A Ajudante, Luísa Louvada Nuvunga
Direito, técnica superior dos registos e notariado ARTIGO QUINTO
Chicombe.
N1 e notaria em exercício no referido cartório, (Capital social)
procedeu-se na sociedade em epígrafe, a cessão
de quota e alteração parcial do pacto social, o O capital social, integralmente subscrito
e realizado em dinheiro, é de vinte mil Confisprojectos, Limitada
sócio Sulemane Givá Abdurremane Hosseni,
meticais, correspondente à soma de duas Certifico, para efeitos de publicação, que por
cede a totalidade da sua quota no valor nominal
quotas desiguais, assim distribuídas: escritura de vinte e sete de Agosto de dois mil e
de sete mil e quinhentos meticais, a favor de Ali
Youssef Youness, que a unifica com a primitiva a) Uma quota no valor nominal de dez, exarada de folhas vinte e seis verso e
que possuía na sociedade, com todos os seus quinze mil meticais, correspon- seguintes do livro de notas para escrituras
correspondentes direitos e obrigações inerentes dente a setenta e cinco por cento diversas número trinta e um da Conservatória
a quota ora cedida e por igual preço do seu valor do capital social, pertencente ao dos Registos de Vilankulo, a cargo de Orlando
nominal que o cedente já recebeu do cessionário, sócio Ali Youssef Youness; Fernando Messias, conservador B e em pleno
pelo que lhe foi dada plena quitação, se apartando b) Uma quota no valor nominal de exercício de funções notariais, procedeu-se na
assim o mesmo da sociedade e de que nada mais cinco mil meticais, correspon- sociedade em epígrafe o créscimo de actividade
tem a haver dela. dente a vinte e cino por de construção, reparação e manutenção de infra-
11 DE ABRIL DE 2011 324— (69)

-estruturas e que em consequência da referida ARTIGO QUINTO públicas, estradas, barragens, aquedutos,
operação fica alterado o artigo terceiro que rege Ficam desde já nomeados gerentes os podendo realizar investimentos em agricultura,
a dita sociedade para a redacção seguinte: sócios Santos Batista SGPS, Limitada, pecuária, fazendas de bravio, silvicultura,
representada pelos seus procuradores, Ivo turismo, comércio a grosso e a retalho,
ARTIGO TERCEIRO representação, importação e exportação.
Agostinho Mota e José Manuel Mendes
Objecto social da Cunha, cujas assinaturas em separado CAPÍTULO II
Um) A sociedade tem por objecto social: são necessários para validamente, obrigar
a sociedade em juízo e fora dele, activa e Do capital social
a) Consultoria;
passivamente. ARTIGO QUINTO
b) Fiscalização e elaboração de projectos;
Que em tudo o mais não alterado continua O capital social é de vinte mil meticais,
c) Construção, reparação e manutenção
em vigor o pacto social da citada escritura da totalmente subscrito em dinheiro, que
de infra-estruturas;
sociedade. corresponde a uma única de cem por cento de
d) Importação e exportação.
Está conforme. Stephanus Jacobuss Van Niekerk.
Dois) A sociedade poderá desenvolver outras
actividades complementares ou subsidiárias do Segundo Cartório Notarial da Beira, quinze
CAPÍTULO III
objecto principal desde que se obtenha a devida de Dezembro de dois mil e dez. — O Técnico,
autorização. José Luís Jocene. Da representação da sociedade
Que em tudo o mais não alterado continua a ARTIGO SEXTO
vigorar o pacto social anterior.
Faan Aluguer A sociedade fica obrigada em actos e
Está conforme. de Equipamentos, Limitada contratos que digam respeito aos seus objectos
Conservatória dos Registos de Vilankulo, sociais, nomeadamente fianças, abonações e
Certifico, para efeitos de publicação, que
catorze de Setembro de dois mil e dez. — letras a favor, assinaturas de contas bancárias
por escritura de oito de Setembro de dois mil e
O Ajudante, Ilegível. por Stephanus Jacobuss Van Niekerk.
nove, exarada de folhas noventa e uma a noventa
e três do livro de notas para escrituras diversas ARTIGO SÉTIMO
número sete traço B da Conservatória dos A sociedade poderá constituir um
MBL— Moçambique, Limitada Registos e Notariado de Boane, a cargo de da representante ou nomear um gerente.
Certifico, que por escritura de vinte e três de conservadora Hortência Pedro Mondlane,
Julho de dois mil e dez, lavrada de folhas noventa conservadora, em pleno exercício de funções CAPÍTULO IV
e cinco a folhas cem do livro de escrituras notariais, foi constituída uma sociedade comercial
Dos órgãos directivos
avulsas número cinquenta e um do Segundo unipessoal por quotas de responsabilidade
Cartório Notarial da Beira, o sócio Santos Batista limitada entre Stephanus Jacobus Van Niekerk ARTIGO OITAVO
SGPS, Limitada, procedeu à cessão de quotas e denominada Faan Aluguer de Equipamentos, A sociedade tem os seguintes órgãos sociais:
nomeação de gerência na sociedade MBL– Limitada, que se regerá pelas disposições
constantes dos artigos seguintes: a) Assembleia geral;
Moçambique, Limitada, e admitiu como sócios b) Gerência.
da mesma sociedade Ivo Agostinho Mota e José
CAPÍTULO I ARTIGO NONO
Manuel Mendes da Cunha Garcia, e que por
consequência altera os artigos quarto e quinto Da denominação, sede, duração Um) A assembleia geral só funcionará
do pacto social que passam a ter novas e objecto quando houver inclusão de novos sócios e
redacções: passará a ser convocada por iniciativa de
ARTIGO QUARTO ARTIGO PRIMEIRO
qualquer dos sócios, por carta entregue a cada
Capital A sociedade adopta a denominação de Faan visado com uma antecedência de quinze dias.
Aluguer de Equipamentos, Limitada e poderá Dois) A gerência é o órgão executivo da
O capital social, integralmente subscrito estabelecer sucursais, agências ou quaisquer sociedade e responde pelo exercício quotidiano
e realizado em dinheiro, é de um milhão, outras formas de representação no território e dá andamento a todo o expediente e assuntos
setecentos e dezassete mil e quinhentos nacional ou estrangeiro correntes. Enquanto não se constituir a
meticais, correspondente à seguinte assembleia geral a gerência é o órgão deliberativo
distribuição: ARTIGO SEGUNDO da sociedade.
a) Santos Batista SGPS, Limitada, A sociedade durará por tempo
com a quota de quinhentos e CAPÍTULO V
indeterminado, contando-se o seu início a partir
setenta e dois mil e quinhentos da data da assinatura da respectiva de Das disposições finais
meticais, correspondente a trinta constituição. ARTIGO DÉCIMO
e três vírgula trinta e três por
cento do capital social; ARTIGO TERCEIRO A sociedade só se dissolverá nos termos
b) Ivo Agostinho Mota, com a quota definidos na lei e, nestes caso, será liquidada
A sociedade tem a sua sede efectiva em Boane conforme determina a lei e pela deliberação dos
de quinhentos e setenta e dois
e sede administrativa no Largo do Alentejo, sócios.
mil e quinhentos meticais,
número noventa e quatro, rés-do-chão cidade
correspondente a trinta e três ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
de Maputo e, de acordo com as necessidades
vírgula trinta e três por cento do
impostas pela dinâmica das suas actividades vai Em todo o omisso regularão as disposições
capital social;
criar representações nos locais de operação que do Código Comercial, da lei das sociedades por
c) José Manuel Mendes da Cunha
servirão de sede da sociedade. quotas e restante legislação aplicável e em vigor
Garcia, com a quota de quinhen-
tos e setenta e dois mil e ARTIGO QUARTO na República de Moçambique.
quinhentos meticais, corres- Está conforme.
pondente a trinta e três vírgula A sociedade tem por objecto o exercício das Conservatória dos Registos e Notariado de
trinta e três por cento do capital seguintes actividades remoção de terras, Boane, oito de Setembro de dois mil e nove. —
social. terraplanagem, mineração, construção de obras O Ajudante, Pedro Marques dos Santos.
324 — (70) III SÉRIE — NÚMERO 14

Tastee Industries, Limitada d) Consultoria, elaboração de projectos, e ARTIGO SÉTIMO


fiscalização na área da construção (Nulidade da divisão, cessão, alienação
Certifico, para efeitos de publicação, que no dia civil; ou oneração de quotas)
dezoito de Março de dois mil e onze, foi matriculada e) Importação e exportação, venda a grosso
na Cconservatória dos Registos, de Entidades e a retalho; É nula qualquer divisão, cessão, alienação ou
Legais sob NUEL 100210126 uma sociedade oneração de quotas que não observe o
f) Agenciamento, franchising e
denominada Tastee Industries, Limitada. representação de marcas. preceituado no artigo sexto.
É celebrado o presente contrato de sociedade,
nos termos do artigo noventa noventa do Código Dois) A sociedade pode exercer participação CAPÍTULO III
Comercial, entre: social noutras sociedades, mesmo fora do âmbito Dos órgãos sociais, gerência
Primeiro: Mahmood Hemani, casado com do seu objecto. e representação da sociedade
Nazlin Hemani, no regime de comunhão de bens
CAPÍTULO II ARTIGO OITAVO
adquiridos, natural de Nizamabad Andhra
Pradesh na República da India, portador do Do capital social (Assembleia geral)
Passaporte n.º Z2020800, emitido aos vinte e Um) A assembleia geral reúne-se
quatro de Dezembro de dois mil e nove e válido ARTIGO QUARTO ordinariamente na sede social, uma vez em cada
até vinte e três de Dezembro de dois mils e (Capital social) ano, para apreciação do balanço anual das contas
dezanove, emitido pela República da Índia; e do exercício e, extraordinariamente, quando
Segundo: Aziz Amirali Kalwani, casado com Um) O capital social, integralmente realizado convocada por um dos gerentes, sempre que for
Mallika Kalwani, no regime de comunhão de em dinheiro, é de três milhões novecentos e necessário, para deliberar sobre quaisquer outros
bens adquiridos, natural de Karimnager A.P. na sessenta mil meticais, correspondendo à soma assuntos para que tenha sido convocada.
República da India, portador do Passaporte de duas quotas, distribuídas da seguinte forma: Dois) Serão dispensadas as formalidades da
n.º G6171808, emitido aos vinte um de a) Uma quota no valor de três milhões convocação da reunião da assembleia geral
Novembro de dois mil e sete e válido até vinte trezentos e sessenta e seis meticais, quando todos os sócios concordem, por escrito,
de Novembro dois mil e dezassete, pela correspondendo à oitenta e cinco por em dar como validamente constituída a reunião,
República da india, cento do capital social, subscrita pelo bem como também concordem, por esta forma,
Pelo presente contrato de sociedade outorgam sócio Mahmood Hemani; em que se delibere, considerando válidas, nessas
e constituem entre si uma sociedade por quotas b) Uma quota no valor de quinhentos e condições, as deliberações tomadas, ainda que
de responsabilidade limitada, que se regerá pelas noventa e quatro mil meticais, fora da sede social em qualquer ocasião e
cláusulas seguintes: correspondendo à quinze por cento qualquer que seja o seu objecto.
do capital social, subscrita pelo sócio Três) As reuniões cuja agenda abranja
CAPÍTULO I matérias de deliberação por maioria qualificada,
Aziz Amirali Kalwani.
Da denominação, duração, sede nos termos da lei e destes estatutos, não se aplicará
Dois) O capital social poderá ser aumentado
e objecto o previsto no número anterior.
ou diminuído quantas vezes for necessário desde
Quatro) A assembleia geral será convocada
que a assembleia geral delibere sobre o assunto.
ARTIGO PRIMEIRO por um dos sócios, por comunicação escrita
Três) Deliberados quaisquer aumentos ou
dirigida e remetida a todos os sócios com a
(Denominação e sede) reduções de capital serão os mesmos rateados
antecedência mínima de quinze dias.
pelos sócios na proporção das suas quotas.
A sociedade adopta a denominação Tastee
Industries, Limitada, com sede na Avenida Albert ARTIGO NONO
ARTIGO QUINTO
Luthuli, número duzentos e três, Bairro Central, (Representação em assembleia geral)
cidade de Maputo, podendo por deliberação da (Suprimentos)
Os sócios podem fazer-se representar na
assembleia geral abrir ou encerrar sucursais Os sócios poderão conceder à sociedade as assembleia geral por outro sócio, mediante
dentro e fora do país quando for conveniente. prestações suplementares, suprimentos de que poderes para esse efeito conferidos por
ARTIGO SEGUNDO necessite, nos termos e condições fixados por procuração, carta, telecópia ou telex, ou pelo seu
deliberação da assembleia geral. legal representante, quando nomeado de acordo
(Duração) com os estatutos.
A sociedade é constituída por tempo ARTIGO SEXTO
ARTIGO DÉCIMO
indeterminado, contando-se o seu início a partir (Divisão, oneração e alienação de quotas)
da data da celebração da escritura da sua (Votação)
constituição. Um) A divisão e a cessão de quotas, bem
Um) A assembleia geral considera-se
como a constituição de quaisquer ónus ou
ARTIGO TERCEIRO regularmente constituída para deliberação
encargos sobre as mesmas, carecem de
quando, em primeira convocação, estejam
(Objecto social) autorização prévia da sociedade, dada por
presentes ou devidamente representados, pelo
deliberação da respectiva assembleia geral.
menos, o correspondente à maioria simples dos
Dois) A cessão de quota entre os sócios ou
Um) A sociedade tem como objecto: votos do capital social e, em segunda
seus herdeiros é livremente permitida, ficando
convocação, independentemente do número de
a) Produção industrial, comercialização, desde já autorizada, mas se for a favor de
sócios presentes e do capital que representam.
importação e exportação de todo tipo estranhos carece do consentimento da sociedade,
Dois) As deliberações da assembleia geral
de doces, material de plástico, a qual está reservado o direito de preferência.
são tomadas por maioria simples dos votos
sumos; Três) O sócio que pretenda alienar a sua quota
presentes ou representados excepto nos casos
b) Importação e exportação, comércio geral informará a sociedade, com um mínimo de trinta
em que a lei exija maioria qualificada de três
de produtos alimentares, higiénicos, dias de antecedência, por carta registada com
quartos dos votos correspondentes ao capital
plásticos, electrodomésticos, aviso de recepção, dando a conhecer o projecto
social, designadamente:
ferragens; de venda e as respectivas condições contratuais.
c) Aluguer e venda de todo tipo de material Quatro) Gozam do direito de preferência, na a) Aumento ou redução do capital social;
de construção civil, maquinaria aquisição da quota a ser cedida, a sociedade e os b) Outras alterações aos estatutos;
industrial e seus acessórios; restantes sócios, por esta ordem. c) Fusão ou dissolução da sociedade.
11 DE ABRIL DE 2011 324— (71)

ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO Quatro) A sociedade deverá ser notificada sociedade, em função do aumento do capital
no prazo de trinta dias, a contar da data do óbito, social que se verificou na referida sociedade,
(Gerência)
quanto ao nome do representante dos herdeiros que passam a ter a seguinte nova redacção:
Um) A direcção da sociedade e a sua do sócio falecido. ARTIGO TERCEIRO
representação em juízo e fora dele, pertencem a
(Objecto)
todos sócios, que desde já ficam nomeados ARTIGO DÉCIMO QUINTO
gerentes com dispensa de caução. A sociedade tem por objecto principal:
( Exclusão do sócio)
Dois) Os gerentes poderão nomear Um) ……………………………......
procuradores da sociedade para a prática de Um) Um sócio pode ser excluído por Dois) ……………………………….
determinados actos ou categorias de actos, deliberação da assembleia geral desde que a Três) ………………………………
podendo delegar em algum ou alguns deles sociedade proponha sua exclusão. Quatro) Exercício de actividade de
competências para certos negócios ou categorias Dois) Pode ainda o sócio ser excluído por comercialização a grosso e a retalho de
de actos. decisão judicial. equipamentos para todas as especialidades
Três) A sociedade obriga-se validamente médicas/hospitalar, acessórios e consumí-
mediante assinatura de qualquer um dos sócios ARTIGO DÉCIMO SEXTO veis hospitalares para os diversos serviços
desde que actuem no âmbito dos poderes que de saúde tais como, cardiologia, cirurgia,
lhes tenham sido conferidos. (Disposições finais) esterilização hospitalar, endoscopia,
Quatro) Para proceder a abertura, As omissões serão resolvidas de acordo em imagiologia, laboratório, unidade de
movimentação e encerramento de contas basta a o Código Comercial em vigor em Mocambique urgência, telemedicina, ventilação,
assinatura de pelo menos um dos sócios. anatomia patológica, pneumonia,
e demais legislação aplicável.
estomatologia, neurologia, fisioterapia,
Maputo, dezoito de Março de doiss mil equipamento de diagnóstico, acessórios,
CAPÍTULO IV
e onze. — O Técnico, Ilegível. entre outros bens de utilidade sanitária.
Das disposições gerais
ARTIGO QUARTO
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
Engco Investimentos, Limitada (Capital social)
(Balanço e prestação de contas)
Um) O capital social, integralmente
Um) O ano social coincide com o ano civil. Certifico, para efeitos de publicação, que realizado em dinheiro, é de duzentos mil
Dois) O balanço e a conta de resultados por deliberação de ...de ... de dois mil e dez, na meticais, correspondente a três quotas
fecham a trinta e um de Dezembro de cada ano, sede da sociedade Engco Investimentos, assim distribuídas:
e carecem de aprovação da assembleia geral, a Limitada, com sede na cidade de Maputo, a) Uma quota nominal de cento
realizar até ao dia trinta e um de Março do ano matriculada na Conservatória do Registo sessenta mil meticais, corres-
seguinte. Comercial de Maputo, sob o número treze mil pondente à oitenta por cento do
Três) A gerência apresentará à aprovação da novecentos e vinte e um a folhas sessenta e sete capital social, pertencente à sócia
assembleia geral o balanço de contas de ganhos do libro C traço trinta e quatro, com capital social Egco, Limitada;
e perdas, acompanhados de um relatório da de cem mil meticais, correspondente a duas b) Uma quota nominal de vinte mil
situação comercial, financeira e económica da quotas, sendo uma no valor nominal de noventa meticiais, correspondente à dez
sociedade, bem como a proposta quanto à mil meticais, pertencente a sócia Engco, por cento do capital social,
repartição de lucros e perdas. pertencente ao sócio Israel
Limitada, correspondente a noventa por cento
Casimiro França;
do capital social e uma quota no valor nominal c) Uma quota nominal de vinte mil
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
de dez mil meticais, pertencente ao sócio Israel meticais, correspondente à dez
(Resultados e sua aplicação) Casimiro França correspondente a dez por cento por cento do capital social,
Um) Dos lucros apurados em cada exercício do caital social. De harmonia com a deliberação pertencente ao sócio David John
deduzir-se-á, em primeiro lugar, a percentagem do dia … do mês de … de dois mil e dez, foi Riley.
legalmente estabelecida para a constituição do deliberada a divisão, cedência de quotas, aumento Em tudo o que não foi alterado mantêm-se
fundo de reserva legal, enquanto se não do capital social, extensão do objecto social e em vigor as disposições estatutárias do pacto
encontrar realizada nos termos da lei, ou sempre alteração parcial do contrato de sociedade. Na social inicial.
que for necessário reintegrá-la. mesma assembleia geral extraordinária os sócios O Técnico, Ilegível.
Dois) A parte restante dos lucros será aplicada deliberaram, por unanimidade, a entrada de um
nos termos que forem aprovados pela assembleia novo sócio, nomeadamente David John Riley.
geral. Não tendo a sociedade nem outro sócio exercido
Abdul Gani & Associados –
o seu direito de preferência foi deliberado por Advogados e Consultores,
ARTIGO DÉCIMO QUARTO
todos a divisão da quota da sócia Engco, Limitada Limitada
(Dissolução e liquidação da sociedade)
e a cedência da mesma ao novo sócio da Certifico, para efeitos de publicação, que por
Um) A sociedade dissolve-se nos termos sociedade, passando este a entrar para a acta avulsa do dia vinte e oito do mês de
fixados na lei e nos estatutos. sociedade. Foi ainda deliberado na referida Dezembro de dois mil e dez, da sociedade Abdul
Dois) Declarada a dissolução da sociedade, assembleia geral extraordinária o aumento do Gani & Associados – Advogados e Consultores,
proceder-se-á à sua liquidação gozando os capital social dos actuais cem mil meticais para Limitada, inscrita na Conservatória do Registo
liquidatários, nomeados pela assembleia geral, das Entidades Legais de Maputo, sob o número
duzentos mil meticais. Foi deliberado ainda a
dos mais amplos poderes para o efeito. dezassete mil cento e setenta e três a folhas cento
extensão do objecto social por forma a aumentar
Dissolvendo-se por acordo dos sócios, todos e cinquenta e nove do verso do livro C traço
as actividades da empresa. Pelo que, e em
eles serão seus liquidatários. quarenta e dois, cujo capital social é de trinta mil
Três) Por falecimento de qualquer sócio, a consideração das deliberações tomadas, os meticais, os sócios deliberaram nos termos do
sociedade continuará com os herdeiros, do que presentes acordaram em alterar o respectivo artigo sétimo dos estatutos da sociedade que se
devem nomear entre si um, que a todos represente contrato de sociedade da sociedade Engco refere à transmissão de quotas pela cedência total
na sociedade, enquanto a respectiva quota se Investimentos, Limitada, no concernente ao da quota pertencente ao sócio Pedro Miguel
mantiver em comunhão hereditária. artigo terceiro e artigo quarto do contrato de Constantino do Monte Hassam, que detém na
324 — (72) III SÉRIE — NÚMERO 14

sociedade Abdul Gani & Associados – ARTIGO TERCEIRO ARTIGO NONO


Advogados e Consultores, Limitada, no valor
(Objecto) (Herdeiros)
nominal de setenta e cinco mil meticais,
correspondentes a vinte e cinco por cento do A sociedade tem por objecto: Em caso de morte, interdição ou inabilitação
capital social, a favor do sócio cessionário Abdul de um dos sócios da sociedade, os seus herdeiros
a) Comercialização de material e produtos
Gani Hassam, sem ónus ou encargos, em assumem automaticamente o lugar na sociedade
de higiene;
consequência alterou-se o artigo quinto dos com dispensa de caução, podendo estes nomear
b) Prestação de serviços e serviços afins.
estatutos de sociedade passando este a ter a seu representante se assim o entender desde que
seguinte redacção: ARTIGO QUARTO obedeçam o preceituado nos termos da lei.

ARTIGO QUINTO (Capital) ARTIGO DÉCIMO


Capital social O capital social, integralmente subscrito e (Omissões)
realizado em dinheiro, é de dez mil meticais, Os casos omissos serão regulados pela lei e
O capital social, integralmente subscrito e
correspondente à soma de duas quotas, uma no em demais legislação aplicável na República de
realizado em dinheiro, é de trezentos mil meticais,
valor nominal de cinco mil meticais pertencente Moçambique.
e corresponde a uma única quota com o mesmo
ao sócio George de Gouveia, equivalente a Maputo, vinte e dois de Março de dois mil e
valor nominal:
cinquenta por cento do capital subscrito e outra onze. — O Técnico, Ilegível.
Uma quota no valor nominal de trezentos no valor nominal de cinco mil meticais,
mil meticais, correspondente a cem pertencente à sócia Borghild Cecilia Cuomo de
por cento do capital social, perten- Gouveia, equivalente a cinquenta por cento do Jacaranda Agricultura, Limitada
cente ao sócio Abdul Gani Hassam. capital subscrito.
Maputo, trinta de Dezembro dois mil Certifico, para efeitos de publicação, que por
e dez. — O Técnico, Ilegível. ARTIGO QUINTO deliberação da assembleia geral de catorze de
Março de dois mil e onze, a sociedade Jacaranda
(Divisão e cessão de quotas)
Agricultura, Limitada, procedeu à alteração do
Pristine, Limitada Um) Sem prejuízo das disposições legais em capital social.
vigor a cessão ou alienação de toda a parte de Pela mesma deliberação, foi consentida a
Certifico, para efeitos de publicação, que no quotas deverá ser do consenso dos sócios cessão da quota no valor nominal de mil meticais
dia dezasseis de Março de dois mil e onze, foi gozando estes do direito de preferência. pertencente à sócia Annette Castella Larsen, a
matriculada na Conservatória do Registo de Dois) Se nem a sociedade nem os sócios favor do senhor Andreas Stier, o qual entra como
Entidades Legais sob NUEL 100209608 uma mostrarem interesse pela quota do cedente, este sócio para a sociedade, cessão que é feita pelo
sociedade denominada Pristine, Limitada. decidirá a sua alienação a quem e pelos preços respectivo valor nominal.
que melhor entender, gozando o novo sócio dos Foi ainda deliberado nomear como
Entre :
direitos correspondentes na sua participação na administrador da sociedade, o senhor Knud
George de Gouveia, casado, em regime de sociedade. Hansen.
comunhão de bens com Borghild Cecilia Em consequência da divisão e cessão de quota
Cuomo de Gouveia, natural de África do Sul, ARTIGO SEXTO deliberado, o artigo quarto do pacto social,
nacionalidade sul-africana, residente em passará a ter a seguinte redacção:
(Gestão)
Maputo, portador do Passaporte
n.º 461879841, emitido a vinte e oito de Julho Um) A administração, gestão da sociedade e ARTIGO QUARTO
de dois mil e seis; sua representação em juízo e fora dele, activa e (Capital social)
Borghild Cecilia Cuomo de Gouveia, casada, em passivamente, será exercida por ambos sócios,
O capital social, integralmente subscrito
regime de Comunhão de bens com George de desde já ficam nomeados sócios gerentes, com
e realizado em dinheiro, é de cento e
Gouveia, natural de Arendal, Noruega, de dispensa de caução, bastando uma das
cinquenta mil meticais, e encontra-se
nacionalidade norueguesa, residente em assinaturas, para obrigar a sociedade.
dividido em duas quotas, a saber:
Maputo, portadora do Passaporte Dois) O gerente tem plenos poderes para
n.º 27029092, emitido a vinte de Fevereiro nomear mandatários à sociedade, conferindo, os a) Uma quota do valor nominal de
de dois mil e nove. necessários poderes de representação. cento e quarenta e nove mil
Que pelo presente contrato, constituem entre meticais, pertencente à sócia
si uma sociedade por quotas de responsabilidade ARTIGO SÉTIMO Stephen Jacaranda Development
limitada, que reger-se-á pelos artigos seguintes: Limited (Mauritius);
(Assembleia geral)
b) Uma quota do valor nominal de mil
ARTIGO PRIMEIRO Um) A assembleia geral reúne-se meticais, pertencente ao sócio
ordinariamente uma vez por ano para apreciação Andreas Stier.
(Denominação e sede)
e aprovação do balanço e contas do exercício Maputo, dezoito de Março de dois
A sociedade adopta a denominação de findo e repartição de lucros e perdas. mil e onze. — O Técnico, Ilegível.
Pristine, Limitada, e tem a sua sede em Maputo, Dois) A assembleia geral poderá reunir-se
Avenida Vinte e Quatro de Julho, quatrocentos extraordinariamente quantas vezes forem
necessárias, desde que as circunstâncias assim Primeiro Cartório de Maputo
e sessenta e um, podendo, por deliberação da
assembleia geral, abrir ou encerrar sucursais o exijam para deliberar sobre qualquer assunto
Habilitação de herdeiros
dentro e fora do país quando for conveniente. que diga respeito à sociedade.
Certifico, para efeitos de publicação, que por
ARTIGO SEGUNDO ARTIGO OITAVO escritura de quinze de Março de dois mil e onze,
(Dissolução)
lavrada de folhas trinta e três e seguintes, do
(Duração)
livro de notas para escrituras diversas número
A sua duração será por tempo indeterminado, A sociedade somente se dissolve nos termos seiscentos e noventa e oito traço BB, do Primeiro
contando-se o seu início a partir da data da fixados pela lei ou por comum acordo dos sócios Cartório Notarial de Maputo, perante mim
celebração do presente contrato. quando assim o entenderem. Arnaldo Jamal de Magalhães, licenciado em
11 DE ABRIL DE 2011 324— (73)

Direito, técnico superior do registo e notariado Dois) A assembleia geral da sociedade poderá sem que haja sido previamente deliberado pela
N1 e notário no referido cartório, foi lavrada decidir abrir delegações ou outras formas de assembleia geral, suprimentos de que a caixa
uma escritura de habilitação de herdeiros por representação, onde as mesmas forem social possa carecer, devendo os mesmos serem
óbito de Jorge Mondlane, natural de Maivene- necessárias, mesmo no exterior do território posteriormente homologados pela assembleia
Chibuto, falecido no dia quatro de Novembro de nacional. geral que estabelecerá as condições dos
dois mil e nove, na sua residência, no estado que Três) A sociedade poderá por deliberação da respectivos reembolsos.
era casado com Maria Justino Simbine, filho de assembleia geral, transferir a sua sede para
Justino Mondlane e de Celestina Chivoze, com qualquer ponto do país. ARTIGO SEXTO
a última residência habitual em Manjacaze. Não
tendo deixado testamento nem qualquer outra Cessão de quotas
ARTIGO SEGUNDO
disposição de sua vontade e sucede-lhe como Um) É livre a cessão ou divisão total ou
únicos e universais herdeiros seus filhos de todos Duração
parcial de quotas entre os sócios.
seus bens móveis e imóveis: Justino Jorge A duração da sociedade é por tempo Dois) O sócio que pretender alienar a sua
Mondlane e Celso Jorge Mondlane, ambos indeterminado contando-se o seu início a partir quota a terceiros, comunicará a sociedade com
naturais de Chibuto e residentes nesta cidade. da data da celebração da escritura pública. antecedência mínima de sessenta dias declarando
Que não existem outras pessoas que segundo
o nome do interessado em adquirí-la o preço as
a lei prefiram aos declarados herdeiros ou com ARTIGO TERCEIRO demais condições de cessão.
eles possam concorrer na sua sucessão à herança
Objecto Três) A cessão de quota a terceiros, carece
do referido Jorge Mondlane.
do consentimento da sociedade, dado em
Está conforme. Um) A sociedade tem por objecto o exercício assembleia geral, a qual ficará reservado o direito
das seguintes actividades: de preferência na sua aquisição.
Maputo, dezasseis de Março de dois mil
e onze. — O Ajudante, Ilegível. a) Consultoria na área de arquitectura, Quatro) É nula qualquer divisão cessão,
construção civil e planeamento oneração ou alienação de quota feita sem
urbano; observância do disposto nos presentes estatutos.
TECH – Projectos b) Elaboração de projectos de arquitectura,
e Consultoria, Limitada engenharia e urbanismo; CAPÍTULO III
c) Elaboração de cadernos de encargos;
Certifico, para efeitos de publicação, que no Da assembleia geral e representação
d) Fiscalização de obras e imobiliária; da sociedade
dia trinta de Março de dois mil e onze, e) Avaliação de imóveis.
matriculada na Conservatória do Registo de
Dois) Fica já autorizada a sociedade exercer ARTIGO SÉTIMO
Entidades Legais sob NUEL 100211882 uma
sociedade denominada TECH – Projectos e outras actividades que para tal obtenha aprovação
Um) A assembleia geral reunir-se-á
Consultoria, Limitada. das autoridades competentes.
ordinariamente, uma vez por ano, e nos primeiros
É celebrado o presente contrato de sociedade, três meses, de preferência na sede da sociedade,
nos termos do artigo noventa do Código CAPÍTULO II
após o fim do exercício anterior. Para apreciação,
Comercial, entre: Do capital social aprovação, ou modificação do balanço e contas
Camuzumba Nazaré Nicasse, solteiro, maior, do exercício.
natural de cidade de Quelimane, residente na ARTIGO QUARTO Dois) A assembleia geral poderá reunir-se
cidade de Maputo, Bairro Central, O capital social integralmente realizado e extraordinariamente sempre que for necessário,
portador do Bilhete de Identidade competindo normalmente deliberar sobre os
constituído em dinheiro é de cem mil meticais
n.° 110100664383M, emitido no dia dois assuntos ligados à actividade da sociedade que
correspondente à soma de três quotas assim
de Dezembro de dois mil e dez, em Maputo; ultrapasse a competência da gerência.
distribuídas:
Leonel Eugénio Bila, solteiro, maior, natural da
cidade de Tete, residente na cidade de a) Uma quota no valor de quarenta e sete ARTIGO OITAVO
Maputo, Bairro Micadjuine, portador do mil e quinhentos meticais, perten-
Convocação
Bilhete de Identidade n.° 100100367319S, cente ao sócio Camuzumba Nazaré
emitido no dia vinte e um de Julho de dois Nicasse, correspondente a quarenta A assembleia geral será convocada pelo
mil e dez; e sete vírgula cinco porcento do gerente por meio de carta registada, com aviso
Ambrózio Augusto Santos, solteiro, maior, capital social; de recepção, por fax ou e-mail, com antecedência
natural da cidade de Quelimane, residente na b) Uma quota no valor de trinta e dois mil mínima de quinze dias:
cidade de Maputo, Bairro Alto - Maé, e quinhentos meticais, pertencente
portador do Bilhete de Identidade a) Em casos urgentes, é admissível a
ao sócio Leonel Eugénio Bila, igual
n.º 110181243L, emitido no dia quinze de convocação com antecedência
a trinta e dois vírgula cinco porcento
Setembro de dois mil e seis, em Maputo. inferior desde que haja
do capital social;
Pelo presente contrato de sociedade outorgam consentimento de todos os sócios;
c) Uma quota no valor de vinte mil
e constituem entre si uma sociedade por quotas meticais pertencente ao sócio b) A convocatória deverá conter pelo
de responsabilidade limitada, que se regerá pelas Ambrózio Augusto Santos, menos o local, data e hora da
cláusulas seguintes: correspondente a vinte porcento do realização e mencionar claramente os
capital social. assuntos sobre os quais a deliberação
CAPÍTULO I será tomada.
Da denominação, e sede ARTIGO QUINTO
ARTIGO NONO
Prestações suplementares
ARTIGO PRIMEIRO Deliberações da assembleia geral
Um) Não haverá prestações suplementares,
Denominação
os sócios poderão fazer suprimentos á sociedade, Um) As deliberações da assembleia geral
Um) A sociedade adopta a denominação de competindo a assembleia geral determinar a taxa serão tomadas por maioria de cinquenta e um
TECH – Projectos e Consultoria, Limitada, e de juros, condições e prazos de reembolso. por cento dos votos presentes ou representados
tem a sede na cidade de Maputo, regendo-se Dois) Quando a urgência das circunstâncias em exercício daquelas, para a qual a lei exige
pelo presente estatuto e pela legislação comercial. justificar, o gerente poderá aceitar dos sócios maioria qualificativa.
324 — (74) III SÉRIE — NÚMERO 14

Dois) Será dispensada a reunião da ARTIGODÉCIMO SEGUNDO ARTIGO TERCEIRO


assembleia geral, bem como as formalidades da Resolução de conflitos (Objecto)
comunicação, quando todos os sócios concordem
por escrito que dessa forma se delibere, ainda Um) Em caso de conflitos entre as partes Um) A sociedade tem por objecto principal o
que as deliberações sejam tomadas fora da sede estes darão primazia para seu solucionamento exercício da actividade de prestação de serviços
por via negocial e amigável. na área jurídica, com a máxima amplitude
social, em qualquer ocasião e qualquer que seja
Dois) Na falta de acordo recorrer-se-á aos permitida por lei, nomeadamente:
o seu objecto.
serviços de arbitragem, sem prejuízo de se lançar
Três) Exceptuam-se relativamente ao disposto mão aos mecanismos judiciais apropriadas. a) Assistência, informação, consultoria
no número anterior as deliberações que importam jurídica e advocacia;
a modificação do pacto social a dissolução da ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO b) Apoio e assistência técnica ao inves-
sociedade ou divisão e cessão de quotas para as Disposições finais timento em Moçambique e no
quais não poderão dispensar-se as reuniões de estrangeiro;
Um) A sociedade só se dissolve nos casos c) Formação e desenvolvimento de recurso
assembleia geral.
fixados por lei.
humanos;
ARTIGO DÉCIMO Dois) Os casos omissos serão regulados pelas
d) Gestão, desenvolvimento institucional
disposições da lei vigente e demais legislação
Gerência e representação da sociedade aplicável. e organização de serviços.
Maputo, Vinte quatro de Abril de dois mil Dois) A sociedade poderá exercer outras
Um) A administração e gerência da sociedade
e onze. — O Técnico, Ilegível. actividades conexas com o seu objecto principal
e sua representação em juízo e fora dele, activa e
e desde que para tal obtenha aprovação das
passivamente, será exercido por um sócio gerente
entidades competentes.
com direito a remuneração conforme fixado por
deliberação da assembleia geral.
JKJ Consultants, Limitada Três) A sociedade poderá adquirir
participações financeiras em sociedades a
Dois) Fica desde já nomeado sócio gerente Certifico, para efeitos da publicação, que por constituir ou constituídas, ainda que com objecto
da sociedade o sócio Camuzumba Nazaré deliberação de onze de Março de dois mil e onze, diferente do da sociedade, assim como associar-
Nicasse. na sociedade JKJ Consultants, Limitada, se com outras sociedades para a persecução de
Três) Para que a sociedade fique validamente matriculada na Conservatória do Registo de objectivos comerciais no âmbito ou não do seu
obrigada nos seus actos e contratos basta a Entidades Legais, sob NUEL 100113252. O objecto.
assinatura do sócio gerente acima mencionado. sócio Geert Hendrik Klok cedeu a sua quota de
Quatro) Desde que previamente aprovado em seis mil meticais, a favor da sócia Neima Jossub, CAPÍTULO II
assembleia o sócio gerente poderá delegar parte que única com a sua primitiva, passando a deter
ou todos os seus poderes de gerência a um dos Do capital social
na sociedade uma única quota de doze mil
sócios ou em pessoas estranhas a sociedade, meticais. A sócia única deliberou ainda alterar ARTIGO QUARTO
desde que outorguem o respectivo mandato em parcialmente os estatutos, os quais passam a ter
procuração com todos os possíveis limites. (Capital social)
seguinte e novas redacções:
Cinco) Em caso algum a sociedade poderá O capital social, integralmente subscrito e
ser obrigada em actos ou documentos estranhos CAPÍTULO I realizado em dinheiro, é de doze mil meticais,
às operações sociais, designadamente em letras correspondente a uma quota da única sócia
Da denominação, duração, sede
de favor, fianças e abonações. Neima Jossub correspondente a cem por cento
e objecto
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO do capital social.
ARTIGO PRIMEIRO
Balanço e distribuição dos lucros ARTIGO QUINTO
(Denominação e duração)
Um) Os exercícios sociais coincidem com os (Quotas próprias)
A sociedade adopta a denominação JKJ
anos civis. Um) A sociedade poderá, dentro dos limites
Consultants – Sociedade Unipessoal, Limitada,
Dois) O balanço e conta de resultado fechar- legais, adquirir e/ou alienar quotas próprias e
criada por tempo indeterminado e que se rege
-se-ão com referência a trinta e um de Dezembro praticar sobre elas todas as operações legalmente
pelo presente estatuto e pelos preceitos legais
de cada ano e serão submetidos à apreciação da permitidas.
em vigor na República de Moçambique.
assembleia geral ordinária. Dois) Enquanto pertençam à sociedade, as
Três) Deduzidos os gastos gerais e ARTIGO SEGUNDO quotas não conferem o direito a voto e nem a
amortizações e encargos dos resultados líquidos percepção de dividendos.
apurados em cada exercício, serão deduzidos os (Sede)
montantes necessários para a criação do ARTIGO SEXTO
Um) A sociedade tem a sua sede social na
seguinte: Avenida Vladimir Lenine, número mil e (Transmissão de quotas)
a) Cinco por cento para a reserva legal, oitocentos e vinte e um, rés-do-chão, em Maputo. É livre a transmissão total ou parcial de
enquanto não estiver realizado nos Dois) Mediante simples deliberação da quotas.
termos da lei ou sempre que seja administração, a sociedade pode autorizar, a
necessário reintegrá-lo; deslocação da sede dentro do território nacional, ARTIGO SÉTIMO
b) Outras reservas que a sociedade cumprindo os necessários requisitos legais.
necessita para um melhor equilíbrio (Prestações suplementares)
Três) A administração da sociedade poderá
financeiro. deliberar a abertura de sucursais, filiais ou O sócio poderá efectuar prestações
Quatro) Os lucros serão pagos aos qualquer outra forma de representação no país e suplementares de capital ou suprimentos à
associados, distribuindo-se de acordo com a no estrangeiro, desde que devidamente sociedade nas condições que forem estabelecidas
percentagem das respectivas quotas. autorizada. por lei.
11 DE ABRIL DE 2011 324— (75)

ARTIGO OITAVO Pelo presente contrato de sociedade outorgam pela Direcção de Migração de Inhambane, com
e constituem entre si uma sociedade por quotas uma quota no valor nominal de vinte mil
(Administração e representação
de responsabilidade limitada, que se regerá pelas meticais, correspondente à cem por cento do
da sociedade)
cláusulas dos seguintes artigos: capital social.
Um) A sociedade será administrada por dois Dois) Não são exigíveis prestações
ou mais administradores. ARTIGO PRIMEIRO suplementares de capital, mas os sócios poderão
Dois) A sociedade fica obrigada pelos fazer os suprimentos de que a sociedade carece
( Denominação e sede)
administradores, sempre assinando dois em mediante a estabelecerem em assembleia geral.
conjunto ou ainda por procurador especialmente A sociedade adopta a denominação,
sociedade Marcon – Sociedade Unipessoal, ARTIGO SEXTO
designado para o efeito.
Três) A sociedade pode ainda se fazer Limitada, constitui-se sob a forma de sociedade (Cessão de quotas)
representar por um procurador especialmente por quotas de responsabilidade limitada e tem a
sua sede em Massava-Paindane-Jangamo, Um) A divisão ou cessão de quotas é livre
designado pela administração nos termos e
entre o sócio.
limites específicos do respectivo mandato. sempre que julgar conveniente a sociedade
Dois) A assembleia fica reservada o direito
poderá criar delegações, filiais, sucursais ou
de preferência perante terceiros e a gerência toma
CAPÍTULO IV qualquer outra forma de representação social,
o direito quanto a cessão.
no território nacional e no estrangeiro.
Das disposições gerais
ARTIGO SÉTIMO
ARTIGO SEGUNDO
ARTIGO NONO (Amortização de quotas)
(Duração)
(Balanço e contas) A sociedade tem a faculdade de amortizar as
A sociedade durará por tempo indeterminado, quotas por acordo com os respectivos
Um) O exercício social coincide com o ano civil.
contando-se o início da actividade a partir da proprietários ou quando qualquer quota for
Dois) O balanço e contas de resultados fechar-
data do contrato. penhorada, arrestada ou por qualquer outro meio,
se-ão com referência a trinta e um de Dezembro
de cada ano. apreendida judicialmente.
ARTIGO TERCEIRO
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO (Objecto) ARTIGO OITAVO

(Lucros) Um) A sociedade tem por objecto: (Assembleia geral)

Dos lucros apurados em cada exercício a) A prática turística, tais como, A assembleia geral reunir-se-á ordinariamente
exploração de complexos turísticos uma vez por ano para aprovação do balanço de
deduzir-se-ão em primeiro lugar a percentagem
e similares englobando serviços de contas do exercício e deliberar sobre quaisquer
legalmente indicada para constituir a reserva legal,
guest house; outros assuntos para que tenha sido convocada e
enquanto não estiver realizada nos termos da lei
b) Campismo; extraordinariamente sempre que tal se mostre
ou sempre que seja necessária reintegrá-la.
c) Importação e exportação e outras desde necessário.
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO que devidamente autorizadas. ARTIGO NONO
(Dissolução) Dois) A sociedade poderá exercer outras
actividades conexas, complementares ou A assembleia geral será convocada pela
A sociedade dissolve-se nos casos e nos gerência com uma antecedência mínima de
subsidiárias do objecto social principal, participar
termos da lei. quinze dias, por carta registada com aviso de
no capital social de outras sociedades ou associar-
recepção.
-se a outras empresas.
ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
ARTIGO DÉCIMO
(Disposições finais) ARTIGO QUARTO
(Administração, gerência e a forma
Um) Em caso de morte ou interdição de único (Deliberação da assembleia geral)
de obrigar)
sócio, a sociedade continuará com os herdeiros Mediante deliberação da assembleia geral,
ou representantes do falecido ou interdito, os Um) A administração e gerência da sociedade
poderá a sociedade participar, directa ou é exercida pelo único sócio o qual poderá no
quais nomearão entre si um que a todos indirectamente, em projectos de desenvolvimento entanto gerir e administrar a sociedade, na
represente na sociedade, enquanto a quota que de alguma forma concorram para o ausência dele poderá delegar um para o
permanecer indivisa. preenchimento do seu objecto social, bem como, representar.
Dois) Em tudo quanto for omisso nos o mesmo objecto, aceitar concessões, adquirir e Dois) Compete à gerência a representação da
presentes estatutos aplicar-se-ão as disposições gerir participações no capital de quaisquer sociedade em todos os actos, activa e
do Código Comercial e demais legislação em sociedades, independentemente do respectivo passivamente, em juízo e fora dele, dispondo
vigor na República de Moçambique. objecto social, ou ainda participar em empresas, dos mais amplos poderes para a prossecução
associações empresariais, agrupamentos de dos fins de sociedade, gestão corrente dos
empresas e outras formas de associações. negócios e contratos sociais.
Marcon – Sociedade ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
ARTIGO QUINTO
Unipessoal, Limitada
(Capital social) A movimentação da conta bancária será
Certifico, para efeitos de publicação, que no exercida pelo único sócio na ausência, podendo
Um) O capital social, integralmente realizado delegar a um representante caso for necessário.
dia dezassete de Março de dois mil e onze, foi
matriculada na Conservatória do Registo de em bens e dinheiro, é de vinte mil meticais
Entidades Legais, sob NUEL 100209780, uma correspondente à soma de uma só quota assim ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
sociedade por quotas de responsabilidade distribuída: Marcus Maree, solteiro maior, O exercício social coincide com o ano civil.
limitada. natural de África de Sul e residente O balanço e contas de resultados fechar-se-ão
É celebrado o presente contrato de sociedade acidentalmente em Massavana-Paindana- com referência a trinta e um de Dezembro de
nos termos do artigo noventa do Código -Jangamo, titular do DIRE n.º 08ZA00004172C, cada ano e serão submetidos à aprovação da
Comercial, por Marcus Maree. de oito de Novembro de dois mil dez, emitido assembleia geral.
324 — (76) III SÉRIE — NÚMERO 14

ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO O senhor Petrus Johannes Christiaan NCL & Africa Import Export,
(Distribuição dos lucros)
admitido como novo sócio, declara pelo Limitada
presente documento, ratificar o
Os lucros da sociedade serão repartidos pelos anteriormente deliberado. Certifico, para efeitos de publicação, que por
sócios, na proporção das respectivas quotas, O senhor Hendrik Jacobus Bekker escritura de vinte de Março do ano dois mil e
depois de deduzida a percentagem destinada ao admitido como novo sócio, declara pelo oito, nesta cidade de Nacala-porto e na
fundo de reserva legal. presente documento, ratificar o
Conservatória dos Registos e Notariado do
ARTIGO DÉCIMO QUARTO anteriormente deliberado.
Não havendo mais nenhum assunto a tratar foi mesmo nome, a cargo de Daniel Francisco
(Dissolução) encerrada a cessão, pelas onze horas e trinta Chapo, licenciado em Direito e técnico superior
A sociedade dissolve-se nos termos previstos minutos, e lavrada a presente acta que por estar N1 dos Registos e Notariado, foi constituída
na lei ou por deliberação da assembleia geral conforme,vai ser assinada pelos sócios presentes. uma sociedade por quotas de responsabilidade
que nomeará uma comissão liquidatária. Maputo, vinte e um de Março de dois mil limitada denominada NCL & Africa Import
Conservatória dos Registos de Inhambane, e onze. — O Técnico, Ilegível. Export, Limitada, entre Abdul Rassul Osman,
quinze de Março de dois mil e onze. — O casado com Maria do Carmo Cardoso de Sousa
Técnico, Ilegível. Osman, sob o regime de comunhão de bens,
SOCOREL – Sociedade natural de Maputo e de nacionalidade
Comercial e Restauração, moçambicana, portador do Bilhete de Identidade
P.P AGRI, Limitada Limitada número zero trinta milhões duzentos cinquenta
e cinco mil setecentos vinte e um A, emitido aos
Certifico, para efeitos de publicação, que por Certifico, para efeitos de publicação, que por
cinco de Agosto de dois mil e cinco, pelo
acta de vinte e três de Novembro de dois mil e dez, acta da assembleia geral extraordinária de cessão
da sociedade P.P AGRI, Limitada, matriculada sob de quotas e alteração do pacto social da sociedade Arquivo de Identificação Civil de Nampula,
NUEL 100081520, deliberação a cessão de duas em epígrafe, realizada no dia nove de Dezembro de residente na cidade de Nacala, Hui Jun Yang,
quotas no valor total de vinte mil meticais, que o dois mil e nove, na sede da mesma, matriculada na casado com Lili Li, sob o regime de cumnhão de
Pieter Yssel Du Preez e o Philippus Albertus Conservatória do Registo das Entidades Legais, bens, natural de Tianjin-China, de nacionalidade
Strauss, possuíam no capital social da referida sob n.º 100046792, onde os sócios deliberaram chinesa, portador de passaporte número G traço
sociedade, e que cederam à Petrus Johannes por unanimidade que o sócio Manuel Joaquim vinte milhões duzentos trinta e seis mil
Christiaan e a Hendrik Jacobus Bekker. Bouço Mota da Silva Pio, detentor de uma quota seiscentos e sete, em Tianjin, residente
Em consequência, fica alterada a redacção do de sete mil meticais, correspondente a trinta e três habitualmente em Tiajin e acidentalmente em
artigo quatro, o qual passa a ter a seguinte redacção: vírgula três por cento, divide ao meio a sua quota e
Nacala e Xiangyun Wang, solteiro, natural de
O capital social, integralmente subscrito cede para os sócios Gilberto Casas Ferreira Caldas
Shanghai, de nacionalidade chinesa, portador do
e realizado em dinheiro, é de vinte mil e Ana Paula Jerónimo Caldas, no valor de três mil
e quinhentos meticais, para cada respectivamente. Passaporte número G traçotreze mil duzentos
meticais, e corresponde à soma de duas
O cedente aparta-se da sociedade e nada tem sessenta e quatro mil setecentos quarenta e dois,
quotas, distribuídas na seguinte proporção:
a ver, os cessionários unificam as suas quotas, emitido aos vinte e nove de Junho de dois mil e
a) Uma quota com valor nominal de
passando, deter sete mil meticais, correspondente cinco, em Shanghai-China e residente
dez mil meticais, correspondente
a trinta e três vírgula três por cento de capital habitualmente em Shanghai e acidentalmente em
a cinquenta por cento do capital
social para cada respectivamente, em Nacala-Porto, nos termos dos artigos constantes
social, pertencente ao senhor
consequência desta cessão o artigo quinto da abaixo:
Pieter Yssel Du Preez e vai dividir
constituição e distribuição do capital social fica
a quota que possui no capital
alterado e passa a ter a seguinte nova redacção: ARTIGO PRIMEIRO
social da sociedade em duas novas
quotas, uma com o valor nominal ARTIGO QUINTO (Denominação e sede)
de seis mil e setecentos meticais,
O capital social, integralmente subscrito Um) A sociedade adopta a denominação de
correspondente a trinta e três e
meio por cento, que reserva para e integralmente realizado, é de vinte e um
NCL & Africa Import Export Limitada, tem a
mil meticais, correspondente à soma de três
si, e uma com o valor nominal de sede na cidade de Nacala-Porto, província de
três mil e trezentos meticais, quotas iguais, pertencentes aos sócios:
Nampula, República de Moçambique.
correspondente a dezasseis e meio a) Jorge Manuel Ferreira, com uma
Dois) A sociedade poderá ainda por
por cento, cede pelo respectivo quota de sete mil meticais,
correspondente a trinta e três deliberação dos sócios, abrir ou encerrar em
valor nominal ao senhor Petrus
Johannes Christiaan; vírgula três por cento do capital território nacional ou no estrangeiro, qualquer
b) Uma quota com valor nominal de social; outra forma de representação social, bem como
dez mil meticais, correspondente b) Gilberto Casa Ferreira Caldas, com transferir a sua sede para outro local do país.
a cinquenta por cento do capital uma quota de sete mil meticais
social, pertencente ao senhor correspondente a trinta e três ARTIGO SEGUNDO
Philippus Albertus Strauss e vírgula três por cento do capital
A duração da sociedade é por tempo
vai dividir a quota que possui social;
c) Ana Paula Jerónimo Caldas, com indeterminado, contando-se o seu início para
no capital social da sociedade em
duas novas quotas, uma com o uma quota de sete mil meticais todos efeitos legais, a partir da data de assinatura
valor nominal de seis mil e correspondente a trinta e três da escritura pública.
setecentos meticais correspon- vírgula três por cento do capital
dente a trinta e três e meio por social. ARTIGO TERCEIRO
cento, que reserva para si, e uma Que, em tudo o que não foi alterado continua Um) A sociedade tem por objecto importação
com o valor nominal de três mil a vigorar conforme os estatutos da constituição. e exportação.
e trezentos meticais correspon-
Está conforme. Dois) A sociedade poderá ainda exercer outras
dente a dezasseis e meio por
cento, cede pelo respectivo valor Conservatória do Registo de Entidades Legais actividades conexas e complementares ou
nominal ao senhor Hendrik de Inhambane, dois de Fevereiro de dois mil subsidiárias ao seu objecto principal desde que
Jacobus Bekker. e onze. — O Ajudante, Ilegível. não sejam contrárias a lei.
11 DE ABRIL DE 2011 324— (77)

ARTIGO QUARTO ARTIGO OITAVO ARTIGO TERCEIRO


(Capital social) (Administração e representação) Objecto

O capital social é de cento e vinte e cinco Um) A sociedade é gerida por um conselho Um) A sociedade tem por objecto:
de gerência cujos membros serão designados
meticais, correspondentes à soma de três quotas: a) Importação e exportação bem como o
em assembleia geral.
a) Uma quota no valor de cinquenta mil Dois) O mandato dos membros eleitos para exercício da actividade comercial em
meticais, pertencente ao sócio Hui o conselho de gerência é de dois anos, sem geral, a grosso ou retalho de todas
Jun Yang, correspondente a prejuízo dos sócios deliberarem a todo o tempo as mercadorias das classes I a XXI;
quarenta por cento do capital social; a destituição do gerente, bem como o direito a b) A representação e exploração de
b) Uma quota no valor de cinquenta mil renúncia por parte destes. licenças comerciais e/ou industriais
meticais, pertencente ao sócio Abdul Três) Para obrigar a sociedade são suficientes e agenciamentos;
Rassul Usman correspondente a as assinaturas de dois membros do conselho de c) Gestão de armazens e lojas;
quarenta por cento do capital social; gerência. d) Prestação de serviços.
c) Uma quota no valor de vinte e cinco mil ARTIGO NONO Dois) Por decisão da gerência, a sociedade
meticais, pertencente ao sócio Wang poderá ainda exercer quaisquer outras actividades
( Dissolução)
Xiangyun correspondente a vinte para as quais se obtenham as necessárias
por cento do capital social. Um) A sociedade dissolve-se nos casos ou autorizações, bem como representar outras
pela forma que a lei estabelecer e no caso de a sociedades, grupos ou qualquer espécie de
ARTIGO QUINTO dissolução for litigiosa, todos os sócios serão entidades domiciliadas ou não no território
liquidatários, procedendo-se de acordo com a nacional, assim como poderá participar no capital
(Aumento do capital social)
lei das sociedades por quotas. de outras sociedades, em consórcios,
O capital social poderá ser aumentado, Dois) A sociedade não se dissolve por agrupamentos complementares de empresas ou
deliberado a assembleia geral quando e porque interdição ou morte de qualquer dos sócios, outras formas de associação legalmente
forma tal se efectuará, beneficiando no entanto, continuando com os herdeiros ou representantes constituídas.
os sócios fundadores, de direito de preferência do falecido inabilitado ou interdito enquanto a
quota se manter indivisa. ARTIGO QUARTO
na respectiva subscrição e por forma a que o
Três) A representação a que se refere o artigo
nível da sua participação não fique reduzido. Capital social
precedente deverá ser efectuado por um único
ARTIGO SEXTO representante do falecido que representará os Um) O capital social, subscrito e
restantes no capital do falecido. integralmente realizado em dinheiro, é de vinte
(Assembleia geral)
Está conforme. mil meticais, correspondente à soma de duas
Não haverá prestações suplementares de Conservatória dos Registos e Notariado de quotas assim distribuídas:
capital, mas qualquer dos sócios poderá fazer a Nacala-Porto, vinte de Março de dois a) Sócio Fernando Augusto Coelho
sociedade os suprimentos de que esta careça ao mil e oito.— O Técnico, Ilegível. Pedrosa, com uma quota no valor
juro e demais condições que forem fixadas em nominal de dez mil meticais,
assembleia geral. correspondente a cinuqenta por
ARTIGO SÉTIMO
FR Importações, Limitada cento do capital;
b) Sócio Rogério Paulo Pereira Ventura,
(Assembleia geral) Certifico, para efeitos de publicação, que por com uma quota no valor nominal de
escritura de sete de Fevereiro de dois mil e onze, dez mil meticais, correspondente a
Um) As deliberações dos sócios são tomadas exarada de folhas sessenta e oito a folhas setenta cinquenta por cento do capital.
em assembleia geral. A assembleia geral reunirá e três do livro de notas para escrituras diversas
na sede da sociedade, ordinariamente uma vez número L cento e treze, traço A da Conservatória Dois) Por deliberação da assembleia geral o
por ano para deliberar sobre assuntos para que dos Registos e Notariado da Matola, a cargo da capital social poderá ser aumentado, com ou sem
tenha sido convocado, a extraordinariamente notária Batça Banu Amade Mussa, foi constituída inclusão de novos sócios, que definirá as formas
sempre que for necessário. uma sociedade comercial por quotas de e condições do aumento.
Dois) Compete a assembleia geral eleger os responsabilidade limitada, que se regerá pelas
disposições constantes nos artigos seguintes: ARTIGO QUINTO
corpos gerentes, definir anualmente as
actividades a desenvolver tendo em atenção a ARTIGO PRIMEIRO Prestações suplementares e suprimentos
situação económica e financeira da empresa e Denominação e sede Um) Nao serão exigidas prestações
outros critérios atendíveis. suplementares de capital, mas os sócios poderão
Três) A assembleia geral será convocada pelo Um) A sociedade adopta a denominaçao de
FR Importações, Limitada, e tem a sua sede social fazer suprimentos à sociedade sempre que esta
presidente do órgão ou por um dos gerentes por necessite mediante juros e condições a defenir
em Maputo.
meio de carta com aviso de recepção, telefax, em assembleia geral. Entende-se por suprimentos
Dois) Mediante deliberação da gerência, a
fax ou e-mail com uma antecedência de dez dias, as importâncias complementares que os sócios
sociedade poderá transferir a sua sede bem como
dando-se a conhecer a ordem de trabalho e os possam adiantar no caso de o capital se revelar
abrir e encerrar filiais, agências, sucursais ou
documentos necessários à tomada de qualquer outra forma de representação no insuficiente para as despesas de exploração e
deliberações, quando seja esse o caso. território nacional ou no estrangeiro, desde que manutenção de sociedade constituindo tais
Quatro) A assembleia geral elegerá se obtenha as necessárias licenças e autorizações suprimentos verdadeiros empréstimos mesmo
anualmente o sócio que presidirá por igual das entidades competentes. que ainda não pretendam cobrar juros.
período e definirá a forma dos sócios Dois) As prestações suplementares carecem
ARTIGO SEGUNDO
temporariamente impedidos de se fazerem do consentimento dos sócios e aprovadas em
representar, de eleição do presidente deste órgão Duração assembleia geral, com ou sem entrada de novos
e a sua representação em caso de impedimento, A sociedade é constituída por tempo sócios.
bem como os que forem necessários e forma de indeterminado, e o seu começo conta-se a partir Três) Não havendo consentimento dos
votação para assembleia geral poder deliberar. da data da celebração da escritura. sócios, a mesma não terá lugar.
324 — (78) III SÉRIE — NÚMERO 14

ARTIGO SEXTO Cinco) O sócio que pretenda alienar a sua ARTIGO SEGUNDO
Assembleia geral
quota comunicará à sociedade com uma
antecedência de trinta dias, ficando reservado o Duração
Um) A assembleia geral reunir-se-á, uma vez direito de preferência aos sócios. A sociedade é constituída por tempo
por ano, em sessão ordinária para:
ARTIGO NONO indeterminado, contando-se o seu início a partir
a) Apreciação, aprovação, correcção ou da data da celebração da presente escritura.
rejeição do balanço e das contas Balanço
desse exercício; Um) O exercicío social coincide com o ano ARTIGO TERCEIRO
b) Decisão sobre a aplicação de resultados, civil. O balanço e contas de resultados fecharão
Objecto social
suprimentos, empréstimos; com referência a trinta e um de Dezembro de
c) Eleição do conselho de gerência. cada ano e serão submetidas à aprovação da Um) O objecto social da sociedade consiste
Dois) A assembleia geral poderá reunir-se assembleia geral. na prestação de serviços na área de infra-
extraordinariamente sempre que for necessário, Dois) Os lucros serão distribuídos pelos estruturas de telecomunicações, bem como outras
observando-se as formalidades exigidas por lei. sócios na proporção das suas quotas depois de actividades de natureza acessória ou
Três) A assembleia geral considera-se válida deduzida a percentagem destinada à constituição complementar ao seu objecto principal.
para deliberar e aprovar com a presença de do fundo de reserva legal, para fundos próprios Dois) Por deliberação da assembleia geral, a
sessenta e cinco por cento do capital social. se assim se deliberar em assembleia.
sociedade poderá ainda exercer outras
Quatro) Nas assembleias gerais qualquer ARTIGO DÉCIMO actividades não compreendidas no objecto social
sócio pode fazer-se representar por outro sócio desde que permitidas por lei.
Dissolução
ou por procurador devidamente identificado por Três) Por deliberação da administração, a
procuração específica para esse fim, mediante A sociedade dissolve-se nos termos da lei, e sociedade poderá adquirir participações,
carta, fax ou e-mail dirigida à sociedade e nesta será então liquidada como os sócios deliberarem.
maioritárias ou minoritárias, no capital de outras
recebida até ao início dos trabalhos. A sociedade não se dissolve por morte ou
sociedades nacionais ou estrangeiras,
interdição de qualquer dos sócios.
ARTIGO SÉTIMO independentemente do ramo de actividade, assim
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO como associar-se com outras sociedades para a
Administração da sociedade
Omissões prossecução de objectos comerciais no âmbito,
Um) A sociedade é gerida por um conselho ou não, do seu objecto.
de gerência que pode ser constituído por Em todos os casos omissos regularão as
elementos estranhos ou não à sociedade, disposições da legislação aplicável em vigor na ARTIGO QUARTO
representando a sociedade em juízo e fora dele, República de Moçambique.
activa e passivamente, praticando todos os actos Capital social
Está conforme.
tendentes à realização do objecto social que a lei Conservatória dos Registos e Notariado da Um) O capital social da sociedade,
ou o presente estatuto não reservem à assembleia Matola, vinte e dois de Fevereiro de dois mil integralmente subscrito e realizado em dinheiro,
geral. e onze. — O Ajudante, Ilegível. é de dez mil meticais, correspondendo à soma de
Dois) Ficam desde já nomeados os sócios quatro quotas iguais, a saber:
Fernando Augusto Coelho Pedrosa e Rogério
Paulo Pereira Ventura. Mipnet, Limitada a) Uma quota no valor nominal de dois
Três) Carece de aprovação específica pela mil e quinhentos meticais,
Certifico, para efeitos de publicação, que por equivalente a vinte e cinco por cento
assembleia geral os actos de obrigação da
escritura de dez de Março de dois mil e onze, do capital social, pertencente ao sócio
sociedade em empréstimos, fianças, letras,
exarada de folhas cento e trinta e sete a folhas
obrigações e vendas de património. Kjell Anders Nilsson;
cento e quarenta e sete do livro de notas para
Quatro) A nomeação de procuradores é da b) Uma quota no valor nominal de dois
escrituras diversas número L cento e catorze traço
competência da assembleia geral nos termos e mil e quinhentos meticais,
A da Conservatória dos Registos e Notariado da
limites específicos do respectivo mandato. equivalente a vinte e cinco por cento
Matola, a cargo da notária Batça Banu Amade
Cinco) Para que a sociedade fique do capital social, pertencente ao sócio
Mussa, foi constituída uma sociedade por quotas
validamente obrigada nos seus actos e contratos, José Eduardo Dai;
de responsabilidade limitada denominada
é bastante a assinatura individual de qualquer Mipnet, Limitada, que se regerá pelas cláusulas c) Uma quota no valor nominal de dois
um dos sócios. constantes dos artigos seguintes: mil e quinhentos meticais,
ARTIGO OITAVO equivalente a vinte e cinco por cento
ARTIGO PRIMEIRO
do capital social, pertencente ao sócio
Divisão e cessão de quotas Denominação, forma, duração e sede Karl Niklas Verner Lindhe; e
Um) A sociedade poderá adquirir, alienar e social d) Uma quota no valor nominal de dois
onerar quotas do seu próprio capital, nos termos Um) A sociedade adopta a forma de sociedade mil e quinhentos meticais,
que forem estabelecidos por deliberação da por quotas de responsabilidade limitada e a equivalente a vinte e cinco por cento
assembleia geral. denominação de Mipnet, Limitada. do capital social, pertencente ao sócio
Dois) A sociedade poderá amortizar a quota Dois) A sociedade tem a sua sede na cidade Salvador Macaringue Júnior.
de qualquer sócio que seja objecto de penhora, de Maputo, na Avenida Agostinho Neto, número
apreensão, arresto, arrolamento, arrematação ou Dois) Mediante deliberação da assembleia
quatrocentos e noventa e quatro.
adjudicação judicial. Três) A administração poderá, a todo o geral, o capital social da sociedade poderá ser
Três) A sociedade poderá ainda amortizar tempo, deliberar que a sede da sociedade seja aumentado por recurso a novas entradas, por
qualquer quota, mediante acordo com o transferida para qualquer outro local em incorporação de reservas disponíveis ou por
respectivo sócio e nas formas e condições Moçambique. outra forma permitida por lei.
estipuladas nesse acordo. Quatro) Por deliberação da administração, Três) Em cada aumento de capital social em
Quatro) A divisão e/ou a cessão de quotas, poderão ser criadas e extintas, em Moçambique dinheiro, os sócios têm direito de preferência na
total ou parcial, a estranhos à sociedade, ou no estrangeiro, filiais, sucursais, delegações, subscrição de novas quotas, na proporção do
dependem da autorização da sociedade dada por escritórios de representação, agências ou outras valor da respectiva quota à data da deliberação
deliberação da assembleia geral. formas de representação social. do aumento de capital social.
11 DE ABRIL DE 2011 324— (79)

ARTIGO QUINTO de alguma forma apreendida judicial Dois) O sócio que pretenda constituir
ou administrativamente; quaisquer ónus ou encargos sobre a sua quota,
Prestações suplementares e suprimentos
c) Quando o sócio transmita ou onere a deve notificar a sociedade, por carta dirigida ao
Um) Mediante deliberação da assembleia quota sem o consentimento dos conselho de administração, dos respectivos
geral, poderão ser exigidas aos sócios prestações demais sócios; termos e condições, incluindo informação
suplementares na proporção das suas quotas, d) Caso o sócio tenha revelado um detalhada da transacção subjacente.
até um valor máximo de cem mil meticais. comportamento desleal ou Três) A reunião da assembleia geral, para a
Dois) Os sócios poderão realizar suprimentos gravemente perturbador do deliberação referida no ponto um do presente
à sociedade, caso os termos, condições e garantias funcionamento da sociedade e este artigo, será convocada no prazo de quinze dias a
dos mesmos tenham sido previamente aprovados lhe tenha causado prejuízos ou os contar da data de recepção da referida carta.
por meio de deliberação da assembleia geral, possa vir a causar.
devidamente convocada para o efeito. ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
Dois) Se o sócio for excluído da sociedade
por ter ocorrido alguma causa de exclusão, a Órgãos sociais
ARTIGO SEXTO
sociedade poderá amortizar a quota, adquirí-la Os órgãos sociais da sociedade são a
Transmissão de quotas ou fazê-la adquirir por um dos sócios ou por assembleia geral e o conselho de administração.
Um) A transmissão de quotas, por qualquer terceiros.
forma em direito permitida, incluindo a sua Três) O sócio que fique sujeito a uma causa ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
divisão e oneração, entre sócios ou a favor de de exclusão deverá imediatamente notificar à
Composição da assembleia geral
terceiros, carece do consentimento prévio dos sociedade da verificação dessa causa de exclusão.
restantes sócios, prestado em assembleia geral. A notificação deverá conter todas as informações Um) A assembleia geral é constituída por
Dois) Os sócios gozam de direito de relevantes, relativas à causa de exclusão. todos os sócios da sociedade.
preferência na transmissão de quotas, a ser Dois) As reuniões da assembleia geral serão
ARTIGO NONO conduzidas por uma mesa composta por um
exercido na proporção das respectivas quotas.
Três) É nula e de nenhum efeito qualquer Exoneração de sócios presidente e por um secretário. O presidente da
divisão, cessão, alienação ou oneração de quotas mesa da assembleia geral e o secretário são eleitos
Um) Os sócios, sem prejuízo do disposto na para mandatos renováveis de três anos e exercerão
que não observe o preceituado nos números
lei comercial e desde que as suas quotas estejam essas funções até renunciarem aos mesmos, ou
anteriores.
integralmente realizadas, podem ainda exonerar- até que a assembleia geral delibere destituí-los.
ARTIGOSÉTIMO -se da sociedade caso ocorra uma causa de
exclusão e não se concretize a amortização da ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
Amortização de quotas quota ou a sua aquisição por parte da sociedade,
Reuniões e deliberações
Um) A sociedade poderá amortizar as quotas de um sócio ou terceiro (doravante causa de
dos sócios, nos seguintes casos: exoneração). Um) A assembleia geral reúne-se,
Dois) Verificando-se uma causa de ordinariamente, pelo menos, uma vez por ano,
a) Por acordo com o respectivo titular; exoneração, o sócio que queira usar dessa nos primeiros três meses depois de findo o
b) Quando, por decisão transitada em faculdade notificará a sociedade, por escrito, no exercício do ano anterior, e, extraordinariamente,
julgado, o respectivo titular for prazo de noventa dias após tomar conhecimento sempre que tal se mostre necessário. As reuniões
declarado falido ou insolvente; da causa de exoneração, da sua intenção de se terão lugar na sede da sociedade, salvo quando
c) Quando a quota for arrestada, exonerar (doravante notificação de exoneração). todos os sócios deliberarem na escolha de outro
penhorada, empenhada, arrolada ou Três) No prazo de trinta dias após a local.
de alguma forma apreendida judicial notificação de exoneração, a sociedade Dois) As reuniões da assembleia geral podem
ou administrativamente; amortizará a quota, procederá à sua aquisição ou ter lugar sem que tenha havido convocação,
d) Quando o sócio transmita ou onere a fará com que seja adquirida por um sócio ou desde que todos os sócios estejam presentes ou
quota sem o consentimento dos terceiro. representados, tenham dado o seu consentimento
demais sócios; Quatro) A amortização ou aquisição da quota para a realização da reunião e tenham acordado
e) Em casos de exclusão e exoneração de é deliberada em assembleia geral, e aprovada em deliberar sobre determinada matéria.
sócios. por uma maioria de sócios que representem, pelo Três) A assembleia geral só delibera
Dois) A amortização será feita pelo valor menos, três quartos do capital social. validamente se estiverem presentes, ou
nominal das quotas, acrescido do valor Cinco) Se a sociedade não amortizar, adquirir representados, sócios que detenham, pelo menos,
correspondente na parte dos fundos de reserva, ou fizer adquirir a quota por outro sócio ou três quartos do capital social. Qualquer sócio
depois de deduzidos quaisquer débitos ou terceiro, dentro dos prazos acima referidos, o que esteja impedido de comparecer a uma reunião
responsabilidades do respectivo sócio para com sócio poderá alienar a sua quota a um terceiro poderá fazer-se representar por outra pessoa, nos
a sociedade, devendo o seu pagamento ser sem o consentimento prévio da sociedade. termos da lei.
efectuado no prazo e nas demais condições em Seis) No caso de a sociedade não dispor de
fundos suficientes para pagar o valor atribuído à ARTIGO DÉCIMO QUARTO
que vier a ser deliberado em assembleia geral.
quota amortizada, qualquer um dos restantes Convocação da assembleia geral
ARTIGO OITAVO sócios poderá disponibilizá-los à sociedade. Um) Excepto nos casos em que a lei exija
Exclusão de sócios ARTIGO DÉCIMO expressamente outras formalidades, a
convocação das reuniões da assembleia geral será
Um) Os sócios podem ser excluídos da Ónus e encargos feita por um administrador, através de carta
sociedade nos seguintes casos (doravante causas
Um) Os sócios não constituirão, nem registada e com aviso de recepção ou
de exclusão):
autorizarão que sejam constituídos, quaisquer protocolada, com uma antecedência mínima de
a) Quando, por decisão transitada em ónus ou encargos sobre as suas quotas, salvo se quinze dias relativamente à data da sua realização.
julgado, o respectivo titular for autorizados pela sociedade, mediante deliberação Dois) Sempre que um sócio pretenda
declarado falido ou insolvente; da assembleia geral aprovada por uma maioria convocar uma assembleia geral, deverá notificar,
b) Quando a quota for arrestada, de sócios que representem, pelo menos, três por escrito, o conselho de administração para o
penhorada, empenhada, arrolada ou quartos do capital social. efeito, indicando expressamente a ordem de
324 — (80) III SÉRIE — NÚMERO 14

trabalhos, sendo este obrigado a convocá-la, no ARTIGO DÉCIMO OITAVO Dois) A sociedade poderá ser imediatamente
prazo de quinze dias a contar da recepção dessa liquidada, mediante a transferência de todos os
Poderes
notificação. seus bens, direitos e obrigações a favor de
Três) Caso a assembleia geral não seja A administração terá todos os poderes para qualquer sócio, desde que devidamente
convocada, nos termos do número anterior, o sócio gerir a sociedade e prosseguir o seu objecto
autorizado pela assembleia geral e obtido acordo
poderá convocá-la, utilizando o mesmo meio social, incluindo a compra de bens para a
escrito de todos os credores.
previsto no número um do presente artigo. sociedade, salvo os poderes e competências que
não estejam exclusivamente atribuídos por lei, Três) Se a sociedade não for liquidada nos
ARTIGO DÉCIMO QUINTO ou pelos presentes estatutos, à assembleia geral. termos do número anterior e sem prejuízo de
outras disposições legais imperativas, todas as
Competências
ARTIGO DÉCIMO NONO dívidas e responsabilidades da sociedade
A assembleia geral delibera sobre os assuntos (incluindo, sem restrições, todas as despesas
Formas de obrigar a sociedade
que lhe estejam exclusivamente reservados pela incorridas com a liquidação e quaisquer
lei ou por este pacto social, nomeadamente: Um) A sociedade obriga-se:
empréstimos vencidos) serão pagas ou
a) A nomeação, exoneração e remuneração a) Pela assinatura de um administrador, reembolsadas antes que possam ser transferidos
dos membros dos órgãos sociais; para actos de gestão corrente da quaisquer fundos aos sócios.
b) A contratação de financiamentos sociedade; Quatro) A assembleia geral pode deliberar,
nacionais ou estrangeiros e a b) Pela assinatura conjunta de dois
por unanimidade, que os bens remanescentes
constituição de ónus ou garantias de administradores, para todos os
e a favor de terceiros que incidam sejam distribuídos pelos sócios.
actos, contratos e operações que,
sobre o património da sociedade; relativamente a cada um deles, ARTIGO VIGÉSIMO TERCEIRO
c) A transferência de capitais para o excedam o valor de duzentos mil
estrangeiro; meticais; Disposições finais
d) A venda de património da sociedade, c) Pela assinatura de um procurador, nos
por deliberação unânime dos sócios precisos termos do respectivo Os casos omissos serão regulados pela
da sociedade; instrumento de mandato. legislação moçambicana.
e) A aprovação dos termos, condições e Está conforme.
Dois) Para actos de mero expediente basta a
garantias de suprimentos;
assinatura de um administrador ou de um Conservatória dos Registos e Notariado de
f) A compra e venda de bens imóveis; e
empregado da sociedade devidamente Matola, onze de Março de dois mil e onze.—
g) O consentimento da sociedade quanto a
autorizado para o efeito.
divisões, cessões e unificações e O Técnico, Ilegível.
transmissão de quotas. ARTIGO VIGÉSIMO
ARTIGO DÉCIMO SEXTO Exercício e contas do exercício
Administração
CGM – Compra em Grupo
Um) O exercício anual da sociedade de Moçambique, S.A.R.L
Um) A sociedade é administrada e representada corresponde ao ano civil, sem prejuízo de se
por um conselho de administração, composta por poder adoptar um período de tributação Assembleia Geral
três administradores, que serão nomeados pela diferente, desde que aprovado pelos sócios e Convocatória
assembleia geral para mandatos renováveis de um pelas autoridades competentes.
ano, sendo permitida a sua reeleição, e exercerão Dois) A administração deverá preparar e Convoca-se a assembleia geral ordinária da
essas funções até renunciarem aos mesmos, ou submeter à aprovação da assembleia geral, o CGM – Compra em Grupo de Moçambique,
até que a assembleia geral delibere destituí-los. relatório anual da administração, o balanço e as S.A.R.L, que terá lugar na sede social sita na
Dois) Os administradores estão isentos de contas de cada exercício anual da sociedade.
Rua da Imprensa, n.º 256 – loja 7, em Maputo,
prestar caução. Três) O balanço e as contas do exercício
no próximo dia 28 de Abril, pelas 17 horas, com
Três) Até à realização da primeira assembleia deverão ser submetidas à assembleia geral até
ao final do primeiro mês seguinte ao final de a seguinte ordem de trabalho:
geral, o conselho de administração da sociedade
será composto pelos senhores Kjell Anders cada exercício. 1.º Apreciar e votar o relatório de gestão e
Nilsson, José Eduardo Dai e Karl Niklas Verner ARTIGO VIGÉSIMO PRIMEIRO as contas referentes ao exercício do
Lindhe. ano de 2010;
Dissolução
ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO 2.º Preencher vagas ou recompor os
Um) A sociedade dissolve-se nos casos órgãos sociais – conselho de
Reuniões do conselho de administração previstos na lei, mediante deliberação da administração, conselho fiscal
Um) As reuniões do conselho de administração assembleia geral.
e mesa da assembleia geral.
são convocadas, por escrito, por iniciativa de Dois) Caso os sócios deliberem pela
qualquer um dos administradores, podendo ser dissolução da sociedade, os administradores Maputo, 29 de Março de 2011. —
realizada sem qualquer convocação prévia, desde serão designados liquidatários da sociedade, O Secretário da Assembleia Geral, Rafiq Ahmed.
que todos estejam presentes e assim aceitem salvo deliberação em contrário.
deliberar. Três) Os sócios executarão e diligenciarão
Dois) Os administradores poderão fazer-se para que sejam executados todos os actos Cabeleireiros & Beleza
representar por outro administrador nas reuniões exigidos pela lei para efectuar a dissolução da Glamour, Limitada
do conselho de administração, mediante sociedade.
documento escrito assinado pelo administrador Certifico, para efeitos de publicação, que por
ARTIGO VIGÉSIMO SEGUNDO
não presente, com expressa indicação do nome deliberação do dia vinte e um de Março de dois
do administrador representante. Liquidação mil e onze, os sócios da sociedade Cabeleireiros
Três) As deliberações serão tomadas por Um) A liquidação será extrajudicial, em & Beleza Glamour, Limitada, matriculada na
maioria dos votos dos administradores presentes conformidade com o que seja deliberado pela Conservatória do Registo de Entidades Legais,
ou representados na reunião. assembleia geral. sob NUEL 100191504, decidiram acrescentar
11 DE ABRIL DE 2011 324— (81)

o objecto social, alterando desse modo o número CUASU – Consultoria Dois) O capital social poderá ser aumentado
um do artigo terceiro dos respectivos estatutos, e Serviços, Limitada por deliberação da assembleia geral que
passando este a ter a seguinte redacção: determinará os termos e condições para se
ARTIGO TERCEIRO Certifico, para efeitos de publicação, que por efectuar o aumento do capital.
escritura do dia oito de Março de dois mil
Um) A sociedade tem por objecto social: e onze na cidade da Matola e na Conservatória ARTIGO QUINTO
a) Tratamento de beleza facial; dos Registos e Notariado da Matola,
b) Mize, manicure e pedicure; Os sócios poderão fazer à sociedade
perante mim Batça Banu Amade Mussa,
c) Comercialização de produtos de beleza suprimentos de que ela necessitar, mediante
licenciada em Direito, técnica superior dos
e acessórios diversos; condições de juro e de reembolso a estipular
registos e notariado N1, conservadora, com
d) Comercialização de vestuário; pela assembleia geral.
funções notariais foi constituída uma sociedade
e) Prestação de serviços diversos;
f) Importação e exportação. por quota de responsabilidade limitada entre: ARTIGO SEXTO
Júlio Chongo Cuamba e Suzana Gonçalves
Em tudo não alterado, continuarão a vigorar Um) No caso de cessão de quotas, gozam em
Calisto Alface, que reger-se-á pelos seguintes
as disposições do pacto social anterior.
estatutos: primeiro lugar à sociedade e depois os sócios.
Maputo, vinte e quatro de Março de dois Dois) Para efeitos do disposto no número
mils e onze. — O Técnico, Ilegível. ARTIGOPRIMEIRO anterior, o sócio que pretender transmitir a sua
A sociedade adopta a denominação CUASU quota deverá comunicá-lo à sociedade por carta
DVS-Centro de Formação – Consultoria e Serviços, Limitada, e durará por registada com antecedência de, pelo menos,
Profissional, Limitada tempo indeterminado, sendo o seu início a partir noventa dias.
Certifico, que para efeitos de publicação, que da data da escritura pública. Três) Caberá aos sócios, reunidos em
por deliberação de onze de Março de dois mil e assembleia geral, deliberar sobre o exercício do
onze, da sociedade DVS-Centro de Formação ARTIGO SEGUNDO direito de preferência.
Profissional, Limitada, matriculada na Conserva- Um) A sede da sociedade é na província de Quatro) Se a sociedade deliberar sobre o
tória do Registo da Entidades legais, sob o Maputo, Machava-Sede, Avenida das Indústrias, exercício do direito de preferência, deverá
n.º 100205793, os sócios da sociedade em epigrafe informar os sócios, por carta registada, de todas
parcela setecentos e cinquenta e um.
deliberam a mudança da sede e acessão de quotas, as condições da proposta de transmissão de
com o capital social de trinta mil meticais, dos sócios Dois) A socidade pode por deliberação dos
sócios, criar filiais, sucursais ou qualquer outra quotas.
Diogénia Luísa Bambo, detentora de uma quota de
forma de representação, no território nacional Cinco) A decisão da sociedade sobre os
dez mil meticais, Simone Alberto Mate, detentor
de uma quota de dez mil meticais e Virgílio Pedro ou estrangeiro. termos e condições de cessão da quota deverá
Matsinhe detentor de uma quota de dez mil meticais, ser comunicada, também por carta registada, até
estando assim reunido o total do capital social. ARTIGOTERCEIRO ao final do prazo indicado no número dois.
Foi deliberado que a sociedade deveria mudar Objecto
Seis) A transmissão gratuita da quota a
de endereço, passando para a Rua Carlos da pessoas ou entidades estranhas à sociedade carece
Silva, número trinta e nove, segundo andar, flat Um) A sociadade tem por objecto: do consentimento da sociedade.
três, alterando-se por conseguinte o artigo Sete) Se a sociedade não der o consentimento
a) Prestação de serviços de consultoria
segundo dos estatutos. referido previsto no número seis fica ela obrigada,
económica e social: Levantamentos
O sócio Simone Alberto Mate divide a sua
sócio-económicos; estudos de se o sócio assim pretender, a adquirir ela própria
quota em duas partes e cede cinco mil meticais a
viabilidade económica e financeira; através de terceiros a quota por valor igual ao do
favor da sócia Diogénia Luísa Bambo e os outros
cinco mil meticais a favor do sócio Virgílio Pedro monitoria e avaliação de projectos, último balanço aprovado.
Matsinhe e aparta-se da sociedade e nada mais programas e políticas de Oito) Não produzirá efeitos para a sociedade
tem haver com ela. Os sócios Diogénia Luísa desenvolvimento económico e a transmissão de quotas que não obedeça ao
Bambo e Virgílio Pedro Matsinhe declaram social; estabelecido neste artigo.
aceitar as quotas ora cedidas e unificam-nas às b) Gestão e administração de empresas e Nove) O disposto no presente artigo não se
suas quoatas primitivas alterando-se por projectos. aplica às transmissões de quotas a favor do
conseguinte os artigos segundo e quinto dos Dois) A sociedade poderá exercer outras cônjuge, parente ascendente ou descendente do
estatutos que passam a ter a seguinte redacção. actividades de prestação de serviços sócio.
ARTIGO SEGUNDO afins e subsidiárias ao seu objecto
social, desde que não exista qualquer ARTIGO SÉTIMO
A sede da sociedade fica localizada na
Rua Carlos da Silva número trinta e nove, impedimento legal para o efeito. Um) As quotas poderam ser amortizadas nos
segundo andar, flat trinta, Bairro do seguintes casos:
ARTIGO QUARTO
Chamanculo «A», Maputo.
a) Por acordo dos sócios;
..................................................................... Capital social
b) Quando sejam arrestadas, arroladas, ou
ARTIGO QUINTO por qualquer outro motivo que
Um) O capital social, integralmente subscrito,
O capital social, integralmente realizado, é de dez mil meticais, correspondentes à soma estejam em situações de venda
é de trinta mil meticais dividido em duas de duas quotas, assim distribuídas: judicial;
quotas a saber: Diogénia Luísa Bambo, com c) Quando sejam transmitidas com
uma quota de quinze mil meticais, equivalente a) Uma quota no valor de seis mil meticais,
violação do estabelecido nos
a cinquenta por cento do capital social e representativa de sessenta por cento
presentes estatutos.
Virgílio Pedro Matsinhe com uma quota de do capital social e pertencente ao
quinze mil meticais, equivalente a cinquenta sócio Júlio Chongo Cuamba; Dois) No caso da alínea b) do número
por cento do capital social. b) Uma quota no valor de quatro mil anterior, a contrapartida financeira da
Em tudo não alterado continuam as meticais, representativa correspon- amortização será igual ao valor da quota com
disposições do pacto social anterior. dendo a quarenta por cento do capital relação ao último balanço aprovado e no caso da
Maputo, onze de Março de dois mil social e pertencente à sócia Suzana alínea c) do mesmo número será apenas igual ao
e onze. — O Técnico, Ilegível. Gonçalves Calisto Alface. seu valor nominal.
324 — (82) III SÉRIE — NÚMERO 14

ARTIGO OITAVO Sete) Os sócios só podem fazer-se representar Dois) A sociedade poderá criar ou extinguir
nas assembleias por outro sócio ou gerente, ou sucursais, filiais, agências, delegações ou
Um) Em caso de morte ou interdição do sócio,
pelo seu cônjuge, parente ascendente ou qualquer outra forma de representação social em
a quota continuará com os herdeiros ou
representantes dos herdeiros ou do sócio descendente. qualquer ponto do país.
interdito, os quais nomearão entre si um que a ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO ARTIGO TERCEIRO
todos represente na sociedade, enquanto a quota
permanecer indivisa. Nos casos de aumento de capital, os sócios (Duração)
Dois) É dispensada a autorização da sociedade gozam do direito de preferência, na proporção A sociedade é constituída por tempo
para a divisão da quota pelos herdeiros dos das quotas possuídas por cada um. indeterminado, contando-se o seu início, para todos
sócios. ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO os efeitos legais a partir da data da sua escritura.
ARTIGO NONO Um) Os exercícios económicos coincidem ARTIGO QUARTO
Administração e gerência com os anos civis. (Objecto)
Dois) O balanço e contas de resultados fechar- Um) A sociedade tem como seu objecto
Um) A gerência da sociedade e a sua
-se-ão sempre em referência a trinta e um de principal prestação de serviço na àrea de beleza,
representação em juízo ou fora dele cabem aos
Dezembro de cada ano e serão submetidos à estética, ginásio e relaxamento, para homens e
gerentes nomeados pelos sócios, sendo
apreciação da assembleia geral ordinária. mulheres.
necessárias, pelo menos, duas assinaturas para
obrigar a sociedade. Três) Os lucros líquidos de cada exercício, Dois) Comércio de produtos de beleza e
Dois) A sociedade fica obrigada pelos depois de deduzida a percentagem estabelecida estética.
gerentes ou por procuradores. por lei para o fundo de reserva legal, terão a Três) A sociedade poderá ainda exercer
Três) O gerente poderá delegar noutro gerente aplicação que a assembleia geral determinar. quaisquer outras actividades ou participar em
ou pessoa estranha parte ou todos os poderes de Quatro) Os lucros aprovados para a outras sociedades ou empreendimentos directa
gerência. Contudo a delegação de poderes a distribuição serão pagos na proporção das ou indirectamente ligados à sua actividade
pessoas estranhas à sociedade só poderá ser feita respectivas quotas, e serão pagos logo que a principal, desde que devidamente outorgada e
com consentimento de todos os sócios. gerência determinar e estarem reunidas as os sócios assim deliberem.
Quatro) Fica vedado aos gerentes e condições para o efeito.
procuradores obrigar a sociedade em contratos ARTIGO QUINTO
Esta conforme.
estranhos ao objecto social da mesma. (Capital social)
Cinco) A gerência será ou não remunerada Maputo, oito de Março de dois mil e onze. —
A Técnica, Ilegível. Um) O capital social é de vinte mil meticais,
conforme o deliberado pela assembleia geral, a
qual aprova, também, a política geral de correspondentes à uma única quota de cem por
remunerações do pessoal da sociedade. cento do capital social integralmente realizado
Kristina Spa — Sociedade pertencente a senhora Mária Cristina Martins
ARTIGO DÉCIMO Gomes.
Unipessoal, Limitada
Um) As deliberações dos sócios são feitas Dois) O capital social poderá ser aumentado
em assembleia geral, que reúne ordinariamente Certifico, para efeitos de publicação, que no ou reduzido, uma ou mais vezes.
uma vez por ano no primeiro trimestre após o dia onze de Março de dois mil e onze, foi
matriculada na Conservatária do Registo ARTIGO SEXTO
exercício anterior, e cabe à assembleia geral
deliberar sobre a política e estratégias gerais de de Entidades Legais, sob NUEL 100208342 (Administração)
desenvolvimento da sociedade. uma sociedade denominada Kristina Um) A sociedade é gerida pelo único sócio
Dois) A assembleia geral poderá reunir Spa— Sociedade Unipessoal, Limitada. denominado administrador.
extraordinariamente para deliberar sobre Mária Cristina Martins Gomes, solteira, Dois) Compete ao administrador exercer os
assuntos da sociedade que ultrapassam a natural de Belver-Gavião, de nacionalidade mais amplos poderes de administração,
competência da gerência. portuguesa, portadora do Passaporte representando a sociedade em juízo e fora dele,
Três) A assembleia geral será convocada pelo n.º L551681, emitido pelo Governo Civil de activa e passivamente, praticando todos os
gerente por carta registada, com a confirmação Santarém, com residência habitual na Avenida demais actos tendentes à realização do objecto
de recepção, dirigida aos sócios com Julius Nyerere, número oitocentos e trina, quinto social e outros necessários.
antecedência de trinta dias. Em casos de extrema andar direito, cidade de Maputo, doravante
urgência, é admissível a sua convocação com designado por outorgante; ARTIGO SÉTIMO
períodos de antecedências menores, desde que É celebrado pelo outorgante o presente (Formas de obrigar a sociedade)
haja consentimento dos sócios. A convocatória contrato de sociedade unipessoal de
deverá incluir, pelo menos; a agenda de Um) A sociedade fica obrigada pela
responsabilidade limitada, sem prejuízo das
trabalhos, a data, a hora e o local de realização. demais disposições da legislação aplicável, que assinatura do administrador.
Em princípio a assembleia geral reúne-se na sede se rege pelas cláusulas seguintes: Dois) Os actos de mero expediente poderão
da sociedade, mas poderá optar por reunir-se em ser assinados por qualquer empregado designado
qualquer outro lugar, desde que haja ARTIGO PRIMEIRO para efeito por força das suas funções.
consentimento dos sócios. (Denominação) ARTIGO OITAVO
Quatro) Será obrigatória a realização da
assembleia geral dentro de um prazo de sessenta Kristina Spa — Sociedade Unipessoal, (Falecimento do sócio)
dias, desde que convocada por todos os sócios. Limitada, adiante designada simplesmente por
sociedade, é uma sociedade unipessoal de No caso de falecimento do sócio, os herdeiros
Contudo a convocatória deverá ser feita por meio exercerão em comum os direitos do falecido,
de carta registada dirigida à sede da sociedade, responsabilidade limitada, que se rege pelo
presente estatuto e pelos preceitos legais devendo escolher entre eles um que a todos
indicando a proposta da agenda de trabalhos e
aplicáveis. represente na sociedade.
argumentando sobre a sua urgência.
Cinco) A assembleia geral considera-se ARTIGO NONO
ARTIGO SEGUNDO
regularmente constituída e capaz de deliberar
quando estiverem todos os sócios. (Sede) (Exercício social e contas)
Seis) Compete à assembleia geral designar Um) A sociedade tem a sua sede e negócio Um) O exercício social coincide com o ano
os auditores da sociedade. principal na cidade de Maputo. civil.
11 DE ABRIL DE 2011 324— (83)

Dois) O balanço e contas de resultado fechar- Migração de Moçambique, residente na rua ARTIGO SEXTO
-se-ão com referência a trinta e um de Dezembro Majune número trezentos e sessenta, Bairro
(Administração)
de cada ano. Hanhane, cidade da Matola;
Segundo: Nuno Miguel Silveira Soares Um) administração e gestão da sociedade e
ARTIGO DÉCIMO
Carneiro, de nacionalidade portuguesa, casado, sua representação, em juizo e fora dele, activa e
(Casos omissos) natural de Lisboa-Portugal, portador do DIRE passivamente, passam desde já a cargo dos
Os casos omissos serão regulados pelas n.º 11PT0002942Q, emitido em vinte de gerentes e ficam desde ja nomeados gerentes:
disposições do código comercial e demais Setembro de dois mil e dez, pelos Serviços de a) Toni Louse Soares Carneiro;
legislação aplicável. Migração de Moçambique, residente na rua b) Nuno Miguel Silveira Soares Carneiro.
Maputo, catorze de Março de dois mil Majune número trezentos e sessenta, Bairro
Hanhane, cidade da Matola. Dois) A sociedade fica obrigada pela
e onze. — O Técnico, Ilegível. assinatura de um dos gerentes ou por um
ARTIGO PRIMEIRO procurador especialmente constituído pela
gerência nos termos e limites específicos do
Maxicar, Limitada (Denominação e sede) respectivo mandato.
Certifico, para efeitos de publicação, que por Um) A sociedade adopta a denominação de
documento particular, sem número, de vinte e ARTIGO SÉTIMO
NT&T Consulting, Limitada, e tem a sua sede
cinco de Outubro de dois mil e dez, se procedeu no Bairro Hanhane, Rua Majune, número (Assembleia geral)
na sociedade em epígrafe à divisão e cedência trezentos e sessenta, na cidade da Matola.
total da quota pertencente ao sócio Rogério Um) A assembleia geral reunirá
Dois) Por simples deliberação da gerência
Humberto L. da Fonseca, divide e cede a ordinariamente, uma vez em cada ano, para
podem ser criadas filiais, sucursais, delegações
totalidade da sua quota, por um metical, da qual, apreciação, aprovação ou modificação do balanço
ou outras formas de representação em território
trinta por cento do capital social, cede ao sócio e contas do exercício e apenas para deliberar
nacional ou no estrangeiro.
Tiago Fonseca e dez por cento ao senhor Joshwa sobre quaisquer assuntos para que tenha sido
Fonseca, que entra na sociedade como novo ARTIGO SEGUNDO convocada e extraordinariamente sempre que for
sócio, e em consequência alterou-se o artigo necessário.
(Duração) Dois) A assembleia geral reunirá por iniciativa
quinto dos estatutos da sociedade para que o
mesmo reflicta adequadamente a nova realidade A duração será por tempo indeterminado do sócio único ou da gerência, por meio de carta
estatutária, assim: contando-se o seu início a partir da data da sua registada, com aviso de recepção, dirigida aos
membros da assembleia geral, com antecedência
criação.
ARTIGO QUINTO mínima de quinze dias e a convocatória deverá
(Capital social) ARTIGO TERCEIRO indicar o dia, hora e ordem dos trabalhos da
reunião.
O capital social, integralmente realizado (Objecto) Três) As reuniões da assembleia geral,
em dinheiro, é de cem mil meticais,
A sociedade tem como objecto: consultoria poderão ter lugar em qualquer local a designar
corresponde à soma de duas quotas assim
em recursos humanos e operações de negócio na República de Moçambique.
distribuídas:
a) Uma quota no valor nominal de ARTIGO QUARTO ARTIGO OITAVO
noventa mil meticais, correspon-
(Capital social) (Disposição geral)
dente a noventa por cento do
capital social, pertencente ao Um) O capital social, integralmente realizado Um) O exercício social coincide com o ano
sócio Tiago Fonseca; e subscrito em bens, é de vinte mil meticais, civil.
b) Uma quota no valor nominal de correspondente à soma de duas quotas, cada, Dois) O balanço e contas de resultados fechar-
dez mil meticais, correspondente pertencendo aos seguintes sócios: -se-ão com refêrencia a trinta e um de Dezembro
a dez por cento do capital social, de cada ano e serão submetidas a apreciação da
pertencente ao sócio Joshwa a) Toni Soares Carneiro, uma quota no assembleia geral.
Fonseca. valor de dez mil e duzentos meticais,
correspondendo a cinquenta e um ARTIGO NONO
Que em tudo o mais mantém-se inalterado.
por cento do capital; e A sociedade dissolve-se e liquida-se nos
Maputo, dois de Março dois mil e onze. — b) Nuno Miguel Silveira Soares Carneiro, casos e nos termos da lei e por comum acordo
O Técnico, Ilegível. uma quota no valor de nove mil e dos sócios.
oitocentos meticais, correspondendo
ARTIGO DÉCIMO
a quarenta e nove por cento do capital.
NT & T Consulting, Limitada. (Casos omissos)
Dois) Todas as entradas foram integralmente
Certifico, para efeitos de publicação, que no realizadas em dinheiro. Em tudo o omisso nos presentes estatutos
dia dez de Março de dois mil e onze, foi aplicar-se-á as disposições do Código Comercial,
matriculada na Conservatória do Registo de ARTIGO QUINTO lei das sociedades por quotas e demais legislação
Entidades Legais, sob NUEL 100208083, uma em vigor na República de Moçambique.
(Divisão e cessão de quota)
sociedade denominada NT & T Consulting, Maputo, catorze de Março de dois mil
Limitada. Um) Sem prejuízo das disposições legais em e onze. — O Técnico, Ilegível.
É celebrado o prsente contrato de sociedade vigor. A cessão de quotas de toda a parte, deverá
nos termos do artigo noventa do codigo ser do consentimento dos sócios, gozando do
comercial entre: direito de prefêrencia.
Primeiro: Toni Soares Carneiro, de Dois) Se nem a sociedade e nem os sócios Jenneddy Serviços –
nacionalidade britânica, casada, natural de mostrarem interesse pela quota cedente, este Sociedade Unipessoal, Limitada
Hasting, Reino Unido, portador do DIRE decidirá a sua alienação a quem e pelos preços Certifico, para efeitos de publicação, que por
n.º 11GB0004729F, emitido em vinte de que melhor entender, gozando o novo sócio dos escritura de dezasseis de Fevereiro de dois mil
Setembro de dois mil e dez, pelos Serviços de correspondentes a sua participação na sociedade. e onze, exarada de folhas setenta e duas a folhas
324 — (84) III SÉRIE — NÚMERO 14

setenta e tres do livro de notas para escrituras correspondente a uma quota da única sócia Elvira ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
diversas número setecentos e oitenta e um D do dos Anjos Massango, correspondente a cem por
Disposições finais
Terceiro Cartório Notarial de Maputo, perante cento do capital social.
Lucrécia Novidade de Sousa Bonfim, licenciada Um) Em caso de morte ou interdição da única
em Direito, técnica superior dos registos e ARTIGO QUINTO
sócia, a sociedade continuará com os herdeiros
notariado N1 e notária do referido cartório, foi Quotas próprias ou representantes da falecida ou interdito, os
constituída por: Elvira dos Anjos Massango,
Um) A sociedade poderá, dentro dos limites quais nomearão entre si um que a todos
uma sociedade por quotas de responsabilidade
legais, adquirir e/ou alienar quotas próprias e represente na sociedade, enquanto a quota
limitada, que se regerá pelos termos constantes
praticar sobre elas todas as operações legalmente permanecer indivisa.
dos artigos seguintes:
permitidas. Dois) Em tudo quanto for omisso nos
CAPÍTULO I Dois) Enquanto pertençam à sociedade, as presentes estatutos aplicar-se-ão as disposições
quotas não têm qualquer direito social, excepto do Código Comercial e demais legislação em
Da denominação, duração, sede
o de participação em aumentos de capital por vigor na República de Moçambique.
e objecto
incorporações de reservas, se a assembleia geral
ARTIGO PRIMEIRO não deliberar de forma diversa. Está conforme.
Denominação e duração Maputo, vinte e cinco de Fevereiro de dois
ARTIGO SEXTO mil e onze. — A Ajudante, Luísa Louvada
A sociedade adopta a denominação Jenneddy
– Sociedade Unipessoal, Limitada, criada por Transmissão de quotas Nuvunga Chicombe.
tempo indeterminado e que se rege pelo presente É livre a transmissão, total ou parcial, de
estatuto e pelos preceitos legais em vigor na quotas.
República de Moçambique. Inara África, Limitada
ARTIGO SÉTIMO
ARTIGO SEGUNDO Certifico, para efeitos de publicação, que por
Prestações suplementares escritura de treze de Janeiro de dois mil e onze,
Sede
A sócia poderá efectuar prestações lavrada a folhas setenta e cinco a setenta e sete,
Um) A sociedade tem a sua sede social no
suplementares de capital ou suprimentos à do livro de notas para escrituras diversas número
Largo do Alentejo, número vinte e dois, em
sociedade nas condições que forem estabelecidas setecentos e setenta e oito traço B do Primeiro
Maputo.
por lei. Cartório Notarial de Maputo, perante mim
Dois) Mediante simples deliberação da
administração, a sociedade pode autorizar, a ARTIGO OITAVO Lubélia Ester Muiuane, licenciada em Direito,
deslocação da sede dentro do território nacional, técnica superior dos registos e notariado N1 e
Administração e representação
cumprindo os necessários requisitos legais. notária do referido cartório, foi constituída uma
da sociedade
Três) A administração da sociedade poderá sociedade por quotas de responsabilidade
Um) A sociedade será administrada pela sócia limitada, que passará a reger-se pelas disposições
deliberar a abertura de sucursais, filiais ou
Elvira dos Anjos Massango. constantes dos artigos seguintes:
qualquer outra forma de representação no país e
Dois) A sociedade fica obrigada pela
no estrangeiro, desde que devidamente
assinatura da administradora ou ainda por CAPÍTULO I
autorizada.
procurador especialmente designado para o
ARTIGO TERCEIRO efeito. Da denominação, duração e objecto
Três) A sociedade pode ainda se fazer social
Objecto
representar por um procurador especialmente
Um) A sociedade tem por objecto a prestação ARTIGO PRIMEIRO
designado pela administração nos termos e
de serviços nas áreas de: limites específicos do respectivo mandato. Denominação, duração e objecto social
a) Organização e decoração de eventos;
b) Formação na área de decoração, CAPÍTULO III A sociedade adopta a denominação de Inara
culinária e moda; Das disposições gerais África, Limitada. É uma sociedade por quotas
c) Gestão, consultoria e acessória de de responsabilidade limitada, criada por tempo
ARTIGO NONO
marketing e relações públicas; indeterminado e que se rege pelos presentes
d) Prestação de serviços. Balanço e contas estatutos e pelos preceitos legais aplicáveis.
Dois) A sociedade poderá exercer outras Um) O exercício social coincide com o ano
actividades conexas com o seu objecto principal civil. ARTIGO SEGUNDO
e desde que para tal obtenha aprovação das Dois) O balanço e contas de resultados fechar- Sede e formas de representação
entidades competentes. -se-ão com referência a trinta e um de Dezembro
Três) A sociedade poderá adquirir de cada ano. Um)A sociedade tem a sua sede na cidade de
participações financeiras em sociedades a Maputo podendo abrir sucursais, delegações,
ARTIGO DÉCIMO
constituir ou constituídas, assim como associar- agências ou qualquer outra forma de
-se com outras sociedades para a prossecução Lucros representação social onde e quando a gerência o
de objectivos comerciais no âmbito ou não do Dos lucros apurados em cada exercício julgar conveniente.
seu objecto. deduzir-se-ão em primeiro lugar a percentagem Dois) Mediante simples deliberação, pode a
legalmente indicada para constituir a reserva legal, gerência transferir a sede para qualquer outro
CAPÍTULO II
enquanto não estiver realizada nos termos da lei local do território nacional.
Do capital social ou sempre que seja necessária reintegrá-la.
ARTIGO TERCEIRO
ARTIGO QUARTO ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
Capital social Duração da sociedade
Dissolução
O capital social, integralmente subscrito e A sociedade dissolve-se nos casos e nos A sociedade durará por tempo indeterminado
realizado em dinheiro, é de dez mil meticais, termos da lei. a contar da data da sua constituição.
11 DE ABRIL DE 2011 324— (85)

ARTIGO QUARTO em assembleia geral, constituir novas quotas até ARTIGO DÉCIMO
ao limite do aumento de capital, gozando os
Objecto social Nomeação de novos gerentes
actuais sócios do direito de preferência na sua
Um) A sociedade tem por objecto construçäo, liquidação ou admitir novos sócios, a quem serão A assembleia geral, por deliberação a que
escritório, informática, papelaria, Supermercado, cedidas onerosamente as novas quotas. correspondam no mínimo os votos
Ferragem. representativos de setenta e cinco por cento do
CAPÍTULO III
Dois) Asociedade pode também exercer capital social poderá eleger novos gerentes.
actividade do ramo industrial, nomeadamente: Da cessão e amortização de quotas
ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
a) Pequena e média indústria de fabrico ARTIGO SÉTIMO
de chinelos, fruta gelo, padaria e Cessão e amortização de quotas Remunerações dos membros dos órgãos
outras que o momento e a sociais
A cessão de quotas a não sócios, bem como
oportunidade de negócio determine; As remunerações dos membros dos órgãos
a divisão do prévio e expresso consentimento da
b) A sociedade poderá ainda exercer sociais serão afixadas pela assembleia geral sob
assembleia geral e só produzirão efeitos desde a
quaisquer outras actividades data da outorgação da respectiva escritura e da proposta da gerência.
conexas ou subsidiárias das sua notificação que poderá ser feita por carta
actividades principais; registada com aviso de recapção, ficando dela ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
c) A sociedade pode igualmente exercer dispensada a sociedade quando a quota lhe seja Deliberações
as actividades de assistência técnica adjudicada, total ou parcialmente.
e prestação de serviços; Primeiro. A sociedade goza, sempre, em Um) As deliberações da assembleia geral
d) Na realização das operações referidas primeiro lugar do direito de preferência no caso serão tomadas por maioria de votos presentes,
nos números anteriores a sociedade de cessão de quotas. Se esta não querer exercer, salvo disposições legais estatutárias que exijam
observará sempre as disposições caberá aos sócios não cedentes o exercicio desse maioria qualificada.
legais aplicáveis. direito na proporção das quotas que já possuem. Dois) As deliberações relativas à fusão com
Segundo. Havendo discordância quanto à outras sociedades, cisão e alteração dos estatutos
ARTIGO QUINTO da sociedade só poderão ser tomadas quando na
quota a ceder, a assembleia geral poderá designar
Participação noutras sociedades peritos estranhos à sociedade, que decidirão e reunião da assembleia geral estiverem
determinarão esse valor, obrigando-se tanto a representados todos os sócios.
A sociedade poderá mediante deliberação do
sociedade como os sócios a aceitar
conselho de gerência deter participações sociais ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
incondicionalmente a sua decisão.
em outras sociedades, independentemente do seu
Local das reniões
objecto. CAPÍTULO IV
As assembleias gerais reunir-se-ão na sede
CAPÍTULO II Da assembleia geral social ou no local indicado nos anúncios.
Do capital social ARTIGO OITAVO
CAPÍTULO V
Formas de convocação
ARTIGO SEXTO
As assembleias gerais, nos casos em que a Da responsabilidade
Do capital social
lei não determine formalidades especiais para a
O capital social, integralmente subscrito e a sua convocação, serão convocadas por qualquer ARTIGO DÉCIMO QUARTO
realizar em dinheiro, é de cem mil meticais, e gerente ou por carta registada expedida com trinta Responsabilidade social
corresponde à soma de duas quotas assim dias de antecedência pelo menos
distribuidas: Um) A sociedade será gerida por um corpo
Skandar Abdul Rupani, com secenta e cinco ARTIGO NONO de gerência composto por dois membros e podem
por cento, equivalente a sessenta e cinco mil ser sócios ou não.
Representação, administração
meticais; e competência da gerência Dois) A sociedade fica obrigada pela
Amin Abdul Rupani, com trinta e cinco por assinatura de um membro da gerência nos actos
Um) A gerência e a administração da de competência desta gerência, salvo nos casos
cento, equivalente a trinta e cinco mil meticais. sociedade e a sua representação em juízo e fora
Único por conta das suas quotas, e neste acto em que for delegada competência num dos sócios,
dela, activa e passivamente, pertence aos sócios pelo que bastará a assinatura deste.
constitutivo, os sócios farão entrada em dinheiro da empresa, podendo este ser sócio ou não.
da totalidade dos respectivos valores nominais, Dois) A sociedade será representada. CAPÍTULO VI
Primeiro: O capital social pode ser aumentado Três) Ao gerente compete:
ou reduzido mediante deliberação da assembleia Do conselho de gerência
a) Deliberar sobre as propostas de
geral, alterando-se em qualquer dos casos, o ARTIGO DÉCIMO QUINTO
alteração de estatutos emanadas da
pacote social para o que se observarão as
gerência; Competência do gerente
formalidades estabelecidas no artigo quarenta e
b) Eleger os membros do conselho fiscal, Ao gerente compete:
um e seus parágrafos da lei de onze de Abril de
bem como o respectivo presidente
mil novecentos e um. a) Convacar os sócios e ou assembleia
e, deliberar quanto à conveniência
Segundo: Deliberando qualquer aumento, geral, consoante as necessidades;
da necessidade deste conselho ser
será o aumento rateado pelos sócios existentes b) Regular os trabalhos da gerência;
complementada pelos serviços de
na proporção das suas quotas, competindo á uma sociedade revisora de contas; c) Fazer executar as deliberações da
assembleia geral deliberar como e em que prazo c) Decidir a forma de distribuição de assembleia geral;
deverá ser feito o seu pagamento quando o lucros líquidos bem como a d) Representar a sociedade em juizo e fora
respectivo aumento de capital não seja imediato adequada constituição das amortiza- dele, activa e passivamente, podendo
e integralmente realizado, obrigando-se, desde ções, provisões, reservas e contrair obrigações, propôr e seguir
já a garantir, no mínimo a entrada imediata de reinvestimentos de acordo com pleitos, desistir ou transigir em
cinquenta por cento do valor da actualização. proposta da gerência; processo, comprometer-se em
Terceiro: Em vez de rateio estabelecido no d) Dissolver a sociedade quando esta não arbitrios e assinar termos de
parágrafo anterior, poderão os sócios deliberar, se mostre viável. responsabilidade.
324 — (86) III SÉRIE — NÚMERO 14

CAPÍTULO VII CAPÍTULO XI Providência – Investimento, Limitada, com sede


em Maputo, que se regerá pelas cláusulas
Do conselho fiscal Da sociedade constantes dos artigos seguintes:
ARTIGO DÉCIMO SEXTO ARTIGO VIGÉSIMO SEGUNDO CAPÍTULO I
Conselho fiscal
Dissolução da sociedade Da denominação, sede, duração
Um) Fiscalização dos negócios sociais será e objecto social
exercida nos termos da lei por um conselho fiscal Um) A sociedade só se dissolverá nos casos
composto por dois membros. previstos na lei ou por deliberação da assembleia ARTIGO PRIMEIRO
Dois) A assembleia geral que eleger os geral.
membros do conselho fiscal indicará o respectivo Um) A sociedade adopta a denominação de
Dois) A sociedade não se dissolve por
presidente. Providência – Investimento, Limitada, é uma
extinção, morte, interdição ou incapacidade de
sociedade comercial por quotas de
ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO qualquer dos sócios continuando os sucessores, responsabilidade limitada.
Auditoria e contas herdeiros ou representantes de extinto, falecido, Dois) Por deliberação da assembleia a sede
interdito ou incapacitado, indicando dentre eles poderá ser transferida para outro local.
Um) A assembleia geral pode cometer a uma
um que a todos represente na sociedade e
sociedade de auditoria a verificação das contas ARTIGO SEGUNDO
da sociedade, sem prejuizo da competência do mantendo-se a quota indivisa.
conselho fiscal. A sociedade tem a sua sede na cidade de
Dois) O conselho fiscal pronunciar-se-á CAPÍTULO XII Maputo, podendo abrir ou fechar delegações,
obrigatoriamente sobre o conteúdo dos relatórios sucursais ou outra forma de representação social
Do pessoal
apresentados pelos auditores. em qualquer parte do território nacional ou no
ARTIGO VIGÉSIMO TERCEIRO estrangeiro, desde que a assembleia geral assim
ARTIGO DÉCIMO OITAVO
o delibere.
Reuniões do conselho fiscal Regime e politica
Um) O conselho fiscal reúne ordinariamente ARTIGO TERCEIRO
Um) O regime de prestação do trabalho, bem
nos prazos estabelecidos por lei e A sua duração é por tempo indeterminado,
como os direitos, obrigações e garantias sociais
extraordinariamente sempre que convocado pelo contando-se o seu início a partir da celebração
seu presidente, pela maioria dos seus membros dos trabalhadores da empresa, serão pautadas
da presente escritura.
ou pela gerência. pelas normas relativas a Lei do Trabalho em vigor
Dois) As deliberações são tomadas por na República de Moçambique. ARTIGO QUARTO
maioria dos seus membros Dois) A adequação da politica de pessoal da
Um) A sociedade tem como objecto social:
CAPÍTULO VIII sociedade às normas a que se refere o ponto
anterior será estabelecida pela gerência. a) Mobilização de investimento;
Dos órgãos sociais b) Gestão de participações financeiras;
ARTIGO DÉCIMO NONO ARTIGO VIGÉSIMO QUARTO c) Comércio e prestação de serviços;
Reuniões e actas d) Importação e exportação.
Em tudo quanto estiver omisso nestes Dois) A sociedade poderá ainda exercer outras
Um) As reuniões dos òrgãos sociais serão estatutos, a sociedade reger-se-á pela Lei de Onze actividades comerciais, industriais, diferentes,
sempre lavradas em actas devidamente assinadas
de Abril de mil novecentos e um. conexas ou subsidiárias da actividade principal,
por todos os membros presentes das quais
conforme vier a ser deliberado pela assembleia
constarão as deliberações de votos discordantes. Está conforme.
Dois) As actas da assembleia geral são geral.
assinadas pelos sòcios. Maputo, vinte de Janeiro de dois mil
e onze. — O Ajudante, Ilegível. CAPÍTULO II
CAPÍTULO IX
Do capital social
Do ano social
ARTIGO QUINTO
ARTIGO VIGÉSIMO Providência – Investimento,
Ano social Limitada O capital social é de vinte mil meticais,
integralmente subscrito e realizado em dinheiro,
O ano social coinscide com o ano civil,
Certifico, para efeitos de publicação, que por correspondente à soma de uma quota desigual e
devendo ser elaborado em balanço anual com
referência a trinta e um de Dezembro, aprovado escritura pública de vinte e cinco de Novembro duas iguais:
pela assembleia geral, no prazo legalmente de dois mil e dez, lavrada de folhas setenta e a) Uma quota de seis mil e oitocentos
previsto ou, na sua falta, até trinta e um de Março uma a setenta e oito, do livro de notas para meticais, correspondente a trinta e
do ano seguinte. escrituras diversas número duzentos e noventa e quatro por cento, subscrita pelo sócio
CAPÍTULO X nove traço A do Quarto Cartório Notarial de James John Zinyama Phiri;
Maputo, perante, Dárcia Elisa Álvaro Freia, b) Uma quota de seis mil e seiscentos
Dos Lucros
licenciada em Direito, técnica superior dos meticais, correspondente a trinta e
ARTIGO VIGÉSIMO PRIMEIRO três por cento, subscrita pelo sócio
registos e notariado N1, e notário, do referido
Aplicação de lucros Chalo Mccoll Epron; e
cartório, foi constituída entre: James John
Os lucros liquidos do balanço anual serão c) Uma quota de seis mil e seiscentos
Zinyama Phiri, Chalo Mccoll Epron e Stanley meticais, correspondente a trinta e
distribuidos aos sócios do capital após adequada
Wallace Ezara Chikakuda uma sociedade por três por cento, subscrita pelo sócio
a constituição de amortização, provisões e
reservas. quotas de responsabilidade limitada denominada Stanley Wallace Ezara Chikakuda.
11 DE ABRIL DE 2011 324— (87)

ARTIGO SEXTO CAPÍTULO III ARTIGO DÉCIMO QUINTO


O capital social poderá ser aumentado tantas Da assembleia geral e representação Um) Dos lucros de cada exercício deduzir-
vezes quanto possível, com ou sem entrada de da sociedade -se-á em primeiro lugar a percentagem legalmente
novos sócios, mediante a deliberação da fixada para constituir o fundo de reserva legal,
assembleia geral. ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO enquanto este não estiver integralmente realizado
ou sempre que seja necessário reintegrá-lo.
ARTIGO SÉTIMO Um) A gerência, a administração da sociedade
Dois) Cumprido o disposto no número
e sua representação em juízo e fora dele, activa e
Não são exigíveis prestações suplementares anterior, a parte restante constituirá dividendos
passivamente, será exercida por um gerente,
aos sócios na proporção das respectivas quotas.
do capital social, mas os sócios poderão fazer o podendo este ser sócio ou não mediante a
suprimento de que a sociedade carecer ao juro e deliberação da assembleia geral. ARTIGO DÉCIMO SEXTO
demais condições a estabelecer pela assembleia Dois) Não sendo sócio o gerente, compete a
geral. assembleia geral nomeá-lo, podendo delegar nele A sociedade só se dissolve por deliberação
da assembleia geral ou nos casos previstos pela
todo ou em parte, os seus poderes conferidos no
ARTIGO OITAVO lei.
número anterior deste artigo.
.Um) A cessão ou divisão de quotas ou parte Três) Em caso algum a sociedade poderá ser ARTIGO DÉCIMO SÉTIMO
dela é livre entre os sócios. obrigada em actos e contratos que não digam
Dois) A cessão ou divisão de quotas ou parte respeito às operações sociais, designadamente, Em caso de dissolução da sociedade, todos
delas a estranhos dependem do prévio em letras de favor, fianças ou abonações. os sócios serão liquidatários, podendo a partilha
consentimento da assembleia geral e só produzirá e divisão dos sócios ser de acordo com o que for
ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO deliberado em assembleia geral.
efeitos a partir da data da respectiva escritura,
ainda assim, a sociedade e os sócios Um) A assembleia geral dos sócios reúne- ARTIGO DÉCIMO OITAVO
respectivamente, gozam do direito de -se, em sessão ordinária, uma vez por ano, para
preferência. Sem prejuízo de outra deliberação social
apresentação, aprovação ou modificação do
Três) O consentimento da sociedade é pedido superveniente, a sociedade tem a sua sede na
balanço e contas de exercício anterior, deliberar
Avenida Agostinho Neto, número duzentos e
por escrito, com a indicação do cessionário e de sobre qualquer outro assunto para que tenha sido
sessenta, rés-do-chão.
todas as condições de cessão ou divisão. convocada e, em sessão extraordinária, sempre
Quatro) Se a sociedade não deliberar sobre o que for necessário. ARTIGO DÉCIMO NONO
pedido de consentimento no prazo de dez dias, Dois) A assembleia geral será convocada por
contados a partir da data da recepção do pedido, meio de carta registada ou outra forma a deliberar Em todo omisso esta sociedade regular-se-à
nos termos da legislação aplicável na República
presume-se ter sido diferida a cessão ou divisão. pela assembleia geral, dirigida a cada sócio, com
de Moçambique, dos regulamentos internos que
antecedência mínima de quinze dias.
ARTIGO NONO a assembleia geral vier a aprovar.
Três) Serão, contudo, válidas as deliberações
À sociedade, mediante deliberação da que constem de documentos assinados por todos Está conforme.
assembleia geral, fica reservado o direito de os sócios ou representantes seus, Maputo, oito de Fevereiro de dois mil
amortizar as quotas dos sócios no prazo de independentemente da sua convocação. e onze. — O Ajudante, Ilegível.
sessenta dias a partir da verificação dos seguintes Quatro) Os sócios far-se-ão representar em
factos: caso de impedimento, nas sessões da Assembleia
Geral por quem legalmente os representem ou Associação VUKA
a) Se qualquer quota ou parte dela for pelas pessoas para o efeito designadas por
penhorada ou sujeita a qualquer acto simples carta para esse efeito à sociedade. CAPÍTULO I
administrativo que possa obrigar a Da denominação, natureza, sede
sua transferência para terceiros ou ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO e objectivos
ainda se for dada em caução de
Um) As deliberações da assembleia geral ARTIGO PRIMEIRO
obrigação que o titular assuma sem
serão tomadas por maioria absoluta dos votos.
a prévia autorização da sociedade; Denominação e natureza
Dois) As deliberações da assembleia geral
b) Se qualquer quota ou parte dela for em matéria de alteração dos presentes estatutos É criada nos termos dos presentes estatutos
cedida a terceiros sem previamente requererão votos de maioria absoluta. uma associação denominada Associação
ser dado conhecimento nos termos Três) A assembleia geral poderá anular por VUKA, pessoa colectiva de direito privado sem
do disposto no artigo oitavo deste votação maioritária qualquer decisão da gerência, fins lucrativos, dotada de personalidade jurídica,
estatuto. quando esta decisão contrarie ou modifique os com autonomia administrativa, financeira,
ARTIGO DÉCIMO objectivos da sociedade. patrimonial e será regida pelos presentes estatutos
e demais legislações vigentes.
Um) Por morte ou interdição de qualquer dos CAPÍTULO IV
sócios a sociedade continuará com os herdeiros ARTIGO SEGUNDO
Das disposições finais
do sócio falecido ou interdito, devendo nomear Duração
dentre eles um que a todos represente. ARTIGO DÉCIMO QUARTO
Dois) Reserva-se aos sócios ou a assembleia Um) O exercício social coincide com o ano A Associação VUKA é constituída por tempo
geral o direito de aceitar ou rejeitar a pessoa indeterminado, contando-se o seu início a partir
civil.
designada desde que ache o seu comportamento da data do seu reconhecimento jurídico.
Dois) O primeiro ano financeiro começará
incompatível para os fins da sociedade. excepcionalmente no momento do início das ARTIGOTERCEIRO
Três) A não aceitação por parte dos sócios actividades da sociedade.
ou da assembleia geral, conforme o disposto no Três) O balanço de contas de resultado fechar- Sede
número anterior, implicará a liquidação a favor -se-á em referência a trinta e um de Dezembro A VUKA tem a sua sede no distrito de
dos herdeiros daquela participação social. de cada ano civil. Massinga, província de Inhambane, podendo,
324 — (88) III SÉRIE — NÚMERO 14

sob proposta de Conselho de Administração, ARTIGO OITAVO SECÇÃO II


abrir delegações ou quaisquer outras formas de Do Conselho de Administração
Competências
representação em todo país ou fora dele.
Compete à Assembleia Geral: ARTIGO DÉCIMO PRIMEIRO
ARTIGO QUARTO
a) Deliberar sobre todos os assuntos que Natureza e composição
Objectivos não sejam de competência dos
O Conselho de Administração é o órgão de
A Associação VUKA prossegue os seguintes outros órgãos; gestão e administração da associação e é
objectivos: b) Discutir e aprovar as propostas de composta por um presidente, um vice-presidente,
alteração dos estatutos; um secretário e um vogal.
a) Promover acções com vista a garantir c) Deliberar sobre o valor das quotas de
serviços de qualidade nos cada associado e forma do seu ARTIGO DÉCIMO SEGUNDO
transportes semicolectivo de pagamento;
passageiros: Competências do Conselho
d) Apreciar e aprovar o balanço, relatório de Administração
b) Coordenar a supervisionar a actividade de contas bem como o programa e
de transporte semicolectivo de orçamento para o ano seguinte; Um) Compete ao Conselho de Adminis-
passageiro dos seus membro. tração:
e) Apreciar e aprovar o relatório de
c) Servir de interlocutor dos seus a) Cumprir e fazer cumprir as deliberações
actividades do Conselho Fiscal;
membros junto das estruturas estatais dos órgãos sociais da associação;
f) Deliberar sobre a perda de qualidade de
e privadas; b) Zelar pela gestão e administração das
membro da associação;
d) Promover um mercado de emprego e actividades da associação e
g) Deliberar sobre a extinção da
serviços complementares a representá-la perante entidades
associação.
actividade de transporte oficiais e privadas;
semicolectivo de passageiros; ARTIGO NONO c) Requerer a convocação da assembleia
e) Promover acções de formação geral extraordinária quando
profissional dos motoristas e Funcionamento necessário;
cobradores da VUKA; d) Elaborar e submeter anualmente á
Um) A Assembleia Geral reúne-se
f) Promover acções de mobilização social aprovação do Conselho Fiscal e da
ordinariamente no primeiro trimestre de cada ano, Assembleia Geral, seu relatório,
para uma convivência sã e
para apreciação, discussão e votação das balanço, orçamento e programas de
harmoniosa entre passageiros e
deliberações da Assembleia Geral, do balanço actividades para o ano seguinte;
transportadores;
das contas do ano anterior, aprovar o orçamento e) Deliberar sobre a admissão de novos
g) Estabelecer parcerias com associações
e o plano de actividade do ano. membros;
congéneres.
Dois) A Assembleia Geral reúne-se f) Proceder a contratação do pessoal
CAPÍTULO II extraordinariamente quando devidamente necessário para o bom
convocada sempre que as circunstâcias o exijam funcionamento das actividades da
Dos órgãos por iniciativa do presidente ou a pedido do associação;
Conselho de Administração, Conselho Fiscal ou g) Propor à abertura de delegações ou
ARTIGO QUINTO outras formas de representação
ainda quando requerida por, pelo menos, um
Órgãos terço dos seus membros. dentro do país;
Três) As reuniões ordinárias da Assembleia h) Propor à Assembleia Geral a qualidade
São órgãos da VUKA: de membros honorários;
Geral são convocadas pelo respectivo presidente
a) Assembleia Geral; por meio de um aviso, expedido para cada um i) Representar a associação em juízo e fora
b) Conselho de Administração; dele;
dos associados com antecedência mínima de
c) Conselho Fiscal. j) Elaborar regulamentos internos a serem
trinta dias, e as extraordinárias com antecedência
submetidos à Assembleia Geral.
mínima de dois dias, devendo constar na
SECÇÃO I Dois) O Conselho de Administração reúne-
convocatória, o dia, a hora e local da reunião e a
Da Assembleia Geral respectiva agenda. -se, uma vez por mês, por convocação do
respectivo presidente e extraordinariamente
Quatro) A Assembleia Geral considera-se
ARTIGO SEXTO sempre que necessário.
legalmente constituída, na primeira convocação,
Natureza achando-se presente pelo menos metade dos ARTIGO DÉCIMO TERCEIRO
A Assembleia Geral é órgão máximo da membros, no dia e local indicado ou uma hora Obrigações
associação e é constituída por todos os associados depois com qualquer número dos membros.
A associação obriga-se pelas assinaturas de
em pleno gozo dos seus direitos, sendo presidida ARTIGO DÉCIMO três membros do Conselho de Administração,
por um presidente eleito pelos associados e as sendo uma delas a do respectivo presidente, que
suas deliberações quando tomadas em Deliberação da Assembleia Geral será substituído nas suas ausências
conformidades com a e com os presentes impedimentos pelo membro que designar.
Um) A Assembleia Geral só pode reunir-se
estatutos, são obrigatórias para todos os estando presentes mais de metade dos membros. SECÇÃO III
membros. Dois) As deliberações da Assembleia Geral Do Conselho Fiscal
ARTIGO SÉTIMO são tomadas por maioria absoluta dos votos dos
ARTIGO DÉCIMO QUARTO
membros presentes.
Mesa da Assembleia Geral Três) As deliberações sobre alterações de Natureza e composição

A Assembleia Geral é dirigida por uma Mesa estatutos, a dissolução da associação, requerem O Conselho Fiscal é o órgão de auditoria e
composta por um presidente, um secretário e o voto favorável de três quartos de todos os controlo de associação e é constituído por um
dois vogais. associados. presidente, um vice-presidente e um vogal.
11 DE ABRIL DE 2011 324— (89)

ARTIGO DÉCIMO QUINTO f) Os membros beneméritos ou CAPÍTULO IV


honorários estão isentos de
Competências Do fundo e património
pagamento de quotas.
Um) Compete ao Conselho Fiscal: ARTIGO VIGÉSIMO QUARTO
ARTIGO DÉCIMO NONO
a) Fiscalizar actividades da associação, Fundos e património
nomeadamente examinar a Direitos dos membros
Um) Constituem fundos da associação:
escrituração e os documentos da Um) São direitos dos membros:
associação com periodicidade a) As jóias, a pagar pela entrada de novos
a) Participar em todas actividades da membros;
regular;
associação; b) As quotizações mensais a pagar pelos
b) Emitir parecer sobre relatório, balanço
b) Participar nas sessões da Assembleia membros;
de contas apresentados pelo
Geral, nas questões da vida da c) Os subsídios, donativos e doações,
Conselho de Administração e o
associação; qualquer que seja a proveniência.
plano de actividades e orçamentos
c) Participar nos termos destes estatutos
anuais; Dois) O património de associação é
na discussão de todas as questões
c) Verificar a utilização dos fundos e constituído por bens móveis e imóveis
da vida da associação;
cumprimento dos planos de adquiridos a título gratuito ou oneroso.
d) Frequentar a sede da associação;
actividade.
e) Requerer a convocação da Assembleia CAPÍTULO V
Dois) O Conselho Fiscal reúne-se em sessões Geral nos termos dos estatutos;
ordinárias, mensalmente e extraordinariamente f) Gozar de benefícios e garantias que lhe Das disposições finais
sempre que necessário. confere os presentes estatutos; ARTIGO VIGÉSIMO QUINTO
g) Votar e ser eleito para órgãos directivos
CAPÍTULO III Dissolução
da associação.
Dos membros Um) A Associação VUKA dissolver-se-á:
Dois) A eleição para os órgãos directivos da
ARTIGO DÉCIMO SEXTO associação fica reservada aos membros a) Quando a Assembleia Geral,
Categorias fundadores e ordinários. especialmente convocada para esse
fim, o deliberar com o voto favorável
A Associação VUKA tem as seguintes ARTIGO VIGÉSIMO de três quartos de números de todos
categorias: os associados;
Quotização
a) Membros fundadores – os que tenham b) Quando preencher os pressupostos
assinado a escritura pública da Um) O valor da quota a pagar é fixado em legais que o determine.
constituição; Assembleia Geral.
Dois) A liquidação será efectuada por uma
b) Membros ordinários – são todos os Dois) O valor da jóia para admissão e de
comissão liquidatária composta por cinco
membros admitidos depois da quotas que compete novos membros à pagar
membros eleitos pela Assembleia Geral nos seis
escritura pública da constituição; será fixado no regulamento interno da associação.
meses posteriores a dissolução, devendo os
c) Membros beneméritos – são as pessoas órgãos desta manter-se em funcionamento, até a
singulares ou colectivas, públicas ou ARTIGO VIGÉSIMO PRIMEIRO
realização da Assembleia Geral a ser convocada
privadas, nacionais ou estrangeiras Sanções para a apresentação das contas e relatórios finais
que se predisponham a prestar do Conselho de Administração.
auxílio financeiro, material ou Um) A violação dos deveres dos membros
humano às actividades da da associação poderá dar lugar à aplicação de ARTIGO VIGÉSIMO SEXTO
associação. sanções disciplinares que poderão chegar a
(Omissões)
expulsão.
ARTIGODÉCIMO SÉTIMO Dois) O regulamento interno definirá as Os casos omissos nos presentes estatutos
Admissão regras atinentes ao procedimento disciplinar. recorrer-se-á a lei geral e avulsa aplicável no
país.
Um) Pode ser admitido como membro da ARTIGOVIGÉSIMO SEGUNDO
associação pessoas singulares ou colectivas que
manifestem interesse, desde que aceitem os Perda de qualidade de membro
objectivos e programas dos presentes estatutos. Perde a qualidade de membro aquele que: Fitaway, Limitada
Dois) A admissão de membros é feita
a) Renunciar voluntariamente; Certifico, para efeitos de publicação, que por
mediante proposta subscrita pelo candidato e
b) Manifestar de forma reiterada uma clara escritura de vinte e dois de Março de dois mil e
aprovada em Assembleia Geral.
inobservância das deliberações onze, exarada de folhas quarenta e cinco verso e
ARTIGO DÉCIMO OITAVO tomadas pela Assembleia Geral; quarenta e sete do livro de notas para escrituras
Deveres dos membros c) Manifestar de forma reiterada atitudes diversas número trinta e três da Conservatória
e comportamentos contrários aos dos Registos e Notariado do Vilankulo, a cargo
São deveres dos membros: objectivos da associação; de Orlando Fernando Messias, conservador B
a) Colaborar nas actividades da d) Não pagar as quotas num período em pleno exercício de funções notariais, foi
associação; superior a três meses. constituída entre Susana Rita Paiva Ramos Vidal
b Cumprir com tarefas incumbidas e Anna Margaret Mcginn, uma sociedade por
estatutariamente ou pelos órgãos da ARTIGO VIGÉSIMO TERCEIRO quotas de responsabilidade limitada que se regerá
associação; Readmissão de membros pelas cláusulas constantes dos seguintes artigos:
c) Pagar pontualmente as quotas;
d) Conhecer e aplicar os estatutos, A excepção dos membros expulsos, os ARTIGO PRIMEIRO
programa e regulamento da restantes poderão solicitar, por escrito, ao Denominação e sede
associação; Conselho de Administração a sua readmissão
desde que as causas que ditaram o seu A sociedade adopta a donominação Fitaway,
e) Participar nas sessões da Assembleia
afastamento se mostrem sanadas. Limitada. É uma sociedade por quotas de
Geral;
324 — (90) III SÉRIE — NÚMERO 14

responsabilidade limitada com sede na vila correspondentes à soma de duas quotas iguais em pessoas de sua confiança ou escolha mediante
municipal de Vilanculos na província de de cinquenta por cento do capital equivalente a uma acta ou procuração com poderes sufiicientes
Inhambane podendo por deliberação da dez mil meticais para cada um dos sócios Susana para tal.
assembleia mudar a sede para qualquer ponto do Rita Paiva Ramos Vidal e Anna Margaret
território nacional ou estrangeiro, poderá ainda Mcginn, respectivamente. ARTIGO OITAVO
criar ou encerrar sucursais, filiais, delegações,
Balanço de contas
agências ou outras formas de representação ARTIGO QUINTO
social e quando for necessário desde que Anualmente será dado um balanço com data
Cessão de quotas
deliberado em assembleia geral. de trinta e um de Dezembro, os lucros liquidos
A cessão de quotas é livre entre os sócios, apurados em cada balanço depois de deduzidos
ARTIGO SEGUNDO mas para terceiros carece do consentimento da cinco por cento para reserva legal, o remanescente
Duração sociedade à qual é concedida o direito de será repartido pelos sócios na proporção das suas
preferência. quotas.
A sociedade durará por tempo indeterminado
contando o seu começo a partir da data da ARTIGO SEXTO ARTIGO NONO
assinatura da escritura pública.
Assembleia geral Interdição ou morte
ARTIGO TERCEIRO A assembleia geral reúne-se ordinariamente Em caso de morte, incapacidade fisica ou
Objecto social uma vez por ano para apreciação e aprovação do mental definitiva ou interdição do sócio, a sua
balanço e das contas do exercício, bem como parte social continua com os herdeiros ou
Um) A sociedade tem como objecto social a
para deliberação sobre outros assuntos para os representantes legais nomeando um que
prestação de serviços na área de organização e
quais tenha sido convocada, e represente a todos na sociedade, enquanto a quota
gestão de eventos de natureza diversa,
extraordinariamente sempre que se mostre manter-se indivisa.
marketing, treino na área de fitness e bem-estar
necessário.
e venda de merchandising.
ARTIGO DÉCIMO
Dois) A sociedade poderá ainda exercer outras ARTIGO SÉTIMO
actividades conexas complementares ou Casos omissos
subsidiárias do objecto principal, participar no Administração e gerência
Em tudo quanto fica omisso, regularão as
capital social de outras sociedades ou empresas Administração e gerência da sociedade e sua
desde que esteja devidamente autorizado e que a disposições legais e aplicáveis na República de
representação em juízo e fora dele, activa e Moçambique.
assembleia geral tenha assim deliberado.
passivamente serão exercidas pelas sócias
Susana Rita Paiva Ramos Vidal e Anna Margaret Está conforme.
ARTIGO QUARTO
Mcginn, com dispensa de caução bastando as Conservatória dos Registos e Notariado de
Capital social duas assinaturas para obrigar a sociedade em Vilankulo, vinte e três de Março de dois
O capital social, integralmente realizado e todos os actos e contratos os mesmos poderão mil e onze. — O conservador, Orlando
subscrito em dinheiro, é de vinte mil meticais, delegar total ou parcialmente os seus poderes Fernando Messias.

Preço — 28,20 MT
IMPRENSA NACIONAL DE MOÇAMBIQUE, E.P.