Sei sulla pagina 1di 7

Agrupamento de Escolas de S.

João da Talha
Escola Secundária

2º Teste Escrito – Dezembro 2010


Biologia/Geologia 11º Ano
Nome:_______________________________________Nº_________
Classificação: __________________Professora:_________________

Foram realizadas experiências com um tipo de bolor do pão, Neurospora sp. e verificou-
se que nem sempre ocorre o crescimento deste fungo. Este bolor cresce normalmente
num meio de cultura contendo açúcar e diversos sais minerais (Meio Simples), mas
quando os seus esporos são submetidos a raios X alguns fungos resultantes da
germinação desses esporos têm necessidades nutricionais diferentes, não sendo
capazes de crescer em Meio Simples. Os investigadores colocaram a germinar esporos
sujeitos a raios X em meios de cultura contendo Meio Simples aos quais adicionaram
substâncias específicas (ornitina, citrulina e arginina). Alguns dos resultados
experimentais desta investigação estão representados na tabela da figura 1.

Meio de cultura Simples com Simples com Simples com


Fungo Simples ornitina citrulina arginina

_ + + +
X
_ _ + +
Y
_ _ _ +
Z
+ + + +
T

(Os sinais + e - representam respectivamente crescimento e ausência de crescimento do fungo)

Figura 1 - Resultados experimentais

Sabe-se que as etapas que levaram à síntese de arginina são:

Substrato gene 1 ornitina gene 2 citrulina gene 3 arginina

Enzima 1 Enzima 2 Enzima 3

1. Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços, de modo a obter uma


afirmação correcta.
Sabendo-se que em cada fungo mutante há apenas um gene alterado, pode concluir- -se
que o fungo Z sofreu alterações no ____, enquanto que no fungo X a mutação foi no
____.

(A) gene 1... gene 2


(B) gene 2... gene 3
(C) gene 3... gene 1
(D) gene 3... gene 2

1
2. Selecciona a alternativa que completa correctamente a afirmação seguinte.
O problema que esteve na base deste procedimento experimental foi:
(A) Qual é a taxa de mutação induzida pelos raios X?
(B) Por que razão há esporos que não germinam em meio simples?
(C) Como ocorre a replicação do DNA em Neurospora sp.?
(D) Qual é a composição nutricional do meio simples para Neurospora sp.?

3. Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços, de modo a obter uma


afirmação correcta.
Uma cadeia do gene 1 possui ____ desoxirriboses e esse mesmo gene possui ____
pares de bases.

(A) 12000... 12000


(B) 6000... 12000
(C) 12000... 6000
(D) 6000... 24000

4. Selecciona a alternativa que completa correctamente a afirmação seguinte.


Os raios X interferem na formação de DNA ou de mRNA determinando erros nas
sequências de nucleótidos. As mutações no mRNA ...

(A) afectam etapas nucleares da síntese proteica.


(B) produzem efeitos de longa duração.
(C) têm efeitos na descendência.
(D) podem ter expressão na própria célula.

5. Os investigadores ao compararem a estrutura das enzimas codificadas pelos genes 1


e 2 verificaram que entre a sequência de aminoácidos destas duas proteínas há uma
homologia de 65%, enquanto que entre a sequência de nucleótidos dos genes
precursores dessas enzimas a homologia é de apenas é de apenas 45%.
Explica as diferenças observadas na percentagem de homologia destas duas classes de
moléculas.

Embora existisse apenas 45% de homologia entre as sequências nucleotídicas dos


genes responsáveis pela síntese dessas duas enzimas (proteínas), a homologia
verificada entre as sequências de aa foi maior, porque diferentes tripletos podem codificar
o mesmo aa.

II

Na primeira metade do século XX foi estabelecido que em eucariontes e procariontes o


DNA era a molécula responsável pela hereditariedade (experiências de Avery/Hershey e
Chase), mas o mecanismo de transmissão só foi esclarecido com trabalhos de Watson e
Crick quando propuseram o modelo da dupla hélice e a hipótese da replicação
semiconservativa para o DNA.
Em 1958, as experiências de Meselson e Stahl validaram a hipótese da replicação
semiconservativa para o DNA. Estes investigadores usaram azoto pesado (15N) para
marcar o DNA em Escherichia coli durante vários ciclos de divisão, quando o DNA destas
bactérias estava todo marcado foram transferidas para um meio com azoto leve ( 14N)
onde permaneceram durante três ciclos de divisão. Bactérias pertencentes às várias
gerações foram recolhidas e determinada a densidade das suas moléculas de DNA. Os
resultados obtidos estão expressos nos gráficos da figura 2.

2
1. Selecciona a alternativa que completa
correctamente a afirmação seguinte.

Na 2ªgeração de bactérias a percentagem de


moléculas pesadas e de cadeias pesadas é
respectivamente ...

(A) 0% e 50%
(B) 50% e 75%
(C) 0% e 25%
(D) 25% e 50%

2. Selecciona a alternativa que completa


correctamente a afirmação seguinte.

Alguns geneticistas puseram a hipótese da


replicação do DNA ser conservativa, mantendo-se
integralmente a molécula parental e formando-se
uma molécula filha com duas cadeias novas. Esta
hipótese não pode ser aceite face aos resultados
dos gráficos da figura 2 porque na geração ...

(A) G0 as moléculas de DNA têm duas cadeias 15N.


(B) G1 todas as moléculas de DNA são híbridas.
(C) G3 persistem moléculas de DNA pesado.
(D) G3 a percentagem de cadeias 14N é maior que
15
N.

Figura 2 - Resultados da experiência


de Meselson e Stahl

3. Analisa as afirmações que se seguem relativas à replicação semiconservativa do DNA.


Reconstitui na sequência temporal dos acontecimentos mencionados, msegundo uma
relação de causa-efeito, colocando por ordem as letras que os identificam.

A- Enrolamento das cadeias 15N14N complementares.


B- DNA-polimerase reconhece um tripleto de finalização na cadeia 15N.
C- DNA-polimerase catalisa a incorporação de desoxirribonucleótidos na cadeia 14N.
D- Formação de uma molécula híbrida, com uma cadeia 15N e uma cadeia 14N.
E- Reconhecimento de uma origem de replicação na molécula de DNA pesada.
E-C-B-D-A
4. Explica de que modo o cultivo de células E. coli num meio com azoto pesado, durante
vários ciclos de divisão, contribui para que os resultados das experiências de Meselson e
Stahl fossem fiáveis.
Durante um ciclo celular, o material genético é replicado antes da célula se dividir,
sintetizando-se as novas cadeias polinucleotídicas a partir de nucleótidos presentes no
meio.
O cultivo de E. coli durante várias gerações, num meio com 15N (azoto pesado) assegura,
que ao fim de um certo tempo, a população apresente cerca de 100% de DNA com azoto
pesado.
A uniformização da característica na população de bactérias permite eliminar uma das
variáveis que podem afectar o resultado das experiências - controlo.

3
5. Watson e Crick extraíram duas moléculas A e B de E. coli, e colocaram a hipótese de
serem respectivamente DNA e RNA.
Faz corresponder S (sim) ou N (não) a cada uma das afirmações seguintes, de acordo
com a possibilidade de serem argumentos a favor da hipótese mencionada.

NA- As duas moléculas são polímeros de nucleótidos.


SB- Na molécula A a razão C/G é igual a um e em B é diferente de um.
NC- As duas moléculas têm na sua constituição grupos fosfato.
SD- Na molécula A existe a base azotada timina e em B a base azotada uracilo.
NE- A molécula A possui ribose e a molécula B desoxirribose.
SF- A molécula A tem dupla cadeia e B tem uma cadeia simples.
NG- As moléculas têm nucleótidos de adenina, citosina e guanina.
SH- O número de pontes de hidrogénio é muito maior em A do que em B.

III

O ciclo celular foi descoberto por Howard e Pelc em 1953, sendo considerado um
fenómeno biológico que permite às células originar células filhas com as mesmas
características genéticas (figura 3). Nas duas últimas décadas verificaram-se avanços
importantes no conhecimento dos mecanismos bioquímicos que controlam as diferentes
fases do ciclo celular e, constatou-se que a síntese de proteínas (figura 4), com formação
de complexos proteicos, são o controlo base deste ciclo. As células filhas podem seguir
vias alternativas tornando-se células sem capacidade de divisão ou podem iniciar novo
ciclo de divisão após um período mais ou menos prolongado de pausa.

Figura 3- Fases do ciclo celular Figura 4- Representação esquemática da síntese


proteica

1. Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços, de modo a obter uma


afirmação correcta.
Relativamente ao ciclo celular representado na figura 3 pode afirmar-se que a duplicação
do DNA demorou ____ horas, enquanto que a ____ processou-se durante 18 horas.

(A) 6 ... fase mitótica


(B) 6 ... interfase
(C) 12 ... interfase
(D) 12 ... fase mitótica

4
2. Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços, de modo a obter uma
afirmação correcta.
Se a célula B (figura 3) tiver 20 cromossomas, a célula C terá ____ cromossomas cada
um com ____ cromatídeos.

(A) 10... 1
(B) 10 ... 2
(C) 20 ... 1
(D) 20 ... 2

3. Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços, de modo a obter uma


afirmação correcta.
A célula D (figura 3) encontra-se em ____ dado ____.

(A) anafase ... que nesta ocorre a clivagem do centrómero


(B) metafase ... os cromossomas estarem condensados
(C) profase ... o núcleo estar desorganizado
(D) telofase ... os cromossomas terem um cromatídeo

4. Selecciona a alternativa que completa correctamente a afirmação seguinte.


Supõe que uma proteína com 192 aminoácidos foi produzida a partir de um caldo rico em
apenas 4 tipos de aminoácidos ( Leu, Gli, Arg e Val). Admitindo que não houve
redundância é correcto afirmar que ...

(A) participaram da síntese proteica no máximo 4 tipos diferentes de codões.


(B) cada molécula de proteína tem 48 aminoácidos de cada tipo.
(C) o DNA que codifica a proteína tem 192 tipos de codogenes diferentes.
(D) foram necessários 576 tripletos para completar a molécula de proteína,

5. Selecciona a alternativa que completa correctamente a afirmação seguinte.


O ciclo celular é um fenómeno biológico que permite originar células filhas com as
mesmas características genéticas que a célula original porque ...

(A) a seguir a uma profase ocorre uma metafase.


(B) em cada ciclo ocorre o período S e a anafase.
(C) em cada ciclo ocorre os períodos G1 e G2.
(D) a seguir a uma anafase ocorre uma telofase.

6. Selecciona a alternativa que completa correctamente a afirmação seguinte.


Muitas doenças humanas, como a diabetes mellitus, estão ligadas à deficiência de certas
proteínas, sendo possível incorporar uma porção do cromossoma humano que determina
a produção dessa proteína (insulina) em bactérias que a passam a sintetizar. O fabrico de
proteínas humanas no interior de bactérias ocorre porque ...

(A) todos os seres vivos têm os mesmos ribossomas.


(B) os genes bacterianos são semelhantes aos genes humanos.
(C) o processo de tradução é universal.
(D) o DNA humano replica no interior da bactéria.

5
7. Classifica como verdadeira (V) ou falsa (F) cada u7ma das seguintes afirmações,
relativas à síntese proteica esquematizada na figura 4.

VA- O mecanismo representado ocorre numa célula eucariótica.


FB- A molécula 2 tem maior número de nucleótidos que a molécula 1.
FC- As moléculas 3 e 4 possuem tripletos denominados por codões.
VD- A molécula 6 é um polímero com funções enzimáticas.
FE- A molécula 5 vai ligar-se à molécula representada pelo número 7.
FF- Se na molécula 1 estiver o tripleto TAC o seu transcrito será ATG.
VG- A molécula 3 é formada por uma cadeia polirribonucleotídica.
VH- As moléculas 2 e 3 são sintetizadas no núcleo e são funcionais no citoplasma.

8. Um grupo de cientistas que estudava o ciclo celular de células de Solanum tuberosum


(Batateira) verificou que uma mutação no gene codificador de uma proteína fundamental
para que ocorra fusão de vesículas golgianas, afectava o ciclo celular destas cálulas
levando à produção de células binucleadas.
Explica de que modo a mutação referida pode ter como consequência om aparecimento
de células com dois núcleos.
Em células vegetais, a citocinese ocorre por fusão de vesículas provenientes do
complexo de Golgi.
Devido à mutação no gene codificador da proteína, a citocinese não se processa
normalmente.
Não sendo comprometida a mitose (divisão do núcleo) algumas células passam a
apresentar mais do que um núcleo.

9. Foi descoberto um mecanismo celular denominado "Relógio do ciclo celular" em que a


existência de determinadas substâncias do meio influenciam a actividade das moléculas
biológicas como as ciclinas. As ciclinas promovem o processo de divisão celular devido a
favorecerem os fenómenos que ocorrem no período S. Actualmente a indústria
farmacêutica está a investigar um medicamento que bloqueia a actividade das ciclinas.
Explica como é que esse medicamento pode actuar ao nível das células cancerígenas
para evitar a sua proliferação.
As ciclinas promovem a replicação do DNA durante o período S da interfase.
Se as ciclinas forem bloqueadas, o período S não se processa e não se obtém
cromossomas com 2 cromatídeos.
Havendo um bloqueio durante a interfase, a fase mitótica não se processa e as células
não se dividem o que é favorável à não proliferação de células cancerígenas.

IV
Animais como os camarões de água salgada, que vivem em extremos de osmolaridade
ambiental, apresentam uma capacidade osmorreguladora flexível, podendo viver em
água do mar diluída ou em lagos altamente salinos.

1. Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços, de modo a obter uma


afirmação correcta.
Os camarões de água salgada que vivem em lagos altamente salinos, transportam
activamente iões para ____ dos seus tecidos para manter a osmolaridade dos seus
fluidos tecidulares ____ daquela do meio ambiente.

(A) dentro … abaixo


(B) dentro … acima
(C) fora … acima
(D) fora …abaixo

6
2. Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços, de modo a obter uma
afirmação correcta.
Quando a quantidade de água, no organismo, diminui, ____ liberta a hormona
antidiurética (ADH), ____ a permeabilidade do tubo colector.

(A) a hipófise … aumentando


(B) a hipófise … diminuindo
(C) o hipotálamo … diminuindo
(D) o hipotálamo … aumentando

3. Selecciona a alternativa que permite preencher os espaços, de modo a obter


afirmações correctas.
Os insectos possuem um sistema excretor constituído por ____. A sua urina é ____
concentrada.
(A) nefrídeos … pouco
(B) nefrídeos … muito
(C) túbulos de Malpighi … muito
(D) túbulos de Malpighi … pouco

Questões

Grupo I Grupo II Grupo III Grupo IV

1. 8 pontos 1. 8 pontos 1. 8 pontos 1. 8 pontos


2. 8 pontos 2. 8 pontos 2. 8 pontos 2. 8 pontos
3. 8 pontos 3. 5 pontos 3. 8 pontos 3. 8 pontos
4. 8 pontos 4. 15 pontos 4. 8 pontos
5. 10 pontos 5. 10 pontos 5. 8 pontos
6. 8 pontos
7. 10 pontos
8. 15 pontos
9. 15 pontos