Sei sulla pagina 1di 5

INTEMPERISMO

Conceito: conjunto de modificações de ordem física (desagregação) e química (decomposição) que


as rochas sofrem ao aflorarem na superfície da terra.

Intemperismo e formação das rochas sedimentares: rocha matriz Þ intemperismo Þ erosão Þ


transporte Þ deposição Þ compactação e cimentação Þ rocha sedimentar ...

Intemperismo, erosão e transporte Þ denudação continental com aplainamento do relevo

Importância para a vida: rochas Þ solos Þ vegetais Þ animais herbívoros Þ animais


carnívoros. O solo faz parte da cadeia da vida.

Agentes de intemperismo: água, calor (organismos)

Principal fator que controla o intemperismo


Clima

Os produtos do intemperismo: Rocha alterada (saprolito), solo, sedimentos, jazidas (Al, Mn...)

Tipos de intemperismo

Físico (e físico-biológico) Þ promove desagregação da rocha

Químico (e químico-biológico) Þ promove decomposição dos minerais e das rochas.

Distribuição dos tipos de intemperismo no globo terrestre Þ função do clima Þ função de


latitude e altitude

O que acontece durante o INTEMPERISMO?

 transformações FÍSICAS
 material coeso Þ material fraturado, friável, incoerente

 transformações QUÍMICAS
 reações químicas Þ material intemperizado difere química e mineralogicamente do
material original

INTEMPERISMO FÍSICO: desagregação dos grãos e/ou da rocha


 Variação térmica - dilatação diurna, quando o sol esquenta as rochas e contração noturna,
quando a temperatura cai Þ a longo prazo Þ desagregação

 Degelo Þ infiltração nas fraturas e interstícios entres grãos Þ congelamento da água Þ


expansão (±9% do volume e pressão de 2,6 T/cm2) Þ desagregação

 Alívio de pressão – juntas de alívio em maciços rochosos aflorantes, após erosão e remoção
de grandes volumes superiores
 Cristalização de sais dissolvidos na água de infiltração, em subsuperfícies de evaporação
Þ expansão Þ desagregação (cloretos, sulfatos, carbonatos da decomposição da rocha)

 Raízes de árvores crescendo em fraturas e interstícios entres grãos Þ expansão Þ


desagregação

Principais agentes físicos: calor e pressão

INTEMPERISMO FÍSICO: predomina em climas árido, semi-árido e glacial


por falta ou escassez de água (sem agua não há intemperismo químico, então predomina o físico).

INTEMPERISMO QUÍMICO: conjunto de reações químicas que


decompõem os minerais da rocha e, consequentemente, a rocha

 Reações químicas diversas dependentes:


 dos reagentes (minerais originais da rocha e soluções de alteração: H2O + O2 + CO2) e
 das condições em que as reações se processam (clima, relevo, presença de organismos,
tempo)

 Mineral primário + solução de alteração = mineral secundário + solução de lixiviação

Solução de alteração = água da chuva carregada em elementos/substâncias dissolvidas,


principalmente O2 e CO2 . Água adquire caráter ácido.

 Solução de lixiviação = água da chuva e do interior do solo modificada pelas reações do


intemperismo, contendo ions e substâncias em solução.

Principais agentes químicos: água e calor

INTEMPERISMO QUÍMICO: predomina em clima tropical,


por abundância de água e calor.
Reações: Hidratação

Hidrólise

Dissolução

Oxidação

Hidratação: atração entre os dipolos da água e cargas elétricas não neutralizadas na


superfície dos grãos. Minerais incorporam água em suas moléculas.
Oxidação
Pirita goethita
FeS2 + O2 e H2O = FeO(OH).xH2O

Por oxidação, minerais que contem ferro (minerais metálicos como pirita, magnetita, hematita e
silicatos, como granada, piroxênio ...) podem ser totalmente transformados em oxi-hidróxidos de
ferro (goethita).

Dissolução
Calcita
CaCO3 + CO2 + H2O (H2CO3) Þ Ca(HCO3)2 (solúvel em água)

Formação de cavernas e espeleotemas (estalactites, estalagmites, etc.)

Hidrólise
Mais importante reação de intemperismo. Destrói a estrutura mineral, libera cátions e ânions Þ
removidos pela drenagem Þ recombinados em novos minerais
Por hidrólise os feldspatos são transformados em argilominerais e cátions (K, Ca, Na) são liberados
junto com SiO2 e HCO3-1. Em nosso clima, o principal mineral de argila formado é a caolinita
(caulim - nome no uso industrial. Usos: papel, cerâmica, ... ).

Hidrólise no k-feldspato, mineral sem ferro: forma argilominerais e libera cátions e sílica, que são
levados em solução, um deles o bicarbonato de cálcio, que irá gerar os calcários nos oceanos.

Hidrólise no piroxênio, mineral com ferro: forma oxi-hidróxidos de ferro (goethita) e libera sílica.

PEDOGÊNESE: formação do solo


Transformações estruturais e texturais no material intemperizado, por ação do clima, da água e de
organismos Þ formação dos horizontes do solo

Fatores de formação de solos: são responsáveis pelo tipo do solo e sua evolução
Þ tipo de rocha, clima, relevo, vegetação e tempo

INTEMPERISMO e formação dos solos - importância

 Agricultura e pecuária Þ alimentação humana

 formação de jazidas Þ Bauxita(alumínio), Níquel laterítico, Óxido de manganês, Fosfatos


no Brasil, Enriquecimento de ouro em zonas de oxidação

 Preservação Þ solo é recurso não renovável. Deve ser preservado.


Perfil do solo: Horizontes

 O – rico em restos orgânicos em decomposição. Só ocorre sob coberturas de vegetação.


 A – escuro, rico em matéria orgânica, arenoso por carreamento de argila para B, pouco
espesso (20 a 50cm)
 E – Mais claro por remoção de argila, mat org e oxi-hidróxidos de Fe e Al. De difícil
observação
 B – acumulação de argila e oxi-hidróxidos de Fe e Al (argiloso), mais argiloso que C,
mais coeso e mais resistente a erosão que C. Cor amarelada ou avermelhada. Mais
espesso que A.
 C – Menos argiloso que B, menor coesão e mais suscetível a erosão. Cor rosada.
Horizonte mais espesso. Saprolito na base, material que conserva estrutura e textura
da rocha intemperizada.

OBS: este é apenas um esboço para orientar o estudo em livros.

Abre Campo - MG
A
B

Rocha

Contorno de Guarapari - ES